Velocidade Online

Nacional - Montanha

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP 2018 - ANTEVISÃO RAMPA BOTICAS

Sexta, 28 Setembro 2018 09:07 | Actualizado em Quarta, 05 Agosto 2020 15:48

CAMPEONATO DE PORTUGAL DE MONTANHA JC GROUP  2018

 

Rampa de Boticas 2018

A consagração dos campeões

Com os 5 títulos nacionais já entregues, Boticas será o palco da consagração dos novos detentores desses títulos e da maior parte dos vencedores das Divisões. Em discussão está ainda a vitória na Divisão 1 entre os Turismo.

 

Boticas vai engalanar-se para receber a oitava e ultima prova da temporada 2018 do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group. A organização está a cargo do Demoporto.

Será no belo e exigente traçado candidato a receber em 2020 o FIA Hill Climb Masters que se fará  a primeira festa de consagração dos campeões nacionais e dos vencedores das diferentes divisões.

Resolvida que está a questão do bicampeonato absoluto e entre os protótipos, a Rui Ramalho resta tentar em Boticas  fazer o pleno de vitórias na época, para coroar definitivamente a condição de atual “rei da montanha”.

Tal objetivo está mais do que ao alcance do piloto do Osella que, ao longo da época, jamais sentiu qualquer oposição forte, salvo raras exceções em subidas com o piso muito molhado.

Com as contas do título nacional entre os GT também fechadas, José Correia (Nissan Nismo GTR GT3) aponta baterias ao segundo lugar no campeonato absoluto, aparecendo em Boticas num momento de grande motivação e forma a condizer.

Essa discussão vai ser literalmente uma luta fratricida, já que interessado na mesma posição está o seu irmão José Correia, já campeão nacional de Turismos. Com o habitual competitivo Ford Fiesta R5+, Manuel Correia chega a Boticas com 5 pontos de atraso e o handicap de apenas tewr vencido José Correia em 2 das 7 provas já realizadas.

Luís Nunes (Audi RS3 LMS) estará em Boticas  já com a vitória na Divisão 4 dos Turismos garantida, tendo tudo para segurar a segunda posição absoluta na Categoria, já que chega a Boticas  com um avanço real (descontada a pior pontuação) de 17 pontos sobre Joaquim Teixeira ( Seat Leon Supercopa), a quem também já não escapa o 3º posto, a que junta a vitória já fechada na Divisão 3.

Ponto forte de interesse será o duelo pelo triunfo final na Divisão 1 de Turismos.

7 pontos separam o líder Parcídio Summavielle (Renault Clio R3) de Pedro Coelho Saraiva (Mitsubishi Lancer EVO IX). O piloto de Fafe leva vantagem e é favorito mas Coelho Saraiva vai viajar desde a Covilhã até Boticas para dificultar ao máximo o triunfo de Summavielle.

Voltando a falar em renovações, tudo também decidido quanto ao título nacional de Clássicos.

José Pedro Gomes resolveu cedo a questão e, a estar presente em Boticas, será para dar espetáculo no seu Ford Escort MKII, num merecido festejo pelo domínio que exerceu ao longo do ano, juntando ao título nacional a vitória na Divisão 5.

Ausente está Flávio Saínhas (Ford Escort MKI) mas a 2ª posição absoluta entre os clássicos também já lhe pertence, bem como o 3º lugar a Ricardo Loureiro (Ford Escort MKII) que festeja ainda o triunfo na Divisão 6.

Leonel Brás chega ao último duelo em terras transmontanas com um comando sólido na Taça de Portugal de Montanha 1300. São 16 pontos de vantagem do piloto do Citroen AX sobre José Oliveira (Toyota Yaris) e a prova de Boticas tem tudo para consagrar o líder entre os 1300.

Já a luta pela vitória na Taça de Portugal de Clássicos de Montanha 1300 está ao rubro.

Um magro ponto, segura a liderança de Abel Marques, à chegada a Boticas. O piloto do Autobiachi A112 Abarth comanda mas não vai poder segurar essa liderança pois ainda não recuperou fisicamente por completo, na sequência do acidente que sofreu na Senhora da Graça.

Logo atrás de si aparece Domingos Fernandes, também em Autobianchi. O veterano piloto assume-se assim como o grande candidato a vencer esta taça pois, com a ausência de Abel Marques, uma pontuação em Boticas entrega-lhe automaticamente a vitória final. 

Ao fim de 7 provas, José Pedro Figueiredo coloca o seu Datsun 1200 no terceiro posto, com 42 pontos. Ausente em Murça, já não sairá desta posição.

A Rampa de Boticas começa no próximo sábado (dia 29) com a primeira subida de treinos às 14h00. No domingo (dia 30) os pilotos do CPM entram em pista a partir das 10h00.

 

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos