Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO & INDUSTRIA - FAURECIA E MICHELIN FORMALIZAM

Sexta, 29 Novembro 2019 09:48 | Actualizado em Quinta, 16 Janeiro 2020 02:36

FAURECIA E MICHELIN FORMALIZAM JOINT VENTURE PARA LIDERAR A MOBILIDADE BASEADA NO HIDROGÉNIO


 
 

A NOVA EMPRESA, DENOMINADA “SYMBIO, A FAURECIA MICHELIN HYDROGEN COMPANY”, DESENVOLVERÁ, PRODUZIRÁ E COMERCIALIZARÁ SISTEMAS DE PILHA DE COMBUSTÍVEL DE HIDROGÉNIO PARA TODO O TIPO DE VEÍCULOS E PARA OUTROS SERVIÇOS DE MOBILIDADE ELÉTRICA.

A Michelin, líder mundial em pneus e mobilidade sustentável, e a Faurecia, líder tecnológico na indústria automóvel, formalizaram a criação da SYMBIO, A FAURECIA MICHELIN HYDROGEN COMPANY. A nova joint venture reunirá todas as atividades dedicadas à tecnologia da pilha de combustível, com o objetivo de tornar-se num líder mundial na mobilidade baseada no hidrogénio.

Construída em torno de um ecossistema único, esta joint venture desenvolverá, produzirá e comercializará sistemas de pilha de combustível de hidrogénio para veículos de turismo, veículos comerciais e camiões, além de aplicações para outras áreas da mobilidade elétrica.

Joint venture construída com base numa experiência e conhecimentos únicos

A complementaridade de Michelin e Faurecia permite propor uma completa gama de sistemas de pilhas de combustível de hidrogénio para cobrir todos os tipos de mobilidade. A Faurecia contribuirá com a sua experiência tecnológica em mobilidade baseada no hidrogénio, e com os resultados obtidos com os seus trabalhos de I+D realizados em colaboração com a Comissão Francesa de Energias Alternativas e Energia Atómica (CEA). Por seu turno, a Michelin contribuirá com os conhecimentos da sua subsidiária Symbio, fornecedor de sistemas de pilhas de combustível de hidrogénio, assim como com a sua completa gama de serviços e atividades de design e produção.

Ambição global

Michelin e Faurecia investirão, inicialmente, 140 milhões de euros nesta nova empresa, com o objetivo de desenvolver pilhas de combustível de nova geração, iniciar a produção em série e impulsionar o negócio na Europa, na China e nos IUA. A SYMBIO, A FAURECIA MICHELIN HYDROGEN COMPANY pretende alcançar 25% de quota de mercado e uma faturação de cerca de 1500 milhões de euros em 2030. Numa fase inicial, a joint venture contará com três unidades industriais que abastecerão os principais mercados automóvel do mundo: Europa, Ásia e EUA.

Espera-se que a procura pela mobilidade elétrica aumente significativamente até 2030, com os veículos alimentados por hidrogénio a representarem dois milhões de unidades, das quais 350 000 serão comerciais. Enquanto única solução “emissões zero” que complementa os veículos elétricos alimentados por baterias, a tecnologia da pilha de combustível de hidrogénio é essencial para acelerar o desenvolvimento da mobilidade elétrica, e para que esta responda aos seus três maiores desafios: a melhoria da qualidade do ar, a redução das emissões de CO2 e a transição energética.

Gestão conjunta e especializada

Sendo propriedade, em partes iguais, de ambos grupos, a SYMBIO, A FAURECIA MICHELIN HYDROGEN COMPANY será gerida por executivos da Michelin, da Faurecia e da Symbio, com experiência na indústria automóvel e na administração de atividades de rápido crescimento. Consequentemente, Fabio Ferrari foi nomeado Diretor Executivo, enquanto que Guillaume Salvo, ex-Diretor da Linha de Produtos de Veículos Ligeiros na Faurecia, foi nomeado Diretor Geral de Operações.

Florent Menegaux, Presidente do Grupo Michelin, declarou: “O desenvolvimento da mobilidade baseado no hidrogénio ilustra na perfeição as ambições de crescimento da Michelin, particularmente na vertente dos componentes de alta tecnologia. Esta estratégia é, em si mesma, parte de uma visão mais ampla de una mobilidade sustentável mais acessível. A parceria hoje formalizada com um protagonista de primeiro plano, como a Faurecia, reflete plenamente esta dupla ambição”.

Patrick Koller, Diretor Executivo da Faurecia: “A criação formal da nossa joint venture com a Michelin é outro importante passo da estratégia da Faurecia de converter-se num líder mundial dos sistemas de hidrogénio. A complementaridade da nossa experiência e modelos de negócios, unidos num ecossistema inovador, torna-nos num importante ativo para satisfazer o crescimento da procura dos nossos clientes e consumidores, que pretendem ver tecnologias acessíveis de zero emissões a serem comercializadas rapidamente”.

Fabio Ferrari, Diretor Executivo da SYMBIO, A FAURECIA MICHELIN HYDROGEN COMPANY, acrescenta: “Fundei a Symbio há quase dez anos para trabalhar no sentido de ajudar a criar um mundo em que a liberdade de movimentos está ligada às emissões zero. Ao criarem esta parceria, Michelin e Faurecia demostram que também partilham esta visão. Não existe energias mais poderosa para avançar”.

A SYMBIO, A FAURECIA MICHELIN HYDROGEN COMPANY também está a renovar a sua identidade corporativa com um novo logótipo e uma nova assinatura. Esta alteração ilustra o desejo partilhado pelos seus acionistas de manter a identidade da empresa e capitalizar uma marca que já é amplamente reconhecida entre da mobilidade baseada no hidrogénio.

 

Sobre a Michelin

A Michelin ambiciona melhorar de forma sustentável a mobilidade dos seus clientes. Líder do sector do pneu, a Michelin concebe, fabrica e distribui os pneus mais adaptados às necessidades e às diversas utilizações dos seus clientes, assim como serviços e soluções para melhorar a eficácia do transporte. De igual modo, a Michelin oferece aos seus clientes experiências únicas nas suas viagens e deslocações. A Michelin também desenvolve materiais de alta tecnologia para diversas utilizações. Com sede em Clermont-Ferrand (França), a Michelin está presente em 170 países, emprega 125 400 pessoas e dispõe de 67 centros de produção de pneus, que, em 2018, fabricaram 190 milhões de pneus. (www.michelin.pt).

 

Sobre a Faurecia

Fundada em 1997, a Faurecia cresceu até tornar-se num importante protagonista da indústria automóvel mundial. Com cerca de 300 instalações, incluindo 35 centros de investigação e desenvolvimento, e 115 000 funcionários em 37 países, a Faurecia é um líder global em três das suas áreas de negócio: bancos para automóveis, interiores de veículos e mobilidade limpa. A Faurecia centrou a sua estratégia tecnológica no disponibilizar de soluções para o "Cockpit do futuro" e para a "Mobilidade sustentável". Em 2018, o Grupo registou vendas de 17 500 milhões de euros. A Faurecia está cotada na bolsa de valores Euronext de Paris e integra o índice CAC Next 20.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos