In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


CALENDÁRIO WTCC PARA 2013

WTCC - Primeira visita à Rússia em 2013A 2013 FIA World Touring Car Championship será executado em 12 eventos, mais uma vez, e vai visitar a Rússia, pela primeira vez, em 9 de junho em Moscou Raceway.

As outras 11  corridas seguem o mesmo padrão de 2012: a abertura em Monza, seguido de Marrakech e as rondas europeias, com evento de Portugal a voltar a Boavista- Porto  circuito citadino.. 
A volta ao mundo de costume, a viagem vai preencher a segunda parte da temporada: Brasil, EUA (antecipada para o primeiro fim de semana de Setembro), Japão (duas semanas depois Sonoma), China e Macau que . vai sediar owtcc final pelo nono ano consecutivo 
Os regulamentos 2012 do WTCC Sporting estão disponíveis para download

2013 FIA World Touring Car Championship 
24 de Março: Monza, Itália 
de abril: Marrakech, Marrocos * 
29 de Abril: Eslováquia Ring, República Eslovaca * 
05 de maio : Budapeste, Hungria 
19 de maio : Salzburgring, Áustria 
09 de junho: Moscou, Rússia * 
30 de Junho: Porto, Portugal ** 
28 de julho: Curitiba, Brasil * 
de Setembro: Sonoma, EUA 
22 de Setembro: Suzuka, Japão 
de novembro: Xangai, na China * 
novembro 17: Macau *

* Sujeito à confirmação pela ASN 
** sujeito à homologação do circuito

 

ACÇÃO DE CARIDADE

 Iniciativa de CARcaridade para a esposa de Tom CoronelPaulien Zwart, a esposa de Tom Coronel e piloto ETCC anterior, vai participar nas 24 Horas de Dubai em 10 de janeiro de 2013, juntamente com outros quatro holandeses motoristas do sexo feminino, com o objetivo de arrecadar fundos para a caridade.

Paulien irá compartilhar um BMW 320D executado pelo Divas Racing Team Schubert com Sheila Verschuur, Uljee Gaby, Braams Liesette e van der Sloot Sandra. 
Eles vão doar parte do orçamento para a ALS Nederland, uma fundação que financia pesquisas médicas sobre a Esclerose Lateral Amytrophic , uma doença neurodegenerativa progressiva que afeta as células nervosas e da medula espinhal e, eventualmente, leva à paralisia geral. 
Também é possível para apoiá-los através da compra de um dos corações que são ostentados na farda de seu carro de corrida em www.racingdivas.nl . 
A cinco senhoras já competiu no ano passado, de 24 horas, e terminou na quarta posição. Agora eles estão apontando para um resultado pódio.

 

KART - BRASIL

 

Nelsinho Piquet e Pietro Fittipaldi encaram Desafio em janeiro

Desafio Internacional das Estrelas deve contar com cerca de 25 astros do esporte mundial

Representantes de duas das mais importantes famílias do automobilismo brasileiro e mundial confirmaram a participação no Desafio Internacional das Estrelas, evento que reunirá cerca de 25 astros do esporte a motor de diversos países. Nelsinho Piquet, filho do tricampeão de F-1, e Pietro Fittipaldi, neto do bicampeão Emerson, foram anunciados nesta sexta-feira (21), e devem medir forças contra outras estrelas já confirmadas: a dupla da equipe Ferrari de F-1, Felipe Massa e Fernando Alonso (Espanha); o italiano Vitantonio Liuzzi (atual piloto de testes da HRT na F1), Cacá Bueno (campeão nacional da Stock Car e da Copa Fiat), e a piloto da Fórmula Indy Bia Figueiredo. Os nomes dos outros integrantes do grid serão anunciados após os feriados de final de ano.

A edição 2013 do Desafio Internacional das Estrelas promete ser uma das mais movimentadas da história do evento. O encontro acontece nos dias 12 e 13 de janeiro, no Kartódromo do Beto Carrero World, o maior parque temático da América Latina, na cidade de Penha, em Santa Catarina. 

Como nos anos anteriores, as corridas serão realizadas no sábado à noite e no domingo pela manhã. A primeira terá transmissão ao vivo no canal por assinatura Sportv e a segunda será mostrada ao vivo pela TV Globo. Disputado desde 2005, o Desafio Internacional das Estrelas teve Massa como campeão em 2006. Daniel Serra (2005), Michael Schumacher (2007 e 2009), Rubens Barrichello (2008), Lucas di Grassi (2010) e Jaime Alguersuari (2011) completam a lista de vencedores.

Ingressos - Os tíquetes estão disponíveis para compra no site da Blue Ticket. A partir do dia 12 de janeiro, os ingressos também poderão ser adquiridos nas lojas Praia Motos, em Balneário Camboriú e Itajaí, no litoral catarinense, e na bilheteria do parque Beto Carrero World, no balneário de Penha (SC).

Sobre o Desafio das Estrelas - O evento é realizado pela RM Live, joint venture entre a RM Eventos e a XYZ Live. Marcada para acontecer entre os dias 12 e 13 de janeiro no Kartódromo do Beto Carrero World, em Penha (SC), a oitava edição do Desafio Internacional das Estrelas é apresentada pelo Governo de Santa Catarina, Fesporte e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina. Tem copatrocínio de Yamaha, Fiat e Shell, parceria do Parque Beto Carrero World, Hotel Infinity Blue e MG Tires.

Campeões - Daniel Serra (2005), Felipe Massa (2006), Michael Schumacher (2007 e 2009), Rubens Barrichello (2008), Lucas di Grassi (2010) e Jaime Alguersuari (2011).

Visite o Desafio Internacional das Estrelas na Internet:
Site www.desafiodasestrelas.com.br
Facebook.

 

VIDEO DA CHEVROLET

VÍDEO COMEMORANDO Chevrolet está on-lineChevrolet comemora oito anos de sucesso de corrida no Campeonato FIA World Touring Car com um vídeo de seis minutos que revive as emoções, alegria, dor, lágrimas e celebrações que marcaram esta aventura.

O vídeo destaca a viagem tomadas pela equipe desde o início do WTCC em 2005, com o Lacetti Chevrolet, para a última corrida da marca em Macau, em Novembro de 2012 - com os carros Chevrolet Cruze alegando que os três primeiros lugares e deixando a série com 68 vitórias sob seu cinto. 
"Quando nós re-lançou a marca na Europa em 2005, decidimos aceitar o desafio colocado pelo WTCC, pois isso seria um verdadeiro campo de testes para os nossos carros. Ao longo dos anos, subiram ao leme da série ", disse Susan Docherty, Presidente e Gerente Diretor da Chevrolet Europe. 
O Chevrolet Cruze se tornou um dos mais vendidos da marca placas de identificação. Desde o seu lançamento em 2009, mais de 1,7 milhões Cruzes foram vendidos, um feito que pode ser em parte atribuído ao sucesso na pista. 
"Estamos extremamente orgulhosos dos três títulos mundiais duplas que ganharam na série e do 68 vitórias nos últimos oito anos.O WTCC tem sido uma plataforma poderosa marca e vitrine para Chevrolet Cruze e na Europa, e os mercados de todo o mundo ", disse Docherty.
CHEVY

 

RPL ALÉM FRONTEIRAS

RPL participa em Feira em Angola

Os imensos contactos vai-lhes permitir trabalhar mais afincadamente na
exportação para Angola.

altA RPL Clima, empresa especialista em Ar Condicionado Automóvel, participou em mais uma feira, mas desta vez foi diferente, a RPL Clima esteve em Luanda na Feira Motor Show 2012 que se realizou em Novembro na FIL.

A internacionalização da empresa RPL além fronteiras formalizou-se assim de uma forma profissional com esta participação, a sua presença revelou-se uma agradável surpresa, pois tiveram imensos contactos que lhes vais permitir trabalhar mais afincadamente na exportação para Angola.

Um dos pontos altos da participação da RPL nesta feira, foi a presença no seu stand do Ministro dos Transportes de Angola, Augusto Tomás.





RPL Clima (1) RPL Clima (2)

 

MERCEDES BENZ APRESENTA NOVO CONFIGURADOR

 

Mercedes-Benz apresenta novo configurador e
novo site Mercedes-AMG para 2013

 

No futuro, os novos modelos Mercedes-Benz serão apresentados virtualmente na

página inicial da marca, com um configurador de veículos completamente renovado.

Também a Mercedes-AMG entra em 2013 com uma nova presença digital. Os visitantes

dos websites de ambas as marcas poderão desfrutar de vistas detalhadas de todos os

veículos, de funcionalidades orientadas para o cliente e criadas para uma utilização

intuitiva e ainda de diversas informações acerca das marcas e respetivos modelos. As

diferentes opções de interação através das redes sociais tornam a visita ao site numa

experiência fora do comum.

Imagens amplas e de alta resolução que expõem todos os detalhes: pele,

tecido, madeira – todos os pormenores parecem tão realistas que os clientes

podem sentir-se tentados a tocar nos monitores para sentir os acabamentos

de alta-qualidade. Apenas com um clique do rato pode aplicar no seu modelo

de eleição as cores pretendidas para o interior e para o exterior do veículo,

sendo apresentado o resultado como se se tratasse de uma visita in loco. O

configurador para os novos modelos da Mercedes-Benz foi concebido de forma

a tornar a configuração online do automóvel dos seus sonhos numa experiência

única.

 

Aos visitantes do site é dada a possibilidade de sentir de diferentes formas

o caráter emocionalmente apelativo do novo configurador de veículos da

Mercedes-Benz. Características como o design, a pintura e as jantes podem

ser apresentados em vistas amplas de 360º, juntamente com uma função

zoom e vistas diurnas e noturnas. As vistas HD são utilizadas para recriar o

interior de forma tão detalhada que até mesmo as mais pequenas subtilezas

e irregularidades, típicas de uma costura feita à mão – o que reflete o caráter

individual e único dos detalhes interiores – podem ser observadas.

Além da experiência visual, o novo configurador de veículos apresenta uma

utilização simples, que concede aos visitantes total liberdade, sem que sejam

“forçados” a seguir um conjunto de etapas definidas. Até mesmo no que diz

respeito a preços e opções de financiamento, o novo configurador assegura em

todos os momentos transparência total: o valor atual do automóvel de sonho

de um cliente, bem como a opção de contactar diretamente um concessionário,

estão sempre visíveis – independentemente da página que o cliente esteja a

visualizar ou dos pormenores que possa estar a analisar.

Após completar a configuração, é atribuído um código online ao veículo

configurado de cada cliente. Este código pode ser enviado a amigos para que

estes possam visualizar a respetiva configuração nos seus computadores, tablets

ou smartphones. O código online pode ainda ser utilizado por um vendedor de

um Concessionário Mercedes-Benz como base para uma proposta de venda: por

exemplo, ao utilizar este código, o vendedor pode melhorar a configuração do

automóvel em conjunto com o cliente, o que resultará num veículo virtual que o

cliente poderá “levar para casa” e visualizar no seu computador.

Mercedes-AMG: lançamento de uma nova presença online

 

A Mercedes-AMG entrará em 2013 com uma nova imagem no seu website.

Além das notícias mais recentes, os visitantes do www.mercedes-amg.com irão

deparar-se com conteúdo vasto e detalhado acerca da empresa e dos seus

produtos, bem como algumas imagens emocionantes. Esta nova presença digital

proporcionará ainda a possibilidade de obter alguns conhecimentos acerca da

história da marca Mercedes-AMG e também adicionar algo novo a toda a gama

de veículos AMG, dado que os utilizadores poderão tirar proveito da vista 360º

para observar todos os modelos AMG enquadrados em diversos ambientes e

com diferentes acabamentos de pintura, jantes e detalhes interiores.

Esta nova presença na internet permite aos utilizadores viajar, através de um

método de navegação elegante e intuitivo, por entre mais de 1000 páginas de

conteúdo. Simultaneamente, foi concedido um especial destaque à integração

das redes sociais, incluindo o Facebook, Twitter, Google+, YouTube e Pinterest.

Agora, os utilizadores poderão partilhar no momento as suas experiências e

opiniões acerca da marca AMG com os seus contactos e também com outros

utilizadores. A maioria das fotos e áudio no website estará disponível para

download e para utilização como fundos de ecrã e toques de telemóvel. O novo

website tem como base uma plataforma HTML, adequada para o acesso através

de PCs, tablets e smartphones. Todo o conteúdo do website está disponível

em Alemão e Inglês, estando prevista a implementação de outros idiomas

posteriormente.

Global AMG Private Lounge para clientes

AMG Private Lounge é o nome da página oficial da marca AMG, uma plataforma

concebida exclusivamente para os condutores Mercedes-AMG. Esta comunidade

é composta atualmente por mais de 19.000 proprietários de veículos AMG,

oriundos de mais de 70 países. Os clientes que visitem o website www.mercedes-

AMG Website_500x332Confirgurador MB_500x332

amg.com/privatelounge poderão encontrar conteúdos exclusivos, tais como as

mais recentes notícias acerca da AMG – por exemplo, informações adicionais

acerca da empresa ou dados técnicos sobre os veículos da marca. Estará ainda

disponível um fórum para que os clientes possam partilhar as suas experiências.

Criada em 2006 pelo mercado dos EUA, esta comunidade foi alargada com

êxito aos mercados de língua alemã em setembro de 2011. Hoje, a AMG Private

Lounge goza de uma presença global e é apresentada em Inglês e Alemão.

Além dos elementos digitais, a comunidade global tem também uma localização

física. O AMG Private Lounge ocupa uma área de 525 metros2 na sede da

empresa e cria um ambiente exclusivo para deleite dos proprietários AMG e

dos potenciais clientes. Aos clientes que adquiram um veículo AMG é dada a

oportunidade de levantar o mesmo em Affalterbach: após a receção no AMG

Private Lounge, são conduzidos por uma visita guiada individual pela fábrica.

Nas instalações onde são produzidos os motores AMG, os clientes têm a

possibilidade de conhecer o técnico que fabricou manualmente o motor do seu

automóvel, de acordo com a filosofia tradicional "um homem, um motor".

O AMG Private Lounge, na sede da empresa, representa também o ponto

de partida para eventos exclusivos organizados para clientes AMG, tais

como as reuniões AMG Private Lounge ou as visitas à fábrica. Existem ainda

outros eventos para os membros desta comunidade que decorrem em locais

excecionais por todo o mundo: os destaques incluem o anual AMG Private

Lounge Days, no qual os proprietários AMG têm maior contacto com a marca e

com os diversos produtos da mesma em circuitos de corrida internacionais.

 

LEXUS GS 450H

 

Lexus GS 450h - com o melhor valor residual 2013

  • A previsão do valor residual confirma a fiabilidade e robustez do sistema Lexus Hybrid Drive
  • O sistema “full Hybrid” prova a economia em termos de consumo de combustível e no valor residual

A revista alemã Auto Bild reconheceu o Lexus GS 450h como o modelo com melhor valor residual de 2013. Com a estreita colaboração dos especialistas da Schwacke1, foram determinados quais os veículos com a menor depreciação ao longo de 4 anos de utilização. O GS 450h foi claramente o líder no seu segmento. 

O novo sedan desportivo full hybrid apresentou a menor depreciação em percentagem no seu segmento. Este resultado provou que o sistema Lexus Hybrid Drive não é benéfico apenas para os utilizadores nos itens do consumo de combustível, custos de manutenção mas também no valor residual. 

A avaliação é baseada em diversos fatores como a procura do modelo, a imagem, a reputação da marca, a performance, a concorrência e alguns itens genéricos como a situação macro económica. A distinção do GS 450h confirma a viabilidade e fiabilidade do sistema full hybrid, que tem conquistado cada vez mais utilizadores que procuram baixos consumos e com uma forte consciência ambiental, comprovando ser uma alternativa viável as motorizações diesel convencionais. 

A 4ª geração do Lexus GS está disponível em Portugal desde Julho de 2012. A motorização híbrida do novo GS 450h combina um motor a gasolina V6 que combina o ciclo Atkinson com um motor elétrico disponibilizando 345 cv, porém o consumo é de apenas 5,9 litros por cada 100 quilómetros no ciclo combinado e emissões de CO2 de apenas 137 g/km. 

1 – A Schwacke é uma agência alemã especializada na avaliação de valores residuais conhecida pelo nome comercial EUROTAX.lexus1 500x332lexus2 500x332

 

DISTRIBUIÇÃO SWAG EM PORTUGAL

ADL responsável pela distribuição SWAG em Portugal

A Automotive Distributors LTD, a partir de Janeiro de 2013, distribui em Portugal a marca SWAG.

altA Automotive Distributors LTD, a empresa por detrás da marca Blue Print, irá a partir de Janeiro de 2013 ser também responsável pela distribuição em Portugal da SWAG, outra marca do bilstein group.

Com a introdução da SWAG, marca especializada em peças para veículos Europeus, a ADL consegue assim complementar a atual distribuição da Blue Print, especialista em peças para veículos Asiáticos e Americanos, aumentando a sua oferta de soluções para o pós-venda independente nacional.

Tal como existe hoje com a Blue Print, a ADL irá disponibilizar também para o mercado nacional um completo stock SWAG, garantindo assim elevados níveis de serviço.

A SWAG significa mais de 14.000 referências populares para todos os veículos Alemães e Europeus, nas gamas de produtos de motor, direção, suspensão e travagem, assim como em sistemas elétricos, SWAG extra, lubrificantes e aditivos. Uma gama profissional de reparação para todo o tipo de veículos populares, sempre atualizada, com tecnologias de fabrico de vanguarda e com a qualidade equivalente ao equipamento original!

Originária da Alemanha e desde 1954, a SWAG é um dos parceiros líderes dos grossistas e retalhistas a nível mundial, estando representado em 140 países, com competências de fabrico de peças para o pós-venda independente, onde existe um controle de qualidade triplo. A SWAG é sinónimo de elevada qualidade, sendo um parceiro estratégico dos principais fabricantes da indústria automóvel, assim como um distribuidor de peças auto muito abrangente e com especificações originais.

Mais informações sobre a marca SWAG poderão ser encontradas em www.swag.de



ADL

 

ATENÇÃO LEITORES

GNR deteve 118 condutores ao longo de sábado

Dados provisórios disponíveis na página da GNR em www.gnr.pt indicam que 92 condutores foram detidos devido a excesso de álcool, 20 por falta de habilitação legal e seis por outros motivos.

Ao longo do dia, a GNR emitiu ainda 1.519 autuações, das quais 695 leves, 548 graves e 223 muito graves.

@ Agência Lusa

 

PREÇOS DOS COMBUSTIVEIS

Preço do gasóleo e da gasolina permanece inalterado na próxima semana

Segundo fonte do setor, as cotações dos dois combustíveis aumentaram, mas em euros ficaram 'flat', o que se reflete na manutenção do preço final ao consumidor.

De acordo com dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), relativos a 2.619 postos no continente, o preço médio do gasóleo, segundo dados de quinta-feira, era de 1,405 euros por litro, enquanto o da gasolina 95 se fixava em 1,570 euros/litro.

@ Agência Lusa

 

ATENÇÃO LEITORES

Perto de 370 condutores detidos esta semana - GNR

Segundo os dados provisórios da GNR, publicados no site oficial, domingo foi o dia que registou o maior número de detenções (80).

Nas últimas 24 horas, foram detidos 35 condutores por excesso de álcool, 18 por falta de habilitação legal para conduzir e três por outros motivos não especificados pela GNR, num total de 8255 automobilistas fiscalizados.

@ Agência Lusa

 

GALERIA DE IMAGENS CAM RALI

GALERIA DE IMAGENS DO CAM RALIU

 

Mais um grupo de imagens do nosso amigo e colaborador Armindo Cerqueira da Foto GTI.

 

Fotos de Armindo Cerqueira - FotXC1 500x332XC2 500x332XC3 500x332XC4 500x332XC5 500x332XC6 500x332XC7 500x332XC8 500x332XC9 500x332XC10 500x332XC11 500x332XC12 500x332XC13 500x332XC14 500x332XC15 500x332XC16 500x332XC17 500x332XC18 500x332XC19 500x332XC20 500x332XC21 500x332XC22 500x332XC23 500x332XC24 500x332XC25 500x332XC26 500x332XC27 500x332XC28 500x332XC29 500x332XC30 500x332o GTI

 

HONDA NO DAKAR 2013

 

Honda compete no Rally Dakar 2013 com 3 Cavaleiros

HEL
A Honda anunciou que irá participar da aula de moto no Rally Dakar a ser realizada em janeiro de 2013 na América do Sul, com três pilotos em sua equipe de obras "EQUIPE HRC."
Honda já anunciou a sua participação com cinco pilotos em outubro. No entanto, Felipe Zanol (Brasil) e Sam Sunderland (Reino Unido) caiu e ficaram feridos, enquanto pré-Dakar testes que foram realizados no deserto de Mojave, nos Estados Unidos, no início de dezembro. Como resultado de seus ferimentos, os dois pilotos não será capaz de participar da competição de 2013. EQUIPE HRC vai competir com três pilotos, Helder Rodrigues (Portugal), Javier Pizzolito (Argentina) e Johnny Campbell (EUA).
"Felipe Zanol e Sam Sunderland ter sido parte do programa desde a fundação da EQUIPE HRC e participei de todos os testes e no Rali de Marrocos. Ambos nos deu valiosos conselhos sobre como melhorar a máquina de competição. Infelizmente, eles vão perder o evento final, mas eu acredito que eles ainda fazem parte da equipe. Como nossa equipe ética é uma grande parte de nossa força, vamos continuar com o nosso objetivo de ganhar o Dakar ".

 

AFRICA RACE

Africa Eco Race 2013: Partida simbólica no Padrão dos Descobrimentos

 

Sonangol Africa Eco Race 2013

Partida simbólica no Padrão dos Descobrimentos

As equipas portuguesas que vão participar no Sonangol Africa Eco Race 2013 estão já em contagem decrescente para o arranque da corrida.

Amanhã, dia 21 de Dezembro, os pilotos que vão estar presentes na maior maratona africana da actualidade, estarão reunidos junto ao Padrão dos Descobrimentos, pelas 15h00m, para uma partida simbólica. Estarão, naturalmente, presentes as viaturas que durante 13 dias vão percorrer as pistas de Marrocos, Mauritânia e Senegal.

Os clássicos UMM, uma moderna pick up Nissan e o já habitual MAN TGS do Team Oleoban/ MAN Portugal vão estar num espaço icónico da capital portuguesaPartida Simblica_Padro_Descobrimentos_500x332

 

AUDI EM GRANDE EM 2013

 

Três carros híbridos na edição 2013 das 24 Horas de Le Mans

 

Com mais de 1.340.000 veículos vendidos em todo o mundo, a Audi igualou o recorde do ano passado nos primeiros 11 meses de 2012. E no setor da competição, a marca dos quatro anéis também continuará a toda velocidade na temporada que se avizinha. A defesa do título no Campeonato do Mundo FIA de Resistência (WEC), a continuação de um grande envolvimento no DTM e uma presença acrescida em corridas nos EUA são os destaques para a temporada de 2013.


Audi: a toda velocidade na competição em 2013
Três carros híbridos na edição 2013 das 24 Horas de Le Mans
Jamie Green é novo piloto Audi no DTM
Maior envolvimento nos EUA na vertente da competição
Com mais de 1.340.000 veículos vendidos em todo o mundo, a Audi igualou o
recorde do ano passado nos primeiros 11 meses de 2012. E no setor da competição,
a marca dos quatro anéis também continuará a toda velocidade na temporada que
se avizinha. A defesa do título no Campeonato do Mundo FIA de Resistência (WEC),
a continuação de um grande envolvimento no DTM e uma presença acrescida em
corridas nos EUA são os destaques para a temporada de 2013.
"O sucesso na competição automóvel faz parte do ADN da nossa marca", afirmou
Wolfgang Dürheimer, Membro do Conselho de Administração para o Desenvolvimento
Tecnológico da Audi AG, na cerimónia "Audi Sport Finale", realizada no Fórum Audi

"O sucesso na competição automóvel faz parte do ADN da nossa marca", afirmou
Wolfgang Dürheimer, Membro do Conselho de Administração para o Desenvolvimento
Tecnológico da Audi AG, na cerimónia "Audi Sport Finale", realizada no Fórum Audi
Ingolstadt. "As vitórias conquistadas em circuitos de todo o mundo não só sublinham o
nosso conhecimento tecnológico de uma forma muito particular como fortalece a posição
da Audi nos mercados mundiais mais importantes."

Três carros híbridos em Le Mans
No Campeonato do Mundo FIA de Resistência (WEC), a Audi está defender o atual título
em 2013. A equipa Audi Sport Team Joest irá marcar presença com dois Audi R18 e-tron
quattro - que teve uma nova evolução - e ainda com um terceiro R18 e-tron quattro nas 24
Horas de Le Mans e na corrida a realizar em Spa-Francorchamps.
Em Le Mans e no WEC, a Audi irá participar com carros dotados exclusivamente com
tecnologia híbrida, a qual foi introduzida com sucesso em 2012. O sistema de
armazenamento de energia está a tornar-se ainda mais eficiente, sem qualquer aumento
substancial no peso e dimensão. Exteriormente, o R18 Audi e-tron quattro pouco difere da
versão ganhadora este ano, apesar de apresentar numerosas inovações técnicas debaixo
da carroçaria ultra leve em fibra de carbono. Em paralelo, Audi Sport já está intensamente
a trabalhar no carro sucessor para o novo LMP1, já dotado das novos regulamentos que
entrarão em vigor a partir de 2014.
O conjunto de pilotos Audi para o WEC e Le Mans na temporada de 2013 é construído
pelos atuais Campeões do Mundo - Marcel Fässler (Suíça), André Lotterer (Alemanha) e
Benoît Treluyer (França) – a mais recente contratação Lucas di Grassi (Brasil), Loïc Duval
(França), Marc Gené (Espanha), Oliver Jarvis (Inglaterra), o vencedor recordista em Le
Mans Tom Kristensen (Dinamarca) e Allan McNish (Escócia).

Jamie Green é a novidade no plantel de pilotos do DTM
Ao contrário do WEC, a tecnologia no competitivo DTM mantém-se inalterada para a
temporada de 2013, segundo os atuais regulamentos. Assim, toda a estrutura da Audi
Sport envolvida diretamente no DTM concentrou-se em garantir um maior potencial para o
Audi A5 DTM até ao início da temporada, cuja jornada inaugural está agendada para o
Hockenheimring em 5 de maio.

"Estamos plenamente convencidos de que estivemos abaixo das nossas capacidades em
2012", destaca o Diretor da Audi Motorsport, Dr. Wolfgang Ullrich. "No DTM a diferença
acontece em apenas alguns décimos de segundo e precisamos encontrar a solução no A5
DTM para recuperar aqueles décimos de segundo em 2013."
Ajudar a ganhar aqueles décimos de segundo passou também pela contração de um novo
piloto. A Audi passa a contar nas suas fileiras com o britânico Jamie Green (30), um dos
mais rápidos pilotos da atualidade no DTM. "Juntamente com os nossos pilotos iremos
estar numa posição ainda melhor que anteriormente", acrescenta o Dr. Wolfgang Ullrich.
Na equipa Audi permanecerão dois bi-campeões no DTM - Mattias Ekström (Suécia) e
Timo Scheider (Alemanha) – o vencedor da Corrida dos Campeões Filipe Albuquerque
(Portugal), Edoardo Mortara (Itália) que ganhou duas provas em 2012, o vencedor de Le
Mans Mike Rockenfeller (Alemanha) e o jovem Adrien Tambay que na jornada de Valência
subiu ao pódio na sua época de estreia neste campeonato. O oitavo piloto da equipa Audi
será oportunamente divulgado.
Forte presença nas 24 Horas de Daytona

Alguns pilotos de fábrica do WEC e do DTM irão também desempenhar um papel
importante no programa das equipas / clientes da Audi. Nas 24 horas de Daytona (Flórida)
em 26 e 27 de janeiro, Filipe Albuquerque, Oliver Jarvis e Edoardo Mortara vão tripular um
Audi R8 GRAND-AM do Alex Job Racing Team. Os outros dois R8 serão confiados a Marc
Basseng, René Rast e Frank Stippler (APR Motorsport) e a Frank Biela, Christopher Haase
e o Campeão do Mundo na categoria GT1 Markus Winkelhock (Rum Bum Racing). Além
disso, cada equipa será ainda completada por um piloto americano.

Presença reforçada nos EUA na GRAND-AM Series
Com a presença nas 24 horas de Daytona, a Audi volta a reforçar a sua presença nos
EUA, nomeadamente na GRAND-AM Series. A marca dos quatro anéis está a assegurar
um forte crescimento neste importante mercado, particularmente no segmento dos topos
de gama. As atividades na vertente da competição nos Estados Unidos são destinadas a
apoiar esta tendência a longo prazo.
Na sequência deste posicionamento será inscrito um Audi R18 e-tron quattro nas 12 horas
de Sebring (Florida, 16 de março), que a Audi já venceu em 10 ocasiões. "Parece que esta
pode ser a última oportunidade de competir com um carro da categoria LMP1 em Sebring",
diz o Diretor da Audi Motorsport, Dr. Wolfgang Ullrich. "Gostaríamos realmente de utilizar
esta oportunidade para dizer adeus aos fãs com uma boa exibição, depois de nossa
história de um fantástico sucesso nos últimos anos."
Tal poderá não ser, no entanto, um adeus definitivo. Em 2014, a GRAND-AM Series e a
American Le Mans Series irão fundir-se para dar lugar a um novo campeonato - North
American Sports Car Championship – em que a Audi mostra ter um grande interesse em
participar. Além disso, os fãs americanos terão mais uma oportunidade em 2013 para ver
em ação o Audi R18 e-tron na jornada do campeonato WEC a realizar no traçado de
Austin (Texas), em 22 de setembro.

Versão evoluída do Audi R8 LMS ultra
Quer na Europa como no resto do mundo, a Audi está a desenvolver uma nova versão do
R8 LMS ultra GT3 que se diferencia do modelo atual na área da secção traseira. As
primeiras unidades serão entregues às equipas / clientes pela quattro GmbH, em fevereiro
de 2013.

Algumas equipas / clientes da Audi irão marcar presença em 2013 em importantes
corridas, casos das 24 Horas de Nürburgring (Alemanha) e das 24 Horas de SpaFrancorchamps (Bélgica). O programa cliente da Audi está cada vez mais diversificado e
será complementado com a presença no Audi R8 LMS Cup na China, o qual teve grande
sucesso na sua temporada de estreia em 2012.
"Temos uma oferta muito atraente para os nossos clientes com as versões atualizadas do
R8 GRAND-AM e do R8 LMS ultra plus do campeonato na China", salienta Romolo
Liebchen, Diretor de Competição da Audi Sport para clientes. "Esperamos entregar 100
carros aos nossos clientes durante a temporada de 2013."Audi Motorsport_2013_500x332

 

CAMPANIÇO E VIEIRA PREMIADOS PELA AUDI

CÉSAR CAMPANIÇO E CARLOS VEIRIA PREMIADOS PELA AUDI

 

Os dois pilotos portugueses receberam ontem na Alemanha os prémios da Audi, refentes aos resultados alcançados nas pro407274 4373340209513_193432714_n_500x332vas em Portugal e Espanha.

 

PINA CARDOSO SEMPRE TESTOU NO ESTORIL

PINA CARDOSO SEMPRE TESTOU NO ESTORIL

 

Há três semanas atrás quando informamos que João Pina Cardoso tinha testado o Aston Martin de Miguel Ferreira tinha sido no autodromo do Estoril.O mais curioso, é que dois dias depois surge outro site da especialidade(sportmotores.com)262687 10200152700570694_1190854655_n_1_500x332 a informar que o mesmo tinha decorrido no circuito Vasco Sameiro em Braga.Tal não corresponde à verdade, e prova disso é esta imagem do piloto a entrar para o carro no autodromno do Estoril, pois este teste nunca decorreu com este piloto no norte do país.

 

TROFEU ABARTH 500 PARA JORGE RODRIGUES

 

Troféu Abarth 500 Europeu e Italiano

Jorge Rodrigues_2012Jorge Rodrigues_Imola_500x332

Um vice-campeonato em Itália e pódio no Europeu

A prestação de Jorge Rodrigues durante o ano de 2012 no Troféu Abarth
500 – Itália e Europeu ditou duas presenças no pódio final em ambas as
competições, mas ficou a sensação que podia ter sido melhor.
17 pódios em 20 corridas, entre os quais cinco vitórias na competição
transalpina e uma na europeia não se pode dizer que tenha sido negativo,
mas de fato o piloto de Braga teve alguns contratempos que o impediram
de lutar pelo triunfo global em ambas as competições.
A temporada começou na pista de Varano de Melegari, Itália, com uma
jornada pontuável apenas para a competição italiana. Não podia ter sido
melhor arranque com dois triunfos.
Seguiu-se o circuito de Mugello, mas desta vez com as duas competições
em simultâneo. Jorge Rodrigues não se deu mal com este traçado, apesar
de na primeira corrida ter sido quarto da competição italiana e terceiro da
europeia, depois de sofrer um «drive through» que o piloto discordou. Na
segunda corrida deste fim-de-semana, as coisas foram diferentes, pois
conseguiu mais uma vitória na prova italiana e ser segundo na europeia.
Jorge Rodrigues estava agora no comando da classificação do Troféu
Abarth 500 – Itália.
O circuito de Franciacorta, ainda em Itália, foi palco para mais uma
jornada, mas desta vez apenas com os concorrentes italianos. Esta era
uma pista que o piloto da capital do Minho não conhecia, e onde teve
problemas mecânicos nos treinos, aproveitando muito pouco essas
sessões. Na primeira prova foi o segundo classificado, baixando um lugar,
na segunda, mas manteve a liderança da classificação geral.
A competição europeia deslocou-se em seguida para fora de Itália,
nomeadamente para o circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica.
Numa das pistas mais emblemáticas da Europa, o piloto de Braga esteve
em plano positivo mas não conseguiu melhor que um quinto lugar na
primeira corrida, e um quarto na segunda. No entanto, na primeira prova,
foi penalizado por uma alegada ultrapassagem em zona de bandeiras
amarelas.
Chegou então a vez da competição italiana cumprir a sua única jornada
fora de Itália, neste caso na prista A1 Ring na Áustria, sendo também
pontuável para o Troféu Europeu. A jornada começou com uma vitória
italiana e um segundo lugar europeu, mas a segunda corrida não foi
terminada em virtude de um tubo do turbo que se rompeu.
De regresso a Itália, cumpriu-se mais uma etapa do Troféu Abarth 500 –
Itália e Europeu no circuito de Imola. Na primeira corrida foi segundo na
competição italiana e terceiro na Europeia, mas estava na frente quando
levou um toque de um adversário que o fez perder algum tempo. Na
segunda corrida, novo toque de um concorrente que o fez sair de pista,
indo ainda a tempo de ser segundo nas duas competições.
O circuito de Monza foi palco da derradeira jornada dupla, os treinos
começaram mal com problemas no diferencial do carro. Mesmo assim,
na primeira prova chegou à liderança, mas fez um pião em cima de óleo
derramado na pista e só deu para ser segundo do troféu italiano e terceiro
do europeu.
Para a última corrida do ano, foi o tudo por tudo e terminou como começou
o ano, ou seja, a vencer. Arrancou em sétimo e com três voltas cumpridas
já liderava.
Em termos de balanço, apesar de ter ficado um pouco triste por não
conseguir o principal objetivo: “Acho que foi uma boa época e ser
segundo num troféu e terceiro noutro, acaba por ser bom, mas
efetivamente podia ter sido melhor, ”disse Jorge Rodrigues, que sobre
o ano de 2013 apenas refere: “Estão em estudo algumas soluções e
brevemente poderei dar novidades”.

 

PSA E GM COM ALIANÇA

 

PSA Peugeot Citroën e General Motors apresentam novos
desenvolvimentos na sua Aliança Estratégica Mundial

Assinatura de acordos para desenvolvimento de projectos
importantes a nível de produtos e de compras
Alargamento do acordo de modo a incluir motores
Estreitamento de laços e reforço da Aliança

A PSA Peugeot Citroën e a General Motors confirmaram hoje a assinatura de acordos mais
abrangentes no desenvolvimento da sua Aliança Estratégica Global. Consistentes nos termos
do acordo assinado no passado dia 29 de Fevereiro, os dois parceiros da Aliança assinaram
acordos definitivos relativos a três dos projectos iniciais de veículos, assim como sobre a
organização conjunta de compras.

Três projectos comuns de desenvolvimento de plataformas de veículos

Os primeiros projectos de desenvolvimento comum de plataformas e de veículos
compreendem:
• um programa comum para um Multi-Purpose Van compacto para a Opel/Vauxhall e um
Crossover Utility Vehicle compacto para a marca Peugeot;
• um programa comum de um Multi-Purpose Vehicle do segmento dos utilitários para os dois
Grupos;
• o desenvolvimento comum de uma plataforma modernizada para o segmento dos
Utilitários, com baixas emissões de CO2, destinada às próximas gerações de modelos da
Opel/Vauxhall, Peugeot e Citroën na Europa e noutras regiões;

Estão em análise outros projectos para veículos comuns, de modo a reforçar ainda mais a
Aliança, e que serão dados a conhecer futuramente.

Os primeiros veículos resultantes desta cooperação têm lançamento previsto para 2016. Os
modelos Opel/Vauxhall, Peugeot e Citroën serão claramente diferenciados e coerentes com as
características das marcas respectivas.

Criação de uma organização conjunta de compras

Os parceiros da Aliança assinaram um acordo definitivo para criar uma organização conjunta
de compras na Europa suportada por uma empresa comum. Esta nova organização apostará

em compras conjuntas para as duas empresas no sentido de beneficiar das sinergias
daí decorrentes. Este ponto está sujeito à aprovação das autoridades da concorrência
competentes.

Novos projectos à escala mundial

Com base no sucesso da sua colaboração, ambos os parceiros anunciaram também a sua
intenção de desenvolver novos projectos à escala mundial para alargar o âmbito da sua Aliança
e aproveitar futuras oportunidades:

Co-desenvolvimento da próxima geração de pequenos motores a gasolina, económicos
e de alta performance, baseados no programa global de pequenos motores a gasolina da
PSA (motor EB).
Estudo de novos projectos de veículos e de iniciativas industriais na América Latina e
noutros mercados em ciclo de crescimento.

General Motors Co. (NYSE:GM, TSX:GMM) e os seus parceiros produzem veículos em 30 países,
e a empresa detém posições de topo nos maiores mercados automóveis, incluindo os de mais rápido
crescimento. As marcas da GM incluem Chevrolet e Cadillac, bem como Baojun, Buick, GMC, Holden,
Isuzu, Daewoo, Jiefang, Opel, Vauxhall e Wulling. Mais informações sobre a empresa e as suas
subsidiárias, incluindo a OnStar – um líder mundial em segurança automóvel e serviços de informação –
em http://www.gm.com.

PSA Peugeot Citroën. Formado por duas marcas de renome mundial, Peugeot e Citroën, o Grupo
comercializou 3,5 milhões de automóveis no mundo em 2011, 42% dos quais fora do continente
europeu. Segundo maior fabricante de automóveis da Europa, a PSA Peugeot Citroën realizou uma
facturação de 59,9 mil milhões de euros em 2011. A PSA Peugeot Citroën está presente em 160 países.
Em 2011, o Grupo destinou mais de 2 mil milhões de euros para pesquisa e desenvolvimento, muito em
particular para a área de energias alternativas. As suas actividades estendem-se, também, aos sectores
de financiamento (Banco PSA Finance), logística (Gefco) e aos equipamentos do sector automóvel
(Faurecia). http://www.psa-peugeot-citroen.comlogo psa1_500x332

 

NOVO PRODUTO DUNLOP

 

A Goodyear Dunlop lança o PrecurePro. Mais um passo no seu programa de recauchutagem

 

Oferece uma gama completa de soluções para recauchutado que reduzem os custos operativos e dão apoio a frotas e parceiros

 

PrecurePro 500x332 A Goodyear Dunlop acaba de lançar o PrecurePro, uma melhoria no seu programa de recauchutagem para pneus de camião, que cobre todos os aspetos do negócio de pneus recauchutados de camião. O programa oferece um amplo leque de benefícios profissionais e oportunidades tanto para parceiros como para frotas.

 

Benefícios para parceiros

O programa PrecurePro oferece aos parceiros de recauchutagem um pacote completo de coberturas profissionais, que cobrem desde ferramentas de marketing, conselhos técnicos e assistência até recomendações de hardware e oportunidades de formação.

Na Goodyear Dunlop criou-se um conjunto completo de acessórios de recauchutagem pelas mesmas equipas que criam os pneus de camião. Isto implica uma diferença mínima entre o rendimento de pneus novos e recauchutados. O objetivo final é oferecer aos parceiros a vantagem que necessitam no seio de um mercado competitivo.

 

Benefícios para as frotas

O amplo conjunto de bandas de rodagem recauchutadas do programa PrecurePro ajuda as frotas a reduzir o custo por quilómetro recauchutando os pneus e, deste modo, aumentar o seu potencial com a possibilidade de uma segunda vida.

PrecurePro é um elemento chave dentro do conceito de vida múltipla de 4 passos (pneu novo, redesenhado, recauchutado e reformulado) o que permite às frotas otimizar o investimento inicial. O programa faz parte da ampla oferta de serviços que inclui benefícios no setor e ajuda a reduzir o impacto ambiental.

 

Extensa rede de recauchutados certificados

A Goodyear tem uma ampla rede de recauchutados certificados por toda a Europa que garante o fornecimento local de produtos. Esta rede foi criada meticulosamente para assegurar que as bandas de rodagem e os acessórios dePrecurePro estão nas mãos dos melhores profissionais do mercado tendo como resultado os produtos da mais elevada qualidade. PrecurePro traz valor a estes parceiros graças à orientação da Goodyear Dunlop, que inclui recomendações e conhecimento especializado em processos, equipamento e a mais recente tecnologia de pneus para camiões.

Uma ampla gama de bandas de rodagem recauchutadas está disponível para os parceiros de PrecurePro. Desta forma, podem adaptar-se às diversas necessidades dos clientes de frotas comerciais. Estas bandas incluem os padrões utilizados nos mais recentes pneus da empresa para camiões.

Graças ao programa PrecurePro que abarca os novos pneus e à gama de melhorias de recauchutado, a Goodyear Dunlop oferece uma solução profissional que cobre praticamente todas as aplicações comerciais para veículos. Desta forma, os operadores de veículos são capazes de maximizar a vida do pneu e manter os custos baixos por quilómetro ao mesmo tempo que reduzem o impacto no meio ambiente.

 

Sobre a Goodyear

A Goodyear é uma das maiores empresas de pneus do mundo. Emprega perto de 71 mil pessoas e produz os seus produtos em 53 unidades de produção em 22 países a nível global. Os dois Centros de Inovação em Akron, Ohio (EUA) e Colmar-Berg, no Luxemburgo, procuram desenvolver produtos e serviços topo de gama, que estabelecem um padrão de tecnologia e desempenho para o setor.

A gama de pneus da Goodyear Dunlop Europa para veículos comerciais e autocarros inclui mais de 400 pneus diferentes cobrindo 55 tamanhos. Muitos dos principais produtores mundiais de veículos comerciais utilizam pneus Goodyear de raiz, incluindo a DAF, Iveco, MAN, Mercedes-Benz, Renault Trucks, Scania e Volvo.  A Goodyear também fornece os principais fabricantes de reboques. Com a Fleet First, que inclui a rede de serviços TruckForce, ServiceLine 24h de assistência na estrada, sistema de gestão FleetOnlineSolutions Internet e Goodyear Retread Technologies, a Goodyear fornece uma das gamas mais alargadas de serviços especializados na indústria.

 

Para mais informação sobre a Goodyear e seus produtos consulte: http://www.goodyear.eu

 

ALBUQUERQUE GARANTIDO NO DTM E EM DAYTONA EM 2013

 

Filipe Albuquerque no DTM em 2013


Em Janeiro disputa as 24h de Daytona

albuquerque3 1_500x332

 Filipe Albuquerque vai, pelo terceiro ano consecutivo,
disputar o DTM (Campeonato Alemão de Carros de Turismo) com a Audi em 2013.
Piloto oficial da marca alemã desde 2011, Albuquerque quer na próxima época
aproveitar a experiência adquirida nas últimas duas épocas e lutar de forma contínua
pelos pódios.

Antes do início da temporada do DTM, o piloto português vais disputar as míticas 24h
de Daytona, a 26 e 27 de Janeiro, com o Audi R8 e tendo como companheiros de
equipa Edoardo Mortara e Oliver Jarvis.

A apresentação do programa desportivo da Audi para 2013 foi agora divulgado e no
DTM Filipe Albuquerque vai ter como companheiros de equipa, Jamie Green, Mattias
Ekstrom, Timo Scheider, Edoardo Mortara e Mike Rockenfeller.

Albuquerque não esconde a satisfação por voltar a disputar o DTM: "Estou muito
contente com o programa que a Audi definiu para mim para 2013. Vai ser um privilégio
repetir o DTM e poder usufruir da experiência adquirida até aqui e aplicá-la em pista.
Estou muito entusiasmado e ansioso por regressar à pista com o Audi A5. Tenho a certeza
que vai ser um ano muito disputado e gratificante", começou por explicar o piloto
português que ambiciona ser presença regular no pódio.

Mas antes disso, a Audi escolheu Filipe para fazer parte da sua lista de pilotos para
as 24h de Daytona que se vão realizar a 26 e 27 de Janeiro. Albuquerque dividirá a
condução do Audi R8 da Alex Job Racing Team com Edoardo Mortara e Oliver Jarvis:
"Esta é uma prova que sempre sonhei disputar e na Audi tenho conseguido realizar todas
as minhas ambições profissionais. É uma honra poder representar a marca tanto nesta
prova em particular como no DTM. Ter o Mortara e o Jarvis, pilotos que já conheço
como companheiros de equipa nas 24h, vai ser bastante bom e espero poder discutir a
vitória", rematou Albuquerque.

Todas as informações alusivas ao DTM podem ser consultadas em www.dtm.com

 

COMA AUSENTE DO DAKAR 2013

Marc Coma não corre o Dakar2013

 

O espanhol, a par do francês Cyrill Despres, são os grande adversários de Hélder Rodrigues.

Marc Coma não corre o Dakar2013

O piloto de motos espanhol Marc Coma não vai participar na edição de 2013 do Rali Dakar, que terá início em janeiro, devido a lesão.

«Não estou em condições de encarar o Dakar de forma a ganhá-lo», garantiu o piloto numa conferência de imprensa, esta sexta-feira, realizada em Barcelona, perto da clínica onde tem tratado da lesão.

Coma explicou que «a decisão é irreversível», já que «o nervo do ombro esquerdo precisa de mais tempo para ficar bem», o que se traduz em «mais um ou dois meses».

Coma, que venceu por três vezes a mítica prova, é um dos adversário de Hélder Rodrigues, a par do francês Cyrill Despres, que venceu no ano passado.

 

Fonte: Sapo Desporto

 

GALERIA DE IMAGENS DO CAM RALI FESTIVAL

GALERIA DE IMAGENS DO CAM RALI FESTIVAL

 

Eis o primeiro grupo de imagens da autoria do nosso amigo e colabrador Armindo CZC50 500x332ZC49 500x332ZC48 500x332ZC47 500x332ZC46 500x332ZC45 500x332ZC44 500x332ZC43 500x332ZC42 500x332ZC41 500x332ZC40 500x332ZC39 500x332ZC1 500x332ZC2 500x332ZC3 500x332ZC4 500x332ZC5 500x332ZC6 500x332ZC7 500x332ZC8 500x332ZC9 500x332ZC10 500x332ZC11 500x332ZC12 500x332ZC13 500x332ZC14 500x332ZC15 500x332ZC16 500x332ZC17 500x332ZC18 500x332ZC19 500x332ZC20 500x332ZC21 500x332ZC22 500x332ZC23 500x332ZC24 500x332ZC25 500x332ZC26 500x332ZC27 500x332ZC28 500x332ZC29 500x332ZC30 500x332ZC31 500x332ZC32 500x332ZC33 500x332ZC34 500x332ZC35 500x332ZC36 500x332ZC37 500x332ZC38 500x332erqueira alusivas ao Cam Rali Festival, que por sinal foi todo disputado debaixo de chuva.

 

Fotos de Armindo cerqueira Foto GTI - www.velocidadeonline.com

 

GALERIA DE IMAGENS ESPECTACULARES

GALERIA DE IMAGENS ESPECTACULARES

 

Mais um grupo de imagens espectaculares, esperando que as mesmas sejam do agrado dos nossos leitores.559649 423324687734581_1415694384_n_500x332560421 414788711894032_2012366154_n_500x332560469 389134411124086_1600624309_n_500x332561029 402644603104789_1357163040_n_500x332561221 2302340815315_1032097629_n_500x332561610 347241752030806_504728188_n_500x332561997 485451341475520_1475709225_n_500x332562184 414789535227283_258284088_n_500x332562496 10150880018072740_531667739_9926141_613817560_n_500x332562536 322737847800665_162255293848922_752308_774201286_n_500x332563334 4305733568366_388845520_n_500x332564099 328133643941617_105642255_n_500x332564134 415225581848991_1672043078_n564192 10150907345468617_592533616_9574677_844695292_n_500x332564226 399061840138763_174453845932898_1209203_266981266_n_500x332564243 375624039173464_1716400497_n_500x332564707 10152096335655128_826777670_n_500x332564732 10151054931638320_1830035103_n_500x332564796 294023590690559_100002487613511_624131_591631554_n_500x332564807 391858094178374_343331081_n564908 321975907876859_162255293848922_749955_891371002_n_500x332564920 414788248560745_544239205_n

 

RECORDANDO A PASSAGEM DE FELIX DA COSTA PELOS ESTADOS UNDIOS

RECORDANDO A PASSAGEM DE DUARTE FELIX DA COSTA PELOS ESTADOS UNIDOS

 

Eis um grupo de imagens relativás à passagem de António felix da Costa nos Estados Unidos numa participação esporádica no campeonato  de Le Mans Series.297086 4493209127659_1348535665_n_500x332297573 4493210047682_392793515_n_500x332376613 4493203567520_1182435005_n_500x332376613 4493203567520_1182435005_n_500x332417561 4493204727549_592043887_n_500x332424211 4493205647572_1492467347_n_500x332486607 4493205967580_954073219_n_500x332524546 4493207087608_245525548_n_500x332530955 4493206767600_1367951295_n_500x332551158 4493207847627_296325167_n_500x332603384 4493207567620_947364336_n_500x332

 

GALERIA DE IMAGENS DA DISTRIBUIÇÃO PRÉMIOS

GALERIA  DE IMAGENS DA DISTRIBUIÇÃO DE PRÉMIOS 

 

6 HORAS DE BRAGA

 

Eis o ZP1 500x332ZP2 500x332ZP3 500x332ZP4 500x332ZP5 500x332ZP6 500x332ZP7 500x332ZP8 500x332ZP9 500x332ZP10 500x332ZP11 500x332ZP12 500x332ZP13 500x332ZP14 500x332ZP15 500x332ZP16 500x332ZP17 500x332ZP18 500x332ZP19 500x332ultimo grupo de imagens relativo á distribuição de prémios nas 6 Horas de Braga.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

6 HORAS DE BRAGA

6 HORAS DE BARGA

 

BARBOSA FERREIRA DEVERAS ATAREFADO....

 

 

O actual presidente do Clube Automóvel do Minho, desempenhou as funções de director de corrida nas 6 Horas de Braga, onde não teve mãos a medir noBB1 500x332BB2 500x332 desempenho desta função, ao longo do dia de domingo, como o demonstram as duas imagens hoje publicadas, alusivas á preparação da entrega de prémios a todos os participantes.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

6 HORAS DE BRAGA

6 HORAS DE BRAGA

 

QUE PENSA EDUARDO MONTEIRO

 

Que será que Eduardo Monteiro estava  a pensar no final das 6 Horas de Braga, onde o BMW de Sousa CouFOX 8901_500x332tinho terminou na 2ª psição ???

 

NUMEROS DA EXTREME SAILING

NUMEROS DA EXTREME SAILING

 

CIDADE DO PORTO ESTREOU-SE NO CALENDÁRIO 2012 COM RECORDE DE ESPECTADORES

 

 

Extreme Sailing Series 2012 - um olhar para trás em um ano extraordinário

 

168809 393319907395477_746879109_n_500x332295336 394121130648817_1388248108_n_500x332306759 393319860728815_1910298525_n_500x332394586 395089517218645_272673562_n_500x332483072 394166810644249_1816559251_n_500x332483387 394340830626847_1656501628_n_500x332486322 393376217389975_984171835_n_500x332

8 equipes internacionais, 7 atua em três continentes - assista ao vídeo destaques novo 2012 aqui
- Mais uma vez uma competição esportiva extraordinária de classe mundial, com o pódio no Rio decidiu nos minutos finais da ação depois de 209 corridas
- Pegada do evento continua a crescer - comercialmente, fãs de TV, mídia e espectador sábio.
- Grade completa e programação local para 2013 agora no lugar - oito locais icônicos confirmada, primeira parada Omã março
Alguns números sobre o que está por trás, e vitais para uma série de sucesso:
- Mídia valor estimado apenas tímido de € 30 milhões como previsto pela empresa independente de avaliação de mídia, Insights Patrocínio Havas
- Cobertura de TV ao vivo em Nova Qingdao, Istanbul, Porto e Rio
- Global gigante SAP veio a bordo como Parceira Oficial Técnico para melhorar a experiência de visualização e análise de desempenho
- Mais de 1 milhão de espectadores já viram os 40 anos extremas em ação no local. Mais do que apenas uma vela evento com entretenimento para todos - fly-bys, os caminhantes da asa, pára-quedistas, músicos, bailarinos e artistas de rua
- Mais de 30 mil seguidores no Facebook - o triplo do número de fãs no início da temporada, e mais de 1 milhão de pontos de vista do YouTube
- Ganhe um passeio em um 40 Extreme em 2013, com o nosso exclusivo calendário do advento do Natal! Cabeça sobre a Facebook para saber mais
Em seu sexto ano no calendário vela internacional, o 2012 Series Extreme Sailing ™ circuito global passou oito equipas de classe mundial - além de três 'curinga' times da casa em Cardiff, Qingdao e Rio - competir em sete atos, abrangendo três continentes em que tem sido um ano extraordinário da concorrência. Vital para os patrocinadores do evento e das equipes, sem o qual não haveria nenhum caso, o valor estimado de mídia para 2012 prevê-se estar apenas tímido de € 30 milhões, como previsto pela Havas Media independentes de avaliação da empresa Insights Patrocínio, com a saída de TV ao vivo aumentando sua participação com cobertura pelas emissoras de TV de acolhimento Qingdao, TRT3 (Istambul), RTP2 (Porto) e SportTV (Brasil) - três dos oito estádios que vão ao vivo na televisão nacional. A distribuição da série de documentários 6 x 26 minutos TV continua a crescer em qualidade e chegar com mais de 40 emissoras mostrando agora a série em cinco continentes. E marca global SAP anunciou uma parceria de três anos como técnico de parceiros Oficial, o que vai melhorar muito a experiência de visualização no futuro. Mais dois anúncios dos patrocinadores de apoio são devidos nas semanas vindas.

Atrair a atenção da mídia internacional © Imagens Lloyd
Trazendo à vela para o público através de seu formato pioneiro estádio vela, os novos locais de Porto (Portugal), Cardiff (Reino Unido) e Rio de Janeiro (Brasil), foram adicionados à mistura global de atrair novos fãs ao longo do caminho. Mais de 1 milhão de espectadores já viram os 40 anos extremas em mão primeira ação eo público começa a ver mais do que apenas um evento de corrida com exibições aéreas, músicos, dançarinos e da série de corrida NeilPryde atraindo muitos surfistas de vento superiores em cada local. O número de fãs no Facebook triplicou desde o início da temporada e Extreme Sailing Series canal no YouTube teve mais de 1 milhão de visualizações nos últimos dois anos.
O Concurso
A partir do Sultanato de Omã, em fevereiro, rostos novos e antigos que representam o melhor do esporte competiram entre si pela primeira vez e foi marinheiro americano ace Morgan Larson, fresco para o circuito, que se aproximou da marca de vencer a abertura agir em sua estréia no 40 Extreme com sua equipe Oman Air - um feito nunca alcançado antes por um capitão novo.
Em seguida, ele estava de volta à cidade chinesa de vela olímpica, Qingdao e desta vez foi outra equipe de Omã, The Wave, Muscat, fazendo as manchetes. Britânico olímpico Leigh McMillan levou sua equipe a sua primeira vitória do ano e, com ele, colocá-los mais alto do pódio Series 2012 - uma posição McMillan rapidamente tornou-se confortável. Double Team medalhista de ouro olímpico Roman Hagara de Vela Red Bull ficou em segundo - resultado da equipe austríaca primeiro pódio desde 2011 Muscat.
Istambul, Turquia, a passagem entre Europa e Ásia, organizou um ato inesquecível 3. De correr sobre as águas sobre o Bósforo a corrida estádio contra o pano de fundo da cidade velha de Istambul e famosa Mesquita Azul, foi novamente Leigh McMillan, que levou sua equipe The Wave, Muscat para sua vitória segundo ato, com o francês Groupe Edmond de Rothschild arrebatando o segundo lugar do Team Red Bull Sailing nos minutos finais da corrida final.
Ao lado de Porto, Portugal - um local novo hospedeiro em 2012, onde os maiores números de espectadores que nunca veio para ver o que iria acontecer quando os oito 40s extremos competiu na pista de corrida mais compacto na história do circuito, no Rio Douro. Havia muitos choques e arranhões - uma colisão grande entre SAP Sailing Team Extreme e Píndaro GAC parou essas equipes em suas trilhas e da equipe francesa encontrou-se sobre as rochas. Mas McMillan destacou na corrida estádio apertado, invadindo a sua vitória Act terceira vez consecutiva e ampliando a liderança da Série geral para sua equipe de Omã.

Maior de sempre números de espectadores em Porto © Lloyd Imagens
Cardiff UK saudou os 40 anos extremos, como parte do Festival Porto Cardiff e foi muito para os fãs para torcer com alta adrenalina corrida em condições tempestuosas, andadores asa e pára-quedistas. Wildcard entrada da equipe do País de Gales teve Olímpicos de Londres 2012 medalhista de prata Hannah Mills como parte de sua tripulação e ex-capitão de críquete da Inglaterra e Strictly Come Dancing star Michael Vaughan tentou sua mão em corridas no final afiada. Oman Air definir o ritmo no início e Morgan Larson equipe conquistou a vitória na última corrida negar The Wave, Muscat sua quarta vitória consecutiva.
Entrando no negócio final da série, a Lei penúltimo tomou a frota para a Riviera Francesa em Nice, correndo fora da Promenade de Anglais. Descrito pelos capitães como "extrema" e "no limite", Nice entregue as melhores condições do ano que adequados Groupe Pierre PENNEC de Edmond de Rothschild. A equipe suíça Alinghi bateu em The Wave, Muscat colocar um dente, não só em seu casco, mas em seu passo para a vitória. E assim foi uma vitória sobre as águas em casa para a equipe francesa de colocá-los de volta na disputa por um lugar no pódio Series.

Dura concorrência na água © Imagens Lloyd
Em 2016 o Rio de Janeiro sediará os Jogos Olímpicos e que conduz a que as águas designadas Olímpicos será a sede da Extreme Sailing Series por mais três anos após a estréia impressionante, há duas semanas. Quatro equipes (Red Bull Sailing Team, Oman Air, Groupe Edmond de Rothschild e The Wave, Muscat) foram projeção para o pódio da série, incluindo a equipe que levou a carga para tanto de 2012, The Wave, Muscat. Inevitavelmente, foram os vencedores e os perdedores, e no próximo final de sempre na história Extrema Sailing Series, McMillan conquistou tanto o Rio de Janeiro Lei eo Troféu Série geral de 2012. Vela Olímpica lenda Torben Grael skipper do barco casa "Team Brasil" em sua estréia no 40 Extreme, mas o mais próximo Grael veio para o 'pratas' foi quando ele entregou a McMillan. Talvez no próximo ano ....
Tudo começa novamente em 5 de março em Mascate Omã para o sétimo ano do Campeonato do Mundo de Vela Estádio eficaz!

 

PORSCHE É NOTICIA

 

Dr. Wolfgang Porsche presidente eleito do Conselho de Supervisão

Stuttgart. Na sua reunião inaugural do Conselho de Supervisão da Porsche Holding Stuttgart por unanimidade elegeu o Dr. Wolfgang Porsche como seu presidente. O neto do fundador da companhia, o Prof Ferdinand Porsche, e filho de Ferry Porsche também é Presidente dos Conselhos de Supervisão da Dr. Ing.. H.C. F. Porsche AG ea Porsche Automobil Holding SE e membro do Conselho de Supervisão da Volkswagen AG.

Por quase três décadas e meia em uma variedade de cargos de chefia, o Dr. Wolfgang Porsche tem desempenhado um papel fundamental na formação das fortunas da operação Porsche carro esporte. Um médico de comércio, ciência, a
De 69 anos de idade, foi eleito para o Conselho de Supervisão da Porsche AG como o representante da família Porsche em 1978 e assumiu o cargo de presidente em 2007. No mesmo ano, ele também foi eleito Presidente do Conselho de Supervisão do investimento da empresa Porsche Automobil Holding SE, que como investidor âncora fundamental que hoje detém a participação maioritária na Volkswagen AG.

Como o próprio vice-presidente da Porsche Holding Conselho Fiscal eleito Stuttgart Uwe Huck. O representante dos empregados de 50 anos de idade, "está no mesmo tempo presidente do Conselho Geral Obras e Vice-Presidente do Conselho de Supervisão da Dr. Ing.. H.C. F. Porsche AG.

 

NOVO RP PARA A SIVA

 

Ricardo Tomaz é o novo Director de Marketing e
Comunicação da SIVA
A partir do próximo dia 2 de janeiro, Ricardo Tomaz assume a nova Direção de Marketing e
Comunicação da SIVA, com a responsabilidade das áreas de Relações Públicas, de Clientes e
Inovação e de Promoção, reportando diretamente à Administração.
Esta nomeação acontece após a cessação de funções da Nina Martins que deixa a empresa.
Com uma carreira de mais de 20 anos no sector automóvel, Ricardo Tomaz desenvolveu a sua
experiência essencialmente na área do Marketing, ocupando desde 2004 o cargo de Diretor de
Marketing da Volkswagen, função que continuará a desempenhar.
A comunicação das Marcas continuará a ser assegurada pelos respetivos responsáveis de
Marketing e RP: Gustavo Pereira na Audi, António Caiado na Škoda, João Carrilho na
Volkswagen Veículos Comerciais e o próprio Ricardo Tomaz na Volkswagen.
Esta nova solução permitirá reforçar a área de Comunicação ao integrá-la de forma mais
consistente na empresa ao mesmo tempo que continuará a assegurar uma relação completa
com a Imprensa.SV122306a RicardoTomaz_500x332

 

NOVIDADES TT EM ANGOLA

CARR 2013 - Regulamento

 

Caros Amigos, Pilotos e Fotógrafos

 

A fim de poderem planificar as vossas participações no CARR 2013 anexamos o regulamento onde se inclui o respectivo calendário.

Este Regulamento foi distribuído aquando da Festa de encerramento da época de 2012.

Durante 2012 houve 62 pilotos que participaram nas 8 provas que compreenderam o Campeonato.

A grande maioria só participou em 1 ou 2 ralis.

Mas só 14 pilotos formalizaram a sua inscrição no CARR 2012.

O maior numero de presenças registou-se em Benguela com 26 pilotos, seguido do Namibe com 23 e Lubango com 22.

Com menos presenças esteve o Sumbe com 10, seguido de Porto Amboim com 18 e Luanda com 19.

As classes com maior participação foram a M e a Q com 21 pilotos cada.

Dentro de dias daremos informações sobre os exames médicos e Licenças Desportivas para os pilotos de Luanda.

Em principio os pilotos das Províncias do Kwanza Sul, Namibe, Huila e Huambo podem tirar as suas Licenças nas respectivas Associações Provinciais de Desportos Motorizados.

O FOTORALI 2013 será novamente uma realidade com o apoio da CARGO. Vamos promover um encontro antes do Rali de Luanda para se definirem possíveis alterações ao regulamento. Houve um total de 24 fotógrafos concorrentes e cerca de 500 fotografias a concurso. Maior numero de participantes com 9 fotógrafos foi em Porto Amboim e no Sumbe. O menor numero foi no Lubango com 4 fotógrafos.

 

 

LEILÃO NISSAN GTR BOLT

 

O LEILÃO ONLINE DO NISSAN GT-R ‘DOURADO BOLT' 
AJUDOU A ANGARIAR 193.191 DÓLARES

 

  •  A Nissan angariou um total de 193.191 dólares com a venda do GT-R "Dourado Bolt" e de acessórios autografados durante um leilão online
  •  Todos os ganhos provenientes do leilão serão entregues à Fundação Usain Bolt com o objectivo de ajudar as crianças na Jamaica

 

A Nissan Motor Co., Ltd. angariou um total de 193.191 dólares com o Nissan GT-R ‘Dourado Bolt' e artigos autografados por Usain Bolt durante um leilão online de 22 de Novembro a 4 de Dezembro, 2012.  Todos os ganhos provenientes do leilão serão doados à Fundação Usain Bolt, com o objectivo de ajudar na missão de criar oportunidades culturais e educacionais para crianças e jovens no país de origem de Bolt, a Jamaica.usain-bolt-nissan-gt-r 1_500x332

 

KART - BRASIL

 

Kart: marcas de prestígio internacional apresentam novidades para o Brasil

Comissão Nacional de Kart da Confederação Brasileira de Automobilismo autorizou o uso de marcas que são sinônimo de tecnologia e qualidade em todo o mundo

O kartismo brasileiro passa a contar a partir de hoje com novas opções de equipamento, produzido por algumas das marcas de maior prestígio no esporte em todo o mundo. A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) homologou, por meio da Comissão Nacional de Kart (CNK), vários componentes que poderão ser usados nas competições nacionais a partir desta data. 

São motores, carburadores, filtros de ar, flanges, radiadores e escapamentos, desenvolvidos e trazidos ao Brasil pelo hexacampeão brasileiro de kart Sérgio Jimenez, sócio da JB KartBox e da equipe Squadra Kart. "É sem dúvida o início de uma nova fase de desenvolvimento para o kartismo brasileiro. Sempre é bom contar com novidades no mercado, o que aumenta a competitividade e costuma beneficiar a todos, sejam pilotos ou preparadores. Com a chegada das novas peças todos terão opções de qualidade, e as equipes contarão com uma nova gama de material para trabalhar", destaca Jimenez.

Os motores são Italsistem, trazidos da Itália e construídos por Achille Parilla, mago dos motores de kart e chefe da equipe pela qual Ayrton Senna disputou o Campeonato Mundial de Kart em 1980 e 81. Jimenez acompanhou todo o processo de fabricação e desenvolvimento, e testou todos os itens na Itália sob a supervisão de Parilla.

Também da Itália vêm os filtros de ar fabricados pela Righetti Ridolfi, marca conceituadíssima no kartismo europeu e usada no mundo todo. Pela primeira vez, o filtro Righetti Ridolfi foi homologado para uso no Brasil. As flanges foram especialmente fabricadas de acordo com as exigências da CNK/CBA para as categorias de base do kart.

Os carburadores são da marca suíça Ibea, que cedeu à JB KartBox o direito de manufaturar o produto no Brasil e usar a marca, tudo sob a supervisão constante de representantes da fábrica. Todo o procedimento foi acompanhado por Lorenzo Aebi, dono da Ibea. "Trouxemos todo o material para a produção dos carburadores e testamos duas linhas, uma para a categoria Graduados e outra para todas as outras categorias. Outra coisa importante é que testamos tudo isso tanto na Itália como no Brasil. Nesta época, a diferença de temperatura nos dois países é muito grande, e isso nos permitiu confirmar a qualidade dos produtos", ressaltou o piloto e empresário.

Os modelos de escapamento são fruto de uma parceria técnica entre Achille Parilla e Lúcio Pascual, o Tchê, preparador dos karts de Ayrton Senna quando o tricampeão mundial de F1 iniciava sua carreira nas pistas. "Os escapamentos foram feitos em conjunto com o motor para tirar a máxima performance do motor", lembra Sérgio Jimenez.

A comercialização destes itens é feita pela JB Kart Parts/KartBox, que já tem os itens disponíveis pelo sitewww.kartbox.com, pelo e-mail  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank" style="color: rgb(17, 85, 204);"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  ou pelo telefone (11) 3742-2643.

JB KartBox: www.kartbox.com

SOBRE A ASSOCIAÇÃO RACING
A Associação RACING é uma associação civil sem fins lucrativos cujo objetivo é promover e auxiliar no desenvolvimento de pilotos de competição, além de desenvolver regras e métodos para a prática do kart no Brasil.

Visite o site do piloto: www.sjimenez.com.br

 

LUSO BRASILEIRO TESTOU NO ESTORIL

 

Lorenzo Carvalho no Estoril


Lorenzo Carvalho, 21 anos, é luso brasileiro e é um piloto de carros de competição em provas de resistência e corre neste momento na categoria GT3 com um Ferrari 458 Italia GT na equipa AF Corse Team Oficial Ferrari e irá participar nas 24 Horas do Dubai já em janeiro com os seguinte colegas de equipa: Lorenzo Casè, Gianmaria Bruni eTony Vilander.

Na 4ªfeira, dia 19 de Dezembro decorreram treinos privados de preparação no Autodromo do Estoril e além do Lorenzo Carvalho estevecarvalho500x50001 presente Lorenzo Case

Em Janeiro ele vai participar nas 24 horas do Dubai. O objectivo deste atleta é vencer a prova para ganhar prestígio e reconhecimento; depois das 24 Horas do Dubai, o Lorenzo vai fazer testes num F1 em Maranello. Venceu a última prova que participou: 6 horas de Vallelunga em Roma.

Lorenzo desde pequeno tem como ídolos o Mike Tyson e o Ayrton Senna (boxe e desporto autómovel são as suas 2 grandes paixões). Nasceu em São Paulo mas com 2 anos foi viver para Itália (Milão) onde a sua obsessão por Ferrari's foi potenciada. Tal como todos os pilotos experimentou os karts, passou pelos campeonatos e provas de Ferrari nacionais em Itália e atualemente participa em provas de resistência com a equipa oficial da Ferrari. O seu sonho é chegar à F1. Por isso os testes em Maranello e o resultado nas próximas provas de resistência serão muito importantes para o seu futuro como piloto.

 

APOSTA BURLESCA NA F 1

Patrão da Virgin vai vestir-se de hospedeira de bordo e servir os passageiros da Air Asia

Em 2010, Richard Branson e o presidente executivo da Air Asia, Tony Fernandes, apostaram as posições das respetivas equipas Virgin e Lotus, acordando que a formação que terminasse na posição mais baixa do campeonato de construtores de Fórmula 1, iria servir na transportadora aérea concorrente.

Branson perdeu, já que a Lotus terminou em 10.º lugar e a Virgin em 12.º, mas a viagem foi adiada no início de 2011, depois de o empresário se ter magoado a esquiar.

@ Agência Lusa

 

TEAM NOVA DRIVER EM FOCO

 

Team Novadriver no Audi Sport Finale 2012
Campeões de Portugal e Espanha na
festa da Audi Sport Customer Racing
O Team Novadriver foi a equipa do programa Audi Sport Customer Racing mais bem
sucedida em 2012 e por essa razão, será a única formação a levar para o Audi Sport Finale
2012, três campeões, com César Campaniço, Carlos Vieira (Campeonato de Portugal de
Circuitos, Taça de Portugal de GT, Iberian Supercars Trophy) e Mikko Eskelinen
(Campeonato de Espanha IBER GT).
A equipa portuguesa, liderada por César Campaniço, alinhou com dois dos 50 Audi R8 LMS
Ultra que estiveram em ação durante a temporada de 2012 na Europa, juntando-se assim
ao plantel de 89 carros que competiram ao longo do ano em todo o Mundo.
O Team Novadriver assinalou o marco das 200 corridas mundiais do Audi R8 LMS Ultra
em 2012, numa temporada em que o modelo da Audi Sport Customer Racing cumpriu 211
corridas com 40 vitórias (10 delas alcançada pelo Team Novadriver) e 113 pódios (23 dos
quais conquistados pela formação nacional).
Foi a única equipa do programa Audi Sport Customer Racing a conquistar títulos nacionais
e, claramente, a mais bem sucedida formação mundial deste programa de competiçãocliente do construtor de Ingolstadt com os Audi R8 LMS Ultra.
Além dos títulos conquistados em Portugal e Espanha, a excelente participação no
Campeonato Europeu FIA GT3 ficará assinalado a letras de ouro no palmarés do Team
Novadriver. Onde, uma vez mais, a formação portuguesa foi a melhor dentro do universo
Audi, conquistando com César Campaniço e Ni Amorim, um excelente quarto lugar final
após uma vitória e três idas ao pódio em 12 corridas.
Por tudo isto, o Team Novadriver e os seus campeõesTEAM-NOVADRIVER PILOTOS_IBERGT_500x332_500x332

 

DUNLOP FORNECEDORA OFICIAL

 

DUNLOP É FORNECEDORA EXCLUSIVA DE PNEUS PARA O SPORT PROTÓTIPOS

 

Inscrições abertas para o Campeonato de Portugal de Sport-Protótipos 2013

 

De volta em 2012, a fórmula de Sport Protótipos afirma-se, uma vez mais, como uma das mais competitivas e empolgantes categorias do Campeonato de Portugal de Circuitos de Velocidade. Para a temporada de 2013, as séries recuperam, com a aprovação da FPAK, o estatuto de Campeonato Nacional, ano em que Dunlop se assume como a única marca de pneus em competição. Todos os concorrentes terão pneus do mesmo composto, excluíndo-se  a Categoria 4.

 

“É com grande satisfação que a Dunlop se assume como uma das marcas fornecedoras oficiais deste Campeonato Nacional. O nosso envolvimento com este projeto pressupõe uma troca de ensinamentos constantes que nos permita continuar a desenvolver produtos e conhecimentos da mais elevada tecnologia, beneficiando acima de tudo os nossos consumidores”, declara Carlos Manuel García, Brand Manager Dunlop Iberia.

O calendário do Campeonato de Portugal de Sport Protótipos de 2013 já é conhecido. Disputado em concomitância com a Racing Weekend em cinco fins de semana, a competição estreia-se a 7 de abril em Braga, volta a 26 de maio no Estoril, prossegue a 30 de junho no Circuito da Boavista e a 1 de setembro disputa-se em Portimão, encerrando a época a 13 de outubro no Estoril. O Campeonato vai incluir as categorias CN, C3, CM e 4, sendo que a Categoria 4 engloba as viaturas tipo barchetta, Caterham, Westfield, Ginetta G20, etc. Até 6 Fevereiro o valor de inscrição no campeonato é de 500€ e 650€ a partir dessa data. A inscrição por prova é de 700€, ao qual acresce o valor do seguro. O formato da competição passa pela realização de Treinos Livres, Treinos Cronometrados e duas corridas de 50 minutos. Por fim, podem correr um ou dois pilotos em cada carro e cada classe terá o seu Campeão.

Sobre a Dunlop

A Dunlop é um dos principais fabricantes mundiais de pneus de alto e ultra elevado desempenho com um impressionante historial de êxitos nos desportos automóveis. A extensa experiência em corridas automóveis da Dunlop originou inovadoras tecnologias para pneus concebidos para a condução quotidiana. Procurando sempre maximizar o prazer da condução, a Dunlop disponibiliza a todos os tipos de condutores o desempenho e durabilidade das mais recentes tecnologias de pneus, incluindo pneus com a tecnologia RunOnFlat, que é instalada de origem em veículos galardoados, como o Mini, BMW Série 1, Série 3, Série 5/6, X5/X6 e outros.

Muitos dos principais fabricantes de veículos, incluindo a Alfa Romeo, AMG, Audi, Bentley, BMW, Jaguar, Lexus, Mercedes-Benz, VW e Porsche, instalam pneus Dunlop de origem.

 Dunlop Sport_Prottipos_500x332

 

LFA TERMINA PRODUÇÃO

 

LEXUS LFA Nº500 finaliza produção da série limitada do Superdesportivo

  • Último Lexus LFA produzido a 14 de Dezembro de 2012
  • Experiência e conhecimento de engenharia aplicada no Lexus LFA influenciam a produção e desenvolvimento de novos produtos Lexus
  • Produção interna de componentes em Fibra de Carbono reforçados com plástico (CFRP) incrementa o conhecimento para aplicações em futuros modelos.lexus1 500x332lexus2 500x332

A 14 de Dezmebro de 2012, um Lexus LFA branco equipado com pack Nurburgring - com o número 500 – marcou o fim de produção do superdesportivo Lexus, na fábrica Motomachi da Toyota Motor Corporatioin, em Aichi Prefecture. 

Assinalando o fim de um capítulo para a marca Lexus, todas as etapas desde o desenvolvimento, produção e até à comercialização foram um desafio que alterou profundamente a perceção e o conhecimento sobre a marca, quer seja dos colaboradores quer seja do público em geral. 

Criar um superdesporitvo de raiz elevou os conhecimentos e a paixão de todas as equipas de engenheiros e de todos os envolvidos, no desenvolvimento deste superdesportivo, reconhecido mundialmente. Para além do LFA, este envolvimento tem o seu eco em todos os produtos lançados recentemente pela Lexus – e não apenas aqueles que ostentam o logótipo F Sport. Por essa razão, o espirito do LFA vai continuar vivo; vai ser recordado como o carro que marcou uma importante alteração na filosofia Lexus. 

O desenvolvimento deste superdesportivo iniciou-se a partir do zero, sem qualquer base ou influência. Um dos grandes desafios foi o processo de fabrico CFRP utilizado intensivamente na maior parte dos componentes, beneficiando da excecional resistência, rigidez e baixo peso; elementos essenciais para um carro superdesportivo. A produção dos componentes em CFRP foi totalmente desenvolvida dentro de portas, conferindo um valor e conhecimento únicos passiveis de ser aplicados nos futuros produtos da marca. 

"Eu vivi e respirei superdesportivos na última década, especialmente o LFA. Muito poucos engenheiros tiveram a oportunidade de criar um modelo único de elevadas performances a partir de uma folha em branco, o que torna este momento bastante emocionante!", relembra o engenheiro chefe do LFA, Haruhiko Tanahashi. 

A produção do LFA teve início hà dois anos, a 15 de Dezembro de 2010, envolvendo cerca de 170 profissionais que foram criteriosamente escolhidos para a produção das peças, montagem, pintura e inspeção. O superdesportivo LFA teve uma cadência de produção de 1 unidade por dia.

 

NISSAN PUBLICA TRABALHOS

 

NISSAN PUBLICA OS TRABALHOS DO

“28º CHILDRENSSTORY AND PICTURE BOOK ”

 

- Livros serão doados a 3.400 bibliotecas públicas no Japão –

 

YOKOHAMA, Japão – A Nissan Motor Co., Ltd. anunciou que irá publicar os trabalhos vencedores do seu 28th Childrens’ Story and Picture Book Grand Prix (28º Grande Prémio Nissan de Livros de Histórias e Ilustrações Infantis), competição realizada em 2011. Publicados pela BL Publishing, os livros estarão à venda nas principais livrarias do Japão.

 

 

MUNDO HONDA EM EXPOSIÇÃO

 

Mundo Honda presente no Almada Forum  

 

 

A Honda Portugal iniciou, no passado dia 07 de Dezembro, uma exposição temática no Centro
Comercial Almada Fórum.
Localizada nas entradas da praça central do centro, esta exposição está presente em dois pisos e
convida os visitantes a conhecer o Mundo Honda e as suas últimas novidades automóveis e de
motos. Para além dos conteúdos corporativos, onde se incluem vários temas e vídeos promocionais, o
espaço irá receber diversas actividades com destaque para a apresentação de novos modelos.
Na área automóvel, os visitantes poderão apreciar o nosso compromisso com as áreas do ambiente

e da segurança. Em exposição estão os modelos Jazz e CR-V, este último com uma nova geração
lançada recentemente. Existe também uma área Honda Civic. Neste espaço, os visitantes do
Almada Fórum ficarão a conhecer alguns pormenores dos 40 anos de história deste emblemático
modelo, observar uma réplica do Civic WTCC - modelo utilizado pelo piloto Tiago Monteiro, e todas
as novidades da nova motorização 1.6 diesel, cujo lançamento está agendado para Janeiro de 2013.
Quanto às motos Honda, teremos em grande destaque os modelos:
PCX 125 – grande sucesso de vendas - o modelo mais vendido em Portugal em 2 anos
consecutivos; NC700X – outro sucesso de vendas graças à facilidade de condução e consumos
reduzidos; Crosstourer – modelo capaz de combinar a condução entusiasmante de uma moto
turística com a manobrabilidade de uma moto de aventura.
Existirá ainda uma área exclusiva dedicada ao histórico de lançamentos de modelos emblemáticos
desde a origem da Honda e uma alusão ao regresso da marca ao Rally Dakar, que contará com a
participação do piloto português Hélder Rodrigues já no mês de Janeiro.H1 1_500x332H1 2_500x332H1 3_500x332H1 4_500x332

 

GALERIA DE IMAGENS DE SLOT

GALERIA DE IMAGENS DA DISTRIBUIÇÃO DE PRÉMIOS EM SLOT

 

Eis mais um grupo de imagens referentes à entrega de prémios aos participantes no Troféu Porsche 997 em equipas, que decorreu na pista do Slot Center de Matosinhos.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comZSLOTI1 500x332ZSLOTI2 500x332ZSLOTI3 500x332ZSLOTI4 500x332ZSLOTI5 500x332ZSLOTI6 500x332ZSLOTI7 500x332ZSLOTI9 500x332

 

HELDER RODRIGUES EM DESTAQUE

Já estão disponíveis imagens do piloto Hélder Rodrigues

 

Imagens para edição

 

 

  • Conferência de Imprensa+ entrevista
  • Um dia com Hélder Rodrigues (inclui treino de moto, de biciclete e ginásio)
  • Rali de Marrocos (Imagens de cada dia de prova

 

Server: ftp.a2-comunicacao.com

Login:  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank" style="color:rgb(17, 85, 204)"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Password: rodrigues

 HelderRodrigues AeroportoLx_19JAN_1_500x332

 

GALERIA DE IMAGENS 6 HORAS DE BRAGA

GALERIA DE IMAGENS DAS 6 HORAS DE BRAGA

 

Da autoria do nosso colega e amigo Armindo Cerqueira da Foto GTI; apresentamos hoje aos nossos leitores a selecção de imagens desta prova.ZAR1 500x332ZAR2 500x332ZAR3 500x332ZAR4 500x332ZAR5 500x332ZAR6 500x332ZAR7 500x332ZAR8 500x332ZAR9 500x332ZAR10 500x332ZAR11 500x332ZAR12 500x332ZAR13 500x332ZAR14 500x332ZAR15 500x332ZAR16 500x332ZAR17 500x332ZAR18 500x332ZAR19 500x332ZAR20 500x332ZAR21 500x332

 

Fotos de Arminbdo Cerqueira - Foto GTI - www.velocidadeonline.com

 

MAIS UMA CRÓNICA DE SANDE E CASTRO

Hoje deixei o Irão, a caminho do Dubai, de onde seguirei para Mumbai (Bombaim), na India. Foi um mês de fantásticas experiencias, especialmente a nível humano. Este povo vive debaixo de muitas regras e limitações e todos com quem falei sonham em deixar aquele país para viverem uma liberdade que a maioria desconhece, pois a revolução, com a destituição do Shá e chegada ao poder dos Ayatolah, foi há mais de trinta anos.
Ontem à hora do almoço comprei uns frutos secos e uma laranjada, parei a moto junto à praia e fiquei a ver o mar e as famílias que vão com os carros para a areia e ali ficam reunidas. Como de costume pararam uns jovens a admirarem a moto. Fizeram-me as habituais perguntas sobre mim e a moto e depois sentaram-se no muro enquanto um deles enrolava um charro que os quatro fumaram. Quando lhes perguntei se era haxixe, perguntaram-me se eu não queria dar umas passas, a rirem-se, como quem diz: o que seria o velho a fumar haxe? Propuseram-me, então, uma cerveja que também arranjavam. Percebo que estes jovens, com pouco que fazerem nos tempos livres, se droguem. Aliás está a ser um problema grave no Irão desta geração, principalmente porque a heroína, vinda do vizinho Afeganistão através de uma zona de fronteira montanhosa muito difícil de controlar, lhes chega às mãos ao preço da chuva. No outro dia contaram-me que os traficantes têm esquemas para passar a droga, através das montanhas, inacreditáveis. Às vezes habituam camelos a irem ter a um local do lado iraniano onde lhes dão comida e depois soltam-nos, carregados de droga do lado do Afeganistão, sendo os próprios camelos os traficantes. Se os apanham não têm dono.
Também é incrível como os americanos invadiram o Afeganistão com a desculpa de que era preciso controlar a produção de papoilas e acabar com os laboratórios de morfina e heroína e passados anos, continua tudo na mesma.
Ao fim da tarde, quando parei a moto na rua para ir ao agente de navegação, ao voltar tinha um guarda, armado de metralhadora, a guardar a moto. Como tinha visto muito movimento de volta da moto decidiu, por iniciativa própria, ficar a tomar conta da moto, de metralhadora em punho, a mandar afastar os populares. Quando cheguei quase que me fez continência e ordenou a retirada do pessoal para que eu arrancasse. Inédito.  
Antes de partir para o Aeroporto fui ao porto, com o homem da agência de navegação, para carregar a Honda.
Comigo ia um Polaco, que tinha encontrado em Teerão numa velha BMW e três miúdos suecos, dois irmãos com uma BMW 650 e uma Yamaha Super Teneré com vinte anos e um amigo com uma Africa Twin da mesma época. Íamos todos a caminho da India e como ninguém tinha conseguido vistos para o Paquistão encontrámo-nos em Bandar Abbas para carregarmos as motos no mesmo contentor.
O Polaco já tinha percebido que Teerão tinha um problema de droga. Estava maravilhado com o preço do “produto” e passava os dias fechado no Hotel, enquanto esperava que chegasse da Alemanha um veio de transmissão da BMW que se tinha partido. Quando partimos para o porto para embarcar as motos ele entrou em paranóia, disse que tinha que passar no Hotel e ficamos três horas à espera do homem. Quase perdemos o embarque.
Os suecos eram muito simpáticos e civilizados. Um deles tinha começado a andar de moto quinze dias antes de partir da Suécia e outro um mês e meio. Ao vê-los nas motos, muito concentrados a dez à hora, até fazia confusão como ali tinham chegado. Cada vez que apanhavam uma estrada de terra iam ao chão mas estavam ali inteiros, mesmo com os suportes das malas feitos em pedaços.
O porto de Bandar Abbas continua movimentadíssimo e, se houve companhias de navegação internacionais que se retiraram da zona quando foram decretadas as sanções de proibição de exportações e importações de e para o Irão, outras vieram substitui-las com os navios a fazerem fila ao largo, para carregarem e descarregarem mercadoria. Os negócios com os países vizinhos e todos os asiáticos, incluindo a China e a India, continuam a bom ritmo.
Quando entrei no Irão tinha ideia de lá ficar só dez dias e, sabendo que não se podia levantar dinheiro no país, pois os bancos não têm relações com os europeus, levava comigo 1000 dólares e 100 euros. Embora a vida seja muito barata como passei lá um mês e tinha deixado logo 200 dólares na fronteira e gasto outros cem em vistos e visitas turísticas em Teerão, sobraram 700 dólares e 100 euros que me deram para viver o mês inteiro, incluindo hoteis e bilhete de avião até ao Dubai na Iran air. Mais barato que ficar em Portugal. Cada dólar é trocado por 30.000 Rial Iranianos ou 3.000 Tuman, uma redução que eles fazem automaticamente. Não é muito dinheiro mas com o equivalente a três euros atravessa-se Teerão de uma ponta à outra de táxi ou enche-se o depósito da moto de gasolina. A maioria dos hotéis em que fiquei custavam cerca de quinze euros por noite, mesmo se não me pudesse pôr a investigar se alguém teria dormido naqueles lençóis antes, pois as duvidas passariam rapidamente a certezas. De qualquer forma o dinheiro foi até ao último tostão, tendo comprado almoço no aeroporto, um pacote de amendoins e uma laranjada com os últimos trocos que tinha no bolso.Good Bye_iran_1

 

ERRO NO WWW.VELOCIDADEONLINE.COM

 

 Erro em artigo no site velocidadeonline

Boa Noite Sr Raposo.

Antes de mais gostaria de felicitá-lo pelo seu trabalho no site
velocidadeonline, que, contra a mare do desporto automovel em Portugal,
continua de vento em popa.

Gostaria apenas de o esclarecer para um erro cometido por si. Li um artigo
no seu site sobre o facto do bmw que eu e os meus colegas de equipa
utilizamos nas 6h de Braga não podia ser admitido. De facto, e sendo um
admirador de classicos, bastante feliz por ter 2 viaturas ate 83 na minha
propria colecção, a questão do nosso carro ser clássico ou não, pode ser
colocada. Ainda assim, não poderá dizer que a organização fechou os olhos,
visto o regulamento permitir carros ate 1990 e o nosso carro ser de 1988.
Tais viaturas estavam inseridas, por regulamento, no grupo U.

Gostaria apenas de deixar este esclarecimento e esperar devida correcção
porque, quem ler o artigo com total desconhecimento de causa, poderá pensar
que fomos beneficiados pela organização, que não é verdade, principalmente
depois de tudo o que aconteceu durante o fim de semana.

Ainda um último ponto, a nossa colega Sofia Mouta, está bem habituada a ir
ao pódio e abrir garrafas de champanhe, por vezes os nossos jornalistas é
que não conhecem o historial de todos os pilotos da nossa praça.

Com os melhores cumprimentos e desejo de que continue a trabalhar em prol do
desporto automóvel em Portugal,

Rui Soares



Nota Editorial


Antes de mais agradecemos a sua missiva.

Relativamente aos seus comentários, a questão da legalidade do BMW 325 em termos do ano de fabrico, surgiu por comentários entre alguns dos pilotos que participaram, que com uma certa justiça comentaram que este modelo não se insere na época em que se encontra o BMW 325 que correu e que venceu de forma brilhante a edição deste ano das 6 Horas de Braga.Sómente nas páginas do site gostamos de dar a informação do que pensam os pilotos, pois infelizmente em Portugal, com a Federação que temos torna-se perigoso para os pilotos poderem dar a sua opinião, e como exemplo recordo-me há uns anos atrás a entrevista que Carlos Sousa deu para um jornal da especialidade, na qual depois teve de responder junto da FPAK, lembrando que esta entidade federativa vive num tipo de regime iraniano...


Por outro lado, nunca em tempo algum foram beneficiados pela organização, se assim pensaram estão completamente errados.Agradecemos o seu esclarecimento sobre o ano de fabrico do BMW, na qual os pilotos que deram a sua opinião têm agora uma resposta adequada.


Sobre a questão da Sofia Mouta ter dificuldade em abrir a garrafa de champanhe, foi apenas uma brincadeira minha, da minha responsabilidade, e não tinha como objectivo denegrir seja o que fôr, e ,muito menos a Sofia naquele momento de alegria.


Assim sendo penso que estamos esclarecidos sobre a sua missiva e uma vez agradeço a amabilidade me terem enviado a mesma para nosso conZLOSC10 500x332hecimento, e esperamos saber continuar a merecer a sua visita a este site.


Melhores Cumprimentos


João Raposo


Director site www.velocidadeonline.com

 

 

HELDER RODRIGUES QUER VENCER O DAKAR

 

Hélder Rodrigues, nº1 da Honda, quer ganhar o Dakar

ZHEL1 500x332ZHEL2 500x332ZHEL3 500x332ZHEL4 500x332

Teve hoje lugar no espaço TMN ao Vivo, a Conferência de Imprensa relativa à participação do piloto Hélder Rodrigues na 35ª

edição do Dakar. Campeão do Mundo em 2011, Hélder Rodrigues foi o eleito da Honda para ser o piloto nº 1 da sua equipa. O

construtor nipónico estava afastado desde 1989 das competições de todo-o-terreno, modalidade onde se destacou na década de

80, particularmente através da conquista de cinco edições do mítico Paris Dakar.

Para o piloto português: “ Estou muito satisfeito por estar de regresso à Honda, onde eu vivi das melhores experiências da minha

vida enquanto piloto. É uma honra representar a Honda neste seu regresso ao Dakar. Vai ser uma participação muito importante,

tanto para a marca, como para mim.”.

Ao longo destes quase cinco meses, desde que o anúncio oficial foi feito, tem sido desenvolvida uma preparação intensiva tanto

por parte do piloto como da sua equipa com vista à uma participação na máxima força na próxima edição do rali Dakar, que este

ano arranca de Lima, capital do Peru, no próximo dia 5 de Janeiro. No plano desportivo é de destacar a excelente prestação de

Hélder Rodrigues no Rali de Marrocos, onde venceu logo de entrada a primeira etapa que disputou aos comandos da Honda

CRF450 Rally.

Na contagem decrescente para o Dakar 2013, prova em que Hélder Rodrigues subiu ao pódio nas duas anteriores edições, o piloto

da Honda, Red Bull e TMN salientou que: “é muito importante ir bem preparado para qualquer corrida. Só assim se conseguem

ganhar as grandes maratonas de todo-o-terreno. Antes de Marrocos treinei muito, o que me permitiu entrar muito bem nesse

Rali e dessa forma poder superar pilotos como o Marc Coma e o Cyril Despres. Foi o primeiro shakedown da Honda para o Dakar e

desde então a equipa HRC tem estado a trabalhar afincadamente para que nada falhe na América do Sul. Estou efetivamente muito

confiante em que é possível ganhar o Dakar 2013”.

 

KART - BRASIL

 

Com 22 vitórias e quatro títulos, Pedro Cardoso encerra temporada com 83% de aproveitamento

Campeão no Brasil e no exterior, brasiliense alcançou números grandiosos e foi um dos destaques no kartismo nacional

Um ano de muitas conquistas, novas experiências e de consolidação como um dos principais nomes do kartismo nacional. Assim foi a temporada 2012 para o piloto Pedro Cardoso. O brasiliense conquistou 22 vitórias em 42 corridas e subiu ao pódio em outras 13 oportunidades, resultando assim em um aproveitamento de 83% no ano. Pedro disputou duas categorias no ano - Rotax e Junior Menor - e somou quatro importantes títulos nacionais e internacionais. 

No primeiro trimestre, Cardoso disputou o Florida Winter Tour nos Estados Unidos e, após três etapas, assegurou o título na categoria Rotax Mini Max com quatro vitórias e mais cinco pódios. Essa foi a primeira conquista internacional do piloto de apenas 13 anos. Pedro ainda venceu de forma invicta a primeira etapa do SouthEast Rotax Challenge, na estreia do Complexo Nola Motorsports, em Nova Orleans (EUA).

O brasiliense encarou duas experiências inéditas no exterior, correndo pela primeira vez no Canadá - onde foi vice campeão da Copa do Quebec e da última etapa do Eastern Canadian Karting Championship -, e também estreando na Europa, no Mundial de Kart Rotax, em Portugal. 

No Brasil, o piloto da equipe Sabiá Racing sagrou-se campeão do Brasileiro de Kart - a principal competição nacional - na categoria Junior Menor, no kartódromo do Beto Carrero, em Penha (SC). E o brasiliense também se destacou em campeonatos estaduais. Na Copa São Paulo, a superioridade de Pedro foi latente, especialmente na categoria Junior Menor. Após perder as duas etapas iniciais, por estar competindo nos Estados Unidos, o piloto venceu seis das oito corridas restantes, e somou também um 2º lugar para ser campeão. Na Rotax Junior, venceu quatro provas e terminou no top 3 nas outras três, e garantiu o título com uma rodada de antecipação, além da vaga para ser o único representante brasileiro na categoria Rotax Junior do Mundial disputado no Algarve. 

Para 2013, os planos do promissor piloto são de subir para a categoria Junior e continuar disputando campeonatos nacionais e internacionais, especialmente na Europa.

Temporada 2012

"Tive um ano muito bom e vitorioso. Conquistamos vários de nossos objetivos e um excelente nível de aproveitamento com muita dedicação, e somamos um aprendizado enorme em cada uma das competições que participamos. Sinto que estou mais maduro e gosto de encarar novos desafios, então espero manter essa boa fase também no ano que vem"

 

CRÓNICA DA VIAGEM DE SANDE E CASTRO PELO MUNDO

CRÓNICA DA VOLTA AO MUNDO POR FRANCISCO SANDE E CASTRO

 

Ontem, quando saí de Isfahan, estava um dia de sol lindo, mas 8 graus de temperatura. Parti em direcção a Yazd e passados cerca de 50 Km entrei no deserto de Siyahkuh. A temperatura foi subindo até aos 20º numa zona perto da qual são atingidas, no verão, as mais altas temperaturas do planeta. Rectas infindáveis atravessam as planícies onde o transito é quase todo composto por camiões, a caminho das áreas mais remotas do país e da principal fronteira com o Paquistão.
Quando estava em Portugal tanto a embaixada paquistanesa, como o Ministério dos Negócios Estrangeiros e pessoas que tinham estado na região, desaconselharam-me vivamente a atravessar o Paquistão, por grande parte do território não estar controlado pelas forças governamentais e ser extremamente perigoso. No Irão falei com pessoas que me disseram haver vários viajantes a atravessar o território sem problemas, de maneira que tentei aqui que me dessem o visto para passar. Infelizmente foi impossível, pois exigem que seja passado no país de origem do turista, pelo que não me resta outra solução senão ir até ao Sul do Irão, apanhar um barco para o Dubai e daí outro para Mumbai, na India, passando assim ao largo do Paquistão. Espero, dentro de dois dias, chegar ao porto iraniano de Bandar-e-Abbas.
Estava mais ou menos a meio do caminho de Yazd, quando, no meio daquele deserto de terra, se levantou uma ventania, idêntica à que tinha apanhado à chegada a Isfahan e que me obriga a rodar a baixa velocidade com a moto a abanar muito.
Chegado à cidade a meio da tarde encontrei um simpático Hotel. Jantei no restaurante que tinham no telhado e onde serviam refeições típicas Iranianas com vista sobre a cidade. Excelente carne estufada acompanhada de batatas cozidas, legumes e iogurte.
Hoje da manhã fui visitar a cidade onde, entre outras coisas, existe o templo do fogo. Os Zoroastros veneram o fogo como um Deus e este seu templo tem uma fogueira central que mantêm a arder há mais de 400 anos, segundo dizem.
Pelo meio dia e meio, saí em direção a Persépolis a 400 Km de distância.
Desta vez atravessava o deserto de Dar Anjir e, com as temperaturas à saída do Hotel a rondarem os 20º, hesitei entre sair de jeans ou vestir as calças do fato. Felizmente optei pela segunda solução pois tinha percorrido pouco mais de 50Km quando saí do deserto para entrar numa zona montanhosa e a temperatura, numa dezena de quilómetros, baixou dos 17º para os 8º, com as bordas da estrada cobertas de neve. É incrível como as oscilações de temperatura aqui são tão acentuadas.
Como saí tarde adoptei um ritmo mais rápido que o habitual, na casa dos 150, 160 Km/h para chegar a tempo de visitar as ruínas da antiga Persépolis. Os condutores dos camiões, que nunca viram uma moto a rodar a mais que 80 Km/h, ficam maravilhados e tocam a buzina em sinal de contentamento. No Irão são proibidas motos com mais de 250 c.c. e 99% têm mesmo apenas 125c.c.
Depois de visitar Persépolis, onde os palácios há 2500 já tinham requintes como água que vinha da montanha com canalizações subterrâneas, liguei para o contacto que o meu amigo Hosseini, de Arak, me tinha dado. Dois dos irmãos Omidvar vieram ter comigo às ruinas, um rapaz dos seus vinte e poucos anos e uma miúda muito bonita de 18 anos. Guiaram-me até à casa familiar, onde fizeram questão que ficasse.
A minha presença foi razão para a mãe Omidvar cozinhar um jantar especial e convidar toda a família. A irmã do pai, cujo filho está noivo da filha deles e os filhos casados, acompanhados das mulheres e marido da mais velha, mais três animadas crianças.
É uma família modesta ao estilo da do Hossein, de Urumia.
A casa resume-se a uma sala grande, uma cozinha e um quarto onde a irmã de 18 anos costuma dormir e estudar. A sala é um espaço amplo onde os únicos objetos são uma televisão num dos cantos, tapetes Persas no chão e algumas almofadas. Não existe um único móvel ou quadro na parede. Ali todos os Omidvar tomam as suas refeições sentados no chão, descansam durante o dia e dormem de noite, em cima de cobertores que estendem pelo chão.
Depois do excelente jantar de cabrito assado ficamos à conversa apoiados nas almofadas. Só os dois irmãos mais novos, que me foram buscar, falam inglês. A miúda foi pedida em casamento pelo primo direito, sete anos mais velho, quanto tinha 12 anos. Vão casar-se no próximo ano, quando ela fizer 19. Perguntei-lhe se estava apaixonada pelo primo e ela disse que não, mas que era um costume iraniano e que era muito mau uma rapariga chegar à idade dela sem ter tido um pedido de casamento. Como os contactos com rapazes são evitados em todo o lado, desde transportes, a escolas ou festas, que se resumem aos casamentos, muitas destas miúdas acabam, tal como a Mariam, a casar com os primos direitos.
A única viagem que fez na vida foi quando os pais a levaram a Meca, tinha ela 14 anos. O pai é devoto ferrenho e ficou chocado quando lhe disse que não acreditava em qualquer Deus. Antes tinha perguntado se Portugal fazia fronteira com os Estados Unidos e, sentado ao meu lado, viu, fascinado, fotografias do meu trajeto.
Chegada a hora de irmos dormir instalaram-me um cobertor e uma almofada entre a mãe e o irmão mas eu sugeri ficar sozinho no único quarto, com a desculpa que costumava ler até tarde e lá fiquei. O resto da família dormiu, como habitualmente, na sala.
No dia seguinte tomámos todos um excelente pequeno almoço naquele espaço comum, à base de pão iraniano feito pela mãe, leite vindo diretamente da vaca, ovos mexidos e fruta.
Pela dez da manhã apareceu o meu amigo Hosseini que tinha feito 800 Km desde Arak para me voltar a ver. Ele é amigo de um dos mais velhos dos Omidvar de maneira que fomos passar o dia a uma barraca que este irmão construiu junto a uma barragem. Antes passámos a buscar carne, já preparada e temperada, para fazer espetadas e lá almoçámos um churrasco e ficámos o dia a conversar, fumar cachimbo de água e beber xarope chiraz, uma bebida alcoólica clandestina feita por eles e que nem é má de todo, principalmente a partir do terceiro copo.
Como aquilo se arrastou também para jantar, acabei por voltar a dormir em casa deles.
A mãe criticou termos estado a beber álcool e lembrou que é proibido no Irão.
Pelas duas da manhã começou a chover e ouvi a mãe Omidvar dizer qualquer coisa ao filho mais novo que deu uma volta no cobertor e respondeu um gemido. Então a senhora levantou-se e, debaixo de chuva, foi tapar a minha moto com um grande plástico. Extraordinário. Não vou esquecer esta gente.CHICO4

 

6 HORAS DE BRAGA

6 HORAS DE BRAGA

 

Eis a primeiro grupo de imagens do nosso colega e amigo Domingos Monteiro da Loscar.

 

Fotos de Carlos Monteiro - Loscar - www.velocidadeonline.comZLOSC1 500x332ZLOSC2 500x332ZLOSC3 500x332ZLOSC4 500x332ZLOSC5 500x332ZLOSC5 500x332ZLOSC6 500x332ZLOSC7 500x332ZLOSC8 500x332ZLOSC8 500x332ZLOSC9 500x332ZLOSC10 500x332ZLOSC11 500x332ZLOSC12 500x332ZLOSC13 500x332ZLOSC14 500x332ZLOSC15 500x332ZLOSC16 500x332

 

GT BRASIL

 

GT4 tem novos campeões: Alan Hellmeister e Sérgio Laganá

Pilotos chegaram em quarto neste domingo e viram rival, Leo Cordeiro, vencer prova de encerramento da temporada.

Depois de disputarem três temporadas na GT4 os pilotos Alan Hellmeister e Sérgio Laganá, de Aston Martin Vantage, conseguiram conquistar o resultado que tanto buscavam: o título da categoria, que não veio de forma fácil. Leo Cordeiro, dupla de Vitor Genz, em uma BMW M3, venceu a corrida e até momentos finais seria o campeão, mas uma ultrapassagem de Hellmeister na última volta sobre a Lotus Evora de Leo Burti definiu o resultado. Em segundo na prova, Matheus Stumpf e Patrick Gonçalves, também de BMW e Fábio Greco e Valter Rossete, de Maserati Gran Turismo MC, terminaram em terceiro.

Após a conquista do título, Sérgio Laganá destacou o trabalho de seu companheiro de equipe durante o ano e falou das dificuldades da prova de hoje. "Eu acho que a gente mereceu o título. Nosso carro estava acertado para a chuva de ontem, mas novamente o Alan fez um ótimo trabalho e recuperou as posições para vencermos o título. Estamos muito felizes por isso por coroar o trabalho que estamos desenvolvendo a tanto tempo e agora é hora de comemorar", destaca.

Dupla de Sérgio, Alan Hellmeister agradeceu a todos da categoria e falou do desempenho na temporada: "Sabia que não seria fácil para gente conquistar o título. A gente contou algumas vezes com a sorte e em outras vezes tivemos um grande mérito. Trabalhamos demais o ano todo buscando este resultado e por isso agradeço à todos aqui", encerrou.

Disputando sua primeira temporada em uma categoria de Turismo, Leo Cordeiro disse que ficou na expectativa para conquistar o título da GT4 até a última volta, e destacou o trabalho de sua equipe com a BMW M3, que foi utilizada pela primeira vez nesta temporada. "Eu estava na expectativa dentro do carro, mais ou menos que nem o Massa na Fórmula 1 em 2008, pois o Aston Martin passou a Lotus na última curva", disse Leo.

"Nós não conhecíamos o carro muito bem, e tivemos alguns problemas onde perdemos pontos que fizeram a diferença, mas todos trabalharam muito forte para poder desenvolver a M3 e por isso sou bastante grato, além da oportunidade de ter competido pelo time", completou Leo. Vítor Genz, que também estreou no campeonato neste ano, falou do seu período de pilotagem na corrida deste domingo.

"Foi uma corrida um pouco solitária e isso fez com que eu imprimisse um ritmo muito forte, pois eu sabia que não ia ser fácil a gente se manter em primeiro, pena que não deu para ajudar o Leo, mas é isso. Vamos agora pensar no ano que vem onde espero continuar na categoria", encerrou Genz. Segundo colocado na corrida de hoje, Matheus Stumpf parabenizou a dupla campeã da temporada e falou do campeonato que teve na GT4 ao lado de Patrick Gonçalves.

"Quero parabenizar os campeões deste ano, trabalharam muito bem e mereceram o campeonato. Eu e o Patrick viemos de dois anos muito bons em modalidades distintas, mas infelizmente nós e a equipe só conseguimos resolver completamente todos os problemas do carro aqui em Interlagos, na última etapa. Por isso, não conseguimos brigar pelo título, o que foi uma pena", destaca o bicampeão da GT3.

Dupla do gaúcho Stumpf, o baiano Patrick Gonçalves rasgou elogios a GT4, e afirmou que pretende seguir no campeonato na próxima temporada. "A categoria me surpreendeu com carros muito bons de dirigir, super máquinas de verdade. Pretendo continuar nela como profissional na próxima temporada, mas para isso ainda vamos conversar e ver as possibilidades", completou Patrick.

Valter Rossete, terceiro colocado na prova disputada nesta tarde, disse que a preocupação que teve foi a de entregar o carro em boas condições para o companheiro Fábio Greco. "Fiz uma boa largada, mas perdi as posições na confusão do S do Senna. Depois eu mantive o ritmo, consegui uma ultrapassagem ou outra, mas acabei poupando o máximo do carro para o Fabinho conseguir ter pneus em melhores condições", revelou o campeão da categoria em 2010.

Feliz com o resultado, Fabio Greco destacou o terceiro lugar obtido hoje e falou do equilíbrio dos carros da categoria. "Estar aqui em terceiro para mim é uma vitória. Os carros são muito parelhos e os tempos são próximos entre os melhores pilotos, acho que devemos rever algumas coisas para a temporada que vem, mas torço pelo sucesso da categoria que tem tudo para melhorar ainda mais em 2013", encerrou o piloto.

Resultado da corrida: GT4
1º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BM , SP/RS),
2º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BM , RS/BA),
3º) 21 - F.Greco/V.Rossete (MA , SP/SP),
4º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (AM , SP/SP),
5º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (LO , SP/SP),
6º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (FE , SP/SP),

Classificação do Campeonato: GT4
1 - Sérgio Laganá/Alan Hellmeister - Aston Martin Vantage - 210 pontos
2 - Leonardo Cordeiro - BMW M3 - 209
3 - Valter Rossete/Fabio Greco - Maserati Gran Turismo MC - 185
4 - Eduardo Oliveira/William Freire - Ferrari Challenge - 182
5 - Valter Pinheiro/Leo Burti - Lotus Evora - 178
6 - Matheus Stumpf/Patrick Gonçalves - BMW M3 - 176
7 - Vitor Genz - BMW M3 - 174
8 - Ricardo Ricca/Cassio H. de Mello - Porsche 997 Cup GT4 - 21
9 - William Starostik - BMW M3 - 20
10 - Marçal Melo/João Gonçalves - Ginetta G50 - 13

 

GALERIA FOTOS ESPECTACULARES

GALERIA DE FOTOS ESPECTACULARES

 

Mais uma selecção de imagens espectacu576185 10151019616348320_554679276_n_500x332576871 10150947251248617_347392643_n_500x332577031 255481514555292_649757984_n_500x332577055 10151049489938513_1261833455_n_500x332577244 377768242262343_115849585120878_1022752_603833952_n_500x332577271 321878784553238_162255293848922_749784_597327192_n_500x332577590 415321651823247_180065022015579_1323594_1724322057_n577703 10150947177373617_1361857211_n_500x332578043 10150785016386490_506826489_12319724_1371617253_n_500x332578344 496748510353665_1041257859_n_500x332578806 404916999567967_275783765_n_500x332579159 10152196500340201_2071708359_n_500x332579281 363634093696258_1796949638_n_500x332579353 441853779160859_100000087228760_1691879_32820076_n_500x332579409 415320285156717_180065022015579_1323573_801488628_n_500x332579842 347225645365750_2136682307_n_500x332_500x332582723 442216145813213_1101900416_n_500x332582743 514772801882257_1852862053_n_500x332599508 414788745227362_158073837565522_1154766_1679161037_n_500x332599704 10150908797462912_1673414834_n_500x332603086 10151823729165254_1143199501_n_500x332lares, para os nosso leitores.

 

GT BRASIL

 

Neto De Nigris vence em Interlagos e confirma vice-campeonato do Mercedes-Benz Grand Challenge

Rubens Tilkian chegou em segundo e Fernando Jr. em terceiro

A segunda temporada da história do Mercedes-Benz Grand Challenge acabou neste domingo (16), no Autódromo de Interlagos, São Paulo, com a vitória do paulista Neto De Nigris, pela equipe De Nigris Europamotors, garantindo assim o segundo lugar no campeonato, vencido por João e Márcio Campos, da Sicredi Racing, durante a sétima etapa em Cascavel, no Paraná. Em segundo na corrida no circuito paulistano, Rubens Tilkian, da Comark Racing e, em terceiro na prova e na briga do título, Fernando Jr, da WCR.

"Estou super contente de conseguir este segundo lugar no campeonato", diz Neto De Nigris. "Fernando e eu estávamos bem apertados em pontos, ontem fui uma etapa bastante complicada para mim já que não pude disputar o treino classificatório o que me fez largar do fim do grid. Na corrida deste domingo foi tudo maravilhoso, pista seca, carro perfeito, então foi só uma questão de acelerar tudo e vencer", completa o piloto.

"Uma pena que não consegui fazer uma primeira metade boa no campeonato, o que prejudicou o resultado final, mas estou feliz. É super especial vencer em casa, o Rubens me pressionou muito, mas agora vamos pensar no ano que vem. Fui terceiro em 2011, segundo em 2012 e quero o título do Mercedes-Benz Grand Challenge em 2013", encerra Neto De Nigris.

Segundo colocado na corrida final do ano, Rubens Tilkian sai satisfeito após uma boa temporada. "Estou muito feliz, não tenho do que reclamar. É sempre bom vencer, mas esse segundo lugar está bom também. Foi um grande fim de semana em Interlagos e por isso termino o ano satisfeito de estar entre os três primeiros. Faço um balanço positivo de tudo e agora vou começar a trabalhar para viabilizar 2013, assim vou correr para buscar o título", revela Tilkian, da Comark Racing.

Após uma corrida disputada em São Paulo, Fernando Jr, da WCR, chegou em terceiro o que garantiu a mesma posição na classificação geral do campeonato. "Eu acho que foi uma temporada boa. Todo mundo que está disputando obviamente quer ganhar, mas alguns problemas durante o ano, culpa minha, um pouco de falta de experiência, ainda tive que me adaptar ao carro, mas enfim corrida é corrida", fala Fernando.

"O Neto está de parabéns pelo vice-campeonato que foi merecido, andou bem pra caramba. E vamos agora para o ano que vem onde vou tentar fazer um bom campeonato desde o começo sem errar que assim vou conseguir brigar pelo título da categoria", encerra o gaúcho Fernando Jr. Com os resultados finais do ano João e Márcio Campos conquistaram o bicampeonato, Neto De Nigris ficou em segundo e Fernando Jr em terceiro. 

2ª Corrida - Mercedes Benz GC

1º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 15 voltas em 30:21.274 (média de 128,05 km/h)
2º) 35 - Rubens Tilkian (MB , SP), a 0.972
3º) 98 - Fernando Junior (MB , RS), a 6.888
4º) 77 - Arnaldo Diniz (MB , SP), a 9.187
5º) 99 - Edson Junior (MB , RS), a 10.608
6º) 21 - Peter Gottschalk (MB , SP), a 32.366
7º) 12 - Leo De Nigris (MB , SP), a 35.122
8º) 25 - Renato Camargo (MB , SP), a 44.146
9º) 73 - Sergio Martinez (MB , SP), a 50.963
10º) 22 - Rafael Zappellini (MB , SP), a 1:13.651
11º) 55 - Robero Santos (MB , SP), a 1 volta
12º) 60 - Cesare Marrucci (MB , SP), a 1 volta
13º) 31 - Marcio Campos (MB , RS), a 2 voltas
14º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB , SP), a 2 voltas
15º) 36 - Alexandre Papazissis (MB , SP), a 2 voltas
16º) 7 - Beto Rossi (MB , SP), a 3 voltas
17º) 47 - Marcos Paioli (MB , SP), a 14 voltas

Melhor Volta: Fernando Junior, 1:57.025 (132,86 km/h)

Classificação Mercedes-Benz Grand Challenge
1º) Márcio Campos/João Campos, 231 pontos;
2º) Neto de Nigris, 207;
3º) Fernando Júnior, 204;
4º) Cesare Marrucci, 158;
5º) Rubens Tilkian, 157;
6º) Edson Júnior, 110;
7º) Leo de Nigris, 107;
8º) Arnaldo Diniz Filho, 102;
9º) Michelle de Jesus, 101;
10º) Sérgio Martinez, 93; 
11º) José Fernando Amorim Júnior, 90;
12º) Alexandre Papazissis, 78;
13º) Renato Camargo, 75;
14º) Beto Santos, 71;
15º) Peter Michel Gottschalk, 54;
15º) Beto Rossi, 54;
17º) Peter GottschalkJunior, 45;
18º) Marcos Paioli, 44;
18º) Carlos Kray, 44;
20º) Rafael Zapelini/Luis Carlos Zapelini, 43;
21º) Sérgio Chamon, 40;
22º) Roberto Santos, 29;
23º) Rodrigo Miguel, 17;
24º) Betão Fonseca, 15;
25º) Roberto Maggi, 6;
26º) Jorge Temake/Paulo Yamamoto, 2

 

 

CRÓNICA DA VIAGEM DE SANDE E CASTRO PELO MUNDO

CRÓNICA DAS VIAGEM DE FRANCISCO SANDE E CASTRO PELO MUNDO

 

ISFAHAN - IRÃO

 

Ontem, quando o Hoseeini me acompanhou na sua scooter à saída de Arak e parámos na última rotunda para nos despedirmos um homem, dos seus sessenta anos, parou junto a nós e ficou a olhar para a moto até eu partir. Veio depois atrás de mim e, quando eu hesitei num cruzamento, fez sinal para o seguir. Guiou-me mais uns quilómetros e parou noutra rotunda para me indicar a saída que devia tomar, mas insistiu para que fosse almoçar à fábrica dele ali perto. Disse-lhe que não almoçava, mas aceitava beber um chá, até por curiosidade em saber como era uma industria privada no Irão.
Bebemos um chá, ficamos um pouco à conversa e depois foi mostrar-me a fábrica. Ali transformam lingotes de alumínio em perfis para portas, janelas, etc. Têm primeiro uma caldeira onde a temperatura dos lingotes é elevada até 400 graus, depois uma enorme prensa onde, a pressões de 2000 toneladas p.s.i os lingotes são transformados em vários tipos de perfis.
Ao lado, numa outra fábrica, o filho deste homem coordena a construção de estruturas para portas e janelas. Vendem essencialmente no Irão mas também exportam para os países que conseguem, depois das restrições internacionais, ou seja, algumas das antigas repúblicas russas, Afeganistão e Iraque.
É interessante saber como, embora este país seja controlado por um regime totalitário, têm industrias privadas a funcionarem bem.
Acabei por almoçar por lá e segui depois rumo a Isfahan. De início apanhei um pouco de chuva e depois frio, com a temperatura a baixar até aos 3 graus. A essas temperaturas não há punhos aquecidos que nos valham e os dedos começam a regelar. O fato da Spidi aguenta bem e mais camisola, menos camisola a coisa resolve-se.
O meu amigo em casa de quem tinha ficado ligou a um primo que vive em Isfahan antes de eu sair e disse-lhe que tratasse de arranjar estadia para mim. Quando liguei ao primo à chegada à cidade ele disse que uma senhora me ligaria de seguida. Passado um minuto tinha a Mahid ao telefone a dizer que tinha muito gosto que ficasse em casa dela. É fantástico como esta gente é tão hospitaleira que se prontificam rapidamente a dar acolhimento a um estrangeiro perdido neste mundo. Pedi a um táxi que me guiasse até casa da Mahid, que vive com o marido e um filho. Ela recebeu-me lindamente e passado meia hora, quando o marido chegou é que lhe anunciou: “Este é o Francisco, que conhece o Sr. Reza e vai cá ficar a dormir”. O marido era simpático e achou a situação normalíssima.
No fundo estas pessoas vivem sem grande coisa que fazer a não ser trabalhar e voltar para casa e quando têm alguém de outro país que lhes fala de coisas que só vêm nos filmes ficam fascinados. Mesmo as pessoas que encontramos na rua recebem-nos o melhor possível e não se cansam de repetir “welcome to Iran”.
Depois do jantar levaram-me a visitar a cidade. Fomos ver uma das fantásticas pontes com seis séculos de existência onde o Rei tinha um terraço particular de onde via as águas do Zayandehrood correrem e visitámos a extraordinária praça Imam onde há mais de quinhentos anos já se jogava Polo. Aqui o rei tinha não só um palácio no centro da praça, para quando queria ver o jogo, como uma mesquita particular, reservada para ele e as muitas mulheres.
Acabámos a noite num extraordinário “coffee shop” cheio de peças antigas de tudo quanto há nas paredes e tecto e pessoas sentadas a fumarem cachimbos de água e a beberem chá. Aqui, numa das zonas as mulheres podiam entrar e fumavam tanto ou mais que os homens. Um ambiente giríssimo.
Hoje fui ver outra das antigas pontes e regressei à praça. Dois rapazes convidaram-me para beber chá na loja de tapetes deles, junto à Mesquita que era como que um clube onde vários clientes se sentavam a tomar chá em amena cavaqueira. Às tantas entrou um que me disse: “eu vi-o ontem na “coffe shop” com uma família Iraniana”.
Por ali fiquei até regressar a casa pelas cinco da tarde.CHICO3

 

AUSTRIA FORA DOS PLANOS DE ECLESTONE

G.P.AUSTRIA FORA DOS PLANOS DE BERNIE ECLESTONE

 

Com a vaga de data a meio do Campeonato, após o G.P. da  Alemanha, muito se tem falado qual do país que poderá vir a ocupar esta data ainda dispoinivel.A tal ponto que a imprensa italiana ja falou que Portugal seria uma hipótese, mas não acreditamos, pois o pais em recessão e ainda se teria de pagar nada menos do que 20 milhões de dólares para ter o circo da F 1 pela pista do Algarve.Por outro lado a hipotese Portugal, não tem grande cabimento,m pois recorde-se que a pista algarvia ainda não liquidou as dividas com Bernie Eclesetone.Mas os lobbys continuam,a Turquia aparece bem posicionada, mas o governo turco j548272 10152243322115201_770468395_na disse que não financiava.A hipótese Austria também está fora do "baralho", mas existe a hipótese Grande Prémio de França a ter lugar em Paul Ricard.Vamos ter de esperar para ver.

 

GT BRASIL

Com mais um pódio Equipe CRT encerra temporada 2012 da GT3

Os campeões são Duda Rosa e Cleber Faria, com uma Mercedes-Benz SLS AMG GT3

- O Autódromo Internacional José Carlos Pace recebeu neste domingo (16) a última corrida do ano do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo. Partindo da quarta colocação, Rafael Derani deu um show e já na largada assumiu a ponta. Imprimindo um ritmo forte, a Ferrari entrou para a troca de pilotos com quase dez segundos de vantagem. Depois, sofrendo com a falta de ritmo da Ferrari por causa das equalizações, Ricci completou a prova na terceira colocação.

Rafael Derani falou sobre a corrida da sua dupla com Cláudio Ricci. "Eu comecei bem, de início consegui assumir a ponta e tentei imprimir um ritmo forte para aproveitar que o carro estava bom. Aproveitei minha parte na prova e deu tudo certo, sai bastante satisfeito com o que fizemos. Sofremos muito durante a temporada com problemas, mas lidamos bem com isso e o resultado foi bom. Espero que seja ainda melhor em 2013. De qualquer forma gostaria de parabenizar o Duda e o Cleber pelo título, que foi merecido", encerrou.

Com o resultado final da corrida deste domingo em Interlagos o campeonato ficou com a dupla Duda Rosa e Cleber Faria com 205 pontos. Um atrás, Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio ficaram em terceiro com 182 e Ricci e Derani em quarto com 174. Confira o resultado final da última etapa e a classificação completa do campeonato.

2ª Corrida - Gran Turismo
1º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM, SP/SP), 29 voltas em 50:18.280 (média de 149,39 km/h)
2º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB , SP/RS), a 39.575
3º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 41.304
4º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU , PR/PR), a 41.774
5º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB , SP/SP), a 1:00.411
6º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB , SP/SP), a 1:01.607
7º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS), a 1 volta
8º) 10 - F.Toledo/P.Ventura (LA , RS/RS), a 2 voltas
9º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS), a 2 voltas
10º) 61 - F.G.Croce/D.Croce (CO , SP/SP), a 15 voltas
11º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE , SC/MT), a 18 voltas
12º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 28 voltas
13º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM , PA/SP), a 28 voltas

Classificação do Campeonato: GT3:
1 - Duda Rosa/Cleber Faria - Mercedes-Benz SLS AMG - 205 pontos;
2 - Cacá Bueno/Cláudio Dahruj - BMW Z4 GT3 - 204;
3 - Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio - Mercedes SLS AMG - 182;
4 - Cláudio Ricci/Rafael Derani - Ferrari 458 - 174;
5 - Allam Khodair/Marcelo Hahn - Lamborghini LP600+ - 172;
6 - Renan Guerra/Vanuê Faria - Mercedes-Benz SLS AMG - 158;
7 - Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim - Audi R8 LMS - 149;
8 - Valdeno Brito/Constantino Júnior - BMW Z4 GT3 - 125;
9 - Andersom Toso/Carlos Kray - Lamborghini LP520 - 90;
10 - Felipe Tozzo/Raijan Mascarelo - Ferrari F430 - 84;
11 - Pierre Ventura - Lamborghini LP520 - 51;
12 - Fernando Croce -Corvette Z06R - 46;
13 - Ronaldo Kastropil - Lamborghini LP600 - 43;
13 - Fernando G. Croce - Corvette Z06R - 43;
15 - Cristiano Almeida - Lamborghini LP520 - 39;
16 - Fernando Poeta -Lamborghini LP560 - 37;
17 - Felipe Roso/Vinícius Roso - Ferrari F430 - 34;
18 - Henrique Assunção - Lamborghini LP 600+ - 29;
19 - Guilherme Figueiroa/Júlio Campos - Lamborghini LP600+ - 28;
20 - Daniel Croce - Corvette Z06R - 27;
20 - Roger Sandoval -Lamborghini LP560 - 27;
22 - Ramon Matias - Dodge Viper Competition Coupé - 20;
23 - Bruno Garfinkel - Lamborghini LP600+ - 16;
24 - Popó Bueno/Marcelo Franco - Ford GT - 11;
24 - Walter Derani - Ferrari F430 - 11;
26 - Fernando Fortes - Dogde Viper Competition Coupé - 10;
27 - Renato Cattalini - Dodge Viper Competition Coupé - 9;
27 - Alexandre Buneder - Lamborghini LP560 - 9;
29 - Lorenzo Varassin - Dodge Viper Competition Coupé - 8;
29 - Felipe Toledo - Lamborghini LP520 - 8.

 

GT BRASIL

 

Carlos Kray e Andersom Toso vencem corrida e o título da GT Premium

Dupla da Lamborghini LP520 contou ainda com o abandono dos principais rivais, Felipe Tozzo e Raijan Mascarello, de Ferrari F430

A primeira temporada da história da GT Premium tem seus campeões definidos: os pilotos Carlos Kray e Andersom Toso, de Lamborghini LP520, vencedores da corrida deste domingo (16) realizada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Raijan Mascarello e Felipe Tozzo, de Ferrari F430, abandonaram, porém ficaram com o vice-campeonato na categoria. Felipe Toledo e Pierre Ventura, também de Lamborghini, chegaram em segundo na corrida e os irmãos gêmeos Vinícius e Felipe Roso, com outra Ferrari, foram os terceiros colocados.

Os campeões eram só sorrisos após a corrida. "Não tenho o que falar. Como disse o Carlos, cara de quem ganha não é cara de quem perde e hoje o dia foi perfeito. Sabíamos que a nossa chance era que não chovesse e assim que acabou a corrida a chuva caiu.Ficamos felizes que a decisão premiou quem foi mais regular. Estivemos em cem por cento dos pódios, ganhamos várias corridas e pelo fator de descarte ainda corríamos o risco de perder o título. A felicidade é total e melhor ainda, ganhar e comemorar o título com a vitória", disse Andersom Toso.

Carlos Kray, parceiro de Toso há tempos em outras categorias, ficou feliz com o resultado e lembrou que o campeonato não é feito apenas de velocidade. "O Toso falou tudo. Ele fez uma excelente primeira parte de corrida e pressionou nossos concorrentes. No meu trecho foi só administrar e trazer o carro para a vitória, já que com o abandono deles já tínhamos garantido o título. Foi premiada a regularidade. Excelente para nós termos conseguido esse título", contou Kray.

A segunda colocação de outra Lamborghini, mostrou a força do carro em Interlagos. Pierre Ventura e Felipe Toledo, que estiveram próximos da vitória na corrida de sábado, apostavam na chuva para se dar bem. "A chance que nós tínhamos era a chuva. O capô, que voou ontem, vamos comprar outros assim conseguiremos fixar melhor para conseguirmos vencer uma prova. Nossa chance era apenas na chuva", comentou Pierre.

Felipe Toledo gostou de estrear com um pódio na categoria e contou como foi sua corrida."Eu acho que a categoria é excelente. Pretendo participar de mais corridas em 2013, quem sabe o campeonato todo. O Pierre disse tudo, a chuva era a nossa chance de conseguir algo melhor. Ontem se não fosse a perda do capô, teríamos conseguido vencer. De qualquer forma foi um bom final de semana e estou contente."

Fechando o pódio, os irmão gêmeos Felipe e Vinícius Roso, que voltaram após um forte acidente na etapa de Guaporé, tiveram problemas no começo, mas conseguiram se recuperar."Infelizmente não conseguimos participar de todas as provas, sofremos um acidente em Guaporé e nossa corrida foi um reflexo disso. Ontem trocamos a embreagem e acredito que alguns sensores do câmbio foram afetados, porque até esquentar as marchas não trocavam, com isso o povo sumiu e não tive muito o que fazer", disse Felipe.

2ª Corrida - Gran Turismo
1º) 46 - C.Kray/A.Toso (Lamborghini LP520 , RS/RS)
2º) 10 - F.Toledo/P.Ventura (Lamborghini LP520 , RS/RS)
3º) 4 - F.Roso/V.Roso (Ferrari F430 GT3 , RS/RS)
4º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (Ferrari F430 GT3 , SC/MT)

Classificação final do Campeonato: GT Premium
1 - Andersom Toso/Carlos Kray - Lamborghini LP520 - 251 pontos
2 - Felipe Tozzo/Raijan Mascarello - Ferrari F430 - 230
3 - Pierre Ventura - Lamborghini LP520 - 154
4 - Cristiano Almeida - Lamborghini LP520 - 124
5 - Felipe Roso/Vinícius Roso - Ferrari F430 - 92
6 - Ramon Matias - Dodge Viper Competition Coupé - 48
7 - Renato Cattalini - Dodge Viper Competition Coupé - 20
8 - Lorenzo Varassin - Dogde Viper Competition Coupé - 17
9 - Henrique Assunção/Fernando Fortes - Dodge Viper Competition Coupé - 13
9 - Felipe Toledo - Lamborghini LP520 - 13.

 

 

CRÓNICA DA VIAGEM DE SANDE E CASTRO PELO MUNDO

MAIS UMA CRÓNICA DE FRANCSICO SANDE E CASTRO

 

QUASE IA PRESO NO...IRÃO, VEJAM PORQUÊ???

 

Hoje pensei que iria ficar uns tempos “engavetado” no Irão.
Ontem à noite fui até ao centro de Sanandaj trocar dinheiro e dar uma volta a pé. Passei por um pequeno restaurante onde um homem na montra cozia uns tubérculos que depois regava com uma calda que parecia mel. Não faço ideia o que seria, mas tinham bom aspecto e provei um. Continuei sem saber o que estava a jantar mas era bom.
Hoje de manhã saí do Hotel cerca das dez da manhã com uma temperatura de 6º e vento bastante forte. Nos primeiros quilómetros subi uma serra sem qualquer vegetação e depois rodei durante uns cem quilómetros num planalto com uma forte ventania que fazia a moto dançar, o capacete vibrar, enquanto nas rectas andava inclinado como se fosse a curvar. Tive que rodar com muita atenção, a cento e poucos quilómetros por hora, pois de vez em quando apanhava com rabanadas que me arrastavam quase para a faixa contraria.
Da parte da tarde a coisa melhorou e apanhei um pouco de chuva, mas sem vento.
Acabei por parar duas vezes para atestar de gasolina. Nesta zona do país cada vez que paro junta-se gente a admirar a moto. Numa das bombas o movimentado e alegre grupo que me fazia muitas perguntas em Farsi para as quais eu não tinha obviamente resposta, não deixava de mexer em todos os botões da moto enquanto eu punha gasolina. Um dos personagens era um polícia fardado. Esse sim percebia o que dizia mas fingi também não entender. Não se cansava de repetir “passport, passport”. Eu disfarçava com medo que ele ficasse com o imprescindível documento, mas sem poder fugir mais à questão acabei mesmo por ter que passar o passaporte para as mãos do homem que quis ver se o meu visto estava em ordem.
Passados uns quilómetros uma operação stop em que me mandaram parar.
-         “hello, sir. Which country”?
-         Portugal
-         Ha, Portugal. Cristiano Ronaldo. I love Cristiano Ronaldo. Do you love Cristiano Ronaldo?
-         No.
-         No? You don’t love Cristiano Ronaldo?
-         No, but he is very good.
O homem olhou para mim com um ar incrédulo e mandou-me seguir viagem.
Parei num restaurante à beira da Estrada e mais uma vez se juntaram meia dúzia de homens a fazerem perguntas sobre a moto e a tirarem dezenas de fotografias aos vários membros do grupo junto à Honda.
Estava a chegar à cidade onde tencionava ficar quando à minha direita vejo uma central nuclear. Com toda a polémica que está a haver por causa das centrais nucleares iranianas não achei nada melhor que tirar umas fotografias à central. Estava eu quase s sentar-me de volta na moto quando parou um carro branco ao meu lado a dizer.
-Police, police. Your Passport.
O homem não estava nada com boa cara e quando hesitei em passar-lhe o Passaporte para as mãos ele começou a exaltar-se e sacou do cartão de polícia para que eu não tivesse dúvidas.
-         You are going to prison because you took pictures of the plant.
-         I’m sorry, I didn´t know one couldn´t
-         Park the motorcycle and switch it off.
Pegou no telefone e falou para um suposto chefe. Eu só percebi Tourist e Portugal mas a coisa parecia-me muito mal encaminhada. Ele pediu a máquina e ordenou que apagasse todas as fotografias da central. Depois entrou para o carro e disse para eu me sentar ao lado dele e que fechasse a porta. Voltou a dizer que eu ia preso e pediu-me o Passaporte. Estava a ver a vida a andar para trás.
Viu que os vistos estavam em ordem e, por fim, devolveu-me o passaporte e disse que podia ir embora.
Montei rapidamente na moto e … ala que se faz tarde. Uff, que cagaço.
Estava dez minutos depois em Adria, ainda com o coração acelerado, a perguntar por um Hotel, quando um homem dos seus quarenta anos estacionou junto à moto, saiu do carro e ficou a observar, fascinado, a Crosstourer. Arranquei e ele partiu atrás de mim. Quando parámos num semáforo perguntei-lhe se conhecia um Hotel ao que ele respondeu.
-         Hotel, no. Home, home. E fazia sinal para o seguir.
Por mais que eu repetisse “home, no. Hotel” ele insistia. “Hotel, no. Home, home”.
Pensei que a vida já não me podia correr pior naquele dia e lá fui atrás do homem até “home”.
Quando entrámos em casa dele a mulher e uma amiga fugiram para o quarto a rirem-se muito com a situação. Na sala estavam duas miúdas, de nove e onze anos filhas do casal e da amiga. Lá voltaram as duas mulheres passado um bocado com um ar de quem tinham estado a dar um jeito no penteado e lenço. Ele fez as apresentações. A mulher, que depois soube ter trinta anos, era muito bonita e parecia ser filha dele e a amiga era muito animada. A única palavra que o homem sabia em inglês era “home” mas as mulheres falavam qualquer coisa e acabámos por nos fazer entender lindamente. Eram todos simpatiquissimos. Trouxeram logo chá e fruta e insistiram para que ficasse lá a jantar e dormir. Gostei imenso de ali estar. Dei uma aula de Inglês à filha, joguei cartas com a amiga e ele propôs ir mostrar-me a cidade na sua “scooter”. Não me lembrei que era um iraniano ao volante de uma moto. Desde circular em sentido contrário por entre carros que andavam na faixa correta até rodar em cima dos passeios como se estivesse a andar na estrada, passando por razias em que eu tinha que encolher as pernas para não bater nos carros, passei por tudo um pouco. Demos uma volta pela cidade e depois levou-me ao bazar local, lindo, com tectos em cúpula. Às tantas entrámos numa porta estreita e descemos umas escadas que davam para uma espécie de clube com os mesmos tectos em cúpula feitos de pequenos tijolos. No meio da sala principal um lago e junto às paredes grandes camas em ferro, abertas de um dos lados onde jovens se juntam, de pernas cruzadas, a fumar cachimbos de água, um costume muito comum aqui não só nestes locais como nas casas particulares. Colocam dentro uns sabores a laranja ou outra fruta e fuma-se aquilo como quem bebe um copo com amigos. Naquele clube estavam umas dez daquelas camas com grupos de quatro e cinco miúdos ou homens mais velhos todos a fumar cachimbo em mera cavaqueira. Mulheres, obviamente não podem entrar, mas nas casas particulares também são grandes adeptas do cachimbo.
Dali seguimos para um “cofee shop” ainda dentro do enorme “bazar”. Um grande pátio no rés-do-chão, com um pé direito de três pisos tinha depois dos lados dois andares abertos para esse pátio com mesas e cadeiras. Explicaram-me que antes aquele local era uma espécie de Hotel. No pátio ficavam os camelos enquanto os donos comiam e dormiam nos patamares. Espectacular.CHICO2

 

WTCC -MACAU

WTCC EM AMCAU

 

A passagem do WTCC por Macau, gerou para a antiga colónia portuguesa cerca de 3,8 milhões de euros em apenas três dias o que não deixa de ser impressionate, pois por comparação com a edição do ano passado registou-se um aumento de mais 8%, o que naõ deixa de ser interessante, face à recessão que se sente um pouco por todo o globo.

 

Durante os quatro  dias em que as diferentes categorias de automóveis e motos rodaram pa pista da Guia, chamaram a atenção a mais de 72.000 espectadores ( bem abaixo da última edição do circuito da Boavista com "apenas 120.000 espectadores).Nas bancadas estiveram cerca de 25.000 pessoas, que também registou um acréscimo de quase 10% em relação ao ano passado.Por outro lado a edição deste ano do Grande Prémio de Macau contou com a presença de cerca de 1000 jornalistas, oriundos de trezentos orgãos de comunciação social, e provenientes de vintte e cinco países espalhados por todo o globo.

 

 

Para o ano, o Grande Premio de Macau comemora a sua 60ª edição, e sera disputado em dois fins de smeana separados, aliás como já aconteceu este ano.felixdacosta1 500x332

 

GT BRASIL

 

Duda Rosa e Cleber Faria são os campeões da GT3

Vitória em Interlagos ficou com Cacá Bueno e Cláudio Dahruj

 Chegou ao fim a temporada 2012 do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo. A última etapa do ano, realizada neste fim de semana em Interlagos, São Paulo, teve a vitória da dupla Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, de BMW Z4, porém mesmo com o resultado os pilotos viram o título ficar com Duda Rosa e Cleber Faria, de Mercedes-Benz SLS AMG, que chegaram na segunda posição. Rafael Derani e Cláudio Ricci, de Ferrari 458 Itália, completaram o grupo dos três melhores, encerrando um ano de sucesso do evento dentro e fora da pistas.

Vencedor da corrida, Cacá Bueno fez questão de parabenizar os campeões. "A corrida começou com um bom desempenho da Ferrari e do Dahruj, que perdeu um pouco de terreno no início, mas depois se achou. Quando eu sentei no carro estava difícil porque ele saia de frente, mas com o passar das voltas ele foi ficando melhor e consegui assumir a liderança. Estou feliz por vencer a corrida, pelo campeonato que fizemos e dou os parabéns aos campeões", encerra Cacá.

Parceiro de pilotagem de Cacá, Cláudio Dahruj, foi curto. "Eu quero parabenizar os campeões, porque durante o ano nós cometemos muitos erros e por isso, no contesto geral, eles mereceram", encerra. Segundo colocado na corrida, porém campeão pela primeira vez, Cleber Faria, dupla de Duda Rosa, homenageou seu pai pela conquista do título da GT3. "Estou muito feliz, porque é um marco na minha vida. Hoje, faz 32 anos que o meu pai morreu", diz.

"Então quero dedicar o resultado à ele. Demos tudo durante o ano, investimos muito na categoria trazendo a Mercedes-Benz SLS AMG e agora é só comemorar. Quero agradecer à todos os pilotos, jornalistas, minha equipe e meu parceiro pelo resultado", completou. Ressaltando a dificuldade da conquista, Duda Rosa falou sobre a superação feita para andar contra pilotos como Cacá Bueno e Allam Khodair.

"Para começar eu quero agradecer ao Cleber e ao Vanuê por me darem a oportunidade de voltar a uma categoria como a GT3. Ter a chance de voltar a correr contra pilotos como o Cacá, Khodair, Ricci, Jimenez, e tantos outros, com um nível tão grande e andar na frente foi bastante especial. Tive que me superar muito para andar perto deles, o que foi extremamente difícil. O ano não foi fácil e tentamos errar o mínimo possível. Me sinto a própria fênix por estar aqui de volta e andando bem", festejou Rosa.

Terceiro colocado na prova, representando a Ferrari 458 Itália, Rafael Derani falou sobre a corrida da sua dupla com Cláudio Ricci. "Eu comecei bem, de início consegui assumir a ponta e tentei imprimir um ritmo forte para aproveitar que o carro estava bom. Aproveitei minha parte na prova e deu tudo certo, sai bastante satisfeito com o que fizemos. Sofremos muito durante a temporada com problemas, mas lidamos bem com isso e o resultado foi bom. Espero que seja ainda melhor em 2013", encerrou.

Com o resultado final da corrida deste domingo (16) em Interlagos o campeonato ficou com a dupla Duda Rosa e Cleber Faria com 205 pontos. Um atrás, Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio ficaram em terceiro com 182 e Ricci e Derani em quarto com 174. Confira o resultado final da última etapa e a classificação completa do campeonato.

2ª Corrida - Gran Turismo

1º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM, SP/SP), 29 voltas em 50:18.280 (média de 149,39 km/h)
2º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB , SP/RS), a 39.575
3º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 41.304
4º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU , PR/PR), a 41.774
5º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB , SP/SP), a 1:00.411
6º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB , SP/SP), a 1:01.607
7º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS), a 1 volta
8º) 10 - F.Toledo/P.Ventura (LA , RS/RS), a 2 voltas
9º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS), a 2 voltas
10º) 61 - F.G.Croce/D.Croce (CO , SP/SP), a 15 voltas
11º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE , SC/MT), a 18 voltas
12º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 28 voltas
13º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM , PA/SP), a 28 voltas

Classificação do Campeonato: GT3:
1 - Duda Rosa/Cleber Faria - Mercedes-Benz SLS AMG - 205 pontos;
2 - Cacá Bueno/Cláudio Dahruj - BMW Z4 GT3 - 204;
3 - Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio - Mercedes SLS AMG - 182;
4 - Cláudio Ricci/Rafael Derani - Ferrari 458 - 174;
5 - Allam Khodair/Marcelo Hahn - Lamborghini LP600+ - 172;
6 - Renan Guerra/Vanuê Faria - Mercedes-Benz SLS AMG - 158;
7 - Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim - Audi R8 LMS - 149;
8 - Valdeno Brito/Constantino Júnior - BMW Z4 GT3 - 125;
9 - Andersom Toso/Carlos Kray - Lamborghini LP520 - 90;
10 - Felipe Tozzo/Raijan Mascarelo - Ferrari F430 - 84;
11 - Pierre Ventura - Lamborghini LP520 - 51;
12 - Fernando Croce -Corvette Z06R - 46;
13 - Ronaldo Kastropil - Lamborghini LP600 - 43;
13 - Fernando G. Croce - Corvette Z06R - 43;
15 - Cristiano Almeida - Lamborghini LP520 - 39;
16 - Fernando Poeta -Lamborghini LP560 - 37;
17 - Felipe Roso/Vinícius Roso - Ferrari F430 - 34;
18 - Henrique Assunção - Lamborghini LP 600+ - 29;
19 - Guilherme Figueiroa/Júlio Campos - Lamborghini LP600+ - 28;
20 - Daniel Croce - Corvette Z06R - 27;
20 - Roger Sandoval -Lamborghini LP560 - 27;
22 - Ramon Matias - Dodge Viper Competition Coupé - 20;
23 - Bruno Garfinkel - Lamborghini LP600+ - 16;
24 - Popó Bueno/Marcelo Franco - Ford GT - 11;
24 - Walter Derani - Ferrari F430 - 11;
26 - Fernando Fortes - Dogde Viper Competition Coupé - 10;
27 - Renato Cattalini - Dodge Viper Competition Coupé - 9;
27 - Alexandre Buneder - Lamborghini LP560 - 9;
29 - Lorenzo Varassin - Dodge Viper Competition Coupé - 8;
29 - Felipe Toledo - Lamborghini LP520 - 8.

 

CRÓNICA DA VIAGEM DE SANDE E CASTRO PELO MUNDO

CRÓNICAS DE FRANCISCO SANDE E CASTRO À VOLTA DO MUNDO

 

4 DE DEZEMBRO - REGRESSO A URUMIACHICO1

 

No Domingo fui finalmente buscar à Embaixada de Portugal em Teerão o “Carnet” que me enviaram de Portugal e sem o qual não podia entrar no país com a moto. À tarde liguei para o meu amigo que tem uma espécie de táxi que tinha andado às voltas comigo na manhã em que cheguei a Teerão. Dessa vez o carro podre em que ele tira a placa a dizer táxi da mala e coloca no tejadilho, tinha ficado sem motor de arranque a meio da manhã e eu fiz-lhe uma revisão eléctrica à beira da estrada que deu os seus frutos. O motor de arranque nunca mais deixou de trabalhar, mas agora eram as luzes que de vez em quando se apagavam. Disse-lhe que não pegava no trabalho de noite e lá me levou com o carro a acender e apagar as luzes até ao terminal dos autocarros. No fim não me queria cobrar o transporte e paguei-lhe quase à força. Pelo caminho passou por nós um outro tipo de táxi que ainda não tinha visto. Era conduzido por uma mulher e por fora dizia “women’s taxi”. Perguntei ao meu amigo o que era aquilo e ele disse que são táxis conduzidos por mulheres e reservados ao transporte de mulheres. Pedi-lhe que o apanhasse para tirar uma fotografia e ele respondeu: “É muito difícil porque as mulheres guiam muito bem e desembaraçam-se melhor no trânsito”
Apanhei o autocarro para Urumia às dez da noite e às oito da manhã estava a chegar à cidade do Hossein, que me esperava na central de camionagem. Contei-lhe que vinha no caminho a sonhar com o pequeno-almoço que a mãe dele faz, com excelentes ovos mexidos e compota e iogurte feitos por ela e lá fomos “at Sheakhloo’s for breakfast” antes de ele me levar à fronteira, a 50 Km dali, para levantar a moto.
Foi um processo complicado que durou perto de quatro horas com papeladas e mais papeladas a exigirem assinaturas de vários chefes perdidos ora no gabinete, ora no parque de estacionamento de terra, ora num outro edifício, sempre rodeados de um séquito de homens a quererem mais uma assinatura para conseguirem passar a fronteira. No final o chefe principal já se ria para mim e pediu-me desculpa por aquele tempo. Fui levantar a moto ao parque de segurança da fronteira, um lamaçal de onde me vi aflito para sair com a “Crosstourer” com pneus de estrada e voltámos finalmente a Urumia.
Já era tarde para me fazer à estrada de maneira que aproveitei para ir a um mecânico amigo do Hossein colar as protecções plásticas dos punhos que tinha partido nas vezes em que deixei a moto cair e que fazem falta nestes dias de baixas temperaturas pois não deixam o vento frio bater directamente nas mãos.
A semana passada um espanhol foi assaltado na estrada que eu pretendia apanhar e que passa junto a Teerão e por isso o Hossein recomendou-me seguir por um trajecto perto das fronteiras com o Iraque que é uma estrada com pouco movimento, mas onde não tem havido problemas.
Arranquei pelas dez e meia da manhã com o termómetro a marcar 5º.
Ontem tinha tido uma surpresa agradável quando fui atestar o depósito: paguei o equivalente a 4 euros. A gasolina de 95 octanas é vendida nas bombas a 22 cêntimos. Na província as bombas fora das cidades principais só têm gasolina de 85 octanas de maneira que foi a que tive que usar hoje. Essa custa 11 cêntimos o litro. A “Crosstourer” queixou-se um bocado, coitada, por lhe estar a dar de beber carrascão em vez de vinho de qualidade. Grilava em esforço a baixas rotações mas adaptou-se à situação. Que remédio. Também, a encher o depósito por 2 euros não se pode exigir muito.
Nestas estradas secundarias outro dos problemas é que as indicações muitas vezes estão só nos caracteres Farsi da língua deles e por isso tenho que parar, por vezes em sítios estranhos, para perguntar o caminho. Se em Teerão é difícil encontrar alguém que fale inglês aqui é quase impossível de maneira que lhes tenho que mostrar o mapa que consegui arranjar com as duas línguas para lhes explicar para onde quero ir.
Quando parei de uma das vezes cinco homens de bigode rodearam a moto e começaram todos a falar ao mesmo tempo sem que eu percebesse o que queriam. O problema é que um deles não saía da frente da moto. Por fim fui arrancando devagarinho a dizer que sim e mais também e a empurrar o homem com a moto até que ele lá se afastou. Não faço ideia o que quereriam.
Pelas quatro da tarde cheguei a uma cidade maior e perguntei a duas miúdas e um rapaz que vinham num carro, radiantes a acompanhar a moto, onde havia um Hotel. Eles ficaram satisfeitíssimos e trouxeram-me até um óptimo Hotel, quase novo, que pertence ao tio de uma das miúdas.

 

GT BRASIL

 

Jimenez e Boni terminam GT3 com saldo positivo

Com o mesmo número de vitórias de campeão e vice, dupla termina o ano na terceira colocação e encerra temporada com corrida difícil

O Campeonato Brasileiro de Gran Turismo terminou neste domingo (16) em Interlagos com sentimentos mistos. A dupla campeã foi decidida apenas na última volta e o título ficou nas mãos da dupla formada por Cleber Faria e Duda Rosa, restando a Cacá Bueno e Cláudio Dahruj o vice. Donos de grande campanha durante o campeonato, Sérgio Jimenez (GFS Software/MercadoRace/URacer/MG Pneus/Birel), e Paulo Bonifácio confirmaram a evolução que tiveram durante a disputa para terminar a disputa com a terceira colocação em número de pontos.

Depois do segundo lugar conquistado na corrida de sábado, Boni e Jimenez tiveram uma prova difícil na manhã deste domingo na capital paulista. "Nossa corrida hoje não foi boa, infelizmente. O Boni se envolveu na confusão da largada, houve um toque que quebrou o spliter dianteiro direito e isso prejudicou muito o desempenho do carro. Depois ainda fomos punidos com um drive through (passagem pela pista de rolamento dos boxes a uma velocidade limitada de 60 km/h), o que piorou um pouco o quadro", resumiu Jimenez, que terminou a prova na quinta posição, mesmo posto de largada da dupla da Pool Racing, que compete a bordo do Mercedes SLS AMG GT3

Bueno e Dahruj venceram a prova e tinham o título nas mãos até a volta final. Bastava que Faria e Rosa terminassem em terceiro lugar, mas no giro final o Mercedes de Rosa ultrapassou a Ferrari de Cláudio Ricci. O segundo lugar deu o título à dupla.

Jimenez fez um balanço positivo de sua temporada, que começou apenas na segunda rodada dupla do ano, em Curitiba. "Ficou muito claro que se tivéssemos disputado o campeonato inteiro desde o início, modéstia à parte, teríamos sido campeões. Só não estivemos no pódio em três das 14 corridas que disputamos, e ainda tivemos uma desclassificação em uma corrida que vencemos. De qualquer forma, foi um ano ótimo", destacou Sérgio, que entre os três primeiros foi quem sofreu mais com os descartes obrigatórios: 25 pontos (Bueno/Dahruj descartaram 21 pontos e Rosa/Faria, 19).

"Espero estar com a mesma equipe no ano que vem com a Mattheis e com o Boni como companheiro para iniciar a disputa desde o começo e aí sim brigar pelo título em igualdade de condições", finalizou.


2ª Corrida - Gran Turismo
1º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM, SP/SP), 29 voltas em 50:18.280 (média de 149,39 km/h)
2º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB , SP/RS), a 39.575
3º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 41.304
4º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU , PR/PR), a 41.774
5º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB , SP/SP), a 1:00.411
6º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB , SP/SP), a 1:01.607
7º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS), a 1 volta
8º) 10 - F.Toledo/P.Ventura (LA , RS/RS), a 2 voltas
9º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS), a 2 voltas
10º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BM , SP/RS), a 2 voltas
11º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BM , RS/BA), a 2 voltas
12º) 21 - F.Greco/V.Rossete (MA , SP/SP), a 3 voltas
13º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (AM , SP/SP), a 3 voltas
14º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (LO , SP/SP), a 3 voltas
15º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (FE , SP/SP), a 3 voltas
16º) 61 - F.G.Croce/D.Croce (CO , SP/SP), a 15 voltas
17º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE , SC/MT), a 18 voltas
18º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 28 voltas
19º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM , PA/SP), a 28 voltas
Melhor Volta: C.Bueno/C.Dahruj, 1:38.287 (158,19 km/h)

Final do Campeonato (com descartes):
Os cinco primeiros:
1-) Cleber Faria/Duda Rosa - 205 pontos (19 pontos descartados)
2-) Cacá Bueno/Claudio Dahruj - 204 (21 pontos descartados)
3-) Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio - 182 (25 pontos descartados)
4-) Cláudio Ricci/Rafael Derani - 174 (0 descartados)
5-) Allam Khodair/Marcelo Hahn - 172 pontos (0 descartados)
São descartados os dois piores resultados de cada dupla, um a cada metade da temporada. Abandonos também podem ser descartados, exceto desclassificações

 

IVECO NO DAKAR 2013

 

Iveco e FTP Industrial no Dakar 2013: Motores na Ribalta

IvecoDakar2013 01_500x332IvecoDakar2013 02_500x332
A Iveco e a FPT Industrial vão participar do Dakar 2013, na qualidade de
patrocinadores oficiais da equipa Petronas De Rooy Iveco. Depois de terem
subido ao topo do pódio com a equipa holandesa na pretérita edição desta
competição, este ano as duas empresas irão voltar a fornecer veículos, motores e
peças de substituição.
Dois Novos Trakker 4x4 (Evolution 3), dois Novos Trakker 4x4 (Evolution 2) e um
Iveco Powerstar: são estes os veículos Iveco que irão atravessar a América do Sul
desde Lima, capital do Peru, para onde está agendada a partida a 5 de janeiro, até
Santiago, a maior cidade do Chile, onde a corrida terminará a 20 do mesmo mês.
Todos os veículos Iveco que irão participar na edição 2013 do Dakar estarão
equipados com o motor Cursor 13 da FPT Industrial. Ao volante irão estar os
pilotos Gerard de Rooy, Miki Biasion, Hans Stacey, René Kuipers e Jo Adua.
Os motores FTP Industrial
Graças às contínuas atividades de pesquisa e desenvolvimento, os motores
Cursor 13 de seis cilindros adotam as mais avançadas tecnologias, tais como o
sistema de injeção commonrail HD de segunda geração, que pode atingir
pressões máximas de injecção de 2.200 bar. Estes motores garantem grandes
níveis de potência e binário, uma resposta rápida e máxima robustez e fiabilidade,
com reduzidos custos operacionais.
Para garantir estas qualidades de excelência, os motores FPT Industrial são
submetidos a milhares de horas de severos testes antes de serem colocados no
mercado e, acima de tudo, são testados nos altamente exigentes ambientes de
competição, como o Dakar.
Prova disso são os sucessos alcançados por outro motor da série Cursor, na
versão de nove de litros e 650 cv, no campo das competições nauticas. A
exatamente um ano do registo do recorde obtido na ligação Monte Carlo-Veneza

 

Prova disso são os sucessos alcançados por outro motor da série Cursor, na
versão de nove de litros e 650 cv, no campo das competições nauticas. A
exatamente um ano do registo do recorde obtido na ligação Monte Carlo-Veneza,
uma outra embarcação de Fabio Buzzi (campeão náutico e construtor de iates),
equipada com dois blocos FPT Industrial Cursor 9, bateu o recorde de ligação
entre Nova Iorque e as Bermudas, melhorando em 4 horas e 33 minutos o anterior
registo.

Adicionalmente às grandes conquistas no campo desportivo, 2012 foi um ano
repleto de sucessos para os motores FPT Industrial: " International Truck of the
Year 2013" para o Iveco Stralis Hi-Way, com motorização Cursor; novos registos
de eficiência de consumos no “Nebraska Trator Test” com os tratores CASE IH
Steiger®, também equipados com blocos Cursor; "Best of Specialized 2013” na
iniciativa “Trator of the Year Awards" com o trator New Holland T 4060 F, com
motor NEF 45.
Estes prémios, em conjunto com as vitórias no campo das competições
desportivas, são evidências do excelente desempenho, qualidade e fiabilidade dos
motores FPT Industrial.
Iveco
A IVECO, empresa do Gruppo Fiat Industrial, desenha, fabrica e comercializa uma vasta
gama de veículos comerciais ligeiros, médios e pesados, camiões de todo-o-terreno,
autocarros urbanos, interurbanos e de longo curso, assim como veículos especiais para
variadas aplicações, como o combate a incêndios, missões fora-de-estrada, defesa e
proteção civil.
Empregando cerca de 25.000 pessoas, a IVECO produz em 11 países com recurso a
tecnologia de excelência. Para além da Europa, a companhia opera na China, Rússia,
Austrália e América Latina. Cerca de 5.000 pontos de vendas e serviço em mais de 160
países garantem apoio técnico a qualquer veículo IVECO que esteja a operar, em qualquer
ponto do mundo.
FPT Industrial
A FPT Industrial é a empresa da Fiat Industrial dedicada aos projetos, produção e
comercialização dos motores para aplicação em veículos industriais, na estrada e fora dela,
bem como motores para uso marítimo e geradores de energia. O setor emprega cerca de
8.000 pessoas um pouco por todo o mundo, divididos por dez fábricas e seis Centros de
Pesquisa e Desenvolvimento; 100 concessionários e outros 1.300 pontos de assistência
garantem a presença da FPT Industrial em cerca de 100 países.
Uma gama de produtos extremamente ampla (cinco famílias de motores com potências que
variam entre os 37 e os 640 kW e com um binário máximo entre os 300 e os 500 Nm) e um
grande foco em Pesquisa e Desenvolvimento tornam a FPT Industrial num protagonista a
nível mundial no setor de propulsores para uso industrial.

a FPT Industrial num protagonista a
nível mundial no setor de propulsores para uso industrial.

 

MERCEDES BENZ GRAND CHALLENGE - BRASIL

 

Mercedes-Benz Grand Challenge: dever cumprido para a Rsports Racing


A equipe participou neste domingo da etapa que fechou a temporada 2012, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A segunda corrida aconteceu neste domingo

Garra e superação! Estas são as palavras perfeitas para um time como a Rsports Racing, que após um ano de competições pelo campeonato de turismo nacional, o Mercedes-Benz Grand Challenge-Gran Turismo, encerrou com mais um pódio na temporada. A segunda corrida do final de semana no Autódromo de Interlagos foi de comemoração com Edson Coelho Jr. no quinto lugar, depois da disputa acirrada por posições nas 15 voltas da competição deste domingo (16) no Autódromo José Carlos Pace, no bairro de Interlagos, em São Paulo (SP). 

O clima instável do final de semana foi novamente o maior adversário dos pilotos da Rsports Racing. Fernando Amorim Jr. (#88), que fez a pole na penúltima etapa, partiu na corrida deste domingo da 7º fila no grid. "Tentamos jogar contra a ocasião. Apostei na troca de pneu, logo que começou a chover e com a entrada do Safety Car entrei para box e coloquei pneu de chuva, mas infelizmente não foi o que aconteceu e a pista secou. Perdi mais tempo ao colocar o pneu slick novamente e por isso não tinha como tentar uma melhor posição", explicou o piloto campineiro que leva as cores da Fiolux.

Amorim Jr. já renovou com a equipe Rsports Racing e fará sua terceira temporada no Mercedes #88. "Tenho sido competitivo, em todas as etapas deste ano andamos na frente e quero ir atrás do meu primeiro título", acrescentou o piloto que encerrou com a décima primeira colocação na classificação final e 90 pontos.

O piloto de 18 anos, neste domingo, largou da quinta posição no grid, após a conquista da segunda colocação na corrida do sábado. Edson Jr. #99 (EMC Sistemas e Neide Buffet) participou de cinco etapas das oito programadas, sendo que no total foram dez corridas e oito pódios "A temporada foi muito bacana eu aprendi muito, os resultados foram muitos bons, conheci pistas novas, ritmo de corrida, de pilotagem e a alavancada na carreira com a divulgação. A experiência que tive foi excelente, tanto com o chefe e equipe e piloto Leandro Romera, como com os mecânicos que são competentes e tem muita bagagem. Espero que toda essa exposição dê resultado e que eu consiga me manter na categoria. Ano que vem se tudo der certo pretendo buscar o título", conta o mineiro de João Monlevade. 

Na segunda volta parou de chover e foi dada a relargada. Edinho Jr. assumiu a terceira posição numa sensacional ultrapassagem pelo carro 35 de Rubens Tilkian. Durante toda a corrida o piloto foi pressionado e brigou para manter sua posição. Na fase final, o destaque na corrida foi a disputa acirrada com inúmeras trocas de posições entre os bólidos # 99 e #98 (Arnaldo Diniz) pelo quarto e quinto lugar. "Foi uma prova ótima, tinha um carro bom. Um excelente resultado", disse Edson que somou 110 pontos, garantindo a sexta posição na classificação geral do Mercedes-Benz Grand Challenge.

Alexandre Papazissis, carro #36, também foi vítima do clima variável. "Adotamos uma estratégia e apostamos na chuva, mas a decisão não foi a mais acertada, pois o tempo melhorou", destacou o piloto paulista (Napa Parts), marcou 78 pontos e é o décimo segundo colocado no campeonato. Seu companheiro de cockpit, Beto Santos, é o 14º, fez 71 pontos.

A equipe RSports Racing conta com patrocínio da Napa Parts, RTA Indústria de Peças Automotivas, www.gainerautopecas.com.br, NGK, Stock AIG Under Cars Parts, KS, Reach Radiadores, SB&S Corretora, Fiolux, EMC Sistemas, Neide Buffet e apoio da Nestlé Nescafé Dolce Gusto.

2ª Corrida - Mercedes Benz GC
1º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 15 voltas em 30:21.274 (média de 128,05 km/h)
2º) 35 - Rubens Tilkian (MB , SP), a 0.972
3º) 98 - Fernando Junior (MB , RS), a 6.888
4º) 77 - Arnaldo Diniz (MB , SP), a 9.187
5º) 99 - Edson Junior (MB , RS), a 10.608
6º) 21 - Peter Gottschalk (MB , SP), a 32.366
7º) 12 - Leo De Nigris (MB , SP), a 35.122
8º) 25 - Renato Camargo (MB , SP), a 44.146
9º) 73 - Sergio Martinez (MB , SP), a 50.963
10º) 22 - Rafael Zappellini (MB , SP), a 1:13.651
11º) 55 - Robero Santos (MB , SP), a 1 volta
12º) 60 - Cesare Marrucci (MB , SP), a 1 volta
13º) 31 - Marcio Campos (MB , RS), a 2 voltas

15º) 36 - Alexandre Papazissis (MB , SP), a 2 voltas
16º) 7 - Beto Rossi (MB , SP), a 3 voltas
17º) 47 - Marcos Paioli (MB , SP), a 14 voltas

Melhor Volta: Fernando Junior, 1:57.025 (132,86 km/h)
fonte: CRONOMAP Timing
www.cronomap.com.br
Mais informações: 
Site: www.rsportsracing.com.br
Facebook: Rsports Racing
Twitter: @RsportsRacing

 

TOYOTA LIDERA

 

TOYOTA LIDERA PELO 3º ANO CONSECUTIVO EM QUALIDADE E FIABILIDADE NO EXIGÊNTE RELATÓRIO TÜV 2013

A Toyota foi a marca com melhor performance no relatório TÜV 2013. Neste último relatório publicado pela agência alemã de inspeção técnica de segurança, TÜV, nada menos do que 29 carros Toyota integram o Top 50 de carros mais fiáveis em diferentes categorias , dos quais 20 Toyota estão no Top 10, com o Prius a liderar na categoria de carros com idades entre os quatro e cinco anos. 

Na categoria "dois e três anos de utilização" foram quatro os carros Toyota que entraram no Top 10, com o Avensis, o Prius, o Yaris e o iQ. O Toyota Prius apresentou o mais baixo índice de problemas na categoria dos carros entre os quatro e cinco anos, seguidos de perto pelo Auris e Corolla na terceira e quarta posição. Em categorias de carros mais antigos, o Verso e o RAV4 conseguiram igualmente um bom desempenho. 

Toyota liderou igualmente as edições anteriores dos relatórios TÜV. Com a renovação este ano da excelente performance dos carros Toyota evidencia-se ainda mais a elevada qualidade e fiabilidade e longa durabilidade da marca. 

Publicado pela primeira vez há quatro décadas, o relatório anual da TÜV passou a ser um importante guia para os consumidores ao dar a conhecer a fiabilidade a longo prazo e a qualidade global dos automóveis disponíveis no mercado. 

A maioria das inspeções técnicas obrigatórias na Alemanha é realizada nos centros da rede TÜV. O relatório TÜV 2013 é baseado nos dados de mais de 8.1 milhões de veículos inspecionados pela TÜV entre julho de 2011 e junho de 2012.toyota1 500x332toyota2 500x332

 

MERCEDES BENZ GRAND CHALLENGE - BRASIL

 

Edson Coelho Jr. conquista mais um pódio no Mercedes-Benz Grand Challenge

 

 

Com muita chuva e disputas em todas as voltas, o piloto monlevadence chegou em segundo lugar na corrida de hoje.

 

 

Luciano Santos_SigCom_2_500x332Luciano Santos_SigCom_11_500x332 Aconteceu hoje a 1ª corrida deste final de semana do Mercedes-Benz Grand Challenge em Interlagos. O piloto natural de João Monlevade – MG garantiu mais um pódio com a segunda posição na prova.

 

Nos treinos de ontem, Edinho, que nunca havia andado com o MB C250 Turbo em Interlagos, aproveitou para conhecer os limites do carro e a eficiência dos pneus com pista molhada. A cada treino realizado, Edson Jr. conseguia se aproximar dos pilotos mais experientes e com o tempo de 2:13.488, obtido com chuva, garantiu a segunda colocação no último treino livre. “Os freios do carro são fantásticos e os pneus aderem muito, mesmo com chuva intensa. Ao contrário de outras categorias, o traçado de chuva não se altera muito em relação ao de pista seca, e isso me chamou muita atenção”, disse Edson Jr.

 

Hoje, no classificatório realizado pela manhã, com o segundo melhor tempo (2:11.576), o piloto do carro 99 conquistou uma vaga na primeira fila do grid de largada.

 

A corrida desta tarde teve sua largada com Safety Car, devido às condições de pista. Após as duas primeiras voltas, o carro de segurança foi retirado da pista. Edson Jr. permaneceu em segundo até a 4ª volta, quando assumiu a liderança da corrida. Manteve a ponta por duas voltas e então foi ultrapassado por um adversário. Nas últimas seis voltas, Coelho Jr. realizou uma corrida emocionante: com duas escapadas de pista e retomadas de tempo, a batalha pela primeira posição durou até a linha de chegada. “A chuva era muito forte e eu não enxergava quase nada devido ao spray formado pelo carro a minha frente, mesmo assim tivemos um ótimo resultado. O carro estava muito bem acertado e minha equipe está de parabéns”, comentou o piloto da Rsports Racing.

 

Para amanhã está programada a 2ª corrida e Edson Coelho Jr. irá largar na quinta posição, devido à inversão na ordem de chegada dos seis primeiros da corrida de hoje.

 

Assista amanhã ao Mercedes-Benz Grand Challenge pela RedeTV!, ao vivo para todo Brasil, ao meio dia.

 

Programação:

 

Domingo, 16 de dezembro de 2012
09h35 - 09h50: Warm-up
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 (ao vivo pela Rede TV!)

 

WTCC É NOTICIA

 

DUDUKALO:

 

DUDUEu não posso esperar para começar a testar
Aleksei Dudukalo vai se juntar a James Thompson LADA Esporte Lukoil para dirigir um dos carros da equipe LADA Granta no Mundial FIA Touring Car Championship 2013.
O motorista de 36 anos a partir de Moscovo vai enfrentar sua terceira temporada no WTCC, após dois anos ao volante de carros Lukoil Racing Team do SEAT León. Seu melhor resultado foi um segundo lugar atrás de seu companheiro de equipe, Gabriele Tarquini no Anel Eslováquia no ano passado.
Dudukalo não é novidade para LADA Sport, e conquistou o título de 2012 Corrida russo Gelo em um Lukoil-backed Lada Kalina.
"Eu estou contente de continuar competindo no WTCC, especialmente porque agora eu tenho a oportunidade de fazê-lo por uma equipe de fábrica e em um carro russo. Espero que James e eu vou fazer a vida difícil para nossos concorrentes. Eu não posso esperar para começar a testar o Granta LADA na pista! "Dudukalo disse.
LADA Esporte diretor Victor Shapovalov comentou: "Temos o prazer de recebê-Aleksei, e estamos confiantes de que ele tem o potencial para alcançar resultados muito bons em sua terceira temporada no Campeonato do Mundo."

 

GT BRASIL

 

Allam Khodair e Marcelo Hahn vencem etapa da GT3 em Interlagos

Titulo da categoria fica agora entre Cleber/Rosa e Cacá/Dahruj

 A primeira corrida da última etapa da temporada 2012 do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo teve a vitória da dupla Allam Khodair e Marcelo Hahn, de Lamborghini LP600+, após prova segura e com bastante água no traçado do Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Em segundo, Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio, de Mercedes-Benz SLS AMG e a Ferrari 458 Itália de Cláudio Ricci e Rafael Derani completou o grupo dos três melhores. Na briga do título, Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, de BMW Z4, chegaram em quarto e Duda Rosa e Cleber Faria, também de SLS, chegaram em sexto, formando agora o duelo pela conquista inédita de campeão da GT3.

Falando sobre o fim de semana até a vitória difícil, Allam Khodair explica. "A etapa não começou muito bem para nós, mas com a chuva a diferença que tínhamos para as BMW diminuiu, e uma vitória é sempre uma vitória. Na corrida deste domingo vamos buscar outra que é apenas o que nos interessa. Gostaria de dar os parabéns à nossa equipe porque conseguiram consertar o carro depois do acidente que sofri então este resultado é muito importante", diz Khodair.

Dupla de Allam, Marcelo Hahn dedicou a vitória ao seu parceiro de pilotagem na Lamborghini LP600+ da equipe Alfa Blau Motorsport. "Tenho que agradecer ao Allam, ele começou a construir esta vitória na classificação ao conquistar a pole. Depois, no box, me passou informações importantes de tudo que estava acontecendo com o carro. Tive um problema na saída da troca de pilotos com o Dahruj, mas o passei na marra e fui em frente", disse o piloto.

"Na verdade estamos ainda com muita diferença de desempenho em relação às BMW, o Allam é um grande piloto e acho que ele está fazendo a diferença. Tomei um segundo do Dahruj na classificação para a corrida de domingo, por isso acho que o Khodair é o grande destaque desta vitória. Só fica o meu protesto em relação a superioridade das duas Z4 em relação aos outros", encerra Marcelo Hahn.

Feliz com o resultado, Sérgio Jimenez, dupla de Paulo Bonifácio na Mercedes-Benz SLS AMG da Pool Racing destacou o esforço feito pelo time. "Bom, está claro que o nosso carro não está competitivo neste fim de semana em Interlagos. Estivemos mais fortes em outras pistas, mas em Interlagos este não é o caso. As duas BMW estão muito fortes e isso é algo que a Comissão GT precisa rever, porque se não tivesse chovido a corrida não teria graça", fala Jimenez.

"Nosso carro estava muito difícil de guiar, quando o Boni entrou ele estava entre dois concorrentes, manteve a calma e mesmo tomando um toque forte trouxe o carro até o final no segundo lugar, que é onde devemos estar", completa Sérgio, se referindo ao toque dado em Boni por Constantino Jr que acabou tomando um drive-throught pela manobra. Feliz com o resultado, Paulo falou. "Foi uma corrida complicada para nós".

"A pista foi secando e mexemos na frente do carro para ver se melhorava, só que os pneus deterioraram-se e o Constantino era um planeta mais rápido que eu. Quando ele veio pra cima senti que ia bater e foi o que aconteceu, mas apesar de ter sido forte, meu carro não sofreu com isso e continuamos e terminamos bem. De toda forma, eu também gostaria de deixar um protesto com a equalização dos carros da categoria que não estão bem como deveriam", completa.

"Estamos aqui para correr de igual para igual, corremos 17 provas, vencemos sete, fizemos seis segundos lugares e outros resultados, trouxemos a Mercedes e temos a BMW no grid que está bem mais leve, mais potente quando na verdade deveria estar parecido com o nosso", explica Paulo Bonifácio.

No pódio pela terceira vez seguida, Cláudio Ricci, dupla de Rafael Derani, na Ferrari 458 Itália, disse que imaginava ter dificuldade na pista molhada. "Era algo que já sabíamos que aconteceria. Nosso carro é o que tem menos pressão aerodinâmica na categoria, por isso não daria para acompanhar de perto as duas BMW e as três SLS. Mais uma vez fizemos um bom trabalho e fomos recompensados por isso", ressalta Ricci.

"Dos três carros nas posições de frente, todos estão com equalização da FIA e acabamos sendo penalizados por isso, ao contrário de quem não foi tão bem durante o ano e foi bastante ajudado. Quando estamos bem, vamos ao pódio, vencemos corridas, mas agora vamos nos preocupar em encerrar bem a temporada e nos planejar para o ano que vem", completa Cláudio Ricci.

"A minha corrida para falar a verdade foi chata", diz Rafael Derani. "Eu estava muito à frente dos outros e atrás dos carros que estavam nas duas primeiras posições, então só levei a Ferrari até o final. O carro estava com um desempenho bom, então embora não tenha consegui brigar com ninguém tive uma prova divertida, então agora espero vencer a última corrida para começar bem a temporada que vem", encerra Derani.

Com os resultados da corrida deste sábado (15) da GT3 apenas as duplas Cleber Faria e Duda Rosa, de Mercedes-Benz SLS AMG, e Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, de BMW Z4, possuem chances matemáticas de título, devido aos descartes obrigatórios, que será definido neste domingo (16), às 13hs, com transmissão ao vivo para todo o Brasil pelo SporTV, RedeTV, PortalGT.com.brUOL.com.br e TotalRace.com.br 

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike 
15h10 - Premiação dos Campeonatos

1ª Corrida - Gran Turismo

1º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA, SP/SP), 26 voltas em 51:32.734 (média de 130,71 km/h)
2º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB , SP/SP), a 15.522
3º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 26.425
4º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM , SP/SP), a 38.518
5º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM , PA/SP), a 39.027
6º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB , SP/RS), a 1:00.171
7º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU , PR/PR), a 1:03.524
8º) 61 - F.G.Croce/D.Croce (CO , SP/SP), a 1 volta
9º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE , SC/MT), a 1 volta
10º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS), a 1 volta
11º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS), a 1 volta
12º) 10 - F.Toledo/P.Ventura (LA , RS/RS), a 2 voltas
13º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB , SP/SP), a 5 voltas

Classificação GT3
1 - Duda Rosa/Cleber Faria - Mercedes-Benz SLS AMG; 197 pontos;
2 - Cacá Bueno/Cláudio Dahruj - BMW Z4 GT3; 194;
3 - Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio - Mercedes SLS AMG; 181;
4 - Allam Khodair/Marcelo Hahn - Lamborghini LP600+; 172;
5 - Cláudio Ricci/Rafael Derani - Ferrari 458; 159;
6 - Renan Guerra/Vanuê Faria - Mercedes-Benz SLS AMG; 148;
7 - Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim - Audi R8 LMS; 136;
8 - Valdeno Brito/Constantino Júnior - BMW Z4 GT3; 125;
9 - Andersom Toso/Carlos Kray - Lamborghini LP520; 86;
10 - Felipe Tozzo/Raijan Mascarelo - Ferrari F430; 84;
11 - Ronaldo Kastropil - Lamborghini LP600; 47; 
11 - Pierre Ventura - Lamborghini LP520; 47;
13 - Fernando Croce -Corvette Z06R; 46;
14 - Fernando G. Croce - Corvette Z06R; 43;
15 - Cristiano de Almeida - Lamborghini LP520, 39;
16 - Fernando Poeta -Lamborghini LP560; 37; 
17 - Henrique Assunção - Lamborghini LP 600+; 29;
18 - Guilherme Figueiroa/Júlio Campos - Lamborghini LP600; 28;
19 - Daniel Croce - Corvette Z06R; 27; 
19 - Roger Sandoval -Lamborghini LP560; 27;
19 - Felipe Roso/Vinícius Roso - Ferrari F430; 27;
22 - Ramon Matias - Dodge Viper Competition Coupé; 20;
23 - Bruno Garfinkel - Lamborghini LP600; 16;
24 - Popó Bueno/Marcelo Franco - Ford GT; 11;
24 - Walter Derani - Ferrari F430; 11;
26 - Fernando Fortes - Dogde Viper Competition Coupé; 10;
27 - Alexandre Buneder - Lamborghini LP560; 9;
27 - Renato Cattalini - Dodge Viper Competition Coupé; 9;
29 - Lorenzo Varassin - Dodge Viper Competition Coupé; 8;
30 - Felipe Toledo - Lamborghini LP520; 4.

 

 

O BOSS DA F1 SO QUERIA DEZ EQUIPAS

BERNIE ECLESTONE SÓ QUERIA DEZ EQUIPA DE FÓRMULA 1 PARA 2013

 

Com os seus oitenta anos já feitos as poucas declarações que Bernie Eclestone vai deixando, o "boss" da F1, afirmou recentemente que o ideal para esta categoria era ter dez equipas, em vez das doze que tem participado.Segundo Eclestone, torna-se mais fácil gerir dez equipas, pois temos toda uma série de coisas para supervisionar, por exemplo o transporte, Bernie-Ecclestone-005 500x332 das dez equipas incluidas, há um nome que não pode falhar, a Ferrari.

 

GT NO BRASIL

 

Felipe Tozzo e Raijan Mascarello vencem e embolam briga pelo título da GT Premium

Andersom Toso e Carlos Kray chegam em terceiro e ainda lideram

 A primeira corrida da última etapa do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo foi disputada sob forte chuva no autódromo de Interlagos. Pela categoria GT Premium, a briga ficou ainda mais acirrada após a vitória da dupla Felipe Tozzo e Raijan Mascarello, com a Ferrari F430. Na segunda posição, ficaram os gêmeos Felipe e Vinícius Roso, completando dobradinha do modelo italiano. Carlos Kray e Andersom Toso, de Lamborghini LP520, líderes da tabela de pontos, ficaram na terceira colocação, deixando tudo mais apertado e indefinido para a final da temporada, que será neste domingo (16), às 13hs com transmissão ao vivo pelo SporTV, RedeTV, PortalGT.com.brUOL.com.br e TotalRace.com.br.

Felipe Tozzo contou como foi o motivo que os fez largar da última posição do grid. "A gente está tendo um problema e quando eu estou arrancando com o carro ele simplesmente apaga. Na largada aconteceu isso, apagou e eu fui para último. Lá atrás, eu não conseguia enxergar nada, vinha no spray e não podia arriscar acontecer alguma coisa. Consegui recuperei algumas posições e logo nas primeiras voltas o Kray acabou rodando, o que facilitou muito nosso trabalho", disse.

O companheiro de equipe de Felipe, Raijan Mascarello, classificou a corrida como tranquila, já que no momento em que assumiu a pilotagem da Ferrari já tinha uma grande vantagem. "Foi tranquilo, estava com uma distância segura na frente. Depois foi suave a tocada, sempre na ponta dos dedos porque a gente não pode errar. O campeonato está aberto tanto para eles quanto para nós, mas amanhã é a decisão. Vamos torcer para acontecer tudo normal, como hoje e conquistar o título", contou Raijan.

Segundo colocado, Felipe Roso comemorou a volta ao pódio e ao campeonato, depois do forte acidente de Guaporé, que os tirou de duas etapas. "Foi ótimo voltar. O carro ficou pronto na quinta-feira, mas chegamos aqui e ainda faltava um pouco de trabalho. Eu larguei bem, mas as marchas não estavam entrando na largada, por isso todo mundo me passou. Na sétima volta o câmbio começou a funcionar como deveria e eu consegui me recuperar na pista".

A volta a Interlagos foi motivo de comemoração para Vinícius Roso, que nunca havia andado em São Paulo com chuva. "Correr em Interlagos é sempre bom. Fazia mais de cinco anos que não corria aqui e nunca com chuva, muito menos com um carro como a Ferrari. O carro é muito difícil de segurar e como tivemos pouco treino, então eu fui me acostumando com o ritmo durante a corrida mesmo. A gente conseguiu chegar em segundo lugar, então fizemos nossa parte", encerrou Roso.

Terceiro na corrida, porém ainda líder do campeonato, Carlos Kray não quis colocar a culpa do resultado no acidente dos treinos e disse que o carro estava muito bom. "Na verdade o que aconteceu ontem ficou para ontem. A Lamborghini estava totalmente recuperada. Infelizmente no Laranjinha eu freei e apagou o carro. Muitas vezes ela apaga na hora que freia, forcei demais, apagou e eu rodei. Acabamos perdendo a posição para os Roso quando deixamos uma Mercedes GT3 passar, mas corridas são corridas", completou.

Andersom Toso acredita que o terceiro lugar de hoje foi lucro, depois de tantos problemas no final de semana. "A batida ontem foi muito forte. Quem viu o estado do carro chegou a ter dúvidas se íamos conseguir recuperar, mas a equipe fez um trabalho fantástico e corremos. O carro está pagando o preço da batida, porque ele estava impossível de guiar na segunda parte da corrida hoje, escorregava muito e deve ser alguma coisa de chassi e alinhamento. Vamos ver o que vai dar amanhã", ponderou Andersom. 

No domingo (16), a corrida de encerramento do ano e definição do título será às 13hs novamente ao vivo pelas três mídias http://www.uol.com.brhttp://www.totalrace.com.br e http://www.portalgt.com.br , e na TV pela RedeTV! e SporTV.

Confira a classificação o final da corrida 1 da GT Premium em Interlagos:
1º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE , SC/MT)
2º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS)
3º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS)
4º) 10 - F.Toledo/P.Ventura (LA , RS/RS)

Classificação do Campeonato: GT Premium
1 - Andersom Toso/Carlos Kray - Lamborghini LP520 - 246 pontos
2 - Felipe Tozzo/Raijan Mascarello - Ferrari F430 - 230
3 - Pierre Ventura - Lamborghini LP520 - 150
4 - Cristiano Almeida - Lamborghini LP520 - 124
4 - Felipe Roso/Vinícius Roso - Ferrari F430 - 77
5 - Ramon Matias - Dodge Viper Competition Coupé - 48
6 - Renato Cattalini - Dodge Viper Competition Coupé - 20
7 - Lorenzo Varassin - Dogde Viper Competition Coupé - 17
8 - Henrique Assunção/Fernando Fortes - Dodge Viper Competition Coupé - 13
8 - Felipe Toledo - Lamborghini LP520 - 13.

 

MERCEDES BENZ GRAND CHALLENGE - BRASIL

 

Rsports Racing faz a pole e sobe ao pódio do Mercedes-Benz Grand Challenge neste sábado


A penúltimada etapa de encerramento foi com chuva, sendo a primeira do calendário nessas condições

 No box da equipe do ABC paulista, a Rsports Racing, foi um sábado de comemorações, além de ter conquistado uma dobradinha com a pole position do piloto Amorim Jr e a segunda posição no grid de largada com o piloto Edson Coelho Jr., conquistou mais um pódio na temporada 2012 do Mercedes-Benz Grand Challenge que realiza sua oitava e última etapa do certame no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. A programação prossegue neste domingo, dia 16, com o warmup previsto para as 9h35, visitação de box entre 10h e 11h20 e a largada da última corrida às 12h01, com transmissão ao vivo pela Rede TV!, Portalgt.com.br e UOL.com.br.

Edson Coelho Jr, representante da cidade de João Molevade, Minas Gerais, volta ao pódio, depois de uma brilhante corrida. Ele chegou a assumir a liderança por algumas voltas. "Na trave de novo, quase conseguimos vencer pela primeira vez", diz Edson Coelho Jr. "Mas foi um resultado ótimo para mim, não tive um fim de semana positivo em Cascavel, então voltar a estar entre os três é muito bom. Hoje, a corrida foi bastante complicada pela quantidade de água na pista, mas fico feliz e orgulhoso de ter conquistado este resultado. Já competi aqui antes com chuva em outras categorias, mesmo assim era fácil errar", completa..

O piloto do Mercedes C250 Turbo de número 99 fez uma disputa limpa com Rubens Tilkian (Comark Racing), foram 13 voltas de pura adrenalina. "A equipe tem me dado um carro excelente para as corridas e amanhã vou buscar a primeira vitória", ressalta Edinho. 

Com a dificuldade acrescentada com o excesso de água na pista, Fernando Amorim Jr. (#88), não conseguiu permanecer na ponta do pelotão. "Prova com chuva como tinha dito antes é uma loteria. Vinha bem até a quarta volta quando houve um problema com a tração na subida da reta, com isso engatou a quarta marcha e para não bater na mureta fui obrigado a entrar para área de box. Retornei na 11ª posição, foi então que comecei a recuperar as colocações. Era o sexto na última volta, levei um toque, fui jogado para fora da pista e não tive como finalizar a corrida", conta. "A equipe vai trabalhar duro e terei o carro pronto para amanhã. Largando no final do grid, vou tentar o maior número de ultrapassagens para terminar bem a temporada", acrescenta o piloto de Campinas que largou pela terceira vez na pole do Mercedes-Benz Grand Challenge este ano em Interlagos.

Para Beto Santos diz que foi uma experiência enorme correr com chuva. "Já tinha feito uma corrida com chuva com outro carro, mas o Mercedes foi outra tocada e outro jeito de encarar o carro na pista e as linhas brancas interferem imediatamente na trajetória do carro. Rodei por duas vezes e estou levando como um aprendizado. Fiz uma ultrapassagem e mantive um ritmo confortável para chegar bem, completei na mesma posição de largada e por isso considero o saldo positivo", declara o piloto do bólido #36.

Humberto Santos fez um balanço da sua participação na categoria MBGC. "Para mim está sendo um ano maravilhoso. Sinto-me mais maduro no automobilismo. Tive a oportunidade de conhecer novas pistas e aprimorar minha tocada. Quero muito continuar correndo, os custos são muito altos, mas estamos nos esforçando em tornar viável mais um ano no automobilismo. Pretendo também continuar e ampliar nosso projeto social, procurando novas maneiras de atingir nosso objetivo, que é o de trazer um pouco de alegria a quem precisa", enfatiza o piloto paulista.

A equipe RSports Racing conta com patrocínio da Napa Parts, RTA Indústria de Peças Automotivas, www.gainerautopecas.com.br, NGK, Stock AIG Under Cars Parts, KS, Reach Radiadores, SB&S Corretora, Fiolux, EMC Sistemas, Neide Buffet e apoio da Nestlé Nescafé Dolce Gusto.

Classificatório realizado pela manhã - Mercedes Benz GC
1º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB, SP), 2:11.497, média de 118,24 Km/h
2º) 99 - Edson Junior (MB, RS), 2:11.576

3º) 60 - Cesare Marrucci (MB, SP), 2:11.691
4º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 2:11.847
5º) 98 - Fernando Junior (MB, RS), 2:11.867
6º) 47 - Marcos Paioli (MB, SP), 2:11.956
7º) 21 - Peter Gottschalk (MB, SP), 2:12.977
8º) 31 - João Campos (MB, RS), 2:13.458
9º) 25 - Renato Camargo (MB, SP), 2:13.929
10º) 73 - Michele Jesus (MB, SP), 2:13.943
11º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 2:14.308
12º) 36 - Humberto Santos (MB, SP), 2:14.941
13º) 22 - Luiz C Zappelini (MB, SP), 2:15.470
14º) 12 - Leo De Nigris (MB, SP), 2:16.389
15º) 7 - Beto Rossi (MB, SP), 2:16.482
16º) 55 - Robero Santos (MB, SP), 2:22.610
Melhor Volta: José F.Amorim Jr., 2:11.497 (118,24 km/h)

1ª Corrida - Mercedes Benz GC
1º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 13 voltas em 30:39.616 (média de 109,87 km/h)
2º) 99 - Edson Junior (MB , RS), a 0.720
3º) 47 - Marcos Paioli (MB , SP), a 6.109
4º) 98 - Fernando Junior (MB , RS), a 8.811
5º) 60 - Cesare Marrucci (MB , SP), a 24.776
6º) 11 - Neto De Nigris (MB , SP), a 27.386
7º) 12 - Leo De Nigris (MB , SP), a 37.353
8º) 73 - Michele Jesus (MB , SP), a 40.887
9º) 31 - João Campos (MB , RS), a 52.031
10º) 25 - Renato Camargo (MB , SP), a 59.327
11º) 7 - Beto Rossi (MB , SP), a 1:14.224
12º) 36 - Humberto Santos (MB , SP), a 1:33.765
>
14º) 55 - Robero Santos (MB , SP), a 1:43.044
15º) 22 - Luiz C Zappelini (MB , SP), a 2 voltas
16º) 77 - Arnaldo Diniz (MB , SP), a 8 voltas
17º) 21 - Peter Gottschalk (MB , SP), a 9 voltas

Melhor Volta: Rubens Tilkian, 2:12.096 (117,70 km/h)
Fonte: CRONOMAP Timing - www.cronomap.com.br

Classificação Mercedes-Benz Grand Challenge, após 15 corridas:
1º) Márcio Campos/João Campos, 231 pontos;
2º) Neto de Nigris, 196;
3º) Fernando Júnior, 195;
4º) Cesare Marrucci, 158;
5º) Rubens Tilkian, 149;
6º) Edson Júnior, 99;
7º) Leo de Nigris, 98;
8º) Michelle de Jesus, 94;
9º) Arnaldo Diniz Filho, 89;
10º) José Fernando Amorim Júnior, 88;
11º) Sérgio Martinez, 86; 
12º) Beto Santos, 70;
13º) Renato Camargo, 67;
14º) Beto Rossi, 54; 
15º) Alexandre Papazissis, 46;
16º) Peter GottschalkJunior, 45; 
17º) Marcos Paioli, 44;
17º) Carlos Kray, 44;
17º) Peter Michel Gottschalk, 44;
20º) Sérgio Chamon, 40;
21º) Rafael Zapelini/Luis Carlos Zapelini, 37;
22º) Roberto Santos, 24;
23º) Rodrigo Miguel, 17;
24º) Betão Fonseca, 15;
25º) Roberto Maggi, 6;
26º) Jorge Temake/Paulo Yamamoto, 2

Programação 

Domingo, 16/12
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike
15h10 - Premiação dos Campeonatos

 

GALERIA DE IMAGENS DOS FEUP NO ESTORIL

GALERIA DE IMAGENS DOS FEUP NO ESTORIL

 

Eis o primeiro grupo de imagens obtidas pelo nosso amigo e colaborador Nuno O530483 379861862102128_329857375_n_500x332531533 328134900608158_1654148263_n_500x332_500x332532293 328132253941756_678595577_n_500x332_500x332532583 379861645435483_148230781_n_500x332533536 379861425435505_1242026269_n_500x332534723 328133530608295_1258962592_n_500x332_500x332539716 328134200608228_318848061_n_500x332_500x332552618 328134520608196_1245841512_n_500x332_500x332553707 328134710608177_347598803_n_500x332_500x332553727 328133453941636_534736283_n_500x332556388 328132993941682_937197428_n_500x332_500x332556503 326783694076612_439800597_n_500x332_500x332556841 379861662102148_1964625983_n_500x332_500x332558438 328135770608071_1564663981_n_500x332_500x332558586 347245295363785_1122387700_n_500x332559692 379861435435504_474652687_n_500x332560911 328133280608320_1141279050_n_500x332_500x332561392 328133180608330_664011761_n_500x332_500x332562989 347240305364284_1727688426_n_500x332_500x332575095 289281604493488_624328184_n_500x332_500x332576010 328134270608221_1985005479_n_500x332_500x332577745 379861492102165_842881591_n_500x332_500x332578021 379861395435508_232384470_n_500x332_500x332578912 328136010608047_1675656350_n_500x332_500x332578912 328136010608047_1675656350_n_500x332_500x332rganista, alusivo à ultima prova reservada à Feup, que teve lugar no autódromo do Estoril.

 

Fotos de Nuno Organista - www.velocidadeonline.com

 

GT BRASIL

 

Jimenez/Boni cravam novo bom resultado

Depois da conquista histórica na Cascavel de Ouro, dupla novamente mostra força em Interlagos

Duas semanas depois da conquista história da Cascavel de Ouro - prova de gala do Campeonato Brasileiro de GT - a dupla Sergio Jimenez (GFS Software/MercadoRace/URacer/MG Pneus/Birel) e Paulo Bonifácio voltou a mostrar força na GT3 ao conquistar o segundo lugar na etapa deste sábado (15) em Interlagos. Os líderes do torneio Duda Rosa e Cleber Faria (Mercedes SLS AMG) terminaram na sexta posição. Segundos colocados na tabela, Cacá Bueno/Claudio Dahruj (BMW Z4) cruzaram a linha de chegada em quarto. A vitória coube ao Lamborghini LP600+ da dupla Allam Kodhair/Marcelo Hahn. 

Faltando aplicar o descarte da segunda metade do campeonato, Rosa/Faria passaram a somar 197 pontos, três a mais que Bueno/Dahruj e 16 a mais que Jimenez/Bonifácio - dupla que reduziu a desvantagem para os líderes, que antes era de 23 pontos. Mas o resultado tirou da dupla da Pool Racing a oportunidade de disputar o título na etapa deste domingo, que terá largada a partir das 13h50. "Somente se vencermos e as duas primeiras duplas forem desclassificadas nós poderemos ser campeões, algo praticamente impossível", resumiu Jimenez. "Nós não disputamos as duas primeiras provas, e isso está pesando agora. Mas até hoje conseguimos sete vitórias e seis segundos lugares, além de outras boas pontuações, em 17 corridas. Foi um bom ano, marcado por um grande trabalho da nossa equipe, e queremos encerrar a temporada neste domingo da melhor forma possível", continuou o piloto.

O início da prova foi dos mais complicados devido à forte chuva e aos vários trechos tomados pela formação de lâminas d’água - especialmente no Laranjinha e no S do Senna. "Os carros aquaplanavam muito", resumiu Jimenez, que largou em quarto e já no Laranja, em uma manobra ousada ainda na primeira volta, deixou para trás o BMW Z4 de Valdeno Brito. "Mas a pista como um todo estava muito escorregadia. Mesmo sendo o melhor Mercedes na pista, o nosso carro saía de traseira e isso nos atrapalhou, especialmente comparando com o que andavam os BMW e Lamborghini. Mas nossa equipe soube administrar a corrida da melhor forma; brigando para ter um bom resultado no final. Sem dúvida foi um excelente resultado", resumiu o piloto da GFS Software/MercadoRace/URacer/MG Pneus/Birel. Na rodada dupla anterior, o troféu Cascavel de Ouro, a dupla da equipe Pool também começou o fim de semana com um segundo lugar - concluindo com uma vitória na etapa do domingo.

Na 12ª das 26 voltas pelos 3.319 metros da pista, as condições do asfalto começaram a melhorar devido a uma chuva mais amena. Uma volta depois tiveram início as paradas para troca de pilotos, com Bonifácio assumindo o volante do Mercedes SLS AMG GT3, ainda na terceira posição. Cacá Bueno liderava com o BMW Z4 mas, ao assumir o volante, seu parceiro Claudio Dahruj saiu do box dois segundos antes do limite mínimo regulamentar de dois minutos. Pelo erro os comissários técnicos impuseram um drive-through aos então líderes da corrida - e Dahruj teve que completar a 15ª volta usando a pista de rolagem dos boxes a uma velocidade máxima de 60 km/h. Com isso, o BMW Z4 caiu para o quinto lugar.

Paulo Bonifácio assumiu a segunda posição, com Marcelo Hahn tomando a ponta de Dahruj, para não mais perder a dianteira. Mas a ação estava longe de terminar: aproveitando o bom rendimento de seu BMW, Constantino Júnior (parceiro de Valdeno Brito) passou a pressionar Bonifácio. Na 17ª volta, em uma das várias tentativas de ultrapassagem, Constantino e Boni se chocaram. O piloto do BMW levou a pior, pois a batida causou muitos danos à dianteira de seu carro, com o grande capô tampando quase completamente a visibilidade do lado direito do para-brisa. Após analisar a batida e verificar atitude antidesportiva, os comissários desportivos impuseram ao BMW um drive through, cumprido por Constantino na 18ª volta. Uma volta antes, o ex-líder Dahruj rodava no S do Senna, selando de vez suas pretensões na corrida.

"Mesmo sendo o melhor Mercedes, resultado do trabalho impecável da nossa equipe, nós ainda temos que melhorar nosso desempenho em relação aos Lamborghini e aos BMW", avaliou Sergio Jimenez. "Temos até amanhã cedo trabalhar a estabilidade na parte traseira. Vamos largar em quinto amanhã, na segunda corrida do fim de semana e última do ano. Não vai ser fácil, mas como sempre nós vamos acreditar até o fim", disse o piloto da Pool Racing.


SOBRE A ASSOCIAÇÃO RACING
A Associação RACING é uma associação civil sem fins lucrativos cujo objetivo é promover e auxiliar no desenvolvimento de pilotos de competição, além de desenvolver regras e métodos para a prática do kart no Brasil.


Visite o site do piloto: www.sjimenez.com.br

Siga-o no Twitter: @sjimenez10

Confira o resultado da prova em Interlagos: 
1º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA, SP/SP), 26 voltas em 51:32.734 (média de 130,71 km/h)
2º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB , SP/SP), a 15.522
3º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 26.425
4º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM , SP/SP), a 38.518
5º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM , PA/SP), a 39.027
6º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB , SP/RS), a 1:00.171
7º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU , PR/PR), a 1:03.524
8º) 61 - F.G.Croce/D.Croce (CO , SP/SP), a 1 volta
9º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE , SC/MT), a 1 volta
10º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS), a 1 volta
11º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS), a 1 volta
12º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (LO , SP/SP), a 2 voltas
13º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BM , SP/RS), a 2 voltas
14º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BM , RS/BA), a 2 voltas
15º) 10 - F.Toledo/P.Ventura (LA , RS/RS), a 2 voltas
16º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (AM , SP/SP), a 2 voltas
17º) 21 - F.Greco/V.Rossete (MA , SP/SP), a 2 voltas
18º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB , SP/SP), a 5 voltas
19º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (FE , SP/SP), a 7 voltas
fonte: CRONOMAP Timing
www.cronomap.com.br

Classificação do campeonato da GT3
1 - Duda Rosa/Cleber Faria - Mercedes-Benz SLS AMG; 197 pontos;
2 - Cacá Bueno/Cláudio Dahruj - BMW Z4 GT3; 194;
3 - Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio - Mercedes SLS AMG; 181;
4 - Allam Khodair/Marcelo Hahn - Lamborghini LP600+; 172;
5 - Cláudio Ricci/Rafael Derani - Ferrari 458; 159;
6 - Renan Guerra/Vanuê Faria - Mercedes-Benz SLS AMG; 148;
7 - Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim - Audi R8 LMS; 136;
8 - Valdeno Brito/Constantino Júnior - BMW Z4 GT3; 125;
9 - Andersom Toso/Carlos Kray - Lamborghini LP520; 86;
10 - Felipe Tozzo/Raijan Mascarelo - Ferrari F430; 84;
11 - Ronaldo Kastropil - Lamborghini LP600; 47; 
11 - Pierre Ventura - Lamborghini LP520; 47;
13 - Fernando Croce -Corvette Z06R; 46;
14 - Fernando G. Croce - Corvette Z06R; 43;
15 - Cristiano de Almeida - Lamborghini LP520, 39;
16 - Fernando Poeta -Lamborghini LP560; 37; 
17 - Henrique Assunção - Lamborghini LP 600+; 29;
18 - Guilherme Figueiroa/Júlio Campos - Lamborghini LP600; 28;
19 - Daniel Croce - Corvette Z06R; 27; 
19 - Roger Sandoval -Lamborghini LP560; 27;
19 - Felipe Roso/Vinícius Roso - Ferrari F430; 27;
22 - Ramon Matias - Dodge Viper Competition Coupé; 20;
23 - Bruno Garfinkel - Lamborghini LP600; 16;
24 - Popó Bueno/Marcelo Franco - Ford GT; 11;
24 - Walter Derani - Ferrari F430; 11;
26 - Fernando Fortes - Dogde Viper Competition Coupé; 10;
27 - Alexandre Buneder - Lamborghini LP560; 9;
27 - Renato Cattalini - Dodge Viper Competition Coupé; 9;
29 - Lorenzo Varassin - Dodge Viper Competition Coupé; 8;
30 - Felipe Toledo - Lamborghini LP520; 4.

 

PIRELLI QUER CORRIDAS MAIS DISPUTADAS

PIRELLI QUER CORRIDAS MAIS DUSPUTADAS

 

Sedo o fornecedor exclusivo para a Fórmula 1( fala-se que em 2014 poderá ter mais duas marcas concorrentes, a Michelin e Bridgestone de novo), a Pirelli pretende  em 2013 fornecer pneumáticos às equipas de forma a duraram pouco tempo em pista, de forma a aumentar o espectáculo com a mudança dos mesmos, isso consoante as condiçõess das pistas.A ideia de criar um tipo de pneu que possa durar toda a corrida, nãvisore f1_500x332o é do agrados responsaveis da Pirelli que no seu ponto de vista, retirava todo o espectáculo às provas de Fórmula 1

 

GT BRASIL

 

Decisão do título promete agitar Interlagos

40 pontos decidirão o campeão do Brasileiro de GT; distância da dupla líder para Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio é de apenas 23

Final de semana decisivo no Campeonato Brasileiro de GT em Interlagos, que recebe a partir de sexta-feira as supermáquinas para definir quem será o campeão da temporada 2012. E o piloto Sérgio Jimenez(GFS Software/MercadoRace/URacer/MG Pneus/Birel), que forma dupla com Paulo Bonifácio no Mercedes SLS AMG GT3 da Pool Racing, luta pela taça com uma dura concorrência.

A dupla tem 164 pontos e ocupa a terceira colocação 17 pontos atrás dos vice-líderes Cacá Bueno e Cláudio Dahruj e 23 atrás de Cleber Faria e Duda Rosa, que lideram a disputa. Com 40 pontos em jogo no final de semana, até a dupla que está em quarto na classificação (Allam Khodair/Marcelo Hahn, com 152 pontos) tem chances matemáticas de levantar a taça.

Para Jimenez, o objetivo é simples: chegar na frente dos adversários diretos. Executá-lo, no entanto, não é tarefa das mais fáceis. "São duplas que, como nós, mostraram uma regularidade muito grande no campeonato e andaram na frente o tempo todo. Contra nós pesa o fato de não termos disputado a primeira rodada dupla, e são pontos que estão fazendo muita falta", destacou Sérgio.

Interlagos, no entanto, é uma pista que guarda bons resultados do Mercedes SLS AMG GT3, que neste fim de semana vem com uma pintura "branco jeans" para celebrar o final do ano. "Em quatro corridas que fizemos com este carro aqui, temos uma vitória e três segundos lugares. Nossa meta é chegar na frente da concorrência, mas vamos precisar de alguma sorte porque também dependemos de resultados ruins deles para conquistarmos o título", destacou. 


SOBRE A ASSOCIAÇÃO RACING
A Associação RACING é uma associação civil sem fins lucrativos cujo objetivo é promover e auxiliar no desenvolvimento de pilotos de competição, além de desenvolver regras e métodos para a prática do kart no Brasil.

 

JOÃO SILVA PREPARA REGRESSO EM 2013

JOÃO SILVA PREPARA REGRESSO ÀS PISTAS EM 2013

 

O piloto de Vila de Conde, João Silva prepara o seu regresso às pistas em 2013, com o seu Ford Escort completamente renovado.O seu Escort fez apenas este anoa uama aparição pública numa exposição que houve na cidade situada junto ao rio Ave, no entanto soubemos, que para 2013, cerca de cinco pilotos todos oriundos da mesma localidade irão retornar,  com Minis ( dois e mais dois BMW)FOX 8883_500x332.Vamos ter de esperar para ver.

 

GT BRASIL

 

Ricci e Derani conquistam terceira colocação na primeira de Interlagos

Mesmo com o bom resultado, dupla deixa a disputa pelo título da atual temporada, que termina neste domingo em São Paulo

 A primeira corrida da última etapa do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo aconteceu nesse sábado no Autódromo Internacional José Carlos Pace e após largar apenas na quinta colocação, a Ferrari 458 Italia GT da equipe CRT chegou na terceira posição com a dupla Claudio Ricci e Rafael Derani. Os vencedores foram Allam Khodair e Marcello Hahn com uma Lamborghini LP600+, seguidos por Sergio Jimenez e Paulo Bonifácio de Mercedes-Benz SLS AMG GT3.

A largada da prova foi dada com carro de segurança, devido a grande quantidade de chuva que caía em São Paulo e na segunda volta, Ricci acabou perdendo a posição para Renan Guerra, com quem travou uma grande batalha até a troca de pilotos. "Já imaginávamos que teríamos dificuldades na chuva. Nosso carro é o que tem menos pressão aerodinâmica da categoria e se fosse no seco com certeza seria um pouco melhor. De qualquer forma sabíamos que não conseguiríamos acompanhar as BMW e talvez as Mercedes", disse.

Ricci ainda completou. "Fizemos um bom trabalho, nós três que estamos no pódio temos o carro FIA e estamos todos trabalhando bem. Acabamos sendo penalizados por isso, a comissão penalizou que fez o bom trabalho e ajudou quem não fez. Se virmos os resultados das BMW com todos as penalizações que eles levaram, desclassificações, eles poderiam estar folgados na frente. Quando o nosso carro não tem problemas, terminamos no pódio."

Rafael Derani ficou feliz com o resultado da corrida, mas considerou a corrida chata, pois o único desafio que teve foi lutar contra a Ferrari no piso molhado. "A minha corrida pra falar a verdade foi chata, porque estava 15 segundos atrás do Boni e sei lá quantos na frente da BMW. A sorte e que a BMW ficou tão rápida que até na troca eles são mais rápidos e tomam penalizações", brincou Rafael com a penalização sofrida pelo carro de Cacá Bueno e Claudio Dahruj.

"A única disputa que eu tive foi com os GT4. Passei muitos deles. Mas foi bom, porque nosso carro sem pressão aerodinâmica e desgasta muito os pneus. O carro ficou cada vez mais difícil de guiar e com isso mais engraçado. Já que estava sozinho foi bom e eu me diverti. Infelizmente agora acabaram nossas chances de título. Até hoje tínhamos chances matemáticas por causa dos descartes, então o jeito é tentar ganhar a corrida para ver se arrumo patrocínio para o ano que vêm", finalizou Rafael.

Com os resultados da corrida deste sábado da GT3 apenas as duplas Cleber Faria e Duda Rosa, de Mercedes-Benz SLS AMG GT3, e Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, de BMW Z4 GT3, possuem chances matemáticas de título, que será definido neste domingo, às 13hs, com transmissão ao vivo para todo o Brasil pelo SporTV, RedeTV, PortalGT.com.br,UOL.com.br e TotalRace.com.br 

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike 
15h10 - Premiação dos Campeonatos

1ª Corrida - Gran Turismo

1º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA, SP/SP), 26 voltas em 51:32.734 (média de 130,71 km/h)
2º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB , SP/SP), a 15.522
3º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 26.425
4º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM , SP/SP), a 38.518
5º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM , PA/SP), a 39.027
6º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB , SP/RS), a 1:00.171
7º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU , PR/PR), a 1:03.524
8º) 61 - F.G.Croce/D.Croce (CO , SP/SP), a 1 volta
9º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE , SC/MT), a 1 volta
10º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS), a 1 volta
11º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS), a 1 volta
12º) 10 - F.Toledo/P.Ventura (LA , RS/RS), a 2 voltas
13º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB , SP/SP), a 5 voltas

Classificação GT3
1 - Duda Rosa/Cleber Faria - Mercedes-Benz SLS AMG; 197 pontos;
2 - Cacá Bueno/Cláudio Dahruj - BMW Z4 GT3; 194;
3 - Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio - Mercedes SLS AMG; 181;
4 - Allam Khodair/Marcelo Hahn - Lamborghini LP600+; 172;
5 - Cláudio Ricci/Rafael Derani - Ferrari 458; 159;
6 - Renan Guerra/Vanuê Faria - Mercedes-Benz SLS AMG; 148;
7 - Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim - Audi R8 LMS; 136;
8 - Valdeno Brito/Constantino Júnior - BMW Z4 GT3; 125;
9 - Andersom Toso/Carlos Kray - Lamborghini LP520; 86;
10 - Felipe Tozzo/Raijan Mascarelo - Ferrari F430; 84;
11 - Ronaldo Kastropil - Lamborghini LP600; 47; 
11 - Pierre Ventura - Lamborghini LP520; 47;
13 - Fernando Croce -Corvette Z06R; 46;
14 - Fernando G. Croce - Corvette Z06R; 43;
15 - Cristiano de Almeida - Lamborghini LP520, 39;
16 - Fernando Poeta -Lamborghini LP560; 37; 
17 - Henrique Assunção - Lamborghini LP 600+; 29;
18 - Guilherme Figueiroa/Júlio Campos - Lamborghini LP600; 28;
19 - Daniel Croce - Corvette Z06R; 27; 
19 - Roger Sandoval -Lamborghini LP560; 27;
19 - Felipe Roso/Vinícius Roso - Ferrari F430; 27;
22 - Ramon Matias - Dodge Viper Competition Coupé; 20;
23 - Bruno Garfinkel - Lamborghini LP600; 16;
24 - Popó Bueno/Marcelo Franco - Ford GT; 11;
24 - Walter Derani - Ferrari F430; 11;
26 - Fernando Fortes - Dogde Viper Competition Coupé; 10;
27 - Alexandre Buneder - Lamborghini LP560; 9;
27 - Renato Cattalini - Dodge Viper Competition Coupé; 9;
29 - Lorenzo Varassin - Dodge Viper Competition Coupé; 8;
30 - Felipe Toledo - Lamborghini LP520; 4.

 

EIS O GRD DE CARLOS FILIPE SANTOS

EIS O GRD DE CARLOS FILIPE SANTOS

 

Restauro impecável, foi o que foi feito ao GRD de Carlos Filipe Santos, conforme imagem anexa.Este GRD, correu em Portugal na decada de 70, pelas mãos de Carlos Santos Pai, o quel depois vendeu-o, andando pelas mãos de diferentes proprietários, até que há uns anos atrás, e tal como diz o velho ditado " bom filho à casa torna", e o GRD voltou às mãos do seu antigo proprietário, que opto67061 504890092876882_1684815219_n_500x332u e muito bem por proceder ao restauro do mesmo em Inglaterra, estando pronto para correr.

 

MERCEDES BENZ GRAND CHALLENGE - BRASIL

 

Com os campeões definidos, briga no Mercedes-Benz Grand Challenge é grande pelo vice

Neto De Nigris e Fernando Jr disputam segundo lugar na temporada; João e Márcio Campos conquistaram o título em Cascavel

- A segunda temporada do Mercedes-Benz Grand Challenge já teve seus campeões definidos. João e Márcio Campos, da Sicredi Racing, fecharam a fatura durante a etapa de Cascavel, no início do mês, por isso Interlagos, São Paulo, nos dias 14, 15 e 16, encerra a competição com uma briga bastante acirrada. Neto De Nigris, da equipe De Nigris Europamotors, e Fernando Jr, da WCR, duelam pelo vice-campeonato com apenas quatro pontos de diferença à favor de Neto, sendo que 40 estarão em disputa nas duas provas finais do ano. No sábado (15), às 12h43, e no domingo (16), ao meio-dia, PortalGT.com.br e UOL.com.br transmitem as corridas, sendo que a RedeTV leva as emoções na pista paulistana para todo o Brasil no domingo.

Segundo colocado com 186 pontos, Neto de Nigris, pela equipe De Nigris Europamotors, não perde tempo e afirma. "Quero o vice-campeonato". "Primeiro de tudo gostaria de dar os parabéns aos campeões, João e Márcio Campos, pelo título. Vamos agora para a definição da temporada em busca do segundo lugar na tabela de pontos, algo que seria um grande resultado pensando em tudo que passamos durante o ano", completa Neto.

"Estamos fazendo um grande trabalho e acredito que tanto eu quanto o Leo De Nigris e o Renato Camargo, que corremos juntos na mesma equipe, faremos uma etapa boa em São Paulo. Espero que eles possam me ajudar também, tirando alguns pontinhos do Fernando. De toda forma, sei que será uma disputa difícil, porque o ‘menino lá’ vem andando muito bem em toda a temporada", encerra De Nigris. 

Empolgado após ficar em segundo lugar no prêmio Capacete De Ouro na última segunda-feira, Fernando Jr, pela WCR, espera um fim de semana de sucesso para garantir o vice-campeonato na sua primeira temporada completa no Mercedes-Benz Grand Challenge. "Estou bastante feliz com esta premiação, que nada mais é do que o ‘Oscar’ do automobilismo brasileiro, dado após votação dos jornalistas especializados", diz Fernando, se referindo ao prêmio dado pela Revista Racing.

"Recebê-lo em minha segunda temporada na categoria é um privilégio e recompensa por todo esforço que fizemos. Agora, estamos ainda mais animados para conseguir virar esta briga com o Neto De Nigris e garantir o segundo lugar no campeonato. São Paulo é uma pista boa pra nós, o carro está bem acertado e, honestamente, espero que chova para dar ainda mais emoção", encerra Fernando Jr.

Capacete de Ouro

Vencedores na categoria Mercedes-Benz Grand Challenge na premiação, João e Márcio Campos, bicampeões na modalidade, comemoraram bastante a conquista. "Um prêmio como o Capacete de Ouro depois de um ano tão acirrado, que nem acabou ainda, traz um prazer enorme. É o reconhecimento de tanto trabalho que temos feito", declara João Campos.

Seu filho e parceiro de pilotagem no Mercedes C250 Turbo da Sicredi Racing, Márcio Campos, vai além. "Nunca imaginei que fosse estar aqui, com o meu pai, recebendo o Capacete de Ouro. É ótimo! Ter a chance de fechar o ano com mais esta conquista, mas agora vamos nos preparar para encerrar a temporada com mais duas vitórias. Nosso time trabalhou muito para recuperar o carro depois de Cascavel, então espero ter mais um bom fim de semana", encerra Márcio.

Cesare Marrucci, pela CenterBUS, ficou na terceira posição no prêmio. As duas corridas do Mercedes-Benz Grand Challenge em Interlagos, neste fim de semana, terão transmissão ao vivo pelos sites PortalGT.com.br eUOL.com.br, tanto no sábado (15) às 12h43 quanto no domingo (16) ao lado da RedeTV.

Classificação do Campeonato: Mercedes-Benz Grand Challenge
1º) Márcio Campos/João Campos, 224 pontos;
2º) Neto de Nigris, 186;
3º) Fernando Júnior, 182;
4º) Cesare Marrucci, 147;
5º) Rubens Tilkian, 129;
6º) Arnaldo Diniz Filho, 74;
6º) Leo de Nigris, 89;
8º) Michelle de Jesus, 86;
9º) José Fernando Amorim Júnior, 85;
10º) Edson Júnior, 82;
11º) Sérgio Martinez, 78;
12º) Beto Santos, 66;
13º) Renato Camargo, 61;
14º) Beto Rossi, 49;
15º) Peter GottschalkJunior, 45;
16º) Carlos Kray, 44;
16º) Peter Michel Gottschalk, 44;
18º) Alexandre Papazissis, 42;
19º) Sérgio Chamon, 40;
20º) Rafael Zapelini/Luis Carlos Zapelini, 36;
21º) Marcos Paioli, 29;
22º) Roberto Santos, 22;
23º) Rodrigo Miguel, 17;
24º) Betão Fonseca, 15;
25º) Roberto Maggi, 6;
26º) Jorge Temake/Paulo Yamamoto, 2

Programação em Interlagos

SEXTA-FEIRA, 14 DE DEZEMBRO DE 2012
08h30 - 09h15: Treino Livre 1 - Elf SuperBike
09h25 - 10h10: Treino Livre 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h20 - 11h05: Treino Livre 2 - Elf SuperBike
11h15 - 12h00: Treino Livre 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
12h40 - 13h40: Treino Livre 1 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo (GT3/GTP/GT4)
13h50 - 14h35: Treino Livre 3 - Elf SuperBike
14h45 - 15h30: Treino Livre 3 - Mercedes-Benz Grand Challenge
15h40 - 16h40: Treino Livre 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo (GTP/GT4)
16h45 - 17h45: Treino Livre 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo (GT3)

SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2012
08h40 - 08h55: Classificação - Mercedes-Benz Grand Challenge
09h05 - 09h35: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
09h40 - 10h10: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
10h20 - 10h50: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
10h55 - 11h25: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
11h35 - 12h10: Classificação 1 - Elf SuperBike
12h43 - 13h13: Corrida 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h25 - 14h00: Classificação 2 - Elf SuperBike
14H33 - 15h23: Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
15h38 - 16h13: Classificação 3 - Elf SuperBike
16h23 - 16h33: Super Pole - Elf SuperBike

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike
15h10 - Premiação dos Campeonatos

 

 

RINO APOIA CONDUTORES NACIONAIS

 

A Rede de Oficinas Rino apoia os Condutores Nacionais

Direito Destaque1A_500x332
Numa época de protestos e manifestações, a Rede de Oficinas Rino, está ao lado dos condutores
nacionais, fazendo a defesa dos seus direitos.
NÃO ABDIQUE DOS SEUS DIREITOS: MANUTENÇÃO DA GARANTIA, PREÇOS ACESSÍVEIS,
INFORMAÇÃO DOS FABRICANTES
O Regulamento da Comissão Europeia nº 461/2010, atualmente em vigor, veio proteger a liberdade
de escolha dos automobilistas sobre a oficina onde querem reparar os seus veículos, com a total
segurança da manutenção da garantia do construtor do veículo.
Com base neste regulamento os Fabricantes Automóveis deverão facilitar às oficinas independentes,
a totalidade das características dos veículos, os tempos de manutenção e a informação das peças
necessárias para a realização da reparação. Desta forma, o proprietário de um automóvel poderá
realizar a manutenção fora da rede de oficinas da Marca, mesmo durante o período de garantia
atribuído pelo fabricante.
Porquê reparar o seu veículo na RINO?
As oficinas Rino passam a ter conhecimento dos Planos de Manutenção Oficinal dos Fabricantes e
acesso a toda a informação técnica de reparação e manutenção, relevante para reparar qualquer
automóvel, de acordo com as especificações do livro de manutenção da Marca:

 

 Totalidade das características dos veículos
 Intervenções a realizar e respetivos prazos
 Acesso a Peças Originais
Assim, poderá reparar o seu automóvel com a mesma qualidade e a preços mais acessíveis, em
qualquer uma das 36 oficinas da rede Rino espalhadas pelo País, podendo estas carimbar o livro de
revisões do seu veículo.
A Rino aposta na qualificação técnica dos seus profissionais, estando igualmente bem preparada
em termos tecnológicos, com as melhores ferramentas de diagnóstico e peças auto, para prestar
um serviço de excelência em qualquer veículo.
Exerça os seus direitos numa oficina Rino!
Saiba mais em www.rino.pt

 

GT NO BRASIL

 

Em Interlagos, Leo Burti e Valter Pinheiro faturam GT4

Vantagem conquistada na primeira metade da corrida foi suficiente para garantir o resultado da dupla

Leo Burti e Valter Pinheiro venceram a primeira corrida da última etapa do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo, na categoria GT4, disputada na tarde deste sábado (15), no autódromo de Interlagos, em São Paulo. A dupla, que compete com um Lotus Evora, se aproveitou da pista molhada pela chuva para abrir vantagem em relação aos concorrentes, fato determinante para a vitória, já que o carro passou a perder rendimento conforme a pista ia secando no final. Leo Cordeiro e Vitor Genz chegaram em segundo enquanto Matheus Stumpf e Patrick Gonçalves, parceiros do BMW Team Brasil, completaram o grupo dos três melhores.

Após a corrida, Burti destacou o bom rendimento do Lotus Evora na chuva, mas lembrou que, conforme a pista secava, os pneus iam se desgastando, fazendo com que os adversários diminuíssem a diferença conquistada no início da prova: "Desde que a gente andou com o carro na chuva em Santa Cruz do Sul e em Curitiba, a gente sabe que ela é muito rápida nessas condições. Consegui abrir vantagem, o que foi bom, pois na hora que a pista secou, eu sabia que complicaria para o Valter, porque nosso carro ia gastar muito pneu. E foi o que aconteceu, os pneus traseiros acabaram no seco", falou.

Valter Pinheiro, que completou a corrida, falou sobre as dificuldades que teve com os pneus e a pista que mudava de condição: "A corrida foi bastante difícil, com o desgaste excessivo. Na entrada das curvas, o carro estava dianteiro, e nas saídas, ele ficou traseiro. O Vitor Genz foi chegando e se tivesse mais uma volta, ia ser difícil de segurar a posição", explicou Pinheiro.

Segundo colocado na prova deste sábado, Leo Cordeiro, que faz sua primeira temporada em categorias de Turismo, descontou alguns pontos na disputa do título da GT4. "Acredito que o resultado de hoje foi muito bom para tentar reverter a desvantagem que temos para os líderes do campeonato. Torci para a corrida ter mais uma ou duas voltas para o Vitor tentar ultrapassar o Valter e vencer, mas o segundo lugar está bom. Estamos vivos no campeonato, e vamos tentar ganhar esta taça amanhã", revelou.

Companheiro de Cordeiro, mas fora da disputa pelo título da temporada, Vitor Genz lamentou não conseguir vencer a prova: "Eu sabia que não disputaria o título quando cheguei aqui, mas desde o começo eu estou focado para ajudar o Leo no campeonato. Infelizmente, hoje faltaram duas voltas para nós". Bicampeão da categoria GT3 em 2010 e 2011 ao lado de Valdeno Brito, Matheus Stumpf terminou a corrida da GT4 neste sábado na terceira posição.

O piloto falou dos problemas que teve na largada, e revelou que o desgaste dos pneus impediu que ele entregasse o carro ao seu companheiro, Patrick Gonçalves, em boas condições: "A corrida foi muito difícil para nós no início, pois nosso carro não vem bem desde os treinos. Na largada eu não enxergava nada, mas tive um bom desempenho nas primeiras seis voltas, mas os pneus se desgastaram e não pude entregar o carro nas melhores condições para o Patrick", disse brincando com seu parceiro.

Patrick Gonçalves classificou a corrida como divertida, e disse que o resultado foi satisfatório: "O trabalho no final de semana está muito bom e vamos continuar trabalhando da mesma forma, melhorando o carro. Eu gosto de andar na chuva, então cada volta foi uma diversão. A prova de hoje foi bem desafiadora, pegando o carro em condições extremas. Estou bastante satisfeito com o resultado", encerrou o baiano.

Com o fim da corrida 1 da oitava e última etapa da temporada 2012 da GT4 agora a briga pelo título fica entre o Aston Martin Vantage de Alan Hellmeister e Sérgio Laganá e a M3 de Leo Cordeiro e será definida às 13hs deste domingo (16) ao vivo no SporTV, RedeTV, PortalGT.com.brUOL.com.br e TotalRace.com.br. Confira o resultado da prova e classificação do campeonato.

Resultado em Interlagos
1º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (LO , SP/SP)
2º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BM , SP/RS)
3º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BM , RS/BA)
4º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (AM , SP/SP)
5º) 21 - F.Greco/V.Rossete (MA , SP/SP)
6º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (FE , SP/SP)

Classificação do Campeonato: GT4
1 - Sérgio Laganá/Alan Hellmeister - Aston Martin Vantage - 207 pontos
2 - Leonardo Cordeiro - BMW M3 - 200
3 - Valter Rossete/Fabio Greco - Maserati Gran Turismo MC - 181
4 - Valter Pinheiro/Leo Burti - Lotus Evora - 178
5 - Eduardo Oliveira/William Freire - Ferrari Challenge - 172
6 - Matheus Stumpf/Patrick Gonçalves - BMW M3 - 169
7 - Vitor Genz - BMW M3 - 165
8 - Ricardo Ricca/Cassio H. de Mello - Porsche 997 Cup GT4 - 21
9 - William Starostik - BMW M3 - 20
10 - Marçal Melo/João Gonçalves - Ginetta G50 - 13

 

 

NISSAN LEAF COM DOIS ANOS DE VENDAS

 

NISSAN COMEMORA DOIS ANOS DE VENDAS DO LEAF

COM INÍCIO DE PRODUÇÃO DE BATERIAS NOS EUA

 

- A maior fábrica de baterias de iões de lítio nos EUA começou a produção dos módulos que alimentarão o 100% eléctrico Nissan LEAF de 2013 –

 

Com dois anos de vendas do Nissan LEAF acabados de completar, a Nissan anuncia agora o início de produção da maior fábrica de baterias de iões de lítio para automóveis nos Estados Unidos. Localizada em Smyrna, Tennessee, esta fábrica da Nissan – onde se fabricam os componentes das baterias para o início de produção do 100% eléctrico Nissan LEAF de 2013 nos EUA, no início do próximo ano – é uma das três únicas do mundo que serão operadas por um grande construtor automóvel.nissan-leaf 500x332

 

KART - BRASIL

 

Destaque no kart nacional, Gianluca Petecof recebe Capacete de Prata

Paulista venceu 38 corridas, conquistou cinco títulos e é uma das revelações do ano no kartismo brasileiro

A temporada 2012 foi de muitas vitórias, títulos e recordes estabelecidos para o jovem Gianluca Petecof, que lhe renderam o Capacete de Prata na categoria Kart Revelação, em premiação promovida pela Revista Racing na última segunda-feira (10). 

O piloto de 10 anos disputou os principais campeonatos nacionais e internacionais, e sagrou-se campeão em cinco deles: Paulista de Kart - nas categorias Cadete e Super Cadete -, Super Kart Brasil 07, Copa São Paulo Light e GP RBC, todos na Super Cadete. Ele ainda foi vice-campeão da Copa Brasil e ficou em 3º lugar no Campeonato Brasileiro nas duas categorias, e vice da Copa SP Light na Cadete. Nos Estados Unidos, disputou o Florida Winter Tour e o Skusa Supernationals, estando sempre entre os mais rápidos.

Com 38 triunfos em 84 corridas disputadas em duas categorias, Gianluca foi o recordista de vitórias na temporada do kart brasileiro. Ele também foi o piloto mais novo a vencer uma corrida na Super Cadete, com 9 anos e 2 meses, no SKB 05; e o mais jovem a vencer o Super Kart Brasil, de forma invicta, na 7ª edição do evento.

Agora, o piloto da equipe ONS Motorsport se prepara para subir para a categoria Junior Menor. Na próxima semana, em Interlagos, ele irá fazer os primeiros testes para adaptação ao novo equipamento. 

Capacete de Prata
"Fiquei muito feliz por ter sido campeão cinco vezes e o piloto que mais venceu corridas no kart brasileiro este ano, além de ter me classificado em primeiro lugar para a votação do Capacete de Ouro. Talvez tenha faltado algo para ganhar o ouro, mas ficar com o Capacete de Prata também é um ótimo reconhecimento do nosso trabalho"

Temporada
"Foi um ano incrível. Tive o desafio duplo de correr em duas categorias, com equipamentos e tocadas diferentes, mas consegui vários resultados positivos, muitas vitórias e fui competitivo e constante durante todas as competições que participei. Essa foi minha terceira temporada no kart e sinto que aprendi e amadureci bastante, e isso se refletiu no meu desempenho"

Destaque
"O momento mais emocionante do ano foi quando venci as quatro corridas do Super Kart Brasil 07. Foi usado o traçado invertido da Aldeia da Serra, que ninguém conhecia, e consegui me adaptar rápido. Além disso, mesmo com pouca experiência na Super Cadete, estabeleci o recorde de piloto mais novo a vencer o SKB"

 

GT COMPETIZIONE NO PORTO

 

Informamos todos os sócios que vamos ter uma resistência de 2 horas na GT COMPETIZIONE " teste" com o Mod BLANCPAIN SERIES 2012 
Esta agendado para dia 22-12-20 

12 as 16:00 horas, será a ultima corrida de 2012
Gostava de vos ter cá para esta grande prova.
Equipas com o 2 pilotos 
17 Cockpits

Pista: SPA

Valor por piloto : Sócio 5,00 euros
Valor por Piloto : não Sócio 10,00 euros

Prémio será sorteado pelas equipas presentes60704 2638917190374_1417133912_n_1_500x332

 

MERCEDES BENZ GRAND CHALLENGE - BRASIL

 

Rubens Tilkian vence penúltima etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge

Edson Jr ficou em segundo e Marcos Paioli em terceiro em corrida movimentada e com muita água na pista

 O paulista Rubens Tilkian, da Comark Racing, venceu a penúltima corrida da temporada 2012 do Mercedes-Benz Grand Challenge, realizada neste sábado (15) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Em segundo, Edson Jr, da RSports e, na terceira posição, Marcos Paioli, dono da equipe que leva seu próprio nome. Com bastante água na pista, os Mercedes C250 Turbo da categoria voltam agora, neste domingo (16), às 12hs para a corrida de encerramento do ano, com transmissão ao vivo pelo PortalGT.com.brUOL.com.br e RedeTV.

Comemorando sua segunda vitória na categoria, Rubens Tilkian agradeceu o trabalho feito pelo seu time, a Comark Racing. "Primeiro de tudo gostaria de dizer obrigado ao meu time por termos conseguido conquistar juntos esta vitória. Corrida na chuva é sempre difícil, porque é quase uma loteria. Fiz o meu máximo para evitar lugar onde poderia rodar, mas ainda por pouco não sofri um acidente. Fiquei contente porque tive uma briga boa e limpa com o Edson também", diz.

"O carro estava perfeito e, se tudo der certo amanhã, vamos encerrar esta temporada na categoria com mais uma vitória. Largando em sexto, vamos ver o que vai acontecer, mas estamos preparados para vencer e fechar o ano com chave de ouro", encerra Rubens. Segundo colocado após grande disputa com Tilkian, Edson Coelho Jr, da RSports, celebrou o bom resultado. 

"Na trave de novo, quase conseguimos vencer pela primeira vez", diz Edson Coelho Jr. "Mas foi um resultado ótimo para mim, não tive um fim de semana positivo em Cascavel, então voltar a estar entre os três é muito bom. Hoje, a corrida foi bastante complicada pela quantidade de água na pista, mas fico feliz e orgulhoso de ter conquistado este resultado. Já competi aqui antes com chuva em outras categorias, mesmo assim era fácil errar", completa.

"Queria a vitória, mas o Rubens se defendeu perfeitamente depois que conseguiu me ultrapassar, mas está bom, agradeço à minha equipe pelo trabalho. Amanhã, na última prova do ano, vamos tentar encerrar com a nossa primeira vitória", encerra Edson Coelho Jr. Dividindo o trabalho entre dono de equipe da Paioli Racing, Marcos Paioli, agora atuando como piloto, fez boa corrida e chegou na terceira posição.

"Estou muito feliz com esse resultado, eu normalmente estou nos bastidores da minha equipe trabalhando nos carros e ter a oportunidade de pilotar nesta categoria é um privilégio, ainda mais quando conseguimos conquistar um bom resultado como este. Quero homenagear a minha neta que está chegando com este terceiro lugar, e quem sabe, se tiver a oportunidade de correr o ano todo no Mercedes-Benz Grand Challenge seria uma grande satisfação", completa Marcos, pai de Gabriela Paioli, piloto da categoria e que está grávida de Maria Eduarda.

Na disputa do vice-campeonato, Fernando Jr, da WCR, chegou na quarta posição e Neto De Nigris, da De Nigris Europamotors, fechou a corrida 1 do fim de semana em sexto. Neste domingo (16), ao meio-dia, a prova de encerramento da temporada com transmissão ao vivo da RedeTV, PortalGT.com.br e UOL.com.br

1ª Corrida - Mercedes Benz GC
1º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 13 voltas em 30:39.616 (média de 109,87 km/h)
2º) 99 - Edson Junior (MB , RS), a 0.720
3º) 47 - Marcos Paioli (MB , SP), a 6.109
4º) 98 - Fernando Junior (MB , RS), a 8.811
5º) 60 - Cesare Marrucci (MB , SP), a 24.776
6º) 11 - Neto De Nigris (MB , SP), a 27.386
7º) 12 - Leo De Nigris (MB , SP), a 37.353
8º) 73 - Michele Jesus (MB , SP), a 40.887
9º) 31 - João Campos (MB , RS), a 52.031
10º) 25 - Renato Camargo (MB , SP), a 59.327
11º) 7 - Beto Rossi (MB , SP), a 1:14.224
12º) 36 - Humberto Santos (MB , SP), a 1:33.765
13º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB , SP), a 1:38.663
14º) 55 - Robero Santos (MB , SP), a 1:43.044
15º) 22 - Luiz C Zappelini (MB , SP), a 2 voltas
16º) 77 - Arnaldo Diniz (MB , SP), a 8 voltas
17º) 21 - Peter Gottschalk (MB , SP), a 9 voltas

Classificação Mercedes-Benz Grand Challenge
1º) Márcio Campos/João Campos, 231 pontos;
2º) Neto de Nigris, 196;
3º) Fernando Júnior, 195;
4º) Cesare Marrucci, 158;
5º) Rubens Tilkian, 149;
6º) Edson Júnior, 99;
7º) Leo de Nigris, 98;
8º) Michelle de Jesus, 94;
9º) Arnaldo Diniz Filho, 89;
10º) José Fernando Amorim Júnior, 88;
11º) Sérgio Martinez, 86; 
12º) Beto Santos, 70;
13º) Renato Camargo, 67;
14º) Beto Rossi, 54; 
15º) Alexandre Papazissis, 46;
16º) Peter GottschalkJunior, 45; 
17º) Marcos Paioli, 44;
17º) Carlos Kray, 44;
17º) Peter Michel Gottschalk, 44;
20º) Sérgio Chamon, 40;
21º) Rafael Zapelini/Luis Carlos Zapelini, 37;
22º) Roberto Santos, 24;
23º) Rodrigo Miguel, 17;
24º) Betão Fonseca, 15;
25º) Roberto Maggi, 6;
26º) Jorge Temake/Paulo Yamamoto, 2

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike 
15h10 - Premiação dos Campeonatos

 

 

VISITA AO MUSEU DA MERCEDES

VISITA AO MUSEU DA MERCEDES

 

Através do nosso amigo Fernando Batista, apresentamos hoje aos nossos leitores uma série de imagens dos modelos da marca alemã expostos no museu, visita essa que vale a pena.Uma curiosidade, a Mercedes tem exposto um táxi português oriundo da cidade do P12130 397111050321151_1404214976_n_500x33221796 397110796987843_1884539186_n_500x33221813 397110486987874_501611202_n_500x33231539 397110573654532_1832290429_n_500x332302697 397110933654496_1336629050_n_500x332380933 397110480321208_877490757_n_500x332401695 397110446987878_1772123742_n_500x332432182 397110336987889_12538867_n_500x332480065 397111266987796_2038964787_n_500x332481820 397111076987815_5405293_n_500x332483535 397110650321191_369306053_n_500x332483535 397110650321191_369306053_n_500x332484151 397110436987879_630182939_n_500x332558929 397110973654492_1085786091_n_500x332577808 397110510321205_98750952_n_500x332577956 397111260321130_612885271_n_500x332598563 397110963654493_911121088_n_500x332orto, com mais de dois milhões de quilómetros percorridos, que face a este recorde, mereceu estar em destaque.

 

Fotos de Fernando Batista - wwww.velocidadeonline.com

 

SCM FESTEJOU 1º ANIVERSÁRIO

 

SLOT CLUBE DE MATOSINHOS FESTEJOU 1º ANIVERSÁRIO

 

Um ano de Slot Clube de Matosinhos.Tanto se passou em tão pouco tempo.De uma ideia que muitos caracterizavam de lunática, nasceu mais do que um espaço, mais do que uma pista, mais que um clube...nasceu uma familia.

 

Familia esta, que partilha a ânsia de ver chegar mais uma sexta feira, mais uma noite de convivio e boa disposição.

 

Foi em dia de festa que o Slot Clube de Matosinhos realizou esta prova de FIA GT Slot It.Juntaram-se inumeros amigos e praticantes para celebrar o 1º anoversário de um dos mais recentes locais de culto slotista.Numa competição com caracter informal, onde o importante era mesmo celebrar o aniversário do Slot Clube de Matosinhos, os interessados em participar desdobraram-se em seis equipas para desfrutar duante duas horas da condução destes bólides, há muito parados.

 

De destacar o muito bem vindo de Armando Magalhães à familia que ajudou a criar.

 

No plano desportivo, Nuno Abreu (CAST) realizou a pole-position com curta margem sobre Hugo Machado (SFT-LH), e Manuel Melo (Sacorpion Team), sendo que os dois ultimos realizaram exactamente o mesmo tempo, com o desempate a ser decidido com recurso à segunda melhor volta de cada equipa.

 

No decorrer das duas horas de prova, Manuel Melo aproveita a ausência do seu habitual companheiro Francisco Bianchi, para alcançar a sua primeira vitória da nova época em provas por equipas, desta feito tendo a seu lado André Sousa.Hugo Machado e Lelo Ribeiro ( este último carinhosamente apelidado de “Lulu”), debateram-se com um carro pouco competitivo, conquistando o 2º lugar depois de alguma luta com Nuno Abreu e Diogo Filipe terceiro classificado.O 4º lugar apenas ficou decidido na última calha, e pendeu para a SFT de Carlos Strecht, que contou com o regresso de Cândida Pereira aos slots, para realizar esta prova, que superou Carlos Adam e Pedro Figueiredo por cerca de meia volta.A equipa da CPF Racing composta por Pedro Azevedo e Armando Fraga terminou no 6º lugar, depois de uma prova plena de problemas com um carro pouco competitivo.STET1 500x332STET2 500x332STET3 500x332

 

BRASILEIRA NA FIA

 

Brasileira é eleita para o Comitê de Ética da FIA

Integrante do STJD terá um mandato de quatro anos no novo organismo da FIA

- A advogada Viviane Eleonora Wolff Monteiro, integrante do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Brasil, foi eleita uma das cinco participantes do Comitê de Ética da FIA - Federação Internacional de Automobilismo. Viviane Eleonora, que foi lançada pela Confederação Brasileira de Automobilismo e apoiada, entre outros, pelo próprio presidente da entidade Jean Todt, foi um dos nomes mais votados na Assembleia Geral da entidade máxima do automobilismo, ocorrida na última semana, em Istambul na Turquia. O novo organismo foi criado pela FIA, uma exigência por lei depois que entidade passou a fazer parte do COI - Comitê Olímpico Internacional.

O organismo, que agirá em todos os aspectos ético-desportivos, será anunciado no início de 2013, quando os cinco membros tomarão posse e passarão a trabalhar sobre um código, que elaborado por especialistas, analisarão qualquer fato dentro ou fora da pista que necessite de uma reformulação ou mesmo punição por regulamentos. "O esporte é um fator sócio-educativo com milhões de jovens assistindo a tudo. E qualquer esportista, seja lá de qual modalidade for, passa a ser um ídolo de jovens e por isso deve ter comportamento ético em tudo que faça", lembra a brasileira, que há mais de 20 anos faz parte do STJD e que deverá ter um mandato de quatro anos. "É um grande reconhecimento ao trabalho da Confederação Brasileira de Automobilismo", complementa.

 

GT BRASIL

 

Rafael Derani e Claudio Ricci colocam Ferrari 458 no top 3 em SP

Com clima instável, pilotos fazem bom trabalho e andam perto dos primeiros

O Campeonato Brasileiro de Gran Turismo desembarcou para a última etapa da temporada 2012 no Autódromo de Interlagos. Em um dia chuvoso, a dupla Rafael Derani e Claudio Ricci conseguiu fazer o terceiro melhor tempo do dia com a Ferrari 458 Italia GT, atrás apenas de Cacá Bueno e Claudio Dahruj, que correm de BMW Z4 GT3 e de Allam Khodair e Marcelo Hahn, que pilotam uma Lamborghini LP600+.

Cláudio Ricci fez um balanço positivo do começo em Interlagos. "Acho que está bom, estamos fazendo o melhor que podemos, mas sabíamos que seria quase impossível brigar com as BMW e Mercedes pelas mudanças na equalização depois de Campo Grande, mas agora vamos afinar os acertos e tentar tirar tudo que a Ferrari tem à oferecer novamente", contou Cláudio, que ainda lembrou que apesar de defasados ainda lutam pelo título.

Rafael Derani ficou decepcionado com os resultados. "Foi o que eu esperava. Não foi bom porque as Mercedes-Benz SLS e BMW Z4 GT3 estão muito acima do nosso carro. A comissão errou muito na equalização dos carros, então estamos cumprindo tabela. O máximo que dá para fazer sem chuva é tomar mais de um segundo. Com pista molhada foram quatro segundos, então não temos o que falar. Vou andar o máximo que posso", disse Rafael.

"Vamos terminar o campeonato, tentar ganhar algumas posições e torcer para no ano que vêm a comissão fazer uma equalização melhor, porque nesse ano eles erraram a mão", completou. As duas corridas do fim de semana em Interlagos terão transmissão ao vivo pelo PortalGT.com.br, pelo UOL (www.uol.com.br), TotalRace (www.totalrace.com.br) e, no domingo, também pela RedeTV e SporTV.

1º Treino Livre - Gran Turismo

1º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM, SP/SP), 1:37.387, média de 159,65 Km/h
2º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA, SP/SP), 1:37.722
3º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE, SP/RS), 1:37.805
4º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM, PA/SP), 1:38.304
5º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB, SP/SP), 1:38.880
6º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB, SP/RS), 1:38.894
7º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU, PR/PR), 1:39.318
8º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB, SP/SP), 1:40.844
9º) 61 - F.Croce/D.Croce (CO, SP/SP), 1:42.657
10º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA, RS/RS), 1:44.043
11º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BM, RS/BA), 1:45.969
12º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (AM, SP/SP), 1:46.025
13º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BM, SP/RS), 1:46.432
14º) 21 - F.Greco/V.Rossete (MA, SP/SP), 1:46.474
15º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (FE, SP/SP), 1:46.688
16º) 10 - C.Almeida/P.Ventura (LA, RS/RS), 1:47.116
17º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE, SC/MT), 1:48.630
18º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (LO, SP/SP), 1:49.857
19º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE, RS/RS), 1:52.298

Melhor Volta: C.Bueno/C.Dahruj, 1:37.387 (159,65 km/h)

2º Treino Livre - Gran Turismo

1º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM, SP/SP), 1:45.143, média de 147,87 Km/h
2º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM, PA/SP), 1:47.582
3º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB, SP/SP), 1:48.401
4º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB, SP/SP), 1:48.742
5º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA, SP/SP), 1:49.606
6º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU, PR/PR), 1:49.629
7º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE, SP/RS), 1:49.711
8º) 61 - F.Croce/D.Croce (CO, SP/SP), 1:50.362
9º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB, SP/RS), 1:50.486
10º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE, SC/MT), 1:54.750
11º) 10 - C.Almeida/P.Ventura (LA, RS/RS), 1:56.272
12º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (AM, SP/SP), 1:56.683
13º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (LO, SP/SP), 1:56.879
14º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BM, SP/RS), 1:57.147
15º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (FE, SP/SP), 1:57.568
16º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BM, RS/BA), 1:58.092
17º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE, RS/RS), 1:58.610

Melhor Volta: C.Bueno/C.Dahruj, 1:45.143 (147,87 km/h)

SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2012
08h40 - 08h55: Classificação - Mercedes-Benz Grand Challenge
09h05 - 09h35: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
09h40 - 10h10: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
10h20 - 10h50: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
10h55 - 11h25: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
11h35 - 12h10: Classificação 1 - Elf SuperBike
12h43 - 13h13: Corrida 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h25 - 14h00: Classificação 2 - Elf SuperBike
14H33 - 15h23: Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
15h38 - 16h13: Classificação 3 - Elf SuperBike
16h23 - 16h33: Super Pole - Elf SuperBike

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike 
15h10 - Premiação dos Campeonatos

 

1ª GALERIA DE IMAGENS ENTREGA PRÉMIOS SLOT

1º GALERIA DE IMAGENS DA ENTREGA DE PRÉMIOS NO SLOTFOX 9095_500x332FOX 9096_500x332FOX 9099_500x332FOX 9101_500x332FOX 9102_500x332FOX 9103_500x332FOX 9105_500x332FOX 9110_500x332FOX 9111_500x332FOX 9113_500x332FOX 9114_500x332FOX 9115_500x332 CENTER DE MATOSINHOS

 

Eis o primeiro grupo de imagens referentes á entrega de prémios do Troféu Porsche 997 e LMP, que decorreram nos ultimos quatro meses na pista ndo Slot Center de Matosinhos.

 

Fotos de Joao Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 9090_500x332FOX 9091_500x332

 

GT BRASIL

 

Kray e Toso são os mais rápidos na GT Premium

Dupla teve bom ritmo, mas acidente danificou bastante Lamborghini LP520

 Na decisão da categoria GT Premium no Autódromo de Interlagos, São Paulo, nesta sexta-feira (14), a liderança ficou com os ponteiros da competição, Andersom Toso e Carlos Kray, de Lamborghini LP520. Entretanto, após confirmar o tempo, um acidente danificou o bólido italiano, impedindo a participação no restante do dia. Logo atrás, Felipe Toledo e Pierre Ventura, também de Lamborghini, se meteram na disputa do título, deixando Raijan Mascarello e Felipe Tozzo, de Ferrari F430, que ainda brigam pelo campeonato, na terceira posição. A programação continua neste sábado (15) com o treino classificatório e a corrida 1, às 14h33, com transmissão ao vivo pelo PortalGT.com.brUOL.com.br e TotalRace.com.br.

Mais rápidos do dia, Andersom Toso e Carlos Kray, líderes da categoria, também tiveram um susto grande em Interlagos. "Na saída do lado, que é um ponto crítico da pista, devo ter pego uma parte molhada. A traseira da Lamborghini escapou e bati forte de frente. Infelizmente o carro estragou bastante, mas temos peças de reposição e devemos andar amanhã sem maiores problemas", diz Andersom Toso.

"Não sabemos ainda quanto ao alinhamento do chassi, mas esperamos ter chance de chegar na frente da Ferrari do Raijan e do Tozzo em, pelo menos, uma corrida. Se conseguirmos fazer isso podemos ficar mais tranquilos e andar pensando na conquista do nosso primeiro campeonato", encerra Toso.

De volta à categoria, Pierre Ventura, que normalmente corre ao lado de Cristiano Almeida, está em São Paulo em sua LP520 com Felipe Toledo. Feliz com o segundo lugar, Pierre falou. "Estamos andando no limite do carro, essa é a nossa situação. Estou bastante feliz por retornar depois de um tempo fora, por isso quero ver o que vamos conquistar neste fim de semana. Quero buscar uma pole e terminar bem a temporada na categoria", declara.

Na categoria pela primeira fez, Felipe Toledo se mostra animado com a oportunidade. "Estou bastante feliz por correr ao lado do Pierre, a chance de andar em uma Lamborghini é incrível e quero acelerar e ir para cima. Temos a expectativa de conquistar um grande resultado", encerra Felipe. Também tendo de superar problemas no dia, Raijan Mascarello, dupla de Felipe Tozzo na Ferrari F430, espera superá-los para brigar pelo título.

"Nosso carro teve problemas no rolamento e tivemos problemas também com o ABS. Estava amaciando o motor que foi revisado depois de Cascavel e acabamos não conseguindo fazer uma volta rápida. No segundo treino fomos conservadores para evitar uma batida como aconteceu com os nossos principais concorrentes. A noite vai servir para olharmos todos os detalhes da Ferrari para termos chance de conquistar o título".

"Só estamos pensando em chegar na frente deles e é nisso que temos que focar", encerra Raijan Mascarello. Neste sábado, com transmissão ao vivo pelo PortalGT.com.brUOL.com.br e TotalRace.com.br, às 14h30 a penúltima corrida da primeira temporada da história da GT Premium começa a definir o grande campeão do ano. Confira o resultado final desta sexta-feira em São Paulo.

Resultado do dia:

1º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA, RS/RS)
2º) 10 - C.Almeida/P.Ventura (LA, RS/RS)
3º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE, SC/MT)
4º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE, RS/RS)

SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2012
08h40 - 08h55: Classificação - Mercedes-Benz Grand Challenge
09h05 - 09h35: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
09h40 - 10h10: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
10h20 - 10h50: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
10h55 - 11h25: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
11h35 - 12h10: Classificação 1 - Elf SuperBike
12h43 - 13h13: Corrida 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h25 - 14h00: Classificação 2 - Elf SuperBike
14H33 - 15h23: Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
15h38 - 16h13: Classificação 3 - Elf SuperBike
16h23 - 16h33: Super Pole - Elf SuperBike

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike 
15h10 - Premiação dos Campeonatos

 

GT NO BRASIL

 

Matheus Stumpf e Patrick Gonçalves lideram dia chuvoso em SP

Na luta pelo título, Laganá e Hellmeister colocam Aston Martin em segundo

 A oitava e decisiva etapa do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo começou com clima instável no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em São Paulo. O primeiro treino foi disputado com o tempo fechado e pista seca, mas nos treinos do final da tarde a chuva veio forte, impedindo qualquer chance de melhora dos tempos do dia. Na categoria GT4, Matheus Stumpf e Patrick Gonçalves, de BMW M3, foram os mais rápidos, com Alan Hellmeister e Sérgio Laganá, de Aston Martin Vantage, em segundo e Leo Cordeiro e Vitor Genz, de BMW M3, em terceiro.

O gaúcho Matheus Stumpf, dupla do baiano Patrick Gonçalves, soube aproveitar bem o treino com pista seca e marcou o melhor tempo do dia para a categoria GT4. Competindo com uma BMW M3, Matheus conseguiu fechar a melhor volta em 1m45s969. "O carro está com um acerto bom pra correr no seco. À tarde começou a chover e resolvemos ir pro segundo treino com tudo igual, apenas colocamos pneus de chuva", disse Stumpf.

Os líderes do campeonato, Sérgio Laganá e Alan Hellmeister colocaram o Aston Martin Vantage na segunda colocação. Com o tempo de 1m46s025, a dupla superou a outra BMW, que luta com eles pelo título. "Podemos considerar o dia como produtivo. Ontem tivemos alguns problemas, saímos daqui 11 da noite e conseguimos achar a solução. Não andamos com pneus novos, então o segundo tempo foi bom para nós", contou Hellmeister.

Vitor Genz, parceiro de Leonardo Cordeiro, que disputa o título, fez um bom tempo com a BMW M3 GT4 mesmo sem ter feito grandes mudanças nos ajustes. "Se amanhã estiver chovendo mesmo, vamos ter que mudar alguns acertos para o carro ficar mais para chuva e conseguirmos andar melhor. Mas, mesmo com essa dificuldade, conseguimos um tempo razoável. Tenho certeza que podemos ser ainda melhores", comentou.

A programação segue neste sábado com os treinos classificatórios para as corridas de sábado e domingo. A corrida 1, no sábado, às 14h30, terá transmissão ao vivo do PortalGT.com.br, do site Uol.com.br e TotalRace.com.br. No domingo (16), às 13hs novamente online pelas três mídias, e na TV pela RedeTV e SporTV.

Resutado combinado dos treinos
1º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BMW M3 GT4, RS/BA), 1:45.969
2º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (Aston Martin Vantage, SP/SP), 1:46.025
3º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BMW M3 GT4, SP/RS), 1:46.432
4º) 21 - F.Greco/V.Rossete (Maserati Gran Turismo MC, SP/SP), 1:46.474
5º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (Ferrari Challenge, SP/SP), 1:46.688
6º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (Lotus Evora GT4, SP/SP), 1:49.857

Programação Completa
SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2012
08h40 - 08h55: Classificação - Mercedes-Benz Grand Challenge
09h05 - 09h35: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
09h40 - 10h10: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
10h20 - 10h50: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
10h55 - 11h25: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
11h35 - 12h10: Classificação 1 - Elf SuperBike
12h43 - 13h13: Corrida 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h25 - 14h00: Classificação 2 - Elf SuperBike
14H33 - 15h23: Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
15h38 - 16h13: Classificação 3 - Elf SuperBike
16h23 - 16h33: Super Pole - Elf SuperBike

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike
15h10 - Premiação dos Campeonatos

 

 

AMOB COM NOVOS PROJECTOS PARA 2013

AMOB COM NOVOS PROJECTOS PARA 2013

 

Pelos vistos, em 2013, ano novo, vida nova para a equipa da Amob.Nada foi ainda confirmado oficialmente, mas nos bastidores comenta-se que a equipa liderada por Luis Barros, poderá abandonar o Nacional de Clássicos, e passar para os GT, ou mesmo para o Campeonato de Sport Protótipos.Não será demais recordar que Luis Barros tem já pronto nas suas instalações o Ford Sierra Cosworth RS 500, que no passado foi pertença de Ni Amorim, com que pretende fazer algumas provas, caso este campeonato vá em frente.

 

Em relação aos GT, comenta-se que a equipa já está na posse de um Porsche GT 3, não se sabendo qual poderá ser a opção nos sport protótipos.Uma certeza já surgui, com certeza que em 2013 sera dificil ver o Porsche 930 Turbo e o Escort em pista.Por outro lado, a este projecto, Rui Alves pdoerá aliar-se ao mesmo, sendo o nomecara.luis.barros, apontado para esta parceria com Luis Barros.

 

NORBERT HAUG DEIXA A MERCEDES

MERCEDES SEM DIRECTOR DESPORTIVO

 

Por  comum acordo, Norbet Haug, que desempenhou funções como director desporttivo na Mercedes nos ultimos vinte e dois anos, vai em finais deste mes de Dezembro deixar a marca alemã.Não se sabe ainda o que motivou este "divórcio de comum acordo", entre Haug e a Mercedes.Não deixa de ser curioso que Norbert Haug, antes de ingressar na Mercedes foi jornalista especializado.Sobre o palmares de Norbert Haug à frente da Mercedes, os resultados foramnorb 500x332 mais do que muitos, e para já não se sabe ainda quem será o sucedâneo do Mr.Mercedes.

 

PREÇO DO GASÓLEO DESCE...1 CENTIMO

Gasóleo desce um cêntimo amanhã

 

 

O comportamento dos mercados antecipa uma descida do preço do gasóleo a partir de amanhã. A gasolina deve ficar inalterada.

Segundo adiantou ao Económico fonte do sector, a evolução das cotações do gasóleo e da gasolina nos mercados internacionais permite antecipar "uma ligeira descida de cerca de um cêntimo no gasóleo mas para as gasolinas o preço mantêm-se", na próxima semana.

O preço de referência do litro de gasóleo em Portugal está actualmente em 1,428 euros, enquanto o preço da gasolina ronda os 1,580 euros por litro, segundo dados da Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG). No entanto, os revendedores optam por praticar valores mais caros, por levarem em conta o nível de concorrência, da oferta e da procura em cada mercado e também o nível de custos fixos de cada posto. Nas auto-estradas, por exemplo, os preços são normalmente mais elevados do que dentro das grandes cidades.

Nos primeiros dias de Janeiro, o gasóleo custava em média 1,420 euros por litro, enquanto a gasolina 95 era comercializada a 1,555 euros por litro, segundo a mesma fonte.

O consumo de combustíveis rodoviários tem sido bastante afectado pelo contexto económico, tendo recuado 13,1% no terceiro trimestre deste ano, em relação ao período homólogo, de acordo com o último relatório da Autoridade da Concorrência (AdC). Só no gasóleo e na gasolina a descida foi de 10,7% e 9,1%, respectivamente.

O relatório da AdC destaca, ainda, as diferenças de preços entre os postos geridos por hipermercados e os das quatro principais empresas petrolíferas. No terceiro trimestre deste ano as diferenças apresentadas ficaram na ordem dos 12,4 cêntimos por litro tanto no gasóleo como na gasolina, numa altura em que as marcas brancas conseguiram passar de uma quota de mercado de 20% para 30%.

Quanto à comparação com os preços na União Europeia a 27, no terceiro trimestre Portugal ficou no quinto lugar no ranking dos preços médios da gasolina antes do imposto e no terceiro lugar no gasóleo. Com impostos à mistura - IVA e ISP representam mais de metade do custo da gasolina cobrado ao consumidor - Portugal fica no 10º lugar no ‘ranking' das gasolinas mais caras e 11º na tabela dos gasóleos.

 

Fonte : Diário Económico - Rita Paz

 

GT NO BRASIL

 

Cacá Bueno e Cláudio Dahruj saem na frente na decisão da GT3

Pilotos da BMW Z4 foram os mais rápidos no primeiro dia em Interlagos, São Paulo

 O primeiro dia da decisão da temporada 2012 da GT3 em Interlagos, São Paulo, teve a liderança da dupla Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, com uma BMW Z4. Com o clima alternando entre pouca e bastante chuva, os carros dos sonhos do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo deram as primeiras voltas em busca dos seus novos campeões. Allam Khodair e Marcelo Hahn, de Lamborghini LP600+, ficaram em segundo e Cláudio Ricci e Rafael Derani, de Ferrari F458 Itália, completaram os três primeiros. Líderes do campeonato, Duda Rosa e Cleber Faria, de Mercedes-Benz SLS AMG, ficaram em sexto. A programação continua neste sábado (15), tendo a corrida 1 às 14h33 com transmissão ao vivo pelo PortalGT.com.brUOL.com.br eTotalRace.com.br.

Após um bom primeiro dia, Cacá Bueno comemorou o resultado, porém acredita que o equilíbrio seja grande na categoria. "Não estamos sobrando, falam isso apenas se não analisarem o treino como um todo. Começamos o dia com um ajuste ruim, fomos trabalhando e nos aproximando dos líderes. A Z4 evolui e passa ser tão rápida quanto os outros e aí no final do segundo treino, quando a pista já estava secando eu saí com pneus zeros e consegui baixar bastante o tempo", diz Cacá.

"Tanto no seco quanto no molhado estamos bem. Fico feliz por ver que o carro vem melhorando nas últimas etapas, fruto do nosso trabalho. Por isso não estou surpreso de ver que estamos com chances de brigar por vitórias e título. A corrida precisa ser feita ainda e falta bastante coisa para o final, mas tomara que a gente consiga vencer as provas que precisamos e fechar o ano com mais uma conquista", encerra Cacá Bueno, dupla de Cláudio Dahruj.

Segundo no combinado das duas sessões, Allam Khodair, na Lamborghini LP600+, diz que o dia acabou sendo não muito proveitoso. "Não era o que eu esperava. Perdemos um treino pelo clima ruim, mas pela manhã conseguimos ir bem, porém precisamos melhorar. Única coisa que realmente deu para constatar foi a superioridade das BMW que deveria ser uma das piores pistas para eles, mas nos trechos rápidos estão andando juntos conosco", fala Allam.

"Eu prefiro tempo seco, mas de toda forma estaremos competitivos", encerra. Dupla de Khodair, Marcelo Hahn reforça as palavras do piloto. "É o que o Allam falou. Este é o pensamento de todos com quem temos conversado e que correm conosco, mas é isso. Vamos tentar o melhor e torcer para eles terem um pouco de azar também. De toda forma quero terminar o ano com mais duas vitórias", encerra Marcelo Hahn.

Cláudio Ricci, terceiro mais rápido do dia com Rafael Derani, na Ferrari F458 Itália, faz um balanço positivo do começo em Interlagos. "Acho que está bom, estamos fazendo o melhor que podemos, mas sabíamos que seria quase impossível brigar com as BMW e Mercedes pelas mudanças na equalização depois de Campo Grande, mas agora vamos afinar os acertos e tentar tirar tudo que a Ferrari tem à oferecer novamente", diz Cláudio.

Já Rafael Derani, saiu um pouco chateado ao término da segunda sessão. "Foi exatamente o que eu esperava, o que acabou não sendo bom. Acredito que estamos inferiores em relação aos carros da BMW e da Mercedes, mas é isso. Vamos dar nosso melhor e espero que o restante do fim de semana seja um pouco mais feliz do que o dia de hoje", decreta Derani.

1º Treino Livre - Gran Turismo

1º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM, SP/SP), 1:37.387, média de 159,65 Km/h
2º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA, SP/SP), 1:37.722
3º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE, SP/RS), 1:37.805
4º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM, PA/SP), 1:38.304
5º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB, SP/SP), 1:38.880
6º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB, SP/RS), 1:38.894
7º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU, PR/PR), 1:39.318
8º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB, SP/SP), 1:40.844
9º) 61 - F.Croce/D.Croce (CO, SP/SP), 1:42.657
10º) 46 - C.Kray/A.Toso (LA, RS/RS), 1:44.043
11º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BM, RS/BA), 1:45.969
12º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (AM, SP/SP), 1:46.025
13º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BM, SP/RS), 1:46.432
14º) 21 - F.Greco/V.Rossete (MA, SP/SP), 1:46.474
15º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (FE, SP/SP), 1:46.688
16º) 10 - C.Almeida/P.Ventura (LA, RS/RS), 1:47.116
17º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE, SC/MT), 1:48.630
18º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (LO, SP/SP), 1:49.857
19º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE, RS/RS), 1:52.298

Melhor Volta: C.Bueno/C.Dahruj, 1:37.387 (159,65 km/h)

2º Treino Livre - Gran Turismo

1º) 0 - C.Bueno/C.Dahruj (BM, SP/SP), 1:45.143, média de 147,87 Km/h
2º) 1 - V.Brito/Constatino Jr (BM, PA/SP), 1:47.582
3º) 105 - V.Faria/R.Guerra (MB, SP/SP), 1:48.401
4º) 22 - P.Bonifacio/S.Jimenez (MB, SP/SP), 1:48.742
5º) 16 - M.Hahn/A.Khodair (LA, SP/SP), 1:49.606
6º) 20 - F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU, PR/PR), 1:49.629
7º) 3 - R.Derani/C.Ricci (FE, SP/RS), 1:49.711
8º) 61 - F.Croce/D.Croce (CO, SP/SP), 1:50.362
9º) 30 - C.Faria/D.Rosa (MB, SP/RS), 1:50.486
10º) 15 - F.Tozzo/R.Mascarello (FE, SC/MT), 1:54.750
11º) 10 - C.Almeida/P.Ventura (LA, RS/RS), 1:56.272
12º) 57 - S.Laganá/A.Hellmeister (AM, SP/SP), 1:56.683
13º) 6 - V.Pinheiro/L.Burti (LO, SP/SP), 1:56.879
14º) 12 - L.Cordeiro/V.Genz (BM, SP/RS), 1:57.147
15º) 8 - E.Oliveira/W.Freire (FE, SP/SP), 1:57.568
16º) 11 - M.Stumpf/P.Gonçalves (BM, RS/BA), 1:58.092
17º) 4 - F.Roso/V.Roso (FE, RS/RS), 1:58.610

Melhor Volta: C.Bueno/C.Dahruj, 1:45.143 (147,87 km/h)

SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2012
08h40 - 08h55: Classificação - Mercedes-Benz Grand Challenge
09h05 - 09h35: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
09h40 - 10h10: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
10h20 - 10h50: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
10h55 - 11h25: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
11h35 - 12h10: Classificação 1 - Elf SuperBike
12h43 - 13h13: Corrida 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h25 - 14h00: Classificação 2 - Elf SuperBike
14H33 - 15h23: Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
15h38 - 16h13: Classificação 3 - Elf SuperBike
16h23 - 16h33: Super Pole - Elf SuperBike

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike 
15h10 - Premiação dos Campeonatos

 

 

HONDA JAZZ HYBRID

Honda Jazz Hybrid 1.3 i-VTEC IMA CVT

Perseguindo o arco-íris.

altA genialidade do pequeno Honda Jazz assenta numa estrutura compacta, fácil de dirigir e capaz de proporcionar uma habitabilidade excelente. Parte do segredo consistiu em rentabilizar a posição do motor, através de uma frente em cunha que permite “avançar” o habitáculo, outra razão está na modularidade do assento traseiro. Esta versão híbrida veio acrescentar maior economia, mais tecnologia e muita preocupação ambiental.

São características como estas que permitem manter tão actual um conjunto revelado em 2008 e renovado em finais de 2011. Foi por esta altura que surgiu também a presente versão híbrida, com a Honda a reclamar o facto de ser pioneira ao apresentar o primeiro carro do segmento dos utilitários com este género de mecânica.

Tal como Insight, esta versão do Jazz recorre ao propulsor de 1.3 litros combinado com uma transmissão de variação contínua (CVT) e com um motor eléctrico colocado entre ambos. Em condições muito particulares (e difíceis de conseguir...) de baixa e média velocidade chega mesmo a poder deslocar-se apenas no modo eléctrico.

Esta versão, em particular, distingue-se não apenas por consumos baixos ou emissões reduzidas, mas também por alguns pormenores estéticos cromados, na grelha e no portão traseiro.
Existe um botão "eco" que acciona uma série de funções: desliga o motor automaticamente quando a viatura se imobiliza (interrompendo também o funcionamento do ar condicionado) e evita acelerações bruscas e mais gastadoras de combustível.

A introdução de baterias não condicionou o espaço interior, nomeadamente na zona da mala onde estas se encontram alojadas. Com kit de reparação anti-furo o piso permanece plano; com pneu de reserva este eleva-se ligeiramente. O comprador pode optar entre uma ou outra solução, sem acréscimo de preço final.

Não afectou também a excelente habitabilidade do banco traseiro, caracterizado pela maneira como eleva e rebate o respectivo assento. Graças a isto é possível, por exemplo, transportar objectos com maior altura.

Escolher “este” Jazz, que custa cerca de 20 mil euros mesmo com os incentivos e campanhas que a marca tem em curso, para além da eventual vertente ambiental, pode muito bem partir do desejo de possuir um carro exclusivo capaz de se destacar entre os demais. Afinal, além de uma pintura verde exclusiva, quem circular muito em cidade rapidamente perceberá o benefício e a comodidade de dispor de uma caixa de sete velocidades automática, com “palhetas” atrás do volante que a tornam sequencial. Mas também a validade de poder contar com um acréscimo de potência, 98 cv no total, e principalmente de binário logo a partir das 1000 rpm: 167 Nm, no máximo, com os dois motores em simultâneo .

Consoante a vontade e a disposição de cada um, a condução do Jazz híbrido pode ser até encarada como um jogo: o de ir acrescentando folhas às plantas que vão surgindo no painel de bordo, como forma de premiar uma condução mais económica.

Ao condutor é-lhe permitido acompanhar os progressos dessa poupança a partir do computador de bordo ou através da variação da cor que ilumina o conta-quilómetros. Um pequeno painel digital mostra qual ou quais os motores que estão a funcionar e os momentos de regeneração da energia, para além das habituais informações das médias, quilómetros percorridos, autonomia e estado da “plantação”.

Quem desejar mandar às “urtigas” tanta sensibilidade ambiental tem bom remédio: desliga o botão “eco”, passa o comando da caixa para o modo desportivo e de imediato lhe é permitido conduzir com outra dinâmica.

Só que então esqueça o arco-íris…



Honda

 

MERCEDES BENZ GRAND CHALLENGE - BRASIL

 

Pilotos da Rsports realizam treinos com chuva pelo Mercedes-Benz Grand Challenge em Interlagos


Neste sábado, equipe paulista busca novo pódio na corrida 1 da etapa final da temporada

- Os carros da Gran Turismo/Mercedes Benz Grand Challenge entrarão na pista do Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, neste sábado (15/12) para mais um dia de disputas que prevê uma final emocionante. A Rsports Racing procura desenvolver com os quatro pilotos da equipe o melhor acerto para as duas corridas da oitava etapa que fecha o calendário 2012.

Fernando Amorim Jr (Fiolux/Campinas-SP) não gosta de provas com pista molhada. "Para mim acredito que corrida com chuva é uma loteria, está arriscado a rodar a qualquer momento, é muito instável e improvável saber quem pode vencer a prova, tudo pode acontecer. Apesar de eu preferir pista seca, ando bem com condição de corrida no molhado, fiz os treinos com um bom tempo os dois primeiros em quarto e o terceiro em quinto, sendo que tinha carro para andar mais rápido, dei poucas voltas no final, por que paramos para melhorar o setup. No classificatório quero melhorar e assegurar uma boa posição" enfatizou o piloto do carro 88.

Alexandre Papazissis, do bólido 36, revezou o cockpit do Mercedes-Benz C250 Turbo durante as três sessões de treinos com seu companheiro de equipe Beto Santos. "É a primeira vez que andei na chuva nesse carro, por isso não consegui avaliar com precisão a condição do carro e se permanecer a previsão teremos que enfrentar essa dificuldade", explicou o piloto paulista da Napa Parts, RTA Indústria de Peças Automotivas, NGK, Stock AIG Under Cars Parts, KS, Reach Radiadores.

O piloto mais novo da categoria de turismo brasileira e estreante da segunda temporada da Mercedes-Benz Grand Challenge está confiante para voltar ao pódio. "Hoje foi a primeira vez que andei na chuva com o Mercedes, os veículos que utilizei no Paulista de Marcas são muito diferentes do que eu estava acostumado e que tinha experiência nessa pista. Eles não tem muito equilíbrio com piso dessa maneira (molhada) e são bastante complicados de guiar. Já esse carro não, é difícil de pilotar pelo fato de não ter controle de tração traseira. Mas, é mais equilibrado, traz maiores possibilidades no traçado, bem bacana", disse Edson Coelho Jr. 

Continua. "Somente no último treino que conseguimos um setup mais ideal para a condição da pista e eu consegui um traçado mais rápido, o combinado ficou muito bom. Se as previsões forem realmente manifestar, acredito que já termos um carro perfeito para o classificatório e para a corrida", contou o piloto do carro 99, que defende as cores da EMC Sistemas e Neide Buffet. 

Com oito etapas programadas no calendário da Gran Turismo/Mercedes-Benz Grand Challenge os competidores tiveram uma novidade, uma etapa com clima diferente das demais. "Para os pilotos da equipe é a primeira vez que estão andando com esse carro com pista molhada. Então, acabamos os treinos satisfeitos, os três carros da Rsports entre os dez primeiros, e na última saída, tivemos o Edinho com a segunda colocação e o Amorim Jr. em quinto. O pessoal do carro 36, os dois pilotos numa chuva mais extrema, não tinham a experiência que precisava. Para mim foi muito bom e produtivo e conseguimos traduzir isso em resultado o que é o mais importante. Para amanhã a condição de clima parece ser a mesma e estou esperançoso que consigamos nos manter entre os cinco primeiros", destacou o chefe de equipe da Rsports Racing, Leandro Romera.

Segundo Beto Santos, o carro 36 terá um acerto totalmente voltado para prova com tempo chuvoso. "Como todo o time também foi o meu primeiro contato com esse carro na chuva, a temporada inteira foi com pista seca. No segundo treino peguei a pista bem molhada, dei poucas voltas, pista arisca, é um carro difícil de controlar, manhoso e tem que ter muita delicadeza. Apesar de ter tração automática e ela te joga em situações de momento que você tem que resolver como fazer da melhor maneira, fiz um bom tempo, mas acredito que poderia ter rendido bem mais. Já na minha segunda entrada estava chovendo muito forte e realmente não havia como andar, não valia a pena arriscar nada, por isso em conjunto com a equipe resolvemos finalizar o treino", ressaltou o piloto paulista.

A programação prossegue neste sábado, dia 15, a partir das 08h40 com os o treino classificatório e a disputa da 1ª corrida às 11h15. No domingo (16), a 2ª prova terá sua largada às 12h01 com transmissão ao vivo pela Rede TV! e www.portalgt.com.br.

A equipe RSports Racing conta com patrocínio da Napa Parts, RTA Indústria de Peças Automotivas, www.gainerautopecas.com.br, NGK, Stock AIG Under Cars Parts, KS, Reach Radiadores, SB&S Corretora, Fiolux, EMC Sistemas, Neide Buffet e apoio da Nestlé Nescafé Dolce Gusto.

1º Treino Livre - Mercedes Benz GC

1º) 60 - Cesare Marrucci (MB, SP), 1:57.334, média de 132,51 Km/h
2º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 1:57.463
3º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 1:57.662
4º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB, SP), 1:57.943
5º) 47 - Marcos Paioli (MB, SP), 1:58.011
6º) 31 - J.Campos/M.Campos (MB, RS), 1:58.545
7º) 99 - Edson Junior (MB, RS), 1:59.250
8º) 98 - Fernando Junior (MB, RS), 1:59.343
9º) 12 - Leo De Nigris (MB, SP), 2:00.027
10º) 36 - Humberto Santos (MB, SP), 2:00.238
11º) 21 - Peter Gottschalk (MB, SP), 2:00.245
12º) 73 - M.Jesus/S.Martines (MB, SP), 2:00.312
13º) 22 - L.Zapelini/R.Zapelini (MB, SP), 2:04.883
14º) 25 - Renato Camargo (MB, SP), 2:06.906
15º) 6 - Carlos Fonseca (MB, SP), 2:07.311
16º) 7 - Beto Rossi (MB, SP), 2:25.586
17º) 55 - Robero Santos (MB, SP), 2:26.766
18º) 77 - Arnaldo Diniz (MB, SP), 40:08.277

Melhor Volta: Cesare Marrucci, 1:57.334 (132,51 km/h)

2º Treino Livre - Mercedes Benz GC

1º) 31 - J.Campos/M.Campos (MB, RS), 2:09.184, média de 120,35 Km/h
2º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 2:09.222
3º) 60 - Cesare Marrucci (MB, SP), 2:09.496
4º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB, SP), 2:09.713
5º) 99 - Edson Junior (MB, RS), 2:10.738
6º) 73 - M.Jesus/S.Martines (MB, SP), 2:11.039
7º) 47 - Marcos Paioli (MB, SP), 2:11.364
8º) 6 - Carlos Fonseca (MB, SP), 2:12.115
9º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 2:12.176
10º) 36 - H.Santos/A.Papazissis (MB, SP), 2:12.795
11º) 7 - Beto Rossi (MB, SP), 2:13.014
12º) 25 - Renato Camargo (MB, SP), 2:13.316
13º) 21 - Peter Gottschalk (MB, SP), 2:13.852
14º) 12 - Leo De Nigris (MB, SP), 2:14.677
15º) 22 - Rafael Zapelini (MB, SP), 2:15.038
16º) 98 - Fernando Junior (MB, RS), 2:18.073
17º) 77 - Arnaldo Diniz (MB, SP), 2:56.123
18º) 55 - Robero Santos (MB, SP), 5:59.861

Melhor Volta: J.Campos/M.Campos, 2:09.184 (120,35 km/h)

3º Treino Livre - Mercedes Benz GC

1º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 2:13.234, média de 116,69 Km/h
2º) 99 - Edson Junior (MB, RS), 2:13.488
3º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 2:13.504
4º) 47 - Marcos Paioli (MB, SP), 2:13.547
5º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB, SP), 2:13.809
6º) 25 - Renato Camargo (MB, SP), 2:13.970
7º) 12 - Leo De Nigris (MB, SP), 2:14.299
8º) 6 - Carlos Fonseca (MB, SP), 2:14.480
9º) 31 - J.Campos/M.Campos (MB, RS), 2:14.839
10º) 77 - Arnaldo Diniz (MB, SP), 2:14.910
11º) 21 - Peter Gottschalk (MB, SP), 2:16.289
12º) 60 - Cesare Marrucci (MB, SP), 2:16.468
13º) 73 - M.Jesus/S.Martines (MB, SP), 2:17.035
14º) 7 - Beto Rossi (MB, SP), 2:17.998
15º) 22 - Rafael Zapelini (MB, SP), 2:18.779
16º) 36 - H.Santos/A.Papazissis (MB, SP), 2:18.936
17º) 98 - Fernando Junior (MB, RS), 2:20.605
18º) 55 - Robero Santos (MB, SP), 2:33.293

Melhor Volta: Rubens Tilkian, 2:13.234 (116,69 km/h)
Fonte: CRONOMAP Timing

Classificação do Campeonato: Mercedes-Benz Grand Challenge, após 14 corridas
1º) Márcio Campos/João Campos, 224 pontos;
2º) Neto de Nigris, 186;
3º) Fernando Júnior, 182;
4º) Cesare Marrucci, 147;
5º) Rubens Tilkian, 129;
6º) Arnaldo Diniz Filho, 74;
6º) Leo de Nigris, 89;
8º) Michelle de Jesus, 86;
9º) José Fernando Amorim Júnior, 85;
10º) Edson Júnior, 82;
11º) Sérgio Martinez, 78;
12º) Beto Santos, 66;
13º) Renato Camargo, 61;
14º) Beto Rossi, 49;
15º) Peter GottschalkJunior, 45;
16º) Carlos Kray, 44;
16º) Peter Michel Gottschalk, 44;
18º) Alexandre Papazissis, 42;
19º) Sérgio Chamon, 40;
20º) Rafael Zapelini/Luis Carlos Zapelini, 36;
21º) Marcos Paioli, 29;
22º) Roberto Santos, 22;
23º) Rodrigo Miguel, 17;
24º) Betão Fonseca, 15;
25º) Roberto Maggi, 6;
26º) Jorge Temake/Paulo Yamamoto, 2

Confira a programação:

Sábado, 15/12
08h40 - 08h55: Classificação - Mercedes-Benz Grand Challenge
09h05 - 09h35: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
09h40 - 10h10: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
10h20 - 10h50: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
10h55 - 11h25: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
11h35 - 12h10: Classificação 1 - Elf SuperBike
12h43 - 13h13: Corrida 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h25 - 14h00: Classificação 2 - Elf SuperBike
14H33 - 15h23: Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
15h38 - 16h13: Classificação 3 - Elf SuperBike
16h23 - 16h33: Super Pole - Elf SuperBike

Domingo, 16/12
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike
15h10 - Premiação dos Campeonatos

 

MERCEDES BENZ GRAND CHALLENGE - BRASIL

 

Em dia de clima instável, Cesare Marrucci lidera Mercedes-Benz Grand Challenge em Interlagos

Neto De Nigris foi o segundo mais rápido e Rubens Tilkian em terceiro

 O primeiro dia da última etapa da temporada 2012 do Mercedes-Benz Grand Challenge terminou em Interlagos, São Paulo, com a liderança do piloto da CenterBUS, Cesare Marrucci, com o tempo de 1m57s334. Em segundo, na briga pelo vice-campeonato, Neto De Nigris, da De Nigris Europamotors, (1m57s463) e, fechando os três primeiros, Rubens Tilkian, da Comark Racing (1m57s662). Na disputa com Neto, Fernando Jr, da WCR, foi apenas o oitavo, em um dia com clima bastante instável e com até chuva forte.

Após três etapas complicadas onde não brigou por vitórias, Cesare Marrucci, da CenterBUS, comemorou o retorno às primeiras posições. "Depois deste período complicado na temporada conseguimos ter um bom acerto tanto no seco quanto no molhado, por isso o resultado foi bom. Já venci aqui este ano, mas temos vários pilotos com chances reais de vencer, então vamos fazer o melhor para conquistar mais um ótimo resultado", diz Marrucci.

"Estou bastante feliz por ter ficado em terceiro lugar no prêmio Capacete De Ouro, só de saber que fui escolhido para ficar entre os melhores do país fico muito satisfeito. Espero encerrar o ano com mais uma vitória, pelo menos", completa Cesare Marrucci. 

"Eu estou bem, bastante animado", diz Neto De Nigris. "Meu concorrente direto pelo vice-campeonato está lá pra trás, não sei porque ele não andou tanto quanto nós durante o dia. De toda forma, estou ansioso na brica por este resultado. Comecei o dia andando com pneus de pista seca, mesmo com o asfalto ainda úmido e fui bem. Depois já com pneus de chuva o comportamento do carro não foi tão legal, mas voltamos ao bom ritmo no final do dia", destaca Neto.

"Vou chegar na frente do Fernando amanhã, esta é a minha casa", encerra De Nigris. Terceiro no dia, Rubens Tilkian, da Comark Racing, destacou o bom trabalho feito pelo seu time. "Foi um trabalho bastante positivo. A pista estava diferente do habitual e mudando constantemente. Começamos bem, mas infelizmente não conseguimos treinar no terceiro treino direito pelo excesso de água, mas acontece", fala Rubens.

"É sempre bom correr em Interlagos, eu gosto da pista e vamos fechar o campeonato com sucesso", encerra confiante Rubens Tilkian. Bicampeões, João e Márcio Campos fecharam as três sessões com o oitavo melhor tempo. "Foi um começo de etapa bom, porém complicado", diz João, responsável pela volta mais rápida da dupla da Sicredi Racing. "O melhor de tudo foi ter a certeza que nosso carro está recuperado do acidente que sofremos em Cascavel", completa.

"Queremos encerrar o ano fazendo um grande festa aqui em São Paulo, assim como fizemos no Paraná na conquista do bicampeonato", completa João Campos. A programação da oitava e última etapa da temporada do Mercedes-Benz Grand Challenge continua neste sábado (15) com o treino classificatório e a corrida 1 às 12h43 com transmissão do PortalGT.com,br e Uol.com.br. No domingo (16), a corrida final, ao meio-dia, com transmissão dos dois sites novamente e da RedeTV.

SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2012
08h40 - 08h55: Classificação - Mercedes-Benz Grand Challenge
09h05 - 09h35: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
09h40 - 10h10: Classificação Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
10h20 - 10h50: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT4/P)
10h55 - 11h25: Classificação Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de GT (GT3)
11h35 - 12h10: Classificação 1 - Elf SuperBike
12h43 - 13h13: Corrida 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h25 - 14h00: Classificação 2 - Elf SuperBike
14H33 - 15h23: Corrida 1 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
15h38 - 16h13: Classificação 3 - Elf SuperBike
16h23 - 16h33: Super Pole - Elf SuperBike

DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO DE 2012
09h10 - 09h25: Warm-up - Elf SuperBike
09h35 - 09h50: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge
10h00 - 11h20: Visitação aos Boxes
12h01 - 12h31: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge
13h02 - 13h52: Corrida 2 - Campeonato Brasileiro de Gran Turismo
14h31 - 15h01: Corrida - Elf SuperBike 
15h10 - Premiação dos Campeonatos

1º Treino Livre - Mercedes Benz GC

1º) 60 - Cesare Marrucci (MB, SP), 1:57.334, média de 132,51 Km/h
2º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 1:57.463
3º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 1:57.662
4º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB, SP), 1:57.943
5º) 47 - Marcos Paioli (MB, SP), 1:58.011
6º) 31 - J.Campos/M.Campos (MB, RS), 1:58.545
7º) 99 - Edson Junior (MB, RS), 1:59.250
8º) 98 - Fernando Junior (MB, RS), 1:59.343
9º) 12 - Leo De Nigris (MB, SP), 2:00.027
10º) 36 - H.Santos/A.Papazissis (MB, SP), 2:00.238
11º) 21 - Peter Gottschalk (MB, SP), 2:00.245
12º) 73 - M.Jesus/S.Martines (MB, SP), 2:00.312
13º) 22 - Rafael Zapelini (MB, SP), 2:04.883
14º) 25 - Renato Camargo (MB, SP), 2:06.906
15º) 6 - Carlos Fonseca (MB, SP), 2:07.311
16º) 7 - Beto Rossi (MB, SP), 2:25.586
17º) 55 - Robero Santos (MB, SP), 2:26.766
18º) 77 - Arnaldo Diniz (MB, SP), 40:08.277

Melhor Volta: Cesare Marrucci, 1:57.334 (132,51 km/h)

2º Treino Livre - Mercedes Benz GC

1º) 31 - J.Campos/M.Campos (MB, RS), 2:09.184, média de 120,35 Km/h
2º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 2:09.222
3º) 60 - Cesare Marrucci (MB, SP), 2:09.496
4º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB, SP), 2:09.713
5º) 99 - Edson Junior (MB, RS), 2:10.738
6º) 73 - M.Jesus/S.Martines (MB, SP), 2:11.039
7º) 47 - Marcos Paioli (MB, SP), 2:11.364
8º) 6 - Carlos Fonseca (MB, SP), 2:12.115
9º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 2:12.176
10º) 36 - H.Santos/A.Papazissis (MB, SP), 2:12.795
11º) 7 - Beto Rossi (MB, SP), 2:13.014
12º) 25 - Renato Camargo (MB, SP), 2:13.316
13º) 21 - Peter Gottschalk (MB, SP), 2:13.852
14º) 12 - Leo De Nigris (MB, SP), 2:14.677
15º) 22 - Rafael Zapelini (MB, SP), 2:15.038
16º) 98 - Fernando Junior (MB, RS), 2:18.073
17º) 77 - Arnaldo Diniz (MB, SP), 2:56.123
18º) 55 - Robero Santos (MB, SP), 5:59.861

Melhor Volta: J.Campos/M.Campos, 2:09.184 (120,35 km/h)

3º Treino Livre - Mercedes Benz GC

1º) 35 - Rubens Tilkian (MB, SP), 2:13.234, média de 116,69 Km/h
2º) 99 - Edson Junior (MB, RS), 2:13.488
3º) 11 - Neto De Nigris (MB, SP), 2:13.504
4º) 47 - Marcos Paioli (MB, SP), 2:13.547
5º) 88 - José F.Amorim Jr. (MB, SP), 2:13.809
6º) 25 - Renato Camargo (MB, SP), 2:13.970
7º) 12 - Leo De Nigris (MB, SP), 2:14.299
8º) 6 - Carlos Fonseca (MB, SP), 2:14.480
9º) 31 - J.Campos/M.Campos (MB, RS), 2:14.839
10º) 77 - Arnaldo Diniz (MB, SP), 2:14.910
11º) 21 - Peter Gottschalk (MB, SP), 2:16.289
12º) 60 - Cesare Marrucci (MB, SP), 2:16.468
13º) 73 - M.Jesus/S.Martines (MB, SP), 2:17.035
14º) 7 - Beto Rossi (MB, SP), 2:17.998
15º) 22 - Rafael Zapelini (MB, SP), 2:18.779
16º) 36 - H.Santos/A.Papazissis (MB, SP), 2:18.936
17º) 98 - Fernando Junior (MB, RS), 2:20.605
18º) 55 - Robero Santos (MB, SP), 2:33.293

Melhor Volta: Rubens Tilkian, 2:13.234 (116,69 km/h)

 

 

MAZDA PORTUGAL REFORÇA REPRESENTAÇÃO

 

Preparando 2013
Mazda Motor de Portugal reforça representação
• Nomeados seis novos Concessionários e Reparadores Autorizados
• Uma Rede mais forte para suportar o lançamento do Novo Mazda6
Lisboa, 14 Dezembro 2012. A Mazda Motor de Portugal tem vindo a reforçar a sua Rede de
Concessionários e Reparadores Autorizados no nosso país, através da atribuição de novas áreas
de representação e reforço das operações de serviço. Tudo isto com vista a oferecer um serviço
mais completo e focalizado, quer em termos de divulgação dos seus novos modelos, como também
visando a satisfação dos clientes em termos de assistência pós-venda.
Em 2013, ano que se prevê particularmente adverso, fruto da desfavorável conjuntura
socioeconómica do país, nomeadamente do próprio mercado automóvel, a representação da Mazda
vai surgir mais forte, de modo a contrariar essa tendência, num ano que se revelará deveras
importante com o lançamento comercial do novo Mazda6.
“Se olharmos com atenção para outros exemplos do passado, verificamos que não é desistindo-se
dos objectivos, ou deixando-se levar pela maré, que as coisas evoluem no sentido que se
pretende”, começa por explicar Luis Morais, Director Geral da Mazda Motor de Portugal. “As
grandes adversidades enfrentam-se com novas apostas, por vezes arrojadas, mas que se forem
estrategicamente bem definidas, no final levam a que se alcancem os resultados pretendidos. 2013
não será um ano fácil, é certo, mas se não fizermos nada para contrariar a tendência os resultados
não surgem naturalmente só por si”.
É por isso que a Mazda, ciente das necessidades dos seus actuais e futuros clientes, num ano que
contará com o novo Mazda6 como protagonista de peso no segmento CD, reforçou a sua
representação no nosso país ao longo dos últimos meses, definindo quatro novos espaços de

venda de automóveis novos e de serviço pós-venda: Antero Rego (Ponta Delgada), gerido pelo
responsável com o mesmo nome da concessão; Auto Júlio (Caldas da Rainha/Torres Vedras), sob
a supervisão de António Júlio; Auto S. Cristovão (Évora) com Pedro Cristovão como responsável 2 / 2
MazdaLogo 500x332t
www.mazda-press.com | www.mazda.pt
máximo; C. Serrano (Portalegre/Castelo Branco), com Rui Serrano na liderança da
equipa, Irmãos Luzias (Beja), com Vitor Luzia na gestão do negócio; e Mitauto (Viseu) sob a
direcção de José Pais.
Fruto destes novos acordos de representação, assinados ao longo do cor

 

CAMPANHA DE RECOLHA DE BENS DA RINO

Campanha Recolha de Bens na Rino

A rede de Oficinas Rino entrou no espírito naticídio e desenvolveu uma campanha nacional de recolha de bens para apoiar o IAC - Instituto de Apoio À Criança.

alt“Dê um pouco mais a quem precisa” é o lema da Campanha – este natal faça a diferença

Este Natal, a Rino, Rede de Oficinas Multimarca, em colaboração com o IAC (Instituto de Apoio à Criança), está a realizar uma campanha de Recolha de Bens para ajudar as crianças carenciadas da Instituição de Solidariedade Social.

O IAC é uma instituição sem fins lucrativos, que ao longo dos seus quase 30 anos de existência, tem contribuído para o “desenvolvimento integral da criança, na defesa e promoção dos seus direitos".

Assim, de 1 a 31 de Dezembro esta ação de solidariedade irá funcionar numa lógica de “dar para receber” e, por cada saco de brinquedos ou roupa de criança, que entregar numa das oficinas Rino aderentes, irá receber gratuitamente não só um check-up, como também, um vale de lavagem para o seu automóvel, válido até final do ano.

E ainda, no caso de efetuar a troca de pneus (no mínimo dois), ou um serviço de manutenção de valor superior a 50€ (sem IVA), 5€ irão reverter a favor do Instituto de Apoio à Criança.

Vários foram os parceiros que se uniram em torno desta ação, nomeadamente, a TopGear Portugal, a Turbo e a Auto Hoje, publicações de referência no setor automóvel, a MCoutinho Peças, Distribuidor nacional de Peças Originais, que irá assegurar a logística da recolha e entrega de bens, e ainda, a agência AFRO, no desenvolvimento criativo da campanha.

Saiba quais os pontos de recolha em www.rino.pt

Este Natal faça a diferença!



Natal
 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt