Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - FÁBIO MOTA EM DIJON PRENOIS

Segunda, 16 Julho 2018 20:52 | Actualizado em Terça, 15 Setembro 2020 22:23

Fábio Mota estabelece base para futuro

 

Fábio Mota disputou este fim-de-semana mais uma ronda da Peugeot 308 Racing Cup, desta feita em Dijon – Prenois, tendo as suas lutas por lugares dentro dos dez primeiros garantido uma plataforma para uma restante temporada ainda mais forte.

 

Depois de um longo período de inactividade na competição promovida pelo construtor de Sochaux, o piloto de Vila Nova de Gaia voltou às “guerras”, tendo evidenciado desde os treinos-livres de sexta-feira um ritmo em pista bastante competitivo, o que lhe permitia figurar consistentes entre os dez primeiros das tabelas de tempos, apesar de desconhecer por completo o exigente traçado de nove curvas e 3,800 quilómetros.

 

No dia de sábado, Fábio Mota reforçou essa ideia e, depois de ter conseguido assegurar o décimo lugar na qualificação, arrancou bem para a prova de dezassete voltas, subindo a sétimo. No entanto, um pião no início da segunda volta, quando tinha ainda os pneus frios, atrasou-o significativamente, terminando em décimo terceiro.

 

Na terceira jornada da ronda de Dijon – Prenois da Peugeot Racing Cup, o piloto de Vila Nova de Gaia não evitou um pião que lhe danificou seriamente os pneus. Face ao sucedido, a organização, resolveu permitir-lhe marcar mais dois pneumáticos, dado os danos serem anormais para o sucedido.

 

A arrancar do décimo segundo posto da grelha de partida, Fábio Mota estava apostado em recuperar e lutar por posições entre os dez primeiros. O português, novamente com uma boa partida, subiu a décimo, estando envolvido em intensas lutas por posições. Contudo, com pneus mais velhos que os seus adversários – as borrachas que a organização lhe permitiu marcar tinha já seis voltas contra duas dos pneumáticos dos restantes pilotos – a ponta final da prova foi penosa, tendo, ainda assim, terminado em décimo primeiro. “Foi um fim-de-semana complicado, com muitos episódios, mas foi importante perceber que estou competitivo e a lutar pelos lugares do ‘top-10’, muito embora desconhecesse por completo o circuito. Esta competição é muito disputada e estar na luta é muito importante”, apontou o piloto de Vila Nova de Gaia.

 

Fábio Mota considera que está no bom caminho, no que diz respeito à sua evolução na Peugeot 308 Racing Cup, e está seguro de que os seus resultados poderão melhorar significativamente já na próxima ronda da competição. “O pelotão é muito forte, mas já mostrei que posso estar no meio das lutas pelas posições entre os dez primeiros, muito embora os meus adversários tenham um conhecimento aprofundado do carro e estejam muito ambientados aos circuitos. Penso que tenho margem de progressão e acredito que em Magny-Cours poderei apresentar os resultados a que ambiciono”, assegurou o piloto de Vila Nova de Gaia.

 

A próxima ronda da Peugeot 308 Racing Cup realiza-se em Magny-Cours nos próximos dias 8 e 9 de Setembro.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos