In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


IRMÃOS RAMALHO NA RAMPA DA FALPERRA

NEWS PRMINIRACING - MAIO #2015

Foi em verdadeiro ambiente de festa que se desenrolou no fim-de-semana passado a 36ª Edição da Rampa da Falperra. As excelentes condições meteorológicas que se fizeram sentir também potenciaram esta Edição, para gáudio de milhares de espectadores que pernoitaram acampados sexta, sábado e domingo na encosta da Falperra. Em suma, durante os dois dias de provas estiveram presentes cerca de 200.000 espectadores, o que é de todo notável para o retorno mediático pretendido para todas as partes envolvidas, onde se incluem obviamente os 143 pilotos participantes e todos os respectivos patrocionadores.

De salientar ainda a merecida homenagem ao notável Piloto Espanhol “Vilarinho”, realizada pelo Clube Automóvel do Minho e pela Câmara de Braga, que para além de o distinguirem como desportista, também o homenagearam como um exemplo de Homem.

PAULO RAMALHO # JUNO CN09

A participação de Paulo Ramalho nesta 36ª Edição da Rampa da Falperra teve um significado muito especial, dado que no ano passado tinha sido impedido de participar nesta Rampa por motivos sérios de saúde, como tal a sua participação este ano teve desde logo um significado muito especial para si e que caracterizam a resiliência do piloto mentor da PRMiniracing.

Após a Rampa da Penha, em que manifestamente teve dificuldades em adaptar-se às traiçoeiras condições de chuva, Paulo alinhou na Falperra com o intuito de dar continuidade à sua recuperação competitiva, evoluindo subida após subida os seus tempos, sendo prejudicado na penúltima subida de prova ao alcançar o piloto que o precedia na partida e com isso a não alcançar um possível bom registo, aproveitando para o somatório da sua classificação apenas as duas possíveis subidas de prova. A 4ª posição final alcançada demonstra ainda que os seus níveis de ritmo e confiança ainda não foram alcançados e que esse trabalho terá continuidade nas seguintes provas que compõem o calendário.

Por último, de referir que o piloto do Porto utilizou de forma pontual e simbólica uma réplica perfeita do capacete utilizado pelo famoso piloto Ayrton Senna, que faria este ano 55 anos.
 

RUI RAMALHO # JUNO SSE

Rui Ramalho após a fantástica vitória na prova inaugural do Campeonato – Penha / Guimarães – que se desenrolou em condições bastante difíceis, apresentou-se na Falperra bastante motivado e com o intuito de defender a sua liderança do Campeonato de Portugal de Montanha.

Este traçado bastante rápido e um dos seus preferidos, enquadra-se na perfeição ao seu estilo de pilotagem e como tal, desde logo demonstrou um fortíssimo andamento, conseguindo com um protótipo menos evoluído que os utilizados pela sua concorrência, discutir em todas as subidas um dos lugares do pódio. Como resultado de todo o esforço e rapidez demonstrada, o piloto mais jovem da PRMiniracing alcançou no final a meritória 2ª posição, o que é um excelente resultado e que lhe permite dilatar a sua liderança no Campeonato.

O piloto do Porto comentou no final que o Juno SSE esteve irrepreensível ao longo de todo o fim-de-semana, resultado do trabalho de excelência levado a cabo pela sua Equipa e que melhor seria praticamente impossível de fazer.



---

 


 

RAMPA DA FALPERRA

RASMPA DA FALPERRA SOB AS ÓPTICAS DE NUNO ORGANISTA

 

Curioso grupo de imagens da autoria de Nuno Organista, captadas pelas suas objectivas no passado fim de semana na Rampa da faleprra.

 

 

Fotos de Nuno Organista na Rampa da falperra - www.velocidadeonline.com08 Copy012 Copy013 Copy014 Copy015 Copy018 Copy021 Copy022 Copy025 Copy032 Copy036 Copy037 Copy

 

BOOM BAP NA RAMPA DA FALPERRA

 

Boom Bap Racing Team com excelente prestação na 36ª Rampa Internacional da Falperra



Num fim-de-semana em que o público, cerca de 200 mil pessoas, compareceu na encosta da Falperra para vibrar com a passagem dos carros de competição e onde o calor também marcou presença estavam reunidas todas as condições para mais uma edição da mítica Rampa Internacional da Falperra.

Infelizmente a Boom Bap Racing Team, patrocinada por BOOM BAP WEAR FRANCE LDA (www.boombapwear.com), BB Toldos, TransR, Tipografia de Priscos, CRCarParts – réplicas em fibra e Ofirodas, teve que alterar os planos iniciais de participar com os dois BMW E30, devido a um problema electrónico num BMW que foi impossível de debelar para efectuar a prova sem problemas. Desta forma Paulo Silva participou com o BMW E30 325i, ficando em 2º Lugar na Rampa da Falperra Light e vencendo a sua categoria e classe, e Sandra Fonseca com o seu já conhecido Fiat Uno.

Para Sandra Fonseca foi o regresso à Rampa da Falperra no Fiat Uno. “A alteração de última hora foi um revés nas expectativas para a prova no entanto consegui fazer uma boa prova. Na última subida de prova não consegui melhorar o meu tempo, pois falhei o arranque, mas fiquei com a sensação que se não fosse esse percalço conseguiria melhorar o meu registo. Um agradecimento especial a todos os nossos patrocinadores porque sem ajuda deles seria impossível participar neste evento.” confidenciava no final da prova.

 

Paulo Silva teve uma excelente prestação no seu regresso à Rampa da Falperra, destacando: “Estava com muita expectativa para estrear as evoluções do outro BMW aqui, mas infelizmente não foi possível, com esse revés estive para não participar na prova. Mas na quinta-feira conseguimos arranjar uma alternativa e vim cá para não defr20150515 184852_Copy20150517 150032_Copyaudar nenhum patrocinador. Estou muito contente com os resultados obtidos e por conseguir melhorar o meu tempo.

 

NACIONAL DE MONTANHA ALTERA CALENDÁRIO

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA ALTERA CALENDÁRIO

 

Foi na semana passada que o calendário para este ano para o Campeonato Nacionald e Montanha foi alterado, na qual há a registar a saída da Rampa de Paços de Ferreira, para ser substituida pela Rampa de Vila Nova de Cerveira.Agora o calendário é o seguimnte :

 

6- 7 JUnho - Rampa da Covilhã

 

20- 21 Rampa Sta. marta de Penaguião

 

4- 5 JUlho - Rampa Porca de Murça

 

31 Julho - 1 Agosto - Rampa de Cerveira

 

12-13 Setembro - rampa do Caramulo

 

26-27 Setembro - Rampa da Penha 2

 

RICARDO GOMES NO PÓDIO DA FALPERRA

 

Campeonato Nacional de Montanha

 

Ricardo Gomes no pódio da Rampa da Falperra

 

Ricardo Gomes terminou a Rampa da Falperra no pódio, com um terceiro lugar no seu grupo, onde a vitória foi para Luís Nunes, seguido de José Correia, colega de equipa de Ricardo Gomes.

O piloto de Braga explicou que “foi um bom resultado, apesar de ambicionar melhores tempos. A indefinição que surgiu na escolha do set-up correto no carro e um ligeiro toque eu dei na última subida de prova, acabaram por ditar este terceiro lugar. Por outro lado esta é a terceira prova que estou a fazer com o carro, ainda não estou bem adaptado a ele, por isso a partir duma certa altura não quis correr riscos desnecessários e por isso mantive o meu ritmo, pois ainda temos muito campeonato para pontuar”, referiu.

O piloto bracarense Ricardo Gomes, que disputa este ano o Campeonato Nacional de Montanha, integrado na equipa J.Correia/LXS Racing Team, marcará presença na próxima Prova do Nacional de Montanha, a decorrer na Covilhã, nos dias 06 e 07 de Junho.

Antecipando desde já essa participação Ricardo Gomes explicou que “esse será um novo desafio. Será a primeira vez que vou fazer a Rampa da Covilhã. Desconheço o traçado e as questões técnicas da Rampa que, já percebi, é exigente. Tentarei que isso não seja factor de desvantagem”, disse.  

A lutar pelos lugares cimeiros da categoria e grupo, pilotando a sua mais recente aposta, um Seat Leon Supercopa, viatura proveniente do ex-troféu Seat Sport, carro com motor dois litros e com cerca de 300 cv de potência, Ricardo Gomes lembra ainda que a equipa J.Correia / LXS Racing Team marcará uma presença muito forte neste Campeonato Nacional de Montanha, ambicionando sempre os lugares cimeiros deste campeonato nacional que representa um nível de exigência técnica muito elevado.

 FB IMG_1431977015225_CopyNunOrganistA-11 Copy

 

JOSÉ CORREIA NÃO VENCEU A CATEGORIA POR UM TRIZ

 

CAMPEONATO NACIONAL DE  MONTANHA

RAMPA DA FALPERRA


FOX 8301_Copy

FOX 8751_Copy 

 

JOSÉ CORREIA NÃO VENCEU CATEGORIA POR UM TRIZ




Foi por uma diferença muito pequena que José Correia não venceu a sua categoria na Rampa da Falperra. Assim, no final da rampa, depois de estacionar o seu carro no parque fechado, e ter retirado o capacete disse-nos logo “ não se pode vencer sempre, parabéns ao Luis Nunes pela vitória. Foi uma luta renhida, mas é preciso ver que esta foi a terceira prova que fiz com este carro, e ainda não estou habituado ao seu comportamento. Estou convencido que caso conhecesse mais este Leon Eurocup seria capaz de vencer a categoria, mas foi uma boa prova, renhida, e agora há que pensar na próxima prova, a Rampa da Covilhã”.

Sobre a rampa da Falperra e o publico, José Correia falou-nos um pouco “ impressionante a quantidade de gente a assistir, nunca vi tanta gente a assistir a uma corrida, assim até dá gosto correr”.

 

MANUEL CORREIA DENTRO DOS OBJECTIVOS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA FALPERRA

 

 

MANUEL CORREIA DENTRO DOS OBJECTIVOS


FOX 8099_Copy

FOX 8797_CopyTal como na Rampa da penha, Manuel Correia está cada vez mais adaptado ao comportamento em pista por parte da Skoda Fabia S 2000, e fruto disso são os excelentes resultados que tem conseguido. Não será demais esquecer que na jornada  inaugural na Penha, Manuel Correia venceu de forma clara a sua categoria, e na Falperra sucedeu o mesmo. Por isso no final a satisfação era evidente na cara do piloto de Braga que nos dizia “ correu bem, dentro da normalidade e dentro dos objectivos. Cada vez mais trato o carro por “ tu “, por isso estou a conseguir andar mais depressa e prova disso foram os tempos deste ano que   conseguiram suplantar os que fiz no ano passado, e só isso demonstra a evolução que tenho ao volante deste carro. Por isso estou satisfeito, me agora há que começar a preparara a próxima prova, a Rampa da Covilhã”.

 

 

O público esteve presente em grande numero na Rampa da Falperra, detalhe que não escapou ao piloto, “ nunca vi tanta gente a assistir a uma prova, confesso, em certos pontos era impressionante a quantidade de gente, nunca pensei ver uma coisa destas, simplesmente fabuloso, assim vale a pena correr “, disse-nos. Por último “ quero dedicar estas vitórias e estes resultados à minha família que muito me têm apoiado em todas as horas, acompanhando-me nas provas, não esquecendo logicamente toda a equipa da ARC, me todos aqueles que me têm apoiado”.

 

RAMPA DA FALPERRA

RAMPA DA FALPERRA

 

 

GALERIA DE IMAGENS

 

 

Grupo de imagens referentes à prova do passado fim de semana da autoria de António faria que muito gentilmente nos cedeu estas imagens.

 

 

Fotos de António faria - www.velocidadeonline.comfa1-fotosantoniofaria Copyfa2 Copyfa3 Copyfa4 Copyfa5 CopyFA6 Copyfa7 Copyfa8 Copyfa9 Copyfa11 Copyfa12 Copyfa14 Copyfa15 Copyfa16 Copyfa17 Copyfa18 Copyfa19 Copyfa20 Copyfa21 Copyfa22 Copyfa23 Copyfa24 Copyfa25 Copyfa26 Copyfa27 Copyfa28 Copy

 

RAMPA DA FALPERRA

RAMPA DA FALPERRA

 

PAULO RAMALHO USOU NOVO CAPACETE

 

Paulo ramalho participou na Rampd a Penha com um novo capacete, que não é mais nem menos do que uma réplica que Ayrton Senna usou nos seuys tempos de Fórmula 1.Pensamos que o uso deste capacete é uma homenagem ao malogrado piloto brasileiro,pois a partir da Rampa da CovilhãCAPACETERAMALHO1 CopyCAPACETERAMALHO Copy, Paulo Ramalho poderá voltar ao seu antigo e habitual capacete que o tem acompanhado ao longo dos ultimos anos.

 

QUE ESPERAVA ARMINDO?

RAMPA DA FALPERRA

 

QUE ESPERAVA ARMINDO?

 

Não sabemos, mas a verdade é que a objectiva da Zoomsport, apanhou o nosso amigo e colaborador Armindo Cerqueira da Foto GTI, em "flagrante", com a máquina fotográfica na mão, e por cima ainda na paragem do autocarro.Será que o nosso amigo não sabia que naquele dia nãoARMINDO Copy havia autocarros?

 

DANIELA MARQUES NA RAMPA DA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA FALPERRA

 

DANIELA MARQUES COM FIM DE SEMANA EM CHEIO NA FALPERRA



FOX 7990_Copy

FOX 8655_CopyDaniela Marques voltou de novo ao volante do Subaru Impreza na Rampa da Falperra, onde se debateu com alguns problemas técnicos que não lhe permitiram chegar aos objectivos a que se propunha. Por isso no final depois de colocar o seu carro no parque fechado, falou-nos um pouco “ este foi um fim de semana em cheio na Falperra, quero agradecer aos patrocinadores, equipa de assistência, família e público pelo carinho e o apoio prestados nestes dois últimos dias”.

 

 Sobre a prova em si Daniela Marques continuaria “ as minhas expectativas era melhorar os tempos do ano passado, mas infelizmente isso não foi possível, pois o Subaru Impreza teve uma avaria que tentamos solucionar no final da tarde de sábado, mas apesar de todo o esforço , o mesmo não foi possível, mas mesmo assim com toda esta situação consegui melhorar os meus tempo no dia de domingo, mas como já disse aquém dos meus objectivos “.

Daniela Marques não irá em principio participar na Rampa a Covilhã, como nos confirmou “ tenho um compromisso familiar e não posso faltar”.

 

IRMÃOS REIS NA RAMPA DA FALPERRA

 

Edgar Reis coloca Porsche no pódio na Rampa da Falperra

 

Na sua primeira prova em piso seco ao volante do potente Porsche 997 GT3 Cup, Edgar Reis conseguiu o terceiro lugar da Categoria 2 do Nacional e da categoria GT do Europeu de Montanha. Piloto de Famalicão prosseguiu a sua evolução com o carro alemão e um toque numa das subidas fez com que o condiciona-se as subidas de domingo.

 

O Campeonato Nacional de Montanha prosseguiu na popular Rampa da Falperra, um dos locais históricos da modalidade em toda a Europa. Para Edgar Reis, esta era a primeira oportunidade de pilotar o novo Porsche do Team Transfradelos em piso seco, depois da estreia com chuva na Rampa da Penha. O piloto de Famalicão subiu ao pódio dos GT na prova do Campeonato da Europa e também da Categoria 2 na ronda do Campeonato Nacional. Nem um toque na segunda subida de prova retirou optimismo a Edgar Reis após a prova bracarense. O fim-de-semana até correu bem e o toque que dei no domingo faz parte da aprendizagem com o carro. O Porsche atinge naturalmente velocidades muito mais elevadas e também tem outras distâncias de travagem, portanto tenho que me habituar a tudo isso. Mas foi bom terminar no pódio quer no Europeu quer no Nacional, atrás de carros bem mais potentes do que o nosso, concluiu Edgar Reis.

 

Agora, o Team Transfradelos prepara-se para participar no Sprint Especial Noturno de Famalicão, uma prova naturalmente especial para os irmãos Tiago e Edgar Reis e que se realiza no próximo dia 30 de Maio. Já o Campeonato Nacional de Montanha terá a próxima prova na Covilhã, a 6 e 7 de Junho.


Tiago Reis bate recorde do Ford Fiesta RS Cosworth na Falperra

 

A vitória na Categoria 3 e o quarto lugar absoluto entre os portugueses formaram um balanço positivo para Tiago Reis na Rampa Internacional da Falperra. O piloto da Transfradelos continua a ser um dos destaques do campeonato.

 

A segunda prova do Campeonato Nacional de Montanha teve lugar na emblemática Rampa da Falperra, um local onde Tiago Reis confirmou a sua boa forma ao volante do espectacular Ford Fiesta RS Cosworth. Aliás, o carro do Team Transfradelos é um dos mais apreciados pelo numeroso público da Falperra e desta feita conseguiu como melhor registo o tempo de 2m15,365s, cerca de três segundos mais rápido do que o seu recorde anterior na prova bracarense.

Ganhámos a categoria e ficámos em quartos no campeonato, só atrás de três carros que nada têm a ver com o meu, apontou o campeão nacional de 2013. O nosso Fiesta também esteve sempre impecável, conseguimos um tempo muito melhor do que o do ano passado e voltámos a acumular pontos importantes para o campeonato. Foi um fim-de-semana sem problemas, concluiu Tiago Reis, que tinha iniciado a época com um segundo lugar na Rampa da Penha.

 

Depois de mais um banho de multidão na Falperra, o piloto de Famalicão volta à acção na terceira prova da temporada, a Rampa Serra da Estrela - Covilhã, a 6 e 7 de Junho.DSC 3184_CopyDSC 4167_Copy

 

TEIXEIRA FICOU PERTO DO PÓDIO

 

Joaquim Teixeira perto do pódio na Falperra com Porsche 911 GT4

 

É a grande festa da Montanha em Portugal e para Joaquim Teixeira a Rampa Internacional da Falperra também serviu para conhecer melhor o Porsche 911. Quarto lugar na Categoria 2 foi um resultado realista.

Depois de quatro anos ao volante de carros de tracção dianteira no Campeonato Nacional de Montanha, Joaquim Teixeira estreou-se este ano ao volante de um Porsche 911 GT4, um novo desafio para um dos mais respeitados pilotos de rampas em Portugal. A Rampa da Falperra foi apenas a segunda experiência de Joaquim Teixeira com o carro alemão e o quarto lugar final na Categoria 2, só atrás de carros bem mais recentes e competitivos foi o melhor resultado possível. “Por um lado fiquei satisfeito com a nossa prova atendendo ao nível dos meus adversários, sobretudo os dois primeiros da categoria na Falperra que dispunham de carros de outra galáxia. Mas por outro lado senti que podia ter feito ainda melhor porque a cada subida ia aprendendo cada vez mais o carro e no final senti que já começava a ter mais confiança no GT4. As primeiras quatro provas servem para conhecer o carro mas na Falperra o Porsche não estava nas melhores condições. Primeiro tivemos de refazer os alinhamentos, e depois na 2º subida de prova o motor falhava. Só na última subida tivemos o carro em boas condições”, revelou Joaquim Teixeira.

Apesar de existirem outros Porsche a competir na Falperra, o piloto do 911 esclarece que “o público muitas vezes pensa que como são todos Porsche devem ser todos iguais mas o meu carro é um GT4, os outros são GT3. Este é um carro derivado de série e está quase todo original. Tem caixa manual enquanto os outros têm caixa sequencial, tem mais cerca de 150 a 200 kg do que os outros, e tem menos 60 a 100 cv. Mas como não sou dos que desistem, prometo que irei lutar até ao fim pelo melhor resultado possível na categoria e no grupo”, referiu o piloto de Murça.

“Participar na Falperra é sempre um momento especial, sobretudo pela quantidade de público e pela envolvência que há em torno dos pilotos. A organização também é das melhores deste campeonato porque não é fácil que tudo corra bem e que se cumpram os horários com mais de 140 carros em prova”, concluiu.A terceira prova do Campeonato Nacional de Montanha será a Rampa Serra da Estrela DSC 2009_CopyDSC 4178_Copy
 

JOSÉ FREITAS FALA DA RAMPA DA FALPERRA

JOSÉ FREITAS FALA DA RAMPA DA FALPERRA

 

 

Rampa da Falperra sprint light 2015
Uma experiência a repetir
1° classe
10° geral

 

RAMPA DA FALPERRA - ABEL MARQUES RESSUSCITOU FIAT TIPO

RAMPOA DA FALPERRA

 

ABEL MARQUES "RESSUSCITOU" FIAT TIPO

 

Rampa da Falperra 2015. Venha 2016

 

RAMPA DA FALPERRA - SÉRGIO FREITAS DEU O GOSTO AO PÉ

RAMPA DA FALPERRA

 

SÉRGIO FREITAS DEU O "GOSTINHO" AO PÉ

 

 

Desta vez com um Seat Leon MK1 e a fazer de carro Guest.
Experiência fantástica 

 

PAULO SILVA ESTREOU NOVO SEAT LEON NA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA FALPERRA

 

 

PAULO SILVA ESTREOU NOVO SEAT LEON NA RAMPA DA FALPERRA


FOX 7996_Copy

FOX 8692_CopyDepois do acidente de que foi alvo no ano passado na Rampa da Penha, tal como o previsto Paulo Silva estreou no passado fim de semana um novo Seat Leon, numa prova em que se debateu com alguns problemas, como nos fez um balanço da prova” chegados ao final de mais uma rampa da Falperra,  com um ambiente espectacular, que nada teve a  haver com o futebol, espectadores e espectáculos, policias divertidas…enfim. A prova em si correu bem, tivemos alguns problemas de juventude com o carro, por isso quero agradecer à minha equipa técnica, nomeadamente ao Tiago e ao Juca, que foram incansáveis pela grande ajuda. O meu irmão Jorge pelo trabalho feito na decoração muito bonita do Seat Leon, com as cores dos patrocinadores PD Auto e Bracil, para além da Auto Projecção, Petroliquido, Redeinov e todas as pessoas que de uma maneira ou  outra deram o seu contributo”.

 

 

Sobre os objectivos da prova “ penso que foram alcançados, fiz o que estava dentro das possibilidades, este Leon é mais avançado que o anterior, mas ainda vou precisar de fazer mais provas para me adaptar ao seu comportamento. Para já não vou estar na Rampa da Covilhã, pois tenho uns compromissos familiares a que não posso faltar. Aliás é bem provável, que venha a fazer mais três ou quatro provas, não mais, isso motivado por razões de ordem familiar “

 

RAMPA DA FALPERRA

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DA FALPERRA

 

mais um grupo de imagens do paddock da Rampa da Falperra.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 8030_Copy_-_CpiaFOX 8031_Copy_-_CpiaFOX 8032_CopyFOX 8033_CopyFOX 8034_CopyFOX 8035_CopyFOX 8036_CopyFOX 8037_CopyFOX 8038_CopyFOX 8039_CopyFOX 8043_CopyFOX 8044_CopyFOX 8045_CopyFOX 8046_CopyFOX 8047_CopyFOX 8048_CopyFOX 8049_CopyFOX 8050_CopyFOX 8051_CopyFOX 8052_CopyFOX 8053_CopyFOX 8054_CopyFOX 8057_CopyFOX 8058_CopyFOX 8059_CopyFOX 8060_CopyFOX 8061_CopyFOX 8069_CopyFOX 8070_CopyFOX 8071_CopyFOX 8072_Copy

 

PAULA SOUSA FAZ BALANÇO DA PARTICIPAÇÃO

PAULA SOUSA FAZ O BALNAÇO DA PARTICIPAÇÃO NA RAMPA DA FALPERRA

 

Rescaldo da Rampa da Falperra 2015...
Partimos para o ultimo dia de prova com Paula Sousa a ocupar o 1o lugar nas senhoras lugar esse que veio a perder devido a uma avaria mecânica que impossiblitou a realização da ultima subida o que provocou a nossa desclassificação! A equipa TALHO 2005/NORSIDER team racing agradece a todos os patrocinadores e amigos!!

 

DOMINGOS FERNANDES SEM SORTE NA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

FOX 8030_Copy

FOX 8596_CopyRAMPA DA FALPERRA

 

 

DOMINGOS FERNANDES SEM SORTE

 

Domingos Fernandes não teve a sorte pelo seu lado na Rampa da Falperra, pois logo na 1ª subida de prova seria obrigado a desistir, nem chegando sequer a completar esta subida de prova, como nos explicou o que se passou a bordo do pequeno Autobianchi A 112, “ na realidade estava tudo a correr bem, o carro estava perfeito, nas subidas de treinos foi sempre a melhorar os meus tempos, mas a verdade é que algo inesperado surgiu, e na primeira subida de prova, depois da curva da Morte, de forma repentina, o habitáculo fica cheio de fumo, e perante uma situação destas não quis arriscar, e procurei logo um sitio para parar, pois não queria correr mais riscos, pois não sabia o que isto poderia originar “.

 

 A verdade é que as noticias não foram assim tão boas, como nos explicou depois de ter chegado á assistência “ o que aconteceu, foi que caiu óleo em cima do escape, que provocou o fumo dentro do habitáculo, e se continuasse, com certeza que iria percorrer mais umas  centenas de metros com o carro com um inicio de incêndio, e foi isso que consegui evitar. Por outro lado, penso que a junta da culassa também está danificada, e assim é bem provável que não consiga alinhar na Rampa da Covilhã, vamos lá ver o que está dentro do motor, depois de ser desmontado”, disse-nos.

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA D EIMAGENS

 

 

RAMPA DA FALPERRA

 

 

GRupo de imagens alusivas a uma das subidas da Rampa da falperra, que decorreu no passado fim de semana, com uma sssinla´vel sucesso, que contou com a presença de mais de 200.000 pessoas.Fotos do nosso amigo e colaborador Bernardo Póvoas - Be-Pe Motorsport.

 

 

Fotos de Be-Pe Motorsport  na Rampa da falperra -

www.velocidadeonline.combe1 Copybe2 Copybe3 Copybe4 Copybe79 Copybe78 Copybe77 Copybe76 Copybe75 Copybe74 Copybe70 Copybe69 Copybe68 Copybe67 Copybe66 Copybe65 Copybe64 Copybe63 Copybe62 Copybe61 Copybe60 Copybe59 Copybe58 Copybe57 Copybe56 Copybe55 Copybe54 Copybe53 Copybe52 Copybe51 Copybe50 Copybe49 Copybe48 Copybe47 Copybe46 Copybe45 Copybe44 Copybe43 Copybe42 Copybe41 Copybe40 CopyBE38 Copybe37 Copybe36 Copybe35 Copybe33 Copybe32 Copybe31 Copybe30 Copybe29 Copybe28 Copybe27 Copybe26 Copybe25 Copybe24 Copybe23 Copybe22 Copybe21 Copybe20 Copybe18 Copybe17 Copybe16 Copybe15 Copybe14 Copybe12 Copybe11 Copybe10 Copybe9 Copybe8 Copybe7 Copybe6 Copybe5 Copybe4 Copy

 

JOÃO FONSECA FALA DA VITÓRIA NA FALPERRA

JOÃO FONSECA FALA DA VITÓRIA NA FALPERRA

 

 

Obrigado a todos pelo apoio neste fim-de-semana fantástico! lho e profissionalismo da Equipa SpeedyMotorsport e do Pedro Salvador, foram fundamentais para uma rápida evolução e um bom andamento numa das provas mais difíceis do Campeonato! Um especial agradecimento aos meus patrocinadores, à minha família, à Rita Figueiredo Couto e à nossa Princesa Maria, que nestas últimas semanas tanta força me deram para lutar! Pela 1ª vez a Maria acompanhou-nos de perto em tudo, e portou-se como uma menina crescida, de me comover várias vezes durante a prova, foi uma linda menina s continuar a tentar apoios que nos permitam fazer a época! Muito obrigado a todos!!!
_________________________________________
Classificação final (CNM):
1º - João Fonseca - Norma M20FC - 4m20,200s
2º - Rui Ramalho - Juno SSE - 4m27,180s
3º - Tiago Reis - Ford Fiesta - 4m30,861
4º - Paulo Ramalho - Juno CN09 - 4m34,809s

5º - Bernardo Sá Nogueira - SilverCar S2 - 4m44,594s
6º - Manuel Pereira - Mitsubishi Lancer Evo Vi - 4m52,151s
7º - Joaquim Rino - BRC CM05 Evo - 4m52,279s
8º - Luís Nunes - Seat Leon SuperCopa - 4m54,912s
9º - Edgar Reis - Porsche 997 GT3 Cup - 4m55,224s
10º - Luís Silva - BMW M3 - 4m56,098s
(…)

 

JOSÉ PEDRO GOMES VENCEU CATEGORIA NA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

FOX 8017_Copy

FOX 8613_CopyRAMPA DA FALPERRA

 

JOSÉ PEDRO GOMES VENCEU CATEGORIA NA RAMPA DA FALPERRA

 

José Pedro Gomes venceu de novo a sua categoria, desta feita na Rampa da Falperra, segunda prova a contar para o Campeonato Nacional de Montanha ao volante do seu Ford Escort MK , que na ultima subida foi afectado por problemas mecânicos. Sobre a sua prova, José Pedro Gomes fez-nos um resumo “ saldo positivo, correu bem, embora na ultima subida surgissem problemas com o motor. Não será demais referir que logo nas subidas de treinos foi sempre a melhorar os meus tempos, a arriscar um bocado, mas correu tudo bem. Depois nas subidas de prova, utilizei a mesta  táctica, só que mesmo na ultima subida, algo se passou com o motor do Escort, que começou a perder rendimento, mas deu para chegar ao final da rampa, mas um ritmo mais lento. Não sei o que se passou na realidade, só agora neste interregno entre as rampas da Falperra e a Covilhã, é que iremos ver o que se passou. De qualquer das maneiras queria ver se para a Rampa da Covilhã já tinha pronto o Ford Escort WRC, vamos lá ver o desenlace de todas estas situações, disse-nos.

 

MARTINE PEREIRA CONTINUA ADAPTAÇÃO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

FOX 8703_Copy

RAMPA DA FALPERRA

 

MARTINE PEREIRA CONTINUA ADAPTAÇÃO AO ALFA ROMEO GTA

 

 

O piloto de Vila Nova de Famalicão, continua a sua adaptação ao novo Alfa Romeo GTA, que se recorde, foi estreado na Rampa da Penha. Desta feita o bom tempo que se fez sentir ao longo do fim de semana satisfez as pretensões de Martine Pereira, que nos começou logo por afirmar “ assim sim, já deu para ver as potencialidades deste carro em pista. É fabuloso, dá muito gozo, e fruto disso, foram os tempos que fui fazendo em cada subida, sempre a melhorar de forma gradual, pois o meu objectivo era conforme ia ganhando confiança, queria ver até que ponto é que eram os limites do carro, o que consegui. Agora sim, tenho mais confiança no seu comportamento, e agora na próxima prova que será a Rampa da Covilhã, espero poder andar ainda mais depressa, para assim poder usufruir de todas as potencialidades deste carro. Temos de fazer esta adaptação de forma gradual, para que tudo corra pelo melhor, e  se for preciso lá para meio do campeonato possa extrair tudo o que o carro tenha para dar. E assim poder aceder à posições da frente”, confessou-nos.

 

SÁ NOGUEIRA COM BONS RESULTADOS NA FALPERRA

 

Bernardo Sá Nogueira com bons resultados na Falperra


BSN FT_15002a_Copy

BSN FT_15002b_CopyBernardo Sá Nogueira regressou este fim-de-semana à competição, conquistando na edição deste ano da mítica Rampa da Falperra o oitavo lugar na classificação geral do Campeonato Nacional de Montanha, quinto da Categoria 1 e segundo no Grupo CM.

Depois de um ano de interregno, o piloto de Santarém voltou à actividade numa das provas mais emblemáticas do panorama nacional e internacional da disciplina de Montanha e tinha fundadas ambições, dado o seu palmarés no traçado que serpenteia o Sameiro.

O piloto apoiado pelos seus parceiros João Almeida e Paulo Dias Fernandes – a equipa REMAX Nº1 da Europa – não deixou os seus créditos por mãos alheias e com uma margem de progressão assinalável ao longo do evento bracarense – entre a segunda subida de treinos e a última subida de prova melhorou os seus cronos em mais de três segundos – e conquistou um bom oitavo lugar na classificação geral do Campeonato Nacional de Montanha, quinto da Categoria 1 e segundo no Grupo CM.

“Sabíamos que seria um fim-de-semana difícil, dado que a oposição era muito forte e numerosa. Fomos trabalhando consistentemente e de forma meticulosa ao longo de todo o evento e, na última subida, o Silver-Car S2 da HVC Escuderia revelou um comportamento mais eficaz. Talvez não tenhamos acertado no que toca aos pneus para a Rampa da Falperra, mas isso faz parte das corridas e no final conquistámos um bom conjunto de resultados”, afirmou Bernardo Sá Nogueira.

O piloto de Santarém mostra-se satisfeito e com o sentimento de dever cumprido, sobretudo por se ter batido com pilotos de elevado nível num traçado muito técnico e exigente. “Participar na Rampa da Falperra é sempre muito especial é uma pista com muito público e extremamente selectiva, que faz sobressair as qualidades dos pilotos. Conquistar o oitavo lugar do Campeonato Nacional de Montanha, quinto da Categoria 1, segundo do Grupo CM é um motivo de orgulho para mim, dado ser um excelente resultado e cabe-me dar os parabéns ao António Barros, o vencedor do Grupo”, sublinhou Bernardo Sá Nogueira, que acrescentou: “Quero agradecer ao meus parceiros João Almeida e a Paulo Dias Fernandes – a equipa REMAX Nº1 da Europa – dado que só com eles foi possível montar este projecto e conquistar estes bons resultados”.

 

PATRICK VENCEU NA FALPERRA

 

Vitória espectacular da Veloso Motorsport na Rampa da Falperra

 

 

A Veloso Motorsport garantiu este Domingo através de Patrick Cunha, o triunfo no Campeonato Nacional de Montanha, com o piloto do Lamborghini Gallardo GT3 a ser ainda primeiro na Categoria 1, na Categoria GT do Europeu de Montanha e décimo na classificação absoluta da rampa, numa prestação notável do piloto de Vieira do Minho.

 

Bom conhecedor do traçado bracarense, Patrick Cunha contou com a fiabilidade e a grande eficácia do supercarro italiano, para obter uma marca final de 4:20s200 na soma das suas duas melhores subidas de prova, o que garantiu a vitória com mais de dois segundos e meio de vantagem para o segundo classificado.

 

“Esta foi uma participação fantástica em todos os pontos de vista. Para além da vitória, foi emocionante sentir o muito carinho que o muito público presente nesta rampa me dispensou, quer nas subidas quer nas descidas. Em relação à prova, consegui ir aumentando o ritmo aos poucos como é normal em provas de rampa, onde a evolução se vai conseguindo subida após subida e no meu caso, que já estava parado desde o final de 2014, era importante ter algum cuidado. Depois dos tempos que consegui ontem, que me surpreenderam por conseguir estar a apenas 16 milésimos do Norma, o que não contava conseguir, para Domingo decidi arriscar um pouco mais para tentar a vitória. Foram duas subidas no limite mas que correram muito bem e compensaram largamente no final, onde suplantamos as expectativas iniciais. Uma palavra de apreço para o excelente trabalho desenvolvido pela Veloso Motorsport, que me colocou à disposição um carro em excelente “forma” e aos meus patrocinadores, indispensáveis para concretizar esta presença.” Disse Patrick Cunha.

 

A Veloso Motorsport fecha assim mais uma edição da Rampa da Falperra, neste caso a 36ª edição, no lugar mais alto do pódio, local que a equipa repete depois do triunfo na primeira participação de Patrick Cunha e do Lamborghini Gallardo e no ano passado, com o triunfo no Campeonato Nacional de Velocidade do Tattus PY012 de Salvador e Vieira.

 

 VMS170515A Copy

 

ADRIANA BARBOSA NA RAMPA DA FALPERRA

 

Troféu Abarth 500 Portugal
Adriana Barbosa com prestação positiva na
Rampa da Falperra
Adriana Barbosa regressou à competição automóvel na Rampa
da Falperra, este fim-de-semana, alinhando na prova extra do
Troféu Abarth 500 Portugal.
Tendo como principal intenção melhorar as suas prestações em
relação ao ano passado, a jovem piloto de Braga assinou uma
presença muito positiva nesta etapa pontuável também para o
Campeonato Europeu de Montanha. Nas subidas de treinos
conseguiu ser a segunda mais rápida, mas depois nas subidas
oficiais desceu uma posição: “Não consegui ser melhor que o
ano passado em relação ao tempos que fiz desta vez. Mas
divertir-me imenso, acima de tudo”, explicou a jovem piloto
da capital do Minho, especificando depois: “No sábado ainda
fiz dois piões e perdi um pouco de tempo, pois não estava
com confiança nos pneus, mas este domingo as coisas já
correram melhor e só posso estar satisfeita com a minha
participação”.
Participação esta, que deixa sempre Adriana Barbosa muita
satisfeita, independentemente da classificação: “É sempre uma
participação especial pois trata-se de uma grande prova
da nossa cidade. É um traçado que conhecemos bem e
com este público, é sempre uma enorme satisfação estar
presente”, concluiu.Adriana Barbosa_Falperra2015_Copy

 

JOANA BARBOSA A MELHOR "LADY"

 

Joana Barbosa foi e melhor senhora na
Rampa da Falperra
Joana Barbosa foi a melhor presença feminina na Rampa da
Falperra que teve lugar este fim-de-semana, arrastando, como é
hábito, milhares de espectadores.
Foi o regresso da piloto de Braga ao Campeonato Nacional de
Montanha, conseguindo desta vez ser a melhor senhora presente
nesta etapa pontuável também para «Europeu» de Montanha:
“Foi uma participação muito divertida e apenas posso
queixar-me de um pequeno problema no carro mas foi de
fácil resolução”, afirmava no final, acrescentando ainda:
“Consegui disfrutar da prova ao máximo e só posso estar
satisfeita”.
Ainda em relação ao problema que afetou o Abarth 500, Joana
Barbosa explicou que se tratou de uma avaria: “Com o turbo
nas duas subidas iniciais. Com isto, demorou depois um
pouco mais a adaptar-me ao carro quando este ficou em
condições. Assim, penso que se houvesse mais subidas
ainda conseguia melhorar, mas gostei da minha prestação”.
Desta vez, a piloto de Braga foi a melhor senhora, o que não
alcançou em 2014: “O ano passado o carro tinha alguns
problemas e era a segunda prova que fazia com ele. A
electrónica não estava em condições, mas este ano esteve
bem e deu para andar rápido e ser a melhor senhora”,
concluiu.Joana Barbosa_Falperra2015_Copy

 

FINALMENTE A VITÓRIA

 

Rampa da Falperra - 2015
Finalmente a vitória para Tiago Vilela
e Hugo Negrais
Tiago Vilela e Hugo Negrais saíram vencedores do Desafio Único,
Categoria 2, na Rampa da Falperra que teve lugar este fim de
semana, conseguindo assim pela primeira vez o triunfo nesta mítica
prova.
Já há muito que a equipa de Braga lutava pela vitória na prova da sua
terra, mas por um motivo ou outro ainda não o tinham conseguido,
chegando agora ao tão desejado lugar mais alto do pódio.
Contudo, não foi uma vitória fácil, pois a margem para os segundos
classificados foi de apenas 0,124s o que confirma que esta etapa foi
muito disputada: “Foi sem dúvida uma prova muito suada
assinalando a nossa primeira vitória aqui, o que é um grande
orgulho para nós que somos bracarenses”, disse Tiago Vilela logo
no final da prova, acrescentando: “Finalmente conseguimos
vencer. Foi com uma pequeníssima margem, mas com isto
tanto se ganha, como tanto se perde. O que conta é a vitória e
já estamos a pensar na próxima corrida em Vila Real, tentado
ter o carro melhor ainda para não termos tanto esforço como
aqui. Temos que melhorar um pouco um motor e vamos agora
trabalhar nisso”.
Hugo Negrais, pelo seu lado, também não escondia a satisfação pelo
triunfo: “Tive boas subidas, sempre a evoluir e vencer é sempre
bom, pois já andávamos a perseguir isto há muito tempo.
Perante este público magnífico ainda melhor. Este transmite
um apoio muito grande e é muito bom correr aqui”.
Falando em termos mecânicos, o piloto acrescentou ainda: “O carro
esteve bom, mas temos noção que temos que evoluir um
pouco em relação ao ano passado. Com isto resolvido, penso
que vamos aparecer com muito mais força na frente”.
A terminar, Hugo Negrais fez ainda questão de agradecer: “A todos
os patrocinadores e equipa, pois esta vitória também é deles”.
HNVilela-Negrais-Falperra2015 Copy

 

TROFÉU ABARTH NA RAMPA DA FALPERRA

 

Troféu Abarth 500 Portugal

Boas indicações para a nova época na Rampa da Falperra

 

A presença do Troféu Abarth 500 Portugal, na Rampa da Falperra deixou boas indicações para a época oficial que começa nos dias 6 e 7 de Junho no circuito Vasco Sameiro em Braga.

A presença na prova do Campeonato Europeu de Montanha, com Adriana Barbosa, Rui Pinheiro, Pedro Gonçalves e Ramiro Brito, animou a competição, com os pilotos a darem o seu melhor nesta jornada extra campeonato que deu o pontapé de saída em mais uma temporada.

No final foi Rui Pinheiro a ter mais motivos para sorrir, pois conseguiu bater os seus adversários, mas com alguns percalços pela caminho: “Em primeiro lugar diverti-me imenso, mas também estraguei um pouco o carro, pois nota-se bem umas arranhadelas. Consegui ser o melhor entre os quatro pilotos e estava um pouco à espera disso. Foi a segunda vez que alinhei na Rampa da Falperra com este carro, mas acho que conseguia fazer ainda melhor”, referia, naturalmente satisfeito por ter conseguido vencer.

Ramiro Brito ficou com a segunda posição a cerca de três segundos do mais rápido, mas conseguiu atingir os seus objetivos, dando-se por satisfeito: “Foi uma experiência muito engraçada e este Abarth 500 é um carro espetacular. Esta Rampa da Falperra é sempre especial e por minha parte, em termos desportivos, tinha com objetivo entrar no segundo 50, que é uma referência, e consegui. Para quem não corre habitualmente, é um bom resultado. Quero ainda acrescentar que equipa é espetacular, o Troféu é excelente e recomendo”.

Única presença feminina, Adriana Barbosa é uma repetente, conseguindo desta vez a terceira posição entre os presentes, mas teve alguns problemas; “Não consegui ser mais rápida que o ano passado, mas diverti-me imenso. Fiz dois piões e perdi algum terreno, mas saio daqui satisfeita”, referia.

Pedro Gonçalves, a fazer a sua estreia absoluta, adorou a experiência deixando-o com vontade de regressar”: “Foi tudo aquilo que estava à espera, ou seja, muito bom. Gostei muito e deixou-me a vontade de experimentar novamente. Nunca tinha corrido e sei que tenho muito a aprender, mas fui sempre melhorando ao longo das subidas”, afirmou no final.

 

Classificação

1º - Rui Pinheiro – 5m40,212s; 2º - Ramiro Brito – 2m43,274s; 3º - Adriana Barbosa – 5m56,901s; 4º - Pedro Gonçalves – 6m22,136s.Rui Pinheiro_Falperra2015_Copy

 

RAMPA DA FALPERRA

RAMPA DA FALPERRA

 

NO PADDOCK

 

Eis um grupo de imagens do paddock da Rampa da FFOX 7958_CopyFOX 7959_CopyFOX 7960_CopyFOX 7961_CopyFOX 7962_CopyFOX 7963_CopyFOX 7964_CopyFOX 7965_CopyFOX 7966_CopyFOX 7967_CopyFOX 7968_CopyFOX 7969_CopyFOX 7970_CopyFOX 7971_CopyFOX 7972_CopyFOX 7973_CopyFOX 7974_CopyFOX 7975_CopyFOX 7976_CopyFOX 7977_CopyFOX 7978_CopyFOX 7979_CopyFOX 7980_CopyFOX 7981_CopyFOX 7982_CopyFOX 7983_CopyFOX 7992_CopyFOX 7994_CopyFOX 7995_CopyFOX 7996_CopyFOX 8007_CopyFOX 8008_CopyFOX 8009_CopyFOX 8011_CopyFOX 8012_CopyFOX 8013_CopyFOX 8014_CopyFOX 8015_CopyFOX 8017_CopyFOX 8018_CopyFOX 8020_CopyFOX 8022_CopyFOX 8023_CopyFOX 8024_CopyFOX 8025_CopyFOX 8026_CopyFOX 8027_CopyFOX 8028_Copyalperra no passado sábado, com algumas das equipas participantes.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

RAMPA DA FALPERRA - DOMINGO

36ª Rampa Internacional da Falperra - Domingo

Tempos disponíveis em: http://www.tiemposonline.com/online/hillclimb25/index.asp?pr=falperra15

Simone Faggioli (Norma M20FC) vitória e “record”

GTI 7645 Simone Faggioli (Norma) - foto por Foto GTI

Se a vitória estava assegurada, Simone Faggioli (Norma M20FC) foi cinco segundos mais lento doque na subida anterior e a promessa de melhorar o “record” (1.49,364) ficou por cumprir, mas a vitória na Rampa da Falperra foi sua de forma incontestável, como o demonstram os 12,822 s. de vantagem sobre Fausto Bormolini (Reynard K02).

GTI 6883 Fausto Bormolini (Reynard) - foto por Foto GTI

Sebastien Petit (Lola B06/51) acabou por assegurar o terceiro lugar, a 0,457 s. do lugar do intermédio do pódio e com um avanço de 0,318 s. sobre Milos Benes (Osella FA30), que o bateu na derradeira subida, por uma diferença (0,380 s.), que não deu para neutralizar a desvantagem que tinha.

O veterano Andrés Vilariño (Norma M20), um dos pilotos com mais presenças na prova bracarense, teve de contentar-se com o quinto lugar.

Patrick Cunha (Lamborghini), para além de ter sido o mais rápido entre os pilotos nacionais, fechou o “top ten”do “Europeu” e suplantou os protótipos, o que sucede pela primeira vez no Campeonato Nacional de Montanha.

João Fonseca (Norma M20FC) venceu a Categoria 1, impondo-se ao favorito Rui Ramalho (Juno SSE), por mais de quatro segundos, e foi o piloto que mais pontos contabilizou para o “Nacional”, uma vez que Patrick Cunha não está inscrito no Campeonato.

011 GTI 4902 João Fonseca (Norma) - foto por Foto GTI

Triunfo incontestável de Tiago Reis (Ford Fiesta), na Categoria 3, onde foi sempre o mais rápido, de forma clara, e o quarto entre os envolvidos no Campeonato Nacional de Montanha,o que lhe permitiu deixar Luís Barros (Mercedes 190E) a 20,600 s., com o piloto do Mercedes a conseguir assegurar o segundo lugar da Categoria, por 0,630 s., à frente de Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI) com Luís Nunes (Seat Leon) a ser quarto classificado.

054 GTI 5526 Luis de Barros (Mercedes 190) -foto de Foto GTI

Na Categoria 4, José Pedro Gomes (Ford Escort MK II) assegurou a vitória, ao ser o mais rápido (2.35,229) na derradeira subida, deixando Valter Sousa (Ford Escort) a 3,174 s,, com Pedro Silva (VW Golf) a garantir o terceiro lugar da Categoria, ao bater Vítor Araújo (Datsun 1200) por 0,511 s., deppis do piloto do carro japonês, ter tirado quase quatro segundos ao tempo feito na subida anterior.

A dupla Luís Delgado/Raul Delgado (Alfa Romeo 156) assegurou a vitória no Desafio Único ao bater a dupla João Baptista/Gustavo Moura (Alfa Romeo 156), por 3,089 s.

E se ontem, Luís Delgado e João Baptista fizeram jogo equilibrado, que se traduziu numa vitória para cada um, hoje, depois de, na primeira subida, Raul Delgado ter ganho mais de um segundo a Gustavo Moura, este na tentativa de recuperar o tempo perdido, acabou por se atrasar de forma irremediável e perdeu mais de um minuto e meio para o seu adversário, que assegurou a vitória.

Joaquim Soares/Tiago Ribeiro (Alfa Romeo 156) completaram o pódio, ao bater por 0,365 s. Paulo Ribeiro/António Ferreira (Alfa Romeo), após cada uma das duplas vencer duas subidas, uma por cada piloto, o que diz bem do equilíbrio que caracterizou a luta pelo terceiro lugar.

Referência, ainda, ao facto da versão “Light” da Rampa da Falperra, com os inscritos a fazerem, apenas, duas subidas, para contar a melhor, ter sido ganha por Paulo Silva (BMW E30), à frente de Amaro Sousa (BMW M3) e de Daniel Freitas Silva (VW Polo), enquanto entre os interessados no Campeonato de Espanha de Montanha Andrés Vilariño venceu a Categoria 1 e Jose Lopez-Fombona, a Categoria 2.

 

Tempos da 3.ª subida.

Campeonato da Europa

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 1.49,364; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 1.57,464; 3.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 1.57.539; 4.º, Milos Benes (Osella FA30), 1.58,237; 5.º, Andrés Vilariño (Norma M20), 2.00,057; 6.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 2.06,587; 7.º, Renzo Napone (Reynard K02), 2.07,330; 8.º, Petr Vitek (Osella PA 205), 2.08,795; 9.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 2.09,325; 10.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.10.336.

Campeonato Nacional

1.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.09,864; 2.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.10,294 (1.º da Categoria 1); 3.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 2.13,745; 4.º Tiago Reis (Ford Fiesta) 2.15,835 (1.º, da Categoria 3); 5.º, Paulo Ramalho (Juno CN09), 2.17,207; 6.º, José Silvino Pires (Porsche 996 RSR), 2.19,493; 7.º, Bernado Sá Nogueira (Silver Car S2), 2.21,332; 8.º, Luís Barros (Mercedes 190E), 2.25,592; 9.º, Joaquim Rino (BRC 05), 2.26,432; 10.º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 2.26,549

Classificação final

Campeonato da Europa

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 3.40,653; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 3.53,475; 3.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 3.53,932; 4.º, Milos Benes (Osella FA30), 3.54,250; 5.º, Andrés Vilariño (Norma M20), 3.58,216; 6.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 4.12,352; 7.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 4.16,894; 8.º, Petr Vitek (Osella PA 205), 4.17,509; 9.º, Renzo Napone (Reynard K02), 4.18,885; 10.º, Patrick Cunha (Lambroghini), 4.20,200

Campeonato Nacional

1.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 4.20,200; 2.º, João Fonseca (Norma M20FC), 4.22,929 (1.º da Categoria 1); 3.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 4.27.180; 4.º Tiago Reis (Ford Fiesta) 4.30,861 (1.º, da Categoria 3); 8.º, Paulo Ramalho (Juno CN09), 4.34,809; 6.º, José Silvino Pires (Porsche 996 RSR), 4.38,355; 7.º, António Barros (BRC CM02), 4.41,577; 8.º, Bernado Sá Nogueira (Silver Car S2), 4.47,439; 9.º, Luís Barros (Mercedes 190E), 4.51,521; 10.º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 4.52,151

Patrick Cunha (Lamborghini) impõe-se pela primeira vez

Patrick Cunha (Lamborghini) registou o melhor tempo na primeira subida de hoje, segunda da Rampa da Falperra, pontuável para o Campeonato Nacional de Montanha, e assumiu o comando a nível nacional, tendo pouco mais de dois segundos de vantagem sobre João Fonseca (Norma M20FC), que continua a dominar na Categoria 1. O terceiro tempo da subida foi para Rui Ramalho (Juno SSE), que está a 3,025 s. de João Fonseca.

José Silvino Pires (Porsche 996 RSR) é o vice-líder da Categoria 2, que nesta subida "perdeu" um concorrente. Edgar Reis (Porsche 997) deu um toque na chicane e a ficou por aí, tendo, inclusive, que haver repetição de subidas para quem o seguia.  Joaquim Teixeira está com a melhor marca, no tempo acumulado, a cinco segundos de Pires, depois de se queixar por ter encontrado público na pista.

031 GTI 6304 José Silvino Pires (Porsche 996) - Foto por Foto GTI

Tiago Reis (Ford Fiesta) continua a ser sistematicamente o quarto e dominador da Categoria 3 e tem 21,388 s. de avanço sobre Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI) que por sua vez tem uma vantagem de 1,516 s. sobre Luís Barros (Mercedes 190E), com quem vai discutir os restantes lugares do pódio, já que Luís Nunes (Seat Leon), quarto, tem um atraso de 3,268 s., em relação ao piloto do Mercedes.

045 GTI 4092 Tiago Reis (Ford Fiesta) - Fotos de Foto GTI

Na Categoria 4, Valter Sousa (Ford Escort) foi o mais rápido (2.39,064) e bateu pela primeira vez, no fim-de-semana, José Pedro Gomes (Ford Escort MK II), que, apesar de ter cedido 0,765 s. ao seu adversário, conservou o comando da Categoria, com 1,599 s. de vantagem sobre Valter Sousa.

069 GTI 3955 José Pedro Gomes (Ford Escort) - Foto de Foto GTI

Pedro Silva (VW Golf), terceiro na subida, manteve idêntica posição na Categoria.

Em termos de Campeonato da Europa, o italiano Simone Faggioli (Norma M20FC) não só fez o melhor tempo (1.49,364), como estabeleceu um novo “record” do traçado, com o piloto a considerar que a rampa "ainda não acabou e vou tentar melhorar o tempo".

E se o triunfo está assegurado, pois Simone Faggioli tem 8,100 s. de vantagem sobre Fausto Bormolini (Reynard K02), a luta pelo segundo lugar está ao rubro, uma vez que Sebastien Petit (Lola B06/51) dista escassso 0,075 s. do piloto do Reynard, com Milos Benes (Osella FA30) a aspirar a um lugar no pódio, porque o piloto do Lola está a menos de um segundo (0,698 s.)

Na terceira subida pontuável para o Desafio Único continuou a assistir-se a um cerrado duelo entre Luís Delgado (Alfa Romeo 156) e João Baptista (Alfa Romeo 156), os mais rápidos em cada uma das subidas de ontem, com Luís Delgado a desempatar o número de triunfos, como consequência do facto de ter sido 1,162 s. mais rápido do que o seu adversário.

Situação semelhante é vivida na discussão do derradeiro lugar do pódio, com Joaquim Soares (Alfa Romeo 156) a bater Paulo Ribeiro (Alfa Romeo 156) por menos de um segundo (0,954 s.)

Tempos da 2.ª subida.

Campeonato da Europa

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 1.49,364; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 1.57,464; 3.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 1.57.539; 4.º, Milos Benes (Osella FA30), 1.58,237; 5.º, Andrés Vilariño (Norma M20), 2.00,057; 6.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 2.06,587; 7.º, Renzo Napone (Reynard K02), 2.07,330; 8.º, Petr Vitek (Osella PA 205), 2.08,795; 9.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 2.09,325; 10.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.10.336.

Campeonato Nacional

1.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.10,336; 2.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.12,635 (1.º da Categoria 1); 3.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 2.13,435; 4.º Tiago Reis (Ford Fiesta) 2.15,496 (1.º, da Categoria 3); 5.º, António Barros (BRC CM02), 2.21,807; 6.º, Bernado Sá Nogueira (Silver Car S2), 2.23,262; 7.º, José Silvino Pires (Porsche 996 RSR), 2.23,628; 8.º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 2.25,602; 9.º, Luís Barros (Mercedes 190E), 2.27,836; 10.º, Joaquim Rino (BRC 05), 2.28,118

Classificação após duas subidas

Campeonato da Europa

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 3.40,653; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 3.55,012; 3.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 3.56,100; 4.º, Andrés Vilariño (Norma M20), 3.59,593; 5.º, Milos Benes (Osella FA30), 4.09,299; 6.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 4.12,516; 7.º, Renzo Napone (Reynard K02), 4.18,885; 8.º, Petr Vitek (Osella PA 205), 4.19,793; 8.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 4.20,671; 10.º, Patrick Cunha (Lambroghini), 4.23,021

Campeonato Nacional

1.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 4.23,021; 2.º, João Fonseca (Norma M20FC), 4.25,304(1.º da Categoria 1); 3.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 4.28,329; 4.º Tiago Reis (Ford Fiesta) 4.30,861 (1.º, da Categoria 3); 5.º, António Barros (BRC CM02), 4.41,577; 6.º, José Silvino Pires (Porsche 996 RSR), 4.42,490; 7.º, Bernado Sá Nogueira (Silver Car S2), 4.47,439; 8.º, Paulo Ramalho (Juno CN09), 4.51,489; 9.º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 4.52,249; 10.º, Luís Barros (Mercedes 190E), 4.53,675

 

RAMPA DA FALPERRA - SÁBADO

36ª Rampa Internacional da Falperra - Sábado

Tempos disponíveis em: http://www.tiemposonline.com/online/hillclimb25/index.asp?pr=falperra15

 

João Fonseca (Norma M20FC) por 0,016 s.

 Armindo3 João Fonseca (Norma) - Foto de Foto GTI

Escassos 0,016 s. ficaram a separar os dois primeiros, João Fonseca (Norma M20FC) e Patrick Cunha (Lamborghini), mais rápido da Categoria 2, na primeira subida a contar para o Campeonato Nacional de Montanha.

 Armindo2 Patrick Cunha (Lamborghini) - Foto de Foto GTI

Ao ser o mais rápido (2.12,669) João Fonseca assume o comando, mas a vantagem sobre Patrick Cunha (Lamborghini) é “inexistente”, pelo que as duas subidas de amanhã prometem emoções fortes.

 

Rui Ramalho (Juno SSE) assegurou o terceiro lugar absoluto, a 2,225 s., de João Fonseca, com o piloto a poder estar a acusar o facto de só ter feito uma subida de treino José Silvino Pires (Porsche 996 RSR) assegurou o segundo lugar da Categoria 2, depois de perder  6,177 s. para o piloto do Lamborghini.

 

Tiago Reis (Ford Fiesta), quarto, conservou a superioridade que tem patenteado, na Categoria 3, assegurando uma vantagem de 10,564 s. sobre Luís Barros (Mercedes 190E). Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI) averbou o terceiro tempo a 11,282 do piloto do Ford.

 

O mesmo sucedeu na Categoria 4, onde José Pedro Gomes (Ford Escort MK II) continua a ser o mais rápido (2.36,113), tendo ganho 2.364 s. a Valter Sousa (Ford Escort), com Pedro Silva (VW Golf) a assegurar o terceiro tempo a 3,627 s. de José Pedro Gomes.

 

Em termos de Campeonato da Europa, o italiano Simone Faggioli (Norma M20FC) fez o melhor tempo (1.51,289) numa primeira subida, marcada pelas queixas de vários pilotos, motivadas por, segundo eles, haver um excesso de bandeiras amarelas, que os impediu de tirar todo o partido dos carros que tripulavam.

Armindo1 Simone Faggioli (Norma) - Foto de Foto GTI

Indiferente a tudo isso, tanto mais que ninguém foi autorizado a repetir a subida, Simone Faggioli instalou-se, confortavelmente, no comando com 6,259 s. deavanço sobre o seu compatriota Fausto Bormolini (Reynard K02).

 

Para além dos dois primeiros, também o francês Sebastien Petit (LolaB06/51) e o espanhol Andrés Vilariño (Norma M20) cumpriram os 5200 metros do percurso em menos de dois minutos, dando a entender que os restantes lugares do pódio serão discutidos entre estes três pilotos, já que a vitória, só por um imponderável, poderá escapar a Simone Faggioli.

 

Batido por 0,716 s., na primeira subida pontuável para o Desafio Único, Luís Delgado (Alfa Romeo 156) impôs-se na segunda, de forma clara, ao bater João Baptista (Alfa Romeo 156) por 3,369 s., com Paulo Ribeiro (Alfa Romeo 156) a averbar o terceiro tempo, à frente Joaquim Soares (Alfa Romeo 156) que o tinha suplantado na subida anterior, com a vantagem a ser de Paulo Ribeiro mais rápido 2,658 s., depois de ter sido mais lento 0,495 s.

 

Tempos da 1.ª subida.

 

Campeonato da Europa

 

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 1.51,829; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 1.57,548; 3.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 1.58,561; 4.º, Andrés Vilariño (Norma M20), 1.59,536; 5.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 2.05,929; 6.º, Milos Benes (Osella FA30), 2.11,062; 7.º, Petr Vitek (Osella PA 205), 2.11,178; 8.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 2.11,346; 9.º, Renzo Napone (Reynard K02), 2.11,555; 10.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.12,669

 

Campeonato Nacional

 

1.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.12,669; 2.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.12,865 (1.º da Categoria 2); 3.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 2.14,894; 4.º Tiago Reis (Ford Fiesta) 2.15,365 (1.º, da Categoria 3); 5.º, Paulo Ramalho (Juno CN09), 2.17,602; 6.º, José Silvino Pires (Porsche 996 RSR), 2.18,862; 7.º, António Barros (BRC CM02), 2.19,770; 8.º, Bernado Sá Nogueira (Silver Car S2), 2.24,177; 9.º, Joaquim Rino (BRC 05), 2.25,847; 8.º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 2.25,374; 10.º, Luís Barros (Mercedes 190E), 2.25,929

 

A Rampa da Falperra prossegue amanhã de manhã, com as outras duas subidas de prova, antecedidas de uma subida de treinos livres.

 

2ª subida de treinos oficiais - Simone Faggioli (Norma M20FC) imparável

O italiano Simone Faggioli (Norma M20FC) está a revelar-se intratável na edição 2015 da Rampa da Falperra, prova pontuável para o Campeonato da Europa de Montanha, ao averbar o melhor tempo nas três subidas de treino, todas elas em menos de dois minutos, barreira que foi o único a passar de forma sustentada.

Para já o italiano tem vindo em crescendo, baixando de forma sistemática os seus tempos (1.55,837; 1.54,690; 1.53,852), com um ganho da ordem dos dois segundos ao longo dos 5200 metros de extensão da prova.

Para além dos tempos, importa referir que os seus opositores a mínima distância que conseguiram foi superior a três segundos, o que o deixa bem lançado para a conquista da vitória.

O seu compatriota Fausto Bormolini (Reynard K02) e Milos Benes (Osella FA 30) foram os outros dois pilotos que baixaram a barreira dos dois minutos (ambos por uma vez e na segunda subida de treinos), com o primeiro a ser sempre o segundo mais rápido, e o segundo a não alinhar na derradeira subida, por problemas mecânicos.

Entre os envolvidos no Campeonato Nacional, melhor tempo, pela primeira vez para João Fonseca (Norma M20FC) que bateu Rui Ramalho (Juno SSE), que esteve pela primeira vez em acção, por menos de um segundo, com Patrick Cunha (Lamborghini), mais rápido da Categoria 2, a fechar o lote dos 10 mais rápidos absolutos.

Tiago Reis (Ford Fiesta) tem, tal como Simone Faggioli, em termos absolutos, dominado a Categoria 3, com José Pedro Gomes (Ford Escort MK II) a fazer o mesmo na Categoria 4.

Na primeira subida de prova pontuável para o Desafio Único, João Baptista (Alfa Romeo 156), que tinha visto Luís Delgado (Alfa Romeo 156) averbar os melhores tempos, nas duas subidas de treinos, assegurou o melhor tempo (2.42,773) e bateu Luís Delgado (Alfa Romeo 156) por 0,716 s., o que os coloca como principais candidatos à vitória, uma vez que o terceiro, Joaquim Soares (Alfa Romeo 156) foi quase cinco segundos mais lentos que os seus antecessores.

Melhores tempos absolutos:

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 1.53,852; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 2.00,440; 3.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 2.00,950; 4.º, Andrés Vilariño (Norma M20), 2.02,087; 5.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 2.07,758; 6.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 2.11,884; 7.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.14,646; 8.º, Renzo Napone (Reynard K02), 2.15,263; 9.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 2.15,550; 10.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.15,934

Campeonato Nacional

1.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.14,646; 2.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 2.15,550; 3.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.15,934 (1.º da Categoria 2); 3.º Tiago Reis (Ford Fiesta) 2.18,683 (1.º, da Categoria 3); 4.º, Paulo Ramalho (Juno CN09), 2.19,464; 5.º, António Barros (BRC CM02), 2.22,027; 6.º, José Silvino Pires (Porsche 996 RSR), 2.23,195; 7.º, Bernado Sá Nogueira (Silver Car S2), 2.23,769; 8.º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 2.25,374; 9.º, Edgar Reis (Porsche 997 GT3 Cup), 2.27,823; 10.º, Luís Barros (Mercedes 190E), 2.28,070

1ª Sessão de treinos oficiais - Simone Faggioli (Norma M20FC) confirma superioridade.

Ao melhor o seu tempo em quase um segundo (de 1.55,837 para 1.54,690), na primeira subida de treinos cronometrados da Rampa da Falperra, pontuável para o Campeonato da Europa de Montanha (CEM), o italiano Simone Faggioli (Norma M20FC) confirmou a sua superioridade, mas, desta vez, viu o seu compatriota Fausto Bormolini (Reynard K02) e Milos Benes (Osella FA 30) acompanharem-no nas subidas em, menos de dois minutos.

Apesar de Fausto Bormolini ter melhorado a sua marca em mais três segundos e de Simone Faggioli tê-lo feito em pouco mais de um segundo a diferença entre os dois italianos é superior a três segundos, o que deixa antever que o piloto do Norma é o principal favorito à vitória no traçado bracarense.

Ao ser o mais rápido (2.15,658) entre os portugueses, e ao melhorar, em quase cinco segundos, o tempo feito por Tiago Reis (Ford Fiesta), na primeira subida, Patrick Cunha (Lamborghini) registou o nono tempo absoluto, à frente de João Fonseca (Norma M20FC), com a particularidade de os protótipos continuarem a ser batidos, quando se esperava que dominassem no Campeonato Nacional de Montanha.

Desta feita Tiago Reis (218,771 viu-se batido por dois adversários, mas voltou a ser o mais rápido da Categoria 3, enquanto José Pedro Gomes (Ford Escort MK II) continua a “passear” a sua superioridade na Categoria 4, sendo 19.º (2.36,354) no Campeonato Nacional

No Desafio Único, Luís Delgado (Alfa Romeo 156) manteve a superioridade manifestada no primeiro treino e, apesar de ter sido mais lento (2.44,233 contra 2.42,999), aumentou a vantagem sobre João Baptista (Alfa Romeo 156), de novo segundo, para 3,762 s.

Melhores tempos absolutos:

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 1.54,490; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 1.58,412; 3.º, Milos Benes (Osella FA 30), 1.59,783; 4.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 2.02,706; 5.º, David Hauser (Wolf 08F1), 2.09,760; 6.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 2.11,186; 7.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 2.11,595; 8.º, Petr Vitek (Osella PA 205), 2.15,296; 9.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.15,658; 10.º, João Fonseca  (Norma M20FC), 2.16,609.

Campeonato Nacional

1.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.15,658; 2.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.16,609 (1.º da Categoria 1); 3.º Tiago Reis (Ford Fiesta) 2.18,771 (1.º, da Categoria 2); 4.º, Paulo Ramalho (Juno CN09), 2.19,636; 5.º, António Barros (BRC CM02), 2.22,828; 6.º, Bernado Sá Nogueira (Silver Car S2), 2.24,501, 7.º, Edgar Reis (Porsche 997 GT3 Cup), 2.26,483; 8.º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 2.26,765; 9.º, Luís Nunes (Seat Leon),  2.29,092; 10.º, Joaquim Teixeira (Porsche 911), 2.29,922

Treinos Livres - Simone Faggioli (Norma M20FC) o mais rápido

O italiano Simone Faggioli (Norma M20FC) fez o melhor tempo (1.55,837), na primeira subida de treinos livres da Rampa da Falperra, pontuável para o Campeonato da Europa de Montanha (CEM), sendo o único a descer a barreira dos dois minutos, com o seu compatriota Fausto Bormolin (Reynard K02) a registar a segunda marca mas a mais de cinco segundos, do melhor tempo absoluto.

David Hauser (Wolf 08F1) registou a terceira marca, a quase oito segundos do piloto Norma, enquanto, entre os portugueses envolvidos no CEM, João Fonseca (Norma M20FC) foi o mais rápido averbando o nono tempo, a mais de 25 s. de Simone Faggioli.

Em termos de Campeonato Nacional de Montanha (CNM), Tiago Reis (Ford Fiesta) causou a primeira surpresa ao ser o mais rápido, impondo-se aos pilotos dos protótipos e alcançando o nono tempo absoluto (CEM e CNM), à frente de João Fonseca que, por força dessa situação, fechou o “top ten” da classificação conjunta.

Tiago Reis bateu João Fonseca (Norma M20FC) por 0,600 s., com Patrick Cunha (Lamborghini), o melhor da Categoria 2, a alcançar o terceiro tempo (2.22,722).

De assinalar que Rui Ramalho (Juno SSE), vencedor da prova de abertura da temporada, a Rampa da Penha, optou por não subir.

José Pedro Gomes (Ford Escort MKII), 22.º da geral da CNM, foi o mais rápido (2.44,801) da Categoria 4, enquanto Joana Barbosa (Abarth 500), que ficou cinco lugares mais atrás, foi a mais veloz (2.49,258) entre as Senhoras.

No Desafio Único, Luís Delgado (Alfa Romeo 156) registou o melhor crono (2.42,999) e suplantou João Baptista (Alfa Romeo 156) por 2,635 s.

Melhores tempos:

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 1.55,837; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 2.01,170; 3.º, David Hauser (Wolf 08F1), 2.03,778; 4.º, Andrés Vilariño (Norma M20), 2.04,219; 5.º, Milos Benes (Osella FA 30), 2.04,552; 6.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 2.09,587; 7.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 2.11,439; 8.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 2.18,352; 9.º, Tiago Reis (Ford Fiesta) 2.20,391; 10.º, João Fonseca (Norma M20FC),2.20,991.

 

PEDRO CASTANON EXPLICA

 

NO partcicipación de Pedro Castañón en temporada 2015


PRENSA FOTO_MANO_LEVANTADA_JUNO_Copy

  Finalmente, el piloto compostelano, Pedro Castañón, no podrá luchar, esta temporada, por revalidar el título de Campeón de Portugal de automovilismo, que actualmente ostenta, al no poder conseguir los apoyos económicos suficientes para poder participar este año.

    "Hemos intentado, desde el mes de noviembre, conseguir los patrocinios suficientes para competir, este año; pero a pesar de lograr contar con algún patrocinio local y el apoyo del departamento de deportes de nuestro Ayuntamiento, fué imposible conseguir el presupuesto necesario para participar en la temporada 2015 y veremos en el futuro, ya que, si habiendo sido campeones nacionales este año nos ha sido imposible involucrar a suficientes patrocinadores, conseguirlo, el próximo año, tras una temporada en paro, va a ser mucho más complicado.

     Gracias de todos modos a los que han intentado ayudarnos y a los aficionados tanto de Portugal como de España. Nos sentimos orgullosos de poder ostentar el título de Portugal de 2014, en el que mucho tuvo que ver nuestro equipo COMVAL RACING, y mucha suerte para los que fueron nuestros compañeros y rivales el pasado año y para amigos, organizadores, medios de comunicación, fotógrafos, federación y asociación de pilotos para este año 2015" declaró el piloto santiagués.

EQUIPO PEDRO CASTAÑÓN

 

GINHO RODRIGUES FALA DA RAMPA DA FALPERRA

GINHO RODRIGUES FALA-NOS DA RAMPA DA FALPERRA

 

DESAFIO UNICO - FIAT PUNTO

 

 

Apesar de todos os problemas o terceiro lugar foi o resultado possível. A equipa foi mais uma vez incansável para os resolver. Parabéns a todos

 

LUIS NUNES VENCEU CATEGORIA NA FALPERRA

LUIS NUNES VENCEU CATEGORIA NA RAMPA DA FALPERRA

 

 

VITÓRIA na rampa internacional da Falperra em Braga grupo E1B. Uma das melhores e mais rápidas da Europa.

 

PATRICK CUNHA AGRADECE

PATRICK CUNHA AGRADECE

 

 

OBRIGADO OBRIGADO OBRIGADO 
Esta VITÓRIA também é vossa.
Quero agradecer a minha fantástica equipa Velosomotorsport e patrocinadores; Campicarn; Gestfire;Legion;Unicredito;Spoon;Grupo DG;JPA Construtora; Algodão&Ca;Trialarmes; Optical+;Cápsula,Champanheria de Janes, Publiminho e Amigos , quero dedicar está vitoria a todos que referi anteriormente e a todos que me apoiaram sem exceção e peço que partilhem para chegar às pessoa que durante a rampa me apoiaram.

 

PATRICK CUNHA FALA DA RAMPA DA FALPERRA

PATRICK CUNHA FALA DA RAMPA DA FALPERRA

 

 


11º na geral
Amanhã há mais vou tentar melhora

 

ADRIANA BARBOSA FALA DA RAMPA DA FALPERRA

ADRIANA BARBOSA FALA DA RAMPA DA FALPERRA

 

 

Terminou mais uma Rampa da Falperra, apesar de não conseguir evoluir a minha prestação relativamente ao ano passado devido alguns contratempos, diverti-me imenso numa das minhas provas preferidas...Obrigada a todos pelo apoio! 

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

RICARDO GOMES E  JOSÉ CORREIA NO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

GRupo de imagens do bonito Seat leon de Ricardo Gomes e José Correia em acção.JOSECORREIA1 CopyJOSECORREIA2 Copyrich104 Copyrich103 Copyrich101 CopyRICH5 CopyRICH1 CopyRIC10 Copy_Copyric1 Copy_Copy

 

MARTINE PEREIRA CONFIRMA ALFA GTA NA FALPERRA

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

MARTINE PEREIRA CONFIRMA PARTICIPAÇÃO COM ALFA ROMEO GTA NA RAMPA DA FALPERRA

 

Martine pereira confirmou-nos hoje que vai participar na Rampa da Falperra com o Alfa Romeo GTA, e n~´

ao com o Alfa Romeo 156, com o qual aparece inscrito.Sobre isto o piloto de Vila NOva de Famalicão disse-nos logo" não entendo a confusão do CAM, ao colocar na lista de inscritos que iria participar com o Alfa Romeo 156, o que não é verdade.Vou participar, não com o 156, mas sim com o GTA".MARTINE Copy

 

SÁ NOGUEIRA NA RAMPA DA FALPERRA

 

Bernardo Sá Nogueira participa na Falperra


BSN FT_15001_Copy

Bernardo Sá Nogueira, com o apoio do seu parceiro Grupo REMAX EXPO, participa no próximo fim-de-semana na Rampa da Falperra, uma das mais importantes provas do calendário nacional de automobilismo, procurando alcançar um bom resultado.

Depois da sua excelente prestação na edição de 2014 da prova bracarense, em que se impôs entre os CM e assegurou o terceiro lugar na classificação geral do Campeonato Nacional de Montanha, o piloto de Santarém regressa este ano à prova maior da especialidade, novamente aos comandos de um Silver-Car S2, desta vez preparado pela HVC Escuderia, o que lhe garante uma arma competitiva.

Bernardo Sá Nogueira mostra-se mais motivado que nunca com o seu regresso ao evento do Sameiro, apontando a importância da prova, assim como a sua selectividade. “A Rampa da Falperra é uma das principais provas do automobilismo nacional, fazendo parte do imaginário de todos os pilotos e adeptos nacionais, dado possuir um traçado extremamente selectivo que exige muito quer das máquinas quer dos pilotos. Para além disso, existe uma multidão apaixonada ao longo do troço, dando um colorido muito próprio a este evento. Face a tudo isto, é normal que exista um desejo profundo de participar nesta prova da parte de todos. Com o apoio do João Almeida e do Paulo Dias Fernandes, consegui montar um projecto muito interessante que me permite estar presente ao volante de um Silver-Car S2, o que me abre boas possibilidades de alcançar um bom resultado”, afirmou o piloto de Santarém.

O piloto apoiado pelos seus parceiros sabe que terá oponentes bastante fortes, mas acredita que tem as condições necessárias para ter um bom fim-de-semana de competição. “A Rampa da Falperra reúne alguns dos melhores pilotos portugueses e da Europa, estou consciente, portanto, de que a oposição será muito forte e que é necessário tudo estar perfeito para que possamos alcançar os nossos objectivos. Tenho vindo a preparar-me afincadamente para este evento e acredito ter ao meu dispor os argumentos técnicos para apresentar um bom nível. Tendo isso em conta, penso que poderei bater-me por um bom resultado muito embora só com o decorrer da prova terei uma ideia clara de quais serão as minhas possibilidades”, sublinhou com confiança Bernardo Sá Nogueira, que acrescenta: “Não posso deixar de agradecer a João Almeida e a Paulo Dias Fernandes – a equipa REMAX Nº1 da Europa –, pelo seu importante apoio em todo este projecto”.

O programa da Rampa da Falperra inicia-se no próximo sábado com as subidas de treinos e as primeiras subidas de prova, terminando no dia seguinte.

 

VELOSO MOTORSPORT NA RAMPA DA FALPERRA

 

Rampa da Falperra é o próximo desafio da Veloso Motorsport

 

 

A Veloso Motorsport vai estar presente em mais uma edição da popular Rampa da Falperra, cuja 36ª edição se realiza no próximo fim-de-semana de 16 e 17 de Maio, na subida ao Santuário de Nossa Senhora do Sameiro  em Braga. A equipa da Póvoa do Lanhoso inscreve para esta prova o seu Lamborghini Gallardo FL2 GT3, carro que será pilotado por Patrick Cunha.

 

Os objectivos são bem claros como explica o virtuoso piloto da Vieira do Minho, “Queremos ganhar o Grupo GT, tanto a nível do Campeonato da Europa como em termos nacionais. Como já mostrei o ano passado, podemos estar a um nível elevado e aliar o triunfo ao enorme gozo que dá correr nesta histórica rampa, perante a habitual enchente em termos de público. Não sendo um carro especialmente preparado para competir neste tipo de provas, o Lamborghini normalmente dá-se bem neste “ambiente”, pelo que estou optimista em conseguir chegar aos objectivos traçados. Esta vai ser a minha primeira prova em 2015, pelo que não estarei a cem por cento nas primeiras subidas, mas espero chegar rapidamente a um bom nível de confiança, para atacar depois nas subidas de prova. Confio na capacidade técnica da Veloso Motorsport para me ajudar e se tudo correr bem, regressar a casa com mais uma vitória para os nossos palmarés.”

 

 

HORÁRIO

 

SÁBADO – 16.05.2015

 

09h00 - 1ª Subida de Treinos
10h56 - 2ª Subida de Treinos
13h13 - 3ª Subida de Treinos
15h29 - 1ª Subida de Prova

 

DOMINGO – 17.05.2015

 

09h00 - 2ª Subida de Prova
10h56 - 3ª Subida de Prova

 VMS150515 Copy

 

FERREIRA E RIBEIRO NA FALPERRA

 

Tó Zé Ferreira e Paulo Ribeiro querem pódio na Falperra

Tó Zé Ferreira e Paulo Ribeiro vão, no próximo fim-de-semana, subir a estrada vai até ao Sameiro, em Braga, num percurso mundialmente conhecido como Rampa da Falperra.

Integrados na caravana do Desafio Único FEUP 3, a dupla de pilotos pretende alcançar o pódio em mais esta participação na famosa rampa minhota. Os pilotos ocupam a liderança do troféu organizado pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e é sem arrogância que afirmam que o pódio é possível.

Depois da vitória em Braga, no mês passado, Tó Zé Ferreira é cauteloso ao afirmar que “ uma rampa é sempre difícil porque são apenas 5 km onde é necessário ter rapidez e consistência, não ter surpresas com a mecânica nem com a meteorologia. Se estes factores não estiverem todos alinhados, é difícil conseguir um bom tempo. Contudo, pensamos que é possível alcançar o pódio e continuarmos a ocupar as primeiras posições do troféu.”

A dupla do Alfa Romeo 333 corre com as cores da eni, Asla, Fernando Seabra Lda, Spormex, Tintas 4CR, Rolar Verde, PD Auto, Safelycar, Diogoana, Espaço Gi, Tzi Designs e Roadgalaxy .TZ 2015_Copy

 

JOAQUIM RINO ESTREIA UM NOVO BRC NA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

RAMPA DA FALPERRA

 

JOAQUIM RINO ESTREIA UM NOVO BRC CM 05 NA RAMPA DA FALPERRA


JOAQUIM RINO_Copy

Joaquim Rino vai estrear este fim de semana na Rampa da Falperra o seu novo BRC CM 05 Ev, com que irá participar em algumas provas do Campeonato Nacional de Montanha. Não será demais referir que Joaquim Rino ficou com o seu BRC anterior destruído na época transacta na Rampa da Penha, isso fruto dum incêndio que atingiu o seu carro, deixando-o muito danificado.

Assim para esta época, o piloto da Batalha está de regresso, como nos explicou “ vou regressar mas não vou fazer as provas todas, alinharei na Falperra, depois a Covilhã, Caramulo e mais outra á escolha. Está nos meus planos participar igualmente na Rampa de Porto de Mós, essa uma prova extra campeonato”

 

Sobre os objectivos para esta prova “ nunca conduzi este carro, comprei-o, mas não tive ainda a oportunidade de o conduzir. Por isso irá ser feito um trabalho de raiz, onde na primeira subida irei ver como encontrar rapidamente os set up correctos para o carro, que por aquilo que já vi é bem diferente do anterior. Por isso nesta prova, será para tomar um conhecimento mais profundo do carro, espero poder fazer as subidas todas, de preferência sempre a melhorar os tempos, e ficar o melhor classificado possível”.

Joaquim Rino irá fazer hoje as verificações técnicas e documentais, para depois expor o seu carro no centro de Braga. Amanhã haverá lugar às subidas de treinos, para no final da tarde surgir a primeira subida de prova. As restantes subidas de prova  terão lugar no domingo.

 

EDAGR REIS QUER EVOLUIR

 

Edgar Reis à procura de evolução com o Porsche na Falperra

 

Depois de ter estreado o Porsche 997 GT3 Cup na Rampa da Penha, Edgar Reis pretende continuar a ganhar experiência com o potente carro alemão, desta vez na famosa Rampa Internacional da Falperra.

 

A transição do Renault Clio RS2000 para o Porsche exige muitos quilómetros de habituação e Edgar Reis sabe que só o tempo lhe permitirá estar mais à vontade com um GT de 450 cavalos e tracção traseira. “Começámos o ano com um segundo lugar na categoria e agora, se possível, vamos tentar estar mais próximo do primeiro lugar”, referiu o piloto do Team Transfradelos. “O segredo é não abusar sem conhecer bem o carro, porque um despiste pode condicionar a nossa luta pelo título da Categoria 2. Vou tentar continuar a aprender com o Porsche e desfrutar do prazer que é correr na Falperra”, concluiu Edgar Reis.

                                                                
Na sua 36ª edição, a Rampa da Falperra começa no próximo sábado às 09h00 com as primeiras subidas de treinos, enquanto as subidas oficiais começam às 15h30. No domingo, as dezenas de milhares de espectadores na Falperra poderão ver a acção em pista a partir das 09h00.
DSC 0455_Copy

 

REBELO MARTINS NAS QUATRO RODAS

 

Motivar com viagens e desporto motorizado

João Rebelo Martins, depois de 15 anos dedicado às quatro rodas, tendo ganho diversos títulos nacionais e conquistado muitas corridas e pole-positions, dedicou-se, em 2015,  às duas rodas.

Fará algumas corridas do Campeonato Nacional de Clássicas, a bordo de uma Yamaha RD 350, e fará diversas viagens aventura, de moto, pela Europa, Ásia e Oceânia. 2015 vai ser “Um ano de Aventuras”.

Usando toda a sua experiência como piloto e como viajante, João Rebelo Martins tem dado várias conferências sobre os temas “motivação”, “liderança” e como as viagens servem para um maior conhecimento do mundo e de cada um.

Em empresas, nas escolas Soares de Bastos – Oliveira de Azeméis -, Augusto Gomes – Matosinhos -, Colégio de Amorim – Póvoa de Varzim -, e na AM.org Talk – Gaia -, o piloto tem encontrado um público avido de ouvir os seus relatos e a sua forma positiva de encarar as dificuldades que lhe vão aparecendo a cada quilómetro que percorre.

Para Rebelo Martins “ o contacto com as pessoas, com miúdos que se estão a descobrir e que dentro de pouco tempo terão que decidir o que fazer no futuro, é um trabalho fabuloso e muito gratificante. Poder contar o que significa cada fotografia e cada sorriso é fantástico; explicar como se supera cada desafio é uma obrigação porque o meu exemplo pode ajudá-los a encararem de forma positiva as dificuldades que vão surgindo”.IMG 7454_Copy

 

REIS NA FALPERRA

 

Tiago Reis: “A Rampa da Falperra é sempre o ponto alto da época”

 

Depois do positivo segundo lugar na abertura do Campeonato Nacional de Montanha, Tiago Reis e o Team Transfradelos preparam-se para a Rampa Internacional da Falperra, a disputar no próximo fim-de-semana. O piloto do Ford Fiesta RS Cosworth volta a apostar na luta pela vitória.

 

Será a quinta participação de Tiago Reis na Rampa da Falperra. O campeão nacional absoluto de 2013 e campeão em título da Categoria 3 descreve a prova bracarense como o ponto alto da temporada para qualquer piloto da Montanha: “Sem dúvida que a Falperra é o ponto alto da nossa época. O traçado é extremamente exigente mas ao mesmo tempo é um prazer para qualquer piloto, seja em que carro for. Eu já lá participei de Norma, de BRC e com o Fiesta, portanto sei do que falo. Além de ser uma rampa única, o público apoia-nos de forma incrível, quer nas subidas de treinos ou prova quer nas descidas até à partida. É um fim-de-semana especial”, afirmou Tiago Reis.

 

Segundo classificado do campeonato absoluto, o piloto de Famalicão defende que “para alguém que quer lutar pelo título só a vitória interessa. Sabemos que nunca é fácil mas este ano a concorrência está forte e também já conhece bem esta rampa. Vamos dar o nosso máximo”, concluiu o piloto da Transfradelos.


Na sua 36ª edição, a Rampa da Falperra começa no próximo sábado às 09h00 com as primeiras subidas de treinos, enquanto as subidas oficiais começam às 15h30. No domingo, as dezenas de milhares de espectadores na Falperra poderão ver a acção em pista a partir das 09h00.DSC 0706_Copy

 

RAMPA DA FALPERRA É JÁ ESTE FIM DE SEMANA

A Falperra está de volta!

É já no próximo fim-de-semana que o Clube Automóvel do Minho (CAM) realiza uma das mais importantes provas de desporto motorizado de Portugal.

A Rampa da Falperra soma já 36 edições, sempre a subir, no traçado que liga Braga ao Sameiro, passando, por Fraião e (claro) pela Falperra. É a mais importante das provas de montanha do calendário nacional e ombreia em notoriedade e em público com provas como WTCC, sendo até por vezes apontada como uma espécie de pequeno Rali de Portugal.

Com efeito os números desta prova são avassaladores:

No que a público diz respeito, segundo dados fornecidos pela organização do CAM, durante um fim-de-semana são cerca de 200 mil os espectadores que assistem no local ao desempenho de alguns dos mais impressionantes carros de velocidade da Europa.

Em Maio de 2014, só em Portugal,  foram publicadas 118 notícias sobre a competição em Montanha, que valeram 983.707 Euros, de acordo com um estudo realizado pela Netpress/Manchete, sobre o desempenho do Campeonato ao longo do ano.

As velocidades máximas controladas na Rampa da Falperra, na zona mais rápida da rampa, antes da travagem para a Curva de Morte, são frequentemente superiores a 220 Km/h. Em 2014, Fausto Bormolini foi controlado a 240 Km/h nesse local e o vencedor Simone Fagiolli a 248 Km/h. O italiano é detentor da melhor marca em subidas na Falperra. A terceira subida de prova do Campeão Europeu em 2014 foi realizada em 1m 50,386s, à média de 169,59 Km/h.

Paralelamente com a presente edição, há ainda uma serie de outros eventos que prometem trazer muita animação a Braga.

Logo na sexta-feira, tal como já aconteceu em 2014, a Avenida Central vai receber uma exposição invulgar. Logo após as verificações técnicas, que se realizam no Largo do Pópulo, os carros são transportados para a Avenida Central, onde vão ficar expostos.

O público terá ainda mais uma oportunidade para contactar de perto com os pilotos, pois paralelamente com a exposição decorre uma sessão de autógrafos, que se prevê seja muito participada, tal como aconteceu já em 2014.

Para todos os fotógrafos profissionais e amadores, vão decorrer dois concursos de fotografia. Um, sujeito ao tema “36ª Rampa Internacional da Falperra  2015”, outro dedicado à participação de Andrés Vilariño, na presente prova. O regulamento está disponível em: www.rampadafalperra.com.

Responsabilidade Social na ordem do dia, para a presente edição da Rampa da Falperra. Os “Bilhetes de Boa Vontade” não são uma novidade, mas é sempre de realçar esta acção que o CAM e a Confraria do Sameiro realizam em conjunto, vendendo bilhetes a dois Euros (2,00€) cada,  contribuir para sustentabilidade financeira da organização futura da Rampa da Falperra e para o pagamento das avultadas obras que se estão a realizar na Basílica do Sameiro. Alem disso há ainda dezenas de prémios em jogo.

Competição para todos os gostos

A montanha é uma das mais espectaculares  disciplinas da velocidade automóvel  que actualmente se disputam.

São corridas curtas, onde participam alguns dos mais excitantes automóveis do parque internacional, permitindo que a competição possa ser travada com o mais modesto clássico, ou com o  mais competitivo Fórmula Um.

Em pista vamos ter o suprasumo deste tipo de competições, entre campeonato nacionais, troféus e, claro, o Europeu da especialidade. A saber:

Campeonato Europeu de Montanha (CEM) – Campeonato sancionado pela Federação Internacional do Automóvel (FIA), onde participam os principais especialistas internacionais deste tipo de competição, com destaque para Simone Fagiolli, que em 2014 se sagrou Campeão pela sétima vez.  

 Simone Fagiolli - Arquivo 2014

Campeonato Nacional de Montanha (CNM) – Campeonato da Federação Portuguesa de Autmobilismo e Karting, que tem aqui a segunda prova do ano. Rui Ramalho venceu a prova de abertura e está entre os favoritos para o CNM. O vencedor do Campeonato 2014, o espanhol Pedro Castañon, já anunciou a sua não participação nesta época.

 Pedro Castañon - arquivo 2014

Campeonato de Espanha de Montanha – A Rampa da Falperra pontua para o Campeonato Espanhol da modalidade, um dos campeonatos de referencia a nível europeu, o que acrescenta pilotos e espectáculo a este evento.

Challenge Desafio Único FEUP– Troféu disputado com duas categorias – Cat. 1 com Fiat Punto e Cat. 2 com Alfa-Romeo 156 – promovido pela Faculdade de Engenharia da universidade do Porto e que se afirma como uma porta de entrada na competição, para pilotos, técnicos e preparadores.

 

Troféu Abrath 500 (prova extra) – Este troféu monomarca, disputado com os Abarth 500, desloca-se à Falperra integrando o programa da competição, com uma classificação própria, mas sem pontuar para o respectivo troféu.

Falperra Light – para todos quantos pretendam viver em pleno a emoção da competir na Rampa mais importante de Portugal, mas numa perspectiva “low-cost”.

A prova inicia-se na próxima sexta-feira, com as verificações administrativas e técnicas, que decorrem no Largo do Pópulo, no centro de Braga, ficando depois os carros expostos na Avenida Central, durante toda a tarde.

No Sábado, dia 15, as subidas de treinos iniciam-se à 09.00 horas, estando a primeira subida oficial agendada para as 13.15 horas. A actividade regressa ao plano inclinado da Falperra no Domingo, às nove da manhã, prevendo-se que a prova termine ao início da tarde.

Todo o programa pode ser consultado em: www.rampadafalperra.com

 

EQUIPA PDA AUTO NA RAMPA DA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

DANIELA1 Copy

DANIELA Copypaulosilva1 Copypaulosilva2 Copypaulosilva3 CopyRAMPA DA FALPERRA

 

 

EQUIPA DA PDA AUTO NA RAMPA DA FALPERRA

 

Aí está a equipa da PDA Auto, que vai participar esta época no Campeonato Nacional de Montanha, com Paulo Silva e Daniela Marques. Depois do acidente que sofreu no ano passado na Rampa da Penha, Paulo Silva regressa assim ao Campeonato Nacional de Montanha, com um Seat novo, como nos explicou “ é um facto, o Leon do ano passado, não deu para recuperar, e por isso agora surge este, com uma nova decoração, por sinal bem diferente da do ano passado”. Sobre o seu estado de saúde, depois de longos meses de recuperação Paulo Silva avançou-nos um pouco “ graças a Deus correu tudo bem, depois de ter sofrido  intervenções cirúrgicas, mas agora está tudo bem”. Sobre as perspectivas para a prova deste fim de semana na Rampa da Falperra “ vamos com calma, pois estive um certo tempo parado, falta-me “tarimba”. Para além disso ainda não conheço o carro, por isso as primeiras subidas irão ser feitas com alguma cautela, esperando que tudo nos corra pelo melhor sem problemas técnicos, e que não cometa nenhum erro”. Sobre os objectivos “ andar o melhor possível, numa rampa que me é muito querida, e que gosto muito, por isso fiz todos os esforços para estar presente, mas em termos de objectivos é melhorar os meus tempos em cada subida, e ficar o melhor classificado possível, mas sempre a aprender a conhecer o comportamento do carro em prova. Depois irá ser excelente rever de novo todos os meus amigos do Campeonato de Montanha”.

 

 

Daniela Marques será uma estreia em tempo integral no Campeonato Nacional de Montanha, ao volante dum Subaru Impreza, com que Paulo Silva participou na Rampa da Falperra há dois anos atrás. Sobre esta estreia, Daniela  Marques falou-nos um pouco “ penso que irá ser marcante, por ser na Rampa da Falperra, depois tudo é novo para mim, mas vamos com calma, que é para conhecer o carro. Tal como o Paulo em termos de objectivos, vamos fazer as primeiras subidas com alguma cautela, para ver como o Impreza se comporta”. Em termos de objectivos, de imediato nos disse” ficar o melhor classificado possível, se conseguir ser a melhor senhora em prova, tanto melhor, mas espero que tudo corra bem, sem qualquer tipo de problema”, disse-nos.

A equipa da PDA Auto, composta por Paulo Silva e Daniela Marques farão ao longo do dia de hoje as verificações técnicas e documentais, ao Seat Leon Copa e ao Subaru Impreza, expondo depois os carros no centro de Braga. Amanhã sábado haverá as subidas de treinos, para no final do dia dar lugar à 1ª subida de prova, completando as restantes ao longo do dia de domingo.

 

LISTA DE INSCRITOS RAMPA DA FALPERRA

LISTA DE INSCRITOS RAMPA DA FALPERRA

 

 

Eis a lista de inscritos para a Rampa da falperra

 

 

1
BEST LAP S.R.L.
354889
SIMONE FAGGIOLI
B71120
ITA
NORMA M20FC
II
CN/E2-SC
+2000
2
RACING EXPERIENCE
1140
DAVID HAUSER
519380
LUX
WOLF 08F1
II
D/E2-SS
+2000
3
BEST LAP S.R.L.
354889
FAUSTO BORMOLINI
A44631
ITA
REYNARD K02
II
D/E2-SS
+2000
4
VILARIÑO MOTORSPORT
ANDRÉS VILARIÑO ESNAOLA
ESP
OSELLA 2000
II
CN/E2-SC
+2000
I
E2-SC
5
BEST LAP S.R.L.
354889
ANDREA BORMOLINI
334007
ITA
OSELLA PA 21S
II
CN/E2-SC
-2000
6
SEBASTIEN PETIT
21532
SEBASTIEN PETIT
21532
FRA
LOLA B06/51
II
D/E2-SS
+2000
7
CZECH NATIONAL TEAM
310
MILOS BENES
310
CZE
OSELLA FA 30
II
D/E2-SS
+2000
8
CZECH NATIONAL TEAM
289
PETR VITEK
289
CZE
OSELLA PA 20S
II
CN/E2-SC
+2000
9
RENZO NAPIONE
A19083
RENZO NAPIONE
A19083
ITA
REYNARD K02
II
D/E2-SS
+2000
10
RUI RAMALHO
4864
RUI RAMALHO
4864
POR
JUNO SSE
II
CN/E2-SC
-2000
2
CN/E2-SC
11
JOÃO FONSECA
JOÃO FONSECA
POR
NORMA M20FC
II
CN/E2-SC
-2000
2
CN/E2-SC
12
PAULO RAMALHO
6077
PAULO RAMALHO
6077
POR
JUNO CN09
II
CN/E2-SC
-2000
2
CN/E2-SC
14
BUENAVENTURA MOTORSPORT
EC166
JUAN BUENAVENTURA
E620M
ESP
OSELLA PA 21J
II
CN/E2-SC
-2000
I
CN/E2-SC
15
AMP CLASSIC
ASCP1
JOSE LOPEZ-FOMBONA
E448AS
ESP
AUDI QUATTRO DTM
II
E2-SH
+3000
II
E2-SH
16
EMPREZA RACING KLUB
128
OSKAR BENES
128
CZE
FORD FIESTA
II
E2-SH
+2000
17
VLADIMIR VITVER
329
VLADIMIR VITVER
329
CZE
AUDI WTTR TT - RDTM
II
E2-SH
+3000
18
AKK PROSPORT
2
IGOR STEFANOVSKI
B019
MK
MITSUBISHI LANCER EVO IX
I
N
+3000
19
CZECH NATIONAL TEAM
135
JAROMIR MALÝ
135
CZE
MITSUBISHI EVO VIII
I
A
+2000
20
CZECH NATIONAL TEAM
1662
LUKAS VOJACEK
11
CZE
MITSUBISHI LANCER EVO VIII
I
A
+3000
21
CZECH NATIONAL TEAM
102
JIRÍ LOS
293
CZE
MITSUBISHI LANCER EVO IX
I
N
+3000
22
TEAM CZECH NATIONAL
315
MARTIN JERMAN
304
CZE
MITSUBISHI LANCER EVO IX
I
N
+2000
23
CHRISTIAN SCHWEIGER
JA1299
CHRISTIAN SCHWEIGER
JA1299
AUT
MITSUBISHI LANCER EVO VIII
I
A
+3000
24
NIKOLA MILJKOVIC
AMSS 011
NIKOLA MILJKOVIC
AMSS 011
SER
MITSUBISHI EVO IX
I
N
+3000
25
TONINO COSSU
224426
TONINO COSSU
224426
ITA
HONDA CIVIC TYPE R
I
N
-2000
26
ECURIE ARDENNES
17321
BODSON YANICK
370083
BEL
PORSCHE 997 CUP
I
GT
+3000
27
JAROMIR MALY
121
DOMINIK PAVLÚ
121
CZE
RENAULT CLIO RS
I
A
-2000
28
BOMPISO RACING TEAM
6026
JOAQUIM TEIXEIRA
3345
POR
PORSCHE 911
I
GT
+3000
2
GT
29
EDGAR REIS
6826
EDGAR REIS
6826
POR
PORCHE 997 GT3 CUP
I
GT
+3000
2
GT
30
VELOSO MOTORSPORT
PATRICK CUNHA
POR
LAMBORGHINI
I
GT
3000
2
GT
31
JOSÉ SILVINO PIRES
6372
JOSÉ SILVINO PIRES
6372
POR
PORSCHE 996 RSR
I
GT
+3000
2
GT
32
MANUEL CORREIA
5565
MANUEL CORREIA
5565
POR
SKODA FABIA S2000
I
S20
-2000
2
A
33
EDA COMPETICION
SERGI PAÑELLA
ESP
MITSUBISHI LANCER EVO X
I
S20
+3000
III
N
34
JOAQUIM RINO
JOAQUIM RINO
POR
BRC 05 EVO
1
CM
35
BERNARDO SÁ NOGUEIRA
BERNARDO SÁ NOGUEIRA
POR
SILVER CAR S2
1
CM
36
ANTONIO BARROS
ANTONIO BARROS
POR
BRC CM02
1
CM
37
JOANA BARBOSA
7074
JOANA BARBOSA
7074
POR
ABARTH 500
2
A
CEM
CESPM
CNM
RAMPA SPRINT
LISTA DE INSCRITOS

 

 

38
JOÃO GUIMARÃES
JOÃO GUIMARÃES
POR
PEUGEOT 206 RC
2
A
39
PHILIPPE DANGAUTHIER
6231
PHILIPPE DANGAUTHIER
6231
POR
RENAULT CLIO RS
2
A
40
MIGUEL MATOS
7100
MIGUEL MATOS
7100
POR
RENAULT CLIO R3
2
A
41
JOSÉ CORREIA
1648
JOSÉ CORREIA
1648
POR
SEAT LEON MK3
3
E1-B
42
RICARDO GOMES
5644
RICARDO GOMES
5644
POR
SEAT LEON SUPERCOPA
3
E1-B
43
LUIS NUNES
6442
LUIS NUNES
6442
POR
SEAT LEON
3
E1-B
44
FRANCISCO MARRÃO
6759
FRANCISCO MARRÃO
6759
POR
FORD ESCORT MKI
3
E1-B
45
TIAGO REIS
6827
TIAGO REIS
6827
POR
FORD FIESTA
3
E1-C
46
MANUEL PEREIRA
5125
MANUEL PEREIRA
5125
POR
MITSUBISHI EVO VI
3
E1-C
47
PAULO PINTO
6800
PAULO PINTO
6800
POR
PEUGEOT 106 RALLYE
3
48
MARTINE PEREIRA
1974
MARTINE PEREIRA
1974
POR
ALFA ROMEO 156 S
3
49
JOÃO PAULO SILVA
JOÃO PAULO SILVA
POR
SEAT LEON SUPERCOPA
3
E1-C
50
RAFAEL PEREIRA
RAFAEL PEREIRA
POR
LANCIA DELTA HF TURBO
3
E1-C
51
PAULO NOGUEIRA
7071
PAULO NOGUEIRA
7071
POR
CITROËN SAXO
3
E1-C
52
PAULA SOUSA
2623
PAULA SOUSA
2623
POR
BMW 325I E36
3
E1-C
53
LUIS FILIPE SOUSA
7093
LUIS FILIPE SOUSA
7093
POR
BMW M3
3
E1-C
54
AMOB RACING
LUIS BARROS
POR
MERCEDES 190E EVO
X
55
AMOB RACING
LUIS SOUSA
POR
BMW 3.0 CSI
X
56
PEDRO SARAIVA
PEDRO SARAIVA
POR
MITSUBISHI LANCER EVO IX
2
N
57
DANIELA MARQUES
DANIELA MARQUES
POR
SUBARU IMPREZA STI
3
N
58
SÉRGIO NOGUEIRA
3631
SÉRGIO NOGUEIRA
3631
POR
CITROEN SAXO
3
E1-C
59
JORGE MEIRA
JORGE MEIRA
POR
CITROËN SAXO CUP
3
E1-C
60
JOSÉ CARDOSO
6727
JOSÉ CARDOSO
6727
POR
CITROEN SAXO CUP
3
E1-C
61
RUI SETAS
RUI SETAS
POR
RENAULT 5 GT TURBO MAXI
3
E1-C
62
VICTOR RAMOS
VICTOR RAMOS
POR
FORD ESCORT MKI
3
E1-D
63
JOSÉ OLIVEIRA
7181
JOSÉ OLIVEIRA
7181
POR
SUBARU IMPREZA
3
64
CAPELA MORAIS
CAPELA MORAIS
POR
PEUGEOT 306 GTI
3
65
SOFIA MOUTA
SOFIA MOUTA
POR
CITROEN SAXO
3
66
LUIS SILVA
7124
LUIS SILVA
7124
POR
OPEL CORSA A
3
67
ROBERTO MEIRA
ROBERTO MEIRA
POR
FIAT PUNTO 85
3
X
68
PEDRO MONTEIRO
6207
PEDRO MONTEIRO
6207
POR
FIAT UNO
3
69
JOSÉ PEDRO GOMES
JOSÉ PEDRO GOMES
POR
FORD ESCORT MKII
4
70
ABEL MARQUES
6242
ABEL MARQUES
6242
POR
FIAT TIPO
4
71
VICTOR ARAÚJO
VICTOR ARAÚJO
POR
DATSUN 1200
4
72
ARNALDO MARQUES
5939
ARNALDO MARQUES
5939
POR
DATSUN 1200
4
73
VALTER SOUSA
7092
VALTER SOUSA
7092
POR
FORD ESCORT
4

 

 

74
DOMINGOS FERNANDES
5852
DOMINGOS FERNANDES
5852
POR
AUTOBIANCHI A 112
4
75
GIL OLIVEIRA
6490
GIL OLIVEIRA
6490
POR
BMW 2002
4
76
MÁRIO MESQUITA
3851
MÁRIO MESQUITA
3851
POR
DATSUN 1600 SSS
4
2
77
JORGE LOURES
7125
JORGE LOURES
7125
POR
FORD LOTUS CORTINA
4
2
78
MIGUEL PINHEIRO
7158
MIGUEL PINHEIRO
7158
POR
NISSAN DATSUN 1200
4
x
79
CÂNDIDO MONTEIRO
5461
CÂNDIDO MONTEIRO
5461
POR
DATSUN 1200
4
2
X
80
CÉSAR CALDAS
CÉSAR CALDAS
POR
DATSUN 1200
4
81
JOÃO BRAGA
6317
JOÃO BRAGA
6317
POR
DATSUN 1200
4
X
82
PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
POR
VW GOLF
4
83
RUI DUARTE
RUI DUARTE
POR
VW GOLF 1
4
2
84
PEDRO GONÇALVES
PEDRO GONÇALVES
POR
ABARTH 500 ASSETTO CORSE
85
RAMIRO BRITO
RAMIRO BRITO
POR
ABARTH 500 ASSETTO CORSE
86
RUI PINHEIRO
RUI PINHEIRO
POR
ABARTH 500 ASSETTO CORSE
87
ADRIANA BARBOSA
ADRIANA BARBOSA
POR
ABARTH 500 ASSETTO CORSE
88
ESC. EDA COMPETICION
EC64AS
JONATHAN ALVAREZ
E887AS
ESP
BRC EVO 05
II
CM
89
LANGREO MOTOR CLUB
EC132AS
JAVIER VILLA
IA12AS
ESP
BRC B-49
II
CM
90
DURANGALDE RAC. ELKARTEA
EC131V
JOSEBA IRAOLA
E314V
ESP
DEMON CAR EVO 2
II
CM
91
CELANOVA MOTOR
EC78GA
CÉSAR RODRIGUEZ
ESP
BRC B-49
II
CM
92
NALON AUTO SPORT
CP1AS
GARCIA HEVIA
E660AS
ESP
SILVER CAR S2
II
CM
93
ESC. LOCAL SPORT
EC36AL
MANUEL AVILÉS
E173AN
ESP
DEMON CAR CM 1000
II
CM
94
ESC. LOCAL SPORT
EC36AL
HUMBERTO JANSSENS
E943AN
ESP
PORSCHE GT3 CUP
III
GT
95
VILARIÑO MOTORSPORT
RAUL BORREGUERO
ESP
MOSLER MT900R
III
GT
96
AUTOMOVIL CLUB ALMERIA
MANUEL MALDONADO
ESP
PORSCHE 997 GT3 CUP
III
GT
97
MIKE ANDERSON
EC36AN
MIKE ANDERSON
EC36AN
ESP
GINETTA G50 GT4
III
GT
98
EDA COMPETICION
ALDO DE ALBERTO
ESP
SEAT CORDOBA WRC
III
A
99
ESC. RIAS BAIXAS
EC18GA
ROCIO LORENZO
E1075GA
ESP
CITROEN SAXO 1.6I
III
A
101
MIGUEL RODRIGUES
MIGUEL RODRIGUES
POR
FIAT UNO 45S
SX1
1
102
ANTÓNIO SILVA
ANTÓNIO SILVA
POR
HONDA LOGO
SX1
1
103
FERNANDO MOREIRA
7054
FERNANDO MOREIRA
7054
POR
RENAULT MÉGANE COUPÉ 1.6 16V
SX1
2
104
ANTÓNIO QUEIROGA
ANTÓNIO QUEIROGA
POR
CITROEN SACO CUP
SX1
2
105
ROSÁRIO SOTTO MAYOR
ROSÁRIO SOTTO MAYOR
POR
SKODA FABIA S2000
SX1
3
106
CARLOS LUIS
3437
CARLOS LUIS
3437
POR
SEAT LEON TDI
SX1
3
107
JOÃO PEDRO SOUSA
3718
JOÃO PEDRO SOUSA
3718
POR
RENAULT MÉGANE
SX1
3
108
JOSÉ ÂNGELO RODRIGUES
6127
JOSÉ ÂNGELO RODRIGUES
6127
POR
HONDA CIVIC
SX1
3
109
ANDRÉ RODRIGUES
7124
ANDRÉ RODRIGUES
7124
POR
OPEL CORSA A
SX1
3
110
JORGE FERREIRA
JORGE FERREIRA
POR
RENAULT MÉGANE
SX1

 

 

111
ALBERTO PEREIRA
4997
ALBERTO PEREIRA
4997
POR
SEAT IBIZA 1.8 TURBO
SX1
4
112
PAULO PEREIRA
PAULO PEREIRA
POR
FIAT BRAVO TURBO
SX1
4
113
MARCO PACHECO
MARCO PACHECO
POR
PEUGEOT 205 TURBO
SX1
4
114
PEDRO MARQUES
PEDRO MARQUES
POR
TOYOTA CELICA T SPORT
SX1
3
115
FERNANDO QUEIRÓS
FERNANDO QUEIRÓS
POR
FIAT PUNTO
SX1
3
116
HORST BAPTISTA
HORST BAPTISTA
POR
RENAULT 5 GT TURBO
SX1
2
117
DANIEL FREITAS SILVA
2869
DANIEL FREITAS SILVA
2869
POR
VW POLO
SX1
4
118
ALEXANDRE CARVALHO
7151
ALEXANDRE CARVALHO
7151
POR
TOYOTA CARINA E GTI
SX1
3
119
BRUNO FREITAS
BRUNO FREITAS
POR
HYUNDAI COUPE ACCENT
SX1
2
120
JOSÉ FREITAS
JOSÉ FREITAS
POR
OPEL 1204 SL
SX2
5
121
LUÍS FERRETE
LUÍS FERRETE
POR
BMW E36 COUPÉ
SX2
5
122
SANTOS PEREIRA
SANTOS PEREIRA
POR
OPEL KADETT GTE
SX2
5
123
AMARO SOUSA
4940
AMARO SOUSA
4940
POR
BMW E 36 M3
SX2
6
124
CARLOS SOUSA
CARLOS SOUSA
POR
PEUGEOT 309
SX2
6
125
SANDRA FONSECA
3452
SANDRA FONSECA
3452
POR
BMW E30
SX2
6
126
PAULO SILVA
3450
PAULO SILVA
3450
POR
BMW E30
SX2
6
127
LUIS MACHADO
LUIS MACHADO
POR
FORD ESCORT RS COSWORTH
SX3
7
128
JORGE RODRIGUES
JORGE RODRIGUES
POR
SUBARU IMPREZA WRX
SX3
7
200
AMOB RACING
LUÍS DELGADO
POR
RAUL DELGADO
POR
ALFA ROMEO 156
FEUP 3
201
JOAQUIM R. SOARES
JOAQUIM R. SOARES
POR
TIAGO RIBEIRO
POR
ALFA ROMEO 156
FEUP 3
202
LUÍS CARNEIRO
LUÍS CARNEIRO
POR
AFONSO CIDRAIS
POR
ALFA ROMEO 156
FEUP 3
203
VENTILAÇÕES MOURA
JOÃO BAPTISTA
POR
GUSTAVO MOURA
POR
ALFA ROMEO 156
FEUP 3
204
MÁRIO MOREIRA
MÁRIO MOREIRA
POR
A DEFINIR
POR
ALFA ROMEO 156
FEUP 3
205
PAULO RIBEIRO
PAULO RIBEIRO
POR
ANTÓNIO FERREIRA
POR
ALFA ROMEO 156
FEUP 3
207
RICARDO GUEDES
RICARDO GUEDES
POR
MANUEL PASSOS
POR
FIAT PUNTO 85
FEUP 2
208
DIOGO GONÇALVES
DIOGO GONÇALVES
POR
CARLOS GONÇALVES
POR
FIAT PUNTO 85
FEUP 2
209
CARLOS PEREIRA
CARLOS PEREIRA
POR
A DEFINIR
POR
FIAT PUNTO 85
FEUP 2
210
ANDRÉ MARTINS
ANDRÉ MARTINS
POR
JOSÉ MONTEIRO
POR
FIAT PUNTO 85
FEUP 2
211
ANTÓNIO COELHO
ANTÓNIO COELHO
POR
MANUEL FERNANDES
POR
FIAT PUNTO 85
FEUP 2
212
FRANCISCO LEITE
FRANCISCO LEITE
POR
PEDRO OLIVEIRA
POR
FIAT PUNTO 85
FEUP 2
213
VITOR RAMOS
VITOR RAMOS
POR
JORGE MEIRELES
POR
FIAT PUNTO 85
FEUP 2
214
TIAGO VILELA
TIAGO VILELA
POR
HUGO NEGRAIS
POR
FIAT PUNTO 85
FEUP

 

DOMINGOS FERNANDES QUER MELHOR RESULTADO NA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA FALPERRA

 

DOMINGOS FERNANDES QUER MELHOR RESULTADO NA FALPERRA


FOX 6337_Copy

Depois das inúmeras dificuldades com que se debateu na Rampa da Penha, jornada inaugural do Campeonato Nacional de Montanha deste ano, Domingos Fernandes está mais animado para a prova deste fim de semana, a Rampa da Falperra, como nos explicou “ só espero que não chova, pois na prova anterior, como não tinha pneus de chuva fui muito penalizado pelas péssimas condições atmosféricas que se abateram na Penha. Foi um autentico desafio subir na rampa naquelas condições, mas felizmente correu tudo bem. Para este fim de semana, espero que esteja muito sol, e piso seco, para assim poder tirar partido do  meu Autobianchi A 112, tendo com objectivo atingir o final de todas as subidas, e se possível sempre a melhorar os cronos. Por outro lado espero não ter contratempos de ordem técnica, e espero ficar o melhor classificado possível, isso tendo em conta o carro que tenho”, disse-nos.

Domingos Fernandes irá fazer as verificações técnicas e documentais na tarde de sexta feira, estando o seu carro depois exposto no centro da cidade de Braga. No sábado de manhã terão lugar as subidas de treino, para no final da  tarde desse mesmo dia ter lugar a primeira subida de prova.Depois no domingo terão lugar as subidas de prova.

 

MOUTA REGRESSA DE FORMA ESPORÁDICA À MONTANHA

 

Sofia Mouta com participação esporádica na Rampa Internacional da Falperra

É já no próximo fim-de-semana que Sofia Mouta volta aos comandos do Citroen Saxo Cup que a tem acompanhado nas últimas provas.

Depois de uma participação positiva no Rali Sprint Praia da Vitória – Açores, a piloto de Braga faz aqui uma participação esporádica na Rampa Internacional da Falperra.

“Este ano ainda não reuni o budget necessário para fazer mais provas além da Rampa da Falperra por isso a previsão é mesmo fazer apenas esta prova. No entanto estou a tentar viabilizar outras participações sendo a Rampa do Caramulo ou mesmo as 6 horas de Braga um dos objetivos para este ano.”

A Bracarense, que faz aqui a sua 6ª participação consecutiva na Rampa da Falperra, pretende, acima de tudo, divertir-se e melhorar a sua prestação, nesta que é a prova de casa.

“Para esta prova vou com o intuito de me divertir ao máximo e ainda tentar melhorar os meus tempos neste traçado. Quero, ainda, tentar tirar mais partido do Saxo do Team Ourivesaria Meira com que disputei a época de 2014.”

Sofia Mouta conta para esta prova com os apoios dos Cafés Meltino, Ginjinha da Mariquinhas, Municipio de Braga, P1 Racing Wear, J.Silva Lda, Clinica Beco com Saída, Saco-a-saco, Fisioterapia Tiago Silva, Sparfum Braga, Roda Panorama – Vulco, Cru Design, Comval Racing School, Delgado CarCenter, Estúdio 22, Restaurante Copo e ½ , 100 Uso Vintage Store, ExactoCrono, Filfogo, Refood Braga, Truthotel, TruthostelIMG 1423_CopyIMG 1509_Copy

 

PRMINIRACING NA RAMPA DA FALPERRA

NEWS PRMINIRACING - MAIO #2015

Será já no próximo fim-de-semana que terá lugar em Braga a Rampa da Falperra. Efectivamente esta rampa é a prova raínha do Campeonato de Portugal de Montanha, contando também para o Europeu da especialidade e como tal aguarda-se a participação de diversos pilotos e equipas oriundos dos mais diversos cantos da Europa. Assim sendo, são esperados mais de 100 pilotos para gáudio dos mais de 70.000 espectadores esperados ao longo dos dois dias.

Efectivamente e sem qualquer dúvida, esta é de todas a prova de automobilismo nacional que mais público concentra, ombreando com um qualquer dérbi futebolístico. O seu ultra rápido e fantástico traçado é reconhecido e elogiado por todos os pilotos nacionais e europeus, onde se atingem as velocidades mais elevadas do calendário nacional, bem acima dos 200 km/h, beneficiando assim os carros mais potentes e os pilotos mais destemidos.

PAULO RAMALHO # JUNO CN09

Paulo Ramalho que na Penha não alcançou os objectivos a que se tinha proposto, muito porque não se adaptou com facilidade às adversas e atípicas condições de chuva de Domingo, mas que no Sábado com o traçado praticamente seco, demonstrou que será necessário contar com ele para a discussão das primeiras posições no decorrer das próximas provas do calendário, potenciado com o aumento do ritmo do piloto mais experiente do clã Ramalho.

A Falperra é um dos traçados preferidos do piloto e portanto espera vingar a 5ª posição alcançada na Penha, tentando tirar o melhor partido possível do seu Juno CN09.

Ayrton Senna, se estivesse junto de nós actualmente, faria este ano 55 anos de idade, Paulo, fã incondicional do piloto Brasileiro, tem preparada uma pequena surpresa para esta prova alusiva a esta data, com o objectivo de recordar o piloto que marcou não só o Desporto Automóvel, mas também diversas sociedades e gerações.
 

RUI RAMALHO # JUNO SSE

Rui Ramalho após a vitória na Penha alcançada à 15 dias atrás, apresentar-se-á bastante motivado nesta rampa, ainda para mais tendo sido neste traçado que alcançou a sua primeira vitória absoluta no ano passado. O rápido traçado é efectivamente o traçado eleito pelo piloto mais novo da PRMiniracing e que se enquadra na perfeição à suas características de pilotagem.

Ciente que a potência, aerodinâmica e a correcta afinação do chassis do Juno SSE, onde se inclui a definição da melhor solução de “raports” da caixa de velocidades, terão um papel primordial para permitir-lhe discutir as primeiras posições do Campeonato Nacional e com isso defender a liderança que detém no momento na classificação do Campeonato.


 ---

HORÁRIO

Sábado # 16 de Maio

1ª Subida de Treinos --- 09h00

2ª Subida de Treinos --- 10h56

3ª Subida de Treinos --- 13h13

1ª Subida de Prova --- 15h29

 

Domingo # 17 de Maio

2ª Subida de Prova --- 09h00

3ª Subidas de Prova --- 10h56


---

 


 

ADRIANA BARBOSA NA RAMPA DA FALPERRA

 

Troféu Abarth 500 Portugal
Adriana Barbosa de regresso à Rampa da
Falperra
Adriana Barbosa está de regresso à Rampa da Falperra nos dias
16 e 17 de Maio, alinhando na jornada extra campeonato do
Troféu Abarth 500 Portugal.
Numa prova de grande cariz a nível nacional e internacional,
pontuável para o Campeonato Europeu de Montanha, entre
outras categorias, são milhares os espectadores que ano após
ano não deixam de estar presentes.
Esta será a primeira prova da competição com os Abarth 500
Assetto Corse, embora ainda não pontue para a classificação,
mas onde os pilotos participantes não querem deixar de estar
presentes como o caso da jovem piloto de Braga: “ParticiparAdriana Barbosa_Falperra2014_Copy
na Rampa da Falperra é sempre um grande desafio. Para
mim é também um enorme prazer estar presente numa
das mais importantes provas nacionais”, refere Adriana
Barbosa.
A piloto de Braga não podia faltar a mais esta Rampa da
Falperra: “Como tem sido habitual nos últimos anos, vou
estar presente nesta grande etapa realizada na cidade
que sou natural. Como objetivos, estes estão dentro do
que pretendia para os anos anteriores. Quero chegar à
melhor prestação possível, de preferência com evolução,
quer em termos de tempos, quer em termos de traçado.
Espero ainda, como é natural, divertir-me ao máximo”.
O programa desta 36ª Rampa da Falperra começa no dia 15 de
Maio com as verificações técnicas e documentais a partir das
10h00. No sábado, a partir das 09h00 têm início os treinos
oficiais, para às 15h29 ter lugar a primeira subida de prova.
No domingo, as duas restantes subidas tem início marcado para
as 09h00 e 10h56, respetivamente.

 

JOANA BARBOSA NA RAMPA DA FALPERRA

 

Campeonato Nacional
de Montanha 2015
Joana Barbosa
Joana Barbosa motivada para a Rampa da
Falperra
Joana Barbosa vai começar a sua participação no Campeonato
Nacional de Montanha, alinhando nos dias 16 e 17 de Maio na
Rampa da Falperra, a segunda etapa do ano de 2015.
Depois de ter passado pelos ralis, quer no CAM Rali Festival, quer
no Rali Sprint Praia da Vitória, nos Açores, a jovem piloto de
Braga volta a uma competição que bem conhece, ainda por cima
na sua terra e numa jornada emocionante e sempre com uma
grande moldura humana, que por certo, lhe vai dispensar um
grande apoio.
Esta será a sua segunda temporada na competição onde o ano
passado foi terceira classificada da Categoria 1, Grupo A, partindo
naturalmente com aspirações um pouco mais elevadas: “Não
consegui estar presente na primeira prova do Campeonato
Nacional de Montanha em Guimarães, pois tive alguns
problemas no carro e não deu para alinhar”, explica Joana
Barbosa, que adianta ainda: “A minha intenção é fazer o resto
da temporada, começando pela Rampa da Falperra”.
Sobre mais esta participação a piloto de Braga não esconde que
está: “Bastante entusiasmada e espero puder tirar o melhor
partido do carro e do traçado. Sempre com o espirito de me
divertir, vou fazer o melhor que conseguir para obter um
bom resultado e melhorar a minha performance em relação
ao ano passado”, concluiu.
O programa desta 36ª Rampa da Falperra começa no dia 15 de
Maio com as verificações técnicas e documentais a partir das
10h00. No sábado, a partir das 09h00 têm início os treinos
oficiais, para às 15h29 ter lugar a primeira subida de prova.
No domingo, as duas restantes subidas tem início marcado para
as 09h00 e 10h56, respetivamente.Joana Ladies_Rally_Trophy_Copy

 

MANUEL CORREIA PRESENTE NA RAMPA DA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA FALPERRA

 

 

MANUEL CORREIA PRESENTE NA RAMPA DA FALPERRA



FOX 6219_Copy

FOX 6323_CopyFOX 6219_CopyManuel Correia tem tudo pronto para participar já este fim de semana na Rampa da falperra, prova a contar para o Europeu de Montanha e Campeonato Nacional. Não será demais recordar que na jornada anterior, Manuel Correia ao volante do seu Skoda Fabia S 2000, venceu a sua categoria e classe, e para a prova deste fim de semana os objectivos serão os mesmos como nos referiu “ é lógico que vou lutar para conseguir obter o mesmo resultado da prova anterior. Não vi a lista de inscritos , no entanto a Rampa da Falperra tem habitualmente muitos inscritos, por isso este ano não será de modo algum excepção. Por isso prevejo que irá haver muita luta em pista, e é bom que assim seja, pois assim torna-se interessante para todos. Por outro lado, e espero que esteja bom tempo de forma a poder tirar partido de todas as potencialidades que o Fabia S 2000 me oferece, pretendo melhorar sempre os meus tempos em cada subida efectuada, esperado que não surjam problemas de ordem técnica, pois quero dar o meu melhor, como aliás tem sido habitual em todas as provas em que participo, que é lutar pela vitória na categoria, e obter a melhor classificação á geral”

 

 

Manuel Correia irá fazer as verificações técnicas e documentais  na sexta feira de tarde, para no sábado de manha fazer as subidas de treinos, estando a primeira subida de prova prevista para o final da tarde desse mesmo dia. As restantes subidas de prova terão lugar no dia de domingo.

 

PATRICK CUNHA PARTICIPA NA RAMPA DA FALPERRA

PATRICK CUNHA PARTICIPA NA RAMPA DA FALPERRA DE LAMBORGHINI

 

Patrick Cunha voltas às provas nacionais, ao participar já este fim de semana na Rampa da Falperra, ao volante dum lamborghini, preparado na Veloso Motorsport.

 

 

JOSÉ CORREIA NA RAMPA DA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

FOX 6178_Copy

FOX 6197_CopyRAMPA DA FALPERRA

 

JOSÉ CORREIA NA RAMPA DA FALPERRA

 

Depois da vitória em termos de categoria na Rampa da Penha, há duas semanas atrás, ao volante do novo Seat Leon Eurocup, José Correia está deveras animado para a jornada deste fim de semana, onde as perspectivas parecem ser as melhores “ sem dúvida, a prova na Penha foi muito difícil, por causa do mau tempo, que logicamente provocou muitas dificuldades, e conduzir daquela maneira envolve muitos riscos e a verdade é que tive de correr esses riscos, para vencer a categoria, pois era esse o objectivo. Segundo apurei, para a Rampa da Falperra, não irá chover, por isso espero andar mais depressa, e poder explorar as potencialidades do Seat, que ainda tem muito para explorar”.

 

 

 

Quanto aos objectivos, foi claro “ vencer a categoria, e ficar o melhor classificado possível. Não irá ser tarefa fácil, longe disso, pois nesta prova está presente as melhores máquinas que fazem o Europeu de Montanha, por isso prevejo que irá ser uma grande luta em pista, mas é bom que assim seja, para tornar tudo ainda mais emocionante. Quero ver se em todas as subidas vou melhorando os meus tempos, de preferência sem problemas mecânicos, e depois há que não cometer erros, e ficar o melhor classificado possível, são estes os objectivos para a Falperra.

 

 

 

José Correia irá fazer as verificações técnicas  e documentais na sexta feira, onde nesse mesmo dia o seu carro irá estar exposto no centro de Braga. No sábado de manhã serão as subidas de treinos, para dar lugar á primeira subida de prova no sábado á tarde. No domingo serão as restantes subidas de prova.

 

JOSÉ PEDRO GOMES CONTINUA DE ESCORT NA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

JOSEEDROGOMES1 Copy

RAMPA DA FALPERRA

 

JOSÉ PEDRO GOMES CONTINUA COM O ESCORT  NA FALPERRA

 

 

Ainda não será nesta prova que José Pedro Gomes irá participar ao volante do seu novo Ford Escort WRC, mas sim ao volante do Ford Escort MK, mas segundo o piloto advogado “ tem havido uma série de complicações com a electrónica do WRC, por isso ainda não será na Rampa da Falperra que irei participar. Assim voltarei a conduzir o Escort MK clássico “.

 

 

 

Sobre os objectivos para esta prova “ vencer a categoria dos clássicos, não vi ainda a lista de inscritos, mas eu corro para ganhar, por isso é esse o meu objectivo. Espero que tudo corra conforme o planeado, e que não surjam contratempos em termos técnicos, e que consiga terminar todas as subidas, de preferência sempre a melhorar os meus tempos”.

 

 

 

José Pedro Gomes fará as verificações técnicas na tarde de sexta feira em Braga, onde depois será exposto o seu Ford Escort no centro da cidade dos arcebispos. No sábado de manhã serão as subidas de treinos, estando prevista a primeira subida no final da tarde de sábado, com as restantes a terem lugar no dia a seguir .

 

MARTINE PEREIRA CONTINUA ADAPTAÇÃO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA FALPERRA

 

MARTINE PEREIRA CONTINUA ADAPTAÇÃO AO ALFA ROMEO GTA NA FALPERRA



FOX 6158_Copy

FOX 6159_CopyDepois da estreia na Rampa da Penha, com o novo Alfa Romeo GTA, eis que Martine Pereira vai alinhar já este fim de semana na Rampa da Falperra, segunda prova do Campeonato Nacional de Montanha, e Europeu de Montanha.

Contando com boas condições atmosféricas, Martine Pereira falou-nos das expectativas para esta prova “ ainda estou numa fase de adaptação ao Alfa Romeo, mas confesso que estou ansioso por me sentar ao volante. Tudo aponta que iremos ter sol e calor, por isso, conto poder andar mais depressa, mas sempre com um certo cuidado, pois este carro nada tem a   haver em termos de condução com os Alfa Romeo 147 e 156 WTCC que tenho. Por outro lado vou necessitar de mais algum tempo para me habituar ao seu comportamento em pista, mas mesmo assim na Penha já vi algumas das suas potencialidades”.

 

 

Quanto a objectivos, depois de pensar um pouco Martine Pereira disse-nos “ terminar todas as subidas, , sempre a tentar melhorar os meus tempos em cada subida efectuada. Espero que tudo corra bem, sem problemas técnicos. Depois há que aproveitar o fim de semana ao máximo, para estar com os amigos, relaxar e divertir-me, pois como não sou piloto profissional, o automobilismo é um hobby para mim”.

 

 

Martine Pereira irá verificar o seu Alfa Romeo GTA na sexta feira á tarde, estado depois o seu carro exposto no centro de Braga. As subidas de treinos terão lugar no sábado de manha, com a primeira subida de prova a ter lugar no sábado de tarde, e as restantes no dia de domingo.

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DA PENHA 1

GALERIA DE IMAGENS

 

NO PADDOCK DA RAMPA DA PENHA

 

 

Debaixo de péssimas condições atmosféricas, disputou-se no domingo as subidas de prova, com a vitória á geral a pertencer ao Juno de Rui ramalho.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 6135_CopyFOX 6136_CopyFOX 6137_CopyFOX 6138_CopyFOX 6139_CopyFOX 6140_CopyFOX 6142_CopyFOX 6143_CopyFOX 6144_CopyFOX 6145_CopyFOX 6146_CopyFOX 6151_CopyFOX 6154_CopyFOX 6155_CopyFOX 6156_CopyFOX 6158_CopyFOX 6159_CopyFOX 6160_CopyFOX 6161_CopyFOX 6163_CopyFOX 6165_CopyFOX 6166_CopyFOX 6169_CopyFOX 6171_CopyFOX 6172_CopyFOX 6179_CopyFOX 6181_CopyFOX 6187_CopyFOX 6188_CopyFOX 6192_CopyFOX 6193_CopyFOX 6194_CopyFOX 6195_CopyFOX 6196_CopyFOX 6197_CopyFOX 6198_CopyFOX 6199_CopyFOX 6200_CopyFOX 6201_CopyFOX 6202_CopyFOX 6203_CopyFOX 6204_CopyFOX 6205_CopyFOX 6206_CopyFOX 6208_CopyFOX 6209_CopyFOX 6210_CopyFOX 6211_CopyFOX 6212_CopyFOX 6213_CopyFOX 6214_CopyFOX 6215_CopyFOX 6216_CopyFOX 6218_CopyFOX 6220_CopyFOX 6224_CopyFOX 6224_CopyFOX 6225_CopyFOX 6226_Copy

 

RICARDO GOMES NA RAMPA DA FALPERRA

 

Campeonato Nacional de Montanha

 

Ricardo Gomes com ambições bem definidas para a Rampa da Falperra

 

O piloto Ricardo Gomes, que disputa este ano o Campeonato Nacional de Montanha, integrado na equipa J.Correia/LXS Racing Team, marcará presença, nos próximos dias 16 e 17 de Maio de 2015, na 36ª edição da mítica Rampa Internacional da Falperra, prova pontuável para o Campeonato Europeu de Montanha e Campeonato de Portugal de Montanha.

Depois de um bom arranque no Campeonato, recorde-se que Ricardo Gomes conquistou o 3º lugar da sua Categoria na primeira prova do Nacional de Montanha, na Rampa da Penha, no passado final de semana, Ricardo Gomes apresenta-se na Falperra a competir pelos lugares cimeiros da categoria 3, pilotando a sua mais recente aposta, um Seat Leon Supercopa, viatura proveniente do ex-troféu Seat Sport, carro com motor dois litros e com cerca de 300 cv de potência, que deverá, para satisfação do muito público esperado, percorrer o sinuoso e muito técnico percurso de 5,2 Km que compõe a Rampa da Falperra, em pouco mais de dois minutos e meio.

Segundo Ricardo Gomes “a época desportiva 2015 será agora pautada pela segunda prova do Campeonato, que encaro com ambições muito bem definidas. A equipa J.Correia / LXS Racing Team marcará uma presença muito forte neste Campeonato Nacional de Montanha, e representará Braga e o norte do país nos mais variados locais do País, desde o Caramulo, à Serra da Estrela, ambicionando sempre os lugares cimeiros deste campeonato nacional que representa um nível de exigência técnica muito elevado”.

A Rampa da Falperra é uma prova histórica no mundo do desporto automóvel. Esta prova, conta este ano com mais de cento e cinquenta pilotos, dos quais mais de uma dezena de equipas são oriundas de toda Europa, registando-se desde já na lista de inscritos uma grande adesão de pilotos e equipas espanholas. A destacar a presença de nomes míticos nesta prova, como o do espanhol Andrés Vilariño, ou do campeão europeu em título, o italiano Simone Fagiolli, detentor do recorde da Rampa da Falperra. NunOrganistA-44 Copy

 

NOS BASTIDORES DA RAMPA DA PENHA

NOS BASTIDORES DA RAMPA DA PENHA

 

 

Grupo de imagens dos bastidores da Rampa da penha do passado fim de semana em Guimarães, na primeira prova do Campeonato Nacional de montanha.

 

 

Fotos de João Raposo -

www.velocidadeonline.comFOX 6226_CopyFOX 6227_CopyFOX 6292_CopyFOX 6294_CopyFOX 6295_CopyFOX 6296_CopyFOX 6297_CopyFOX 6298_CopyFOX 6299_CopyFOX 6300_CopyFOX 6301_CopyFOX 6302_CopyFOX 6303_CopyFOX 6304_CopyFOX 6305_CopyFOX 6306_CopyFOX 6307_Copy

 

VILELA E NEGRAIS NA RAMPA DA FALPERRA

 

Rampa da Falperra - 2015

 

Tiago Vilela e Hugo Negrais no caminho da vitória

 

Tiago Vilela e Hugo Negrais preparam-se para alinhar na Rampa da Falperra, nos dias 16 e 17 de Maio, segunda etapa do Desafio Único, Categoria 2, apresentando-se com forte motivação para a prova pontuável para o Campeonato Europeu de Montanha.

Sendo uma das formações mais fortes da competição com os Fiat Punto esta temporada, a equipa de Braga obteve o ano passado o segundo lugar, não escondendo que uma vez mais  pretende lutar pela vitória, dando assim continuidade à perseguição do objetivo de lutar pelo triunfo final: “A Rampa da Falperra é sempre a prova que motiva mais vencer para qualquer piloto bracarense, esteja em que campeonato estiver, ou seja apenas sendo a única corrida que efetue numa temporada”, refere Tiago Vilela, acrescentando: “Vamos para a mítica Rampa da Falperra para vencer a Categoria 2 e tentar alcançar o primeiro lugar do Desafio Único de forma a entregar à equipa, e a todos os patrocinadores, uma vitória em casa”.

Hugo Negrais não foge muito da ideia do seu colega de equipa, sublinhando o fato que a Rampa da Falperra:” É única, e é uma prova que qualquer piloto ambiciona fazer e ganhar. Nós temos o record do ano transacto da nossa categoria, e vamos tentar melhorar a cada subida para conseguir a tão desejada vitória em casa que nos tem fugido”.

A terminar, o piloto de Braga deixa ainda um apelo aos adeptos e não só: “Pedimos a todos os bracarenses que possam estar presentes a sentir verdadeiramente o que é a Rampa da Falperra, um dos símbolos da nossa cidade”.

 Tiago Hugo_Braga2_2015_Copy

 

BOOM BAP RACING NA RAMPA DA FALPERRA

 

Boom Bap Racing Team na 36ª Rampa Internacional da Falperra

Nos próximos dias 16 e 17 de Maio vai para a estrada mais uma edição da mítica prova em Braga, uma vez mais com a organização do Clube Automóvel do Minho. O dia 15 fica reservado para as Verificações documentais e técnicas no centro da cidade a partir das 10h, ficando os veículos expostos até ao final do dia em plena Avenida Central seguindo depois em desfile até ao parque de assistência. A parte competitiva inicia-se no dia 16 às 10h com as subidas de treinos prosseguindo partir das 15h com a primeira subida de prova, no dia 17 a partir das 9h iniciam-se as restantes subidas de prova.

A Boom Bap Racing Team participará nesta prova com dois bonitos BMW E30, entregues a Sandra Fonseca e Paulo Silva, que contarão com os patrocínios da BOOM BAP WEAR FRANCE LDA (www.boombapwear.com), BB Toldos, TransR, Tipografia de Priscos, CRCarParts – réplicas em fibra e Ofirodas. O apoio técnico será prestado pela Mr. Wheeler Motorsport.

Para Sandra Fonseca será mais uma prova ao volante do BMW, neste ano de estreia a bordo do carro germânico. Sandra Fonseca adianta: “Ainda só disputei duas provas bastante distintas com o carro, por isso vou aproveitar esta prova para evoluir mais a minha condução e confiança no carro, que é espectacular de conduzir. Sei que é totalmente distinto e bem mais competitivo comparado com o Fiat Uno em que já participei na prova, mas vou com confiança de obter um bom resultado.”

Paulo Silva volta ao activo nesta prova no seu habitual BMW verde. Paulo Silva destaca: “Esta prova é um marco no calendário desportivo pois tem imenso público, como tal não podia deixar de estar presente. Espero ter uma prova sem incidentes e essencialmente acumular quilómetros depois das melhorias que foram efectuadas no carro. Como sempre tentarei proporcionar algum espectáculo ao público presente mas claro sem descurar a parte competitiva da prova onde procurarei obter um bom resultado.”

A equipa participará no evento de apresentação dos pilotos e carros bracarenses que decorre no dia 9 de Maio às 17.30h no Convento do Carmo.Boom Bap_Racing_Team_na_36_Rampa_Internacional_da_Falperra_Copy

 

TROFÉU ABARTH NA RAMPA DA FALPERRA

 

Troféu Abarth 500 Portugal

Preparação da nova época na Rampa da Falperra

 

A maior prova de montanha em Portugal, a Rampa da Falperra, tem lugar nos dias 16 e 17 de Maio, contando com a presença do Troféu Abarth 500 Portugal, em jornada extra campeonato, assinalando assim o início de temporada da competição.

Nos sempre exigentes 5200 metros do traçado bracarense, alguns dos interessados em cumprir este ano o Troféu com os Abarth 500 Assetto Corse, tem uma excelente oportunidade para tomarem contato com a nova época, ainda por cima, numa prova de âmbito internacional, pois a prova é pontuável para o Campeonato Europeu de Montanha, e é sempre presenciada por milhares de espetadores.

Para esta jornada inscreveram-se quatro pilotos. Começando por uma presença feminina, Adriana Barbosa repete a Rampa da Falperra, ela que tem pouco tempo no automobilismo sendo filha de um dos grandes pilotos portugueses, no caso, Adriano Barbosa. Como grande prova da sua terra, Adriana Barbosa não podia faltar: “O objetivo é semelhante aos dos anos anteriores, ou seja, obter a melhor classificação possível”, confessa.

Ramiro Brito terá a sua terceira participação na Rampa da Falperra, mas desta vez aos comandos do Abarth 500. Mais habituado a ser diretor de prova e comissário desportivo, nomeadamente no karting, na Rotax, este piloto de Braga já passou pelos ralis também e em mais esta participação refere que a ideia é: “Acima de tudo, divertir-me imenso. Os resultados desportivos logo se verão”.

Pedro Gonçalves vai estrear-se na velocidade e logo numa prova mítica. Aos 36 anos vai cumprir um sonho de infância ao participar na Rampa da Falperra. O piloto não esconde que a sua intenção é: “Terminar a prova, sem qualquer incidente, aproveitando da melhor maneira a experiência num objetivo que tinha há muitos anos” confessa.

Rui Pinheiro é mais uma presença da capital do Minho. Apreciador do desporto em geral, já passou pelas motas e agora surge na Falperra: “Admito que a ideia é ficar em primeiro entre os Abarth 500, não querendo, acima de tudo, destruir o carro. Claro que a ideia é também divertir-me ao máximo”.

Em termos de horário da prova, as verificações técnicas e documentais decorrem na sexta-feira, 15 de Maio a partir das 10h00. No dia seguinte os treinos oficiais estão marcados para as 09h00, enquanto a primeira subida oficial começa às 15h29. No domingo, as duas subidas de prova em falta tem início marcado para as 09h00 e 10h56, respetivamente.

 

 Adriana Barbosa_Falperra_2014_Copy

 

IRMÁOS RAMALHO NA RAMPA DA PENHA 1

NEWS PRMINIRACING - MAIO #2015

Teve lugar no fim-de-semana passado o início do Campeonato de Portugal de Montanha 2015. O palco utilizado para a abertura das hostilidades foi a Rampa da Penha em Guimarães, curiosamente o mais antigo traçado nacional de Rampas, cuja 1ª edição remonta ao distante ano de 1929. As previsões meteorológicas não eram favoráveis para todo o fim-de-semana e efectivamente isso veio a comprovar-se, embora ainda que no sábado os pilotos conseguissem realizar a 1ª subida de prova com o traçado praticamente seco e retirar o máximo partido dos seus carros, contudo, no domingo a chuva marcou presença copiosamente durante todo o dia, complicando em muito o trabalho das equipas e dos pilotos nas restantes subidas de prova. Independentemente das desagradáveis condições do tempo, o público marcou presença em força, como é habitual em Guimarães.

PAULO RAMALHO # JUNO CN09

Paulo Ramalho tinha como objectivo discutir as primeiras posições nesta prova, iniciando com algumas cautelas as primeiras subidas de treinos para adquirir ritmo e adaptação às zonas do traçado que ainda se encontravam molhadas ao início da tarde, para na 1ª subida de prova no final da tarde de sábado e com o traçado quase totalmente seco, imprimir um andamento forte.

Na sequência deste esforço, o piloto do Porto terminava o dia de sábado na 2ª posição provisória, tendo apenas à sua frente o seu irmão Rui a pouco mais de 1 segundo de distância, portanto, tudo decorria conforme pretendido, ainda para mais, estando as 2 primeiras posições na posse dos dois pilotos da Equipa PRMiniracing. Na manhã de domingo e com a chuva a marcar presença de forma rigorosa, obrigou os pilotos a utilizarem pneus de chuva nos seus carros e a redobrarem os cuidados, dado que a possibilidade de despiste era uma realidade.

Assim sendo, nestas condições todos os pilotos pioraram os seus tempos comparativamente a sábado, não conseguindo o piloto portuense manter a vantagem que detinha do dia anterior face a alguns dos seus adversários que utilizavam carros de tracção às 4 rodas, denotando ainda alguma falta de ritmo nestas condições adversas. Face a isto, Paulo terminaria na 5ª posição da geral, no cômputo do somatório da sua subida de sábado com a melhor subida de domingo a pouco mais de 4 décimas de segundo do 4º classificado e a cerca de 2 segundos da 3ª posição.

RUI RAMALHO # JUNO SSE

Rui, tal como o seu irmão tinha como objectivo discutir um lugar do pódio, sabendo no entanto a forte concorrência dos pilotos dos carros de tracção total, que em condições de chuva têm melhores argumentos técnicos.

O piloto mais jovem da Equipa por motivos profissionais não teve possibilidade de realizar a 1ª subida de treinos de sábado, alinhando directamente na 2ª subida de treinos e obtendo logo o melhor tempo da geral com bastante facilidade e naturalidade. Para a derradeira subida de sábado, 1ª de prova, Rui manteve o ritmo endiabrado e a liderança, deixando imediatamente atrás de si o seu irmão Paulo.

No domingo, Rui tal como o seu irmão, prescindiu de realizar a 1ª subida de treinos livres para não correr riscos desnecessários devido à chuva forte que se fazia sentir, guardando-se para as 2 últimas subidas de prova que restavam. Se assim pensou, melhor o fez, dado que na penúltima subida de prova Rui fez uma subida isenta de erros e riscos, tentando perceber as reacções do seu Juno e o estado da pista, para na derradeira subida imprimir ainda mais o ritmo e surpreender tudo e todos com o melhor crono absoluto e com isso vencer esta Rampa da Penha.

Rui Ramalho foi efectivamente a surpresa desta Rampa, realizada em condições muita adversas, sendo o justo vencedor desta prova ao garantir a 1ª vitória desta época, confirmando o valor demonstrado na época transacta e tirando partido da aprendizagem acumulada no ano passado.

O piloto dedicou esta 1ª vitória a todos os patrocinadores e a todos os elementos da Equipa, sem os quais nada disto teria sido possível.


---

 

!

 

BRC DE JOAQUIM RINO JÁ CHEGOU

BRC DE JOAQUIM RINO JÁ ESTÁ NA BATALHA

 

O novo BRC CM 05 de Joaquim Rino já chegou à Batalha, onde agora irá ser decorado, com vista RINO Copyà participação deste piloto na Rampa da Falperra, prova onde irá estrrear a nova máquina.

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DA PENHA 1

GALERIA DE IMAGENS

 

RAMPA DA PENHA 1 - CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2015

 

Grupo de imagens referenets àpenha1-fotsdecarlosanto Copyp2 Copypenha42 Copypenha41 Copypenha40 Copypenha39 Copypenha38 Copypenha37 Copypenha36 Copypenha35 Copypenha34 Copypenha33 Copypenha32 Copypenha31 Copypenha30 Copypenha29 Copypenha28 Copypenha27 Copypenha26 Copypenha25 Copypenha24 Copypenha23 Copypenha22 Copypenha21 Copypenha20 Copypenha20 Copypenha18 Copypenha17 Copypenha16 Copypenha15 Copypenha7 Copypenha6 Copypenha5 Copypenha4 Copypenha3 Copypenha2 Copy primeira jornada do Campeonato Nacional de Montanha, a Rampa da Penha 1.

 

Fotos de Carlos Antão - www.velocidadeonline.com

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

RAMPA DA PENHA

 

 

Grupo de imagens da Rampa da Penha, jornada inaugural do Campeonato Nacional de MOntanha.

 

Fotos de Edgar Alves Desporto - www.velocidadeonline.comp131 Copyp130 Copyp129 Copyp128 Copyp127 Copyp126 Copyp125 Copyp124 Copyp121 Copyp120 Copyp119 Copyp118 Copyp117 Copyp116 Copyp115 Copyp114 Copyp112 Copyp111 Copyp110 Copyp109 Copyp108 Copyp107 Copyp106 Copyp105 Copyp104 Copyp103 Copyp102 Copyp101 Copyp100 Copyp49 Copyp48 Copyp47 Copyp46 Copyp45 Copyp44 Copyp43 Copyp42 Copyp41 Copyp40 Copyp39 Copyp38 Copyp37 Copyp36 Copyp35 Copyp34 Copyp33 Copyp32 Copyp31 Copyp30 Copyp29 Copyp28 Copyp27 Copyp26 Copyp25 Copyp24 Copyp23 Copyp22 Copyp21 Copyp20 Copyp19 Copyp18 Copyp17 Copyp16 Copyp15 Copyp14 Copyp12 Copyp11 Copyp10 Copyp9 Copyp8 Copyp7 Copyp6 Copyp5 Copyp4 Copyp3 Copyp2 Copy

 

MANUEL CORREIA ATINGIU OS OBJECTIVOS NA RAMPA DA PENHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 1

 

MANUEL CORREIA ATINGIU OS OBJECTIVOS NA RAMPA DA PENHA




Manuel Correia ao volante do seu Skoda Fabia S 2000, atingiu os objectivos a que se propunha ao conseguir ser o quarto classificado da geral, e primeiro em termos de categoria 2 e classe A.

Mas Manuel Correia não fez a  primeira subida de treinos, no entanto logo na subida seguinte seria autor com piso seco, dum excelente crono , tendo percorrido os três mil e cem metros em apenas 1.40.843, dando-lhe a terceira melhor marca, para na primeira subida de prova ter melhorado ainda o seu tempo, tendo alcançado 1.37.220.

No domingo de manhã, com as péssimas condições atmosféricas que se abateram sobre a Rampa da Penha, o Skoda Fabia S 2000 de Manuel Correia sentia-se como “peixe na água”, e fez logo 1.53.973, tendo apenas á sua frente máquinas bem mais potentes. Mesmo com um piso muito escorregadio, Manuel Correia não se fez rogado, e na segunda subida de prova continuou a melhorar o seu tempo, conseguindo fazer 1.50.447, para na derradeira subida ter feito ainda melhor, alcançando 1.47.399.

Por isso no final depois de colocar o Skoda Fabia S 2000 no parque fechado, descreveu-nos a sua prova “ correu tudo muito bem, rapidamente encontramos com toda a equipa da ARC, o melhor set up para o carro, e o resultado está à vista, foi sempre a melhorar em cada subida que efectuei. O carro estava perfeito, embora o piso muito molhado, deu para segurar o Skoda sem grandes problemas, não cometi erros, e os objectivos a que me propus, estão à vista, foi uma excelente jornada. Sinto-me cada vez mais adaptado ao comportamento do Fabia S 2000, que é uma grande máquina, e agora há que preparar a prova seguinte que é a Rampa da Falperra”.

 

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL



FOX 6137_Copy

FOX 6323_Copy

MANUELCORREIA1 Copy1º Rui Ramalho – Juno SSE

2º Tiago reis – Ford Fiesta

3º Manuel Pereira – Mitsubishi Evo VI

4º MANUEL COIRREIA – SKODA FABIA S 2000

5º Paulo Ramalho – Juno CN 9

 

CLUBE AUTOMÓVEL DO MINHO RECRUTA PARA A RAMPA DA FALPERRA

CLUBE AUTOMÓVEL DO MINHO RECRUTA PARA A RAMPA DA FALPERRA

 

ATENÇÃO LEITORES

 

 

Recrutamento de voluntários para a Rampa da Falperra ( M ou F para controlo de acessos zona de pilotos/zonavip). Tdos os interessados podem responder para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ( 3dias 15,16 e 17 Maio).

 

CLUBE AUTOMÓVEL DO MINHO RECRUTA PARA A RAMPA DA FALPERRA

CLUBE AUTOMÓVEL DO MINHO RECRUTA PARA A RAMPA DA FALPERRA

 

ATENÇÃO LEITORES

 

 

Recrutamento de voluntários para a Rampa da Falperra ( M ou F para controlo de acessos zona de pilotos/zonavip). Todos os interessados podem responder para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ( 3dias 15,16 e 17 Maio).

 

JOAQUIM TEIXEIRA NA RAMPA DA PENHA

 

Joaquim Teixeira na Rampa da Penha

Depois da conquista do título de Campeão na Categoria 5 em 2014, Joaquim Teixeira este ano mudou de categoria e de viatura, cansado que estava de um projeto de 3 anos e meio ao volante do Seat Leon Supercopa onde ganhou tudo que havia para conquistar.

Joaquim Teixeira, iniciou em 2015 o CNM na Rampa da Penha. Com um fim-de-semana muito difícil devido à intensa chuva que foi uma presença constante durante todo o fim-de-semana, principalmente no domingo, o grande e principal objetivo que o piloto de Murça tinha traçado para as primeiras provas deste ano foi atingido.

Segundo Joaquim Teixeira, a primeira metade do CNM de 2015 acima de tudo são de habituação e adaptação ao Porsche 997 GT4, independentemente dos resultados que venha a conseguir. “ O meu principal objetivo na primeira metade do campeonato e conhecer e adaptar-me ao Porsche que é totalmente novo para mim, e os resultados são secundários”.

Nesta primeira prova o piloto de Murça mesmo sem ter conseguido qualquer resultado de relevo, 2º classificado nos GT e 3º na Categoria 2, segundo nos disse “fiquei minimamente satisfeito porque consegui efetuar subidas em seco e em situação de chuva intensa o que me permitiu uma adaptação a condições meteorológicas muito diferentes. Agora na Falperra vou tentar explorar mais um pouco as capacidades do Porsche, mesmo sabendo que o resultado desejado ainda não vai aparecer, mas isso neste momento isso não é o mais importante”.

Na segunda metade do CNM o piloto de Murça espera já poder ter outros objetivos, embora esteja consciente que dispõe do Porsche menos evoluído e menos potente de todos os que podem aparecer no CNM 2015, pois é um GT4, o que equivale a dizer uma viatura quase de série.

A segunda prova do campeonato será a emblemática Rampa Internacional da Falperra, a 16 e 17 de Maio.

 

DOMIINGOS FERNANDES NA RAMPA DA PENHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

domingos1 Copy

RAMPA DA PENHA 1

 

 

DOMINGOS FERNANDES NA RAMPA DA PENHA

 

Sem problemas de maior, uma vez mais o Autobianchi A 112 de Domingos Fernandes, levou o piloto de Armamar a mais um lugar no pódio, com a obtenção da segunda posição na Taça 300, e um quarto lugar entre os clássicos à geral.

Por isso depois de ter recebido duas taças, Domingos Fernandes referiu-nos como foi o fim de semana, “começou por correr muito bem no sábado com o piso seco, mas no domingo foi para esquecer, e isso porque não tenho pneus para chuva, e por isso tive de fazer as subidas muito devagar, para não sair de pista nem bater contra nada, de resto tudo normal, sem mais contratempos”

 

MARTINE PEREIRA ESTREOU NOVO ALFA ROMEO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE FOX 6158_Copymartine1 Copy MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 1

 

 

MARTINE PEREIRA ESTREOU NOVO ALFA ROMEO NA RAMPA DA PENHA



Martine Pereira estreou no passado fim de semana, na Rampa da Penha,  o seu novo Alfa Romeo GTA, onde fez furor junto dos largos milhares de espectadores que não deixaram de aparecer, mesmo com as péssimas condições atmosféricas que se abateram nesta rampa.

Na 1ª subida de treinos, Martine Pereira ainda a tentar conhecer o comportamento do carro, faria a terceira melhor marca com  2.10.275, para na subida seguinte melhorar um pouco mais com 2.03521.Depois de efectuadas estas duas subidas, descreveu-nos como correu “ bem, o carro é muito engraçado de conduzir, não tolera muitos erros, mas vou precisar de mais algum tempo para me adaptar pois não é fácil. Apenas andei com ele debaixo de chuva no circuito Vasco Sameiro em Braga, onde fiquei com umas noções das suas potencialidades, mas estou convencido, que dentro de duas , três provas, poderei andar mais depressa”.

 

 

No domingo de manhã na warn up, disputada debaixo de chuva, Martine Pereira não subiu, mas na segunda subida de prova  faria 2. 26.644, mas a verdade é que as péssimas condições atmosféricas que afectaram a zona da Penha acabaram por penalizar as prestações do piloto do Alfa Romeo GTA,  nas derradeira subida, fazendo 2.26.652, conseguindo assim obter o 16º lugar á geral, e o primeiro na categoria E 1 D.

Por isso no final, antes da distribuição de prémios, Martine Pereira  fez o balanço da aprova “ fiz o que estava ao meu alcance, o dia de domingo foi muito difícil, com o mau tempo, e a chuva toda, não dava para mais. O piso estava muito escorregadio, e não quis abusar, para depois cometer erros, que poderiam originar terminar a prova mais cedo. Por isso tive o cuidado de andar o que pude, e agora só espero que na Rampa da Falperra, o tempo esteja bom, pois com piso seco, este Alfa Romeo é uma grande maquina, com grandes potencialidades, que têm de ser exploradas aos poucos”.

 

Sobre o Lola T 70, Martine Pereira que ainda não está pronto,  acrescentou “ só mais para o final do campeonato de montanha isso poderá ser possível,  mas queria  ver se corria com ele em Vila Real, mas para já não há certezas. O Nacional de Montanha é para ser cumprido com esta Alfa Romeo “.

 

TIAGO REIS NA RAMPA DA PENHA 1

 

Tiago Reis na luta pela vitória na Rampa da Penha

 

Depois do título na Categoria 3 em 2014, Tiago Reis regressou à luta pelas vitórias à geral e foi segundo classificado na prova de abertura do Campeonato Nacional de Montanha. Piloto da Transfradelos ficou satisfeito com o arranque de época.

 

Foi um fim-de-semana particularmente difícil para os concorrentes da Rampa da Penha, primeira prova do Nacional de Montanha em 2015. A chuva foi uma presença constante em Guimarães, principalmente no dia de domingo, obrigando as equipas a trabalho redobrado para escolherem os melhores pneus e afinações.

 

Neste contexto, Tiago Reis mostrou-se muito forte e consistente pois foi o piloto mais rápido na segunda subida de prova, onde bateu a forte concorrência por mais de três segundos. Na terceira e derradeira subida de prova, o piloto do Ford Fiesta RS Cosworth foi o segundo mais rápido e com isso terminou no segundo lugar da geral absoluta, só atrás de uma barchetta da categoria 1.

 

O fim-de-semana correu bem, apesar da chuva, afirmou o campeão nacional absoluto de 2013. O carro esteve perfeito e no domingo não quisemos correr riscos desnecessários depois do acidente que terminou com a nossa época no ano passado. Era importante voltar a ganhar confiança, perceber que está tudo bem com o carro e conseguir pontos importantes para o campeonato.

 

Depois de uma prépoca de intenso trabalho, o piloto de Famalicão fez questão de agradecer aos nossos patrocinadores, à minha família e sobretudo ao nosso mecânico José Barros, por todo o esforço e dedicação para preparar o carro para esta época.

 

A segunda prova do campeonato será a emblemática Rampa Internacional da Falperra, a 16 e 17 de Maio.DSC 0706_Copy

 

BOA ESTREIA PARA EDGAR REIS

 

Boa estreia de Edgar Reis com o Porsche 997 GT3 Cup

 

A primeira prova do Nacional de Montanha marcou também a estreia de Edgar Reis com o Porsche recentemente adquirido pelo Team Transfradelos. O piloto de Famalicão venceu a classe GT e foi segundo na Categoria 2.

 

A transição de um Renault Clio RS2000 para um Porsche 997 GT3 Cup de 450 cavalos nunca seria tarefa fácil para qualquer piloto mas a presença da chuva na Rampa da Penha deste fim-de-semana dificultou a tarefa de Edgar Reis na sua primeira prova com o carro alemão. Sobretudo porque o piloto da Transfradelos só pôde fazer um pequeno teste em Braga na sexta-feira anterior à prova, preocupando-se depois em descobrir a pilotagem do Porsche sem cometer erros.

 

No final, Edgar Reis venceu a classe dos GT na Penha e foi segundo na Categoria 2, só atrás de um Skoda Fabia S2000 cuja tracção integral era uma vantagem no piso molhado. “A estreia com o Porsche correu dentro das nossas expectativas”, referiu Edgar Reis. “Sabíamos que era um carro completamente diferente do que eu estava habituado e não pude fazer muitos quilómetros de testes para me habituar. Optei por uma estratégia cautelosa ao longo do fim-de-semana, sobretudo nas travagens e nas passagens de caixa. Por exemplo, estou a passar de caixa às 6.000 rpm e o carro permite passar de caixa às 8.500 rpm. Só com maior experiência poderei começar a “abusar” um pouco mais. Para já fiquei satisfeito”, concluiu o piloto de Famalicão.

 

Edgar Reis aproveitará agora para testar com o Porsche antes da segunda prova do campeonato, que será a famosa Rampa Internacional da Falperra, a 16 e 17 de Maio.DSC 0455_CopyDSC 9959_Copy

 

JOSÉ CORREIA E RICARDO GOMES NO PÓDIO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 1

 

 

JOSÉ CORREIA E RICARDO GOMES NO PÓDIO

 

 

A equipa da J.Correia/LXS Racing Team garantiu, na prova de estreia do Campeonato Nacional de Montanha 2015, que se realizou na Penha, a primeira presença dupla no pódio por parte de ambos os pilotos da equipa. José Correia, aos comandos do nocíssimo Seat Leon Eurocuop, garantiu o primeiro lugar do grupo, enquanto Ricardo Gomes, que conduz o Seat Leon Supercopa, garantiu o 3º lugar. 

 

Numa prova disputada debaixo de condições meteorológicas adversas, ambos os pilotos partem assim já em vantagem para a segunda prova deste Campeonato Nacional que se realiza entre 16 e 17 de Mario em Braga, na mítica Rampa da Falperra.

 

Nas sessões de treinos decorridas na Rampa da Penha, em Guimarães, no passado final de semana, as condições climatéricas foram bastante adversas, sendo que as sessões de treinos de Sábado ainda decorreram com céu limpo e piso seco, contudo no dia de prova, Domingo, a chuva foi uma constante, provocando muitas dificuldades aos pilotos e equipas, o que obrigou os pilotos e a equipa da J.Correia / LXS a alterarem por completo os setups iniciais dos Seat Leon.

 

Tanto José Correia como Ricardo Gomes ainda estão numa fase de adaptação aos novos carros, mas a verdade é que ao longo das subidas de treinos, os tempos foram melhorando de forma constante, ao ponto de na primeira subida de prova José Correia ter conseguido fazer o percurso em 1’38”807, e Ricardo Gomes em 1’40”069, isto no final de tarde de Sábado. Já Domingo de manhã, uma tempestade abateu-se sobre a  Penha, e com isso,  a chuva e o piso muito escorregadio não permitirem velocidades muito elevadas,  mesmo assim José Correia ao volante do Seat Leon Eurocup faria nas restantes duas subidas uns impressionantes 1’48”625 e 1’47”679, assegurando a vitória em termos de categoria. Já Ricardo Gomes ao volante do Seat Leon SuperCopa, faria nas duas restantes subidas de prova um extraordinário tempo de 1’53”276 e 1’50”134, conseguindo assim o 3º lugar do pódio.

 

No final da prova José Correia explicou que “esta prova correu bem apesar do péssimo estado do tempo. Na tarde de sábado com o piso seco, consegui um bom tempo, que no meu ponto de vista poderá ser melhorado em futuras provas. É a segunda prova que faço com este carro, que tem um grande potencial pela frente. Vou precisar de mais algum tempo, para o conhecer melhor e poder tirar partido das suas potencialidades. Estamos no bom caminho, espero que para a próxima prova, que será a Rampa da Falperra, seja disputada com muito sol, e com piso seco, para assim poder ver até que ponto é que posso ir com o Seat Leon Eurocup, mas estou muito satisfeito com o resultado final, que foi uma grande vitória”, referiu, acrescentando que “prevejo que irá ser um campeonato renhido, pois aqui na Penha apenas estiveram três dos cincos Seat Leon que irão alinhar, por isso penso que vai haver uma luta muito acesa até à final”.

 

Para Ricardo Gomes “esta foi uma prova muito complexa. Foi bnecessário muito trabalho de equipa para alterarmos por completo os setups dos carros de Sábado para Domingo, sendo que as condições foram completamente distintas. A prova acabou por correr bem e encontramos as especificações certas para piso molhado, pelo que conseguimos chegar ao pódio”, explicou.

O piloto Bracarense, que conquistou o 3º lugar do pódio, acabou mesmo por ficar sem sistema de limpa para brisas numa das subidas em que mais chovia, na segunda subida de prova de Domingo, o que aumentou de forma significativa as dificuldades, pois a visão era reduzida, tendo o piloto de tomar cautelas redobradas para  não bater.

Ricardo Gomes concluiu explicando que “o carro esteve perfeito, e espero na Rampa da Falperra, poder lutar pela vitória. Sei de antemão que não irá ser nada fácil, pois o meu colega de equipa tem um super carro e depois há que contar com os outros Seat Leon que não irão dar qualquer tipo de trégua, por isso conto que irão ser provas muito disputadas”, referiu.

 

 

 

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

GERAL

 

1º Rui Ramalho – Juno SSE

 

2º Tiago Reis – Ford Fiesta

 

3º Manuel pereira – Mitsubishi

 

4º Manuel Correia – Skoda Fabia S 2000

 

5º Paulo ramalho – Juno SSE

 

6º JOSÉ CORREIA – SEAT LEON EUROCUP

 

7º Luis Nunes – Seat Leon Copa

 

8º RICARDO GOMES – SEAT LEON COPA

 

 

 

GRUPO

 

1º JOSÉ CORREIA – SEAT LEON EUROCUP

 

2º Luís Nunes – Seat Leon Eurocup

 

3º RICARDO GOMES – SEAT LEON SUPERCOPA

 

 

CATEGORIA

 

1º Tiago Reis – Ford Fiesta

 

2º Manuel Pereira – Mitsubishi

 

3º JOSÉ CORREIA – SEAT LEON EUROCUP

 GTI 7544_Copy

 

JOSÉ PEDRO GOMES VENCEU RAMPA DA PENHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

JOSEEDROGOMES1 Copy

RAMPA DA PENHA 1

 

 

JOSÉ PEDRO GOMES VENCEU NA RAMPA DA PENHA



José Pedro Gomes foi o grande dominador da Rampa da Penha, jornada inaugural do Campeonato nacional de Montanha,  ao volante do seu Ford Escort MK 2, venceu de forma determinada a sua categoria entre os clássicos, para além de se classificar no “top ten”  á geral.

O piloto advogado, logo na primeira subida de treinos mostrou as suas intenções, e foi logo o autor do melhor tempo com 1.48.680, para na subida seguinte fazer um excelente crono de 1.41.601.Com o piso muito molhado, na terceira subida de treinos, José Pedro Gomes faria 2.07.902, , para na primeira subida de prova conseguir atingir  1.39.554, um excelente tempo. Mas a verdade é que José Pedro Gomes não conseguiu melhorar o seu tempo, pois uma tempestade abateu-se sore a rampa da Penha na manhã de domingo, e na segunda subida de prova, não faria melhor do que 2.001.88 . Mesmo assim na derradeira subida, ainda debaixo de péssimas condições atmosféricas, José Pedro Gomes ainda conseguiu melhorar um pouco, fazendo 1.57.185, sendo o suficiente para ser o vencedor da categoria.

Por isso no final, depois de tirar o capacete, disse-nos logo “ missão cumprida, o carro esteve bom, o piso molhado não estava nada fácil segurar o carro, um pequeno erro e deitava tudo a perder, mas duma maneira geral correu bem. O piso molhado obviamente que limitou o andamento, mas agora há que começar a preparara a rampa da Falperra, onde penso já alinhar com o Ford Escort WRC, que não veio a esta rampa, pois não houve tempo para preparar o carro devidamente “.

 

O ESTOURO DE JORGE MEIRA

CAMPEONATO NACIONALD E MONTANHA

 

O "ESTOURO" DE JORGE MEIRA

 

Poderia ter sido, mas não foi, mas vejam caros leitores o que poderia ter sucedido ao Citoren saxo de Jorge meira ao entrar na derradweira subida na conhecida curva da morte, tendo deslizado pro cima dos rails duplos existenets nesta complicada curva, que felizmente acabou em bem, pois o piloto de Braga depois da odisseia em cima do rail, acabou por conseguir levar o peuqeno carro de origem francesa de regresso ao precurso correcto.

 

 

Fotos de Rui e beatriz Couto - Photo Digita e Armindo cerqueia - Foto GTI - www.velocidadeonline.comESTOUROMEIRA-FOTOBEATRIZCOUTO CopyESTOUROMEIRA-FOTOGTI1 Copy

 

RAMPA DA PENHA

Rampa da Penha - Domingo

A chuva marcou o início do segundo dia de prova, da abertura do Campeonato Nacional de Montanha (CNM), disputada na Penha, em Guimarães.

Tempos disponíveis em: http://www.demoporto.com/joomla30/index.php/pmpm

Terceira subida de prova

Num verdadeiro golpe de teatro, Rui Ramalho (Juno SSE) retira cinco segundos e meio ao tempo da subida anterior e ganha a Rampa da Penha. Tiago Reis (Ford Fiesta) vence a Categoria 3 e faz o segundo posto da geral 3,2s é a diferença entre os dois primeiros.

Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer EVO VI) foi o terceiro classificado. Andou forte na derradeira subida, retirou três segundos, mas não chegou para levar a melhor sobre Tiago Reis, que também ele melhorou. No final a diferença entre ambos foi de 3,9s. Reis ganha a Categoria 3, Pereira é segundo. Impressionante foi também o andamento de José Correia, que manteve sempre um ritmo muito forte com o Seat Leon, o tempo acumulado de 3m 27,486s atribui-lhe a sexta posição da classificação geral final.

Na Categoria 2, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000) dominou e a tracção integral ajudou. Edgar Reis (Porsche 997) apostou forte na última subida e dessa forma foi o segundo classificado, da categoria, depois de uma espécie de luta privada de Porsches, em que levou a melhor sobre Joaquim Teixeira (Porsche 997) pela diferança de 1,7s.

Paulo Ramalho (Juno CN 09) foi o segundo classificado da Categoria 1, onde teve como adversário o vencedor à geral, o seu irmão Rui.

Nos Clássicos da Categoria 4 quase nada de novo. O "quase" passa pelo desempenho de José Pedro Gomes (Ford Escort MKII), que retirou três segundos redondos, face à primeira subida. Mário Mesquita (Datsun 1600 SSS) e Cândido Monteiro (Datsun 1200) seguiram-no na classificação.

A próxima prova é já dentro de duas semanas. A Rampa da Falperra, pontuável para o Campeonato da Europa da Especialidade vai ser disputada em Braga, de 15 a 17 de Maio. 

Segunda subida de prova

Tiago Reis (Ford Fiesta) faz o melhor tempo à geral na segunda subida de prova, assina 1m 45,295s. A chuva forte e o piso muito molhado explicam os 11,5 segundos mais lento, face à subida de prova de ontem, a tracção integral explica a facilidade com que os protótipos foram batidos.

A tendência da supremacia 4X4, manteve-se e Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer EVO VI) foi quem mais se aproximou do tempo de Reis. Rodou em mais três segundos e uma décima do que o líder, ficando com mais seis segundos, no tempo acumulado das duas subidas de prova. Quem esteve positivamente como “peixe na água” foi José Correia (Seat Leon) que apenas fez mais três décimas do que o homem do Mitsubishi e fechou o grupo dos três da frente na geral da subida e da Categoria 3.

Quem mais se ressentiu com a chuva foram os homens do protótipos, da Categoria 1, que com as condições de piso que se fazem sentir, é completamente impossível de colocar os cavalos no chão. Rui Ramalho (Juno SSE) rodou em 1m 49,099s piorou 17,6 segundos face à primeira subida (corrida em piso seco, recorde-se) e no tempo acumulado fica com o segundo posto provisório na classificação geral. Paulo Ramalho não conseguiu fazer melhor do que o irmão e a diferença entre ambos dilatou-se para 11 segundos.

Manuel Correia (Skoda Fabia S200) mantém-se na frente da Categoria 2. Mais uma vez a lei dos 4X4 impera e a distância para o segundo, Joaquim Teixeira (Porsche 997) é agora de 11,6 segundos. João Guimarães (Peugeot 206 RC) é o terceiro classificado.

José Pedro Gomes (Ford Escort) mantém os melhores tempos da Categoria 4. Mário Mesquita (Datsun 1600 SSS) é o segundo da categoria, já a 50 segundos e Cândido Monteiro (Datsun 1200) está na terceira posição.

 

Subida de treino

A primeira subida do dia serviu, fundamentalmente, para que os pilotos tivessem contacto com o estado do piso. Chuva, muita chuva fez com que os tempos piorassem substancialmente. Basta ver que o melhor tempo da subida foi de Tiago Reis (Ford Fiesta), com 1m 52,018s, o que faz com que face à primeira subida de ontem tenha piorado uns bons seis segundos e meio. A tendência manteve-se para todos os demais e os irmãos Paulo e Rui Ramalho, nem sequer alinharam.

alt Rui Ramalho (Juno SSE) o vencedor - Foto de Foto GTI

alt Tiago Reis (Ford Fiesta) o segundo classificado - Foto de Foto GTI

 

RAMPA DA PENHA - SÁBADO

Rampa da Penha - Domingo

A chuva marcou o início do segundo dia de prova, da abertura do Campeonato Nacional de Montanha (CNM), disputada na Penha, em Guimarães.

Tempos disponíveis em: http://www.demoporto.com/joomla30/index.php/pmpm

Terceira subida de prova

Num verdadeiro golpe de teatro, Rui Ramalho (Juno SSE) retira cinco segundos e meio ao tempo da subida anterior e ganha a Rampa da Penha. Tiago Reis (Ford Fiesta) vence a Categoria 3 e faz o segundo posto da geral 3,2s é a diferença entre os dois primeiros.

Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer EVO VI) foi o terceiro classificado. Andou forte na derradeira subida, retirou três segundos, mas não chegou para levar a melhor sobre Tiago Reis, que também ele melhorou. No final a diferença entre ambos foi de 3,9s. Reis ganha a Categoria 3, Pereira é segundo. Impressionante foi também o andamento de José Correia, que manteve sempre um ritmo muito forte com o Seat Leon, o tempo acumulado de 3m 27,486s atribui-lhe a sexta posição da classificação geral final.

Na Categoria 2, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000) dominou e a tracção integral ajudou. Edgar Reis (Porsche 997) apostou forte na última subida e dessa forma foi o segundo classificado, da categoria, depois de uma espécie de luta privada de Porsches, em que levou a melhor sobre Joaquim Teixeira (Porsche 997) pela diferança de 1,7s.

Paulo Ramalho (Juno CN 09) foi o segundo classificado da Categoria 1, onde teve como adversário o vencedor à geral, o seu irmão Rui.

Nos Clássicos da Categoria 4 quase nada de novo. O "quase" passa pelo desempenho de José Pedro Gomes (Ford Escort MKII), que retirou três segundos redondos, face à primeira subida. Mário Mesquita (Datsun 1600 SSS) e Cândido Monteiro (Datsun 1200) seguiram-no na classificação.

A próxima prova é já dentro de duas semanas. A Rampa da Falperra, pontuável para o Campeonato da Europa da Especialidade vai ser disputada em Braga, de 15 a 17 de Maio. 

Segunda subida de prova

Tiago Reis (Ford Fiesta) faz o melhor tempo à geral na segunda subida de prova, assina 1m 45,295s. A chuva forte e o piso muito molhado explicam os 11,5 segundos mais lento, face à subida de prova de ontem, a tracção integral explica a facilidade com que os protótipos foram batidos.

A tendência da supremacia 4X4, manteve-se e Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer EVO VI) foi quem mais se aproximou do tempo de Reis. Rodou em mais três segundos e uma décima do que o líder, ficando com mais seis segundos, no tempo acumulado das duas subidas de prova. Quem esteve positivamente como “peixe na água” foi José Correia (Seat Leon) que apenas fez mais três décimas do que o homem do Mitsubishi e fechou o grupo dos três da frente na geral da subida e da Categoria 3.

Quem mais se ressentiu com a chuva foram os homens do protótipos, da Categoria 1, que com as condições de piso que se fazem sentir, é completamente impossível de colocar os cavalos no chão. Rui Ramalho (Juno SSE) rodou em 1m 49,099s piorou 17,6 segundos face à primeira subida (corrida em piso seco, recorde-se) e no tempo acumulado fica com o segundo posto provisório na classificação geral. Paulo Ramalho não conseguiu fazer melhor do que o irmão e a diferença entre ambos dilatou-se para 11 segundos.

Manuel Correia (Skoda Fabia S200) mantém-se na frente da Categoria 2. Mais uma vez a lei dos 4X4 impera e a distância para o segundo, Joaquim Teixeira (Porsche 997) é agora de 11,6 segundos. João Guimarães (Peugeot 206 RC) é o terceiro classificado.

José Pedro Gomes (Ford Escort) mantém os melhores tempos da Categoria 4. Mário Mesquita (Datsun 1600 SSS) é o segundo da categoria, já a 50 segundos e Cândido Monteiro (Datsun 1200) está na terceira posição.

 

Subida de treino

A primeira subida do dia serviu, fundamentalmente, para que os pilotos tivessem contacto com o estado do piso. Chuva, muita chuva fez com que os tempos piorassem substancialmente. Basta ver que o melhor tempo da subida foi de Tiago Reis (Ford Fiesta), com 1m 52,018s, o que faz com que face à primeira subida de ontem tenha piorado uns bons seis segundos e meio. A tendência manteve-se para todos os demais e os irmãos Paulo e Rui Ramalho, nem sequer alinharam.

alt Rui Ramalho (Juno SSE) o vencedor - Foto de Foto GTI

alt Tiago Reis (Ford Fiesta) o segundo classificado - Foto de Foto GTI

 

JOÃO FONSECA QUER VOLTAR

JOÃO FONSECA QUER VOLTAR

 

 

Mais uma época a começar, este ano a 13º época consecutiva! Lutando com todas as suas armas para dar a melhor imagem a todos os PATROCINADORES ao longo destes anos. Sem eles o João não conseguiria estar presente nas competições e demonstrar todo o seu potencial!!! Para 2015 tudo estamos a fazer para que o João se mantenha na luta pelos primeiros lugares do Campeonato! Vamos todos ajudar este nosso AMIGO e PILOTO PARA O TERMOS DE VOLTA A COMPETIR ESTE ANO 2015!! Para os interessados enviar mp ou Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  

 

VERIFICAÇÕES NA RAMPA DA PENHA

VERIFICAÇÕES NA RAMPA DA PENHA

 

Imagens da DEmoporto, referentes às verificações para a rampa da Penha, jornada inaugural do Nacional de MOntanha, feitas debaixo de péssimas condições metereológivas.demo1 Copydemo2 Copydemo3 Copydemo4 Copydemo4 Copydemo5 Copydemo6 Copydemo7 Copydemo8 Copydemo9 Copy

 

TEAM TRANSFRADELOS NA MONTANHA

 

Team Transfradelos com Ford Fiesta RS Cosworth e Porsche 997 GT3 Cup na Montanha

 

Os irmãos Tiago e Edgar Reis apresentam uma grande novidade para 2015 já que o Team Transfradelos adquiriu um Porsche 997 GT3 Cup para o Campeonato Nacional de Montanha.

 

O carro foi adquirido na Alemanha e será utilizado por Edgar Reis, enquanto Tiago Reis, ex-campeão nacional absoluto e atual campeão da Categoria 3 vai manter-se ao volante do potente Ford Fiesta RS Cosworth estreado em 2014. Duas viaturas espectaculares e que certamente vão concentrar as atenções dos milhares de adeptos esperados no próximo fim-de-semana na Rampa da Penha, prova de abertura do Campeonato Nacional de Montanha.

 

Achámos que este Porsche tem uma boa relação entre competitividade e custos, justificou Edgar Reis, que até ao ano passado pilotou o Renault Clio RS2000 da equipa de Vila Nova de Famalicão. Vou precisar de muitos quilómetros para me habituar ao Porsche porque não é um carro fácil de guiar. Vou encarar a Rampa da Penha sem qualquer pressão, afirmou o piloto do carro alemão, que se enquadrará na Categoria 2.

 

O seu irmão, Tiago Reis, aposta este ano na luta pelo título absoluto, algo que foi impedido de fazer no ano passado pois o regulamento não permitia que o Ford Fiesta pontuasse fora da Categoria 3. O carro foi completamente reconstruído nas instalações da equipa e, segundo Tiago Reis, parece estar tudo bem. Já pude fazer um pequeno teste e fiquei satisfeito. Vou entrar nesta época com toda a motivação, agora que podemos lutar pelo título absoluto. Sei que vão existir adversários fortes mas é esse o nosso objetivo, concluiu o campeão absoluto de 2013.

 

A primeira passagem do ano pela Rampa da Penha começa no próximo sábado, com as subidas de treinos a partir das 14h00. No domingo, a prova minhota terá as primeiras subidas a partir das 10h00.

 

 

 DSC 2393_CopyDSC 8365_Copy

 

RAMPA DA PENHA - SÁBADO

Rampa da Penha - Sábado

O Campeonato Nacional de Montanha arrancou na Penha, pela mão do Clube de Desportos Motorizados do Porto (Demoporto).

Tempos disponíveis em:  http://www.demoporto.com/joomla30/index.php/pmpm

1ª Subida de Prova

O traçado a secar, os pilotos a arriscarem mais pois já é uma subida oficial e o resultado são tempos a baixarem e algumas surpresas a aparecerem lá mais de trás.

Na frente nada de novo, com os irmão Ramalho a dividirem os melhores tempos, quer na geral, quer na Categoria 1. De novo Rui (Juno SSE) atingiu a melhor marca, com 1m 31, 526 e Paulo (Juno CN 09) foi 1,2 segundos mais lento.

O equilíbrio de andamentos foi bem patente e com mais 0,9 segundos, Tiago Reis (Ford Fiesta) foi terceiro, é o detentor da melhor marca na Categoria 3  e conseguiu “descolar” de Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer Evo VI), que é também o principal adversário do homem da Transfradelos em termos de categoria.

Mas Pereira, tem que se defender para manter a quarta posição da geral, pois a menos de meio segundo está Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), que é também o melhor classificado na Categoria 2.

Luís Nunes é um dos tais casos que optou por rodar cauteloso nos treinos e apostou na prova. Resultado: 1m 38,430s que o colocam na sexta posição da geral e terceira da Categoria 3.

José Pedro Gomes foi sétimo e está de “pedra e cal” na frente da Categoria 4 

2ª Subida de Treinos

Rui Ramalho (Juno SSE) optou por não alinhar na subida inicial, mas desta vez, sentou-se ao volante e partiu para fazer o melhor tempo: 1m 31,843s, já com o piso mais seco.

Paulo ramalho (Juno CN 09) rodou em mais 4,8 segundos e termina com a melhor marca da subida. Tiago Reis (Ford Fiesta) roda próximo a oito décimas e Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer EVO VI) faz a quarta melhor marca, à frente de Manuel Correia (Skoda Fábia S2000). José Pedro Gomes mantém-se na frente dos Clássicos da Categoria 4, com a sexta melhor marca da sessão.

Primeira subida de treinos

Piso húmido, que alterna com zonas secas marcou a primeira subida da Rampa da Penha, o que obrigou a cuidados redobrados por parte de todos, que optaram por andamentos cautelosos, pois aliado ao estado do asfalto, há ainda o facto de em muitos casos este ser o primeiro contacto dos pilotos ao volante de carros novos, em prova. Ora não interessa comprometer tudo logo numa subida que nem sequer conta para a classificação.

Paulo Ramalho (Juno CN 09) realizou naturalmente o melhor tempo, com 1,8 segundos de vantagem sobre Manuel Correia (Skoda Fabia S2000), que aproveita a tracção integral, para ditar lei na Categoria 2. Tiago Reis (Ford Fiesta) é o melhor na Categoria 3, com mais 1,3 segundos do que Correia e também ele mantém um ritmo cauteloso.  

José Correia (Seat Leon) rodou bem e embora este carro seja uma estreia entre nós, Correia não é um completo estreante com o carro, que usou pela primeira vez em St. Jean du Gard, há três semanas. Estreias absolutas São os dois Porsches de Edgar Reis e de Joaquim Teixeira, assim como o Seat Leon de Francisco Marrão e o Alfa-Romeo GTA de Martine Pereira, pelo que é de esperar que os tempos ainda possam baixar substancialmente.

Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer EVO VI) rodou no quinto tempo, à frente de José Pedro Gomes, que era previsto alinhar com o Ford Focus WRC, mas um problema de última hora na preparação do carro, fez com que ele tivesse que alinhar com o habitual Ford Escort MKII e esteja na frente dos clássicos.

 

MARTINE PEREIRA TESTOU NOVO ALFA ROMEO GTA

MARTINE PEREIRA TESTOU ONTEM O NOVO ALFA  GTA EM BRAGA

 

 

Foi ontem quer Martine Pereira tomou o primeiro contacto com o novo Alfa Romeo GTA, que irá utilizar em aslgumas provas do Campeonato Nacionald e Montanha.O piloto de Vila NOva de Famalicão, fez este teste no circuito Vasco Sameiro em Braga, com o intioto de ter um primeiro contacto com o carro de origem italiana.DE referir que Martine Pereira não teve grande interesse na obtenção de tempos, por ciama inda este teste decorreu com más condições atmosféricas, com muita chuva.ALFAMARTINE1 CopyALFAMARTINE3 CopyALFAMARTINE4 CopyALFAMARTINEMONTANHA Copy

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA FOI APRESENTADO

APRESENTAÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

Foi ontem apresentado na cidade do Porto, em frente ao conhecido café Piolho, o Campeonato Nacional de Montanha, que contou com a presença dos carros de alguns dos participantes.O Campeonato que irá ter inicio já este fim de semana com a Rampa da Penha, terá oito provas.

 

Fotos de João Raposo, Carlos Monteiro - Loscar e António FFOX 6110_CopyFOX 6111_CopyFOX 6112_CopyFOX 6113_CopyFOX 6115_CopyFOX 6116_CopyFOX 6117_CopyFOX 6118_CopyFOX 6119_CopyFOX 6120_CopyFOX 6121_CopyFOX 6122_CopyFOX 6123_CopyFOX 6124_CopyIMG 6267_CopyIMG 6269_CopyMOINT2 CopyMONT3 CopyMONT4 CopyMONT5 CopyMONT6 CopyMONT7 CopyMONT7 CopyMONT8 CopyMONT9 CopyMONT10 CopyMONT11 CopyMONT12 CopyMONT13 CopyMONT14 CopyMONT15 CopyMONT16 CopyMONT17 Copyaria - www.velocidadeonline.com

 

JOSÉ PEDRO GOMES MUDA DE PLANOS

JOSÉ PEDRO GOMES MUDA DE PLANOS PARA A RAMPA DA PENHA

 

 

Ao contrário do que tinha sido anunciado, José Pedro Gomes na Rampa da PJPG1 Copyenha não irá alinhar com o novo Ford EScort WRC, mas sim com o Escort MK com que alinhou nas duas épocas passadas.Sobre esta mudança o piloto advogado explicou-nos o que se passou " a equipa de mecânicos não conseguiu acabar a tempo o Escort WRC, e assim sendo não quero correr riscos.Por isso irei fazer esta rampa com o Escort com que corri nas duas ultimas épocas, mas a estreia do Ford Escort WRC será feito na prova seguinta, na Rampa da Falperra".

 

RICARDO GOMES NA RAMPA DA PENHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2015

 

RICARDO GOMES NA 1º PROVA DO NACIONAL DE MONTANHA – PENHA

 

Ricardo Gomes vai estrear no Campeonato Nacional de Montanha o seu Seat Leon SuperCopa, depois de no ano passado se ter revelado como uma das principais promessas nesta categoria do nosso automobilismo. O piloto de Braga, já participou, em França, na jornada inaugural do Campeonato da Europa de Montanha, ao volante deste Seat Leon SuperCopa, mostrando logo nessa prova um excelente andamento. Segundo Ricardo Gomes “o meu objectivo é poder adaptar-me o mais depressa possível ao carro nos traçados sinuosos das primeiras provas do Campeonato Nacional de Montanha, para depois poder tirar partido do mesmo nas próximas provas, pois já vi que é um carro com um potencial enorme”.

Sobre os objectivos para esta prova “irei fazer as subidas de treinos com alguma cautela, para depois nas subidas de prova poder andar mais depressa um pouco. Espero que não surjam contratempos de ordem técnica, e que consiga melhorar sempre os meus tempos em cada subida efectuada, para assim poder terminar na melhor classificação possível”. Uma vitória no seu grupo não está para já nos horizontes do piloto Bracarense: “penso que será muito difícil, mas vamos andar o melhor possível nestas primeiras provas, esperando que tudo corra daa melhor forma para mim e para o meu colega de equipa, o José Correia”, disse-nos.

Ricardo Gomes e José Correia são os dois pilotos que este ano estreiam no Campeonato Nacional de Montanha a equipa J.Correia / LXS, que contará com dois carros, um Seat Leon Supercopa, de Ricardo Gomes e o novíssimo Seat Leon Eurocup, pilotado por José Correia.

Ambos os pilotos cumprirão a primeira prova do Nacional de Montanha, na Rampa da Penha, nos dias 02 e 03 de Maio, fazendo as verificações técnicas no sábado de manhã, dia 02, tendo as subidas de prova para o dia de domingo.

 RIC10 CopyRICH1 CopyRICH2 Copy

 

JOAQUIM RINO DE REGRESSO?

JOAQUIM RINO DE REGRESSO?

 

Nada está ainda confirmado, mas tudo indica que Joaquiim Rino poderá voltars ao Nacionald de MOntanha ao volante dum BRC, que para já ainda não sabemos se é o mesmo chassi do ano passado, ou um carro novo.A imagem do BRC aqui estáPosteriormente a termos publicado esta noticia, conseguimos falar com Joaquim Rino que nos confirmou " na realidade estou de regresso ao Campoeonato Nacional de Montanha, com um novo carro, irá ser um BRC CM 05 Evo, com que alinharei a partir da Rampa da Falperra, pois só na próxima 3ª feira irei buscar o carro a Espanha."Sobre a questão relatiuva ao carro anterior, falou-nos um pouco " ainda pensei em recuperar mas os valores para isso  são elevados, e a solução do novo carro, é a mais indicada "Sobre os estragos do modelo anterior, o piloto da Batalha, apenas acrescentou " está tudo entregue aos meus advogados, não me irei pronunciar sobre o assunto"

.RINO Copy

 

 

PRMINIRACING NA RAMPA DA PENHA

NEWS PRMINIRACING - ABRIL #2015

Será já no próximo fim-de-semana que terá início o Campeonato de Portugal de Montanha 2015. A primeira prova terá lugar em Gumarães, mais precisamente no sinuoso traçado da Penha. Este traçado, reconhecidamente técnico e estreito, colocará à prova todos os pilotos/equipas e respectivos carros.

O fantástico e entusiasta público, dos quais se aguardam milhares de espectadores ao longo das encostas da Penha, potenciarão a excelente forma de se iniciar mais um Campeonato de Montanha, que à semelhança das últimas épocas se prevê bastante disputado, não só no que respeita às diferentes Categorias, mas também em termos de classificação geral absoluta.
 

PAULO RAMALHO # JUNO CN09

Depois de no ano passado o bi-campeão nacional de Montanha ter estado limitado em termos físicos por motivos de saúde e se ter classificado em 7º lugar do Campeonato, regressará este ano em pleno, depois de um extenso e rigoroso plano de recuperação e preparação física. Na realidade, a época ainda não começou, mas pode-se dizer que por enquanto uma grande vitória e talvez a mais importante de todas já foi alcançada em termos pessoais para o piloto do Porto.

Em termos de Equipa, o líder da PRMiniracing - Paulo Ramalho - regressará ao volante do competitivo Juno CN09, trocando de protótipo com o seu irmão Rui, com o objectivo claro de discutir em todas as provas as primeiras posições do pódio em termos de classificação absoluta e consequentemente na Categoria 1.

Esta será a sua 16ª época sem interrupções neste Campeonato, tendo a seu favor todos estes anos acumulados de experiência, o profundo conhecimento dos traçados e o conhecimento técnico dos carros da Equipa.

RUI RAMALHO # JUNO SSE

Rui Ramalho que se sagrou vice-campeão de Montanha no ano passado e que substituiu e muito bem o seu irmão Paulo na defesa dos melhores resultados da PRMiniracing, regressará este ano ao volante do seu Juno SSE, com o qual tentará discutir também ele em todas as provas em que venha a participar as primeiras posições do pódio, dado que devido a compromissos profissionais, poderá estar limitado em termos de disponibilidade em algumas das provas que compõem o calendário deste ano.

Depois de ter sido uma excelente revelação o seu desempenho no ano passado, liderando o Campeonato até meio da época, confirmando a sua rapidez e adaptação aos traçados, alguns deles que desconhecia por completo, o piloto mais novo da PRMiniracing certamente terá uma palavra a dizer na discusão pelas posições do pódio, tentando tirar partido dos conhecimentos adquiridos o ano passado.

 

Ambos os pilotos encaram esta primeira prova com optimismo, respeitando todos os seus adversários e estando bem cientes que este traçado é o mais desfavorável para as dimensões e características dos Juno´s. Caso a chuva surja, certamente será outro factor desfavorável aos Juno´s, comparativamente aos potentes carros de 4 rodas motrizes inscritos no Campeonato.

Um agradecimento muito especial dos pilotos a todos os elementos da equipa, os quais mais uma vez de uma forma incansável e magnífica contribuiram na preparação dos Juno´s, a todos os patrocionadores da equipa que acreditam no trabalho, dedicação e retorno proporcionado e por último e não menos importante às respectivas famílias de todos os elementos da equipa por toda a paciência e apoio que proporcionam.

Em sinal de luto, os Junos da PRMiniracing ostentarão um faixa negra nesta prova e na Falperra, pelo desaparecimento do piloto de Montanha checo Otakar Krámský, que faleceu fatidicamente na semana passada na Rampa de Rechberg - Austria.


---

HORÁRIO

Sábado # 2 de Maio

Subidas de treinos --- 14h30

Subida de prova --- 16h30

 

Domingo # 3 de Maio

Subida de treinos --- 10h00

Subidas de prova --- 11h00


---

 

 

TORRES RALLYTEAM FORA DA MONTANHA

Torres Rally Team inicio Época do Campeonato Nacional de Montanha em 2015

Comunicamos aos nossos aficionados e amigos que não participaremos no Campeonato Nacional de Montanha em 2015 em virtude de não haver os apoios necessários para realizar uma época completa. Apesar de termos reunidos alguns patrocínios, não são suficientes para que possamos tentar ser campeões neste campeonato. O nosso objectivo, depois de uma época que em 2014 vencemos provas à geral, a lógica seria tentar vencer o referido. 
Como não tivemos as condições necessárias temos como decisão não participar. Sendo assim, continuamos com o Norma à venda para quem o queira comprar. Relativamente ao futuro, não sabemos se eremos participar em alguma prova ou não ao longo do corrente ano, qualquer que seja a variante do Desporto Automóvel.

 

JOSÉ CORREIA ESTREIA NOVO SEAT EM PORTUGAL

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2015

 

2353 Copy

2360 CopyRAMPA DA PENHA

 

 

JOSÉ CORREIA ESTREIA NOVO SEAT EM PORTUGAL

 

É já este fim de semana que José Correia irá estrear em Portugal, o novo Seat Leon Eurocup, para já o único carro deste tipo no universo das provas de montanha europeias. A verdade é que José Correia já fez a estreia deste carro na primeira jornada do Campeonato da Europa de Montanha, em França,  onde não foi nada feliz, como nos explicou “ a organização ainda não tinha em sua posse a ficha de homologação do carro, e depois foi-me proposto fazer de carro zero, o que acedi, para não ficar parado, mas logo na primeira subida tive uma saída de estrada, que provocou danos no carro, e não pude prosseguir. Nesta altura o carro já está pronto “.

 

 

A pouco menos de três dias para esta prova, José Correia falou-nos quais os objectivos “ antes de mais fazer todas as subidas, de preferência isento de problemas técnicos, e  sempre a melhorar os tempos. É lógico que as primeiras subidas irão ser feitas com mais cuidado, pois ainda conheço mal o comportamento do carro. Sou de opinião que vou precisar de três ou quatro provas, para ficar a conhecer melhor o Seat Leon Eurocup, para depois poder tirar partido das suas potencialidades, mas vamos com calma, de forma a conseguirmos atingir os objectivos a que nos propomos. Quero em cada subida aprender o máximo sobre o carro”.

 

José Correia irá fazer as verificações documentais e técnicas no sábado de manhã, tendo mas subidas de treinos para a parte da tarde. As subidas de prova terão lugar domingo de manhã.

 

PDA AUTO PRESENTE A PARTIR DA RAMPA DA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2015

RAMPA DA PENHA

 

PDA AUTO PRESENTE A PARTIR DA RAMPA DA FALPERRA

 

A equipa da PDA Auto apenas irá alinhar na Rampa da Falperra, na qual Paulo Silva explica a razão desta alteração de planos “ na realidade estava previsto na Rampa da Penha alinhar apenas o Subaru Impreza da Daniela, só que ainda falta alguns detalhes para terminar, e assim optamos por apenas alinhar na Rampa da Falperra, segunda prova do Campeonato de Montanha. Para esta época, a partir da Rampa da Falperra iremos alinhar com os dois carros, o Subaru Impreza para a Daniela e para mim o Seat Leon Copa.

 Espero que a época nos corra o melhor possível” Mas esta dupla de pilotos vai no domingo à Penha, como nos confessou Paulo Silva “ iremos como espectadores à Rampa , para espreitar  a “concorrência” ….estarmos com os amigos, e tomar um primeiro contacto com os novos carros  que vão alinhar. Na prova seguinte já alinharemos em força, esperando fazer os melhores resultados possíveis, numa das provas que mais publico espectador consegue congregar “.PAULOSILVA Copy

 

AMN SPORT AUSENTE NA PENHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

RAMPA DA PENHA

 

 

AMN SPORT AUSENTE NA RAMPA DA PENHA



AMNSPORT Copy

A equipa da AMN Sport não irá participar na Rampa da Penha jornada inaugural do Campeonato Nacional de Montanha, tudo isso motivado pro razões de ordem  profissional. Segundo António Nogueira, “ nesta altura tenho estado ausente de Portugal, por razões profissionais, e por isso a equipa não ira alinhar na Rampa da Penha.Com muita pena minha, mas não dá para tudo, a tal ponto que nem sequer nos inscrevemos, mas para a Rampa da Falperra já contamos estar á partida com os Porsche”, disse-nos .

 

MANUEL CORREIA PRONTO PARA A RAMPA DA PENHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2015

 

MM1 Copy

MM2 CopyRAMPA DA PENHA

 

 

MANUEL CORREIA PRONTO PARA A RAMPA DA PENHA




Manuel Correia vai participar uma vez mais no Campeonato Nacional de Montanha, ao volante do seu Skoda Fabia S 2000, já utilizado no ano passado, e preparado soba  égide da ARC Sport.Para esta prova, Manuel Correia tem já tudo preparado como nos confirmou “ depois do rali de Guimarães, o Skoda foi alvo duma pequena revisão, e já está pronto para a Penha, onde vou para lutar pela vitória na categoria. Por razões profissionais estou fora de Portugal, mas sei que há muitas novidades, mas esta época, como já sou mais conhecedor das rampas, e do carro, conto poder andar mais depressa, e com isso poder imiscuir na luta pelos lugares da frente. Sei de antemão que não vai ser nada fácil mas hoje em dia na vida não há nada que seja facilitado, por isso é mais um desafio que nêspero corresponder na integra”.

 

 

Manuel Correia irá fazer as verificações técnicas e documentais na sábado de manhã, com as subidas de treinos, para o sábado da parte da tarde, e as subidas de prova para domingo.

Foto: Nuno Organista

 

MARTINE PEREIRA MUDA DE CATEGORIA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2015

 

MART1 Copy

MART2 CopyRAMPA DA PENHA

 

MARTINE PEREIRA MUDA DE CATEGORIA NO NACIONAL DE MONTANHA

 

O Lola T 70 com que Martine Pereira tinha planeado correr esta época ano Campeonato Nacional de Montanha, sofreu novos atrasos na vinda de peças, e assim este protótipo, só deverá aparecer mais para o final da época. Por isso Martine Pereira não perdeu tempo e adquiriu outro carro, desta feita um Alfa Romeo GTA, com que irá participar na maioria das provas que fazem parte do calendário.

Sobre esta participação falou-nos um pouco “ na realidade o  restauro do Lola está atrasado, e para não ficar parado, optei por comprar este Alfa Romeo GTA que está inscrito na categoria dos clássicos. Já tive a oportunidade de  fazer um pequeno teste, mas de resto vai ser tudo novo, por isso conto nas primeiras subidas fazer as mesmas com calma, para assim ficar a conhecer um pouco mais o carro. Não quero cometer erros, nem cometer excessos, pois é um carro que vai requerer alguma habituação, por isso vou com certas cautelas, mas espero que corra tudo pelo melhor, e que acima de tudo consiga ir melhorando os meus tempos em cada subida “, comentou-nos.

Sobre a luta pela vitória na categoria acrescentou “ não vi a lista de inscritos, nem sei quem vai participar, mas nesta rampa não vou para lutar por qualquer vitória, mas sim para fazer a prova de forma calma, e levar o carro direito até final. Como é lógico vou precisar de mais algum tempo, para me adaptar, e então nessa altura já estarei em condições de poder discutir a vitória”.

 

 

Martine Pereira irá fazer as verificações técnicas e documentas no sábado de manhã, tendo as subidas de treinos para a parte da tarde, e as subidas de prova para o dia de Domingo.

 
Mais artigos...

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt