Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO & INDUSTRIA - GALP É NOTICIA

Sexta, 11 Outubro 2019 11:54 | Actualizado em Segunda, 13 Janeiro 2020 09:25

Joint venture da Área 4 em Moçambique adjudica trabalhos para arranque do projeto Rovuma LNG
 
 Contrato EPC atribuído a consórcio constituído pela JGC, Fluor e TechnipFMC, empresas-líder do setor a nível global 
 Adjudicação permite arranque de trabalhos iniciais nas instalações de midstream e upstream avaliados em $500 milhões
 Decisão Final de Investimento esperada em 2020 e primeiro gás em 2025
 Compromisso da Galp em desenvolver recursos de alta qualidade da Área 4 reforçado com esta decisão 
 
A join t venture de que a Galp faz parte na Área 4, em Moçambique, adjudicou o contrato de Engenharia, Aprovisionamento e Construção (EPC) para a primeira fase das instalações de gás natural liquefeito do projeto Rovuma LNG, ao consórcio JFT, constituído pela JGC, a Fluor e a TechnipFMC, empresas líderes mundiais com uma vasta experiência em projetos globais de GNL.
Após a aprovação do plano de desenvolvimento pelo Governo de Moçambique (GM), a assinatura deste contrato EPC permitirá o início das primeiras atividades de midstream e upstream , estimadas em cerca de $500 milhões. O GM também aprovou os contratos de compra e venda de GNL do projeto, com os parceiros da Área 4 a trabalhar nas restantes etapas fundamentais para a tomada de decisão final de investimento, prevista para 2020.
A primeira fase do projeto Rovuma LNG, que irá produzir, liquefazer e vender gás natural proveniente dos relevantes campos de Mamba, inclui duas unidades de liquefação (trens), com capacidade total para produzir 15,2 milhões de toneladas por ano (mtpa). O início de produção de GNL é esperado em 2025.
A decisão de hoje reflete o compromisso da jo int venture em continuar a desenvolver os recursos de elevada qualidade descobertos da Área 4, estimados em cerca de 85 tcf de gás in place , e após a tomada de decisão referente ao projeto FLNG Coral Sul em 2017.
 

 
Os parceiros da Galp na Área 4 incluem a Mozambique Rovuma Venture S.p.A. (uma
joint venture
 entre a ExxonMobil, Eni e CNPC), a KOGAS e a ENG. A ExxonMobil irá liderar a construção e operação dos trens onshore e instalações relacionadas, enquanto a Eni será o operador do upstream .
O Rovuma LNG é um projeto de elevado relevo na estratégia da Galp que promove a redução da intensidade carbónica do seu portefólio. As adjudicações de hoje representam mais um passo relevante no desenvolvimento das descobertas em Moçambique.
 
Sobre a Galp
A Galp é uma empresa de energia de base portuguesa, de capital aberto com presença internacional. Desenvolvemos soluções eficientes e ambientalmente sustentáveis em todas as fases da cadeia de valor do setor energético, da prospeção e extração de petróleo e gás natural a partir de reservatórios situados quilómetros abaixo da superfície marítima, até à energia que entregamos aos nossos clientes. Ajudamos grandes indústrias a aumentarem a sua competitividade, ou consumidores individuais que buscam as soluções mais flexíveis para as suas casas e necessidades de mobilidade. Integramos todos os tipos de energia, da eletricidade, ao gás e aos combustíveis líquidos. Contribuímos ainda para o desenvolvimento económico dos 11 países em que operamos e para o progresso social das comunidades que nos acolhem. A Galp emprega 6.360 pessoas. Mais informações em www.galp.com.
 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos