Velocidade Online

Mundial - Fórmula 1

CAMPEONATO MUNDO DE FÓRMULA 1 - 2018 - A HAAS NO GP DA BRASIL

Segunda, 12 Novembro 2018 18:36 | Actualizado em Domingo, 02 Agosto 2020 16:39

Evento:  Qualificação para o Grande Prémio do Brasil (20º Round de 21)

Data:  Sábado, 10 de Novembro

Local:  Autódromo José Carlos Pace, em São Paulo

Layout:  4,309 quilómetros, 15 curvas

Condições Climatéricas:  Começou com Sol, mas ficou enevoado e com chuva na Q2.

Temperatura do Ar:  21,4-24,2 ºC

Temperatura da Pista:  30,8-41,8ºC

Pole-Position:  Lewis Hamilton da Mercedes (1m07,281s novo recorde)

Resultado:  Romain Grosjean 9º / Kevin Magnussen 11º

Note:  Grosjean arrancará de oitavo e Magnussen de 10º, uma vez que o sexto classificado, Daniel Ricciardo, sofreu uma penalização de cinco lugares na grelha de partida.

 

 

 

●  Tem a duração de 18 minutos, com a participação de todos os 20 pilotos
●  Os 15 pilotos mais rápidos avançam para a Q2

Magnussen:  5º (1m08,474s), avançou para a Q2

Grosjean:  9º (1m08,735s), avançou para a Q2

Piloto Mais Rápido:  Max Verstappen da Red Bull (1m08,205s)

Cutoff:  15º Esteban Ocon da Force India (1m09,264s)

 

 

 

●  Tem a duração de 15 minutos, com a participação dos 15 pilotos mais rápidos provenientes da Q1
●  Os 10 pilotos mais rápidos avançam para a Q3

Grosjean:  7º (1m08,239s), avançou para a Q3

Magnussen:  11º (1m08,659s)

Piloto Mais Rápido:  Valtteri Bottas da Mercedes (1m07,727s)

Cutoff:  10º Pierre Gasly da Toro Rosso (1m08,616s)

 

 

 

●  Tem  a duração de 12 minutos, com a participação dos 15 pilotos mais rápidos provenientes da Q2, lutando todos pela pole-position

Grosjean:  9º (1m08,517s)

Pole-Position:  Lewis Hamilton da Mercedes (1m07,281s)

Segundo:  Sebastian Vettel da Scuderia Ferrari (1m07,374s)

 

 

 

Os pilotos da Haas F1 Team, Romain Grosjean e Kevin Magnussen, qualificaram-se em nono e décimo primeiro respectivamente, para o Grande Prémio do Brasil, que se disputa no domingo no Autódromo José Carlos Pace, em São Paulo. No entanto, Grosjean alinhará do oitavo lugar e Magnussen de décimo, dado que o sexto classificado, Daniel Ricciardo, sofreu uma penalização de cinco lugares na grelha de partida por ter trocado o turbo do seu Red Bull.

 

Magnussen foi o quinto mais rápido na Q1, com uma volta em 1m08,474s ao circuito de 4,309 quilómetros e quinze curvas. Grosjean foi o nono mais rápido, 1m08,735s. Apenas os quinze mais rápidos avançaram para a Q2.

 

Na Q2, Grosjean assinou o sétimo tempo, 1m08,239s, passando a Q3. Magnussen, por seu lado, falhou por pouco a passagem ao segmento seguinte, ao realizar uma volta em 1m08,659s, que o colocou no décimo primeiro lugar.

 

Grosjean carregou a bandeira da Haas F1 Team na Q3, assinando o nono crono, 1m08,517s.

 

Tanto Grosjean como Magnussen rodaram exclusivamente com pneus Pirelli P Zero Vermelho/Supermacio ao longo da qualificação.

 

Lewis Hamilton conquistou a pole-position para o Grande Prémio do Brasil, registando a centésima pole-position da Mercedes na Fórmula 1. A sua melhor volta, 1m07,281s, representa um novo recorde em qualificação para o circuito de Interlagos e deixou o segundo classificado, Sebastian Vettel da Scuderia Ferrari, a 0,093s. Foi a octogésima segunda pole-position de Hamilton, a sua décima da temporada e a sua terceira no Autódromo José Carlos Pace.

 

 

 

Queríamos ser os melhores dos outros, hoje, mas não tínhamos as condições favoráveis como gostaríamos. Devo dizer que o meus carro estava fantástico na Q2. Entrei na minha primeira volta lançada e na Curva 3 o corta corrente ligou-se, portanto, perdi tempo e tive de ligar o carro novamente. Sabia que tinha apenas uma tentativa para fazer uma volta, e essa volta foi fantástica. O carro estava bom. Estava confiante em entrar na Q3, mas depois tive alguma subviragem pro qualquer motivo. Não consegui repetir os tempos, portanto, temos de analisar isso. Nestas condições, é muito fácil ter algumas diferenças no comportamento do carro. Penso que amanhã deveremos estar bem. No molhado ou no seco, não há nada que possamos fazer. Vamos ver o que acontece.”

 

 

 

Estou muito desapontado. Penso que foi azar, na minha opinião. Estávamos em pista quando começou a chover mais nas minhas voltas lançadas da Q2. Tentámos fazer o melhor e ir para a pista no momento certo, mas quando as condições climatéricas estão assim, nunca sabemos quando começa a chover. É difícil saber qual o melhor momento para ir para a pista. Claramente, não acertámos. Penso que a previsão para amanhã aponta para pista seca. Até agora as previsões tem sido muito fiáveis. Foi azar, dado que penso que tínhamos um bom carro hoje. Entre mim e o Romain , deveríamos ter sido os melhores dos outros. É aborrecido, mas temos de ver os pontos positivos, dado que podemos escolher os pneus para domingo.”

 

 

 

Não foi uma qualificação perfeita, mas ainda assim foi boa. Saímos para a pista sempre no momento errado. Estas coisas acontecem, quando as condições climatéricas estão sempre a mudar. O carro estava bom e os pilotos realizaram um bom trabalho. Qualificámo-nos em nono e décimo primeiro, que se deve transformar em oitavo e décimo devido à penalização do Ricciardo, o que não é mau para a corrida. Tenho a certeza de que amanhã poderemos lutar pelos pontos.”

 

 

 

A Haas F1 Team estreou-se em 2016 no Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1, tornando-se na primeira equipa de Fórmula 1 americana desde 1986. Fundada pelo industrialista Gene Haas, a Haas F1 Team está sediada nos Estados Unidos da América em Kannpolis, América do Norte, o mesmo centro onde está baseada a sua equipa Campeã na NASCAR Spint Cup Series, Stewart-Haas Racing. Haas é o fundador da Haas Automation, a maior construtora de máquinas CNC da América do Norte e o presidente da Haas F1 Team.

 

http://staticapp.icpsc.com/icp/loadimage.php/mogile/1568606/93f9180626a79ca102852402f05fced0/image/jpeg

 

A Haas Automation, Inc. é o construtor de máquinas CNC líder na América. Fundada em 1983 por Gene Haas, a Haas Automation constrói uma linha completa de centro de maquinação verticais e horizontais, centros basculantes, mesas rotativas, etc. Todos os produtos da Haas são construídos na fábrica de 93.000m2 da empresa, sediada em Oxnard, Califórnia, e distribuídas através de uma rede mundial de Haas Factory Outlets que fornecem à indústria os melhor serviço de venda, serviços e apoio, enquanto oferece uma relação custo/performance sem paralelo. Para mais informação visitar www.HaasCNC.com, , on Facebook at www.Facebook.com/HaasAutomationInc, on Twitter @Haas_Automation and on Instagram @Haas_Automation.

 

Sobre a Haas Factory Outlet - Portugal

A Haas Automation, Inc está representada em Portugal através da Haas Factory Outlet – Portugal. Um empresa situada nos arredores do Porto, perto do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Desta forma, pode aceder aos produtos da Haas Automation e todos os seus serviços. Para mais informação visitar haasportugal.com/ ou facebook.com/haasportugal.       


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos