Velocidade Online

Diversos - Diversos

DIVERSOS - CAMPEONATO MUNDIAL DE CHAPA E PINTURA

Quinta, 29 Agosto 2019 11:57 | Actualizado em Domingo, 12 Janeiro 2020 21:27

Campeonato Mundial de Chapa e Pintura da Automechanika

O primeiro finalista foi escolhido!

Anthony Fryett, do Reino Unido, é o primeiro finalista do Campeonato Mundial de Chapa e Pintura da Automechanika. Fryett impressionou o painel de juízes da Automechanika Birmingham com a sua ideia de design e as suas habilidades de pintura - que ele aplicou num capô. Ele será acompanhado por outros cinco vencedores nacionais para a grande final em Frankfurt em setembro de 2020. A próxima ronda da competição será realizada em breve na Automechanika em Joanesburgo, com os finalistas remanescentes sendo escolhidos nas próximas feiras da Automechanika em Xangai, Dubai, Cidade do México e Frankfurt.
 
O Campeonato Mundial de Chapa e Pintura da Automechanika foi lançado com sucesso em Birmingham em junho. Anthony Fryett da Autostyl na Cornualha venceu a primeira etapa da competição com um capô de um automóvel elaboradamente projetado, fazendo dele a primeira pessoa a se qualificar para a grande final na Automechanika Frankfurt de 8 a 12 de setembro de 2020. Fryett e os outros competidores foram desafiados a criar um capô de um automóvel elaboradamente projetado num projeto inspirado pela nação anfitriã, o Reino Unido. A competição foi apoiada pelos patrocinadores Octoral, DeBeer Refinish e SATA. O resultado: uma galeria de obras de arte extremamente diversificadas sobre capôs de automóveis que variavam desde uma bandeira da Union Jack e de uma visualização do Brexit a uma papoila que homenageava as vítimas da Primeira Guerra Mundial. Os capôs foram exibidos na nova Body & Paint Zone da Automechanika Birmingham e avaliados por um painel de especialistas. Os visitantes da feira também tiveram a possibilidade de votar num vencedor escolhido pelo público.
 
Fryett passou cerca de 100 horas a trabalhar no projeto que ganhou a aprovação do painel. O capô trazia uma mensagem muito clara: "A cultura britânica está sempre a mudar! Somos coloridos, vibrantes, ousados... globais!” O seu desenho colorido foi criado a partir de formas geométricas. À medida que o seu trabalho progrediu, Fryett postou fotos no seu canal do Instagram e os seus seguidores ficaram impressionados com o que viram - ele até imortalizou alguns dos seus nomes no capô.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos