Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - PARENTE SEM SORTE

Quarta, 02 Maio 2018 09:06 | Actualizado em Terça, 04 Agosto 2020 15:46

Álvaro Parente sofre com os erros dos outros

 

Álvaro Parente teve uma passagem desafortunada pela ronda da Virgínia do Pirelli World Challenge, abandonando logo na primeira volta da primeira corrida devido a um toque de um adversário após um arranque brilhante.

 

O português colocou o Bentley Continental GT3 número nove da K-PAX Racing no quarto posto da grelha de partida, apesar ter apanhado tráfego nas suas voltas lançadas, o que lhe abria boas perspectivas para a prova de uma hora deste sábado, em que era acompanhado por Andy Soucek em mais uma etapa SprintX da competição considerada o Campeonato da América de GT.

 

O portuense arrancou bem para a corrida, colocando-se em posição de discutir o segundo lugar. Contudo, o seu adversário, já a alta velocidade, deu um toque no Bentley que foi descontrolado contra um muro de betão. O imponente GT amarelo ficou bastante danificado, sendo o abandono de Álvaro Parente e de Andy Soucek inevitável.

 

Após o sucedido, o desapontamento do português era evidente. “Efectuei um bom arranque e estava a lutar pelo segundo posto. Mantive a minha trajectória e o meu oponente tinha muito espaço, mas ao nos aproximarmos de uma esquerda, ele comportou-se como se eu não estivesse ao lado dele e deu-me um toque que me atirou para fora de pista. A pancada foi forte na barreira de protecção e com tantos danos o abandono era inevitável. É frustrante, por que o carro estava muito bom e podíamos lutar pela vitória”, afirmou Álvaro Parente.

 

No entanto, as más notícias não ficaram por aqui e, depois de ter sido analisado pela K-PAX Racing, foi concluído que não é possível recuperar o Bentley Continental GT3 número nove a tempo da corrida de hoje. “É muito frustrante que um erro grosseiro de outro piloto tenha um impacto tão forte no nosso fim-de-semana da Virgínia. A equipa trabalhou intensamente para termos um carro competitivo, o que foi conseguido, como foi verificado pela vitória do outro Bentley, e tudo cai por terra devido à distracção de outro. Ele foi penalizado com um ‘Stop & Go’ de três minutos, mas nós ficámos de fora duas corridas sem termos culpa de nada. Não é justo e ninguém na equipa merecia este desfecho”, sublinhou Álvaro Parente.

 

A próxima ronda do Pirelli World Challenge disputa-se no Canadá nos próximos dias 18 e 20 de Maio.

 

ÁLVARO PARENTE - TÍTULOS E MARCOS

Campeão da Fórmula 3 Britânica 2005

Campeão da World Series by Renault 2007

Campeão do International GT Open 2015

Campeão do Pirelli World Challenge 2016

Vencedor das 12 Horas de Bathurst 2016

Único Piloto Português a vencer corridas de GP2 Series/Fórmula 2


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos