Velocidade Online

Moto - Mundial

MOTO - EQUIPA SUZUKI FAZ CRITICAS

Quarta, 26 Agosto 2020 20:16 | Actualizado em Segunda, 20 Setembro 2021 14:38

A equipa Suzuki criticou a Direção de prova do Grande Prémio da Stíria de MotoGP pela atuação relativamente à interrupção ao que sucedeu na última curva da corrida . “Tiraram-nos injustamente o pódio”, queixa-se Davide Brivio, o diretor da formação da marca japonesa, dizendo que Pol Espargaró deveria ter sido punido por sair de pista nos metros finais da corrida de domingo, que deveria ter resultado numa penalização que daria o último lugar do pódio a Joan Mir. O piloto espanhol da KTM ultrapassou os limites da pista na sua refrega com Jack Miller, quando o australiano da Pramac não lhe deixou espaço de pista, querendo evitar contacto com a Ducati # 43, numa manobra que permitiu a Miguel Oliveira ultrapassar ambos e ganhar a prova. “Não consigo entender o que a Direção de corrida fez. Existe um regulamento e ele é claro: se na última volta um piloto sai para a zona verde, ou seja excede o limite da pista, ele deve ser penalizado, perde uma posição. Isso aconteceu na Moto3 e na Moto2, sempre aconteceu”, disse Brivio em declarações à Sky Italia, insinuando: “Talvez por estarmos na Áustria, na casa da Red Bull, uma KTM excedeu o limite. A de Pol Espargaró. Mas tiraram-nos injustamente o pódio”. O diretor da equipa Suzuki também fez saber que apresentou uma queixa para a Direção de prova, especialmente porque o seu piloto Joan Mir teve de ceder uma posição no início da corrida, antes da bandeira vermelha causada pelo acidente de Maverick Viñales, justamente por exceder os limites da pista.
“Devido à situação de Covid-19 só podemos comunicar-nos por e-mail com a Direção de Prova. Mandei uma mensagem e espero uma resposta. Normalmente essas decisões são tomadas de imediato. A demora preocupa-me e faz-me pensar. Gostaria de entender as razões, porque às vezes aplicam a regra e outras não. Fiz a denúncia à Direção da Prova. Vamos ver o que vão dizer”, afirmou também Davide Brivio que sublinhou: “Provavelmente teríamos vencido a primeira corrida. Deram a bandeira vermelha. Mas a outra situação já é uma piada de mau gosto. Tenho certeza de que vão achar uma desculpa, mas a regra é clara: quem sai da pista, deve ser penalizado. Mir foi penalizado na primeira largada, porque se desviou na curva 1 e teve de ceder uma posição. Ele fê-o, é a norma. O problema é se uma regra está sujeita à interpretação, nunca devemos discutir. Se é aplicada objetivamente, não há nada a ser feito”.

Texto de Nuno Costa / 5ª a Fundo / www.velocidadeonline.com
Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos