Velocidade Online

Mundial - Sport Protótipos

MUNDIAL - WEC - 6 HORAS DE ROAD ATLANTA

Domingo, 06 Setembro 2020 22:13 | Actualizado em Quinta, 17 Junho 2021 21:09

Hélio Castro Neves e Ricky Taylor venceram este sábado as 6 Horas de Road Atlanta, prova pontuável para o IMSA Sportscar. Uma prova bastante atribulada para dupla do Acura ARX05 # 7, que largou da ‘pole-position’, mas que sofreu duas penalizações por infrações nas paragens nas boxes. O andamento imprimido pelo piloto brasileiro – vencedor por três vezes das 500 Milhas de Indianápolis – foi determinante para o sucesso da equipa. O mesmo se pode dizer quando na fase final da corrida o piloto de Ribeirão Preto (São Paulo) conseguiu resistir à pressão exercida por Harry Tincknlell no Mazda RT24-P # 55, que terminaria a prova no segundo posto, a cerca de um segundo do vencedor. Numa prova que terminou com um último ‘sprint’ de duas voltas, após a um longo período de bandeiras amarelas – devido a uma colisão entre o Acura ARX # 6 de Juan Pablo Montoya e o Ferrari 488 GT3 # 63 de Toni Vilander – Filipe Albuquerque esteve bem no seu turno de condução do Cadillac DPi # 31 da Action Express Racing, que dividiu com Pipo Derani e Felipe Nasr. A tripla luso-brasileira terminaria a prova na terceira posição, numa prova muito movimentada e onde as estratégias contaram tanto como o andamento consistente. Isso também explica o quarto lugar de João Barbosa no outro Cadillac DPi da AXR, o # 5 que o portuense partilhou com Sebastien Bourdais e Tristan Vautier. Isso e outro incidente de Montoya com o Cadillac DPi # 10 da Wayne Taylor Racing, quando o o DPi do colombiano foi abalroado por trás pelo protótipo tripulado por Ryan Briscoe.
Em GTLM a BMW conseguiu a sua segunda vitória do ano. Connor de Phillippi emergiu na liderança da categoria após as últimas paragens nas boxes, levando ao triunfo o M8 GTE # 25 que dividiu com Bruno Spengler. A partir dessa altura a dupla do Team RLL controlou a sua vantagem sobre Nick Tandy, primeiro, antes do britânico do Porsche 911 RSR # 911 ter-se atrasado, e depois sobre o Corvette C8.R # 4 de Tommy Milner e Oliver Gavin, que viria a ser segundos, à frente do BMW # 24 de Jesse Krohn e John Edwards. Já em GTD o triunfo ‘sorriu’ ao Acura NSX GT3 # 86 da Michael Shank Racing guiado por Mario Farnbacher, Shinishi Michimi e Michael McMurry, equanto Álvaro Parente se quedou pela sétima posição no Acura NSX # 57 da Heinricher Racing que dividiu com Misha Goikhberg e Trent Hindman.
A imagem pode conter: automóvel e ar livre



Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos