Velocidade Online

Nacional - Clássicos

CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSICOS 1300 - 2017 - LUIS ALEGRIA EXPLICA OS PROTESTOS DE QUE FOI ALVO EM BRAGA E PORTIMÃO

Terça, 16 Janeiro 2018 23:35 | Actualizado em Segunda, 27 Janeiro 2020 23:13

CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSICOS 1300 – 2017

 

LUIS ALEGRIA EXPLICA OS PROTESTOS DE QUE FOI ALVO EM BRAGA E PORTIMÃO

 

Foi após o Circuito de Braga que  teve lugar em Setembro de 2017, que no final da segunda corrida , Luis Alegria foi surprendido, ao ver o seu  Datsun 1200 protestado.Completamente descansado, pois tinha todas as garantias que o seu carro estava dentro dos regulamentos, Luis Alegria, após um periodo de silencio, quis divulgar todos os episódios à volta destes protestos começando por nos dizer “ na realidade fui surprendido apos o Circuito de Braga pelo protesto de que fui alvo, por parte do meu adversário  Sr.Miguel Pinheiro, que após  a inspecção técnica ao meu carro, que não foi para a frente, pois nenhum comissário desportivo  em Portugal, tinha reparado que o meu Passaporte Técnico FIA, por lapso estava registado que o meu Datsun 1200 era um Grupo 5, quando na realidade era e é um Grupo 2.Foi pedido por mim e pelos meus advogados à Federação Inglesa, e de seguida `a  Federação Internacional  do Automóvel – FIA, a correção do dito engano, na qual nada é da minha responsabilidade.

Assim, a classificação do circuito de Braga ficou em suspenso, pois eu apelei, até apresentar o respectivo passaporte  rectificado, o que se veio a concretizar sem nenhuma alteração das peças homologadas no dito passaporte.Fiquei surpreso ao verificar que o Datsun 1200 do Sr.Miguel Pinheiro, que  é um carro que compete na classe H 71, e não na minha classe, que é a H 75, não havendo qualquer interesse em termos de classificação, já que os campeonato são separados, embora os carros corram todos juntos na mesma corrida.Só entendo esta atitude por parte do Sr.Miguel Pinheiro, que considero na minha opinião muito baixa, a mando de alguém…..”

 

 

 

Depois do circuito de Braga, segue-se  as ultimas duas provas do Campeonato que tiveram lugar na pista de Portimão, onde, segundo Luis Alegria “ em Portimão recebo o passaporte corrigido, com a mesma data anterior do circuito de Braga.No final da primeira corrida, o meu adversário, Sr.José Fafiães apresenta um protesto sobre o meu Datsun 1200, para ser verificado todos os orgãos mecânicos, incluindo o capot do carro.Vou para a segunda corrida, e no final da mesma, o meu carro foi todo verificado, tendo-se constatado que todos os orgãos mecânicos estavam legais em conformidade com a ficha de homologação de Grupo 2.O capot era em fibra, peça que em Inglaterra é permitido ter um capot em fibra, que é uma cópia dum original, quando não se consegue adquirir um capot, que é o caso do meu Datsun 1200 que tem um capot dum GX da época, que era um carro com cinco velocidades, e tem uma elevação no meio do capot.Esta peça não dá mais rapidez ao carro, e a maioria dos carros dos meus adversários andaram com o capot e mala feitos em fibra, como foi por exemplo o caso do meu adversário, Sr.José Fafiães ao longo de toda a época de 2017.Por incrivel que pareça, o meu adversário Sr.José Fafiães inscreveu-se para a prova de Portimão, a ultima jornada com duas corridas a contar para o Campeonato Nacionald e Clássicos 1300, com o Datsun 1200 do Sr.Miguel Pinheiro, que é um Datsun 1200 que está práticamente de origem, de forma a não ser alvo de desclassificação, pois o meu adversário Sr.José Fafiães sabia muito bem, que caso corresse com o seu Datsun 1200 com que participou em todo o campeonato, poderia ser verificado, e depoisa alvo de desclassificação.Esta atitude na minha opinião é pouco digna do meu adversário Sr.José Fafiães, pois acabou por demonstrar que não lhe valeu de nada, pois a má classificação que teve em Portimão nas duas corridas onde participou, acabaria por o relegar para a 3ª posição do Campeonato, quando grande parte da época foi o 2ª classificado.Fui desclassificado em Portimão, devido ao capot que uso ser em fibra, quando muitos dos meus adversários que participam na mesma corrida que eu, têm capot em fibra, e não foram alvo de qualquer tipo de desclassificação, porque não foram alvo de protesto.Em relação ao assunto do Circuito de Braga, como é evidente foi reposta a classificação, pois na altura não indicaram para verificar o capot,. E todas as outras peças, que estavam legais, pois o meu Datsun 1200 é um Grupo 2, e não um Grupo 5, sendo sim uma réplica do carro que andou no Campeonato da Europa em 1974.Sendo assim a  verdade foi reposta, sendo o Campeão de H 75, no Campeonato Nacional de Clássicos 1300 de 2017, aliás e para não me alongar muito mais, todas as peças que estão no carro estão fotografadas e homologadas no passaporte FIA Internacional “.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos