Velocidade Online

Moto - Mundial

MOTOS - MUNDIAL - 5ª A FUNDO - POR NUNO COSTA

Segunda, 03 Agosto 2020 17:17 | Actualizado em Sábado, 18 Setembro 2021 19:00

Jonathan Rea quer esquecer rapidamente o fim de semana do ‘Mundial’ de Superbikes em Jerez de La Frontera. Simplesmente porque foi o pior que a Kasawaki conheceu nos últimos anos na disciplina. O Campeão do Mundo venceu o confronto da super pole – o seu 90º triunfo no WSBK –, mas a derradeira corrida principal foi um pesadelo para o norte-irlandês e para as motos verdes. O sexto lugar foi mesmo o pior resultado de Rea como piloto da Kawasaki, que no sábado tinha sido segundo atrás de Scott Redding, o grande vencedor do fim de semana andaluz. Pentacampeão do Mundo, o britânico queria fazer esquecer o fraco desempenho tido na prova de abertura em Phillip Island, antes da pandemia.
“Tive grandes problemas desde a primeira volta. Estava com pneus duros (no sábado), que pareciam mesmo bons, pensei que com mais borracha na pista poderia ser ainda melhor (no domingo. Considerando talvez a primeira volta, talvez demorasse a limpar e seria melhor depois, mas nunca o foi”, explicou o Campeão do Mundo. Rea diz que foi mesmo a prova mais longa que fez: “Foi a corrida mais longa que tive. Defendi bastante a minha posição. Não como queria correr. Uma corrida frustrante. Vou tentar esquecê-la. Esta pista não tem sido a mais agradável para nós no passado. Pensei que tivéssemos afinado bem a moto e que ela funcionasse bem. Mas não quero que esta má corrida seja uma nuvem negra no meu balanço do fim de semana”


Texto de Nuno Costa - www.velocidadeonline.com

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos