In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


PDA AUTO EM DIVERSAS FRENTES

 

RALI CAM FESTIVAL

 

PDA AUTO NO CAM RALI FESTIVAL



A PDA Auto vai ter á partida do Cam Rali Festival que vai para a estrada já este fim de semana, um Subaru Impreza conduzido por Daniela Silva, tendo ao lado Paulo Silva. Segundo Daniela Silva “ estou um pouco nervosa, vai ser a primeira vez que vou participar numa prova destas, levo o Paulo ao meu lado, na primeira prova que ele faz, após o acidente que teve no ano passado na Rampa da Penha”.

Em termos de objectivos , Daniela Silva, “sem papas na língua” quero lutar pela melhor posição á geral, e vencer entre as senhoras, esperando que tudo corra bem, e consiga adaptar-me bem ao carro, para assim poder tirar o maior partido do mesmo, e com isso alcançar um bom resultado, disse-nos”.

Já Paulo Silva acrescentaria “ para mim  vai ser uma nova experiencia, vamos lá ver como me irei sentir depois do que me aconteceu no ano passado, esta prova vai-me servir para aquilatar o meu estado, e agora só espero que nos corra tudo pelo melhor sem contratempos de ordem técnico, e que o Subaru corresponda, e com isso consigamos chegar anos nossos objectivos “,”acrescentou-nos.

 

 

 

PDA AUTO COM DOIS CARROS NO NACIONAL DE MONTANHA


FOX 2868_CopyFOX 2916_Copy

A PDA Auto irá alinhar nesta época no Campeonato Nacional de Montanha, dois carros, que irão fazer a totalidade das provas. Assim Paulo Silva irá continuar ao volante do Seat Leon Copa, e Daniela Silva ao volante dum Subaru Impreza.Segundo Paulo Silva, “ este é um novo projecto, que irei fazer com a Daniela que é minha mulher, eu irei continuar com o Seat Leon Copa, mas só irei alinhar em principio na Rampa da Falperra, está tudo dependente da minha recuperação depois do acidente do ano passado na Rampa da Penha. Em relação à Daniela, irá conduzir o Subaru Impreza, e o objectivo é ser a melhor senhora no Campeonato de Montanha”. Já Daniela adiantava “ é um desafio para mim, tudo é novidade para mim, sei que o Paulo vai-me dar as dicas mais importantes em cada rampa que iremos correr, agora só espero poder divertir-me o mais possível, e conseguir os meus objectivos, que é ser a melhor senhora em prova”-

 

BECO SPORT PODERÁ PARTICIPAR NA MONTANHA

BECO SPORT PODERÁ PARTICIPAR NA MONTANHA

 

 

Nada está ainda confirmado, mas certos rumores indicaram que a equipa da Beco Sport poderá participar no Campeonato Nacional de Montanha.Em contacto com o seu responsável, que nos começou logo por dizer "para já ainda não sei o que irei fazer, pois tenho de ver os apoios que consigo angariar, na realidasde tenho em projecto fazer alguns ralis, e o Campeonato Nacional de Clássicos, e agora a Montanha.Ainda não sei o que irei fazer, por isso acho prematuro avançar com alguma resposta, vamos ter de esperar mais  quatro, ou cinco semanas para ver o que irei fazer.De qualquer das maneiras, este próximo fim de semana irei particpar em mais uma edição BECO1 497x332 do CAM Festival com o meu BMW", disse-nos Arnaldo Marques.

 

MAIS UM SEAT LEON EUROCUP NO NACIONAL DE MONTANHA

 

MAIS UM SEAT LEONJ EUROCUP NO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

Mais um Seat leon de ultima geração virá para Portugal para o Nacional de Montanha, pelas mãos de Nelson Filipe Brites ( Nekas Biltes A + PRT).Segundo o mpiloto de Matosinhos, " o carro encontra-.se na Holanda, oinde tem corrida, virá para Portugal para a Rampa da falperra, mas neste momento estou à procura de mais apoios, que me permitam alinhar em mais provas do Campeonato Nacionald e Montanha", disse-nos em primeira mão.1417716799233 CopyIMG 9399838649029_CopyIMG 9414496130246_CopySeat Leon_Cup_00_CopySeat Leon_Cup_02_Copy

 

NOVA EQUIPA DE MONTANHA NASCE EM BRAGA

NOVA EQUIPA PARA O NACIONAL DEJC1 CopyJC2 CopyJC3 CopyJC4 Copy MONTANHA NASCE EM BRAGA

 

 

Com apenas um mês de existencia, será em Fevereiro que vai ser apresentada uma nova equipa que irá participar no Campeonato Nacional de Montanha, e irá congregar dois pilotos que no ano passado participaram nesta competição, que de ano para ano tem grajeado enorme popularidade.

 

 

Assim Ricardo Gomes e José Correia uniram esforços e criaram uma nova equipa que irá colocar no Campeonato Nacional de MOntanha, dois Seat Leon.Sobre estes dois novos carros, José Correia adquiriu em finais de NOvembro passado um Seat Leon Eurocup, de ultima geração, um carro com zero quilómetros, com o qual o piloto já fez um testes no circuito Vasco Sameiro, estando o carro nesta fase a ser decorado.Por outro lado, Ricardo Gomes terá outro Seat Leon Copa de geração anterior.

 

Sobre este novo projecto, José Correia está neste momento ausente de Portugal numa viajem de negócios pelo Brasil e Angola, no entanto Ricarrdo Gomes falou-nos como surgui isto " vem tuido na sequencia do que se passou no ano passado, desta feita com mais responsabilidades, pois tanto eu como o José Correia já conhecemos as rampas mais ou menos, por isso agora a nossa aposta irá ser maior.O José Correia já tem o Leon Eurocup, creio que é o primeiro a chegar a Portugal para competir, e eu um Seat Leon Copa de geração anterior.Para além disso vamos passar a dispor dum camião de transporte para os carros, que irá funcionar como oficina.Este camião TIR, está a ser transformado e pintado, pois no passado foi pertença da equipa da Aurora, que como todos se recordam fez correr em Portugal o Ferrari 458 da Ray.Por só poder transportar dois carros, está agora a ser transformdoa para transportar quatro carros".

 

Mais um dersafio pela frente para Ricardo Gomes, " é um facto, a vida é assim mesmo, se quisermos algo, temos de ir à luta e é esse o meu lema, por isso estou a prever que o Campeonato de Montanha irá ser muito renhido, pelos menos sei da vinda de mais carros para a catefgoria 1, por isso estou a prever que cada proricaerdogomes Copyva irá ser disputada ao milésimo de segundo, mas é bom que assim seja, pois assim aumenta a adrenalina na luta pelos melhores resultados", disse-nos.

 

A esteia desta equipa está prevista para a Rampa da Penha 1, estando a assistência dos Seat a cargo da Vettra MOtorsport.

 

NOVA EQUIPA DE MONTANHA NASCE EM BRAGA

NOVA EQUIPA PARA O NACIONAL DEJC1 CopyJC2 CopyJC3 CopyJC4 Copy MONTANHA NASCE EM BRAGA

 

 

Com apenas um mês de existencia, será em Fevereiro que vai ser apresentada uma nova equipa que irá participar no Campeonato Nacional de Montanha, e irá congregar dois pilotos que no ano passado participaram nesta competição, que de ano para ano tem grajeado enorme popularidade.

 

 

Assim Ricardo Gomes e José Correia uniram esforços e criaram uma nova equipa que irá colocar no Campeonato Nacional de MOntanha, dois Seat Leon.Sobre estes dois novos carros, José Correia adquiriu em finais de NOvembro passado um Seat Leon Eurocup, de ultima geração, um carro com zero quilómetros, com o qual o piloto já fez um testes no circuito Vasco Sameiro, estando o carro nesta fase a ser decorado.Por outro lado, Ricardo Gomes terá outro Seat Leon Copa de geração anterior.

 

Sobre este novo projecto, José Correia está neste momento ausente de Portugal numa viajem de negócios pelo Brasil e Angola, no entanto Ricarrdo Gomes falou-nos como surgui isto " vem tuido na sequencia do que se passou no ano passado, desta feita com mais responsabilidades, pois tanto eu como o José Correia já conhecemos as rampas mais ou menos, por isso agora a nossa aposta irá ser maior.O José Correia já tem o Leon Eurocup, creio que é o primeiro a chegar a Portugal para competir, e eu um Seat Leon Copa de geração anterior.Para além disso vamos passar a dispor dum camião de transporte para os carros, que irá funcionar como oficina.Este camião TIR, está a ser transformado e pintado, pois no passado foi pertença da equipa da Aurora, que como todos se recordam fez correr em Portugal o Ferrari 458 da Ray.Por só poder transportar dois carros, está agora a ser transformdoa para transportar quatro carros".

 

Mais um dersafio pela frente para Ricardo Gomes, " é um facto, a vida é assim mesmo, se quisermos algo, temos de ir à luta e é esse o meu lema, por isso estou a prever que o Campeonato de Montanha irá ser muito renhido, pelos menos sei da vinda de mais carros para a catefgoria 1, por isso estou a prever que cada proricaerdogomes Copyva irá ser disputada ao milésimo de segundo, mas é bom que assim seja, pois assim aumenta a adrenalina na luta pelos melhores resultados", disse-nos.

 

A esteia desta equipa está prevista para a Rampa da Penha 1, estando a assistência dos Seat a cargo da Vettra MOtorsport.

 

APPAM SÓ QUER OITO PROVAS

APPAM SÓ QUER OITO PROVAS

 

 

 A APPAM só quer que o Campeonato Nacional de Montanha tenha esta época oito provas e não novo como a entidade federativa pretende.Segundo Joaquim Teixeira " tendo em conta os custos, entendemos que os mesmos devem ser controlados, por isso não há necessidade de haver mais uma prova no calendário, o ikdeal serão oito provas, e é isso que nós pretendemos, nada mais".

 

Para já estão confirmadas duas passagens pela Rampa da Penha - Guimarães , Falperra - Braga, Murça, Caramulo, Paços de Ferreira, Serra da Estrela e mais uma a ser confirmada.Segundo Joaquim Teixeira " falou-se na rampa da Arrábida, mas não tem as minimas condições de segurança, fala-se numa rampa em Santa Marta de Penaguião, e penso que será esta a ter as condições ideiais.No entanto já ouvi falar de mais uma rampa na serra de Santo Tirso, na qual, por aquilo que me foi transmitido em termos de segurança não reune as condições minimas de segurança, algo semelhante ao que se passa na rampa da Arrábida. Por isso na óptica da APPAM, para juntarappam Copy às sete rampas já confirmadas, há agora que juntar a de Santa Marta de Penaguião, ficando assim o calendário completo, pois é essa a pretensaão da APPAM, que como é lógico gostavamos de ver aprovado pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting", disse-nos.

 

APPAM SÓ QUER OITO PROVAS

APPAM SÓ QUER OITO PROVAS

 

 

 A APPAM só quer que o Campeonato Nacional de Montanha tenha esta época oito provas e não novo como a entidade federativa pretende.Segundo Joaquim Teixeira " tendo em conta os custos, entendemos que os mesmos devem ser controlados, por isso não há necessidade de haver mais uma prova no calendário, o ideal serão oito provas, e é isso que nós pretendemos, nada mais".

 

Para já estão confirmadas duas passagens pela Rampa da Penha - Guimarães , uma passagem pela  Falperra - Braga, Murça, Caramulo, Paços de Ferreira, Serra da Estrela e mais uma prova a ser confirmada.Segundo Joaquim Teixeira " falou-se na rampa da Arrábida, mas não tem as minimas condições de segurança, fala-se numa rampa em Santa Marta de Penaguião, e penso que será esta a ter as condições ideiais.No entanto já ouvi falar de mais uma rampa na serra de Santo Tirso, na qual, por aquilo que me foi transmitido em termos de segurança não reune as condições minimas de segurança, algo semelhante ao que se passa na rampa da Arrábida. Por isso na óptica da APPAM, para juntarappam Copy às sete rampas já confirmadas, há agora que juntar a de Santa Marta de Penaguião, ficando assim o calendário completo, pois é essa a pretensaão da APPAM, que como é lógico gostavamos de ver aprovado pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting", disse-nos.

 

MARTINE PEREIRA CONFIRMA PARTICIPAÇÃO NO NACIONAL DE MONTANHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2015

 

MARTINE PEREIRA CONFIRMA PARTICIPAÇÃO NO CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

Martine Pereira tem já definido o que irá ser o Campeonato Nacional de Montanha, na qual o piloto irá regressar com o Lola T 70, depois de ter feito as duas épocas anteriores ao volante dos seus Alfa Romeo. Segundo Martine Pereira “ sempre gostei deste Lola, por isso nos finais do ano passado comecei a restaurar o mesmo, comprei um novo motor, e o carro foi todo revisto. Neste momento este trabalho já está efectuado, vamos começar a colocar a carroçaria, sendo a decoração uma surpresa, depois poderão ver a mesma na primeira prova do Campeonato “

A escolha do Lola T 70, segundo Martine Pereira teve uma razão forte” sempre gostei deste carro, e estava na altura de o recuperar, depois das épocas com os Alfa Romeo, e o meu objectivo é andar o mais possível, de forma a poder lutar pelos lugares da frente”

 

Participação em provas de velocidade para já está fora de questão como nos confirmou “ não há budget para tudo, por isso em principio é para ficar pelo Campeonato Nacional de Montanha”



RESTANTES CARROS NO MUSEU AUTOMÓVEL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO


martine1 Copymartine2 Copymartine3 Copymartine4 Copymartine5 Copymartine6 Copymartine7 Copy

Os restantes carros que Martine Pereira correu em anos anteriores, o Porsche GT 4, Renault S 2000, Riley, e os Alfa Romeo 156 WTCC e 147, estão todos expostos no novo museu automóvel de Vila Nova de Famalicão, na qual nos explicou esta sua participação” em vez de ter os carros guardados na garagem, porque não expor num lugar público, onde todas as pessoas os poderão  ver mais de perto, alguns destes carros exemplares únicos em Portugal, e verdadeiros carros de competição”

 

PAULO SILVA SÓ REGRESSA NA FALPERRA

PAULO SILVA SÓ REGRESSA NO NACIONAL DE MONTANHA

 

Depois do grave acidente ocorrido na Rampoa da Penha 3, para 2015, Paulo Silva irá continuar no Campeonato Nacional de Montanha, estando o seu regresso agendado para a Rampa da Falperra.Segundo o piloto da PDA Auto, " os problemas de saude não me permitem participar logo na Rampa da Penha, e mesmo assim a minha participação na rampa da da Falperra poderá ser tagencial, espero até lá conseguiir melhor o meu estado de saúde para mais uma época ".Quanto ao carro ainda nada se sabe " isso ainda está por decidir, se será o mesmo carro, e uma carroçaria nova, creio que só para Fevereiro tomaremos a decisão definitiva".ps1 Copyps2 Copyps3 Copyps4 Copy

 

JOAQUIM RINO CONTINUA A AGUARDAR

JOAQUIM RINO CONTINUA A AGUARDAR RESPOSTA DA DEMOPORTO

 

 

Depois do incêncio ocorrido no BRC na  derradeira rampa da Penha em Guimarães, , ultima prova a contar para o Campeonato Nacional de Montanha, a Demoporto abriu um inquérito p'ara apurar as causas do acidente  que vitimou o carro de RINO1 CopyRINO2 CopyRINO3 CopyRINO4 Copy Joaquim Rino.Segundo o piloto da Batalha " estou surpreso, pois nesse fim de semana maldito, a organização informou-me que iria ser feita uma comissão de inquérito, e que num espaço dum mês, iria receber uma resposta com as conclusões.Acontece que até hoje nada recebi, e mais nem sequer vi qualquer tipo de informação sobre tudo isto na imprensa, o que me deixa muito surprendido.Por isso vou esperar mais uns dias, e caso não receba nenhuma informação, irei falar com o meu advogado, para depois começar a apurar responsabilidades sobre tudo isto junto da entidade organizadora, pois há uns tempos que estou à espera, e não recebo qualquer satisfação sobre o que se passou ", disse-nos.

 

JOANA BARBOSA DEVERÁ CONTINUAR NA MONTANHA

JOANA BARBOSA DEVERÁ CONTINUAR NO NACIONAL DE MONTANHA

 

Tudo indica que Joaana Barbosa em 2015, faça toda a época do Campeonato Nacional de Montanha, como nos confirmou " para já todos os projectos apontam nesse sentido, para fazer todas as provas do calendário do Nacional de Montanha, em principio será de novo com o Fiat Abarth 500".Neste momento ainda é cedo para poder confirmar isto na integralidade, pois ainda estamos em conversações com patrocionadores, e há ainda algumas decisões a serem tomadas em breve"JO1 CopyJO2 CopyJO3 Copy, , disse-nos.

 

PEDRO CASTANON PODERÁ VOLTAR AO NACIONAL DE MONTANHA

PEDRO CASTANON PODERÁ VOLTAR AO NACIONAL DE MONTANHA

 

O piloto que obteve o titulo de campeão de Montanha, poderá em 2015 voltar a participar nesta competição.Segundo Pedro ~CCastanonPreCaramulo Copyastanon " gostava de voltar, neste momento estou em conversações com potenciais patrocionadores portugeses e espanhóis, para conseguir obter a verba.Confesso que gostava de fazer um campeonato de pista, mas aí os custos são bem mais elevados, "disse-nos.Sobre o carro a utilizar" em 2014, estive com a Comval Rcaing, gostava de continuar em 2015, sei que o Juno em que corri foi vendido, mas sei que já têm encomendado um carro novo Juno  de ultima geração, se tudo se conjugar seria fabuloso, mas vamos ter de esperar um pouco amis" disse-nos.

 

NACIONAL DE MONTANHA PODE AUMENTAR NUMERO DE PROVAS

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA PODE TER NOVE PROVAS

 

Pelos vistos o Campeonato nacional de MoFotos-Apresentao-Campeonato-Nacional-Montanha-2014-Galarias-Porto Copyntanha poderá engordar em numero de provas, pois para além das seis já confirmadas poderão surgir mais três, das quais a Demoporto, que quer levar a efieto uma sdegunda passagem pela Rampa da penha em Guim,arães, a ter lugar entre 26 e 27 de Setembro.Assim ficam duas provas por confirmar e por aquilo que apuramos há diversas candidaturas, que poderá ser uma nova prova em Trás-os-Montes, utilizando para tal uma parte duma rampa utilizada há duas d´+ecadas atrás, Setubal, Figueiró dos Vinhos, ou mesmo Cerveira(esta ultima com menos possib ilidades).Assim o 2015 prefigura-se brilhante para os participantes ao Nacional de MOntanha.

 

NACIONAL DE MONTANHA PODE AUMENTAR NUMERO DE PROVAS

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA PODE TER NOVE PROVAS

 

Pelos vistos o Campeonato nacional de MoFotos-Apresentao-Campeonato-Nacional-Montanha-2014-Galarias-Porto Copyntanha poderá engordar em numero de provas, pois para além das seis já confirmadas poderão surgir mais três, das quais a Demoporto, que quer levar a efeito uma segunda passagem pela Rampa da Penha em Guimarães, a ter lugar entre 26 e 27 de Setembro.Assim ficam duas provas por confirmar e por aquilo que apuramos há diversas candidaturas, que poderá ser uma nova prova em Trás-os-Montes, utilizando para tal uma parte duma rampa utilizada há duas decadas atrás, Setubal, Figueiró dos Vinhos, ou mesmo Cerveira(esta ultima com menos possib ilidades).Assim o 2015 prefigura-se brilhante para os participantes ao Nacional de MOntanha.

 

DOMINGOS FERNANDES COM ÉPOCA QUASE ASSEGURADA

DOMINGOS FERNANDES COM ÉPOCA QUASE ASSEGURADA

 

Pelos vistos Domingos Fernandes tem quase já assegurada a sua época de 2015, pois segundo o piloto de Armamar" irei continuar em 2015 com o Autobianchi A 112, que começará a ser avo de grande revisão  a partir de incios de Janeiro, e em termos de apoios, teno quase tudo assegurado, embora ainda falte a resposta de dois potenciais patrocionaodres, que caso me dêm uma resposta positiva, me irá permitir fazer o Campeonato Nacional de Montanha na integralidade ", disse-nos.dom4 Copy

 

NACIONAL DE MONTANHA JÁ TEM CALENDÁRIO

NACIONAL DE MONTANHA JÁ TEM CALENDÁRIO

 

Apenas cinco provas estão asseguradas para o calendáriod e 2015, e são as seguintes :

 

2-3 Maio - Rampa da Penha - Guimarães

 

16 -17 Maio - rampa da Falperra - Braga

 

6- 7 JUnho - Rampa Serra da EStrela

 

4 - 5 JUlho - Rampa de Murça - Murça

 

25 - 26 Julho - Rampa Capital do Móvel - Paços de Ferreira

 

5 -6 Setembro - Rampa do Caramulo

 

Falta apenas concretizar mais duas rampas, mas nos bastidores fala-se coim uma certa insistencia da bonita Rampa da Arrábida em Setubal, assim como a Rampa Figueiró dos Vinhos.vamos ter esperar, também se fala no regresso de Cerveira e Porto de Mós.FOX 1232_Copy

 

 

 

RAMPA DA COVILHÁ FORA DE PROVAS DO EURIOPEU

RAMPA DA COVILHÃ FORA DE PROVAS DO EUROPEU

 

Tendo feito parte do calendário do Europeu de Montanha, para 2015, esta rampa apenas integrará o calendário do Nacional de mOntanha, tendo data marcada para 6 e 7 de JUnho.FOX 3506_Copy

 

RAMPA DA FALPERRA CONTINUA NO EUROPEU

RAMPA DA FALPERRA CONTINUA NO EUROPEU

 

Está já confirmado, a Rampa da falperra em 2015, fará parte do calendário do Campeonato da Europa de MOntanha, algo que já tem sucedido há uns anos a estar parte.A Copy

 

IRMÃOS RAMALHO APOSTAM EM FORÇA EM 2015

IRMÃOS RAMALHO APOSTAM EM FORÇA EM 2015

 

Em 2015, a equipa da PRMiniracing, dos irmãos Ramalho vai aposta a sério no campeonato Nacional de Montanha.Assim a equipa do Porto irá alinhar com dois Junos equipados com as ultimas evoluções, que serão conduzidos por Paulo e Rui Ramalho, que têm como objectivo a obtenção do maior numero de vitórias, nas diferentes provas que fazem parte do Campeonato Nacional de Montanha.FOX 1538_Copy

 

CARLOS TORRES PLANEIA 2015

CARLOS TORRES PLANEIA 2015

 

 

Depois de ter participado em 2014 em algumas provas do Campeonato Nacional de Montanha, em que acabou por vencer a Rampa do Caramulo, eis que Carlos Torres quer fazer a época de 2015 completa ao volante do seui Norma.Sobre o projecto, o piloto residente em Aveiro disse-nos " neste momento estou em contacto com os meus patrocionaodres, pois em 2015, gostaria de poder alinhar em todas as provas do calendário com o meu Norma, tendo com objectivo lutar pela vitópria em cada uma das provas, mas vamos lá ver como é que vai correr esta angariação de apoios por parte da Torres Rally Team", disse-nos.FOX 3512_CopyFOX 3512_CopyFOX 3513_CopyFOX 3516_CopyFOX 3517_CopyFOX 3518_Copy

 

JUNO CAMPEÃO FOI VENDIDO

JUNO CAMPEÃO FOI VENDIDO

 

O JUno que levou o piloto espanhol Pedro Castanon ao título de Campeão de MOntanha este ano, deixou Portugal há duas semanas em direcção à Estónio onde irá continuar a sua carreira.Segundo NUno Magalhães, um dos sócios gerentes da Comval Racinga" este chassi já cá estava em Portugal há três anos, e para nós estava a tiornar-se um bocado obsoletio, embora o Pedro Castanon tivesse montado no carro os ultimos up-grades.Surgui uma oportunidade de negócio, e não quir perder, por isso vendemos o carro".Mas perantee ste cenário, a Comval Racing, não tem nenhuma barcheta para correr, o que logo rematou " não tem, mas vai ter pois já encomendamos um Juno S 13, que é o ultimo modelo que o construtor iglês concebeu, e tudo indica que para Março do próximo ano o carro já cá esteja, embora ainda não sabemos qual ira ser a categoria em que vai participar, temos já pilotos interessados, em breve iremos começar a estudar as propostas, para vermos qual a melhor forma de rentabilizar este novo chássi", disse-nos.FOX 3322_Copy

 

EDGAR REIS COMPROU SEAT LEON

EDAGR REIS COMPROU SEAT LEON

 

Depois de duas épocas ao volante do Renault Clio S 2000, Edgar Reis para 2015, já adquiru um Seat Leon Copa, com que irá paerticipar no Campeonato Nacional de MOntanha, sendo assim amis um maquinão para esta comeptição que para o ano promete.ed1 Copyedgar-reis-falperra em-ttverde_Copy

 

PAULO SILVA IMOBILIZADO MAIS SEIS MESES

PAULO SILVA IMOBILIZADO MAIS SEIS MESES

 

Depois do grave acidente que foi alvo na Rampa da penha 3, falamos hoje com Paulo Silva para saber o seu estado, o que logo retorquiu " estou a recuperar lentamente, mas o meu médico disse-me há dias que hnão poderei competir nos próximos seis meses, o que me vem estragara a vida desprotiva, pois tentarei fazer todos os esforços para poder estar presente na Rampa da Falperra".Sobre o estado do Seat leon" ficou muito estragada, é bem provável que và comprar outro Leon Copa, pois os custos para recuperação do acidentado são muito elevado e não conpensa", disse-nos.PAULOSILVA1 Copypaulosilva2 Copy

 

JOSÉ PEDRO GOMES PDOERÁ MUDAR DE CATEGORI

JOSÉ PEDRO GOMES PODERÁ MUDAR DE CATEGORIA

 

Depois de dois titulos de campeão ao volante do Ford Escort inscrito na categoria de clássicos, no Campeonato Nacional de MOntanha, para 2015, José Pedro Gomes gostaria de trocar de categoria, como nos explicou " é verdade, mas para mudar de categoria, tenho de ter os apoios necessários.Neste momento estou em conversações com os meus patrocionadores, ainda não tenho respostas, só depois disso é que tomarei uma decsião final".Sobre a máquina a escolher acrescentou-nos " tenho diversos carros em mente, mas gostava de poder correr num 4x4, mas tudo depende dos apoios que tiver.Em uNunOrganistA I-9_Copyltimo caso posso manter o Escort, que esta época deu-me mais uma alegria".

 

Foto : Nuno Organista - www.velocidadeonline.com

 

JOÃO GUIMARÃES TROCA DE MONTADA?

JOÃO GUIMARÃES TROCA DE MONTADA?

 

DEpois de três época no Campeonato Nacional de MOntanha, ao volante do Peugeot 206, eis que João Guimarães se preparaa para mudar de carro.Para já não se sabe qual a escolha, mas recorde-se que a familia GuimarãesJG1 Copy, tem na garagem um Mazda MX 5 com que o seu irmão Nuno participou há dois anos.Sobre o Peugeot 206, o piloto médico da Régua tem o carro á venda em sites internacioais.

 

MARTINE PEREIRA EXPÕE ALFA EX-WTCC

MARTINE PEREIRA EXPÕE ALFA 156 EX WTCC

 

Martine Pereira tem exposto o seu Alfa Romeo 156, ex wtcc, no novo museu automóvel situado nos arredores de Vila NOva de Famalicão.Este carro muito bonito, poderá ser assim um novo atractivo para quem visita este novo espaço, que passa a dispôr de peças de colecção bem interessantes.De referir que este Alfa Romeo 156, participou em aolgumas provas do Campeonato de Montanha, onde lutou pelos lugares da frente em termos de categoria 1.MARTIENEXPOEALFA CopyMARTINEEXPOEALFA2 Copy

 

LOLA DE MARTINE PEREIRA ALVO DE PROFUNDA REVISÃO

LOLA T 70 DE MARTINE PEREIRA ALVO DE PROFUNDA REVISÃO

 

O LOla T 70 de Martine Pereira depois de ter recebido um novo motor oriundo dos Estados Unidos, está a ser alvo duma profunda revisão, conforme imagens enexas.É bem provável que em 2015, o Lola T 70 apareça no Campeonato Nacionald e Montanha, mas para já ainda não confirmação nenhumaEsta revisão está a ser efectuada nas instalações da A.Miranda..LOLAMARTINE1 CopyLOLAMARTINE2 Copy

 

AMNSPORT E ANTÓNIO NOGUEIRA DEFINEM ÉPOCA 2015

 

 

AMN SPORT E ANTÓNIO NOGUEIRA DEFINEM ÉPOCA DE 2015



NOG1NOG2NOG4NOG5

A equipa da AMN Sport e António Nogueira tem quase tudo definido para a época de 2015, pois segundo o piloto da Régua “ a época de 2015 será muito semelhante ao que foi a de 2014, isto é, irei participar de novo no Campeonato Nacional de Montanha, com o Porsche GT 2, embora  possa utilizar o GT 3 R, mas  isso poderá depender de vários factores. Em relação ao Porsche GT 3  R branco, irei participar em algumas provas do Campeonato Nacional de Velocidade, como já o fiz este ano. Depois e isso dependendo do meu tempo poderei participar em algumas provas do GT Open, tudo isto em parceria com o meu colega de equipa António Coimbra. Nos clássicos o Ford Capri poderá fazer  algumas aparições, e nesta fase estamos a planear a participação do meu sobrinho em algumas provas de Montanha, mas só lá para finais de Janeiro teremos isso mais delineado”, disse-nos.

Sobre a época que passou fez-nos um balanço” foi o que foi possível, fizemos os melhores resultados possíveis, foi uma época positiva com mais uma série de vitórias em provas e mais um titulo. Não foi possível fazer mais , pois motivado por novos projectos profissionais não o permitiram. Tenho muita pena, que muitos dos GT que haviam em Portugal estejam, parados, a FPAK, deveria motivar pilotos e equipas para trazerem esses carros de novo para as pistas”

 

NACIONAL DE MONTANHA VALE MILHÕES

 

Estudo de retorno de media desenvolvido pela Netpress/Manchete  avalia em € 2.850.782,32 a campanha desenvolvida durante o Campeonato Nacional de Montanha (CNM).

 

Colocado de uma forma simples: se a exposição que o CNM teve durante a época, que decorreu de Abril a Outubro, fosse paga teriam sido desembolsados mais de 2,8 milhões de Euros.

“Quando desenvolvemos o plano de comunicação para o Campeonato de Montanha, pensámo-lo com o objectivo de triplicar o retorno da época passada. Sensivelmente a meio da época compreendemos que esse objectivo estava superado e esperávamos com ansiedade os resultados do nosso desempenho, que foram francamente positivos.” Confessa Pedro Gil de Vasconcelos,FOX 3144_Copy

Para estes números contribuiu a elevada exposição que o CNM conseguiu: “Pretendemos consolidar a nossa posição nos órgãos de comunicação social que normalmente acompanham este campeonato, mas pretendemos também conquistar espaço em outros, em que normalmente não estaríamos presentes. Para isso foi fundamental a presença dos nossos convidados, a produção de um programa de televisão unicamente destinado à Montanha e os protocolos desenvolvidos com cadeias de televisão espanholas, que deram um grande relevo ao CNM, por força do desempenho de Pedro Castañon”. Rematou o Gerente da Completa Mente, Lda.

Recorde-se que Pedro Castañon foi o vencedor do Campeonato Nacional de Montanha 2014. 
 

MARTINE PEREIRA PODERÁ VOLTAR AO LOLA EM 2015

MARTINE PEREIRA PODERÁ VOLTAR AO LOLA EM 2015

 

Nada está ainda confirmado oficialemnte, mas tudo indica que em 2015, Martine Pereira possa participar de novo no Campeonato Nacionald e Montanha ao volante do seu bonito Lola T 70, com as côres da Gulf.De rewferir que Martine Pereira recebeu esta semana o novo motor que irá equipar este carro, podendo em breve começar a fazer testes e a rodagem do mesmo.MOTORCHEVY-LOLAMARTINE Copy

 

DECISOES DO CAMPEONATO FIA DE MONTANHA

 

As decisões do Conselho Mundial em relação Hill Climb
.


Na sua reunião em Doha, o Conselho Mundial da FIA tomou as seguintes decisões no que diz respeito à disciplina Subida Hill.
.

.


NEWS photo_credit_R._Danby_Copy
.


 
.

The Climb FIA Colina Campeonato Europeu vai começar de novo em 2015, na mesma base como em 2014. Seu calendário inclui 12 competições, prevista na mesma ordem que em 2014, a única variação vindo de Itália, com a substituição da Coppa Teodori em Ascoli por Trento-Bondone. O Sporting e regulamentos técnicos permanecem praticamente inalteradas. A única modificação diz respeito à atribuição de pontos: agora é suficiente para cada grupo para incluir um mínimo de três entradas (em vez de cinco) para os pontos completos a celebrar; na falta deste, a atribuição de pontos é reduzido em 50%.

Os regulamentos da FIA Internacional Hill Climb Cup seguir este mesmo princípio. Além disso, eles adotam a mesma escala de pontos como no Campeonato da Europa (escala de 25-1 em vez de 20 a 1).

Embora sua organização foi um grande sucesso em outubro, a FIA Hill Climb Mestres terá sua segunda edição em 2016, a decisão de mantê-los a cada dois anos de ter sido validada pelo Conselho Mundial de Automobilismo.

Paul Gutjahr da Suíça e Stan Minarik da República Checa foram reconduzidos nos seus respectivos papéis como Presidente e Vice-Presidente da FIA Hill Climb Comissão para o próximo ano. Os outros países representados nesta comissão são a Itália, França, Alemanha, Portugal, Grã-Bretanha, Polônia, Croácia, Eslováquia, Eslovénia, Luxemburgo, Áustria, Marrocos e Líbano.


Para acessar os regulamentos desportivos do 2015 FIA Colina Europeia Subida Championship, clique aqui.

Para acessar os regulamentos desportivos do 2015 FIA Internacional Hill Climb Cup, clique aqui.

Campeonato Subida FIA Colina Europeia

10-12 / 04 St Jean du Gard Col St Pierre (FRA)
  24-26 / 04 Grosser Bergpreis von Österreich, Rechberg (AUT)
  08-10 / 05 XLIV Subida Internacional al Fito (ESP)
  15-17 / 05 36ª Rampa Internacional da Falperra (PRT)
  06-07 / 06 Ecce Homo Sternberk (CZE)
  19-21 / 06 Limanowa (POL)
  04-05 / 07 de 65 ° Trento-Bondone (ITA)
  18-19 / 07 Dobsinsky kopec (SVK)
  24-26 / 07 ADAC Glasbachrennen (DEU)
  15-16 / 08 St. Ursanne - Les Rangiers (CHE)
  28-30 / 08 GHD Petrol Ilirska Bistrica (SVN)
  19-20 / 09 34. Buzetski dani (VFC)


FIA Colina Internacional Cup Escalada

25-26 / 04 Subida à Ubrique (ESP)
  08-10 / 05 Zaluz (POL)
  15-17 / 05 46 ° Verzegnis Sella Chianzutan (ITA) *
  29-31 / 05 Moris Cup Jahodná (SVK)
  19-21 / 06 GHD Gorjanci (SVN)
  26-28 / 06 54 ° Coppa Paolino Teodori (ITA) *
  17-19 / 07 53 ° Rieti Terminillo-51 ° Coppa de Bruno Carotti (ITA) *
  24-26 / 07 de 43 ° Pieve Santo Stefano-Passo dello Spino (ITA) *
  31 / 07-02 / 08 Osnabrücker ADAC Bergrennen (DEU)
  07-09 / 08 GHD Lucine (SVN)
  11-13 / 09 de 45 ° Trofeo Valle Camonica (ITA) *
  25-27 / 09 Sankt Agatha (AUT)
  02-04 / 10 ADAC Bergrennen Mickhausen (DEU)

* Sujeito a confirmação por parte da ASN

 

PAULO SILVA CONTINUA RECUPERAÇÃO

PAULO SILVA CONTINUA RECUPERAÇÃO

 

Depois do grave acidente de que foi protagonista na derradeira prova do Nacional de Montanha, a Rampa da Penha 3, onde Paulo  Silva teve um violento despiste ao volante do Seat Leon, tivemos oportunidade visitar o piloto de Braga no seu local de trabalho, a PDAuto, onde nos falou de todo este processo" aos poucos estou a recuperar, agora venho aqui ao escritório uma, ou duas horas por dia, ainda não posso conduzir, mas estou a recuperar bem".Sobre o seu acidentado Leon " já começamos a semana passsada a desmontar o carro por completo, para já  o que posso afirmar, é que o chassi está bom, mas possivelmente devo ter de comprar uma crroçaria nova, pois a que estava está em péssimo estado, mas só dentro duma semana é que terei todas as certezas, e depois logo veremos se mantemos este carro, pois já pensei em adquirir outro, mas vamos ter de esperar mais uns dias para podermos tirar todas as conclusões de forma segura ".Sobre a época de 2015 adiantou-nos " ire participar de novoFOX 0967_Copy no Campeonato Nacional de Montanha, que espero que me corra muito melhor, de preferencia sem incidentes...."

 

EXCELENTE OPORTUNIDADE PARA CORRER

EXCELENTE OPOIRTUNIDADE PARA CORRER

 

 

Ricardo Gomes, que esta época participou no Campeonato Nacional de Montanha ao volate dum Seat leon Copa, tem para venda, revisto e pronto a correr, por 16.000 euros.De referir que este carro é de fábrica, foi construido em 2005, e dispõe de algum material supelente.Para mais informações por favor contactar : 91 3599909RIC1 CopyRIC2 Copy

 

MARTINSSPEED NA TVI

MARTINSSPEED NA TVI

 

Foi no passado domingo que a TVI no seu programa da tarde, esteve em Vila Real, e a Martins Speed, teve exposto por detrás do palco algumas das suas viaturas, nomeadamente os dois Seat Leon de Joaquim texeira e Luis NUnes, o Ford EScort entre outros.

 

POr outro lado a equipa de TRás-os-Montes adquriu o Fórmula Ford com que Gonçalo Inácio correu esta época nos Single Seaters, onde ganhou algumas não sendo campeão por uma margem pontual pequena.martinsspedcarrodegoncalo Copy

 

PUMBA...JÁ ESTÁ

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

PUMBA...JÁ ESTÁ

 

 

Pequeno grupo de imagens não muito nitidas, colhidas na famosa curva do Tanque na derradeira rampa da Penha 3, na qual um BMW dum concorrente, acabou por ter "um encontro imediato" com os rails de protecção.

 

Fotos de JOão Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 1354_CopyFOX 1355_CopyFOX 1356_CopyFOX 1357_CopyFOX 1358_Copy

 

MARTINE PEREIRA DE PORSCHE?

MARTINE PEREIRA DE PORSCHE?

 

O piloto de Vila NOva de Famalicão tem ainda em sua posse um Porche GT 4, que possivelmente em 2015 poderá utilizar o mesmo no Nacional de Montanha.Nada está anunciado oficialmente, mas recorde-se que esta época1782060 1517099888540459_8993973811016358564_n_Copy que passou Martine Pereira utilizou ao longo da época os seus Alfa Romeo 147 e 156.

 

ENTREGA DE PRÉMIOS CAMPEONATO EUROPA DE MONTANHA

 

FIA Monte Campeões Escalar sob os holofotes na Áustria
 
Hill Climb: Os vencedores das edições 2014 do FIA Monte Europeia Suba Championship ea FIA Internacional Hill Climb Cup foram homenageados neste sábado 8 novembro em Fladnitz, na Áustria.
 
Se é verdade que o berço da Colina Europeia Suba Championship, os arredores do famoso Rechbergrennen, não atraiu os 25 mil espectadores que normalmente gravitam lá para o final de Abril de cada ano, no último sábado, os jogadores-chave do recentemente- terminou a temporada de subida de montanha internacional eram todos muito no atendimento.
 
Por tradição, os organizadores dos dúzia de eventos que compõem o Campeonato Europeu se revezam em hospedagem a apresentação dos prêmios oficiais da competição. Depois da República Checa em 2012 e França em 2013, a tarefa de honrar os campeões caiu desta vez para a Áustria. Pela primeira vez, a cerimônia não se restringia aos vencedores do Campeonato da Europa, mas foi ampliado a fim de ser capaz de celebrar os melhores desempenhos na FIA Internacional Hill-Subida Cup, o calendário dos quais é também bastante saudável, mesmo se ele está concentrado cada vez mais nos países da Europa Oriental.
 
Pela sétima vez em sua carreira, o italiano Simone Faggioli (36) foi coroado Campeão Europeu na categoria 2 dos protótipos, monopostos e silhuetas. "Este é um dos meus maiores títulos", explicou Faggioli. "Depois de 15 anos com Osella, mudamos carro e fui com Norma. Para abrir a temporada com um carro novo nunca é fácil, tanto mais tendo em conta que não fomos capazes de entrar em muita prática antes da primeira corrida e que havia uma certa falta de proximidade geográfica entre a nossa equipa, com sede em Itália, eo oficinas do Conceito NormaAuto, que estão localizados no sudeste da França, não muito longe da Espanha! No entanto, temos muito em breve temos os nossos rolamentos e foram capazes de correr a caminho de um sonho nova temporada. Eu não tenho nenhuma hesitação em dedicar este título a Mauro Nesti, que infelizmente faleceu há alguns meses. "Como o vencedor das 11 corridas do Campeonato Europeu em que ele participou, também definindo vários novos recordes absolutos de vencer aqueles que ele já realizou, Faggioli , com seus sete títulos europeus, continua a borda mais perto e mais perto do recorde de nove títulos definidos pelo seu compatriota Mauro Nesti.
 
Tendo terminado em primeiro lugar na E2-SS monolugares Grupo com seu Reynard K02-Mugen, pelo segundo ano consecutivo o italiano Fausto Bormolini encontrou-se enfeitando o segundo degrau do pódio final, um passo acima do Checa Dan Michl, que terminou em terceiro lugar na classificação geral, mas em primeiro lugar no Grupo E2-SH para os carros conhecidos como "Silhuetas" em sua origem Lotus Evora com seu motor V8.
 
Além de garantir o título pessoal na categoria 1 com seu Mitsubishi Lancer Evo X Grupo N, Igor Stefanovski colocar em um desempenho histórico, tornando-se o primeiro piloto da Macedônia já a levantar o Campeonato Subida FIA Colina Europeia. "Este título, na verdade, teve um impacto duplo e é uma recompensa brilhante não só para mim, mas também para o meu país", confirmou Stefanovski. Tenho competido tantas vezes no meu país e na região dos Balcãs, e eu queria bater um novo patamar em 2014. É por isso que eu me propus nesta campanha europeia. Tem sido realmente um grande e magnífico aventura, cheia de descobertas. De um ponto de vista estritamente desportivo, cada um dos cursos do Campeonato era novo para mim e eu tinha que conhecê-los todos. Para vencer oito das doze corridas e quebrar quatro recordes absolutos no Grupo N nas corridas eu contestadas era uma fonte de maior satisfação para mim. Em 2015, eu gostaria de realizar o meu sonho de ser capaz de alinhar na categoria 2, com um protótipo. Eu estou trabalhando na obtenção de um orçamento e também em reunir o pacote técnico com que para atingir esse ".
 
Na classificação final da categoria 2, os oito primeiros lugares dos quais foram monopolizadas pela Mitsubishi Lancer, Igor Stefanovski superou os tchecos Jaromir Maly, o vencedor do Grupo A, e Jiri Los.

 

Google Tradutorok2014 FIA_European_Hill_Climb_Champions_Stefanoski_Cat1_Faggioli_Cat2_Copy

 

PAU,LO SILVA CONTINUA RECUPERAÇÃO DO ACIDENTE

PAULO SILVA CONTINUA A RECUPERAÇÃO DO ACIDENTE

 

 

Depois do acidente que teve na segunda subida de treinso para a Rampa da penha 3, Paulo Silva foi logo transferido de ambulancia para o Hospital de Guimarães, tendo sido mais tarde transferido para uma unidade hospitalar em Braga.Quase uma semana depois o piloto da PDA Auto foi sujeito a uma intervenção cirurgica às costas, na qual teve grande sucesso, ao ponto dus dias mais tarde poder regressar  à sau residencia para convalescença de todo este processo.

 

Por aquilo que apuramos a recuperação está a decorrer sem problemas, Paulo Silva ainda não pode conduzir, tem feito algumas deslocações esporádicas à PD Auto, a sua empresa de peças e acessórios situada não muito longe da sua residencia.PAULOSILVA Copy

 

A MINHA OPINIÃO - POR JOÃO RAPOSO

 

 

A MINHA OPINIÃO

 

POR JOÃO RAPOSO

 

OS ACONTECIMENTOS DA RAMPA DA PENHA 3

 

EU Copy

Sobre o que aconteceu na Rampa da Penha 3, ao longo das minhas três décadas de corridas e jornalismo automóvel, deixou-me deveras surpreso, pois estava a milhares de quilómetros que uma coisa desta magnitude pudesse acontecer nos dias de hoje.

Na última subida de treinos, o BRC de Joaquim Rino ao fazer a curva da Morte, de repente pára com um inicio de incêndio, na qual o piloto por si mesmo não conseguiu debelar. Mas o mais estranho disto tudo, é que os comissários de pista de imediato entraram em acção, mas o mais preocupante é que dois extintores não descarregaram o pó milagroso. A questão do piloto ter retirado o capot do BRC em nada viria a diminuir as chamas, houve quem afirmasse que a retirada do capot só veio piorar as coisas, o que não podemos estar de acordo, pois com as labaredas, a fibra do capot desaparecia em minutos, e seria mais um contributo para o aumento do fogo já existente.

O que me deixa preocupado no meio disto tudo é a segurança de quem corre, pois isto que aconteceu numa prova do Campeonato Nacional de Montanha, como seria numa prova a contar para o Europeu? Ou mesmo numa prova de circuito? A pergunta aqui fica.

Continuo a não entender a razão deste sucedido, porque razão os extintores estavam vazios? Será que não há uma vistoria por parte do clube organizador ao estados dos mesmos antes de cada prova? A verdade é que cada piloto para participar tem de pagar uma inscrição, mas pelos vistos a sua segurança não está salvaguardada. Outro ponto importante na segurança, era instruir as corporações de bombeiros que incêndios desta natureza devem ser combatidos com pó químico e nunca com água. Entendo que os bombeiros presentes na Rampa da Penha 3 não estavam instruídos para este assunto, por isso a sua intervenção inicial não foi bem sucedida, demorando alguns minutos a debelar o incêndio com o pó.

Penso que o assunto da segurança nas provas de Montanha, e mesmo em circuito fechado deve  ser revista com urgência. Porque razão a FPAK não faz um acordo com uma empresa especializada na extinção de incêndios, de forma a poderem assegurar que todos os extintores estão aptos a entrarem em funcionamento. Já que a FPAK preconiza tanta segurança nas provas de Montanha com rails de protecção, fatos e roupa interior para os pilotos, bacquets, depois no elemento mais elementar, tudo acaba por falhar, sem duvida alguma preocupante. Deveria haver um meio de verificar o estado dos extintores antes de cada prova, para evitar situações deste tipo. O capitulo da segurança para 2015, terá de ser profundamente revisto pela FPAK,pois desta feita apenas o carro ficou destruído, como seria se o piloto tivesse morrido? Quem assumia as responsabilidades? Sabemos que o automobilismo tem os seus perigos, mas a verdade é que há meios para os minimizar de forma eficiente.

Não queremos inflamar mais esta questão, longe disso, queremos sim alertar para um facto que poderia ser evitado, e poderia ter consequências ainda mais graves. Outra questão que coloco foi a inoperância dos meios existentes, agora quem irá pagar os prejuízos ao piloto Joaquim Rino?A verdade é que a Demoporto abriu um inquérito com uma comissão que irá averiguar o que se passou, mas para ser franco não estou a ver o clube organizador a suportar o prejuízo do arranjo do BRC de Joaquim Rino.A ver vamos.

Por ultimo ficamos surpresos com o silencio por para da APPAM e do promotor do Campeonato Nacional de Montanha, que não se pronunciaram sobre este incidente,

Texto de João Raposo – www.velopcidadeonline.com

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DA PENHA 3

GALERIA DE IMAGENSFOX 2995_CopyFOX 2996_CopyFOX 2998_CopyFOX 2999_CopyFOX 3000_CopyFOX 3004_CopyFOX 3005_CopyFOX 3006_CopyFOX 3007_CopyFOX 3008_CopyFOX 3010_CopyFOX 3011_CopyFOX 3012_CopyFOX 3016_CopyFOX 3017_CopyFOX 3018_CopyFOX 3019_CopyFOX 3020_CopyFOX 3021_CopyFOX 3022_CopyFOX 3023_CopyFOX 3024_CopyFOX 3025_CopyFOX 3026_CopyFOX 3028_CopyFOX 3029_CopyFOX 3035_CopyFOX 3036_CopyFOX 3037_CopyFOX 3038_CopyFOX 3043_CopyFOX 3044_CopyFOX 3046_CopyFOX 3047_CopyFOX 3048_CopyFOX 3049_CopyFOX 3050_CopyFOX 3051_CopyFOX 3052_CopyFOX 3053_CopyFOX 3055_CopyFOX 3056_CopyFOX 3057_CopyFOX 3058_CopyFOX 3059_CopyFOX 3061_CopyFOX 3062_CopyFOX 3063_CopyFOX 3064_CopyFOX 3065_CopyFOX 3066_CopyFOX 3067_CopyFOX 3068_CopyFOX 3069_Copy

 

RAMPA DA PENHA 3

 

Mais uma série de imagens da Rampa da Penha 3.

 

 

Fotos de JOão Raposo - www.velocidadeonline.com

 

RAMPA DA PENHA 3 - GALERIA DE IMAGENS

RAMPA DA PENHA 3 - GALERIA DE IMAGENS

 

 

Derradeirto grupo de imagens da Rampa da penha 3.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 2921_CopyFOX 2922_CopyFOX 3069_CopyFOX 3068_CopyFOX 3067_CopyFOX 3066_CopyFOX 3065_CopyFOX 2924_CopyFOX 2925_CopyFOX 2926_CopyFOX 2927_CopyFOX 2928_CopyFOX 2929_CopyFOX 2930_CopyFOX 2931_CopyFOX 2932_CopyFOX 2933_CopyFOX 2934_CopyFOX 2936_CopyFOX 2937_CopyFOX 2938_CopyFOX 2939_CopyFOX 2943_CopyFOX 2944_CopyFOX 2945_CopyFOX 2949_CopyFOX 2950_CopyFOX 2951_CopyFOX 2952_CopyFOX 2953_CopyFOX 2954_CopyFOX 2955_CopyFOX 2956_CopyFOX 2958_CopyFOX 2959_CopyFOX 2960_CopyFOX 2968_CopyFOX 2969_CopyFOX 2970_CopyFOX 2971_CopyFOX 2972_CopyFOX 2973_CopyFOX 2974_CopyFOX 2975_CopyFOX 2976_CopyFOX 2977_CopyFOX 2978_CopyFOX 2979_CopyFOX 2980_CopyFOX 2981_CopyFOX 2982_CopyFOX 2986_CopyFOX 2987_CopyFOX 2988_CopyFOX 2989_CopyFOX 2990_CopyFOX 2991_CopyFOX 2995_CopyFOX 2996_CopyFOX 2998_CopyFOX 2999_CopyFOX 3000_CopyFOX 3004_Copy

 

PRMINIRACING NA RAMPA DA PENHA 3

 

NEWS PRMINIRACING
OUTUBRO # 2014

Teve lugar no passado fim-de-semana a Rampa da Penha, última prova pontuável para o Campeonato de Montanha 2014. Com muito sol e calor pouco habituais para esta altura do ano, o público compareceu uma vez mais em força em Guimarães.

Alguns acidentes e incidentes de diversos pilotos no sábado provocaram o atraso do horário previsto, levando mesmo a que se realizassem apenas 2 subidas de treinos no 1º dia e no domingo 1 subida de treinos e a totalidade das 3 subidas de prova.

RUI RAMALHO # JUNO SSE

Rui Ramalho ao volante do Juno SSE do Team PRMiniracing não teve dificuldades de maior em vencer esta prova, imprimindo um ritmo rápido o quanto baste, de modo a nunca ter tido em risco a liderança em todas as subidas realizadas. Sem qualquer problema técnico, o piloto do Porto apenas teve de se concentrar e manter um ritmo adequado para garantir assim a sua segunda vitória esta época e com isso sagrar-se Vice-Campeão Absoluto de Montanha 2014, juntando assim aos 2 títulos de Campeão (2010 e 2011) e 3 Vice-Campeonatos (2007, 2008 e 2009) do seu irmão Paulo. De referir que alguns azares técnicos e um acidente impediram o piloto mais novo da equipa de discutir o título até à última prova do Campeonato, contudo e independentemente do resultado final, o piloto demonstrou sempre um andamento muito forte em todas as provas e uma excelente adaptação quer aos Junos que utilizou, quer a alguns dos traçados que desconhecia por completo.

Rui Ramalho que este ano teve a responsabilidade de defender os objectivos da equipa, tomando o lugar do seu irmão Paulo como piloto principal da equipa, que por motivos de saúde não reuniu as condições necessárias para estar a 100% em todas as provas, honrou assim os objectivos da equipa e os compromissos com os patrocinadores, cujo apoio é imprescindível para a actividade da equipa, que esta época cumpriu 15 anos de existência.

 

A Equipa já está a trabalhar com afinco para a época de 2015, estando neste momento a terminar a reconstrução, revisão e preparação do Juno CN09, acidentado no Caramulo, para de seguida preparar também o Juno SSE para na próxima época voltarem a discutir o Campeonato de Montanha.

 

Ambos os pilotos agradeceram o apoio inexcedível de todos os elementos da equipa, patrocinadores e família, sem os quais nada disto teria sido possível.

 

VÍDEO OUT BOARD

 VIDEO OUTBOARD

 

 

 

 



APOIOS: CLUBE MINI DE PORTUGAL, CRÉDITO AGRICOLA, CVRVV, DIREITA 3, DOLCE VITA, DUCATI NORTE, FUCHS, IA CONTABILIDADE, ISEP, INTERESCAPE/IEPOWER, MASTER G, MM Sport, OOKAMISTORE, PEP'SGANG, PNEUVITA, Q&F, RL MOTORSPORT, RR IMPORT PARTS, RUI PEIXEIRO WEB DESIGN, RUIC's PHOTO DESIGN, SO ALINHAMENTOS, TEANDM, TORRE PARAÍSO, TURBOLENHAS MOTORSPORT

 

RAMPA DA PENHA 3 - GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

Ultimo grupo de imagens relativas à Rampa da penha 3, que encerrou assim o Campeonato Nacional de MKontanha deste ano.

 

 

Fotos de JOão Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 2820_Copy_-_CpiaFOX 2821_Copy_-_CpiaFOX 2822_Copy_-_CpiaFOX 2824_Copy_-_CpiaFOX 2825_Copy_-_CpiaFOX 2826_Copy_-_CpiaFOX 2827_Copy_-_CpiaFOX 2828_Copy_-_CpiaFOX 2829_CopyFOX 2830_CopyFOX 2831_CopyFOX 2832_CopyFOX 2833_CopyFOX 2834_CopyFOX 2835_CopyFOX 2836_CopyFOX 2838_CopyFOX 2839_CopyFOX 2840_CopyFOX 2841_CopyFOX 2842_CopyFOX 2843_CopyFOX 2844_CopyFOX 2845_CopyFOX 2846_CopyFOX 2848_CopyFOX 2849_CopyFOX 2851_CopyFOX 2852_CopyFOX 2853_CopyFOX 2854_CopyFOX 2855_CopyFOX 2856_CopyFOX 2857_CopyFOX 2858_CopyFOX 2859_CopyFOX 2860_CopyFOX 2861_CopyFOX 2862_CopyFOX 2863_CopyFOX 2864_CopyFOX 2865_CopyFOX 2866_CopyFOX 2868_CopyFOX 2869_CopyFOX 2870_CopyFOX 2874_CopyFOX 2875_CopyFOX 2876_CopyFOX 2877_CopyFOX 2878_CopyFOX 2879_CopyFOX 2880_CopyFOX 2881_CopyFOX 2882_CopyFOX 2883_CopyFOX 2884_CopyFOX 2885_CopyFOX 2886_CopyFOX 2887_CopyFOX 2888_CopyFOX 2889_CopyFOX 2890_CopyFOX 2891_CopyFOX 2892_CopyFOX 2893_CopyFOX 2894_CopyFOX 2895_CopyFOX 2896_CopyFOX 2897_CopyFOX 2898_CopyFOX 2899_CopyFOX 2900_CopyFOX 2901_CopyFOX 2902_CopyFOX 2903_CopyFOX 2904_CopyFOX 2905_CopyFOX 2906_CopyFOX 2907_CopyFOX 2908_CopyFOX 2909_CopyFOX 2913_CopyFOX 2914_CopyFOX 2915_CopyFOX 2916_CopyFOX 2917_CopyFOX 2918_CopyFOX 2919_CopyFOX 2920_Copy

 

RAMPA DA PENHA 3

GALERIA DE IMAGENS DA RAMPA DA PENHA 3

 

 

Grupo de imagens relativas à Rampa da penha 3 , que decorreu no passado fim de semana, sendo a prova de encerramento da edição deste ano do Campeonato Nacional de Montanha.Imagens relativas à entrega de prémios, assim como "à social" desta rampa.FOX 3073_CopyFOX 3074_CopyFOX 3075_CopyFOX 3076_CopyFOX 3078_CopyFOX 3079_CopyFOX 3081_CopyFOX 3083_CopyFOX 3084_CopyFOX 3085_CopyFOX 3086_CopyFOX 3087_CopyFOX 3092_CopyFOX 3093_CopyFOX 3095_CopyFOX 3096_CopyFOX 3099_CopyFOX 3100_CopyFOX 3101_CopyFOX 3102_CopyFOX 3103_CopyFOX 3105_CopyFOX 3106_CopyFOX 3107_CopyFOX 3109_CopyFOX 3112_CopyFOX 3113_CopyFOX 3114_CopyFOX 3115_CopyFOX 3116_CopyFOX 3117_CopyFOX 3119_CopyFOX 3120_CopyFOX 3121_CopyFOX 3122_CopyFOX 3125_CopyFOX 3126_CopyFOX 3127_CopyFOX 3128_CopyFOX 3129_CopyFOX 3130_CopyFOX 3132_CopyFOX 3133_CopyFOX 3135_CopyFOX 3136_CopyFOX 3137_CopyFOX 3139_CopyFOX 3140_CopyFOX 3142_CopyFOX 3144_CopyFOX 3145_CopyFOX 3148_CopyFOX 3149_CopyFOX 3150_CopyFOX 3151_CopyFOX 3152_CopyFOX 3153_CopyFOX 3154_CopyFOX 3155_CopyFOX 3158_CopyFOX 3159_CopyFOX 3160_CopyFOX 3161_CopyFOX 3162_CopyFOX 3163_CopyFOX 3165_CopyFOX 3166_CopyFOX 3167_CopyFOX 3168_CopyFOX 3169_CopyFOX 3175_CopyFOX 3177_CopyFOX 3181_CopyFOX 3182_CopyFOX 3184_CopyFOX 3184_CopyFOX 3187_CopyFOX 3189_CopyFOX 3190_CopyFOX 3191_CopyFOX 3192_CopyFOX 3193_CopyFOX 3194_CopyFOX 3195_CopyFOX 3196_CopyFOX 3197_CopyFOX 3198_CopyFOX 3198_CopyFOX 3199_CopyFOX 3200_CopyFOX 3202_CopyFOX 3203_CopyFOX 3204_CopyFOX 3207_CopyFOX 3208_CopyFOX 3209_CopyFOX 3210_CopyFOX 3212_CopyFOX 3215_CopyFOX 3216_CopyFOX 3218_CopyFOX 3219_CopyFOX 3221_CopyFOX 3222_CopyFOX 3223_CopyFOX 3224_CopyFOX 3226_CopyFOX 3227_CopyFOX 3228_CopyFOX 3229_CopyFOX 3230_CopyFOX 3231_CopyFOX 3232_CopyFOX 3234_CopyFOX 3235_CopyFOX 3236_CopyFOX 3237_CopyFOX 3238_CopyFOX 3239_CopyFOX 3240_CopyFOX 3241_CopyFOX 3242_CopyFOX 3243_Copy

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 3071_CopyFOX 3072_Copy

 

RAMPA DA PENHA 3

RAMPA DA PENHA 3

 

 

Grupo de imagens da Rampa Penha 3, referentes à 1ª subida de prova, e a descida para a segunda subida de prova.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 2705_CopyFOX 2706_CopyFOX 2707_CopyFOX 2708_CopyFOX 2709_CopyFOX 2710_CopyFOX 2711_CopyFOX 2712_CopyFOX 2713_CopyFOX 2714_CopyFOX 2715_CopyFOX 2716_CopyFOX 2717_CopyFOX 2718_CopyFOX 2719_CopyFOX 2720_CopyFOX 2721_CopyFOX 2726_CopyFOX 2727_CopyFOX 2728_CopyFOX 2729_CopyFOX 2730_CopyFOX 2732_CopyFOX 2733_CopyFOX 2737_CopyFOX 2738_CopyFOX 2740_CopyFOX 2741_CopyFOX 2742_CopyFOX 2743_CopyFOX 2744_CopyFOX 2745_CopyFOX 2747_CopyFOX 2748_CopyFOX 2749_CopyFOX 2751_CopyFOX 2752_CopyFOX 2753_CopyFOX 2754_CopyFOX 2755_CopyFOX 2756_CopyFOX 2757_CopyFOX 2758_CopyFOX 2760_CopyFOX 2761_CopyFOX 2762_CopyFOX 2763_CopyFOX 2764_CopyFOX 2765_CopyFOX 2766_CopyFOX 2767_CopyFOX 2768_CopyFOX 2769_CopyFOX 2770_CopyFOX 2771_CopyFOX 2772_CopyFOX 2773_CopyFOX 2774_CopyFOX 2775_CopyFOX 2776_CopyFOX 2777_CopyFOX 2778_CopyFOX 2779_CopyFOX 2780_CopyFOX 2781_CopyFOX 2782_CopyFOX 2783_CopyFOX 2784_CopyFOX 2786_CopyFOX 2787_CopyFOX 2789_CopyFOX 2790_CopyFOX 2791_CopyFOX 2792_CopyFOX 2793_CopyFOX 2794_CopyFOX 2795_CopyFOX 2796_CopyFOX 2797_CopyFOX 2799_CopyFOX 2800_CopyFOX 2801_CopyFOX 2802_CopyFOX 2803_CopyFOX 2804_CopyFOX 2805_CopyFOX 2806_CopyFOX 2807_CopyFOX 2809_CopyFOX 2810_CopyFOX 2811_CopyFOX 2812_CopyFOX 2813_CopyFOX 2814_CopyFOX 2815_CopyFOX 2816_CopyFOX 2817_CopyFOX 2818_Copy

 

RAMPA DE PORTALEGRE PODE SER RESSUSCITADA

RAMPA DE PORTALEGRE PODE SER RESSUSCITADA

 

 

Tivemos acesso a uma informação, pois há um projecto para ressuscitar a Rampa de Portalegre em 2015.Assim soubemos que um conhecido clube do norte, também organizador de provas de montanha, foi convidado para organizar estta prova, que no passado fez grande história em termos de provas de montanha.

 

BALANÇO POSITIVO PARA EDGAR REIS

 

Edgar Reis com balanço positivo na Montanha

 

Como seria de esperar, Edgar Reis foi o segundo piloto mais rápido da Categoria 3 na Rampa da Penha, onde só o potente Mitsubishi Lancer Evo ficou à frente do Renault Clio RS2000 do Team Transfradelos.

 

Para Edgar Reis, que ainda tinha aspirações ao vice-campeonato da Categoria 3, atrás do seu irmão Tiago Reis, “a diferença de potência e de performance para o Mitsubishi é demasiado grande e não havia muito a fazer. Acabei por ter uma boa prova e fiz o meu melhor tempo na Penha, em 1m40,228, retirei cerca de sete décimos ao meu melhor tempo anterior”, referiu.

 

No campeonato, Edgar Reis fica no terceiro lugar da Categoria 3 e agora já pensa em 2015. “Faço um balanço positivo deste ano. O carro colaborou na maior parte das vezes e também evoluí o meu andamento. O nosso objetivo agora é encontrarmos um outro carro para a próxima época, tentando também pontuar para o campeonato absoluto”, concluiu Edgar Reis.

 

No final de Novembro, os irmãos Tiago, Edgar Reis e o seu pai Avelino Reis vão regressar às famosas 24 Horas de Fronteira para pilotarem um protótipo com motor Toyota. A equipa vai tentar vingar o azar do ano passado onde foram obrigados a desistir devido a um acidente múltiplo logo na primeira volta.DSC 8148_CopyDSC 8796_Copy

 

YACAR ESTREIA-SE EM PORTUGAL

 

Nueva prueba del Lancia 037 Rally sobre asfalto

 

El pasado fin de semana el piloto compostelano Pedro Castañón, que recientemente se proclamaba Campeón de Montaña de Portugal siendo el primer extranjero que lo consigue, participaba en la Rampa da Penha, última cita del certamen luso, con el Lancia 037 Rally de Yacar Racing. Era la segunda experiencia de este coche sobre asfalto tras la del Rallye de Asturias Histórico con Pepe López-Cándido Carrera. Aunque lo hacía de nuevo con especificaciones de tierra y con unos neumáticos que no eran los más adecuados, Pedro Castañón sacó conclusiones muy positivas sobre esta unidad de chasis tubular y motor Hayabusa de 1300 cc, pero lo hizo compitiendo, sino como coche 0.

 

La unidad de Yacar Racing despertó expectación entre los numerosos aficionados que se acercaron a verla en la zona de asistencia, señalando Pedro Castañón que se ha quedado con ganas de probarla otra vez, pero con una configuración ya más específica de asfalto.Lancia037 CopyPedroCastanhon PerfectoCalvinho_Copy

 

JOÃO GUIMARÃES COM O MELHOR RESULTADO

 

João Guimarães com melhor resultado da época na Penha

 

No encerramento da temporada de 2014, João Guimarães levou o Peugeot 206 RC ao pódio absoluto do Campeonato Nacional de Montanha. Rampa da Penha ficou marcada pelo incêndio no carro de outro concorrente mas João Guimarães aconselha uma análise rigorosa à situação.

 

O Nacional de Montanha regressou à minhota Rampa da Penha no passado fim-de-semana e João Guimarães conseguiu o melhor resultado da temporada, terminando no terceiro lugar da geral absoluta, sendo ainda segundo na Categoria 1 e vencedor do Grupo A desta categoria.

“Foi um resultado melhor do eu imaginava antes da prova. Sabia que o primeiro lugar do Grupo A estava ao meu alcance mas o terceiro da geral não estava nas contas, atendendo às performances de outros carros. É certo que beneficiei do abandono do meu irmão com problemas de caixa e também do que aconteceu com o Joaquim Rino. Acho que fechei a época com chave de ouro e este resultado também traduz as melhorias feitas no carro. Queria agradecer a todos os patrocinadores pelo apoio ao longo do ano – nomeadamente ao município do Peso da Régua, à Adega Favaios, PHNE technical assistence, Fisioponte – Clínica Médica, e Nuno Pinto – aos mecânicos da A. Miranda Competição, à minha família e a todos amigos que ajudaram nesta época”, afirmou o piloto do Peso da Régua.

Quanto ao incêndio no BRC de Joaquim Rino que marcou a prova na Penha, João Guimarães faz uma análise pragmática. “Foi algo triste de se ver e é preciso analisar primeiro de quem foi a falha: da organização ou da empresa que carrega os extintores. Agora, que houve uma falha grande na resposta a uma situação grave, isso houve. Tem que se apurar responsabilidades e acho que a Federação também devia fazer uma inspeção às organizações e a todos os elementos de segurança nas provas, tal como faz aos carros e pilotos, obrigando que estes tenham todos os elementos de segurança em conformidade. Vamos esperar para ver”, referiu João Guimarães.10689836 725950604156773_5996013093859283611_n_CopyDSC 9142_Copy

 

LUI SILVA VENCE RALY SPRINT NA PENHA

 

Luís Silva vence Rali Sprint e é terceiro no Nacional de Montanha

Caiu o pano sobre a temporada de 2014 do Campeonato Nacional de Montanha, com a disputa da Rampa da Penha III, que se realizou na Cidade de Guimarães.

O piloto de Famalicão Luís Silva participou em duas frentes, na jornada do nacional de montanha e no rali Sprint que a organização a cargo da Demoporto promoveu ao longo do fim de semana passado.

Comandando o Mitsubishi Lancer Evo VI, na prova oficial, Luís Silva conquistou o terceiro posto da classificação reservada à categoria 5 ao que juntou a sétima posição absoluta.

O piloto Famaconcret Racing Team fecha a época com o vice-campeonato na categoria 5, um lugar que deixa Luís Silva, “muito satisfeito, contra factos não há argumentos e quando lutamos com armas muito diferentes, nada podemos fazer, ainda assim mostramos ao longo do ano andamento forte e capaz de incomodar os pilotos mais rápidos”.

Já no Rali Sprint, Luís Silva cumpriu a promessa, e apresentou-se em Guimarães com o BMW E30-M3. Nesta competição o famalicense que foi acompanhado pela filha Catarina Silva, e contou uma vez mais com o apoio da Famaconcret, Euroel, TDS, Cercosta, Macominho, Gintaqua, Realizona, Socarfam, Norcana, Tintas Barreiras, Pina Ferreira, foi o vencedor absoluto, onde ganhou a prova com relativa facilidade, "Competir no mesmo traçado alternando a cada subida os carros, não é fácil. Cada carro tem a sua forma de ser conduzido e nunca se tira o maior proveito de nenhum”, acrescenta o piloto que prossegue, “quis presentear os meus fãs com o regresso à montanha do M3 e a forma que encontrei de o fazer foi participar no Rali Sprint. Fui à Penha com o intuito de vencer esta prova e consegui”.

Em relação a esta temporada, o piloto assistido pela Miranda Competições remata, Não sei se algum destes carros vai fazer mais alguma prova este ano, pelo menos nada está previsto, mas se terminar por aqui, termino a temporada muito satisfeito”.

Confirmada está a presença de Luís Silva nas 24 Horas TT Vila de Fronteira, que se realiza no final do mês de Novembro.Luis 20_CopyLuis 21_Copy

 

CAIXA DE VELOCIDADES CONDICIONOU NUNO GUIMARÃES

 

Caixa de velocidades condicionou Nuno Guimarães na Rampa da Penha

 

Um problema na caixa de velocidades do BRC obrigou Nuno Guimarães a falhar as subidas de prova no encerramento do Campeonato Nacional de Montanha. Piloto da Régua optou por abandonar para não danificar toda a transmissão do carro espanhol.

 

Não foi um fim-de-semana muito positivo para a imagem do Nacional de Montanha e também Nuno Guimarães não teve a sorte do seu lado na Rampa da Penha. Na mesma prova em que o carro de Joaquim Rino ardeu por completo, o BRC de Nuno Guimarães apresentou problemas de caixa ainda no sábado, obrigando o piloto da Régua a desistir antes das subidas de prova. Por precaução optei por não alinhar no domingo para não estragar ainda mais a mecânica do carro, confirmou o piloto.

 

Sendo uma das figuras mais respeitadas do campeonato e vice-presidente da APPAM (Associação Portuguesa de Pilotos de Automóveis de Montanha), Nuno Guimarães vai esperar pela reunião da Direção para que todos em conjunto possamos emitir um comunicado oficial. No entanto, o vídeo que circula na Internet é bem elucidativo de tudo o que aconteceu e penso que todos os intervenientes devem tirar as respetivas ilações, desde a organização, à FPAK, aos pilotos e ao público, referiu.DSC 8432_CopyDSC 8848_Copy

 

RAMPA DA PENHA 3

Os títulos que faltavam

A Rampa da Penha decidiu os títulos das Categorias 5 e 6 e na Taça 1300

José Pedro Gomes, Joaquim Teixeira e Jose´Figueiredo são os vencedores que faltavam na lista dos títulos de 2014. 

Se é certo que há um mês o título nacional foi virtualmente entregue a Pedro Castañon, que assim se tornou no primeiro piloto estrangeiro a vencer o Campeonato Nacional de Montanha e se é certo também que as categorias 2, 3 e 4 já estavam decididas a favor de António Nogueira, Tiago Reis e Joaquim Santos, respectivamente, é também certo que os últimos títulos foram disputados até à última prova.

Na Categoria 5, Joaquim Teixeira tinha, à partida, a tarefa facilitada. Bastava-lhe terminar para ser campeão, após cinco vitórias em outras tantas provas. Na última passagem pela Penha não conseguiu a sexta vitória do ano, por 25 milésimas de segundo(!).

José Pedro Gomes partia para a derradeira prova com mais dez pontos que Hélder Silva. Se a vantagem poderia parecer confortável, não deixava muita margem para erro para o piloto do Ford Escort, que foi a Guimarães apostado em ganhar e assim fez.

O último vencedor por encontrar era José Figueiredo, que também partia com vantagem pontual para a derradeira prova e ao ser o mais rápido entre os clássicos com cilindrada inferior a 1300 cm3, se torna no vencedor da Taça Nacional de Clássicos de Montanha 2014.

Caiu o pano sobre o Campeonato Nacional de Montanha 2014, é agora tempo de reflexão e sobretudo de pensar e preparar a época de 2015. 

 José Pedro Gomes 

 Joaquim Teixeira

 José Figueiredo 

 

NOVA EXPERIÊNCIA PARA PEDRO CASTANON NA PENHA 3

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

Pedro Castañón: "Estamos muy satisfechos... y con ganas de más"
 

Aunque el Lancia 037 Proto fabricado por Ya-Car Racing tiene configuración en su chasis y suspensiones para pruebas de tierra, Pedro Castañón acudió a la Rampa da Penha 3 (última prueba del Campeonato Portugués de Montaña) con ganas de ver su comportamiento en asfalto liso.

En esta ocasión no participaba con dorsal, sino que lo hacía ejerciendo las funciones coche 0. La situación, por lo tanto, no era la de exprimir al 100% los límites del coche sino ver sus posiblidades. Y estas sorprendieron, porque con el autoblocante taradao para tierra y con unos neumáticos usados y algo estrechos en su parte trasera, su comportamiento fué muy noble y seguro que salir con dorsal de carrera habríamos estado muy arriba.

Con todo lo sucedido durante la carrera (queremos aprovechar la ocasión para enviarles nuestros ánimos y fuerzas tanto a Rino como a Paulo) no hubo mucho tiempo a modificar parámetros de puesta a punto. Igualmente, el poco recorrido de la prueba no permitió al piloto compostelano hacerse al coche como si fuese un rallye, hábitat natural en el que este Lancia destaca por los reglajes de dirección y su docilidad fruto, sin duda, de un detallado estudio por parte de su constructor, YA-CAR.

Pedro Luis Castañón reconoce haberse quedado con ganas de probarlo en otra ocasión más, dando por hecho que el Lancia 037 Proto en pruebas de tierra tiene que ser super-eficaz, y en asfalto tiene seguro que va a ser efectivo también, especialmente con neumáticos en buen uso y con mayor dureza en amortiguación y barras estabilizadoras.

Por último, el equipo quiere agradecer a todos los aficionados en Portugal que se acercaron a felicitarnos por nuestro título de montaña 2014; a los que se interesaron por el espectacular Lancia 037 Proto que pudo conducir el joven piloto gallego, que fueron multitud; a la organización, por permitirnos salir en labores de coche 0, y a Perfecto Calviño, que fué quien desarrolló la idea de fabricar este precioso coche y con el que nos ofreció la oportunidad de estar presentes en la cita final del Campeonato Portugués de Montaña.

Estuvieron con nosotros en esta carrera: YA-CAR, COMVAL RACING, ROSADO SPEED, LISBOA REPUESTOS, PINTURAUTO, TERÁN Y BLANCO Y LA ELA EXISTE

 DSC 0150_CopyDSC 0159_Copylancia dedo_Copylancia curva_lavadero_Copylancia dentro_Copy

 

DEMOPORTO ABRE INQUÉRITO

DEMOPORTO ABRE INQUÉRITO

 

 

 

COMUNICADO

 

 

O Demoporto – Clube de Desportos Motorizados do Porto, em reunião de Direção, e após os fatos ocorridos na Rampa da Penha III, com o concorrente número 221, Joaquim Rino, decidiu proceder a um inquérito para apuramento total dos fatos ocorridos.

 

Porque o Demoporto se honra de servir os pilotos, a Federação, e o público em geral, informamos que nomeamos instrutores do referido inquérito o Senhora Doutora Mariana Carvalho Homem, o Senhor Engenheiro António Sérgio Areias e o Senhor Rui Alexandre Carvalho, com instruções precisas de efetuarem pormenorizado relatório a todo o sucedido, no prazo máximo de trinta dias.

 

 

 

JOAQUIM RINO CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2014 RAMPA DA PENHA 3 JOAQUIM RINO FICOU COM O CARRO DESTRUIDO NA PENHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2014

 

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

JOAQUIM RINO FICOU COM O CARRO DESTRUIDO NA PENHA

 

 

Joaquim Rino esteve muito perto duma tragédia no passado fim de semana por ocasião da Rampa da Penha 3.Na primeira subida de treinos, o piloto da Batalha não ficou muito longe do Juno de Rui Ramalho, por isso na segunda subida o objectivo seria tentar aproximar-se do líder, só que na conhecida curva da Morte, tudo esteve perto duma grande tragédia, pois o BRC ao fazer a curva imobiliza-se, e começa a pegar fogo. A partir deste momento, Joaquim Rino conta-nos o que se passou “ eu vinha a andar muito bem, e quando faço a curva para a esquerda, ouço um estalido no motor e vi logo que havia problemas no interior do motor, pois partiu uma biela. De imediato começa a pegar fogo, e eu com a pressa, tirei os cintos, e nem sequer tive tempo de activar  o sistema dos extintores que tenho no carro, pois como é lógico naquele momento a minha preocupação era sair do carro. A atrapalhação foi de tal ordem, que acabou por me cair a chave do meu BMW,que estava no bolso do fato, e que tinha me esquecido de deixar na carrinha de assistência com que me desloquei para a Rampa da Penha. Qual o meu espanto, logo que saio do carro tiro o capacete, e vejo o fumo, e  chega logo um comissário, com o extintor, e no sentido de facilitar a tarefa, resolvemos tirar o capot traseiro. Para meu  espanto, o extintor não funciona, chegando ao ponto  de indicar zero espuma.De seguida, um minuto depois chega um segundo comissário com outro  extintor que também não funciona, o que me deixou aterrado, pois as labaredas começaram a tomar conta do carro. Penso que dois ou três minutos mais tarde, chega um carro de bombeiros, que por ignorância dos mesmos, para apagar o fogo atiram água, o que veio piorar ainda mais a situação, até que depois surgem extintores dos bombeiros, e o fogo é apagado, mas já era tarde demais, pois o BRC já estava muito estragado, com muitos danos”.

 

 

 

Perante este cenário, com o carro destruído, Joaquim Rino acrescentou “ já falei com o meu advogado, nem sei quanto é o prejuízo, como se pode ver em muitas fotos o carro tem muitos danos, e agora só na fábrica da BRC em Espanha,  é que se poderá aquilatar o montante. Não sei ainda o que vou fazer, o que eu não entendo, é se por acaso eu não conseguisse sair do carro como era ? Se eu ficasse preso como seria ? Morria lá queimado? Por mais esforço que faça não entendo, nós pilotos sabemos os riscos que corremos, pagamos para ter segurança, e quando precisamos dessa segurança, nesse caso extintores os mesmos não funcionam? Como é?

 

 

 

Sobre os passos a dar acrescentou “ apresentei o caso no sábado à noite junto dos Colégio de Comissários Desportivos, onde expus toda a situação, tive de participar junto das autoridades locais, e agora com o meu advogado iremos ver os passos seguintes a dar, pois gostava de saber quem me irá pagar estes prejuízo todo. Para já não há mais nada a fazer, e vamos aguardar”, disse-nos.DSC 8904_CopyDSC 8918_Copy

 

OBJECTIVOS SUPERADOS PARA MANUEL CORREIA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

OBJECTIVOS SUPERADOS PARA MANUEL CORREIA




Manuel Correia foi o grande vencedor da categoria 1 no passado fim de semana na Rampa da Penha 3, ao conseguir sempre os melhores tempos , tendo alcançado nas três subidas de prova os tempos de 1.39.370, 1.38.046 e 1.37.629, não dando qualquer tipo de trégua aos seus mais directos adversários impondo a sua lei ao volante do seu Skoda Fabia S 2000.Por isso depois de ter subido ao pódio, Manuel Correia estava satisfeito, e disse-nos logo “dever cumprido, foi a minha primeira época integral no Nacional de Montanha, correu muito bem, consegui de prova para prova melhorar sempre os meus tempos, sem cometer erros .Cheguei em algumas rampas a abusar um pouco da sorte ao passar de raspão nos rails, mas nunca bati, às vezes pouco faltou. Para mim esta época foi muito importante, pois serviu para aprender muita coisa, ficar a conhecer as rampas, que têm as suas próprias manhas, e diferentes características e graus de dificuldade. Por outro lado, foi importante saber tratar” por tu”, o meu Skoda Fabia S 20000, uma grande máquina, que na minha opinião foi uma excelente escolha. Por isso o balanço foi francamente positivo, e quero dedicar este sucesso a todos quantos me apoiaram, a minha mulher, os meus filhos,  e agora há que começar a pensar na próxima época”

 

 

Sobre a próxima época, Manuel Correia explicou-nos no que está a pensar “ será muito semelhante ao que fiz este ano, poderei quanto muito, isso caso tenha oportunidade de poder disputar uma ou outra prova de montanha fora de Portugal. Irei manter o Skoda Fabia S 2000, pois naquilo que está bem não se mexe ".




CLASSIFICAÇÃO FINAL CATEGORIA 1


FOX 2496_CopyFOX 2806_Copy

1º MANUEL CORREIA – SKODA FABIA S 2000

2º João Guimarães – Peugeot 206 RC

3º Joana Barbosa – Fiat Abarth 500

4º Sérgio Monteiro – Alfa Romeo 147

 

JOSÉ CORREIA DENTRO DAS PREVISÕES

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

 

JOSÉ CORREIA DENTRO DAS PREVISÕES



Uma traseira subviradora, foi o obstáculo com que José Correia se debateu ao longo do passado fim de semana na Rampa da Penha 3, com o comportamento do seu Seat Leon, que acabou por não lhe permitir fazer melhor. Mesmo assim José Correia faria nas três subidas 1.43.154, 1.42.235 e 1.42.504, o que no final da prova  nos fez o balanço desta jornada “ o carro não esteve como eu gosto, a traseira fugia muito, ainda cheguei a apanhar dois sustos, mas consegui controlar.Com este problema não deu para subir mais na classificação geral, mas mesmo assim foi bom para terminar a época”.

 

 

Fazendo um balanço da época “ positiva sem dúvida alguma, foi a minha estreia, fiquei a conhecer as rampas, na qual tudo era novidade para mim, assim como o Seat Leon. Ao longo da época fui evoluindo, fazendo subidas cada vez mais depressa, sem cometer erros, nem excessos”




PLANOS PARA 2015



Sobre a próxima época, José Correia apenas nos avançou “ tudo indica que irei continuar no Campeonato de Montanha, em princípio não será este carro, ainda vou ter de tomar uma decisão, pois as minhas escolhas recaem num Seat Leon da actual Eurocup, ou então um Skoda Fabia S 200º, na qual poderia vir a fazer equipa com o meu irmão Manuel Correia. Por isso os próximos dias irei tomar uma decisão sobre qual das máquinas irei escolher, e de realçar, o carro que tenho será para vender, está impecável, não teve batidas, é só fazer manutenção, e está pronto para correr”, disse-nos.

 

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL CATEGORIA 5

 

FOX 2793_CopyFOX 2934_Copy

1º Luis Nunes – Seat Leon Copa

2º Joaquim Teixeira – Seat Leon Super Copa

3º Luís Silva – Mitsubishi Lancer

4º Ricardo Gomes – Seat Leon

5º JOSÉ CORREIA – SEAT LEON

 

O ESTADO EM QUE FICOU O SEAT LEON DE PAULO SILVA

O ESTADO EM QUE FICOU O SEAT LEON DO PAULO SILVA

 

 

Vejampaulo1 Copypaulo2 Copypaulosilva-danieloliveira-bernardopovioaspeas1 Copypeas2 Copypeas3 Copy caros leitores o estado em que ficou o Seat Leon de Paulo Silva, depois de ter batido de forma aparatosa a mais de 100 km/h, na qual o habitáculo está direito, as tal ponto que o piloto saiu pelos seus próprios meios, sendo depois transferido por precaução para o hospital de Guimarães, onde mais tarde lhe foi diagnsticado, um problema num elo da coluna vertebral.

 

Fotos de Armindo Cerqueira - Foto GTI - Daniel Oliveira e Bernardo Póvoas - www.velocidadeonline.com

 

O ESTADO DE PAULO SILVA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

O ESTADO DE PAULO SILVA

 

Decorria a segunda subida de treinos para a rampa da Penha 3, na qual Paulo Silva tentava melhorar um pouco mais o seus tempos, de forma a poder dar réplica aos seus mais directos adversários, quando depois de passar a curva do Tanque, numa zona muti rápida de curvas encadeadas, de forma inexplicável, o Seat Leon bate com a  traseira do lado direito, e de repente o piloto da PDAuto acaba por ter uma saída muito violenta, primeiro contra um rochedo, e depois contra uma árvore, que acabaria por suster o Leon junto da estrada, pois caso contrário o carro acabaria por cair pelo monte abaixo. Paulo Silva ainda saiu do Seat Leon pelos seus próprios meios, mas depois foi colocado dentro duma ambulância que o transportou para o Hospital de Guimarães, onde lhe foi logo diagnosticado problemas num dos elos da coluna vertebral.

Assim na mesma noite, Paulo Silva seria transferido do Hospital de Guimarães, para o de Braga, onde hoje 3ª feira irá ser sujeito a uma intervenção cirúrgica, se sentido de reparar os danos ocorridos neste elo da coluna vertebral. O impacto que o Seat Leon sofreu foi de tal ordem, que o motor saiFOX 0114_CopyFOX 9942_Copyu disparado, no entanto o habitáculo estava impecável, nem o próprio roll bar estava torcido.

 

OBJECTIVO ALCANÇADO PARA JOSÉ PEDRO GOMES

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

RAMPA DA PENHA 3

 

 

OBJECTIVO ALCANÇADO PARA JOSÉ PEDRO GOMES


FOX 2341_Copy_CopyFOX 2452_Copy

Bastava um segundo lugar para José Pedro Gomes poder renovar o seu titulo de Campeão entre os clássicos, mas a verdade é que o piloto-advogado fez melhor, pois acabaria por conseguir bater o seu principal adversário, numa prova memorável, como nos explicou “ correu tudo muito bem, o carro esteve impecável, os meus parabéns para a minha equipa de mecânicos que fez um trabalho fabuloso para eles o meu muito obrigado”.

 

 

José Pedro Gomes faria nas três subidas os tempos de 1.39.661, 1.38.247 e 1.38.679, deixando o seu mais directo adversário a mais de dois segundos em cada subida. Sobre a época acrescentaria “ foi das mais difíceis que disputei até hoje, pois o BMW 323 do Hélder Silva é um carro muito competitivo. A verdade é que depois da Rampa da  Falperra, achei estranho as diferenças que ele conseguia face ao meu Ford Escort, o que me levou a ter de me reunir com a minha equipa para estudarmos a razão de tal diferença, e acima de tudo verificar se era a minha condução ou a preparação do carro que provocava este fosso. A verdade é que passamos ali uns tempos conturbados, cheguei mesmo a pensar parar de correr, mas a verdade é que chegamos à Rampa de Murça, e os comissários técnicos, resolvem, e muito bem fazer uma inspecção aos carros, e chegou-se rapidamente à conclusão que o BMW 323 não estava legal. Face a este acontecimento, que lamento profundamente, concluímos toda a nossa equipa que estávamos no caminho certo, e que o Escort poderia evoluir um pouco mais, o que se veio a verificar nas provas seguintes, culminando com a prova deste fim de semana na terceira passagem pela Rampa da Penha, na qual o carro estava impecável, excelente trabalho de todos os mecânicos, para ele uma vez mais o meu muito obrigado”.

 

 

Com o título renovado, resta saber quais os planos para 2015, o que logo José Pedro Gomes exclamou “ ainda não sei, a minha equipa pediu-me para fazer mais uma época com o Ford Escort, embora o que eu gostava seria um carro de tracção às quatro rodas, ainda não sei que marca e que modelo, mas nas próximas semanas terei de pensar bem no que irei fazer”.

 

Para terminar, o Campeão da categoria 6 “ dedico este titulo a todos os meus patrocinadores, que acreditaram no meu projecto desde a primeira hora, à minha família que se viu privada de mim, durante uma série de fins de semana”.

De referir que o andamento do Ford Escort de José Pedro Gomes ainda se classificou na 6ªposição à geral, a poucos segundos do Seat Leon de Joaquim Teixeira.

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA 6

1º JOSÉ PEDRO GOMES – FORD ESCORT

2º Hélder Silva – BMW 323

3º Aníbal Rolo – Renault 5 Turbo

4º Nuno Silva – BMW 325

5º José Figueiredo – Datsun 1200

6º Mário Mesquita – Datsun 1600 SSS

7º Abel Marques – Autobianchi A 112

8º José Artur – Datsun 1200

 

RAMPA DA PENHA 3 EM IMAGENS

RAMPA DA PENHA 3 EM IMAGENS

 

Mais um grupo de FOX 2193_CopyFOX 2194_CopyFOX 2195_CopyFOX 2197_CopyFOX 2198_CopyFOX 2200_CopyFOX 2201_CopyFOX 2204_CopyFOX 2205_CopyFOX 2208_CopyFOX 2210_CopyFOX 2212_CopyFOX 2213_CopyFOX 2214_CopyFOX 2215_CopyFOX 2216_CopyFOX 2217_CopyFOX 2220_CopyFOX 2222_CopyFOX 2225_CopyFOX 2226_CopyFOX 2227_CopyFOX 2228_CopyFOX 2229_CopyFOX 2230_CopyFOX 2231_CopyFOX 2233_CopyFOX 2234_CopyFOX 2235_CopyFOX 2236_CopyFOX 2238_CopyFOX 2339_CopyFOX 2240_CopyFOX 2244_CopyFOX 2245_CopyFOX 2246_CopyFOX 2247_CopyFOX 2247_CopyFOX 2248_CopyFOX 2297_CopyFOX 2299_CopyFOX 2302_CopyFOX 2306_CopyFOX 2307_CopyFOX 2308_CopyFOX 2309_CopyFOX 2310_CopyFOX 2311_CopyFOX 2314_CopyFOX 2315_CopyFOX 2316_CopyFOX 2317_CopyFOX 2319_CopyFOX 2320_CopyFOX 2321_CopyFOX 2326_CopyFOX 2327_CopyFOX 2328_CopyFOX 2333_CopyFOX 2334_CopyFOX 2335_CopyFOX 2336_CopyFOX 2337_CopyFOX 2338_CopyFOX 2338_CopyFOX 2339_CopyFOX 2340_CopyFOX 2341_CopyFOX 2342_CopyFOX 2343_CopyFOX 2344_CopyFOX 2345_CopyFOX 2345_CopyFOX 2347_CopyFOX 2348_CopyFOX 2349_CopyFOX 2350_CopyFOX 2351_CopyFOX 2352_CopyFOX 2353_CopyFOX 2354_CopyFOX 2355_CopyFOX 2356_CopyFOX 2357_CopyFOX 2358_CopyFOX 2359_CopyFOX 2360_CopyFOX 2361_CopyFOX 2369_CopyFOX 2382_CopyFOX 2383_CopyFOX 2387_CopyFOX 2388_CopyFOX 2389_CopyFOX 2390_CopyFOX 2390_CopyFOX 2391_CopyFOX 2392_CopyFOX 2393_CopyFOX 2396_CopyFOX 2397_CopyFOX 2398_CopyFOX 2399_CopyFOX 2401_CopyFOX 2403_CopyFOX 2405_CopyFOX 2407_CopyFOX 2408_CopyFOX 2409_CopyFOX 2707_CopyFOX 2708_Copy imagens relativas à ultima subida de treinos e a priemira subida de prova.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

PILOTO E PIVOT

De pivot a piloto

Hélder Silva foi à Penha, ser piloto por um dia

Estamos mais habituados e vê-lo a apresentar o Jornal da Tarde da RTP, mas desta feita sentou-se aos comandos de um Fiat Bravo e foi acelerar pela Rampa da Penha acima.

O carro é o Fiat Bravo que o Departamento de Mecânica (DeMEC) da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) desenvolveu para competição e foi o veículo com que Hélder Silva se estreou na Montanha.

À laia de balanço, o pivot do Jornal da tarde classifica-a como “agradável e uma excelente primeira experiência”, recorda algum nervosismo na partida para a primeira subida de treinos, comparável (quase) à que sentiu na primeira vez que apresentou o Jornal da Tarde:

“As duas são comparáveis, mas acho que estava mais nervoso da primeira vez que apresentei o  Jornal da Tarde. Desta vez estava nervoso, mas sentia que era uma situação de alguma liberdade, “barra”, responsabilidade, que a determinado momento cria um friozinho na barriga… mas agradável!” Rematou Hélder Silva.

alt alt

 

RAMPA DA PENHA 3

RAMPA DA PENHA 3

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA - O ESTADO EM QUE FICOU O BRC DE JOAQUIM RINO

 

Eis o estado em que ficou o BRC CM 05 de Joaquim Rino depois do incêndio que danificou seriamente toda a carroçaria, conforme as imagens anexas.

 

 

Fotos de João Raposo - www.-velocidadeonline.comFOX 2249_CopyFOX 2250_CopyFOX 2251_CopyFOX 2257_CopyFOX 2258_CopyFOX 2259_CopyFOX 2260_CopyFOX 2261_CopyFOX 2262_CopyFOX 2263_CopyFOX 2264_CopyFOX 2265_CopyFOX 2266_CopyFOX 2267_Copy

 

JOANA BARBOSA NO PÓDIO NA PENHA 3

 

Campeonato Nacional de Montanha
Joana Barbosa termina época no pódio
A terceira passagem pela Rampa da Penha em Guimarães,
ocorrida este fim-de-semana, pôs fim ao Campeonato Nacional de
Montanha 2014, onde Joana Barbosa teve um desempenho muito
positivo, tendo em conta que se estreou na competição.
Nesta derradeira jornada, a jovem piloto de Braga voltou a ser
segunda classificada no Grupo A - Categoria 1, e neste último
grupo, foi terceira, o que lhe valeu idêntica posição em termos
absolutos no campeonato.
Conhecendo agora melhor o traçado, Joana Barbosa conseguiu
bater o seu recorde do traçado, em cerca de três segundos, o que
atesta bem a sua performance em mais esta passagem pela prova
vimaranense: “Acima de tudo divertir-me imenso, e consegui
perceber a minha evolução em termos de condução e
também da cada vez melhor adaptação ao carro”, começou
por afirmar a piloto que ainda teve um susto na segunda subida
oficial: “Fiquei sem caixa de velocidades, pois partiu-se um
tirante, mas conseguimos ultrapassar esse problema para
a derradeira subida”.
Joana Barbosa foi por pouco que não conseguiu ser a segunda
mais rápida da Categoria 1: “Foi muito bom, mas na última
prova aqui em Guimarães tive alguns problemas e as
condições climatéricas não eram as melhores, por isso é
complicada a comparação”, acrescentou ainda.
Em termos de balanço da época, a piloto da capital do Minho,
considera-o muito positivo: “Agora é uma questão de
continuar depois deste primeiro ano, tentando aperfeiçoar
tudo aquilo que fui aprendendo. Acho que o essencial era
também adaptar-me ao carro e colocá-lo nas melhores
condições. Uma vez que estes factores estão muito bem,
agora é esperar pela próxima época ondeJoana Barbosa_Penha3_2014_1_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DA PENHA 2

GALERIA DE IMAGEMS

 

RAMPA DA PENHA2

 

Grupo de imagens relativas ainda à Rampa da Penha 2 .

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 1393_CopyFOX 1394_CopyFOX 1395_CopyFOX 1396_CopyFOX 1397_CopyFOX 1398_CopyFOX 1399_CopyFOX 1400_CopyFOX 1401_CopyFOX 1403_CopyFOX 1405_CopyFOX 1406_CopyFOX 1408_CopyFOX 1408_CopyFOX 1409_CopyFOX 1410_CopyFOX 1420_CopyFOX 1421_CopyFOX 1423_CopyFOX 1422_CopyFOX 1424_CopyFOX 1425_CopyFOX 1428_CopyFOX 1429_CopyFOX 1430_CopyFOX 1431_CopyFOX 1431_CopyFOX 1432_CopyFOX 1433_CopyFOX 1434_CopyFOX 1436_CopyFOX 1439_CopyFOX 1441_CopyFOX 1442_CopyFOX 1443_CopyFOX 1444_CopyFOX 1446_CopyFOX 1447_CopyFOX 1448_CopyFOX 1449_CopyFOX 1450_CopyFOX 1451_CopyFOX 1453_CopyFOX 1455_CopyFOX 1457_CopyFOX 1458_CopyFOX 1459_CopyFOX 1460_CopyFOX 1465_CopyFOX 1466_CopyFOX 1467_CopyFOX 1471_CopyFOX 1473_CopyFOX 1473_CopyFOX 1475_CopyFOX 1480_CopyFOX 1481_CopyFOX 1482_CopyFOX 1483_CopyFOX 1484_CopyFOX 1485_Copy

 

CAMPEONATO DE MONTANHA CHEGOU AO FIM

CNM – RAMPA DA PENHA 3 - Domingo

Rui Ramalho fecha época a vencer

Rui Ramalho (Juno SSE) venceu, sem surpresa, a Rampa da Penha, impondo-se de forma clara nas três subidas de prova e juntou este triunfo ao alcançado na Falperra.

Com os prtótipos fora da jogada, devido a uma problema na caixa do BRC de Nuno Guimarães e ao incêndio que destruiu o outro BRC, tripulado por Joaquim RIno, os homens dos turismos passaram a ocupar as restantes posições do pódium.

Manuel Correia venceu a Categoria 1, aos comandos do Skoda Fabia S2000 e foi segundo na classificação geral, à frente de João Guimarães, que assim levou o Peugeot 206 ao segundo lugar da Categoria e terceiro da classificação oficial.

Joana Barbosa (Abarth 500) foi terceira na Categoria 1 e arrumou a seu favor a questão da melhor classificação para Senhoras.

alt

Como se esperava, em função do sucedido antes, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI) não teve dificuldades em realizar segundos tempos à geral. Venceu a Categoria 3, com 6,6 segundos de vantagem sobre Edgar Reis.

Luís Nunes (Seat Leon) acabou por vencer a Categoria 5, depois de uma subida “no tudo ou nada”, que lhe permitiu registar o terceiro tempo, e suplantar Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa) por 0,025 s. (!), pondo ponto final no domínio que o seu adversário exerceu ao longo do ano, traduzido em cinco vitórias, noutras tantas provas, já que nas outras duas primou pela ausência. Teixeira, arrumou assim a seu favor a questão do título da Categoria 5.

Na Categoria 6, José Pedro Gomes (Ford Escort) acabou por assegurar a vitória na prova e confirmar a conquista do título da categoria, que era o único que estava em jogo na derradeira jornada do Campeonato Nacional de Montanha.

Apesar de nos treinos Hélder Silva (BMW E21) e Aníbal Rolo (Renault 5 Turbo) terem dado a sensação que podiam contrariar o favoritismo do piloto do Ford, a realidade é que “no momento da verdade”, José Pedro Gomes foi mais forte e registou o melhor temp nas três subidas, sendo o único, da categoria, a baixar do segundo “40”.

Ainda nos clássicos, entre os  participantes da Taça Nacional (1300c.c.), José Figueiredo (Datsun 1200) venceu a prova em, ans contas finais da época, o Troféu.

Com o título conquistado pelo espanhol Pedro Castañon, que venceu metade (quatro) das provas realizadas (oito), terminou uma edição do Campeonato Nacional de Montanha.

Melhores tempos da 3.a subida de prova:

1º, Rui Ramalho (Juno SSE), 1.30,436; 2º, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 1.37,629 (1º da Categoria 1); 3º, Luís Nunes (Seat Leon), 1.37,770 (1º da Categoria 5); 4º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 1.37,915 (1º da Categoria 3); 5º, Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa), 1.38,281; 6º, José Pedro Gomes (Ford Escort), 1.38,679 (1º da Categoria 6); 7º, Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI), 1.39,909; 7.o, Hélder Siilva (BMW E21), 1.40,590; 9º, Ricardo Gomes (Seat Leon 1.8), 1.40,812; 10º, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 1.40,943. Subiram mais 16 pilotos.

Classificação final:

1º, Rui Ramalho (Juno SSE), 3.00,817; 2º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 3.14,163 (1º da Categoria 3); 3.o, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 3.15,475 (1º da Categoria 1); 4º, Luís Nunes (Seat Leon), 3.16,349 (1º da Categoria 6); 5º, Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa), 3.16,374; 6º, José Pedro Gomes (Ford Escort), 3.16,926 (1º da Categoria 6); 7º, Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI), 3.18,564; 8º, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 3.20,769; 9º, Hélder Silva (BMW E21), 3.22,744; 10º, Ricardo Gomes (Seat Leon 1.8), 3.12,589. Classificam-se mais 16 pilotos.

alt Rui Ramalho 

Primeiros mantêm-se intocáveis

A segunda subida de prova da Rampa da Penha não provocou alterações entre os três primeiros, que repetiram as posições alcançadas na subida.

Uma vez mais, Rui Ramalho (Juno SSE) foi o mais rápido, à frente de Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI) e de Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), que é o único que tem um lugar no pódio final ameaçado.

É que o piloto do carro checo dispõe de menos de meio segundo de vantagem para três adversários: Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa) que foi o mais rápido da Categoria 5, na segunda subida, e transformou um atraso de 0,113 s., em relação a Luís Nunes (Seat Leon), numa vantagem de 0,373 s., no conjunto das duas subidas, sobre o mesmo piloto, que está, também, na luta por um lugar no pódio; e José Pedro Gomes (Ford Escort), que voltou a dominar a Categoria 6 e que parece ter a vitória na Categoria assegurada, uma vez que dispõe de mais de quatro segundos de avanço sobre Hélder Silva (BMW E21), que ainda não baixou do segundo “41”, enquanto o piloto do Ford subiu das duas vezes.

Melhores tempos da 2ª subida de prova:

1º, Rui Ramalho (Juno SSE), 1.30,381; 2º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 1.36,589 (1.o da Categoria 3); 3º, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 1.38,046 (1º da Categoria 1); 4º, Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa), 1.38,093 (1º da Categoria 5); 5º, José Pedro Gomes (Ford Escort), 1.38,247 (1º da Categoria 6); 6º, Luís Nunes (Seat Leon), 1.38,579; 7º, Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI), 1.38,658; 8.o, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 1.40,541; 9.o, Ricardo Gomes (Seat Leon 1.8), 1.40,777; 10º, Hélder Silva (BMW E21), 1.41,134. Subiram mais 16 pilotos.

Classificação geral, após as duas subidas

1º, Rui Ramalho (Juno SSE), 3.02,135; 2º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 3.14,164 (1º da Categoria 3); 3º, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 3.17,416 (1º da Categoria 1); 4º, Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa), 3.17,812 (1º da Categoria 5); 5º, José Pedro Gomes (Ford Escort), 3.17,908 (1º da Categoria 6); 6º, Luís Nunes (Seat Leon), 3.18,185; 7º, Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI), 3.19,221; 8º, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 3.20,769; 9º, Hélder Siilva (BMW E21), 3.22,744; 10º, José Rodrigues (Honda Civic), 3.24,014. Estão classificados mais 16 pilotos.

alt José Pedro Goimes

Rui Ramalho ganha seis segundos na primeira subida de prova

Rui Ramalho (Juno SSE) assumiu o comando da Rampa da Penha, como consequência do facto de ter registado o melhor tempo na primeira subida, “cavando” uma vantagem de quase seis segundos para os seus mais directos perseguidores.

Sem adversários, para já, na Categoria 2, uma vez que Joaquim Rino (BRC 05), que viu o carro arder na véspera, e Nuno Guimarães (BRC CM02) não subiram, Rui Ramalho está lançado para averbar a segunda vitória do ano.

Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI) registou a segunda marca absoluta e continua a dominar a Categoria 3, com Manuel Correia (Skoda Fabia S2000) a fazer o mesmo na Categoria 1 e a perfilar-se como candidato ao pódio final.

Surpresa, para já, na Categoria 5, onde Luís Nunes (Seat Leon) averbou o melhor tempo (quarto da geral) batendo Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa), que venceu as cinco provas em que tomou parte, e Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI), que tinha sido o mais rápido nos treinos.

Na Categoria 6, José Pedro Gomes (Ford Escort) fez o melhor tempo e deixou Hélder Silva (BMW E21) a quase dois segundos (1,191 s.) e Aníbal Rolo (Renault 5 Turbo), a mais de três segundos (3,122 s.), o vantagem que pode vir a revelar-se preciosa nas duas subidas que faltam.

Melhores tempos da 1ª subida de prova:

1º, Rui Ramalho (Juno SSE), 1.31,754; 2º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 1.37,575 (1º da Categoria 3); 3º, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 1.39,370 (1º da Categoria 1); 4º, Luís Nunes (Seat Leon), 1.39,606 (1º da Categoria 5); 5º, José Pedro Gomes (Ford Escort), 1.39, 661 (1º da Categoria 6); 6º, Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa), 1.39,719; 7º, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 1.40,228; 8º, Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI), 1.40,563; 9º, Hélder Silva (BMW E21), 1.41, 610; 10º, José Rodrigues (Honda Civic), 1.42,755. Subiram mais 16 pilotos.

alt Manuel Pereira 

Rui Ramalho repõe a “ordem”

A subida de treinos livres abriu o segundo dia da Rampa da Penha, a derradeira jornada do Campeonato Nacional de Montanha, com Rui Ramalho (Juno SSE) a registar a melhor marca.

Sendo o único da Categoria 2 a subir, Rui Ramalho não teve oposição e bateu Manuel Correia) Skoda Fabia S2000) por quase seis segundos, confirmando o favoritismo que lhe é atribuído.

Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), que, ontem, tinha sido o mais rápido na segunda subida, averbou o terceiro tempo, à frente de Aníbal Rolo (Renault 5 Turbo) que aparece pela primeira vez no topo da tabela de tempos da Categoria 6, ao bater Hélder Silva (BMW E21), por 0,151 s., surgindo como sério candidato à vitória, numa categoria que tem sido dominada pelo piloto do BMW e por José Pedro Gomes (Ford Escort) que, esta manhã, cedeu quase oito segundos aos seus adversários.

Agora começam as coisas a sério, com as três subidas de prova

Melhores tempos:

1º, Rui Ramalho (Juno SSE), 1.33,490; 2º, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 1.39,379 (1º da Categoria 1); 3º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 1.40,595 (1º da Categoria 3); 4º, Aníbal Rolo (Renault 5 Turbo), 1.41,540 (1º da Categoria 6); 5º, Hélder Siilva (BMW E21), 1.41, 691; 6º, Luís Nunes (Seat Leon), 1.41,746 (1º da Categoria 5); 7º, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 1.42,266; 8º, Joaquim Teixeira (Seat Leon Super Copa), 1.44,085; 9º, Ricardo Gomes (Seat Leon 1.8), 1.44,868; 10º, Gustavo Moura (Citroen Saxo), 1.44,897. Treinaram mais 14 pilotos

altJoana Barbosa a melhor senhora

 

ASSIM FICOU O CARRO DE JOAQUIM RINO

ASSIM FICOU O CARRO DE JOAQUIM RINO

 

Imagens aterradoras do incêncio do BRC CM 05 de Joaquim Rino, que ardeu completamente, isso motivado pelos dois extintores dos comissários de pista existentes no local não terem funcionado, sendo o incêncio extinto pelo carro de bombeiros, que segundo testemunhas, apenas chegou ao local três a quatro minutos depois do mesmo se ter niciado.As fotos em si são bmDSC 8904_CopyDSC 8918_Copyrino1 Copyrino2 Copyrino3 Copyrino4 Copyrino5 Copyrino6 Copyrino7 Copyrino8 Copyrino9 Copyrino10 Copyrino11 Copyrino12 Copyrino14 Copyl elucidativas, do que passou o piloto da Batalha, que felizmente não teve nenhum dano, o mesmo não se poderá dizer do carro....

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DA PENHA 3

GALERIA DE IMAGENS

 

 

RAMPA DA PENHA 2

 

 

Grupo de imagens referentes à rampa da penha 3, que decorreu este fim de semana que passou, onde teve o Juno de Rui Ramalho como o grande vencedor à geral.FOX 2029_CopyFOX 2030_CopyFOX 2032_CopyFOX 2034_CopyFOX 2035_CopyFOX 2037_CopyFOX 2039_CopyFOX 2042_CopyFOX 2043_CopyFOX 2044_CopyFOX 2045_CopyFOX 2046_CopyFOX 2047_CopyFOX 2048_CopyFOX 2049_CopyFOX 2050_CopyFOX 2052_CopyFOX 2053_CopyFOX 2054_CopyFOX 2055_CopyFOX 2056_CopyFOX 2059_CopyFOX 2062_CopyFOX 2063_CopyFOX 2065_CopyFOX 2066_CopyFOX 2067_CopyFOX 2068_CopyFOX 2071_CopyFOX 2072_CopyFOX 2075_CopyFOX 2076_CopyFOX 2077_CopyFOX 2078_CopyFOX 2080_CopyFOX 2086_CopyFOX 2087_CopyFOX 2089_CopyFOX 2090_CopyFOX 2091_CopyFOX 2092_CopyFOX 2093_CopyFOX 2094_CopyFOX 2095_CopyFOX 2096_CopyFOX 2097_CopyFOX 2098_CopyFOX 2099_CopyFOX 2100_CopyFOX 2101_CopyFOX 2102_CopyFOX 2103_CopyFOX 2104_CopyFOX 2105_CopyFOX 2106_CopyFOX 2107_CopyFOX 2108_CopyFOX 2109_CopyFOX 2110_CopyFOX 2111_CopyFOX 2112_CopyFOX 2113_CopyFOX 2114_CopyFOX 2115_CopyFOX 2116_CopyFOX 2117_CopyFOX 2122_CopyFOX 2125_CopyFOX 2137_CopyFOX 2138_CopyFOX 2140_CopyFOX 2145_CopyFOX 2146_CopyFOX 2147_CopyFOX 2148_CopyFOX 2149_CopyFOX 2150_CopyFOX 2156_CopyFOX 2158_CopyFOX 2159_CopyFOX 2162_CopyFOX 2165_CopyFOX 2166_CopyFOX 2167_CopyFOX 2168_CopyFOX 2169_CopyFOX 2170_CopyFOX 2171_CopyFOX 2172_CopyFOX 2173_CopyFOX 2174_CopyFOX 2177_CopyFOX 2180_CopyFOX 2181_CopyFOX 2182_CopyFOX 2183_CopyFOX 2186_CopyFOX 2188_CopyFOX 2189_Copy

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

RAMPA DA PENHA 3

CNM – RAMPA DA PENHA 3 - Sábado

Rui Ramalho (Juno SSE) mais rápido na primeira subida

Sem surpresa, Rui Ramalho (Juno SSE) foi o mais rápido na primeira subida de treinos da Rampa da Penha, prova que conta, pela terceira vez, para o Campeonato Nacional de Montanha, que termina nas proximidades de Guimarães.

Desta vez, e ao contrário do que tem sucedido nas provas anteriores, os pilotos da Categoria 2 superiorizaram-se à concorrência, com Joaquim Rino (BRC 05) e Nuno Guimarães (BRC CM02) a ocuparem as posições seguintes, embora a mais de seis segundos do piloto do Juno.

Na Categoria 3, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI) foi o mais rápido e registou o quarto tempo absoluto, batendo Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), segundo da categoria, por mais de dois segundos, mas só suplantou Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), o mais rápido da Categoria 1, por 0,700 s., o qual, por sua vez, só bateu Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI), o melhor da Categoria 5, por 0,005 s. (!), o que quer dizer que a luta pelo quarto lugar deverá ser o pólo de atracção da terceira passagem do Campeonato Nacional de Montanha, pela Rampa da Penha.

Finalmente, na Categoria 6, Hélder Silva (BMW E21) bateu José Pedro Gomes (Ford Escort) por menos de um segundo, o que deixa antever um duelo cerrado pela vitória nesta categoria.

Melhores tempos:

1º, Rui Ramalho (Juno SSE), 1.31,580; 2º, Joaquim Rino (BRC 05), 1.36,733; 3º Nuno Guimarães (BRC CM02), 1.38,475; 4º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 1.40,131 (1.o da Categoria 3); 5º, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 1.40,831 (1.o da Categoria 1); 6º; Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI). 1.40,836 (1.o da Categoria 5); 7º, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 1.42,465; 8º, Hélder Silva (BMW E21), 1.43,423 (1º da Categoria 6); 9º, José Pedro Gomes (Ford Escort), 1.44,374; 10º, José Correia (Seat Leon 1.8), 1.44.374. Treinaram mais 18 pilotos.

alt Rui Ramalho

Acidentes interrompem a segunda subida de treinos

O despiste de Paulo Silva (Seat Leon) interrompeu a segunda subida de treinos da Rampa da Penha, a derradeira jornada do Campeonato Nacional de Montanha.

Apesar do aparato do acidente, que deixou o carro em pior estado do que chapéu de pobre, o mesmo não teve consequências para o piloto, como os médicos puderam confirmar, uma vez que, como medida de precaução, foi conduzido ao hospital.

A demora na reposição da operacionalidade da pista, atrasou todo o programa e a organização decidiu que, hoje, apenas teria lugar a segunda subida de treinos, para o dia de amanhã ser preenchido com uma subida de treinos livres e as três subidas de prova.

Uma decisão que acabaria por ser reforçada pelo facto do BRC 05, de Joaquim Rino, ter pegado fogo, o que levou a nova e demorada interrupção, que atrasou, ainda mais o programa.

Com os atrasos verificados e com Rui Ramalho, que subia a seguir a Joaquim Rino, a ser prejudicado por encontrar a pista obstruída, o melhor tempo acabou por pertencer a Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), com José Pedro Gomes (Ford Escort) a registar a segunda marca, à frente de Manuel Correia (Skoda Fabia S2000).

Mas o facto de não ter havido nenhuma subida de prova, faz com que as atenções se concentram no intenso programa de amanhã.

Melhores tempos:

1º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 1.37,478; 2º, José Pedro Gomes (Ford Escort), 1.38.996 (1º da Categoria 6); 3º, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 1.40,170 (1º da Categoria 1); 4º; Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI) 1.40,442 (1.o da Categoria 5); 5º, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 1.43,036; 6º, Hélder Silva (BMW E21), 1.43,489 (1º da Categoria 6); 7º, José Rodrigues (Honda Civic), 1.44,199; 8º, Aníbal Rolo (Renault 5 Turbo), 1.44,361; 9º, José Correia (Seat Leon 1.8), 1.45,720; 10.o, João Guimarães (Peugeot 206 RC), 1.47,363. Treinaram mais 18 pilotos.

 

 

RAMPA DA PENHA 3 NÃO COMEÇA LÁ MUITO BEM

Acidentes interrompem a segunda subida de treinos

O despiste de Paulo Silva (Seat Leon) interrompeu a segunda subida de treinos da Rampa da Penha, a derradeira jornada do Campeonato Nacional de Montanha.

Apesar do aparato do acidente, que deixou o carro em pior estado do que chapéu de pobre, o mesmo não teve consequências para o piloto, como os médicos puderam confirmar, uma vez que, como medida de precaução, foi conduzido ao hospital.

A demora na reposição da operacionalidade da pista, atrasou todo o programa e a organização decidiu que, hoje, apenas teria lugar a segunda subida de treinos, para o dia de amanhã ser preenchido com uma subida de treinos livres e as três subidas de prova.

Uma decisão que acabaria por ser reforçada pelo facto do BRC 05, de Joaquim Rino, ter pegado fogo, o que levou a nova e demorada interrupção, que atrasou, ainda mais o programa.

Com os atrasos verificados e com Rui Ramalho, que subia a seguir a Joaquim Rino, a ser prejudicado por encontrar a pista obstruída, o melhor tempo acabou por pertencer a Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), com José Pedro Gomes (Ford Escort) a registar a segunda marca, à frente de Manuel Correia (Skoda Fabia S2000).
Mas o facto de não ter havido nenhuma subida de prova, faz com que as atenções se concentram no intenso programa de amanhã.

Melhores tempos:
1º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 1.37,478; 2º, José Pedro Gomes (Ford Escort), 1.38.996 (1º da Categoria 6); 3º, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), 1.40,170 (1º da Categoria 1); 4º; Luís Silva (Mitsubishi Lancer VI) 1.40,442 (1.o da Categoria 5); 5º, Edgar Reis (Renault Clio RS 2000), 1.43,036; 6º, Hélder Silva (BMW E21), 1.43,489 (1º da Categoria 6); 7º, José Rodrigues (Honda Civic), 1.44,199; 8º, Aníbal Rolo (Renault 5 Turbo), 1.44,361; 9º, José Correia (Seat Leon 1.8), 1.45,720; 10.o, João Guimarães (Peugeot 206 RC), 1.47,363. Treinaram mais 18 pilotos.

 

NUNO GUIMARÃES QUER FECHAR ÉPOCA

 

Nuno Guimarães quer fechar época no pódio da Montanha

 

O Campeonato Nacional de Montanha terá a sua festa de encerramento na minhota Rampa da Penha, que volta a receber o pelotão do campeonato. Nuno Guimarães e o BRC são fortes candidatos ao pódio absoluto.

 

 

Depois de alguns problemas mecânicos terem condicionado o seu resultado na última visita à Penha, Nuno Guimarães espera agora ter o seu BRC em plenas condições para poder fechar a temporada com um lugar no pódio.

 

Como foi do conhecimento geral, tivemos alguns problemas mecânicos e uma má escolha de pneus na última participação na Penha, mas neste o momento o BRC está a 100 por cento e por isso o meu objetivo é bem claro: chegar ao pódio, afirma o piloto do Peso da Régua. O primeiro lugar é bastante difícil mas penso que o segundo ou terceiro são resultados ao nosso alcance e é com esse pensamento que vamos entrar, concluiu Nuno Guimarães, um dos pilotos mais respeitados do Nacional de Montanha.

 

A Rampa da Penha III tem início com as subidas de treinos às 14h30 deste sábado, que antecedem a primeira subida de prova, às 16h30. No domingo, realizam-se os treinos livres a partir das 10h00 e as restantes subidas de prova a partir das 11h00.DSC 6721_CopyDSC 6996_Copy

 

RAMPA DA PENHA 2 EM IMAGENS

RAMPA DA PENHA 2 EM IMAGENS

 

 

Grupo de imagens da Rampa da penha 2, relativas à 2ª subida de treinos da penultima prova do Campeonato Nacional de Montanha.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 1288_CopyFOX 1289_CopyFOX 1290_CopyFOX 1291_CopyFOX 1292_CopyFOX 1293_CopyFOX 1294_CopyFOX 1295_CopyFOX 1296_CopyFOX 1297_CopyFOX 1298_CopyFOX 1299_CopyFOX 1300_CopyFOX 1301_CopyFOX 1302_CopyFOX 1303_CopyFOX 1304_CopyFOX 1305_CopyFOX 1306_CopyFOX 1307_CopyFOX 1308_CopyFOX 1310_CopyFOX 1311_CopyFOX 1312_CopyFOX 1313_CopyFOX 1314_CopyFOX 1315_CopyFOX 1316_CopyFOX 1317_CopyFOX 1318_CopyFOX 1319_CopyFOX 1320_CopyFOX 1321_CopyFOX 1323_CopyFOX 1324_CopyFOX 1325_CopyFOX 1326_CopyFOX 1327_CopyFOX 1328_CopyFOX 1329_CopyFOX 1330_CopyFOX 1331_CopyFOX 1332_CopyFOX 1333_CopyFOX 1334_CopyFOX 1335_CopyFOX 1336_CopyFOX 1337_CopyFOX 1338_CopyFOX 1339_CopyFOX 1340_CopyFOX 1341_CopyFOX 1342_CopyFOX 1343_CopyFOX 1344_CopyFOX 1345_CopyFOX 1346_CopyFOX 1360_CopyFOX 1361_CopyFOX 1362_CopyFOX 1363_CopyFOX 1364_CopyFOX 1365_CopyFOX 1366_CopyFOX 1367_CopyFOX 1368_CopyFOX 1369_CopyFOX 1370_CopyFOX 1371_CopyFOX 1372_CopyFOX 1373_CopyFOX 1375_CopyFOX 1376_CopyFOX 1377_CopyFOX 1381_CopyFOX 1382_CopyFOX 1383_CopyFOX 1386_CopyFOX 1387_CopyFOX 1388_CopyFOX 1389_CopyFOX 1390_CopyFOX 1391_Copy

 

PEDRO CASTANON NA RAMPA DA PENHA 3

 

Tras hacerse matemáticamente con el título de Campeón de Portugal de Montaña en la penúltima prueba de ese certamen (siendo el primer piloto extranjero en conseguirlo y el más joven) Pedro Castañón daba por concluida su temporada 2014 por falta del presupuesto para completarla;  sin embargo, y gracias a Ya-Car Racing, el piloto compostelano participará este fin de semana en la Rampa da Penha III a los mandos de un espectacular Lancia 037 Proto desarrollado íntegramente en Galicia por este constructor.

Castañón ejercerá las funciones de coche 0 en esta prueba, con la idea de ir desarrollando el vehículo para carreras de asfalto y al mismo tiempo completar su propio aprendizaje como piloto de cara a posibles participaciones en otras especialidades de motor. En esta prueba el gallego contará también con la colaboración de su equipo habitual: Comval Racing.

El vehículo con el que competirá Pedro Castañón parte de una carrocería idéntica a los míticos Lancia 037 que disputaron la época dorada del Mundial de Rallyes. Está construído a partir de una estructura mutltitubular, como lo eran las de los Grupo B, y utiliza un motor de motocicleta (Suzuki Hayabusa) que rinde 205 cv. para un peso total de 650 kg. El vehículo en cuestión fué presentado por Ya Car Racing a principios de año en el monográfico “Madrid Motor Days”, y a sus mandos se pudieron ver nombres relevantes del automovilismo mundial como Miki Biasion, que estampó su firma en la carrocería, o Carlos Sainz.

YA-CAR RACING será el principal patrocinador de Pedro Castañón para esta carrera del Portugués de Montaña, contando igualmente con el apoyo de COMVAL RACING, TALLERES BASTÓN, TERÁN Y BLANCO, ROSADO SPEED, LISBOA REPUESTOS, PINTURAUTO. Además, y como ha ocurrido en pruebas anteriores, Pedro Castañón volverá a lucir el eslogan “LA ELA EXISTE”. DSC 0074_CopyDSC 0083_Copy

 

SOFIA MOUTA NA RAMPA DA PENHA 3

 

Sofia Mouta pronta para a Rampa da Penha 3 

Depois da Rampa da Sra da Graça não ter reunido os apoios necessários para a sua realização, o Campeonato Nacional de Montanha volta a deslocar-se à Rampa da Penha em Guimarães já nos próximos dias 25 e 26 de Outubro. 

A piloto de Braga, que na ultima Rampa da Penha apenas teve oportunidade de realizar metade das subidas da prova, vem para esta última prova com o objetivo de se divertir e ainda melhorar os seus registos neste traçado. 

“Não sou a favor de se realizarem 2 ou 3 provas no mesmo traçado durante o campeonato mas esta foi uma ótima solução para substituir a Sra da Graça. Além disso, tinha saído daqui em Setembro algo descontente com a minha prestação. Venho para esta prova para me divertir ao máximo e ainda tentar tirar mais partido do pequeno Citroen Saxo patrocinado por 9.5 Cold Wine.” – refere Sofia Mouta

 Esta não será a última prova da piloto que pretende participar no CAM Rally Festival, a realizar em Dezembro, ao volante deste mesmo carro.

 Sofia Mouta conta com o apoio de Grupo José Pimenta Marques, 9.5 Cold Wine, ETPos, Balanças Marques, SDILab, Cru Design, LX Pack, Baldi Drinks, Baldi events, Robstep Portugal, Champanheria de Janes e PPTO - Paulo para Toda a Obra 

Fotos de : José Pedro Moreira e Zoom MotorsportG0093533 1410198901409_high_Copy

 

REGULARIDADE NA PENHA 3

 

LISTA DE INSCRITOS


Nº TEAM CONCORRENTE NAVEGADOR VIATURA CL
CONDUTOR
41 FDS Competições Nuno Cunha Daniel Vale Fiat Uno 45 S 1
42 Daniel Saavedra Ford Cortina GT MKI 6
43 Armando Sport Eurico Gomes Citroen Saxo 2
44 Sónia Pereira Sea Ibiza 3
45 Caramulo Racing Team Fernando Marques Ford Escort MKII 6
46 Teia Brilho Nuno Boavida BMW 1602 TI 6
47 Armando Filipe Helder Silva Peugeot 306 3
48 Caramulo Racing Team Nuno Pinto Mini Clubman 2
49 Paulo Pereira Paulo Pereira Fiat Bravo 2000 Turbo 4
50 Talho 2005 N R Team Filipe Moreira BMW E36 4
51 Carlos Filipe Seta Leon TDI 3
52 J&C Competições Claúdio Dias PRC Barcheta 5
53 Luis Silva Ana Catarina Silva BME E30 M3 4

 

LISTA DE INSCRITOS REGULARIDADE PENHA

 

LISTA DE INSCRITOS
TEAM CONCORRENTE NAVEGADOR VIATURA CL
CONDUTOR
41 FDS Competições Nuno Cunha Daniel Vale Fiat Uno 45 S 1
42 Daniel Saavedra Ford Cortina GT MKI 6
43 Armando Sport Eurico Gomes Citroen Saxo 2
44 Sónia Pereira Sea Ibiza 3
45 Caramulo Racing Team Fernando Marques Ford Escort MKII 6
46 Teia Brilho Nuno Boavida BMW 1602 TI 6
47 Armando Filipe Helder Silva Peugeot 306 3
48 Caramulo Racing Team Nuno Pinto Mini Clubman 2
49 Paulo Pereira Paulo Pereira Fiat Bravo 2000 Turbo 4
50 Talho 2005 N R Team Filipe Moreira BMW E36 4
51 Carlos Filipe Seta Leon TDI 3
52 J&C Competições Claúdio Dias PRC Barcheta 5
53 Luis Silva Ana Catarina Silva BME E30 M3 4

 

PRMINIRACING NA RAMPA DA PENHA 3

 

NEWS PRMINIRACING
OUTUBRO # 2014

Será já no próximo fim-de-semana em Guimarães que terá lugar a última prova do Campeonato de Montanha 2014. Para o efeito e depois de gorada a possibilidade de utilizar o fantástico traçado ds Sr.ª da Graça – Mondim de Basto, o traçado da Penha volta a ser palco alternativo deste grande espectáculo que reúne milhares de espectadores ao longo do exíguo e sinuoso percurso em Guimarães.

RUI RAMALHO # JUNO SSE

Rui Ramalho marcará presença nesta última prova ao volante do Juno SSE com o objectivo de lutar pela vitória e consequentemente pelo vice-campeonato. O Team PRMiniracing tendo em consideração a dificuldade de tempo para terminar atempadamente a recuperação do Juno CN09 para esta última prova após o incidente ocorrido no Caramulo, decidiu manter o piloto mais jovem da equipa ao volante do Juno SSE utilizado até à data pelo seu irmão Paulo, que prescindirá assim da sua participação nesta prova em prol do seu irmão que se encontra mais bem classificado e a discutir as primeiras posições do Campeonato. Rui não terá a tarefa facilitada, já que terá de utilizar o Juno SSE mais antigo e portanto menos competitivo do que a versão CN09, num traçado pouco propício às dimensões do Juno. Independentemente a todos estes factos o piloto fará o melhor que estiver ao seu alcance para honrar os objectivos da equipa.

 

VÍDEOS

 

Reportagem RTP2 - Penha II

 

 

 

 

 

Vídeo OUT BOARD - Penha II

 

 

HORÁRIO

Sábado #25 Outubro

Subidas Treinos Oficiais

14h30

1º Subida de Prova

16h30

 

Domingo #26 Outubro

Subida Treinos Livres

10h00

Subidas de Prova

11h00

Fotografias: Pedro Ferreira e Edgar Alves

Faça o Download das fotografias desta prova!

 

 



APOIOS: CLUBE MINI DE PORTUGAL, CRÉDITO AGRICOLA, CVRVV, DIREITA 3, DOLCE VITA, DUCATI NORTE, FUCHS, IA CONTABILIDADE, ISEP, INTERESCAPE/IEPOWER, MASTER G, MM Sport, OOKAMISTORE, PEP'SGANG, PNEUVITA, Q&F, RL MOTORSPORT, RR IMPORT PARTS, RUI PEIXEIRO WEB DESIGN, RUIC's PHOTO DESIGN, SO ALINHAMENTOS, TEANDM, TORRE PARAÍSO, TURBOLENHAS MOTORSPORT

 

RAMPA DA PENHA 3 É JÁ ESTE FIM DE SEMANA

Penha III, a última prova de montanha de 2014

Demoporto organiza, no próximo fim-de-semana de 25 e 26 de Outubro, a prova que encerra a temporada do Campeonato Nacional de Montanha (CNM).

Este ano estava previsto o regresso da Rampa da Senhora da Graça, mas há cerca de um mês e meio o principal apoio da prova falhou, pelo que os homens do Gondomar Automóvel Sport tiveram que seguir o caminho da anulação da prova.

No final de Setembro o campeonato estava amputado em uma jornada, mas o DemoPorto, conseguiu reunir as condições necessárias para a realização da última prova. Assim a Penha volta receber o Campeonato Nacional de Montanha, pela terceira vez este ano.

E assim cumprem-se as oito provas previstas e permite-se que quem ainda tem uma posição a defender, um título por que lutar, o possa fazer nesta última prova.

Com o título absoluto entregue e as categorias quase todas praticamente decididas quanto ao vencedor, temos ainda em aberto quase todas as posições secundárias, mas a grande questão passa pela luta que tem vindo a ser um dos temas quentes da época, a vitória na Categoria 6.

José Pedro Gomes e Hélder Silva estão separados por escassos dez pontos e voltam a encontrar-se no plano inclinado da Penha, agora para a  prova de todas as decisões!

Convidado

Mas nesta prova vai estar presente ainda outro Helder SIlva. O pivot da RTP, que estamos habituados a ver conduzir os desígnios dos noticiários da estação de pública de televisão, vai estar a conduzir o Fiat Bravo que o Departamento de Engenharia Mecânica (DEMec) da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) desenvolveu.

Em termos de horários a prova vai-se desenrolar no sábado à tarde, a partir das 14.00 horas e no Domingo, prevê-se que a actividade regresse ao traçado vimaranense pelas 10.00 da manhã.

alt José Pedro Gomes, parte com uma vantagem de 10 pontos, em termos de classificação geral da Categoria 6.

 

IRMÃOS NOGUIEIRA APOSTADOS NUM BOM RESULTADO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

FOX 0979_CopyFOX 1011_Copy

RAMPA DA PENHA 3

 

 

IRMÃOS NOGUEIRA APOSTADOS NUM BOM RESULTADO

 

Os irmãos Paulo e Sérgio Nogueira vão alinhar este fim de semana na Rampa da Penha 3, derradeira prova do Campeonato Nacional de Montanha deste ano.

O domínio de Paulo Nogueira tem sido mais evidente sobre o seu irmão Sérgio Nogueira, que tem sido batido. Sobre o fim de semana que se aproxima, Paulo Nogueira começou por nos dizer “ espero poder fazer o mesmo que fiz na prova anterior, isto é, andar o mais depressa possível, e ficar o melhor classificado em termos de geral e categoria. Depois para mim é importante continuar a minha aprendizagem, pois tudo isto é novo para mim. Espero que o carro esteja perfeito, para continuar na senda dos bons resultados”.

 

Sérgio Nogueira, “ na realidade as ultimas provas não têm corrido lá muito bem, pois têm surgido alguns problemas que não me têm permitido ficar melhor classificado, mas espero poder este fim de semana andar o mais depressa, sem cometer erros, e poder subir em termos de classificação geral”.

Os irmãos Nogueira irão fazer verificações técnicas no sábado de manhã, aos dois Citroen Saxo, com as subidas de treinos para a parte da tarde.

 

JOSÉ CORREIA NA RAMPA DA PENHA 3

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

JOSÉ CORREIA NA RAMPA DA PENHA 3



FOX 0969_Copy

O principal objectivo da participação de José Correia na Rama da Penha 3, é tentar vencer a categoria, que diga-se de passagem que nas ultimas provas tem escapado a vitória por margens de tempo muito pequenas.

Assim no próximo fim de semana, José Correia está animado “ sem dúvida alguma, sei que a tarefa não vai ser nada fácil, aliás nunca foi, pois sei que vai estar em prova os meus principais adversários, que não vão dar qualquer tipo de trégua, mas como tudo na vida é mais um desafio que vou ter de responder de forma afirmativa. Depois tenho de andar o mais depressa possível, sem cometer erros nem excessos, e pode ser que assim consiga ir ao pódio, nunca se sabe, pois as corridas têm surpresas, vamos lá ver”.

José Correia irá fazer as verificações técnicas do seu Seat Leon no sábado da parte da manhã, tendo as subidas de treinos para a parte da tarde do mesmo dia.

 

AMN SPORT E ANTÓNIO NOGUEIRA AUSENTES

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

FOX 1128_CopyFOX 1129_CopyFOX 1130_Copy

RAMPA DA PENHA 3

 

 

AMN SPORT E ANTÓNIO NOGUEIRA AUSENTES NA RAMPA DA PENHA 3

 

A equipa da AMN Sport e António Nogueira não irão estar presentes na derradeira prova do Campeonato nacional de Montanha. Assim, segundo António Nogueira “ antes de mais não tenho necessidade, pois o meu objectivo para este campeonato era ser campeão em termos de categoria 1, objectivo esse já alcançado. Depois o Porsche GT 2, com que habitualmente participo nas provas de Montanha, como todos sabem, por necessidade utilizei-o na prova do Campeonato Nacional de Velocidade no autódromo do Estoril, onde tive uma série de problemas técnicos, que me limitam e muito a minha actuação em pista. Por isso este Porsche não está operacional, embora tenha mais dois Porsche com que poderia participar, só que não tenho necessidade, e por isso para mim o Campeonato de Montanha deste ano está encerrado, para o ano logo se vê, pois para já ainda não estou a pensar na época de 2015 “, disse-nos.

 

PAULO SILVA PRONTO PARA MAIS UM DESAFIO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE  MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

PAULO SILVA PRONTO PARA MAIS UM DESAFIO




Depois dos problemas que afectaram o seu desempenho na Rampa da Penha 2, com parte da travagem do Seat Leon a dar dores de cabeça ao piloto da PDAuto, Paulo Silva espera já este fim de semana ter todos estes problemas resolvidos, de forma a poder obter o 3º lugar em termos de categoria no Campeonato.

Sobre o que o espera, Paulo Silva disse-nos logo “ espero que todos estes problemas estejam resolvidos, de forma a poder tirar partido de todas as potencialidades que o Seat Leon me oferece. A prova anterior é para esquecer por completo, pois acabei por ficar mal classificado. Mas para este fim de semana estou confiante, esperando que todos estes problemas estejam resolvidos, de forma a poder lutar pelos lugares da frente em termos de categoria e à geral, pois não nos podemos esquecer que está inscrito os Leon do Joaquim Teixeira e o Luís Nunes, em carros idênticos ao meu. Espero não cometer erros, e que todas as subidas vá melhorando os meus tempos”.

Paulo Silva irá as verificações técnicas do seu Seat Leon  no sábado de manhã, tendo as subidas de treinos previstas para a parte da tarde.

 

 

 

PLANOS PARA 2015



FOX 1292_CopyFOX 1294_Copy

Paulo Silva já está a pensar na próxima época, e segundo as suas palavras “ em 2015, voltarei a estar presente no Campeonato Nacional de Montanha, ao volante do Seat Leon, que irá sofrer melhoramentos. Por outro lado a equipa da PDA Auto irá aumentar, pois tenho planos para 2015 de ter mais um carro na equipa, que será conduzido pela minha mulher Daniela, aos comandos dum Subaru Impreza com que participei no ano passado na Rampa da Falperra. Mais para diante poderei entrar em mais detalhes sobre este novo projecto da PDA Auto”, disse-nos.

 

PEDRO CASTANON PARTICIPA NA RAMPA DA PENHA 3

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

PEDRO CASTANON PARTICIPA NA RAMPA DA PENHA 3 COMO CARRO ZERO

 

   El piloto de Comval Racing, Pedro Castañón, reciente vencedor, del Campeonato de Portugal de Montaña 2014, estará presente en la última prueba del certamen Luso con el Lancia 037 Proto del constructor gallego Ya-Car Racing. Será la primera vez que el coche salga en una prueba de montaña.

 

   Castañón, que se ha hecho con el Campeonato de Portugal en esta misma Rampa da Penha, celebrada el mes pasado, no tenía suficiente presupuesto para competir en esta prueba con su habitual Juno pero saldrá en esta ocasión como coche 0 invitado por la organización y gracias a Ya- Car Racing, que ha cedido su Lancia 037 Proto al piloto de Santiago para desarrollar este espectacular vehículo en carreteras de asfalto. Esta misma unidad ha sido presentada en el Salón de Madrid Motor Days, donde fué testado por  Carlos Sainz y por el piloto del mundial Miki Biasion quien condujo los míticos Lancia 037 en pruebas del europeo y del mundial de Rallyes en los años 80.

 

   El objetivo de Castañón es seguir evolucionando como piloto;  conduciendo por primera vez un coche carrozado y espera que esta subida sirva de test  para ir amoldando el coche de Ya-Car a las especificaciones de asfalto.

 

   El vehículo, desarrollado integramente en Galicia por Ya-Car Racing,  cuenta con una carrocería  de las mismas medidas que los originales Lancia 037 con una innovadora motorización de Suzuki Hayabussa de 1000 cc. que desarrolla 207 cv. de potencia para un peso de 700 kilos.

 

   Contará con la presencia, también, en labores de puesta a punto, con su equipo habitual que le llevó al título de montaña 2014, Comval Racing.

 

En pirncipio o piloto español contará co patrocinio de YA-CAR, COMVAL RACING, ROSADO SPEED, LISBOA REPUESTOS, TALLERES BASTÓN, TERÁN Y BLANCO y os colores de LA ELA EXISTE.037 puerta_enfocado_CopyLancia037-YaCar arriba_Copy

 

MANUEL CORREIA PRONTO PARA A RAMPA DA PENHA 3

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

MANUEL CORREIA PRONTO PARA A RAMPA DA PENHA 3



Depois da grande experiência com a participação no FIA Hill Climbers que teve lugar há duas semanas no Luxemburgo, Manuel Correia está de regresso ao Campeonato Nacional de Montanha, onde o optimismo reina na sua participação na derradeira prova deste ano.

Sobre a prova que o espera o piloto de Braga começou por nos dizer “ é lógico que estou optimista, pois as últimas provas têm corrido bem, na anterior passagem pela Rampa da Penha 2 acabei por vencer a categoria 1, e no FIA Hill Climbers, perante a “fina flor” em provas de montanha, consegui uma excelente posição perante máquinas bem superiores ao meu Skoda Fabia S 2000.Por isso estou animado na obtenção dum bom resultado final, pois se conseguir vencer a minha categoria seria excelente. Ainda não vi a lista de inscritos, mas estou a prever que esta prova não irá ser nada fácil, pois os meus adversários mais directos não irão dar qualquer tipo de trégua, esperando que o carro esteja a 101%, de forma a poder tirar partido das suas potencialidades. Depois há que não cometer erros, e andar sempre a fundo”, disse-nos.

 

FOX 1096_CopyFOX 1205_Copy

Manuel Correia irá fazer as verificações técnicas do Skoda Fabia S 2000 na sábado de manhã, estando as duas subidas de prova marcadas para o mesmo dia, mas da parte da tarde
 

JOSÉ PEDRO GOMES COM NOVO DESAFIO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

 

JOSÉ PEDRO GOMES COM NOVO DESAFIO NA RAMPA DA PENHA 3



FOX 1597_Copy

Estando à frente do Campeonato Nacional de Montanha em termos de categoria 6, José Pedro Gomes tem para este fim de semana mais um desafio que passa pela renovação do titulo de Campeão, embora a tarefa não se afigura nada fácil, como nos confirmou “ é um facto, ao longo da época tem sido o meu duelo com o BMW do Hélder Silva, tenho uma pequena margem em termos pontuais, só espero que o meu Ford Escort esteja impecável para poder andar o melhor possível, não cometer erros, e poder ganhar a categoria e o Campeonato, são esses os meus objectivos. Não estou à espera de qualquer tipo de facilidade por parte do meu adversário, mas quero dar o meu máximo, pois o meu objectivo é vencer, só espero que tudo corra de feição “.

 

José Pedro Gomes irá fazer as verificações técnicas do seu Ford Escort no próximo sábado de manhã, estando as duas subidas de treinos marcadas para a parte de tarde.
 

JOAQUIM RINO QUER LUTAR PELA VITÓRIA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

JOAQUIM RINO QUER LUTAR PELA VITÓRIA


FOX 1703_Copy_CopyFOX 1706_Copy_Copy

Depois da excelente prova na anterior  passagem pela Rampa da Penha, Joaquim Rino regressa já no próximo sábado ao mesmo cenário, onde o piloto da Batalha está deveras motivado pela obtenção dum bom resultado.

Joaquim Rino explicou-nos quais as suas expectativas “ antes de mais espero que não chova, pois sou muito penalizado, com o BRC, e não consigo tirar partido das potencialidade do carro de origem espanhola.Caso o piso esteja seco, é lógico que irei para discutir os lugares da frente, ainda não vi a lista de inscritos, mas estou confiante poder lutar pelos lugares da frente, só espero que o meu BRC CM 05, esteja a 100%”.

Joaquim Rino tem as verificações  técnicas marcadas para sábado de manhã, coma s subidas de treinos marcados para  a parte da tarde dos mesmos dias.

 

RICARDO GOMES TERMINA NACIONAL DE MONTANHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2014

 

 

RAMPA DA PENHA 2

 

 

 

Ricardo Gomes termina Nacional de Montanha com olhos postos em 2015


Em termos de classificação absoluta, a piloto da capital do Minho ainda está na luta por um lugar no pódio em termos de Categoria 1, agora que se cumpre a penúltima etapa do ano: “Acima de tudo pretendo divertir-me e espero que as condições atmosféricas estejam favoráveis”, concluiu.
A prova, organizada pela Demoporto, começa no dia 20 de Setembro com os treinos oficiais a partir das 14h30 a que se seguirá a primeira subida de prova oficial às 16h30. No dia seguinte, têm lugar as restantes duas subidas oficiais com início marcado para as 11h00.

O piloto Bracarense, Ricardo Gomes, regressa no próximo final-de-semana, dias 25 e 26 de Outubro, à Rampa da Penha, naquela que será a oitava e última prova do Campeonato Nacional de Montanha, prova que, por decisão da FPAK se substitui à inicialmente prevista Rampa da Sra. da Graça, que acaba assim por não se realizar. Regressando ao mesmo palco onde se iniciou o Nacional de Montanha, Ricardo Gomes revela fortes ambições, mas com os olhos já postos no Campeonato Nacional de 2015.  

Recorde-se que o piloto Bracarense conquistou, na última Penha o 2º lugar da sua categoria tendo anteriormente conquistado o 3º lugar na Rampa de Murça o que, para um primeiro ano a fazer o Nacional de Montanha, o deixou numa posição muito confortável. "Este ano foi extremamente positivo", revelou-nos o piloto em jeito de balanço, acrescentando que "este foi um ano zero no Campeonato Nacional de Montanha, em que o meu objectivo central, bem como o de toda a equipa, a Vettra Motorsport, seria a adaptação aos traçados e essencialmente ao carro. Tal revelou-se um processo relativamente rápido e os resultados começaram já a surgir este ano, pelo que me sinto bastante satisfeito, sem que no entanto isso nos retire o foco do objectivo que é o campeonato de Montanha 2015".

Com o novo carro e as prestações já alcançadas Ricardo Gomes acredita “cada vez mais nos bons resultados”.

O Campeonato Nacional de Montanha, um dos mais competitivos campeonatos nacionais de automobilismo disputou-se, este ano, em oito provas, tendo começado precisamente na Rampa da Penha, em Guimarães, em Abril de 2014.

Ricardo Gomes e toda a equipa preparam já o regresso ao Nacional de Montanha em 2015. FOX 1199_CopyFOX 1622_Copy

 

MARTINE PEREIRA ENCERROU ÉPOCA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2014

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

MARTINE PEREIRA ENCERROU A ÉPOCA


FOX 1191_CopyFOX 1692_Copy

O piloto de  Vila Nova de Famalicão vai estar ausente na derradeira prova do Campeonato Nacional de Montanha deste ano, que terá lugar já este fim de semana. Segundo Martine Pereira “ motivado por compromissos pessoas não vou poder alinhar na Rampa da Penha 3, e assim para mim, o campeonato está encerrado”.

Não será demais recordar que Martine Pereira esteve presente nas diferentes provas ao volante dos Seus Alfa Romeo 147 e 156.

 

DOMINGOS FERNANDES AUSENTE NA RAMPA DA PENHA 3

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2014

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

DOMINGOS FERNANDES  AUSENTE NA RAMPA DA PENHA 3



FOX 1283_Copy_Copy

Domingos Fernandes não vai alinhar no próximo fim de semana na Rampa da Penha 3, isso motivado por assuntos familiares, que assim  impediram a  participação do Autobianchi A 112, na derradeira prova do campeonato deste ano.

Segundo o piloto de Armamar, “ a época do Campeonato Nacional de Montanha está encerrado para mim, não vou alinhar na Penha 3, pois compromissos familiares não mo permitem. Assim o A 112 irá seguir dentro de dias para a revisão geral, que é sempre feita no final da época, e daqui a uns tempos irei anunciar quais os meus planos para a próxima época”, disse-nos.

 

JOANA BARBOSA NA RAMPA DA PENHA

 

Campeonato Nacional de Montanha

 

 

JB Penha2_2014_2_CopyJB Penha2_2014_CopyJoana Barbosa quer terminar bem na Rampa da Penha
Depois da Rampa da Senhora da Graça ter sido anulada, o Campeonato Nacional de Montanha vai terminar nos dias 25 e 26 de Outubro na Penha em Guimarães, jornada que vai contar com Joana Barbosa.
Será a terceira vez esta época que a competição cumprirá o percurso da cidade berço e onde a jovem piloto de Braga quer terminar esta sua primeira época da melhor maneira possível e também como terceira classificada da Categoria 1: “A Rampa da Penha, é um traçado que me diverte bastante, talvez pelo facto de ser o que conheço melhor”, revela, prosseguindo: “A última prova lá correu muito bem, embora tenha ficado sem turbo na última subida o que me impossibilitou de tirar o melhor partido do carro”.
Depois da prova de Mondim de Basto ter sido anulada, Joana Barbosa ficou com alguma curiosidade em a conhecer: “Tinha alguma vontade de conhecer um novo traçado que seria a Senhora da Graça, mas a Penha será mais uma vez um óptimo desafio, possivelmente com chuva”.
Em termos de carro, este acusou alguns problemas na última prova, mas já estão ultrapassados: “Vai estar a 100% novamente para esta prova e eu também, com a mesma vontade de sempre de me divertir e fazer o melhor resultado possível”, concluiu.
O programa desta Rampa da Penha começa no dia 25 de Outubro com treinos livres a partir das 14h30. Ainda nesse dia terão lugar os treinos oficiais, agendados para as 14h30, e a primeira subida de prova marcada para as 16h30. No dia seguinte, as restantes duas subidas oficiais começam às 11h00.

 

MANUEL CORREIA COM JORNADA POSITIVA NO LUXEMBURGO

 

FIA HILL CLIMBERS – LUXEMBURGO

 

 

MANUEL CORREIA COM JORNADA POSITIVA NO LUXEMBURGO



MANUELCORREIA Copy

Manuel Correia foi um dos pilotos portugueses que esteve presente no passado fim de semana no Luxemburgo no FIA Hill Climbers, onde alinhou ao volante do seu Skoda Fabia S 2000, sendo para o piloto de Braga uma nova experiência desportiva, como nos explicou “ sem duvida alguma, tive a oportunidade de ver a “fina flor” da Montanha, e dos principais participantes. Por isso esta minha participação foi deveras positiva, gostei muito, correu tudo muito bem, diria até cinco estrelas. A organização foi excelente, a rampa em si era pequena em termos de extensão, mas engraçada em termos de condução. Outro detalhe importante foi a recepção por parte dos emigrantes portugueses no Luxemburgo, que quando se aperceberam que havia concorrentes portugueses, nunca mais nos deixaram e nunca faltou nada. A equipa de pilotos portugueses foi fabulosa, os meus agradecimentos ao Edgar Reis e ao Luís Silva”.

Em termos de classificação, Manuel Correia acrescentariam “ o trabalho da ARC foi perfeito, e assim fiquei em 114º da geral, 14ª da categoria e 3º da classe, por isso foi uma participação muito positiva, que para o ano gostaria de repetir”.

 

LUIS SILVA O MELHOR PORTUGUES

 

Luís Silva o melhor português no Luxemburgo

Luís Silva participou no passado fim de semana na jornada FIA realizada no Luxemburgo, e denominada de FIA Hill Climb Masters Luxemburgo 2014.

Sem nenhum objetivo especifico em termos de classificação, o piloto de Famalicão que utilizou o Mitsubishi Evo VI, realizou uma prova tranquila e sem correr riscos até porque, “só chegamos na sexta-feira, e o circuito já se encontrava fechado a reconhecimentos, daí tivemos que realizar uma prova mais cautelosa”, começa por dizer Luís Silva.

Numa prova muito competitiva, assim como participada, mais de centena e meia de equipas, o piloto da Famaconcret Racing Team alcançou o sexagésimo terceiro lugar na categoria 3, um lugar que em nada preocupou o piloto, “regressados a casa conscientes de dever cumprido, podemos ver que nem só em Portugal à disparidade de viaturas na mesma categoria. E aqui é muito elevada. Aliás, nesta prova ainda foi bem maior que em Portugal. Corremos com barquetas, e diga-se corremos na mesma categoria do vencedor da prova, mas estamos satisfeitos pelo que fizemos”, adiantou o famalicense que contou uma vez mais com o apoio da Famaconcret, Euroel, TDS, Cercosta, Macominho, Gintaqua, Realizona, Socarfam, Norcana, Tintas Barreiras, Pina Ferreira.

Luís Silva não esquece também a forma como foi recebido pelos portugueses a residir naquele país, “vencemos sem dúvida na receção que tivemos por parte dos Portugueses. O carinho com que nos receberam, é digno para que no próximo ano tentemos estar presentes numa das provas do campeonato de Montanha do Luxemburgo. A vontade dos nossos emigrantes é que estejamos lá, e nossa vontade também. Vamos tentar”, concluiu Luís silva que se concentra agora para a disputa da última prova do Campeonato Nacional de Montanha, a Rampa da Penha 3, que se realiza a 25 e 26 de Outubro em Guimarães.   

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

RAMPA DA PENHA 2

 

 

Mais um grupo de imagens da segunda subida de treinos da Rampa da penha 2.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 1225_CopyFOX 1226_CopyFOX 1227_CopyFOX 1228_CopyFOX 1229_CopyFOX 1230_CopyFOX 1231_CopyFOX 1232_CopyFOX 1236_CopyFOX 1237_CopyFOX 1238_CopyFOX 1238_CopyFOX 1238_CopyFOX 1239_CopyFOX 1240_CopyFOX 1241_CopyFOX 1242_CopyFOX 1243_CopyFOX 1244_CopyFOX 1245_CopyFOX 1246_CopyFOX 1249_CopyFOX 1250_CopyFOX 1251_CopyFOX 1252_CopyFOX 1253_CopyFOX 1254_CopyFOX 1256_CopyFOX 1257_CopyFOX 1258_CopyFOX 1261_CopyFOX 1262_CopyFOX 1263_CopyFOX 1266_CopyFOX 1267_CopyFOX 1268_CopyFOX 1269_CopyFOX 1270_CopyFOX 1271_CopyFOX 1273_CopyFOX 1274_CopyFOX 1275_CopyFOX 1276_CopyFOX 1277_CopyFOX 1278_CopyFOX 1279_CopyFOX 1280_CopyFOX 1281_CopyFOX 1283_CopyFOX 1285_CopyFOX 1286_CopyFOX 1288_CopyFOX 1289_CopyFOX 1290_CopyFOX 1291_CopyFOX 1292_CopyFOX 1293_CopyFOX 1294_CopyFOX 1295_CopyFOX 1296_CopyFOX 1297_CopyFOX 1298_CopyFOX 1299_CopyFOX 1300_CopyFOX 1301_CopyFOX 1302_CopyFOX 1303_CopyFOX 1304_CopyFOX 1305_CopyFOX 1306_CopyFOX 1307_CopyFOX 1308_CopyFOX 1309_CopyFOX 1310_CopyFOX 1311_CopyFOX 1312_CopyFOX 1313_CopyFOX 1314_CopyFOX 1315_CopyFOX 1316_CopyFOX 1317_CopyFOX 1318_CopyFOX 1319_CopyFOX 1320_CopyFOX 1321_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

RAMPA DA PENHA 2

 

 

Grupo de imagens relativoas â primeira subida de provas da Rampa da penha 2.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 0871_CopyFOX 0872_CopyFOX 0873_CopyFOX 0874_CopyFOX 0875_CopyFOX 0876_CopyFOX 0877_CopyFOX 0878_CopyFOX 0880_CopyFOX 0881_CopyFOX 0882_CopyFOX 0884_CopyFOX 0885_CopyFOX 0886_CopyFOX 0887_CopyFOX 0888_CopyFOX 0889_CopyFOX 0890_CopyFOX 0891_CopyFOX 0892_CopyFOX 0893_CopyFOX 0894_CopyFOX 0895_CopyFOX 0897_CopyFOX 0898_CopyFOX 0899_CopyFOX 0900_CopyFOX 0901_CopyFOX 0902_CopyFOX 0904_CopyFOX 0905_CopyFOX 0906_CopyFOX 0907_CopyFOX 0908_CopyFOX 0909_CopyFOX 0910_CopyFOX 0911_CopyFOX 0912_CopyFOX 0913_CopyFOX 0914_CopyFOX 0915_CopyFOX 0916_CopyFOX 0917_CopyFOX 0918_CopyFOX 0919_CopyFOX 0920_CopyFOX 0921_CopyFOX 0922_CopyFOX 0923_CopyFOX 0925_CopyFOX 0926_CopyFOX 0927_CopyFOX 0929_CopyFOX 0930_CopyFOX 0931_CopyFOX 0934_CopyFOX 0935_CopyFOX 0936_CopyFOX 0937_CopyFOX 0938_CopyFOX 0939_CopyFOX 0940_CopyFOX 0941_CopyFOX 0942_CopyFOX 0947_CopyFOX 0948_CopyFOX 0950_CopyFOX 0951_CopyFOX 0952_CopyFOX 0954_CopyFOX 0955_CopyFOX 0956_CopyFOX 0957_CopyFOX 0958_CopyFOX 0959_CopyFOX 0960_CopyFOX 0961_CopyFOX 0962_CopyFOX 0964_CopyFOX 0965_Copy

 

FIA HILL CLIMB NO LUXEBURGO

 

Medalhas de ouro para Schatz, Berguerand, Bodson e Itália
 
Invadida por milhares de espectadores entusiasmados, a vila luxemburguesa de Eschdorf dedicado neste domingo especial para os vencedores da primeira FIA da escalada do monte Masters. O belga Yanick Bodson (Porsche) levou a medalha de ouro na categoria 1, o suíço Eric Berguerand (Lola) na categoria 2 eo francês Nicolas Schatz (Norma), também enviar um novo recorde do percurso, na categoria 3. Quanto a Copa das Nações , que foi vencida pela Itália.

A primeira subida FIA Colina Mestres terá deixado boas lembranças nas mentes de todos os fãs de subidas. Reunidos em seus milhares, juntamente com a subida 1.850 metros perto Eschdorf, não poderia deixar de ser altamente encantado com as performances dos especialistas na disciplina que vieram de toda a Europa para jogar fora o melhor show já visto em um curso de subida de montanha moderna . À medida que o dia passava, a emoção montado. Depois de uma primeira subida impugnada com uma superfície feita complicado por manchas de humidade, o segundo teve lugar nas melhores condições e os tempos eram muito próximos. Infelizmente, chuva forte caiu durante a terceira e última subida, deixando ambos os espectadores e concorrentes um pouco decepcionado como a pista molhada forçou o Director de Prova de arquivar o processo com pouca esperança de melhorar as condições mais tarde.

Categoria 3: medalha de ouro e recorde para curso Nicolas Schatz

O mais rápido na categoria 3 (carros não cumprimento das normas de homologação FIA) durante todo o fim de semana, Nicolas Schatz sabia que ele tinha pouca margem de erro. Com a Norma M20 FC V8-BMW, o campeão francês cinco vezes ainda tinha que tomar cuidado com os seus compatriotas, que tiveram protótipos de 4 litros, e também o britânico com seus potentes monopostos. Não é usado para faixas tão grande, Scott Moran (Gould GR61X-NME), Will Hall (Força wh-Xtec-Nissan) e Trevor Willis (OMS de 28 RPE) provavelmente tinha a maior chance de progredir. O que teria acontecido se o tempo não tivesse os impediu de contestar a terceira subida? Nós nunca saberemos! Conscientes de que havia o risco de o tempo ser um problema para o fim do dia, Nicolas Schatz deu tudo na segunda subida. Quebrando o recorde antigo curso por mais de 6/10 para o relógio uma hora de 48''344, o novo mestre francês da disciplina também ganhou-se a medalha de ouro para a sua categoria ... e, provavelmente, levou a melhor vitória de sua carreira! Mas as diferenças de tempo foram reduzidos com Scott Moran menos de três décimos e Will Salão menos de um segundo ... Em quarto lugar, Trevor Willis confirmou a força do contingente britânico, à frente do francês Cyrille Frantz.

"Sinceramente, eu não esperava ganhar hoje", disse Nicolas Schatz. "Havia tanta concorrência! O cancelamento da terceira subida foi tanto uma frustração e um alívio, porque os ingleses estavam chegando cada vez mais perto e eu poderia ter tido alguma dificuldade em melhorar o meu tempo. De qualquer forma, quero felicitar a FIA e os organizadores. Este conceito Masters é brilhante e você não poderia sonhar com nada melhor publicidade para subidas que tivemos neste fim de semana, com todos os melhores pilotos juntos. "

Para os carros não-FIA não-homologados fechados, o Herbert Stolz alemão e seu Porsche 935 DP2 teve a última palavra contra o italiano Fulvio Giuliani (Lancia Delta Evolution) eo austríaco Andreas Gabat (Ford Escort Cosworth), que terminou no fim de semana particularmente bem depois de ter sido vítima de um "off" menor no sábado. Por outro lado, o austríaco Karl Schagerl, mais rápido nos treinos, foi um pouco entusiasmado demais na segunda subida e bastante danificado seriamente sua soberba VW Golf Rallye TFSI-R.

Categoria 2: Berguerand surpreende Faggioli

A maravilhosa incerteza do esporte foi mais uma vez claro para todos verem no domingo, durante a primeira escalada do monte FIA Masters. Todos concordaram que Simone Faggioli foi provavelmente o favorito na categoria 2 (monopostos e protótipos homologados FIA) com a Norma M20 FC-Zytek. Um verdadeiro herói do esporte graças a seus sete coroas européias, o italiano, na verdade permaneceu invicto durante a competição continental, mas desta vez ele teve que se contentar com a medalha de prata, depois de sofrer todos os dias das dificuldades de condução. Já mais rápido nos treinos, Eric Berguerand e seu carro de Fórmula 3000, um Lola B99-Cosworth modificado para subidas, não deixou nada ao acaso! Embora ele teve de ceder o recorde do percurso de Nicolas Schatz, o suíço ganhou a medalha de ouro para a categoria 2.

"Eu tinha uma chance muito pequena", disse o piloto suíço confidenciou, com grande humildade. "Simone não teve um dia fácil. Pessoalmente, eu não estava totalmente satisfeito com a minha segunda subida, mas que ainda era o suficiente, apesar de tudo, para me ganhar a medalha de ouro ".

No pódio Eric Berguerand conheceu Simone Faggioli e local herói local David Hauser, também vencedor da classificação Junior (para os condutores com menos de 25) com seu lobo GB08F1. A diferença entre o primeiro eo terceiro era menos de 26 centésimos de segundo! Em seu Reynard 95D-Mugen, Geoffrey Schatz só perdeu um lugar no pódio à frente do esloveno Milos Benes (Osella FA30-Zytek) eo vice-campeão europeu da Itália, Christian Merli (Osella PA2000-Honda). Em 14 º lugar fino na categoria 2, a menina francesa Martine Hubert (Norma M20F-BMW) ganhou o prêmio feminino.

Categoria 1: Bodson praticamente em casa

Como Eschdorf fica a poucos quilômetros da fronteira com a Bélgica, Yanick Bodson estava praticamente em casa e seus partidários estavam em vigor. O mais rápido durante os treinos para categoria 1 (FIA saloon homologado e carros GT), o motorista Cup Porsche 997 tinha que se curvar diante do Mitsubishi Lancer Evo8 do checo Jaromir Maly na primeira corrida, numa pista ainda muito molhada em alguns lugares. Mas na segunda eliminatória, o belga levou de volta a vantagem antes de melhorar ainda mais, pouco antes de a chuva chegou em sua terceira subida. Com uma vantagem de mais de um segundo sobre seu rival mais próximo, Bodson merecido sua medalha de ouro!

"Na minha longa carreira, este será um dia que jamais esquecerei!", Ele confirmou. "Ganhar essa medalha de ouro em um evento tão difícil como este, com tantos países representados, e essa concorrência ... Eu pensei sobre um lugar no pódio, mas a maior é simplesmente maravilhoso!"

Ao volante do seu Mitsubishi, Jaromir Maly não conseguiu bater o belga, mas conseguiu, no entanto, na tomada de prata à frente de outro Porsche 997 Cup, impulsionado pelo quatro vezes campeão francês de "carro de produção", Nicolas Werver. Os austríacos Christian Schweiger (Mitsubishi Lancer Evo8) e Stefan Wiedenhofer (Mitsubishi Lancer Evo9 R4) também estavam no top 5.

Taça das Nações: Itália se vinga

Considerada uma das nações líderes em subidas Europeia, a Itália espera até de deixar o Grão-Ducado do Luxemburgo, com uma medalha de ouro individual para líder de equipe Simone Faggioli. Mas essa esperança foi destruída! No entanto, a delegação transalpino ganhou algum consolo com a Nations Cup, uma competição baseada na regularidade dos quatro pilotos selecionados. Com Simone Faggioli (Norma M20 FC-Zytek), Omar Magliona (Osella PA21 S Evo-Honda), Christian Merli (Osella PA2000-Honda) e Fausto Bormolini (Reynard K02-Mugen), a Itália foi a equipa que motoristas postou os espaçamentos mais pequenos entre os dois melhores tempos, para grande alegria do seu capitão de equipa, Fiorenzo dal Meri. A equipe suíça (Eric Berguerand / Roger Schnellmann / Albin Machler / Ronnie Bratschi) ea equipe austríaca (Andreas Gabat / Herbert Pregartner / Ferdinand Madrian / Christian Schweiger) foram as outras duas nações representadas no pódio de uma competição em que nada menos que 12 países participaram.


Os resultados completos:

 

Google Tradutorwww.berg-zeitnahme.net

 

FIA HILL CLIMB NO LUXEBURGO

 

suíço Eric Berguerand definir o tempo mais rápido nos treinos para a primeira FIA da escalada do monte Mestres no sábado perto Eschdorf no Grão-Ducado do Luxemburgo. Em segundo lugar, o francês Nicolas Schatz também foi o mais rápido da Categoria 3 motoristas, enquanto o belga Yanick Bodson postou o tempo de referência para a Categoria 1 No domingo, as três subidas oficiais terá início às 09.30.
 
Foi uma boa hora de atraso que os drivers 140 esperando para começar a primeira FIA da escalada do monte Mestres poderiam finalmente enfrentar a subida Eschdorf pela primeira vez no sábado. A razão era denso nevoeiro e muita visibilidade reduzida. Alguns incidentes e, em seguida, um acidente durante a primeira escalada envolvendo o eslovaco Michal Kovalcic Sênior, que rolou na última curva em seu Skoda Fabia S2000, apenas estendeu o atraso. Embora o motorista escapou ileso, as barreiras de segurança não o fez, e levou muito tempo para retornar às condições de segurança ideal. Eventualmente, apenas duas mangas prática fosse possível, em vez dos três planeada.
 
Mas a grande multidão de espectadores certamente não ficou decepcionado com o que viram, o que certamente foi emocionante. O mix de liderar nomes em subidas Europeia e especialistas de alguns campeonatos nacionais, particularmente franceses, britânicos e irlandeses, colocar em um grande show para os fãs. E além das subidas de tirar o fôlego dos grandes mestres do esporte, os espectadores também se a oportunidade de conversar com os drivers em um paddock aberto a todos. Essa é a natureza de convívio do esporte de escalada de montanha!
 
As apostas não eram vital nesta fase, mas ainda era possível ter uma idéia inicial de quão forte é a concorrência seria, embora alguns, como Simone Faggioli e David Hauser, escondido suas habilidades um pouco deliberadamente frenagem antes da linha de chegada. Titular do histórico, o suíço Eric Berguerand (Lola B99-Cosworth) terminou um dia no topo das paradas com um tempo de 49,631, contra 48,990 do que ele postou, na competição, no evento tradicional Eschdorf no início do maio. "Foi ótimo dia, mas é claramente possível ir mais rápido", ele sorriu. "Eu cometi alguns erros menores, mas neste curto espaço de colina a subida tem que ser perfeito. É claro que eu estou à frente hoje, mas não se engane: o top favorito ainda é Simone Faggioli. Embora ele abrandou antes da linha, ele ainda está apenas atrás de mim ".
 
Com a Norma M20 FC-Zytek, as sete vezes campeão europeu era, na verdade, em terceiro lugar, mas pelo menos de 4 décimos de segundo. O italiano terminou atrás do pentacampeão francês, Nicolas Schatz (Norma M20 FC V8-BMW), este último, ao mesmo tempo postando o melhor momento para a Categoria 3 carros (os que não cumprem com os regulamentos do campeonato FIA europeus). "Estou muito feliz de estar em segundo lugar, mas eu sei que Simone retardou deliberadamente", explica Nicolas. "Mesmo assim, eu não estou satisfeito com a forma como o meu protótipo comportado ... há trabalho a ser feito para amanhã. Acima de tudo, eu estou esperando para ver os britânicos, que estão aprendendo no curso, chegou perto com seus monopostos, que são mais poderosos do que os nossos carros. "
 
Com Geoffrey Schatz, irmão mais novo de Nicolas, em quarto lugar com seu Reynard 95D-Mugen e Cyrille Frantz (Norma M20 FC V8-BMW) na quinta, os franceses foram bem representados entre os líderes. O herói local David Hauser (Wolf GB08F1) estava fora dos cinco primeiros, à frente do checo Milos Benes (Osella FA30-Zytek), os motoristas britânicos Trevor Willis (OMS de 28 RPE) e Scott Moran (Gould GR61X-NME) eo O francês Sébastien Petit (Norma M20 FC V8-BMW).
 
A batalha pela vitória oficial na categoria 3 promete ser travada entre, entre outros, o Karl Schagerl austríaco (VW Golf Rallye TFSI-R), o Herbert Stolz alemão (Porsche 935 DP2) eo suíço Ronnie Bratschi (Mitsubishi Lancer Evo8 EGMO) , apenas alguns décimos separados no final do treino.
 
Mas é, acima de tudo para a categoria 1 (saloon FIA-homologado e carros GT), que todos os olhos estarão virou como os três primeiros serão premiados com medalhas. O belga Yanick Bodson postou o melhor momento, de longe, com o seu Porsche 997 Cup, enquanto Nicolas Werver, dirigindo um carro semelhante, ainda não estava totalmente à vontade e deslizou demasiado larga na segunda corrida. Assim, os quatro Mitsubishis compõem o resto do top cinco da categoria com, no fim, o checo Jaromir Maly, o Christian Schweiger austríaco, o Pólo Marcin Slobodzian eo austríaco Stefan Widenhofer. "Minhas chances de vitória realmente vai depender do clima, Yanick Bodson confirmada. "Se é seco, o meu Porsche e um conduzido por Nicolas Werver terá sua chance. Se chover, por outro lado, eu acho que vai ser muito difícil de bater os Mitsubishi com sua tração nas quatro rodas ... Promete ser interessante! "
 
Espera-se que vir em grande número, os espectadores devem muito aproveitar as três corridas oficiais planejadas. Aqueles que não podem fazê-lo até o Grão-Ducado do Luxemburgo pode seguir o evento em "transmissão ao vivo" no www.rtl.lu/auto/573488.html da primeira corrida, marcada para 09.30. Será somente no final da tarde que as três medalhas pode ser concedido para as três categorias, assim como a Copa das Nações, que será vencido pela equipe nacional com a regularidade melhor agrupados. Em qualquer caso, o suspense será emocionante!
 
Vezes ao vivo: www.berg-zeitnahme.net
 
Live Stream: www.rtl.lu/auto/573488.html
 
Para mais informações:
www.fia.com/championship/events/fia-hill-climb-masters/2014/eschdorf
Web site Organizadores:

 

Google Tradutorwww.hillrace.lu

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

RAMPA DA PENHA 2

 

Mais um conjunto de imagens da autoria do nosso amigo e colaborador Armindo cerqueira da Foto GTI.

 

 

Fotos de Armindo Cerqueira - Foto GTI - www.velocidadeonline.comrampa da_penha_01_Copyrampa da_penha_02_Copyrampa da_penha_03_Copyrampa da_penha_04_Copyrampa da_penha_05_Copyrampa da_penha_06_Copyrampa da_penha_07_Copyrampa da_penha_08_Copyrampa da_penha_09_Copyrampa da_penha_10_Copyrampa da_penha_11_Copyrampa da_penha_12_Copyrampa da_penha_13_Copyrampa da_penha_14_Copyrampa da_penha_15_Copyrampa da_penha_16_Copyrampa da_penha_17_Copyrampa da_penha_18_Copyrampa do_caramulo_01_Copy_Copy

 

GRUPO DE IMAGENS

GRUPO DE IMAGENS

 

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Grupo de imagens da autoria do nosso amigo e colaborador Armindo cerqueira da Foto GTI, alusivas à Rampa do Caramulo.

 

 

Fotos de Armindo Cerqueira - Foto GTI - www.velocidadeonline.comrampa do_caramulo_03_Copyrampa do_caramulo_04_Copyrampa do_caramulo_05_Copyrampa do_caramulo_06_Copyrampa do_caramulo_07_Copyrampa do_caramulo_08_Copyrampa do_caramulo_09_Copyrampa do_caramulo_10_Copy

 

FIA HILL CLIMB NO LUXEBURGO

 

Siga o FIA da escalada do monte Mestres através de streaming ao vivo!
 
RTL.lu vai transmitir os Hill Climb Mestres viver!
 
A estação de televisão nacional luxemburguesa, RTL, vai transmitir a subida Mestres FIA Hill, a ter lugar no dia 11 e 12 de Outubro de 2014, Eschdorf, através de streaming ao vivo em seu site www.rtl.lu/auto/573488.html. A produção de TV, com não menos de seis câmeras de configurar todo o curso, vai filmar o progresso dos pilotos 154 esperados para comparecer a esta nova concorrência.
 
Cada motorista terá a oportunidade de reconhecimentos a rota sinuosa que leva até o centro da aldeia de Eschdorf e afinar os seus carros durante os três heats práticas programadas para o sábado. Três baterias de corrida estão no programa de domingo. Para a classificação final individual, a melhor performance de cada condutor a um calor serão tidos em conta. Os três melhores em cada uma das três categorias que lutam para fora serão concedidos de ouro, prata e bronze. Além disso, doze federações desportivas estão inscritas na Copa das Nações '. Cada seleção terá quatro pilotos. A fim de dar a cada um uma chance ainda, a classificação das nações será estabelecida de acordo com a regularidade dos pilotos durante os seus heats de corrida. Desta forma, uma equipe que não é necessariamente entrar carros com o objectivo de alcançar os melhores tempos absolutos permanecerá competitivo, e pode até mesmo pensar em vitória.
 
A classificação da FIA da escalada do monte de mestrado também serão apresentados em uma publicação em tempo real no site da equipe de cronometragem (www.berg-zeitnahme.net, "Ao vivo Portal").

 

Google Tradutor

 

SINGELA HOMENAGEM

SINGELA HOMENAGEM

 

Foi esta a forma de Paula Sousa poder prestar homenagem às três vitimas do rali Sprint de Guimarães.Para isso a piloto da Trofa colocou no ailleros do seu BMW M 3, três faixas em homenagem às três vitimas deste acidente.FOX 0843_Copy

 
Mais artigos...

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt