Velocidade Online

Mundial - FIA GT

MUNDIAL - GT BRASIL

Sábado, 18 Julho 2020 18:44 | Actualizado em Sábado, 19 Setembro 2020 05:36

Porsche Esports Brasil: Marcos Riffel leva a Snow Schatten à sua primeira vitória na Sprint Challenge

Piloto superou Trindade e Neto para debutar no lugar mais alto do pódio de um evento oficial da Porsche



O gaúcho Marcos Riffel se tornou na noite de ontem (15) o primeiro piloto da Snow Schatten Esports a vencer uma etapa no Porsche Esports Program Brasil. O player de 23 anos triunfou na segunda bateria da etapa de Nürburgring, a segunda etapa do campeonato.

Os indícios de que a noite traria coisas boas para Riffel começaram a aparecer já na sessão classificatória, quando o piloto marcou o sexto tempo. No entanto, a largada para a primeira bateria foi complicada e o gaúcho passou por um pequeno susto ao quase se envolver um acidente com Leandro Daminelli, logo na primeira curva.

O incidente fez Riffel perder algumas posições e cair para décimo terceiro. Com muita garra e maturidade, Riffel fez ultrapassagens pontuais e terminou a prova na nona colocação, posição que lhe garantiu a primeira fila no grid invertido da segunda bateria.

Ciente de que possuía uma grande chance de conquistar a sua primeira vitória no Porsche Esports, Riffel largou bem e passou a atacar o líder Lucas Trindade, concretizando a ultrapassagem no início da volta 5. Andando "de cara para o vento", Riffel usou de toda a sua experiência e administrou a vantagem para os seus adversários, para ser o primeiro a receber a bandeira quadriculada na segunda bateria da noite.

"Foi uma corrida muito legal, com muita pressão do início ao fim. O iRacing é muito difícil de ultrapassar e não tem muita margem para erro. No fim da prova, os meus pneus já estavam bem desgastados e o Rogério (Neto) estava num ritmo mais forte. Dei tudo de mim para conseguir segurar ele e felizmente deu certo. Vencer em um campeonato oficial da Porsche é algo especial, é cravar o meu nome na história. A conquista me tirou um peso da costas. O campeonato tem um altíssimo nível, está muito acirrado e com muitos pilotos rápidos. O envolvimento da Porsche é um passo à frente para o automobilismo virtual brasileiro", disse o piloto.

"O caminho é longo e o objetivo é disputar o título. Tive muito azar na primeira etapa, e na primeira bateria de hoje, não tive o desempenho que poderia ter tido. Porém, há males que vêm para o bem, e ter chego em nono me possibilitou brigar pela vitória no grid invertido", finalizou.

Companheiros de Riffel, Lucas Alves e Lucas Werle não tiveram uma etapa ideal. Alves até fez uma boa primeira bateria e terminou na décima segunda colocação, porém, o gaúcho acabou abandonando a segunda prova da noite. Werle também não teve sorte e foi tocado por seus adversários nas duas corridas, impedindo-o de conquistar um bom resultado.

A Porsche Sprint Challenge retorna no dia 29 de julho, no circuito canadense de Montreal.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos