Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO EM ANGOLA

Segunda, 25 Junho 2018 23:35 | Actualizado em Domingo, 09 Agosto 2020 04:41

Esta foi a 5ª edição da Baja TT Quilengues e a 2ª prova do CARR 2018 e também a 2ª prova do Trofeu Polaris RZR XP 900 by Trevotech.

O percurso foi o mesmo do ano passado, com 54 km, mas em sentido inverso. Os concorrentes tiveram que atravessar 2 rios mas nesta altura do ano o caudal já é pequeno e não houve qualquer dificuldade.

O Prologo com os habituais 5 km foi repetido 2 vezes, também em sentido inverso ao do ano passado.

O mesmo numero de concorrentes manteve-se em relação ao Rali TT Baía Azul, 14, dividido pelas Classes M (3), Classe TT (3) e Classe E (8). Infelizmente não houve participantes nos Quad.

Na Classe M, todos os pilotos têm necessidade de ter mais esclarecimentos sobre o funcionamento da Carta de Controlo. As penalizações foram um “desastre”. Célio Plácido, com a KTM EXC 125, foi sempre mais rápido que os seus adversários até ter uma ligeira queda. Também Rui Meneses com a Honda CRF 450 só fez pior tempo na 3ª passagem pela Especial relativamente a Carlos Seixas com a Kawasaki KLX 450R.

Na Classe TT , só Paulo Freire/Armando Silva terminaram a Baja com o Land Rover 110 V8em mau estado. O motor falhava e a suspensão termia toda. Ricardo Sequeira/Jorge Monteiro (Mitsubishi Pajero) e Maló Almeida/João Paulo (Isuzu D-Max) desistiram com problemas mecânicos.

Mário Fontes (Polaris RZR XP 1000) ficaram à frente  da frota de Polaris. Rui Cunha com o Polaris RZR XP 900 fez tempos muito interessantes. Edwin Santos e Jason Santos, ambos com Polaris RZR XP 1000, tiveram problemas mas acabaram por chegar o fim. Sú Martins com mais um Polaris 900 terminaram em 5º lugar. Desistiram, por problemas mecânicos, João Lota/Nuno Santos(Polaris 1000), José Marcelino e Miguel Raposo, ambos com Polaris 900.

Mais uma vez a Administração Municipal de Quilengues preparou toda a segurança da Baja. O Programa da Rádio Local e a publicidade em redor da prova é fundamental para alertar as comunidades e as populações. Os habitantes das aldeias por onde passa a prova colocam-se estrategicamente para ver passar os concorrentes. O pasto do gado é alterado para que os pilotos possam acelerar à vontade.

Este ano a AZZUL PISCINAS esteve connosco bem como a MEGAUTO.

A Robert Hudson e a Ford cederam mais uma vez 2 Ford Ranger para a FERMERAID com alto patrocínio da Embaixada da Federação dos Priorados da Soberana Ordem de São João de Jerusalém - Cavaleiros de Malta e para a equipa de reportagem da SuperSport. A PRINTLAB fez os autocolantes e  lona para a entrega dos prémios. A QUATENUS forneceu os GPS

As fotos são do Adriano Alexandre e do Célio Sousa.

 

Para o ano há mais.

 

Próxima prova: Rali TT Internacional Lupupa a 7 de Julho


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos