Velocidade Online

Mundial - Fórmula 1

CAMPEONATO MUNDO DE FÓRMULA 1 - 2018 - A HAAS NO GP JAPÃO

Segunda, 22 Outubro 2018 16:56 | Actualizado em Quarta, 05 Agosto 2020 08:03

Evento:  Grande Prémio do Japão (17º Round de 21)

Data:  Domingo, 7 de Outubro

Local:  Suzuka Circuit

Layout:  5,807 quilómetros, 18 curvas

Condições Climatéricas:  Sol

Temperatura do Ar:  27,7-29,2 ºC

Temperatura da Pista:  34,5-39,3ºC

Vencedor:  Lewis Hamilton da Mercedes

Haas F1 Team:  

●  Romain Grosjean – Arrancou de 5º, terminou em 8º (completou 53/53 voltas)

●  Kevin Magnussen – Arrancou de 12º, abandonou (Acidente, completou 8/53 voltas)

 

 

 

A Haas F1 Team ganhou três pontos à quarta classificada do Campeonato de Construtores, a Renault, uma vez que Romain Grosjean garantiu o oitavo posto no Grande Prémio do Japão, que se disputou este domingo no Suzuka Circuit. O seu colega de equipa, Kevin Magnussen, não se classificou, depois de um furo no pneu traseiro/esquerdo ter danificado o seu carro em demasia para que fosse possível continuar.

 

A equipa americana continua no quinto lugar do Campeonato de Construtores, mas reduziu a desvantagem para a Renault para apenas oito pontos, depois de Grosjean ter assegurado o seu quinto resultado nos pontos na temporada deste ano do Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1. A Haas F1 Team estendeu também a sua vantagem face à sexta classificada, a McLaren, para vinte e seis pontos.

 

Grosjean iniciou a corrida de cinquenta e três volta ao circuito de 5,807 quilómetros e dezoito curvas que abriu em 1962 como uma pista de testes da Honda no quinto lugar. Um bom arranque permitiu a Grosjean manter a sua posição até que Sebastian Vettel o ultrapassou na curva doze, entre o gancho e a Spoon.

 

Grosjean regressou aos cinco primeiros na oitava volta, quando Vettel chocou com o Red Bull de Max Verstappen, enviando Vettel para um pião. O quinto posto foi durou pouco, porém, uma vez que o segundo Red Bull, pilotado por Daniel Ricciardo, ultrapassou Grosjean na chicane.

 

Grosjean continuou a oscilar entre quinto e sexto, uma vez que Kimi Raikkonen entrou nas boxes quando estavam decorridas dezassete voltas, permitindo a Grosjean subir novamente a quinto. Mas assim que Raikkonen saiu da boxes, encheu os espelhos do Haas VF-18 de Grosjean. Raikkonen acabou por ultrapassar Grosjean na vigésima terceira volta, enviando-o novamente para sexto.

 

Com os pneus Pirelli P Zero Amarelo/Macio com que Grosjean iniciou a corrida a evidenciarem desgaste, Grosjean entrou nas boxes na vigésima nona volta, montando médios, que o levariam até ao final da corrida. Perdeu apenas um lugar, saindo das boxes á frente do Force India de Sérgio Pérez.

 

Grosjean reassumiu o sexto lugar, quando Carlos Sainz parou nas boxes com o seu Renault, estavam trinta e duas voltas completadas, mas numa repetição do que acontecera antes, não durou muito, uma vez que Vettel, em recuperação, voltou a conquistar o sexto lugar, na entrada para Spoon, enviando Grosjean para sétimo.

 

Um breve período de Safety-Car Virtual surgiu na quadragésima primeira volta, mas a prova foi reassumida na volta seguinte, e Pérez rapidamente passou a pressionar Grosjean. Pérez lançou um ataque na chicane, subindo a sétimo. Pouco depois, o colega de Pérez, Esteban Ocon, estava de olho no oitavo lugar de Grosjean. Grosjean conseguiu manter a posição para conquistar para a Haas F1 Team o décimo primeiro resultado nos pontos da temporada.

 

Os quatro pontos garantidos por Grosjean no Grande Prémio do Japão permite-lhe somar trinta e um pontos, o máximo que alcançou com a Haas F1 Team em três anos com a equipa. Grosjean alcançou vinte e nove pontos em 2016 e vinte e oito o ano passado.

 

Lewis Hamilton venceu o trigésimo Grande Prémio do Japão, depois de arrancar da pole-position, a septuagésima primeira da sua carreira de Fórmula 1, a nona desta temporada e a quarta consecutiva. Hamilton bateu o seu colega de equipa na Mercedes, Valtteri Bottas, por 12,919s para assegurar a sua quarta vitória em Suzuka e manter o recente domínio da Mercedes nesta pista, uma vez que nenhuma outra equipa vence o Grande Prémio do Japão desde 2013. Hamilton venceu em 2014, 2015 e 2017.

 

A vitória de Hamilton juntamente com o sexto lugar de Vettel, permite a Hamilton estender a sua vantagem na liderança para sessenta e sete pontos no Campeonato de Construtores.

 

Magnussen está no oitavo lugar do Campeonato de Construtores, com cinquenta e três pontos, e Grosjean está em décimo terceiro, com trinta e um.

 

Com apenas quatro corridas por disputar, o próximo evento será o Grande Prémio dos Estados Unidos da América, que se realiza no Circuit of the Americas, em Austin, Texas, a 21 de Outubro.

 

 

 

Temos de analisar o que aconteceu com o recomeço após o Safety-Car Virtual. Estava dentro do meu tempo e o Pérez ultrapassou-me rapidamente, quando anteriormente tinha uma vantagem de 2,4s. Temos de verificar se não existe um problema com o sistema. Pensava ter feito tudo do meu lado. Demos o nosso melhor. Tivemos algumas pequenas contrariedade com o carro, o que não facilitou a nossa vida. Penso que sem isso, teríamos o ritmo para ficar à frente deles. Vamos para a próxima corrida.”

 

 

 

Bem, passei o Charles (Leclerc) por fora na 130R, depois, na chicane, ele manteve-se próximo e veio no meu cone de aspiração na recta da meta. Fui para a direita, penso que ele me seguiu e depois foi para a esquerda e tocou no meu pneu traseiro/esquerdo, furando-o. Foi azar, mas por vezes acontece. O pneu delaminou e estragou o fundo plano, asa traseira, as condutas de arrefecimento para os travões, etc. Tivemos de abandonar.”

 

 

 

Não foi o melhor dos dias para nós. O incidente com o Kevin, quando o Leclerc lhe bateu, atirou-o para fora de prova, portanto, ficámos apenas com um carro. Grosjean teve alguns problemas no seu carro, com a telemetria e com o seu comportamento. O carro fugia para um dos lados nas rectas. A determinado ponto, pensámos que ele tinha um furo, mas felizmente não. Depois, tivemos o incidente em que foi ultrapassado pelo Pérez na situação de Safety-Car Virtual e temos de perceber o que se passou. O aspecto positivo é que diminuímos a nossa desvantagem para a Renault em três pontos e espero recuperar o resto nas restantes quatro corridas.”

 

 

 

O décimo oitavo round do Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1 é o Grande Prémio dos Estados Unidos da América e disputa-se no Circuit of the Americas. Os treinos-livres iniciam-se no dia 19 de Outubro, a qualificação realiza-se no dia 20 e a corrida terá o seu arranque a 21.

 

 

A Haas F1 Team estreou-se em 2016 no Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1, tornando-se na primeira equipa de Fórmula 1 americana desde 1986. Fundada pelo industrialista Gene Haas, a Haas F1 Team está sediada nos Estados Unidos da América em Kannpolis, América do Norte, o mesmo centro onde está baseada a sua equipa Campeã na NASCAR Spint Cup Series, Stewart-Haas Racing. Haas é o fundador da Haas Automation, a maior construtora de máquinas CNC da América do Norte e o presidente da Haas F1 Team.

 

http://staticapp.icpsc.com/icp/loadimage.php/mogile/1568606/93f9180626a79ca102852402f05fced0/image/jpeg

 

A Haas Automation, Inc. é o construtor de máquinas CNC líder na América. Fundada em 1983 por Gene Haas, a Haas Automation constrói uma linha completa de centro de maquinação verticais e horizontais, centros basculantes, mesas rotativas, etc. Todos os produtos da Haas são construídos na fábrica de 93.000m2 da empresa, sediada em Oxnard, Califórnia, e distribuídas através de uma rede mundial de Haas Factory Outlets que fornecem à indústria os melhor serviço de venda, serviços e apoio, enquanto oferece uma relação custo/performance sem paralelo. Para mais informação visitar www.HaasCNC.com, , on Facebook at www.Facebook.com/HaasAutomationInc, on Twitter @Haas_Automation and on Instagram @Haas_Automation.

 

Sobre a Haas Factory Outlet - Portugal

A Haas Automation, Inc está representada em Portugal através da Haas Factory Outlet – Portugal. Um empresa situada nos arredores do Porto, perto do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Desta forma, pode aceder aos produtos da Haas Automation e todos os seus serviços. Para mais informação visitar haasportugal.com/ ou facebook.com/haasportugal.      


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos