Velocidade Online

Moto - Todo o Terreno

MOTOS - TRIUNFO DE DIOGO VENTURA

Quarta, 11 Março 2020 00:26 | Actualizado em Sexta, 18 Junho 2021 02:43

Triunfo caseiro de Diogo Ventura no Enduro de Góis


DiogoVentura tornou-se no terceiro piloto a vencer este ano no Campeonato Nacional de Enduro – CFL, ao impor-se na terceira prova da temporada.

No seu ‘quintal’, uma vez que é de Góis, o piloto regressou ao lugar mais alto do campeonato. O que não sucedia desde o fecho da época anterior, quando no Marco de Canaveses se impôs e assegurou o título que defende este ano.

Após as vitórias de Hugo Basaúla em Vila Nova de Santo André, e de Rui Gonçalves nos dois dias realizados no Peso da Régua, Ventura lançou novamente a luta elo título, uma vez que Gonçalves esteve ausente e não defendeu os dez pontos de vantagem que possuía no tipo da tabela classificativa.

Foram mais de 220 pilotos que marcaram presença em Góis, numa prova que marcou o final da primeira metade do calendário nacional de enduro, num evento em que os concorrentes tinham 11 especiais para cumprir ao longo de quatro voltas.

Depois de Gonçalo Reis assumir a liderança na especial de abertura (Xtreme), Diogo Ventura ‘puxou dos galões’ de campeão na especial seguinte, a primeira Cross Test, vencendo e passando para a frente da classificação geral, que não mais largou até final.

Naturalmente muito apoiado pelo seu público, o piloto de Góis não defraudou as expetativas e venceu por mais três vezes ao longo do dia, igualando em êxitos Gonçalo Reis, que terminou a mais de 18 segundos do vencedor.

Hugo Basaúla também assinalou presença no ‘livro dos vencedores’ do dia, mas conseguiu fazê-lo na terceira passagem pela Cross Test e ganhando ainda mais uma vez antes do final da prova, para terminar na terceira posição a um minuto e 40 segundos de Diogo Ventura.

O top cinco completou-se com Tomás Clemente, que bateu João Lourenço pelo quarto posto apenas na derradeira especial da prova, mas sem vencer nenhuma especial. Feito que foi conseguido pela primeira vez este ano por Manuel Teixeira.

Na Open Gonçalo Sobrosa levou a melhor, reagindo bem ao resultado menos conseguido na Régua, enquanto Ricardo Damil foi o melhor em Open 2. Gil Carmo foi o melhor no pelotão dos Verdes e nos Verdes 2, e Filipe Taniko foi o melhor nas Verdes 3.

Já Rita Vieira regressou às vitórias nas Senhoras. O que não sucedia desde Vila Nova de Santo André em 2019. Bateu Joana Gonçalves por pouco mais de nove segundos, com Bruna Antunes a ser a terceira classificada.

Em Veteranos impôs-se Manuel Moura, somando o seu terceiro êxito consecutivo na categoria, enquanto na Youth Cup impôs-se Miguel Moura. Paulo Miranda foi o melhor em Super-Veteranos.

O Campeonato Nacional de Enduro prossegue a 4 e 5 de abri em Fafe, naquela que é a segunda e última prova com dois dias de duração do calendário 2020.


Texto de Nuno Barreto Costa / www.velocidadeonline.com


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos