Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - TRAFEGO ESTRAGA PLANO DE ALVARO PARENTE EM SPA

Segunda, 30 Julho 2018 19:15 | Actualizado em Segunda, 20 Janeiro 2020 18:37

Trânsito trama Álvaro Parente

 

O esperado tráfego durante a qualificação para as 24 Horas de Spa-Francorchamps não deu tréguas a Álvaro Parente, que não teve a possibilidade de realizar uma volta que lhe permitisse disputar a Super-Pole.

 

O português sabia que os muitos carros – sessenta e três – ao longo dos 7,004 quilómetros da pista belga seriam um problema durante o fim-de-semana, mas dificilmente estaria à espera de ser tão prejudicado no seu segmento de qualificação.

 

Durante aquela que acabaria por ser a sua melhor volta, Álvaro Parente teve de levantar o pé na entrada para a Paragem do Autocarro, devido a carros que estavam a preparar as suas voltas, o que acabou por lhe custar muito tempo. Pouco depois a sessão seria interrompida devido a um problema técnico num outro automóvel, inviabilizando outra volta lançada.

 

Para piorar ainda mais a situação, e com menos de cinco minutos de sessão por realizar, a zona de Eau Rouge e Radillon ficou bastante suja, devido a óleo derramado, impedindo a melhoria dos tempos.

 

O português, juntamente com Maxi Buhk e Maxi Gotz, acabaram por colocar o Mercedes-AMG GT3 número quarenta e três da Mercedes-AMG Team Strakka Racing no vigésimo nono lugar da grelha de partida. “Não tivemos a sorte do nosso lado, apanhámos muito tráfego, carros parados no ‘Bus Stop’ e foi impossível realizar uma volta minimamente competitiva. A bandeira vermelha também não nos ajudou e acabámos por alcançar o possível”, afirmou Álvaro Parente.

 

Apesar das contrariedades na qualificação, o piloto do Porto considera que ainda é possível lutar por boas posições, dada a duração da corrida, muito embora a concorrência seja muito forte. “Temos algum trabalho pela frente, uma vez que o carro ainda não está de acordo com as nossas necessidades, mas vamos trabalhar para resolvermos isso. A prova é longa e com muitas armadilhas. Vamos ter de adoptar ritmo forte e consistente, sem erros, e realizar bom trabalho de boxes para podermos chegar à frente e lutar pelas posições cimeiras”, frisou Álvaro Parente.

 

A corrida de vinte e quatro horas, a quarta etapa da Blancpain GT Series Endurance Cup e a segunda do Intercontinental GT Challenge, inicia-se no sábado às 15h30 e poderá ser seguida em directo através do website oficial da competição: www.blancpain-gt-series.com/watch-live.

 

ÁLVARO PARENTE - TÍTULOS E MARCOS

Campeão da Fórmula 3 Britânica 2005

Campeão da World Series by Renault 2007

Campeão do International GT Open 2015

Campeão do Pirelli World Challenge 2016

Vencedor das 12 Horas de Bathurst 2016

Único Piloto Português a vencer corridas de GP2 Series/Fórmula 2

 

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos