Velocidade Online

Nacional - Velocidade

CAMPEONATO PORTUGAL VELOCIDADE PORTIMÃO

Segunda, 03 Maio 2021 09:39 | Actualizado em Sábado, 08 Maio 2021 13:34

O primeiro dia de provas do Campeonato de Portugal de Velocidade by Sport TV com o apoio da Porsche Ibérica e da
Pirelli terminou da melhor maneira. A segunda corrida do dia, tendo como palco o Autódromo Internacional do Algarve
e como pano de fundo o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, teve transmissão em direto pela Sport TV e pela
Eleven e conheceu muita emoção.

A vitória de Francisco Abreu não conhece reparo, pois o piloto madeirense não mostrou estar emperrado após ano e
meio de paragem. Reencontrou o ritmo e as vitórias onde tinha ficado em 2019 após o título no GT4 South European
Series e dominou da luz á bandeira, imitando o seu companheiro de equipa Francisco Mora que ganhou a primeira
corrida.

Atrás do piloto madeirense, a tempestade foi maior e Thomas Biagi, Pedro Marreiros e Rodrigo Almeida envolveram-se
numa luta que durou os 21 minutos de corrida. Tudo começou numa largada menos conseguida de Pedro Marreiros
que estendeu a passadeira vermelha a Biaggi. O veterano italiano não enjeitou a oportunidade e colocou o Ferrari no
segundo posto.

O piloto da Parkalgar Racing Team encetou, de imediato, a recuperação e pressionou forte o piloto italiano, embora
tivesse de ter em atenção os avanços de Rodrigo Almeida. O moçambicano, a estrear-se na competição portuguesa,
estava muito atento ao que se passava à sua frente, sentado à mesa da discussão do pódio para recolher as ofertas.
Pedro Marreiros acabou por se impor com uma ultrapassagem de classe a Thomas Biagi que, a partir dali, começou a
pilotar com olhos de camaleão: atento aos ataques muito assertivos do Porsche pilotado por Rodrigo Almeida e
experimentando a possibilidade de reaver o segundo lugar.

Acabou por não haver troca de posições, mas Pedro Marreiros acabou a corrida com o Ferrari de Thomas Biagi perto
dos escapes do Porsche 991 GT3 Cup 4.0. Isto depois do italiano ter estado em permanente sobressalto pela presença
de Rodrigo Almeida.
Uma batalha que emprestou enorme emotividade a esta segunda corrida do Campeonato de Portugal de Velocidade
by Sport com o apoio da Porsche Ibérica e da Pirelli.
Até porque mais atrás desenvolveu-se uma luta muito interessante entre o Ferrari 458 Challenge de Kai Uwe Lauer e
o líder do Campeonato de Portugal de Velocidade by Sport TV Turismo, Miguel Lobo e o seu CUPRA TCR, vencedor da
primeira corrida com Rafael Lobato.

Um “gentleman driver” e um jovem lobo entretiveram-se numa toada de parada e resposta ao longo dos 20 minutos
de corrida, multiplicando as ultrapassagens até que na última volta, Miguel Lobo passou para a frente da corrida,
cometeu um erro na curva 4, mas Kai Uwe Lauer não conseguiu responder e o piloto do CUPRA TCR acabou por
reclamar o sétimo lugar à geral.

Destaque para o jovem de 17 anos, Bernardo Pinheiro, que ao volante do Porsche Cayman GT4 que venceu a categoria
GT Light na primeira corrida nas mãos de José Maria Marreiros, ganhou a sua primeira corrida da carreira na estreia
nos automóveis. Se o filho de Pedro Marreiros deixou o pai embevecido, o filho de Paulo Pinheiro não quis ficar atrás.
Contas feitas, no Campeonato de Portugal de Velocidade by Sport TV GT, Francisco Abreu venceu a GT Cup e Bernardo
Pinheiro somou a pontuação máxima nos GT Light, na frente de Álvaro Ramos. NO Campeonato de Portugal de
Velocidade by Sport TV Turismos, a vitória sorriu a Miguel Lobo, na frente de Jorge Silva (Audi RS3 LMS TCR) e de Ondrej
Krupka (Skoda Octavia).

Amanhã realiza-se a última corrida da jornada tripla inaugural do Campeonato de Portugal de Velocidade by Sport TV
com o apoio da Porsche Ibérica e da Pirelli, com transmissão em direto na Sport TV e na Eleven a partir das 11 horas.
Será uma corrida em formato Endurance com 45 minutos e troca de pilotos.

Paulo Pinheiro (Autódromo Internacional do Algarve) – “Desta feita sem a intervenção do ‘Safety Car’, voltámos a ter
uma corrida fantástica. Dominada, é verdade, pelo Francisco Abreu, mas com uma luta deliciosa pela segunda posição
que durou a corrida toda! E que dizer da constante troca de posições entre o Ferrari de Lauer e o CUPRA de Miguel
Lobo? Claro que fiquei triste com o abandono da primeira corrida, mas satisfeito com o excelente trabalho do Pedro
Marreiros e muito feliz com a estreia vitoriosa do meu filho Bernardo. Enfim, tem sido um fim de semana fantástico
que nos energiza e motiva para melhorar cada vez mais a competição.”

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos