Velocidade Online

Nacional - Montanha

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP 2019 - JOAQUIM TEIXEIRA COM ARRANQUE DE ÉPOCA ATRIBULADO

Terça, 09 Abril 2019 08:49 | Actualizado em Terça, 14 Janeiro 2020 11:34

Joaquim Teixeira com arranque de época atribulado

0

O piloto do BOMPISO RACING TEAM viveu um fim-de-semana de altos e baixos na Penha, acabando por fazer uma gestão de danos, pontuando de forma a manter as aspirações no campeonato.

O 2º lugar na Divisão Turismos 2, acrescido da 9ª posição global entre os Turismos e um 12º lugar na classificação geral, até poderão parecer um resultado muito positivo mas tal leitura é enganosa, quando temos em conta o palmarés e os objetivos de Joaquim Teixeira na época de 2019.

Foi um início de temporada carregado de incertezas e problemas, a que não foi alheio o mau estado do tempo, ao longo de todo o programa de corridas. A passagem do transmontano e do seu SEAT Leon Supercopa do BOMPISO RACING TEAM, pela 41ª Rampa da Penha Paisagem Protegida, foi cheia de peripécias.

Embora, segundo Joaquim Teixeira, o “SEAT estivesse perfeito a nível de set-up para pista molhada, no sábado, tive imensa dificuldade em escolher o tipo de pneus a utilizar, devido às constantes mudanças de condições climatéricas”.

Nas subidas de treinos, o piloto utilizou pneus de chuva, mas, na primeira subida de prova, ultima do programa do primeiro dia, decidiu “assumir o risco de colocar slicks e tentar a sorte de encontrar a pista já mais seca, para fazer a diferença para os meus opositores”.

Desta feita, o risco acabou por não compensar pois, logo “na segunda curva, o carro perdeu repentinamente a traseira, tendo embatido nos rails de proteção, forçando-me a parar, gorando a possibilidade de conquistar um bom tempo e obrigando-me a ter todo o cuidado nas outras duas subidas de prova para, pelo menos, poder pontuar”. No domingo, a gestão de danos impôs-se e Joaquim Teixeira procurou “gerir com cautela as duas subidas obrigatórias, para poder pontuar, rodando sempre muito abaixo do meu limite”.

Em jeito de desabafo conclusivo, o transmontano reconhece que “as corridas são assim, umas vezes correm melhor, outras pior e este realmente não foi o meu fim de semana!”. Joaquim Teixeira não deixa de destacar “o excelente trabalho da Martins Speed. Conseguiram colocar o SEAT com o bom set up para chuva, e por isso nada mais podiam fazer”.

Agora é apontar à Rampa da Falperra, cheio de vontade de “retificar este resultado, procurando vencer a minha divisão e lutar por um lugar no pódio a nível da classificação geral dos Turismos, pois o meu objetivo, para este ano continua a ser o mesmo de sempre, vencer a divisão 3 e reservar um lugar no pódio dos turismos”.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos