Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO & INDUSTRIA - PANERAI E GREGORIO PALTRINIERI

Sexta, 11 Outubro 2019 05:27 | Actualizado em Sexta, 17 Janeiro 2020 03:47

PANERAI E GREGORIO PALTRINIERI

JUNTOS PARA O LANÇAMENTO DO LUNA ROSSA EM CAGLIARI

 

Já se encontra dentro de água o novo monocasco que representará Itália na XXXVI Copa América

 

O revolucionário monocasco AC75 Luna Rossa foi apresentado de forma oficial. Lançado no dia anterior no porto de Molo Ichnusa em Cagliari, onde se está sediada a equipa Luna Rossa Prada Pirelli, esta embarcação representará Itália no troféu de vela mais antigo do mundo.

 

Para marcar a cerimónia, não passaram despercebidos nos pulsos do capitão Max Sirena e dos membros da equipa de vela o Panerai Submersible Luna Rossa – 47 mm, que formam parte da coleção que a marca florentina de alta relojoaria dedicou ao Challenger of Record, na sua qualidade de patrocinador oficial. O relógio reflete o caráter arrojado da equipa e incorpora diversas características técnicas distintivas, como a caixa em fibra de carbono, o material com o qual se compõe o casco AC75 e o mostrador no qual se aplicam fragmentos da vela do Luna Rossa.

 

A este importante acontecimento para o mundo da vela, estiveram presentes Miuccia Prada, que batizou oficialmente o barco, Patrizio Bertelli, Presidente da equipa Luna Rossa Prada Pirelli, Agostino Randazzo, Presidente do Circolo della Vela Sicilia, eMarco Tronchetti Provera, CEO da Pirelli, copatrocinador da equipa Luna Rossa e sócio de desenvolvimento tecnológico.

 

Também assistiu Gregorio Paltrinieri, , atual campeão olímpico de 1500 metros livres, que se juntou aos embaixadores da Panerai, no passado mês de abril. A sua presença sublinhou uma vez mais a relação especial que este Maison tem com o mundo dos desportos aquáticos.

 

«É uma honra estar hoje aqui com a Panerai para a inauguração oficial deste projeto com sabor italiano baseado no compromisso com o desporto, a qualidade e a inovação, valores com os quais me identifico no meu papel de Embaixador da Panerai para Itália», declarou Paltrinieri.

 

A associação entra a Panerai e o Challenger of Record da XXXVI Copa América, anunciada no passado mês de janeiro aquando do Salão Internacional de Alta Relojoaria(SIHH), celebrado em Genebra, baseia-se na defesa dos mesmos valores fundamentas: a inovação técnica, a excelência italiana e uma extraordinária paixão pelo mar.

 

«A Panerai sempre apoiou os heróis modernos nas suas façanhas, proporcionando-lhes instrumentos de precisão excecionais para enfrentar os desafios mais extremos», afirmou Jean-Marc Pontroué, CEO da Panerai. «Estamos encantados que a equipa de vela do Luna Rossa venha a usar nos seus pulsos os nossos relógios para enfrentarmos juntos ao apaixonante caminho até Auckland».

 

O primeiro desafio do novo AC75 Luna Rossa na fase de classificação para a final da Nova Zelândia, em 2021, é a série de regatas preliminares da XXXVI Copa América, apresentada por Prada, a America’s Cup World Series (ACWS), que se realizaram em Cagliari de 23 a 26 de abril de 2020.

 

 

 

PANERAI

Fundada em Florença, em 1860, como laboratório, loja e escola de relojoaria, a Officine Panerai abasteceu a Marinha italiana em geral durante muitos anos, assim como os seus agentes especiais de mergulho em particular, com instrumentos de precisão. Os designs concebidos pela Panerai nessa altura, incluindo o Luminor e o Radiomir, foram abrangidos pela Acta de Segredo Militar durante muitos anos e foram apenas lançados no mercado internacional após a marca ter sido adquirida pelo Grupo Richemont em 1997. Hoje, a Panerai desenvolve e produz os seus movimentos e relógios numa manufatura de Neuchâtel. Os últimos modelos são uma mistura perfeita entre design italiano com conhecimento de relojoaria suíço. Os relógios Panerai são vendidos em todo o mundo através de uma rede exclusiva de distribuidores e boutiques Panerai.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos