Velocidade Online

Diversos - Desportos Nauticos

DIVERSOS - DESPORTOS NAUTICOS - MASERATI MULTI 70

Domingo, 18 Outubro 2020 15:57 | Actualizado em Segunda, 20 Setembro 2021 18:13

MASERATI MULTI 70 E GIOVANNI SOLDINI PRONTOS PARA A ROLEX MIDDLE SEA RACE


Maserati Multi 70 e Giovanni Soldini prontos para a Rolex Middle Sea Race

Também a bordo, John Elkann, depois da participação na Cape2Rio.

A regata assinala oficialmente o recomeço da época desportiva do Maserati Multi 70

 Giovanni Soldini e a equipa do Maserati Multi 70’s estão prontos para a Rolex Middle Sea Race, organizada pelo Royal Malta Yacht Club, que largará amanhã, sábado, 17 de outubro, de Valeta, em Malta. A 41ª edição da histórica regata assinala oficialmente o recomeço da época desportiva do Maserati Multi 70, a qual esteve suspensa desde fevereiro devido à emergência sanitária.

Fruto da pandemia que teima em manter-se, Soldini e a sua tripulação pararam em Marina di Ragusa, na Sicília, de onde partirão para chegar a Valeta apenas umas poucas horas antes do tiro de partida para a regata. Soldini explica: «Infelizmente, o vírus ainda é um problema, e queremos garantir que todos – tanto nós como qualquer outra pessoa – estão tão seguros quanto possível. Acordámos com a organização da prova que chegaríamos a Malta no mesmo dia em que a regata se inicia. E que não iríamos a terra, por forma a reduzir o risco de contágio».

O primeiro grupo dos 57 barcos que participarão na regata, 11 dos quais são italianos, largará amanhã, às 11h00 locais (9h00 UTC), o último grupo a partir será o dos multicascos, entre os quais se encontra o Maserati Multi 70.

Na categoria multicascos, a equipa do Maserati Multi 70 irá desafiar cinco oponentes. O seu mais direto rival é o MOD 70 Mana (antigamente Spindrift), que tem como skipper Brian Thompson. Soldini comenta: «Thompson é um excelente skipper. Já competimos contra ele muitas vezes, tanto a bordo do Phaedo3 como, mais recentemente, do Argo: vai ser uma excelente regata».

Juntamente com os dois MOD70, estarão em prova mais três trimarãs: o 80 pés Ultim’Edition 2, de Antoine Rabaste, já desafiado pela equipa italiana durante a Cape2Rio 2020, sob o nome LoveWater; o Shockwave de 63, capitaneado por Jeff Mearing e Scott Klodowski; e o Multi 50 Primonial, com Sébastien Rogues como skipper, terceiro classificado na Transat Jacques Vabre de 2019.

Por fim, existirá, também, um catamarã na categoria multicascos, the Outremer 55 italiano Light Asia’, com Marcello Patrizi como skipper.

Soldini refere: «Para esta edição da regata iremos competir no clássico modo MOD. Estamos, presentemente, a trabalhar nos apêndices voadores: estamos a desenvolver uma configuração completamente nova, com um leme central, um patilhão e fólios de última geração, que irão alterar radicalmente o mundo do voo no oceano. Vamos trabalhar nessas soluções durante mais alguns meses, pelo que, por agora, termos que velejar com os apêndices MOD».

A bordo do trimarã italiano, a par do skipper Giovanni Soldini, estará uma tripulação composta por sete homens: Matteo Soldini e Oliver Herrera Perez, integrantes da equipa do Maserati Multi 70; de regresso a bordo está Vittorio Bissaro, que já participou em muitas provas com a equipa, incluindo a Rolex Middle Sea Race de 2018; também de volta, depois da Cape2Rio 2020, estão John Elkann e Pierre Laurent Boullais; e, por fim, mais dois velejadores, a bordo pela primeira vez, Lorenzo Bressani, com onze títulos mundiais, oito títulos europeus e dezasseis títulos italianos no seu palmarés, e Cédric Bader, um jovem velejador que compete em diversas classes, incluindo Formula 18 e Nacra 17.

Giovanni Soldini e a sua tripulação participaram já em duas edições da Rolex Middle Sea Race (em 2016 e 2018) a bordo do Maserati Multi 70, vencendo as Line Honours de ambas as vezes, e, em 2016, estabelecendo um novo recorde para multicascos (2 dias, 1 hora, 25 minutos e 1 segundo). O recorde absoluto pertence a George David que, em 2007, terminou a regata em 1 dia, 23 horas, 55 minutos e 3 segundos, a bordo do monocasco Rambler.

O percurso da regata tem início em Valetta, Malta, e tem cerca de 608 milhas de extensão. É navegado no sentido oposto ao dos ponteiros do relógio em torno da Sicília, passando a norte de Stromboli, a oeste de Favignana e Pantelleria, e a sul de Lampedusa, antes de rumar novamente a Valetta, onde está definida a linha de chegada.

 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos