Velocidade Online

Moto - Todo o Terreno

MOTOS - ARMINDO NEVES EM 4º ENTRE OS VETERANOS EM REGUENGOS

Quinta, 01 Outubro 2020 12:25 | Actualizado em Sexta, 18 Junho 2021 10:06

Armindo Neves 4º dos Veteranos em Reguengos

Queda na 2ª etapa condicionou prestação do piloto

 

Depois de há cerca de uma semana ter subido ao pódio na Baja TT do Pinhal, Armindo Neves regressou de Reguengos com o quarto lugar entre os veteranos na Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, terceira jornada do Campeonato Nacional de todo-o-Terreno que se disputou este fim de semana nas pistas da região de Reguengos de Monsaraz.

O piloto inscrito pela LOPES & GOMES / LUSOMOTOS / SWM / MOTO GARDUNHA que compete no CNTT 2020 aos comandos de uma SWM RS 500 R concluiu ainda a prova na sétima posição da Classe TT3.

 

Armindo Neves entrou bem no 1º dia e conseguiu concluir as duas passagens pelo troço de 83,11 km que se disputou no sábado na terceira posição entre os veteranos e em 6º da classe TT3. "o primeiro dia decorreu sem registo de problemas. Imprimi um andamento seguro onde não arrisquei nada, concluindo o primeiro dia no pódio dos veteranos e em 6º da Classe TT3, onde à partida para esta prova ocupava o 2º lugar do Campeonato", revela o piloto Alentejano de 50 anos.

 

Para o dia seguinte, também ele a contemplar duas passagens, desta feita por um setor de 62,76 km, o piloto partiu apostado em manter a posição no pódio entre os Veteranos, mas uma violenta queda viria a condicionar o resto da prova,   "No segundo dia sensivelmente ao quilómetro 12, sofri uma queda bastante forte ao bater numa pedra que estava escondida no meio do pó e fui projetado da mota com bastante violência, felizmente sem consequências físicas. No entanto a moto ficou com a frente bastante maltratada, o que me obrigou a abrandar o ritmo nos últimos 50 quilómetros para tentar chegar ao final do troço, tendo perdido muitas posições devido a este contratempo. Na assistência foi substituído tudo o que estava empenado e terminei a última especial cronometrada sem problemas de maior. No entanto já não consegui recuperar muitos mais lugares, pois ao partir mais para trás em virtude da queda, apanhei muito pó e decidi não arriscar mais nada, terminando assim em 4º dos veteranos e 7º entre na classe TT3", explica o piloto.

 

A duas provas do final do CNTT 2020, Armindo Neves continua "no pódio na classe TT3 e a lutar por um lugar no pódio dos veteranos. A moto portou-se lindamente, tal como a assistência e o mecânico. Por fim quero agradecer aos meus  patrocinadores todo o apoio e dizer que para o ano cá estaremos com um novo projeto, tal como já tinha sido anunciado", acrescenta o piloto da equipa LOPES & GOMES / LUSOMOTOS / SWM / MOTO GARDUNHA e que conta igualmente com o apoio da Qualifrio, Delta Cafés, Revolution Lavandarias, J3LP, XRace, TR4 Digital e Motards d'Avis.

 

A próxima prova do campeonato será a mítica Baja de Portalegre, onde a equipa se irá apresentar com uma surpresa, desvendando um pouco mais do seu projeto futuro que visa concretizar o objetivo de participar no Africa Eco Race dentro de um a dois anos.

 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos