Velocidade Online

Nacional - Montanha

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP 2019 - A SORTE NADA QUIS COM FERNANDO SALGUEIRO NA RAMPA DA PENHA

Quarta, 10 Abril 2019 09:17 | Actualizado em Sexta, 14 Agosto 2020 18:19

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP 2019

 

RAMPA DA PENHA

 

A SORTE NADA QUIS COM FERNANDO SALGUEIRO NA RAMPA DA PENHA

 

A sorte nada quis com Fernando  Salgueiro  no passado fim de semana na Rampa da Penha, jornada inaugural do Campeonato Portugal de Montanha JC Group 2019.Fernando Salgueiro  estava animado, depois dos testes que fez  uns tempos antes desta prova na Rampa do Caramulo, por isso estava confiante num bom resultado, mas  motivado por um problema técnico no seu Ford Escort, que não lhe permitiu terminar a prova.

 

Na warmup 1, o comportamento  do Ford Escort não foi o melhor,  e Fernando Salgueiro não conseguiu fazer melhor do que 2.32.902, è média de  65,37 km/h.Sem nunca baixar os braços, faz a sua segunda subida da warmup, e consegue melhorar de forma destacada, fazendo um tempo de 2.08.945, isto à média de  77,61 km/h, sendo o 23ª melhor tempo à geral, e o segundo em termos de Campeonato Portugal Clássicos de Montanha. Para a  primeira subida de treinos, o Escort debatia-se com problemas de comportamento, e isso fez Fernando Salgueiro ressentir-se , tendo alcançado um tempo de 2.11.582, à média de  76.05 Km/h.Para além do comportamento do Ford Escort, as condições atmosféricas em nada vieram a ajudar com muita chuva e até granizo, originando  muitas dificuldades para manter o Escort dentro da precurso.

 

 

 

Já para a 1ª subida oficial de prova, Fernando Salgueiro ao volante do seu Ford Escort acabaria por conseguir obter o melhor tempo do fim de semana com 2.02.195, feito à média de 81,90 km/h, sendo assim mais um incentivo para alinhar nas subidas do dia  seguinte.

 

 

 

No domingo de manha, na busca na obtençao duma melhor posição e dum bom tempo,  o piloto do Caramulo Racing Team, consegue fazer o precurso da Rampa da Penha em 2.03.656, à média de 80,93 km/h., sendo o 27º melhor crono  na classificação geral, e o terceiro no Campeonato Portugal Clássicos de Montanha.De seguida  para a terceira subida de treinos, já a chuva tinha feito a sua aparição, Fernando Salgueiro e o Ford Escort já não conseguiriam atingir o final da rampa, sendo rebocados para o parque de assistencia.Depois de ver o que se passava, Fernando Salgueiro resolveu dar por encerrada a sua participação na Rampa da Penha, e regressar a casa, para tentar descobrir o que motivou o comportamento adverso do Ford Escort ao longo do fim de semana.

 

 

 

Na altura em que colocava o Ford Escort em cima do atrelado, Fernando Salgueiro dizia-nos “  para ser franco não sei, pois não conseguimos descobrir o que motiva este comportamento do carro, mas este fim de semana foi deveras dificil, o carro nunca esteve bem, nunca esteve como por exemplo no teste que fizemos na Rampa do Caramulo, tivesse eu o carro dessa maneira,  garanto que o resultado seria outro.Vamos ver o que está aqui, e depois de descobrir ,  há que alterar, para podermos estar na prova seguinte na Rampa da Falperra, onde espero poder andar como gosto e poder lutar pela vitória  no Campeonato Portugal Clássicos de Montanha”.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos