In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


RANKING MUNDIAL RALIS 2012

 

Ranking Rally Final Mundial 2012 - O n º 1 é piloto de rali Sébastien Loeb - O Rally CoDriver No. 1 é Daniel Elena


Sebastien Loeb é sem dúvida o número 1 dos ralis internacionais, como confirma o 2012 World Rally Ranking WRR (World Rally Ranking), promovido pelo IRDA (International Rally Drivers Association), o primeiro lugar é sempre ocupada pelo piloto francês, em segundo coloque o finlandês Mikko Hirvonen, o pódio é completado por Norvegian Andreas Mikkelsen. Estes três pilotos são seguidos por 1.026 pilotos de rally dos 5 continentes e 79 países do mundo, após a execução de todos os comícios internacionais no calendário da FIA de 2012, marcou os resultados necessários para entrar no Ranking Mundial de Rally. Esta é a posição final da classificação IRDA novo para as primeiras 15 posições:
 

Posição de condução Nacionalidade Nome Pontos
 
1 Sebastien Loeb França 6505
2 Mikko Hirvonen Finlândia 6225
3 Andreas Mikkelsen Noruega 5868
4 Mads Ostberg Noruega 5250
5 Petter Solberg Noruega 4815
6 Jari-Matti Latvala Finlândia 4725
7 Juho Hanninen Finlândia 4236
08 de janeiro Kopecky Rep. Tcheca 4070
9 Thierry Neuville Bélgica 3990
10 Evgeny Novikov Rússia 3840
11 Martin Prokop Rep. Tcheca 3600
12 Qatar Nasser Al Attiyah 3498
13 Sebastien Ogier França 3480
14 Chris Atkinson Austrália 3325
15 Sepp Wiegand Alemanha 2996
 

1 Sebastien Loeb França 6505
2 Mikko Hirvonen Finlândia 6225
3 Andreas Mikkelsen Noruega 5868
4 Mads Ostberg Noruega 5250
5 Petter Solberg Noruega 4815
6 Jari-Matti Latvala Finlândia 4725
7 Juho Hanninen Finlândia 4236
08 de janeiro Kopecky Rep. Tcheca 4070
9 Thierry Neuville Bélgica 3990
10 Evgeny Novikov Rússia 3840
11 Martin Prokop Rep. Tcheca 3600
12 Qatar Nasser Al Attiyah 3498
13 Sebastien Ogier França 3480
14 Chris Atkinson Austrália 3325
15 Sepp Wiegand Alemanha 2996
 
Daniel Elena é o número 1 CoDriver dos ralis internacionais, o primeiro lugar é sempre ocupado pela CoDriver francês, em segundo lugar, o finlandês Jarmo Lehtinen, o pódio é completado por Floene Ola Norvegian. Estes três codrivers são seguidos por 1056 codrivers rali dos 5 continentes e 82 países do mundo, após a execução de todos os comícios internacionais no calendário da FIA de 2012, marcou os resultados necessários para entrar no Ranking Mundial de Rally. Esta é a posição final da classificação IRDA novo para as primeiras 15 posições:

 

 

Posição CoDriver Nacionalidade Nome Pontos
 
1 Daniel Elena Mônaco 6505
2 Jarmo Lehtinen Finlândia 6225
Ola Floene 3 Noruega 5868
4 Jonas Andersson Suécia 5250
5 Christopher Patterson Grã-Bretanha 4815
6 Miikka Anttila Finlândia 4725
Mikko Markkula 7 Finlândia 4236
8 Pavel Dresler Rep. Tcheca 4070
9 Nicolas Gilsoul Bélgica 3990
10 Zdenek Hruza Rep. Tcheca 3654
11 Giovanni Bernacchini Itália 3498
12 Julien Ingrassia França 3480
13 Ilka Minor-Petrasko Áustria 3139
14 Timo Gottschalk Alemanha 2996
15 Kuldar Sikk Estónia 2985xworld 500x332

 

PRF EM DIFICULDADES

 

UM DIA PARA ESQUECER NO DESERTO MAURITANO

PRF Racing_Team_-_Africa_Race_10_500x332PRF Racing_Team_-_Africa_Race_11_500x332

Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro perderam horas no meio das dunas

“Foi uma verdadeira etapa da Mauritânia”, afirmou exausto Paulo Rui Ferreira assim que
conseguiu retirar a sua Nissan Navara Off Road de um buraco no meio das dunas. A equipa de
Leiria teve um dia terrível, daqueles que não se deseja a ninguém, mas que faz parte integral
de uma prova deste tipo. Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro levaram horas para conseguir
desatascar a Nissan de um buraco para onde escorregou no meio de um cordão de dunas. Mas o
azar do dia não foi apenas este, pois o PRF Racing Team ficou enterrado nas areias mauritanas
por diversas vezes, debatendo-se também com problemas de navegação.

“Foi muito complicado! Ficámos presos por diversas vezes, perdemos a orientação e até
conseguimos furar por duas vezes, o que ainda não tinha acontecido até aqui. Depois de um dia
fantástico como o de ontem, este foi verdadeiramente mau, uma etapa tipicamente mauritana
que deixa ficar as suas marcas em termos de classificação. Neste momento estamos a caminho
do acampamento em Akjoujt, e nem sequer sabemos a nossa classificação. Estes azares
fazem parte deste tipo de corridas, e só temos de nos preparar para o dia de amanhã”, referiu,
naturalmente cansado, Paulo Rui Ferreira.

Depois de muitas ocorrências ao longo de um dia para esquecer, a equipa de Leiria viria a
atrasar-se horas, já perto do final da especial que hoje teve mais de quatrocentos quilómetros de
areia e dunas. À hora deste comunicado, Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro ainda estão a
percorrer a ligação até Akjoujt para gozarem um merecido descanso após um dia de “trabalhos
forçados”. A classificação ainda não é conhecida, mas o PRF Racing Team terá descido alguns
lugares na classificação geral.

A etapa de amanhã será efectuada num looping que tem por base Akjoujt. Vão ser mais 473
km com muita areia e dunas, que irá provocar mais um dia de dificuldades para todos os
concorrentes, em mais um dia marcado pelo deserto da Mauritânia.

 

MEIO BILHÃO DE ESPECTADORES ASSISTIRAM AO WTCC

MXWeio bilhão de espectadores assistiram WTCCWTCC público de televisão está crescendo rapidamente. Desde o início do Campeonato do Mundo, em 2005, os números cresceram de 70 milhões de espectadores em mais de 20 emissoras de mais de meio bilhão de telespectadores em todo 84 emissoras em 2012.

Os números completos 2012 transmissão será anunciado pelo IFM, a Alemanha baseado esportes empresa de pesquisa, em seu relatório anual que será publicado em meados de janeiro. 
"Entre as 84 emissoras, 49 eram free-to-air canais, 31 foram de cabo e canais por satélite, e quatro agências de notícias. Houve um total de cerca de 1.400 horas de programação WTCC em 2012, em comparação com 1.237 horas em 2011, enquanto a audiência acumulada aumentou em cerca de 10 por cento ", explicou François Ribeiro, desenvolvimento motor esporte diretor da Eurosport Events. 
Falando sobre o futuro próximo , Ribeiro disse: "Em 2013, nossas metas prioritárias são Rússia e EUA. Estamos atualmente em negociações com redes principais de ambos os países. No topo desta queremos empurrar para melhorar nossa cobertura no Japão ".
WTCC de estratégias de TV estão diretamente ligados à importância da indústria automotiva mercados: "Nós realmente tentamos ter certeza de que WTCC vai ao ar, se ele está coberto por Eurosport ou não , nos principais mercados automotivos. E depois, claro , tentamos colocar nossos programas nos mercados emergentes, que são chave para os fabricantes de automóveis. "

 

HELDER RODRIGUES NO DAKAR 2013

 

Hélder Rodrigues optou por partir atrás

Hlder Rodrigues_500x332Hlder Rodrigues_partida_500x332

A edição de 2013 do Dakar já arrancou esta tarde no Peru com uma etapa que ligou a capital, Lima a Pisco e que incluía um curta

especial cronometrada de apenas 13 quilómetros. Um sector selectivo que serviu para definir a ordem de partida para o verdadeiro

início da prova que terá lugar amanhã onde os 242 quilómetros cronometrados serão na sua maioria disputados totalmente em

areia.

Foi a pensar nas características dessa etapa que Hélder Rodrigues e a maioria dos pilotos mais credenciados optaram por não partir

na frente. O campeão do mundo de 2011 e actual nº1 da equipa Honda optou estrategicamente por partir atrás de todos os seus

adversários, mesmo que para isso tenha perdido algum tempo, tendo em conta que, no caso das motos, o crono realizado foi, para

efeitos de classificação da etapa, multiplicado por cinco. Uma desvantagem que o piloto português espera por certo recuperar ao

partir de uma posição mais atrasada.

Hélder Rodrigues realizou o 29º tempo tendo gasto mais 53s que o chileno Chaleco Lopez que optou por partir na frente para a

etapa de amanhã. O piloto português irá partir amanhã com uma desvantagem de 3m20s para Cyril Despres que hoje realizou o 5º

tempo.

“ A etapa correu conforme tinha idealizado. O sector selectivo era todo em areia e bastante curto. Fiz esta etapa a pensar no dia

de amanhã onde vamos ter logo de entrada deste Dakar uma etapa muito difícil. Sinto-me muito bem e estou preparado para

enfrentar toda a dureza desta prova”, salientou no final da etapa o piloto da Honda, Red Bull e TMN.

 

JORGE AMORTECEDORES COM NOVO SITE

JORGE AMORTECEDORES COM NOVO SITE

 

Com o lema " O que eu percorri para aqui chegar", é o novo site da Jorge Amortecedores, com o conhecido Jorge Rodrigues ao leme, da sua empresa que mesmo em tempos de crise não tem parado de crescer. Um site a merecer uma visita.407481 552975298064577_2079791575_n_500x332602817 554372321258208_1447845872_n_1_500x332

 

WTCC É NOTICIA

WTCC É NOTICIALADA

2013: A frente russa e novas equipes

"A próxima temporada será interessante. A principal característica é a abertura de uma frente russa. A Rússia tem uma importância estratégica, sendo um dos principais mercados automotivos e por isso estava no topo da nossa lista de prioridades comerciais. Agora eles têm uma pista que é bom o suficiente para recebê-WTCC, e em cima deste fabricante de carros da Rússia mais importante, a Avtovaz Group, reencontra o campeonato com a equipe de esporte LADA apoiado pela Lukoil. Algo que, certamente, vai agitar o mercado interno . 
Olhando para o campo, estou bastante otimista. As equipes que competiram em 2012 vai ficar, e um ou dois novos são esperados para participar. Teremos um quinhão de marcas representadas, incluindo a Chevrolet. Como uma questão de fato a possibilidade de Chevrolet a ser representada no campeonato é realista, e isso agrada-nos, porque é uma marca importante e vai ajudar a manter o nível do campeonato elevado em termos de ambos, a participação e competitividade. "

 

 

MUITA ATENÇÃO LEITORES

 

ATENÇÃO àS NOVAS FISCALIZAçõES NAS OPERAçõES STOP!!!
Ontem à noite, depois de sair com um grupo de amigos, fomos mandados parar por uma brigada de trânsito da BT.Até certo ponto, achamos normal por se tratar de um fim-de-semana e ser costume haver a caça ao condutor com álcool.
Depois de o condutor soprar no balão, qual o nosso espanto quando o polícia pergunta se temos leitor de CD no carro.Tínhamos leitor de CD e logo a seguir pediu-nos para ver os CD's que tínhamos no carro, para ver se eram cópias ! !!! Sobre isto, já eu tinha ouvido falar num mail que recebi recentemente (ver mais abaixo).
O que é incrível é que, depois dos CD's, o polícia manda-nos sair do carro e começa a olhar para a nossa roupa ! Verídico !!!
Nisto, chama uma mulher-polícia para junto das minhas colegas e um outro polícia para junto de nós e... PEDEM-NOS PARA VER A ETIQUETA DAS NOSSAS ROUPAS!
Recusámo-nos imediatamente e eles informaram-nos que, naquela operação Stop, estava incluída uma busca por contrafacção !!!
Um dos meus colegas tinha um casaco Paul & Shark, comprado na feira de Espinho, e as Autoridades identificaram-no e vai ser punido!
O meu colega e todos outros como não conhecem a lei já contactou o advogado e este informou-o de que o que os policias fizeram está dentro da lei!
Pelos vistos, quando compramos roupa na feira, sabemos que estamos a comprar material ilegal e isso é crime!
Estamos a pactuar com uma actuação fora da lei e por isso sujeitos a coimas por conivência de forma de delito.
Pelo que percebemos, só algumas marcas é que estão sujeitas a fiscalização, tipo, bolsas Gucci, óculos Channel, roupas Nike, Gant, Louis Vuitton, etc etc.
Façam chegar este mail a toda a gente para que todos saibam
A GNR-BT, nos auto-stops, começou a fiscalizar os CD's piratas que temos no carro. Se os CDs não forem originais ou então se não possuímos o original que deu origem à cópia, (é permitido por lei efectuar UMA cópia de segurança), a viatura pode ser apreendida e sujeitamo-nos às respectivas sanções.
Retirem urgentemente os CD's piratas do carro, não vá o diabo tece-las.
Este controlo foi efectuado no fim de semana, na A1 no Norte de Portugal mas segundo as autoridades vai estender-se por todo Pais.

375774 2168661896529_1128053404_n
 

DAKAR JÁ COMEÇOU

Ruben Faria melhor português na primeira etapa do Dakar

Numa especial ganha pelo chileno Francisco Lopez "Chalenco" (KTM), que correu os 13 quilómetros em 7.51 minutos, Ruben Faria gastou mais 19 segundos do que o vencedor, enquanto Paulo Gonçalves (Husqvarna) foi 13.º com mais 32 segundos, Hélder Rodrigues (Honda) foi 29.º com mais 53, Bianchi Prata (Huqvarna) foi 62.º com mais 1.34 minutos e Mário Patrão (Suzuki) foi 70.º com mais 1.47.

Nos automóveis, o espanhol Carlos Sainz (Buggy), vencedor da prova em 2010, tornou-se no primeiro líder, ao cumprir os 13 quilómetros da especial em 7.40 minutos, superando em oito segundos o argentino Lucio Alvarez (Toyota) e em 10 o francês Guerlain Chicherit (SMG).

@ Agência Lusa

 

DANIEL VIDAL JUNIOR TESTOU MONOLUGAR

DANIEL VIDAL JUNIOR TESTOPU MONOLUGAR NA ÁFRICA DO SUL

 

O piloto do Porto, radicado em Luanda por razões profissionais, esteve no periodo do Natal e Fim do Ano,74562 10151181683451035_799542822_n_1227723 10151181682311035_1746129194_n307114 10151181683241035_766912550_n393158 10151181681951035_105305816_n_500x332406157 10151181682611035_680933721_n_500x332423356 10151181682871035_838128304_n_500x332481238 10151181682721035_1629474681_n_500x332481370 10151181683126035_1636545968_n527287 10151181681706035_1936357799_n_500x332530388 10151181681711035_1725169589_n_500x332542897 10151181683426035_1692180680_n734897 10151181682156035_583929452_n_500x332 de férias na África do Sul, onde teve a oportunidade de testar um monolgar na pista de Killarney Raceway.Depois do teste, Daniel Vidal Júnior teve a possibilidade de fazer uma prova copm algusn participantes, onde acabou pro vencer sem grandes problemas.

 

RUI COELHO PREPARA AX SPORT

RUI COELHO PREPARA AX SPORT

 

Rui Coleho está a preparar um Citoren  Ax Sport, com vista à participação no novo Troféu nacional de Clássicos - Pós Históricos, na qual será a sua aposta para a velocidade em 2013.A primeira imagem do carro aqui está.68671 314314552007420_460604586_n_500x332

 

3º LUGAR PARA A EQUIPA DE LEIRIA

 

FANTÁSTICO 3º LUGAR PARA A EQUIPA DE LEIRIA

PRF Racing_Team_-_Africa_Race_08_500x332PRF Racing_Team_-_Africa_Race_09_500x332

Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro deram-se bem com os ares da Mauritânia

A entrada na Mauritânia foi marcada por uma ligação demasiado longa e por uma especial muito
competitiva. A equipa de Leiria respirou bem os ares mauritanos, realizando uma etapa muito
produtiva. Um 3º lugar na classificação geral mostra bem o empenho que o PRF Racing Team
colocou no dia de hoje.

“Foi uma etapa muito rápida e com uma navegação muito difícil, mas que nos acabou por
correr bastante bem. Percebemos que o traçado de hoje era mais o nosso terreno, o que nos
entusiasmou bastante. Ter rolado muito perto da liderança na etapa, deu-nos mais alento para
o dia de amanhã, onde iremos encontrar mais de quatrocentos quilómetros de areia e muitas
dunas. Estamos preparados para esse grande desafio e bastante motivados pelo resultado que
conseguimos alcançar na etapa de hoje. Estamos descontraídos e confiantes”, afirmou, com
grande dose de optimismo, Paulo Rui Ferreira.

A Nissan Navara Off Road da equipa de Leiria alcançou o 3º lugar a apenas 1m44 de
Schelesser, que voltou a vencer, e a quarenta segundos do 2º lugar. Um dia brilhante que
acentua o 5º lugar da classificação geral entre os automóveis, e o 6º da classificação conjunta.

Para amanhã esperam-se grandes dificuldades. Entre Chami e Akjoujt. Serão 648 km no total,
com uma especial de 437 km repleta de dunas. Para Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro vai
ser exigida muita condução e essencialmente, um cuidado muito especial com a navegação.
Apesar de tudo, a equipa de Leiria está extraordinariamente confiante.

 

PEUGEOT REFORÇA POSIÇÃO NO MERCADO

 

Peugeot Portugal reforça posição no mercado

Peugeot 208_500x332Peugeot 508_RXH_HYbrid4_500x332Peugeot Partner_500x332

Marca líderou nos compactos, nos comerciais e nos híbridos

Em 2012, num mercado nacional VP+VCL que sofreu uma violentíssima quebra de 40,9%, a

Peugeot registou uma quota de mercado de 9,8% (10.924 unidades vendidas). Este resultado

representa um ganho de 0,5% face a 2011, contribuindo para o crescimento sustentado da

Marca, desde 2009, em mais de 1,5 pontos percentuais. Este bom desempenho explica-se

sobretudo através da liderança que a Marca conseguiu: no segmento dos compactos - com o

grande sucesso do modelo 208 – e no mercado dos Comerciais Ligeiros, com o modelo Partner.

O compromisso ambiental da Peugeot começa igualmente a traduzir-se em termos comerciais,

com a Marca a liderar destacada entre os híbridos.

Peugeot: nº1 no Segmento B

Lançado em Abril 2012 no mercado português, o Peugeot 208 termina o ano como líder de

vendas do seu segmento – o de maior expressão em Portugal. Um total de 3.410 unidades

foram vendidas, resultado notável tendo em conta que o lançamento do motor gasolina

1.2 VTi 82 apenas teve lugar em Julho. O trio 206+, 207 e 208 realiza um total de 4.330

unidades vendidas, o que representa 4,5% de todo o mercado nacional de Veículos de

Passageiros e a liderança da Marca no segmento dos compactos.

Resultado histórico nos Comerciais Ligeiros

No que se refere ao mercado de Comerciais Ligeiros, as 2.558 unidades vendidas deram à

Peugeot a mais elevada quota de sempre, 16,0% - uma forte subida face aos 13,1% registados

em 2011. Neste caso, a estrela dá pelo nome de Partner, um modelo de produção nacional,

que registou 2.010 vendas, tornando-se o veículo comercial mais vendido em Portugal em 2012.

Liderança entre os híbridos

DIRECÇÃO DE RELAÇÕES EXTERNAS E IMPRENSA
Rua Vasco da Gama, 20 2685-244 Portela – Loures, Portugal
Tel.: + 351 21 416 65 03 ; Fax : + 351 21 417 62 57 ; www.minisite.peugeot.pt/saladeimprensa

A tecnologia híbrida Diesel - HYbrid4 - foi lançada em estreia mundial em Fevereiro no

modelo 3008 e depois no 508 RXH e no 508 Berlina. Com esta ofensiva de produto, a

Peugeot passou rapidamente a líder do segmento – um em cada três híbridos vendidos em

Portugal são da Marca do Leão.

 

ARMINDO ARAUJO PADRINHO DA VINDIMA

 

Hélio Loureiro e Armindo Araújo
padrinhos de A Vindima

 

 

O renomado Chef e o Bi-Campeão Mundial do PWRC são os padrinhos do
evento que vai trazer a tradição da pisa do vinho ao Centro do Porto.
Festejar no Porto a Vindima é mais que manter a Festa mas
antes estimar os costumes ancestrais de que nos devemos
orgulhar, arma Hélio Loureiro, que desde o primeiro momento
aceitou o convite de integrar o grupo de Padrinhos de A Vindima –
Harvest Festival, até porque o vinho necessita sempre de uma boa
culinária. Remata o Chef.
Armindo Araújo abraça este evento, pois beber um bom vinho faz
também parte da nossa cultura. Ora esta armação por parte de
alguém que faz do acto de conduzir depressa e bem, prossão, pode
parecer estranha, mas o Bi Campeão Mundial de Ralis explica: o
consumo de vinho é um acto que pratico com a maior das
responsabilidades. Na estrada ou nas pistas sabemos qual é o
limite e é essa prática que aplico sempre na ingestão de bebidas alcoólicas.
Em breve vão ser anunciados os restantes padrinhos deste evento
que no próximo Outono vai fazer uma grande festa, em redor de
um grande lagar, no centro de uma cidade com uma relação
única no Mundo, no que ao vinho diz respeito.
As palavras dos Padrinhos do evento podem ser consultadas,
na íntegra em http://www.avindima.com/pt/eu-digoAA 2010_500x332

 

RECORDE FOCUS

Ford Focus SW de 2001 ultrapassa 1.000.000 de Quilómetros

Este veículo, sempre conduzido pela mesma pessoa e que ao longo destes 11 anos já percorreu mais de um milhão de quilómetros, encontra-se em excelente estado quer mecânico, quer visual.

alt• Focus 1.8TDi SW de 2001 ultrapassa a fasquia de um milhão de quilómetros tendo sempre tido o mesmo condutor ao volante

• Este veículo, sempre assistido na marca, nunca apresentou qualquer problema extraordinário, comprovando a excelente fiabilidade do modelo

Uma marca não muito comum nos dias de hoje. Uma versão carrinha do Ford Focus com o motor 1.8TDCi, matriculado em Março de 2001, alcançou recentemente um milhão de quilómetros.

Este veículo, sempre conduzido pela mesma pessoa e que ao longo destes 11 anos já percorreu mais de um milhão de quilómetros, encontra-se em excelente estado quer mecânico, quer visual.

"Este é o meu veículo do dia-a-dia e que nuca me deixou ficar na estrada. Procuro, por isso, mantê-lo em perfeito estado de funcionamento para que possa continuar a usufruir dos seus serviços,”, afirmou João Paulo Reis, o seu proprietário actual. “Este foi o meu carro de serviço durante muitos anos e quando saí da empresa fiquei com ele,” acrescentou.

O Ford Focus, actualmente com mais de um milhão de quilómetros, esteve recentemente no nosso concessionário CAM Porto, em Perafita, onde efectuou uma revisão de rotina, tendo a Ford Lusitana feito questão de estar presente para felicitar e premiar o cliente pela sua fidelização com a oferta dos seguintes serviços:

• Manutenção programada de 1milhão de quilómetros 
• Polimento de faróis
• Forro do volante
• Lavagem com aspiração da viatura

“É sempre com uma enorme satisfação que registamos a fiabilidade dos nossos modelos e, ao mesmo tempo, a fidelização dos clientes à marca,” disse Pedro Paula Pinto, director de Pós-Venda da Ford Lusitana. “Na Ford trabalhamos todos os dias no sentido de melhorar os nossos produtos e processos, para que possamos garantir um elevado nível de satisfação dos nossos clientes, quer na venda do veículo novo, quer na sua assistência em pós-venda.”



Ford Focus

 

RPL CLIMA

 

RPL Clima destaca bobines e placas de embraiagem Delphi

As referências são APBOHR0014 e APPEHR0005.

altA RPL Clima comercializa muitos componentes para reparação de compressores, nomeadamente bobines, placas de embraiagem, retentores, juntas e embraiagens completas. 

Abrange as principais marcas de fabricantes de compressores, Denso, Delphi, Sanden, Zexel-Seltec e Halla-HCC.

A destacar as bobines e as placas de embraiagem para Delphi CVC da Opel.

As referências são APBOHR0014 e APPEHR0005.

 



RPL (2) RPL (1)

 

AÍ ESTÃO ELES....

 

Carros chineses mais perto de Portugal


A Shangai Automotive Industry Corporation (SAIC), maior construtora automóvel chinesa, quer expandir as vendas para outros países da Europa, e Portugal poderá mesmo vir a ser um dos primeiros a ver rodar nas estradas os renascidos MG. O objectivo da SAIC é alargar as exportações do Reino Unido para o continente no final de 2013.

«Vamos começar por alguns mercados mais pequenos, uma vez que é necessário desenvolver uma infra-estrutura de apoio», avançou ao SOL Doug Wallace, responsável de relações públicas da empresa, que usa as instalações da antiga MG-Rover, em Birmingham. Doug Wallace diz que a empresa não revela ainda os países, mas admite que « Portugal está a ser estudado como um mercado futuro».

A SAIC já vende os MG em mais de 30 países, com especial destaque para a Ásia-Pacífico (Coreia, Laos, Camboja, Austrália ou Nova Zelândia); a América Latina (Brasil, República Dominicana, Panamá, Peru, Chile ou Bolívia); África (Sudão, Nigéria, Gana e África do Sul); e ainda Norte de África e Médio Oriente (Argélia, Egipto, Irão, Koweit, Qatar, Síria ou Israel). Na Europa, a MG ainda só está em alguns países do Leste, como a Polónia, Ucrânia, Bielorrússia e Geórgia.

Engenharia e design europeus

A fábrica de Longbridge, nos arredores de Birmingham, «emprega mais de 400 pessoas», mas apenas 80 trabalham na montagem dos carros , que são pré-construídos na China. O foco da unidade britânica do grupo é o design e o desenvolvimento de automóveis, motores e componentes. Trabalham 300 engenheiros e 25 designers na MG Motor UK, quase todos oriundos do Reino Unido.

O objectivo é criar carros de inspiração o mais 'ocidental' possível, para poder competir com as outras marcas asiáticas. A SAIC definiu o grupo sul-coreano Hyundai/Kia como o exemplo que quer seguir para expandir as suas vendas.

Cerca de um terço dos trabalhadores da marca são antigos funcionários da MG-Rover, que fechou em 2005, segundo Doug Wallace. E o responsável de comunicação da empresa chinesa no Reino Unido diz que continuam a chegar «muitos currículos e pedidos de emprego de antigos trabalhadores da marca britânica».

Aposta numa gama alargada

Para já a MG apenas vende um modelo no Reino Unido, o MG6, um familiar com versões de quatro e cinco portas, mas há dois novos modelos prestes a sair das fábricas da SAIC, o 3 (um citadino) e o 5 (um familiar compacto).

Um dos passos importantes que a marca queria atingir foi conseguido agora no final deste ano, com a introdução de um motor a gasóleo - mais ao gosto dos europeus - além de outro a gasolina. E a SAIC pretende ainda apostar noutros segmentos de automóveis, principalmente SUV.

Em 2011 foram vendidos 162 mil MG e Roewe (marca específica para a China) e quanto a previsões de vendas após a expansão na Europa a marca não fala. Wallace afirma, porém, que pretendem «conseguir um crescimento substancial do negócio nos próximos cinco anos».

Fundada em 1905, a fábrica de Longbridge, nos arredores de Birmingham, Reino Unido, é uma das mais antigas e conhecidas do Mundo. De lá saíram modelos icónicos, como o antigo Mini Morris e os desportivos MG, bem como os Austin e os Rover. Durante as duas guerras mundiais, as máquinas de Longbridge foram adaptadas para fabricar munições, armas ou mesmo tanques de guerra. E, nos anos 60, era a maior fábrica de automóveis do Mundo, com dezenas de milhares de trabalhadores. Já os anos 70 e 80 trouxeram greves, erros de gestão e trocas de dono entre Estado e privados. Em 1994, a compra da Rover pela BMW trouxe alguma esperança, mas em 2005 a fábrica fechou mesmo, deixando 6.000 pessoas sem emprego.

 

Fonte : Semanário SOL - Emanuel Costamg-motor-mg6 500x332

 

CONVAL ESPERA PODER FORMA EQUIPA EM BREVE

CONVAL ESPERA FORMAR EQUIPA EM BREVE

 

Nuno Magalhães espera em breve poder formar a equipa que poderá participar no novo Campeonato de Sport Protótipos.Segundo Nuno Magalhaes, " espero na proxima semana poder reunir com o Pedro Salvador, para ver se podemos encomendar o Juno em Inglaterra".Sobre o envolvimento, o nosso interlocutor "  a Conval e eu , somos representantes da Juno em Portugal e proprietários do carro, e da licença moral. O resto terão de ser os pilotos a suportar como é lógico ".Em relação ao possivel companheiro de Salvador, Nuno Magalhaes adiantou um nome " nas conversas que tive com o Pedro Salvador falamos em alguns nomes, mas pela nossPRJRI200509A 500x332comval drift_500x332a parte temos interesse que seja o Hugo Araujo, mas vamos lá ver como irá ficar isso definido ".

 

JOAQUIM TEIXEIRA E O NOVO PRESIDENTE

JOAQUIM TEIXEIRA É O NOVO PRESIDENTE DOS PILOTOS DE MONTANHA

 

Embora nada tivesse sido ainda divulgado oficialmente, Joaquim Teixeira é o novo Presidente dos pilotos de Montanha, em substituição de Nuno Guimarães que exerceu o memo cargo em 2012.Pela parte da nossa equipa desejamos as maiTEIXores felicidades no desempenho deste novo cargo.

 

EQUIPA HONDA NO DAKAR

 

Equipe HRC pronto para ir
Amanhã será tempo para a raça adequada para começar e uma multidão está se reunindo como Lima está começando a viver a experiência de Dakar. Em frente ao mar, junto à praia de Magdalena, no Espaço Porto está enchendo e me sentindo como um acampamento.
 
Equipe HRC estava entre os primeiros a passar com sucesso o scruteneering técnico e administrativo. Todos os detalhes técnicos e de logística foram seguidos com especial cuidado: desde a preparação meticulosa das motos e dos veículos de assistência, para o treinamento de pilotos, à imagem forte que caracteriza a equipe HRC área de trabalho feito de 13 veículos e uma equipe experiente de 36 pessoas representando 11 nacionalidades diferentes.
 
A espera terminou para a equipe de fábrica da Honda, que retorna no Dakar depois de 24 anos e um recorde global de 5 vitórias em nove eventos (1981-1989).
 
Equipe HRC vai competir a 35 ª edição do Dakar com português Helder Rodrigues, argentino Javier Pizzolito e americano Johnny Campbell, em vez da linha 5-piloto original até devido aos incidentes para o brasileiro Felipe Zanol e Sam Sunderland Brit durante a última pré-Dakar teste, que ocorreu no deserto de Mojave, na Califórnia, no início de dezembro. Enquanto os dois pilotos acidentados continuam a sua recuperação, a equipe está muito motivada para enfrentar a concorrência do mundo off-road mais difícil também para os dois companheiros de equipe que tiveram que se retirar.
 
Helder Rodrigues: "Eu me sinto bem e estou muito motivado para fazer uma grande corrida para a Honda e da equipe. Temos trabalhado muito duro ea máquina fez um enorme progresso em apenas 6 meses de trabalho. Comparado com Marrocos, a minha CRF 450 Rally melhorou muito em termos de potência do motor, suspensões e chassis. Estou focado na minha carreira e depois de dois pódios nas duas últimas edições do Dakar minha meta é melhorar meu resultado ".
 
Javier Pizzolito: "Estou muito feliz com a máquina, em 1 º de janeiro, fez o shakedown final da moto e as especificações últimos usamos nos testes dos EUA funcionou muito bem no Peru. Fiquei impressionado com a logística ea organização da equipe. A atmosfera no time é muito bom e eu espero que possamos ter um bom Dakar como uma equipe. Este é o meu quarto Dakar e estou muito motivado. Eu vou ajudar Helder para lutar pela primeira posição e vou tentar colocar minha CRF 450Rally tanto em cima do pé quanto possível ".
 
Johnny Campbell: "Eu testei a moto muito desde a última prova EUA, a máquina tem feito um bom progresso como um pacote completo (chassis, motor, suspensão), e eu estou muito confortável com a minha CRF 450Rally. Estou focado e animado para fazer parte da equipe HRC neste importante projeto ".
 
Katsumi Yamzaki: "Depois de Marrocos Rally, onde a máquina estava em 70% do desenvolvimento, focada em obter mais poder e ter uma boa durabilidade. Fizemos uma série de modificações para a aerodinâmica e muitos outros detalhes, a fim de melhorar a dirigibilidade máquina, mas também a potência do motor. Agora a máquina está pronta para competir no rali Dakar e estamos todos muito animado com esta nova aventura. Infelizmente, Felipe e Sam não será capaz de competir devido aos ferimentos no teste EUA passado, mas fazem parte da equipe e vamos enfrentar o Dakar como um time com Helder, Javier e Johnny apoiado por uma equipe experiente feita de 36 pessoas também para eles. O trabalho em equipe é a chave para tal Rally de um longo e exigente e vamos lutar pela vitória ".
 
 
Dakar 2013: a rota
05 de janeiro - Fase 1: 250 km de ligação e 13 km especial: distância total 263 km - Lima (Peru) - Pisco
06 de janeiro - Fase 2: Pisco - Pisco (circular) distância total 327 km: 85 km de ligação, 242 km especial
07 de janeiro - Fase 3: Pisco - Nazca - distância total 343 km: 100 km de ligação, 243 km especial
08 de janeiro - Fase 4: Nazca - Arequipa - total 718 km de distância: 429 km de ligação, 289 especial
09 de janeiro - Fase 5: Arequipa - Arica - distância total 411 km: 275 km de ligação, 136 km especial
10 de janeiro - Fase 6: Arica - Calama - Total distância 767 km: 313 km de ligação, 454 km especial
11 de janeiro - Fase 7: Calama - Salta (Argentina rali entra) - distância total 806 km: 586 km de ligação, 220 km especial
12 de janeiro - Fase 8: Salta - Tucumán - total 738 km de distância: 247 de ligação; 491 km especial
13 de janeiro: dia de descanso em Tucuman, Argentina
14 de janeiro - Fase 9: Tucuman - Córdoba - total 852 km de distância: 259 km de ligação, 593 km especial
15 de janeiro - Etapa 10: Córdoba - La Rioja - total 636 km de distância: 279 km de ligação, 357 km especial
16 de janeiro - Etapa 11: La Rioja - Fiambala - distância total 483 km: 262 km de ligação, 221 km especial
17 de janeiro - Etapa 12: Fiambala - Copiaco (rali entra Chile) - distância total 715 km: 396 km de ligação, 319 km especial
18 de janeiro - Etapa 13: Copiaco - La Serena - distância total 735 km: 294 km de ligação, 441 km especial
19 de janeiro - Etapa 14: La Serena - Santiago-distância total 630 km: 502 de ligação; 128 km especial.
20 de janeiro de Encerramento-cerimônia de Santiago
 
Dakar 2013 dados-chave
Percurso total: 8432 km (5,239.4 milhas)
Total de especiais cronometradas: 4.146 km (2.576 milhas)
Maior distância em um único dia: 852 km (Stage 9)
Menor distância em um único dia: 250 km (fase 1)
Ponto mais alto da altitude: 4800 mhelder rodrigues_500x332helder rodrigues_500x332javier pizzolito_at_administration_checks_500x332Hlder Rodrigues_em_Lima_04_500x332

 

CAMPEONATO PORTUGAL CLÁSSICOS CIRCUITOS

Graphic1 500x332

 

JACINTO PREPARA ASSALTO À 1ª POSIÇÃO

MAN TGS de Elisabete Jacinto em 2º lugar

 

  • Excelente prestação nas pistas de Marrocos 
  • Equipa portuguesa conquistou a vitória na 4ª etapa

O Team Oleoban/MAN Portugal, equipa composta por Elisabete Jacinto, José Marques e Marco Cochinho, cumpre hoje um dia de descanso no Africa Eco Race, decorridas que estão as cinco etapas disputadas em solo marroquino. O MAN TGS pilotado por Elisabete Jacinto que conquistou a vitória na 4ª etapa ocupa o segundo lugar na categoria camião e uma notável oitava posição da classificação conjunta auto/camião.  

 

MAN TGS de Elisabete Jacinto em 2º lugar


Excelente prestação nas pistas de Marrocos
Equipa portuguesa conquistou a vitória na 4ª etapa

O Team Oleoban/MAN Portugal, equipa composta por Elisabete Jacinto, José Marques e Marco Cochinho,
cumpre hoje um dia de descanso no Africa Eco Race, decorridas que estão as cinco etapas disputadas em
solo marroquino. O MAN TGS pilotado por Elisabete Jacinto que conquistou a vitória na 4ª etapa ocupa o
segundo lugar na categoria camião e uma notável oitava posição da classificação conjunta auto/camião.

Após a anulação da primeira etapa do Sonangol Africa Eco Race 2013, na sequência da avaria do barco que
deveria ter transportado os concorrentes da Europa para África, o MAN TGS da equipa lusa iniciou de forma
excelente a sua participação nesta competição, tendo sido o segundo dos camiões a terminar a primeira
especial cronometrada da prova. Na terceira etapa Elisabete Jacinto desceu para o terceiro posto, mas a sua
prestação atingiu o ponto alto com a vitória alcançada na quarta especial da maratona africana.

Bastante rápido em pista, o MAN TGS começou o novo ano da melhor forma e somou, assim mais uma etapa
ganha no Africa Eco Race, aumentando para 10 o número de especiais já vencidas nesta corrida. Atualmente
ocupa a segunda posição na categoria camião, depois de mais um 2º lugar na etapa de ontem, onde foi
apenas superado pelo Kamaz que lidera a corrida.

Amanhã, o MAN TGS arranca para as difíceis pistas da Mauritânia com uma vantagem superior a uma hora
para o terceiro classificado, o Tatra do checo Tomas Tomecek o vencedor das últimas edições desta prova.
Nesta fase, Elisabete Jacinto contará com a fiabilidade e potência do seu camião de competição para fazer
face as dificuldades esperadas nas etapas de dunas.

Na Mauritânia serão realizadas quatro especiais antes das derradeiras duas etapas do Senegal. O fim do
rali é a 9 de Janeiro de 2013 e será mais uma vez feito em Dakar, onde ocorrerá a já habitual especial nas
margens do mítico Lago Rosa.

Visite www.man-mn.pt ; http://www.man-elisabetejacinto.com/

Mais informações sobre a prova em http://www.africarace.comMAN TGS_de_Elisabete_Jacinto_no_Africa_Eco_Race_2013_500x332MAN TGS_no_Africa_Eco_Race_2013_500x332

 

BUGATTI VEYRON

Bugatti Veyron Grand Sport Bernar Venet: a Arte a Grande Velocidade

Nova versão criada por um famoso escultor.

altA marca francesa sedeada em Molsheim, apresentou uma nova versão do super exclusivo Veyron Grand Sport desenhada pelo escultor de renome Bernar Venet. 

O artista criou uma proposta baseada na ciência por detrás do Veyron, aplicando uma película com uma fórmula matemática que calcula a potência do motor do Bugatti. O mesmo pode ser apreciado na carroçaria como em algumas partes do interior.

Igualmente como em outros modelos, a edição Bernar Venet apresenta um tema em duas cores que se estendem ás rodas e à cabine.

“Um Bugatti é uma obra de arte em si, que transporta tanto o acompanhante como o condutor para uma nova dimensão da realidade. E por outro lado pode traduzir a minha paixão por equações matemáticas e fórmulas científicas de uma forma tridimensional” explicou o escultor.

O Bugatti Veyron Grand Sport Bernar Venet, com o motor 8L W16, quarto turbos e 1,200 Hp, esteve em exibição no Rubel Family Collection en Miami.



Bugatti Bugatti (1) Bugatti (3) Bugatti Venet
 

DAKAR JÁ COMEÇOU PARA HELDER RODRIGUES

 

O Dakar já arrancou para Hélder Rodrigues

 

Campeão do Mundo em 2011, Hélder Rodrigues já está em Lima onde estão a decorrer as verificações administrativas  e técnicas da 35ª edição do Dakar.

O português representa a equipa oficial da Honda da qual é o 1º piloto e candidato à vitória na prova sul-americana.

O construtor nipónico estava afastado desde 1989 das competições de todo-o-terreno, modalidade onde se destacou na década de 80, particularmente através da conquista de cinco edições do mítico Paris Dakar.

 

 

Todas as informações sobre a prova em www.dakar.com

 

Siga a equipe HRC pelo www.teamhrc.com, facebook e twitter e para obter mais informações sobre a CRF 450 Rally assista a entrevista especial com Katzumi Yamazaki, líder do projeto Equipe HRC no canal da Hondaproracing youtube http://bit.ly/UXJWJJ

 

Acompanhe a participação de Hélder Rodrigues em:

http://www.facebook.com/HelderRodriguesOfficialHlder Rodrigues_em_Lima_03_500x332Hlder Rodrigues_em_Lima_04_500x332Hlder Rodrigues_em_Lima_05_500x332Hlder Rodrigues_em_Lima_500x332Hlder Rodrigues_em_Lima_05_500x332

 

SERIES 3008 E 5008 DA PEUGEOT RECEBEM NOVO IMPULSO

 

Peugeot dá novo impulso às Gamas 3008 e 5008

 

Série Especial “Style” e motor 1.6 HDi 115 cv são novidades

A Peugeot Portugal reforça a oferta das gamas 3008 e 5008: o lançamento de uma Série Especial

“Style” recheada de equipamento e uma evolução do motor 1.6 HDi – com ganho de potência e

redução de emissões de CO2 – são as principais novidades.

Gama 3008

Na gama 3008, o nível de oferta intermédio Active dá lugar a uma série especial, denominada
Style. Esta mudança resulta num importante incremento de equipamento de série, que passa a

contar com:

Pack SUV (Embaladeiras laterais cromadas + Pára-choques dianteiro e traseiro com
inserção cromada)
Frisos de protecção lateral com inserções em cromado
Vidros laterais traseiros e óculo traseiro escurecidos
Sistema de ajuda ao estacionamento traseiro
Retrovisores exteriores rebatíveis electricamente
Retrovisor interior electrocromático (posição dia/noite automática)
Soleira das portas "Peugeot" em alumínio
Head-Up Display
Volante de 3 raios, em couro com inserção cromada
Cortinas pára-sol nos vidros laterais traseiros









Estes items juntam-se aos elementos que o nível Active já integrava de série, com destaque

para:







Jantes em liga leve 17”
ABS com repartidor electrónico de travagem (REF)
6 airbags
ESP
Cruise Control
Hill Assist
Ar condicionado automático bi-zona e difusor traseiro

 

Auto-rádio mono CD frontal, leitor de MP3, 6 altifalantes, tomadas auxiliares para leitores
de MP3 portáteis na consola central e comandos sob o volante
Kit mãos-livres bluetooth® + Tomada USB Box + Streaming audio

O actual motor 1.6 HDi / e-HDi 112 é substituído pelo 1.6 HDi / e-HDi de 115 cv (passa de 82

para 84 kW), nas caixas manuais e 2-Tronic. Além do ganho de 3 cv, esta evolução trouxe

uma redução nas emissões de CO2, que passam de 130 para 125 g/km.

Para além do equipamento e da motorização, a série especial Style destaca-se pelo preço

bastante atractivo, desde 26.560€ para a versão 3008 Style 1.6 HDi 115 CVM6.

Gama 5008

À semelhança do 3008, o 5008 também passa a apresentar uma nova gama, na qual a nova

série especial Style substitui o nível Active. Neste caso, o acréscimo de equipamento visa

sobretudo reforçar o “look” do produto:

Tecto panorâmico em vidro

Barras de tecto de estilo cromadas

Vidros laterais traseiros e óculo traseiro escurecidos

Retrovisores exteriores rebatíveis electricamente

Retrovisor interior electrocromático (posição dia/noite automática)

Soleira das portas cromadas

Volante de 3 raios, em couro com inserção cromada

Também aqui, estes items juntam-se aos elementos que o nível Active já integrava de série,

entre os quais:

Jantes em liga leve 16”

XPEU1 500x332XPEU2 500x332XPEU3 500x332

ABS com repartidor electrónico de travagem (REF)

6 airbags

E.S.P. - Electronic Stability Program

Cruise Control

Sistema de ajuda ao estacionamento traseiro

Hill Assist

Ar condicionado automático bi-zona e difusor traseiro

Auto-rádio mono CD frontal, leitor de MP3, 6 altifalantes, tomadas auxiliares para leitores

de MP3 portáteis na consola central e comandos sob o volante

Kit mãos-livres bluetooth® + Tomada USB Box + Streaming áudio

• Pack Visibilidade (Acendimento automático dos faróis + Sistema "Follow-me-home" +

Limpa-vidros dianteiro automático com sensor de chuva)

Como no 3008, o actual motor 1.6 HDi / e-HDi 112 é substituído pelo 1.6 HDi / e-HDi de 115

cv (passa de 82 a 84 kW), nas caixas manuais e 2-Tronic. Além do ganho de 3 cv, esta

evolução trouxe uma redução nas emissões de CO2, que passam de 135 para 124 g/km.

A gama 5008 passa igualmente a apresentar preços reposicionados, no montante de 1.000€.

Assim sendo, a série especial Style, por exemplo, passa a estar disponível a partir de 26.560€ -

5008 Style 1.6 HDi 115 CVM6.

 

TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS PÓS HISTÓRICOS

TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS PÓS HISTORICOS - CIRCUITOS

 

 

-

 

Antes de mais um optimo 2013 .

 

Como já deve ser do vosso conhecimento em 2013 para além do Campeonato de Portugal de Clássicos / Campeonato de Portugal de Clássicos 1300 , vai surguir uma nova competição para carros "Classicos" denominada TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS PÓS HISTORICOS (CIRCUITOS).

 

A denominada "Taça Nacional de Clássicos Pós-Históricos" contará com os PH85 para viaturas com ficha de homologação emitida pela FIA até 31/12/1985 e os PH90 com a mesma ficha a ser emitida pela FIA até 31/12/1990. 
O formato será similar aos clássicos com duas corridas por fim de semana e um calendário de cinco provas que inclui a presença no Circuito da Boavista em Junho. 
Esta competição estará ainda aberta a maiores de 16 anos, mas estes com viaturas limitadas a 1600cc. A licença desportiva a utilizar nesta competição será a licença "Nacional", podendo excepcionalmente participar, nas provas que o regulamento o preveja, pilotos com licença "Regional". A licença "Regional" não permite a participação no Circuito da Boavista.

Pode-se inscrever 1 ou 2 pilotos por carro, juntamos mais informação.

 

https://www.facebook.com/pages/ANPAC-Ta%C3%A7a-Nacional-de-Cl%C3%A1ssicos-P%C3%B3s-Historicos/416606785074909

 

 

Qualquer duvida é favor contactare-nos para :  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank" style="color:rgb(17, 85, 204)"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  

 

 

REGULAMENTO

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Regulamento%20da%20Taca%20Nacional%20de%20Classicos%20Pos%20Historicos%20%20(CIRCUITOS)%202013.pdf

 

ANEXO REGULAMENTO

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Anexo%201%20ao%20Regulamento%20da%20Taca%20Nacional%20de%20Classicos%20Pos%20Historicos%20(Circuitos)%20(TNCPHC)%202013.pdf

 

ANEXO J

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Anexo%20J%201985.pdf

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Anexo%20J%201990.pdf

 

BOLETIM DE INSCRIÇÃO

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Boletim%20de%20Inscricao%20TNCPHC%202013.pdf

 

-- 
Saudações Desportivas

A Direcção

ANPAC
Associação Nacional Pilotos Automóveis Clássicos
https://www.facebook.com/pages/Anpac-Historic-Racing-Magazine/292815664148245

 

KART - BRASIL

 

Desafio confirma presença dos mais recentes campeões

O brasileiro Lucas di Grassi, vencedor em 2010, e o espanhol Jaime Alguersuari, dono do título de 2011, voltam a Santa Catarina em busca do bicampeonato

Mais duas adesões de peso e com passagens pela Fórmula 1 foram confirmadas para o Desafio Internacional das Estrelas - evento promovido pela RM Eventos e XYZ Live com presenças de vários dos maiores nomes do esporte a motor mundial. A competição, que acontece nos dias 12 e 13 de janeiro no kartódromo do parque Beto Carrero World, contará com seus dois últimos campeões: Lucas di Grassi e Jaime Alguersuari.

O brasileiro Lucas, campeão da edição de 2010, teve uma carreira de sucesso nas principais categorias de acesso à Fórmula 1: venceu o prestigiado GP de Macau de Fórmula 3, batendo rivais como Sebastian Vettel e Robert Kubica, e obteve grande destaque na GP2. Em 2010, chegou à F1 pela Virgin, e nas duas últimas temporadas foi o principal piloto de testes da Pirelli, fornecedora de pneus da categoria, no desenvolvimento da borracha usada na última temporada e na próxima.

Di Grassi, de 28 anos, disputará neste ano a temporada do Campeonato Mundial de Endurance da FIA pela fortíssima esquadra da Audi, oficial de fábrica. Ele tem sido uma presença constante entre os pilotos top do Desafio.

Jaime Alguersuari, que neste ano foi parceiro de Di Grassi no desenvolvimento dos pneus da Pirelli para a Fórmula 1, estreou na categoria nas corridas finais de 2009 pela Toro Rosso, e permaneceu na equipe satélite da Red Bull pelos dois anos seguintes. Ano passado, em sua primeira participação no Desafio Internacional das Estrelas, o piloto espanhol mostrou grande desempenho e ficou com o título, façanha conquistada somente por Daniel Serra no primeiro ano do evento e por Michael Schumacher em 2007.

Com a lista completa de participantes ainda para ser divulgada, a competição já anunciou Fernando Alonso, Felipe Massa, Vitantonio Liuzzi, Nelsinho Piquet, Lucas di Grassi, Jaime Alguersuari - todos com carreira na Fórmula 1 -, além de Pietro Fittipaldi (neto de Emerson), Bia Figueiredo (F-Indy) e Cacá Bueno (atual campeão da Stock Car).


Ingressos - Os tíquetes estão disponíveis para compra no site www.blueticket.com.br. A partir do dia 12 de janeiro, os ingressos também poderão ser adquiridos nas lojas Praia Motos, em Balneário Camboriú e Itajaí, no litoral catarinense, e na bilheteria do parque Beto Carrero World, no balneário de Penha (SC).

Sobre o Desafio das Estrelas - O evento é realizado pela RM Eventos e pela XYZ Live. Marcada para acontecer entre os dias 12 e 13 de janeiro no Kartódromo do Beto Carrero World, em Penha (SC), a oitava edição do Desafio Internacional das Estrelas é apresentada pelo Governo de Santa Catarina, Fesporte e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina. Tem copatrocínio de Yamaha, Fiat e Shell, parceria do Parque Beto Carrero World, Hotel Infinity Blue e MG Tires.

Campeões - Daniel Serra (2005), Felipe Massa (2006), Michael Schumacher (2007 e 2009), Rubens Barrichello (2008), Lucas di Grassi (2010) e Jaime Alguersuari (2011).

Visite o Desafio Internacional das Estrelas na Internet:

Site www.desafiodasestrelas.com.br

http://www.facebook.com/pages/Desafio-Internacional-das-Estrelas-Oficial/277932195583020">Facebook.

 

R-M LANÇA GRAPHITE

R-M lança Graphite HD Surfacer White e o H390 Surfacer Hardener

Excelente qualidade de acabamento para veículos comerciais.

altA R-M lançou uma nova adição à sua gama de produtos de pintura para veículos comerciais: O GRAPHITE HD SURFACER WHITE combinado com um endurecedor especial denominado H390 SURFACER HARDENER, o qual proporciona um aparelho de 2 componentes de secagem rápida e espessura elevada com excelentes propriedades de aderência e escoamento, é fácil de colorir e se adapta perfeitamente a uma aplicação húmido sobre húmido, ao mesmo tempo que promove uma excelente qualidade de acabamento.

Alguns veículos comerciais, em especial carros de bombeiros, autocarros e taxis, que se caracterizam por uma forte identidade colectiva, necessitam de um acabamento de alta qualidade. O novo GRAPHITE HD SURFACER WHITE da R-M foi desenvolvido com uma combinação especial de aglutinantes e pigmentos que asseguram um acabamento perfeito, graças ao seu elevado conteúdo de sólidos e às suas excelentes propriedades de espessura e escoamento. Além disso, o GRAPHITE HD SURFACER WHITE caracteriza-se por uma óptima absorção de excesso de tinta.


O GRAPHITE HD SURFACER WHITE pode ser aplicado em apenas uma demão e meia, melhorando substancialmente a eficiência e produtividade da oficina, visto que reduz os tempos de aplicação e o consumo de materiais. O esmalte pode ser aplicado após um período de evaporação mínimo de 60 minutos a 20 °C e máximo de 72 horas. O GRAPHITE HD SURFACER WHITE pode ser lixado logo que esteja seco.

Uma vez que muitos veículos comerciais integram um vasto leque de substratos, o GRAPHITE HD SURFACER WHITE foi desenvolvido para proporcionar uma óptima aderência com a gama de primários para veículos comerciais e, quando utilizado como primário aparelho, pode ser aplicado directamente em painéis de GRP. A adaptabilidade do novo aparelho é excelente, já que pode ser plastificado com aditivo SF ou utilizado como promotor de aderência, quando misturado com FLEXPRO.

O novo aparelho é branco, para garantir uma óptima precisão das cores que requerem um fundo branco. Para maximizar o desempenho do esmalte e optimizar o poder de cobertura, em especial nos bordos, o GRAPHITE HD SURFACER WHITE pode ser colorido facilmente, utilizando 10% de cor do esmalte GRAPHITE HD ou CV PRIMER TINTING PASTE, conseguindo-se assim uma variedade de tons de cinzento.



O GRAPHITE HD SURFACER WHITE pode substituir uma demão de GHD-RAL 9010 em acabamentos de duas fases, os quais podem ser facilmente identificados no Color Explorer e no Shop Master.



Quando se trata de obter a máxima qualidade de acabamento em veículos comerciais, o GRAPHITE HD SURFACER WHITE assegura um substrato perfeito.



Página Web da R-M: www.rmpaint.com
R-M Automotive Refinish Paints: uma parte importante da BASF Coatings

Sob a marca R-M, a BASF comercializa uma gama abrangente de sistemas de pintura de automóveis, centrando-se em fundos à base de água ecoeficientes e em tintas com conteúdo elevado de sólidos. Estes sistemas não só permitem cumprir todos os requisitos relativos à redução de solventes em qualquer ponto do mundo como também possuem um aspecto e uma resistência que proporcionam a mesma qualidade que as tintas à base de solventes. Nesta área, a empresa coloca à disposição dos seus clientes uma grande variedade de serviços, para os apoiar. A R-M Automotive Refinish Paints está aprovada pela grande maioria dos principais fabricantes de automóveis para reparações pós-venda e é escolhida pelas empresas de automóveis mais prestigiadas devido à sua perícia em matéria de cores.



R-M Surfacer White

 

CAM RALI FESTIVAL

 

CAM RALI FESTIVAL – A 4ª EDIÇÃO MARCADA PARA 13 DE JANEIRO

Foto: Curuxarallye

Aproxima-se a passos largos, a segunda e última prova da recentemente criada 1ª Copa de
Ralis de Inverno, o 4º CAM RALI FESTIVAL.

Recordando a 3ª edição, que ganhou vida em 16 de Dezembro, fica a memória de um número
expressivo de participantes, 150 inscritos, a presença massiva de pilotos da vizinha Espanha,
com muitos Galegos presentes, a terceira vitória em outras tantas presenças de Sérgio Vallejo
e por fim a chuva que esteve presente quase transformando o circuito bracarense num ”mar”
de corridas.

Na quarta edição espera-se a repetição de alguns dos pontos que foram destaque da anterior
edição. No entanto, o factor climatérico poderá ser diferente, criando então a possibilidade
de um maior número de espectadores poderem assistir a um espectáculo que já se tornou
referência no panorama desportivo ibérico, tal a quantidade de destaques que a imprensa
galega deu a esta prova. Este relevo deve-se à variedade de carros presentes em competição,
desde WRC’s, GT’s e clássicos, muito difícil de ver todos a correr em uma só prova, a
acessibilidade económica e por fim a facilidade logística já que toda a prova se desenvolve no
mesmo complexo, isto é, sem os quilómetros de ligações e os custos que isso ocasiona num
rali normal.

A aposta está lançada, e parece que bem encaminhada, num novo tipo de competição. Os ralis
de custos controlados e espectáculo garantido. Falta é aparecer alguém determinado a bater
Vallejo e o seu bem preparado Porsche. Dia 13 de Fevereiro aceitam-se apostas.

 

VOLKSWAGEN COM GAS NATURAL

Carro Volkswagen com sistema de gás natural da Bosch nomeado carro mais ecológico

Apenas 72 gramas de emissões de CO2 por quilómetro.

altA Volkswagen Eco Up! superou o German Motor Club’s (VCD) na lista de veículos ecológicos de 2012-2013. O carro está equipado com uma ampla gama de componentes de acionamento Bosch. De todos os veículos que constam no top 10, o Eco Up! é o único carro que se pode mover a gás natural e a gasolina. A Bosch colaborou com a Volkswagen na aplicação da tecnologia de injeção e forneceu também ao fabricante de automóveis o sistema de gestão do motor, injetores de gás e de gasolina, bem como um sensor de temperatura de média pressão. O Eco Up! consome apenas 2,9 kg de gás natural por 100 km, o que se traduz em apenas 79 gramas de emissões de CO2 por quilómetro.

O Gás Natural, também conhecido como CNG (Compressed Natural Gas), é um combustível especialmente amigo do ambiente, sendo que a quantidade de dióxido de carbono emitido através da sua combustão é cerca 25% menor do que para a gasolina. As emissões podem ser ainda mais reduzidas se for utilizado o biogás. Em conjunto com o turbo, a Bosch já idealizou alguns conceitos de downsizing que podem melhorar ainda mais a eficiência e a performance dos motores movidos a gás natural.

Vasta gama de soluções que permite a utilização de combustíveis alternativos


O gás natural e outros combustíveis alternativos estão a adquirir importância em todo o mundo. Neste sentido, a Bosch oferece sistemas de gestão de motores customizados e sistemas de injeção, alargando o seu portfólio de soluções para gasolina, diesel e veículos híbridos. Para além dos sistemas de gás natural, que tornam agora possível mover os motores de gasolina a gás natural e a gasolina, o portfólio da Bosch compreende também sistemas que permitem que os motores sejam movidos a etanol. Neste caso, o sistema flex-fuel permite qualquer mistura de etanol e gasolina e adapta todos os parâmetros de injecção para assegurar que o motor funcione tão bem quanto possível. Combustíveis biogénicos podem também ser utilizados num motor a diesel, melhorado no sentido de ter uma menor pegada de carbono. Também aqui, a Bosch oferece a tecnologia de injecção de combustível correto.

Para além da tecnologia de injeção de combustível, a Bosch forneceu também outros componentes para o Volkswagen Eco Up!, incluindo a unidade de controlo de airbag, a unidade de limpeza, bem como o seu poder de arranque e alternador.

“É com grande orgulho e satisfação que vemos a nossa dedicação diária para criar soluções para um futuro mais sustentável ser recompensada. O Eco Up! da Volkswagen é a prova que também o consumo, neste caso da área automóvel, está a evloluir no sentido da sustentabilidade ambiental“, afirma João Paulo Oliveira, Responsável do Grupo Bosch em Portugal. 



Bosch(2)

 

JANTAR TERTULIA

Jantar de tertúlia

 

Vivam tertulianos...

Esperando que estejam recuperados dos abusos da quadra, aproxima-se a data de mais um Jantar da Tertúlia do Ferodo Queimado.

A data será quinta feira dia 10 de Janeiro de 2013,no habitual local (Restaurante Varanda do Tejo - CNEMA) com ponto a marcar por volta das 19h00 ...

As inscrições correm como habitualmente...

Tragam algum apetite e boa disposição pois já temos saudades uns dos outros e ainda temos umas historias de final de ano para contar como por exemplo saber como andou a camelada por terras da Figueira na sua prestação de fim de ano...

Aquele abraço e até lá...

 

SOUSA E RAMALHO PRONTOS PARA DAKAR

 

Carlos Sousa e Miguel Ramalho cumpriram
as últimas formalidades antes da partida


A menos de 24 horas do início oficial da 35ª edição do Dakar, Carlos Sousa e Miguel Ramalho
cumpriram esta manhã, numa das praias da capital peruana, as obrigatórias verificações
administrativas e técnicas. Superado o sempre minucioso controlo por parte dos comissários de
corrida, o SUV Haval nº 308, inscrito pela chinesa Great Wall, está agora pronto para passar pelo pódio
de partida e tomar este sábado o seu lugar à partida da primeira especial do rali. Pela frente, um
aperitivo de apenas 13 km cronometrados a caminho de Pisco e das primeiras dunas peruanas…
De volta ao ponto de chegada em 2012, onde em janeiro passado confirmou a melhor classificação de
sempre de um construtor chinês na prova, garantindo o 6º lugar, Carlos Sousa e a sua equipa
ultrapassaram hoje, ao final da manhã, as últimas formalidades antes da partida oficial da 35ª edição
do Dakar, a realizar pela primeira vez em Lima, a capital do terceiro maior país da América do Sul.
Representando pelo segundo ano consecutivo as cores do maior exportador automóvel da China, o
piloto português cumpre em 2013, aos 46 anos, a sua 14ª participação num Dakar – a terceira no
atual formato sul-americano –, voltando a ser a grande esperança do Team Great Wall Motors para
colocar o SUV Haval 4X4 de motorização Diesel entre o top-10 da classificação final, uma meta
alcançada por Carlos Sousa em nada menos do que oito das suas 13 participações.
“Este ano, admito que será difícil aspirarmos a um resultado mais ambicioso. 

Se em 2012
superámos as melhores expetativas dos responsáveis da equipa, a verdade é que também
colocamos a fasquia muito alta, sobretudo para um construtor que só muito recentemente
começou a apostar no Dakar e não tem ainda a experiência ou os meios das principais
equipas do pelotão automóvel”, refere Carlos Sousa, que este ano se faz acompanhar de Miguel
Ramalho, formando a única dupla nacional a competir na categoria automóvel.
“Sem evoluções no capítulo mecânico, este foi o único up-grade que solicitei à equipa, também
porque sempre foi meu desejo formar novamente uma dupla 100 por cento nacional no
Dakar”, assume.

 

 

BANHO DE MULTIDÃO EM LIMA
Neste que foi o terceiro e último dia dedicado às verificações administrativas e técnicas, Carlos Sousa
e Miguel Ramalho cumpriram paciente e tranquilamente os obrigatórios procedimentos antes da
partida, num ritual sempre acompanhado de muito perto pelo aficionado público sul-americano, que
esta sexta-feira literalmente invadiu o bairro de La Magdalena – um terreno baldio de 20 hectares
onde foi montado o “Village Dakar”, depois de movimentadas mais de 300 toneladas de terra.
“É uma estrutura imensa e um espectáculo único a cada ano. São milhares e milhares de
pessoas que querem ver os carros e os pilotos de perto… É aqui que começamos a sentir
verdadeiramente o ambiente da corrida e o espírito muito próprio do Dakar”, observa Carlos
Sousa, sempre muito requisitado pela imprensa internacional.
“Acabamos por perder a conta às entrevistas, aos autógrafos, às fotografias… Mas é isto que
faz do Dakar uma prova única, seja na Europa, em África ou na América do Sul”, admite o
português na véspera da grande partida e depois de uma manhã marcada por vários reencontros,
como o do antigo colega de equipa na Mitsubishi e vencedor da última edição, o francês Stéphane
Peterhansel, “para mim o grande favorito à vitória, mesmo apesar da esperada maior
competitividade dos buggys de duas rodas motrizes, em face de um (novo) regulamento que é
bastante mais penalizador para os 4X4, desde logo, pela utilização obrigatória de um motor
de série”.
Daqui para frente, e até ao próximo dia 20, serão poucos os momentos de descontração para os mais
de 745 competidores inscritos, representando 53 nacionalidades (um recorde absoluto em 35
edições), que a partir de manhã enfrentarão os mais 8.400 km das 14 etapas programadas para este
ano entre o Peru, a Argentina e o Chile.
Após a simbólica passagem pelo pódio montado na praia dos Chorrilos (entre as 8h00 e as 13h00
locais) e já a caminho de Pisco e das primeiras dunas peruanas, a etapa inaugural deste Dakar
compreende uma mini-especial de apenas 13 km cronometrados: “É uma etapa sem qualquer
dificuldade e que servirá sobretudo para nos adaptarmos novamente ao carro e entrarmos no
ritmo de corrida. Daí para a frente sim, começará o verdadeiro e duro Dakar”.CS Stephane_Peterhansel_500x332CS verificacoes_01_500x332CS verificacoes_02_500x332CS verificacoes_03_500x332CS verificacoes_ambiente_500x332

 

GARMIM RECEBE PRÉMIO

Garmin recebe importante prémio Inovação atribuído pelo The Economist Group

Os dois cofundadores da empresa multinacional receberam em mãos o prestigiado prémio The Economist Group 2012 Innovation Award atribuído na categoria de Consumer Products.

altA Garmin, líder mundial em soluções de navegação por satélite*, tem o orgulho de anunciar que os seus cofundadores, Dr. Gary Burrell e o Dr. Min Kao, foram selecionados para receber o The Economist Group 2012 Innovation Award (Prémio de Inovação 2012) atribuído na categoria de Consumer Products (Produtos de Consumo) pelos dispositivos portáteis de navegação da Garmin.

Os Innovation Awards sublinham as significativas contribuições prestadas em oito áreas distintas, que vão desde as telecomunicações ao altruísmo social. Para a cerimónia de entrega, o The Economist reuniu um público composto por 200 convidados, onde se fizerem representar personalidades dos mundos académico, dos negócios, da ciência, da Investigação e Desenvolvimento e do Governo. A apresentação decorreu na British Academy of Film and Television Arts Theatre, em Londres, no passado dia 15 de novembro.

“É com enorme honra e humildade que recebemos este prestigiado prémio que coloca a Garmin entre alguns dos maiores pensadores e das melhores marcas do Mundo”, disse o Dr. Min Kao, que aceitou o prémio em nome da Garmin.

“Os Innovation Awards atribuídos pelo The Economist reconhecem quem está na base do sonho e da realização das inovações, que é quem no fundo transforma o mundo em que vivemos através da sua visão e criatividade”, explicou Tom Standage, Digital Editor do The Economist e presidente do painel composto por 29 juízes, justificando a decisão de atribuição dos prémios. Ainda de acordo com este responsável, “os vencedores deste ano criaram importantes produtos e serviços e, estejam eles em áreas visíveis ou nos bastidores dos avanços, as suas contribuições inovadoras tornaram-se parte da vida quotidiana de milhões de pessoas”.

A cerimónia de entrega de prémios representou o culminar do programa de longa duração do The Economist para a envolvência em torno da inovação e foi transmitida ao vivo para todo o mundo através da Internet.

“Este prémio atribuído à Garmin pela sua Inovação que vem desenvolvendo desde 1989 reflete o enorme peso que recai sobre a empresa social, sendo considerada como uma empresa referência não só em termos comerciais mas também em matéria de responsabilidade social”, refere Mariana Dias, Marcoms Manager da Garmin Portugal. A responsável realça ainda a importância do reconhecimento do mercado e dos seus utilizadores: “Ainda recentemente, a Garmin foi galardoada em Portugal pelos leitores da revista PCGuia como o melhor GPS e pela revista Gadget com o prémio de melhor gadget automóvel pelo nüvi 3590LMT. Somos reconhecidos pela qualidade, fiabilidade e confiança proporcionadas pelos nossos produtos GPS”.

Para mais detalhes acerca dos The Economist Group 2012 Innovation Awards, consulte por favor o site www.economistconferences.co.uk/innovation/winners2012.

* Fonte: 2011 NPD, GFK e dados Garmin.



Gary and Min_Garmin Ribbon Cutting Olathe Office_1996 The Economist Innovation Award 2012

 

COMBUSTIVEIS VÃO AUMENTAR

Combustíveis regressam às subidas na próxima semana com aumento mais acentuado na gasolina

Segundo disse fonte do setor à Lusa, a evolução das cotações dos produtos petrolíferos permite antecipar uma subida do preço final ao consumidor, entre os 0,5 e 1,5 cêntimos por litro, que deverá ser mais acentuada na gasolina do que no gasóleo.

De acordo com dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), relativos a 2.620 postos no continente, o preço médio do gasóleo, segundo dados de quinta-feira, era de 1,417 euros por litro enquanto o da gasolina 95 se fixava em 1,576 euros/litro.

@ Agência Lusa

 

GALERIA DE IMAGENS DAS 6 HORAS DE BRAGA

GALERIA DE IMAGENS DAS 6 HORAS DE BRAGA

 

Mais um grupo de imagens da autoria do nosso colaborador e amigo Carlos Monteiro da Loscar, da última edição das 6 Horas de Braga, que se realizaram no circuito Vasco Sameiro.

 

Fotos de Carlos Monteiro - Loscar - www.velocidadeonZCAR1 500x332ZCAR2 500x332ZCAR3 500x332ZCAR4 500x332ZCAR5 500x332ZCAR6 500x332ZCAR7 500x332ZCAR8 500x332ZCAR9 500x332ZCAR10 500x332ZCAR11 500x332ZCAR12 500x332ZCAR13 500x332ZCAR14 500x332ZCAR15 500x332ZCAR16 500x332ZCAR17 500x332ZCAR18 500x332ZCAR19 500x332ZCAR20 500x332ZCAR21 500x332ZCAR22 500x332ZCAR23 500x332ZCAR24 500x332ZCAR25 500x332ZCAR26 500x332ZCAR27 500x332ZCAR28 500x332ZCAR29 500x332ZCAR30 500x332ZCAR31 500x332ZCAR32 500x332ZCAR33 500x332ZCAR34 500x332line.com

 

 

LOURENÇO BEIRÃO DA VEIGA É PILOTO PLAYBOY

 

O PILOTO DE AUTOMÓVEIS, LOURENÇO BEIRÃO DA VEIGA É APOIADO PELA PLAYBOY PORTUGAL

Lourenço Beirão da Veiga é o mais recente membro apoiado pela Playboy Portugal.

O piloto tem dado cartas no mundo do automobilismo desde 1994, altura em que começou a sobressair na competição nacional. Desde então, Lourenço nunca mais parou, sendo hoje considerado um nome promissor neste meio e tendo já participado em inúmeras competições internacionais. Destaca-se na sua carreira o título espanhol de GT em 2009. Ambicioso, competitivo e apaixonado pelas provas de resistência, confessa que o seu objetivo é chegar às 24 horas Le Mans. Este é “o sonho de quem está neste tipo de corridas”, revelou recentemente a esta publicação.

O piloto é agora oficialmente apoiado por esta publicação portuguesa, que demonstra querer apostar nos talentos nacionais mais promissores e pensa apostar em mais pessoas de diferentes áreas. Marco António Reis, Diretor da revista comenta; "O Lourenço personifica em larga escala o que é o homem Playboy: divertido entre amigos, ele consegue aliar o rigor e o talento à sua ambição natural, quando em competição. Um campeão! "

E assim começa o namoro entre a Playboy Portugal e o piloto, Lourenço.

 

 

 Loureno1 500x332Loureno2 500x332loureno3 500x332

 

NOVO MERCEDES CLASS E COUPÉ E CABRIO

 

Novo Classe E Coupé e Cabriolet

 

À semelhança das versões Limousine e Station, a Mercedes-Benz introduziu

profundas alterações às suas variantes Coupé e Cabriolet da família Classe E. Os novos

argumentos incluem potentes e eficientes motores BlueDIRECT de quatro cilindros,

dotados da inovadora tecnologia de injeção direta, e sistemas de referência na

assistência à condução, subordinados ao conceito “Condução inteligente” (Intelligent

drive). Este conjunto inclui sistemas capazes de evitar acidentes com veículos ou peões

que surjam à frente do Classe E, e também dispositivos como o Assistente Ativo de

Faixa de Rodagem, o anti-encandeamento ou as luzes de máximos permanentes. Em

termos visuais, tanto o Coupé como o Cabriolet refletem a nova linguagem de design

da Mercedes-Benz. O equipamento exclusivo e luxuoso reforça os laços de afinidade

com a família Classe E.

A oferta de versões Coupé e Cabriolet de quatro lugares na Classe E constitui

uma forte tradição na Mercedes-Benz. Desde sempre, estes modelos situam-

se entre os mais desejados da classe média-alta do mercado. Ao combinar

tecnologia eficiente com equipamento de luxo capaz de oferecer o máximo

conforto, ambas as novas versões proporcionam o supremo prazer de condução.

É esta a razão pela qual o Coupé e o Cabriolet são considerados o expoente

máximo da família Classe E. O design exterior e interior revela conceitos

totalmente novos e apurados, contribuindo para evidenciar, ainda mais, os novos

 

aspetos técnicos.

Design: emoção no seu melhor

A principal característica do novo visual do Coupé e do Cabriolet do Classe E

consiste na secção dianteira totalmente redesenhada com novas óticas que

agrupam todas as funções num único elemento. Os grupos óticos apresentam

como equipamento de série LEDs com tecnologia anti-ofuscante, pela primeira

vez nesta classe, a lista de opcionais inclui luzes dianteiras integralmente em

LED.

Os elementos luminosos no interior dos grupos óticos reforçam o visual de óticas

duplas tão característico do Classe E.

O novo para-choques dianteiro, com um formato em “V” mais pronunciado e

entradas de ar maiores, acentua consideravelmente o dinamismo e a agilidade

das novas versões. No seu conjunto, a dianteira com a grelha desportiva

apresenta um visual independente e agressivo, embora mantenha os estreitos

laços de família entre Coupé e Cabriolet e a nova Limousine do Classe E.

Na secção traseira, a musculada asa aerodinâmica forma um claro indício de

que se trata de um modelo desportivo de tração. Novas óticas traseiras e um

para-choques volumoso, em formato de “asa” e com inserções em cromado,

sublinham discretamente o visual atlético destas novas versões do Classe E.

Excelente qualidade de interiores

A Mercedes-Benz também atualizou os interiores do novo E Coupé e do E

Cabriolet, coordenando cuidadosamente os interiores com o expressivo visual

exterior. O interior das novas versões é dominado por materiais selecionados,

superfícies planas, e acabamentos de duas partes ao longo de toda a largura

do tablier. É possível optar por acabamentos com aspeto de madeira ou de

 

alumínio, completando o ambiente de elevada qualidade que caracteriza todo o

habitáculo.

Igualmente novo é o painel de instrumentos, composto por três elementos

principais com mostradores em fundo branco alojados numa consola brilhante

e de formato trapezoidal. A semelhança com a nova família Classe E está bem

visível no relógio analógico alojado entre as novas saídas de ventilação centrais,

bem como nos comandos cromados.

O interior é marcado pela consola central redesenhada sem seletor da caixa de

velocidades, bem como pelo volante multifunções de três braços com comando

DIRECT SELECT e pelas patilhas de acionamento da caixa de velocidades

aliadas à transmissão automática.

O sistema AIRCAP está disponível como opção, de forma a proporcionar o

máximo conforto de utilização com a capota aberta. O AIRCAP atua em função

da velocidade, reduzindo o turbilhão de ar e o ruído no interior do veículo.

A novidade no sistema AIRCAP é a sua ativação automática a velocidades

superiores a 40 km/h, recolhendo novamente abaixo dos 15 km/h. Esta

característica assegura ao Classe E Cabriolet uma silhueta pura e sedutora,

tanto na condução a baixa velocidade como quando imobilizado. O defletor

de corrente de ar alojado entre os apoios de cabeça traseiros atua em função

do número de ocupantes detetados (os ocupantes nos lugares traseiros são

detetados se os cintos de segurança estiverem em utilização); a posição dos

defletores de ar dianteiro e traseiro (entre os apoios de cabeça) é ajustada de

acordo com esse padrões.

 

O sistema AIRSCARF também está disponível opcionalmente, assegurando

elevados níveis de conforto também quando se conduz o Classe E de capota

aberta e com tempo frio.

“Condução inteligente" com inovadores sistemas de assistência

Tal como nas versões Limousine e Station, os novos sistemas de assistência

à condução estão também disponíveis no Classe E Coupé e Cabriolet. A

Mercedes-Benz designa este conjunto de dispositivos como “Condução

Inteligente”.

Uma das bases para este conjunto tecnológico é formada por sensores de

última geração, tais como a Stereo Multi-Purpose Camera junto ao espelho

retrovisor interior, que fornece uma visão tridimensional até 50 metros à frente

do veículo. Algoritmos inteligentes combinam os dados da câmara estereofónica

com os dados dos sensores de radar, executando uma avaliação da informação

visual tridimensional para detetar veículos que seguem à frente, em sentido

contrário, ou que se cruzam, bem como peões e vários sinais de trânsito e

marcações na estrada, sendo tudo isto coberto num amplo campo de visão. Os

algoritmos também classificam os objetos, tanto em espaço como em termos de

movimento.

Nos principais mercados, os Classe E Coupé e Cabriolet estão equipados

de série com o sistema de assistência à prevenção de colisão COLLISION

PREVENTION ASSIST, um dispositivo de radar para aviso de colisão, com

funções de assistência adaptativa à travagem. O equipamento de série inclui

também o sistema de assistência à atenção do condutor ATTENTION ASSIST,

que pode agora emitir avisos de falta de atenção e de sonolência ao longo de

uma maior amplitude de velocidades, bem como informar o condutor do seu

nível de fadiga e do tempo de condução decorrido desde a última paragem. O

 

grau de sensibilidade do ATTENTION ASSIST pode ser ajustado.

Motores potentes com uma eficiência exemplar

Os Classe E Coupé e Cabriolet dispõem de uma vasta gama de potentes e

económicos motores a gasolina e Diesel. Todas as unidades são de elevada

eficiência e rendimento, estando dotadas do sistema ECO start/stop. A oferta

a gasolina compreende seis propulsores com potências entre 184 cv (135 kW)

e 408 cv (300 kW), enquanto que a escolha Diesel oferece três motores com

potências entre 170 cv (125 kW) e 265 cv (195 kW).

Em breve, a Mercedes-Benz vai disponibilizar dois tipos de transmissão

para o Classe E Coupé e Cabriolet: uma caixa manual de 6 velocidades, de

acionamento suave e curso curto, e a caixa automática 7G-TRONIC PLUS,

com comando DIRECT SELECT e patilhas DIRECT SELECT integradas no

volante. Esta última geração da caixa 7G-TRONIC PLUS proporciona vantagens

significativas em termos de eficácia e de facilidade de manutenção.

A caixa 7G-TRONIC PLUS dispõe agora do novo modo de funcionamento

M, com grandes vantagens de utilização: se o condutor utilizou a caixa

manualmente (em desmultiplicação ou em redução), o modo M passa

automaticamente a caixa para a função automática, mais económica, após um

determinado período de tempo.

Suspensão – a base para um comportamento de eleição

De série, todas as versões do novo Classe E Coupé e Cabriolet possuem a

suspensão AGILITY CONTROL com função seletiva do amortecimento. Os

amortecedores adaptam-se às condições do piso, assegurando um elevado

grau de conforto dinâmico. A suspensão AGILITY CONTROL oferece um

comportamento desportivo e mantém os níveis de conforto durante as longas

 

viagens, características que são muito típicas da Mercedes-Benz.

Em alternativa, está disponível a suspensão desportiva AGILITY CONTROL

com função seletiva do amortecimento e amortecimento mais firme, juntamente

com o conjunto Dynamic Handling. Este último oferece a escolha de vários

modos de condução, incluindo a resposta desportiva do pedal do acelerador

e das passagens de caixa, bem como o controlo eletrónico do amortecimento.

Basta premir um botão para que estas funções permitam ao condutor ajustar

o amortecimento a seu gosto, caso prefira uma condução confortável ou um

comportamento desportivo.

Detalhes de elevada qualidade

As versões Coupé e Cabriolet vêm equipadas de série com uma extensa gama

de equipamentos de alta qualidade, incluindo os mais modernos sistemas de

informação e entretenimento. Estes dispositivos permitem ao condutor manter-se

atualizado durante a condução, nomeadamente no que respeita ao que se passa

no mundo ou no escritório. Os sistemas também permitem a reprodução de

música ou, opcionalmente, oferecer soluções de navegação, bem como ligação

à Internet.

O sistema equipado de série é o Audio 20 CD, que inclui monitor a cores TFT

de 14,7 cm, sintonizador duplo, leitor de CD com reprodução de ficheiros mp3, e

ligação USB integrada no apoio de braço central. Também possibilita a ligação

de dispositivos Bluetooth® e apresenta mensagens de texto (SMS) no monitor.

Como opção, o sistema Audio 20 CD pode ser combinado com um leitor de CD

para seis discos, bem como com o sistema de navegação Becker® MAP PILOT,

de preço muito acessível, que também pode ser instalado posteriormente.

E Cabrio_1_500x332E Coupe_1_500x332E Coupe_2_500x332

Em alternativa, a Mercedes-Benz propõe o sistema multimédia COMAND

Online com monitor a cores de 17.8 cm e alta resolução, ligação à Internet,

navegação com disco rígido e função de ligação de emergência. Este conjunto

pode ser combinado com um leitor de DVD com capacidade para seis discos.

O conjunto COMAND Online proporciona acesso à Internet enquanto o veículo

está imobilizado, para pesquisas on-line, ou descarregamento de aplicações

Mercedes-Benz, um processo extremamente rápido e que pode ser utilizado

durante a condução. As aplicações integradas incluem o Google™ Local Search

and Weather (pesquisas locais e meteorologia) e a ferramenta para descarregar

um itinerário que tenha sido previamente configurado num PC através do Google

Maps e enviado para a viatura. As aplicações para o Google™ Streetview e

para o Google™ Panoramio estão também disponíveis.

 

KART - BRASIL

 

O "samurai" volta ao Brasil

Incensado pela ousadia ao volante, Kamui Kobayashi confirma presença no Desafio - talvez a última oportunidade dos brasileiros assistirem suas manobras ao vivo

O Desafio Internacional das Estrelas - evento promovido pela RM Eventos e pela XYZ Live com adesão de vários dos principais nomes do esporte a motor mundial - vai receber uma dose extra de adrenalina na edição que será realizada nos dias 12 e 13 de janeiro, no kartódromo do parque Beto Carrero World. A novidade é a participação do japonês Kamui Kobayashi, famoso por seus "banzais" ao volante distribuídos fartamente na Fórmula 1 na forma de ultrapassagens. Essa ousadia de samurai rendeu a Kamui, 26 anos, uma legião de fãs apesar de nunca ter corrido pelas principais equipes.

Quando trouxe definitivamente o japonês para a F1, em 2010, Peter Sauber, nome histórico da categoria, deixou claro que Kobayashi era o primeiro japonês a entrar no grid sem contar com forte apoio financeiro: "Ele está na F1 apenas pelo seu talento", frisou o ex-chefe da equipe Sauber. O início da carreira de Kamui foi bancada pelo sushis do pai, dono de um restaurante no Japão: "Minha família nunca teve nada a ver com automobilismo. Meu pai sequer tinha automóvel", lembra o piloto. Outra curiosidade é que, paralelamente ao sonho de estar na F-1, ele também queria ser comediante e, enquanto dava os primeiros passos no kart, ingressou em um grupo de atores mirins.

A estreia de Kobayashi na F-1 se deu justamente no Grande Prêmio do Brasil, em 2009, substituindo o piloto Timo Glock, da Toyota, que havia se machucado. Na corrida, que garantiria o título ao inglês Jenson Button, Kobayashi chamou a atenção por segurar de forma quase heroica o piloto da equipe Brawn GP, que tinha um carro muito superior, por longas 20 voltas. "Ele corria pelo título. Eu, pela minha vida", disse, na época, já estreando também outra características que lhe ganharia muitos fãs: a honestidade e simplicidade de suas declarações.

Sem patrocinador, no momento infelizmente Kobayashi está fora da Fórmula 1. Sua fama de samurai das pistas, no entanto, tem mobilizado os fãs. Até o novembro o site de Kobayashi havia levantado algo perto de 1,6 milhão de dólares em doações de fãs que não querem Kamui afastado da categoria. Mas o piloto desistiu de apanhar na pista: não vai aceitar competir por uma equipe pequena. E é essa decisão que deve afastá-lo da F-1. Para os brasileiros, no entanto, o Desafio das Estrelas será mais uma oportunidade de ver seus banzais automobilísticos. Com a lista completa de participantes ainda para ser divulgada, a competição já anunciou Fernando Alonso, Felipe Massa, Vitantonio Liuzzi, Nelsinho Piquet - todos com carreira na Fórmula 1 -, além de Pietro Fittipaldi (neto de Emerson), Bia Figueiredo (F-Indy) e Cacá Bueno (atual campeão da Stock Car).

Ingressos - Os tíquetes estão disponíveis para compra no site www.blueticket.com.br. A partir do dia 12 de janeiro, os ingressos também poderão ser adquiridos nas lojas Praia Motos, em Balneário Camboriú e Itajaí, no litoral catarinense, e na bilheteria do parque Beto Carrero World, no balneário de Penha (SC).

Sobre o Desafio das Estrelas - O evento é realizado pela RM Eventos e pela XYZ Live. Marcada para acontecer entre os dias 12 e 13 de janeiro no Kartódromo do Beto Carrero World, em Penha (SC), a oitava edição do Desafio Internacional das Estrelas é apresentada pelo Governo de Santa Catarina, Fesporte e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina. Tem copatrocínio de Yamaha, Fiat e Shell, parceria do Parque Beto Carrero World, Hotel Infinity Blue e MG Tires.

Campeões - Daniel Serra (2005), Felipe Massa (2006), Michael Schumacher (2007 e 2009), Rubens Barrichello (2008), Lucas di Grassi (2010) e Jaime Alguersuari (2011).

Visite o Desafio Internacional das Estrelas na Internet:

 

CONTINENTAL INOVA

Continental abre primeiras instalações totalmente automatizadas para testar os seus pneus

O novo sistema AIBA vai permitir efetuar aproximadamente 100 000 testes de travagem quando se encontrar totalmente operacional.

alt• As novas instalações do Contidrom, nos arredores de Hannover, permitem realizar testes sem condutor em pisos secos e molhados – incluindo testes numa pista de gelo.
• A Continental pode agora testar pneus durante todo o ano num pavilhão com 300 metros de comprimento.
• O novo sistema AIBA vai permitir efetuar aproximadamente 100 000 testes de travagem quando se encontrar totalmente operacional. 

Com o novo sistema AIBA (Automated Indoor Braking Analyzer, que analisa automaticamente a travagem em ambiente fechado), apresentado este mês, a Continental deu um grande passo em frente na tecnologia dos testes de pneus de verão e de inverno para veículos de ligeiros, carrinhas e 4x4. As novas instalações da pista de testes do Contidrom, junto a Hannover, estão integradas num pavilhão com 300 metros de comprimento e até 30 metros de largura. Num processo totalmente automatizado, conduzido dentro da galeria, os peritos aceleram um veículo de testes, sem condutor, até 120 km/h e depois travam-no usando calços de travão standard em pisos que se vão alterando. Os testes podem ser realizados em pisos molhados e secos. Podem ainda ter lugar numa pista de gelo separada com recurso a métodos convencionais. A Continental é agora o primeiro fabricante de pneus capaz de realizar testes em instalações próprias durante todo o ano, independentemente das condições meteorológicas. Quando as instalações estiverem totalmente operacionais, poderão realizar cerca de 100 000 testes de travagem por ano. A construção teve início no outono passado. Os testes são realizados em pisos que se vão alterando e são comandados hidraulicamente, sendo a temperatura regulada com precisão conforme os valores especificados.

Os testes de travagem mais rigorosos do mundo no Contidrom

Segundo os peritos, o novo sistema AIBA revoluciona os atuais testes de pneus. "Com estas novas instalações na nossa pista de testes, podemos realizar os testes de travagem mais precisos do mundo", explica David O'Donnell, responsável pela Divisão de Investigação e Desenvolvimento de Pneus para Veículos Ligeiros e Comerciais da Continental. "Aqui, podemos combinar as vantagens dos testes em laboratório com as dos testes em veículos ao ar livre. Este facto permitiu-nos aumentar em 70% a reprodutibilidade dos testes, o que significa que podemos avaliar os progressos com um elevado grau de precisão. "Anteriormente, os responsáveis pelos testes de pneus tinham de realizar os testes em condições ambientais variáveis, nomeadamente no que respeita à temperatura e ao vento, numa pista de testes do Contidrom exposta aos agentes atmosféricos. O sistema AIBA permite-nos realizar testes durante todo o ano em condições totalmente controladas e em superfícies de estrada permutáveis com coeficientes de atrito constantes". No anterior processo, os veículos eram conduzidos ao longo de um conjunto de carris e os próprios responsáveis pelos testes tinham de carregar no travão num ponto específico, mesmo com ABS. No passado, as baixas temperaturas impossibilitavam a realização de testes no Contidrom durante o inverno. Além da distorção parcial dos resultados provocada pelos tempos de reação e pelas forças exercidas, as temperaturas do ar e do piso produziam sempre alguma dispersão dos valores. "Podemos agora evitar totalmente esta interferência relacionada com o sistema", afirma O'Donnell. "Um outro efeito positivo é a redução considerável do desgaste físico exigido aos nossos pilotos de testes e, naturalmente, o facto de podermos efetuar testes 24 horas por dia, 365 dias por ano". Além disso, a tecnologia AIBA vai-nos permitir alcançar ainda mais progressos no aperfeiçoamento das distâncias de travagem".

Testes de travagem numa área equivalente a 2,5 campos de futebol

Além de incluir a tecnologia AIBA, altamente complexa, a estrutura do pavilhão é, em si mesma, notável. Com 300 metros, tem um comprimento semelhante a 2,5 campos de futebol. A zona onde se controlam as condições atmosféricas contém até cinco pistas com diferentes superfícies de estrada que podem ser deslocadas com facilidade. Os veículos de testes são acelerados até 120 km/h através de um sistema de deslocamento linear – semelhante ao utilizado em montanhas-russas de alta tecnologia – numa secção de pista que mede exatamente 100 metros. Os testes de travagem convencionais em piso seco são realizados a 100 km/h, e os testes normalizados de travagem em piso molhado não ultrapassam os 80 km/h. Com o sistema de controlo do ABS, os travões são acionados com elevada precisão de acordo com a superfície de estrada em causa, tanto em condições húmidas como em condições secas. A temperatura ambiente da "pista de verão" também pode ser regulada entre os 10 e os 25 graus, enquanto a pista de gelo permite que os responsáveis pelos testes coloquem a temperatura do piso entre -10 e -1 graus e a temperatura do ar entre 5 e 12 graus. O teste de travagem é registado por vários sensores instalados nas rodas e no interior do veículo. Cada teste – que inclui inúmeros fatores, desde a montagem dos pneus e a colocação do veículo na linha de partida até à aceleração e travagem para imobilizar o veículo – é concluído em quatro minutos. Teoricamente, podem efetuar-se 15 testes por hora, 24 horas por dia. 



Continental (1) Continental (2)

 

JACINTO NA AFRICA RACE

vídeos: Elisabete Jacinto no Sonangol Africa Eco Race 2013

 

ElisabeteJacinto12 500x332

 

Estão já disponíveis na Internet os clips da participação da piloto Elisabete Jacinto no Sonangol Africa Eco Race 2013.

 

Após o dia de descanso, que se cumpriu hoje, Elisabete Jacinto parte amanhã para a primeira especial da Mauritânia.

 

Veja as imagens no Youtube:

 

 

TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS

TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS - PÓS HISTÓRICOS

 

Eis o novo cartaz, assim como as pistas que irão receber esta nova categoria de clássicos em 2013.

 

Graphic3 500x332

 

PRF SOBE UMA POSIÇÃO

 

PRF RACING TEAM SOBE UM LUGAR NA CLASSIFICAÇÃO

PRF Racing_Team_-_Africa_Race_06_500x332PRF Racing_Team_-_Africa_Race_07_500x332

No 5º lugar Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro vão descansar em Daklha

Depois de uma etapa desgastante, a equipa de Leiria vai conseguir finalmente descansar em
Daklha. Apesar do dia de hoje não ter sido o melhor em termos de classificação geral, com um
11º lugar conjunto e um 9º entre os automóveis, mas apenas a 23 minutos de Pelichet, vencedor
da etapa, a dupla portuguesa subiu um lugar na classificação geral, devido aos graves problemas
sentidos por Loomans.

“Hoje chegámos a andar em segundo ou terceiro lugar, mas uma nota mal digerida, obrigou-nos
a perder demasiado tempo. Depois de termos conseguido encontrar o rumo certo, conquistámos
algumas posições, acabando por conseguir defender a nossa posição. São coisas absolutamente
normais numa prova deste tipo”, afirmou Paulo Rui Ferreira, adiantando ainda que pelo reino de
Marrocos tudo decorreu bastante bem: “Só posso fazer um balanço bastante positivo da primeira
metade da corrida. Penso que conseguimos encontrar o ritmo certo para fazer parte do grupo da
frente. A Nissan Navara está impecável, e agora em dia de descanso, piloto e navegador também
vão ter tempo para descansar”, conclui com natural boa disposição, Paulo Rui Ferreira.

Tranquilidade é palavra de ordem para a equipa de Leiria que bem pode fazer um balanço
extraordinariamente positivo destes primeiros dias de competição no Sonangol África Eco Race
de 2013. Segundo piloto e navegador, espera-se maior dureza para a segunda parte da prova,
mas o ânimo do PRF Racing Team é excelente, para que seja possível trazer um bom resultado
para Portugal e para a cidade de Leiria.

Agora é tempo de descanso em Daklha!
Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro estão em 5º lugar entre os automóveis e na 6ª posição
da classificação geral conjunta, de novos encaixados entre os camiões de Shibalov e de Elisabete
Jacinto. Até agora, era impossível fazer melhor.

 

ZF ATINGE OBJECTIVOS

ZF atinge o seu objetivo, apesar da conjuntura difícil

A ZF fechará 2012 com um volume de negócios de cerca de 17.400 milhões de euros. Dr. Stefan Sommer, presidente da ZF, em conferência de imprensa, revela resulatdos.

alt
• ZF atinge o seu objetivo em 2012 com mais de 17 mil milhões de euros em volume de negócios 
• Progresso desigual em algumas regiões e mercados 
• ZF em 2012 criou mais de 3.500 postos de trabalho nas suas fábricas em todo o mundo 


A ZF Friedrichshafen fechará 2012 com um volume de negócios de cerca de 17.400 milhões de euros.

"Com este crescimento de 12% cumprimos o nosso objetivo", disse o Dr. Stefan Sommer, presidente da ZF na sua conferência de imprensa, em Stuttgart (Alemanha), "e conseguimos estes números, apesar do arrefecimento da conjuntura". Não obstante, os elevados pré-custos em novos produtos e as fábricas reduziram o nível de lucro.





Dr Stefan Sommer

 

MIGUEL OLIVEIRA FAZ HOJE 18 ANOS

MIGUEL OLIVEIRA FAZ HOJE 18 ANOS

 

A esperança Portuguesa de motociclismo, Miguel Oliveira, faz hoje 18 anos de idade, numa altura em que se prepara para abarcar um grande desafio profissional, ao fazer parte duma equipa que irá disputar o mundial da categoria.

 

Por parte de toda a equipa do nosso site,e leitores, os nossos parabéns e as maiores felicidades para a época que se avizinha.estoril oliveira2_500x332

 

VICTOR ARAUJO FALA DO USO DE MARCA OBRIGATÓRIA

VICTOR ARAUJO FALA DO USO DE MARCA OBRIGATÓRIA DE PNEUS

 

O piloto Victor Araujo pronunciou-se sobre a questão do uso de marca obrigatória de pneus.

 

 

Senhores da ANPAC,  o assunto dos pneus victor araujo_estoril_500x332 é da maior importancia.
É que poupar pelo menos 600euros por prova é muito importante.
Não tenham receio de impor uma marca de pneus para todos. Por exemplo a TOYO.
Façam um acordo com o fornecedor para poder praticar um preço melhor, MAS deixem a possibilidade de quem quizer comprar essa marca a outro fornecedor qualquer.
Este tema tem a impotancia a meu ver do sucesso ou não dos 1300..................

 

 

MÁS NOVIDADES PARA OS CONSUMIDORES

Combustíveis arrancam o ano a subir

 

 

Gasolina e gasóleo voltam a ficar mais caros a partir de segunda-feira, apurou o Económico.

A factura dos combustíveis vai voltar a encarecer na próxima semana. Fontes do sector sondadas pelo Económico apontam para uma subida de preço para ambos os produtos, "com uma ligeira acentuação nas gasolinas".

A contribuir para este agravamento de preços estão vários factores: as cotações da gasolina e do gasóleo nos mercados internacionais aumentaram esta semana mais de 3% e 1,3%, respectivamente, segundo dados da Bloomberg.

Ainda a pressionar está o facto de o euro registar uma perda semanal de mais de 1,5% face à nota verde, o que agrava os efeitos da subida dos preços dos combustíveis para os consumidores europeus, dado que a matéria-prima é negociada em dólares.

O preço de referência do litro de gasolina em Portugal está actualmente nos 1,576 euros, enquanto o gasóleo vale 1,417 euros. As cotações podem no entanto variar nos postos de abastecimento, já que o preço fixado na rede tem ainda em conta o nível de concorrência, da oferta e da procura em cada mercado e o nível de custos fixos de cada posto.

Dados da Comissão Europeia mostram que os preços praticados em Portugal são dos mais altos da Europa. E de acordo com o último relatório da Autoridade da Concorrência (AdC), o consumo de combustíveis rodoviários tem sido bastante afectado pelo contexto económico, tendo recuado 13,1% no terceiro trimestre de 2012.

 

Fonte : Rita Paz - DIÁRIO ECONÓMICO

 

SITUAÇÃO DIFICIL NO SECTOR AUTOMÓVEL

Queda nas vendas de carros provoca encerramento de 2.500 empresas

Hélder Pedro disse que a ACAP "tem indicações que vêm confirmar o encerramento de 2.500 empresas durante o ano passado entre oficinas de reparação, concessionários e produção de automóveis", numa altura em que a associação anunciou que as vendas de carros caíram para valores de 1985 ao fecharem 2012 com 95.290 automóveis ligeiros de passageiros colocados no mercado.

"Para além do setor da reparação automóvel, um dos mais afetados, houve concessionários e marcas a realizarem despedimentos coletivos", acrescentou o secretário-geral da ACAP, sublinhando a queda de 40,9% nas vendas de carros em 2012 devido a uma diminuição do rendimento das famílias em Portugal.

@ Agência Lusa

 

2012 - ANO AGONIZANTE PARA O COMÉRCIO AUTOMÓVEL

2012 foi o ano em que menos carros se venderam desde 1985

A ACAP destaca que é preciso recuar a 1985 para encontrar um mercado inferior (93.013) ao deste ano.

Em dezembro, venderam-se em Portugal 6.342 automóveis ligeiros, menos 44% do que o mês homólogo de 2011, altura em que o mercado tinha registado uma quebra homóloga de 60%.

@ Agência Lusa

 

JACINTO SOMA E SEGUE NO AFRICARACE

Elisabete Jacinto segunda em camiões na quinta etapa do Africa Eco Race

A equipa portuguesa da categoria de automóveis, Paulo Ferreira/Jorge Monteiro, apesar de ter sido apenas 11.ª na etapa, um traçado de 331 quilómetros, que ligou Gwirat Larjam a Dakhla, subiu ao sexto lugar da classificação geral, com um total de 19:02.34 horas, mais 2:25.07 do que o comandante, o francês Jean-Louis Schlesser.

Elisabete Jacinto gastou hoje mais 3.48 minutos do que a equipa russa da Kamaz - Anton Shibalov, Evgeny Yakovlev e Dmitry Sotnikov -, vencedora hoje nos camiões e líder da geral, estando agora na segunda posição da classificação de camiões, com mais 30.33 minutos do que os piloto de leste.

@ Agência Lusa

 

TIAGO MONTEIRO VAI REINICIAR TESTES

TIAGO MONTEIRO VAI REINICItiagoAR TESTES COM O HONDA DE WTCC

 

O piloto do Porto, informava hoje no seu Facebook, que  está para muito breve o reinicio dos testes com o Honda Civic, para o WTCC de 2013.

 

GALERIA DE IMAGENS ESPECTACULARES

GALERIA DE IMAGENS ESPECTACULARES

 

Eis mais um grupo de imagens espectaculares, alusivas a diversas situações nas diferentes disciplinas do automobilismo e não só545353 430646003635038_1811556316_n_500x332545623 312528652157763_100002018923421_698205_1989981732_n_500x332545686 10150947229218617_2091836201_n_500x332545877 10151003837891632_583811069_n_500x332546043 507830435909165_669977261_n_500x332546125 347258932029088_95251017_n_500x332546308 10150769438418617_592533616_9353184_1879924773_n_427x283_427x283_500x332546351 441856842493886_100000087228760_1691915_282418097_n_500x332546358 362101753849492_184151181644551_983881_945150415_n_500x332546395 347224305365884_1468895836_n_500x332546638 489688104377197_491611144_n_500x332546651 414774128562157_158073837565522_1154694_1483510378_n_300x200_500x332547663 422600184429457_2052375545_n548448 10151198146493617_892131204_n_500x332548465 10151231585963617_2068232745_n_500x332548883 441063809287771_1419756758_n_500x332549078 399253146801019_955506285_n_500x332549692 456151371084501_319641904_n_500x332550126 3598206167724_1650610533_2891662_508056434_n_500x332550195 434728529920147_259692379_n_500x332551069 403546429705024_888906468_n_500x332551131 294021644024087_100002487613511_624111_1331430293_n_500x332551214 445605525473142_1914697889_n_500x332551589 348681558506288_100000933419278_922050_575433728_n_500x332551696 10150165732604949_1297274549_n_500x332....

 

GALERIA DE IMAGENS DAS 6 HORAS DE BRAGA

GALERIA DE IMAGENS DAS 6 HORAS DE BRAGA

 

Eis o primeiro grupo de imagens da autoria do nosso amigo e colaborador Carlos Monteiro da Loscar, alusiva à ultima edição das 6 Horas de Braga.

 

Fotos de Carlos Monteiro - Loscar - www.velocidadeonline.comZLOS30 500x332ZLOS29 500x332ZLOS28 500x332ZLOS27 500x332ZLOS26 500x332ZLOS25 500x332ZLOS24 500x332ZLOS23 500x332ZLOS22 500x332ZLOS21 500x332ZLOS20 500x332ZLOS19 500x332ZLOS18 500x332ZLOS17 500x332ZLOS16 500x332ZLOS15 500x332ZLOS14 500x332ZLOS13 500x332ZLOS12 500x332ZLOS11 500x332ZLOS10 500x332ZLOS9 500x332ZLOS8 500x332ZLOS7 500x332ZLOS6 500x332ZLOS5 500x332ZLOS4 500x332ZLOS3 500x332ZLOS2 500x332ZLOS1 500x332

 

RESULTADOS MERCEDES BENZ EM PORTUGAL

 

Resultados Mercedes-Benz e smart em
2012:

- Ambas as marcas reforçaram a sua quota de
mercado.

Vendas das marcas Mercedes-Benz e smart totalizaram 7.191 unidades;

• Mercedes-Benz comercializou 5.556 veículos de passageiros e a smart

1.635 unidades;

• Automóveis Mercedes-Benz reforçam a sua quota de mercado para

5,8%, o que representa a 2ª maior da quota de mercado na Europa;

Automóveis Mercedes-Benz mantém a 2ª posição no ranking de vendas

no segmento premium, tendo em conta os veículos comercializados em

Portugal e reexportados para fora de Portugal.

Embora o cenário de queda no mercado automóvel em Portugal se tenha mantido,

a Mercedes-Benz reforçou a sua posição através de uma forte ofensiva de produto

em vários segmentos, tendo apresentado modelos que se destacam pela inovação

tecnológica e elevada eficiência energética como o E 300 BlueTEC HYBRID, o 1º

modelo Diesel híbrido no segmento executivo, com consumos de 4,2 lt/100km e

emissões de 109 g/km. Foram igualmente apresentadas as novas gerações do Classe

GLK e a nova geração do mítico todo-o-terreno Classe G. Entre as principais

novidades, destaque para o lançamento do novo Classe SL, do novo Classe A,

novo CLS Shooting Brake, e novo Classe GL. Em Portugal, ambas as marcas

reforçaram a sua posição no mercado, tendo a Mercedes-Benz atingido um valor

recorde da sua quota de mercado de 5,8%, e a smart 1,7%. No acumulado do

ano, a Mercedes-Benz e smart comercializaram 7.191 veículos. Relativamente aos

veículos matriculados em Portugal, mas para serem exportados para outros países,

a Mercedes-Benz não utilizou este canal de escoamento de veículos em 2012, uma

 

vez que todos os veículos matriculados em Portugal tiveram como destino o mercado

doméstico (Fonte: ACAP - Reexportação de veículos com menos de 1 ano).

Segmento compacto com crescimento assinalável

Com o lançamento do novo Classe A, em setembro de 2012, a Mercedes-Benz

veio reforçar a sua posição neste importante segmento de mercado, passando

a rivalizar com os seus concorrentes diretos com um modelo especialmente

adaptado e posicionado para o mercado português. O novo Classe A em

conjunto com o Classe B comercializaram 1.607 unidades. A Mercedes-Benz irá

reforçar a sua posição neste segmento em 2013 com o lançamento de um novo

modelo, o novo Classe CLA, planeado para o 2º trimestre de 2013. Este será o

1º Coupé desportivo de 4 portas da Marca de Estugarda.

 

Classe C líder de vendas

 

O Classe C apresentou-se com inúmeras inovações tecnológicas, sendo

igualmente uma referência ao nível da eficiência de consumos e emissões.

Em 2012, entre Limousines, Stations e Coupés, o Classe C alcançou um total

de 2.000 unidades comercializadas, um número significativo neste importante

segmento de mercado e que permitiu ao Classe C manter a liderança em vendas

em Portugal.

 

Segmento SAV/SUV em crescimento

 

O segmento dos SAV/SUV da Mercedes-Benz registou um crescimento de 35%

com um total de 268 veículos comercializados, entre estes, 103 pertencentes ao

novo Classe M, modelo líder no segmento de SAV de luxo. O GLK, modelo que

se apresentou renovado em 2012, comercializou 159 unidades, tendo o novo

Classe GL, modelo lançado em novembro do ano transato, comercializado 6

unidades.

 

Segmento de roadsters

 

Com o lançamento da nova geração em março de 2012, o novo SL obteve

igualmente um registo de vendas assinalável com 25 unidades comercializadas.

Ainda no capítulo dos Roadsters, o SLK foi uma vez mais líder de vendas no

segmento Roadsters premium com 100 unidades, sendo o SLK 250 CDI, o

primeiro modelo a Diesel da marca neste segmento. O SLS AMG, Coupé e

Roadster, alcançou as 6 unidades comercializadas.

 

Liderança nas Limousines executivas

 

Entre os modelos mais procurados pelos Clientes da Mercedes-Benz encontra-

se a família do Classe E e CLS. Em 2012 foram comercializados 421 unidades

do Classe E Limousine, 377 Stations, 282 Coupés e 120 Cabriolets, o que faz

do Classe E uma referência entre as Limousines executivas premium. Em 2013

será lançado o novo Classe E, com um conjunto de inovações tecnológicas,

entre elas o que internamente foi denominado por “Condução Inteligente” de

veículos e novos sistemas de assistência. De referir ainda o enorme sucesso

da família CLS (Coupé e Shooting Brake), com um total de 257 unidades

comercializadas.

O Classe S continua como uma das referências entre as Limousines de luxo com

maior sucesso de vendas em 2012, com 59 unidades comercializadas. No total,

entre Classe S e Classe CL, 62 clientes adquiriram um modelo Mercedes-Benz

do segmento de luxo.

AMG em crescimento

Para a AMG, a marca de alta performance da Mercedes-Benz, o ano 2012

também foi coroado de êxito. Para 2013 uma nova ofensiva de produtos AMG

irá apresentar no mercado vários modelos, entre eles o super desportivo elétrico

SLS AMG E-CELL, o exclusivo SLS AMG Black Series, A 45 AMG, CLA 45 AMG

e o S 63 AMG.

Classe A_1_500x332Classe A_2_500x332

smart fortwo, smart fortwo electric drive e smart electric bike com sucesso em

Portugal

O smart fortwo manteve o seu sucesso no mercado português, registando-se em

2012 um total de 1.635 unidades comercializadas deste pequeno citadino. Entre

as vendas da smart, especial destaque para as versões elétricas, o smart fortwo

electric drive e a smart electric bike.

A smart foi a 1ª marca de automóveis a comercializar um vasto portefólio de

produtos elétricos para a mobilidade urbana. Além do smart fortwo electric drive

da 3ª geração, com carroçaria Coupé e Cabrio, foi ainda apresentada em 2012 a

smart electric bike, uma bicicleta elétrica com autonomia para 100 km. Para 2014

está já a ser planeada a escooter, uma scooter elétrica.

Fonte: ACAP – Matrículas e Reexportação de veículos com menos de 1 ano.

 

AFRICA RACE

 

SCHLESSER: 3 - DUBOIS: 1

 
Véspera de Ano Novo foi comemorado no acampamento com um menu de foie gras, bife grelhado e batata assada, sem esquecer o chocolate e champanhe. Então, à meia-noite, uma queima de fogos tradicional foi por colocar em Essers equipe. Na parte da manhã, os competidores da Corrida Sonangol Africa Eco retomou a pista marroquina para um especial de 343 km entre Oued Draa e Como Sakn. A fase sem grandes dificuldades, incluindo uma seção de teste seletivo e, em vez de uma porção de 30 km que foi um prazer de condução verdade para os pilotos e motoristas.

Norbert Dubois tinha um grande sorriso em seu rosto quando ele cruzou a linha de chegada em Como Sakn arrastado por um vento forte do Atlântico. O piloto parisiense tinha acabado brilhantemente venceu a especial, a primeira desde a última edição da Corrida Sonangol Eco África. Depois de quebrar o quadril em abril durante o treino de motocross, Norbert trabalhado duro a fim de se preparar para a corrida, sem realmente conseguir em uma bicicleta de antemão, para não correr riscos. Norbert DUBOIS continuou a crescer em confiança a cada dia e mesmo que ele começou o rali com muita cautela, hoje ele conseguiu ganhar o especial:
"Estou feliz porque, finalmente, eu me sinto bem com a moto. Que eu não tinha nenhum problema e, embora houvesse um monte de armadilhas, eu era capaz de manter um ritmo sustentado e se divertir com a moto. O rali ainda é longo e eu sou realista. vou continuar com o meu plano de ir até o fim. "
»

Norbert DUBOIS


Guillaume MARTENS

Na classificação da 4 ª etapa, Norbert DUBOIS voltou 9'21 sobre MARTENS Guillaume, que está em segundo. O holandês está à frente de Martin FONTYN por 14'45 também em KTM. Mais uma vez, os 450 primeiros a cruzar a linha foi o Honda de Patrick ARNOULT em 22'18 4 º lugar atrás de, em frente de José PALACIOS em sua KTM. No geral, MARTENS ainda lidera à frente de FONTYN mas DUBOIS está voltando rapidamente e, como ele mesmo disse, o rali ainda está long.In a categoria quad, enquanto Emma CLAIR tende a seus ferimentos na França, Stefano Dalla Valle foi capaz de fazer disparar novamente depois de encontrar problemas no palco 2. O piloto italiano terminou na 17 ª posição hoje. Patrick Poizat, o competidor no N ° 118 moto estava na mesma situação de ter sofrido problemas durante a fase 3, mas ele estava no momento da chegada para saudar os seus amigos. O francês de Perpignan absteve-se de mais este especial de medo do que má sorte, como os regulamentos permitem que a raça Sonangol Eco África. Tendo abandonado a especial, os participantes ainda são capazes de continuar a tomar parte na corrida, tendo penalidades máximas.

Patrick ARNOULT


Martin FONTYN


Jean Louis Schlesser

Os carros e caminhões foram Categorias fascinante hoje. Primeiro de tudo porque John Louis Schlesser, mais uma vez voltaram ao acampamento sem culpa, vencendo a especial ter deixado para trás a KAMAZ por causa de sua chegada tardia na linha de partida. Um espetacular desempenho explicada pelo líder, com humor, como sempre:
"Cheguei tarde na linha porque pensei que René Metge nos tinha dado tempo extra para dormir por causa do Ano Novo! Sério, porém, houve uma certa confusão sobre o horário da partida, mas não foi importante, pois permitiu-me para atacar a corrida. Os últimos 30 km foram tão divertida. No início da corrida, eu fiquei atrás do KAMAZ por um momento e eu posso dizer que o jovem piloto russo realmente me impressionou com suas habilidades de condução. "

Jérôme PELICHET

Por trás de "The Boss", apesar de não ter qualquer problema, Jérôme PELICHET e seu TOYOTA deixar outro deslizamento 3'13. Na 3 ª posição do dia, encontramos Miroslav Zapletal com seu protótipo HUMMER que perfeitamente absorvido as seções julgamento rochosas. O tcheco terminou 8'55 atrás do líder, apenas 6 segundos na frente de Jacky Loomans. Infelizmente, a notícia triste aguardava Frits DRIESMANS, co-piloto de Jacky, na chegada sobre o estado de saúde de seu pai. O belga imediatamente tomou a decisão de abandonar e Frits esquerda para se juntar a sua família em casa. É uma vergonha para o rali a perder tripulação tão importante, mas também prova que Loomans equipe é uma verdadeira família.

Jacky Loomans à chegada


O anúncio da retirada das Loomans equipe por Jacky

Devemos também mencionar um grande desempenho do egípcio motorista Abdelhamid ABOUYOUSSEF que trouxe a VOLKSWAGEN casa de buggy Tarek na 6 ª posição, logo atrás da Navarra NISSAN de Português Paulo Ferreira.

Abdelhamid ABOUYOUSSEF


Paulo Ferreira

A categoria caminhão colocar em um show para nós, nomeadamente Elisabete Jacinto. Tendo começado na manhã atrás do KAMAZ eo Tatra, o piloto Português foi extremamente motivados e tirou as grandes armas:. "Eu decidi atacar hoje Quando eu vi o Tatra de Tomas Tomecek parada, me motivou ainda mais eu. voltou atrás da KAMAZ e tivemos uma boa luta. era talvez demasiado entusiasmado porque eu tirei em alguma erva de camelo e meu homem se aproximou em que é lado. O motorista do KAMAZ veio para me ajudar a sair e eles nos puxou de volta sobre quatro rodas. Agradeço-lhes muito e estou muito feliz por ter vencido a especial. "

Elisabete Jacinto em posição ruim


A KAMAZ ajudando o homem

Ela queria sublinhar o espírito esportivo da equipe KAMAZ, que não hesitou em parar e ajudar quando poderia ter aproveitado de seu acidente para reforçar a sua liderança global. Não foi Anton SHIBALOV dirigindo o caminhão russo rápido hoje, mas Dmitry Sotnikov porque a equipe decidiu mudar o motorista a cada dois dias. Para Tomas Tomecek, ele conseguiu o 3 º lugar atrás da russa KAMAZ eo homem Português; seu Tatra sofreu um vazamento de ar no sistema de travagem. Ele teve que parar para consertá-lo e perdeu um quarto de uma hora fazendo isso.

Stéphane Henrard e seu Porsche Classic

Os veículos envolvidos na categoria clássico continuou sua trilha preparados para evitar maiores dificuldades. Para o momento, Stéphane Henrard com seu Porsche lidera a corrida facilmente.

Amanhã, a Sonangol Africa Eco Corrida caravana chegará no coração do Sul de Marrocos e do campo será instalado em Dakhla, pelo Oceano Atlântico. Antes disso, os competidores irão viajar por 690 quilômetros e 331 km é um especial dos quais 50% nunca foi corrido antes.elisabete-jacinto 500x332

 

WTCC É NOTICIA

 

FIA WTCC: passado, presente e futuro WTCC Gerente Geral comentários Marcello Lotti da temporada passada e olha para as evoluções futuras do Campeonato do Mundo.

2012: um ano positivo com um campeão DIGNO

"Devemos considerar 2012 como um ano positivo, embora ainda estava sob a influência da crise financeira global. Comparado a outras séries do automobilismo, WTCC beneficiou de uma acontecimentos poucos positivos: o sucesso do primeiro evento nos EUA que foi impulsionado pelo promotor local entusiasmo, a participação da marca Ford em toda a temporada ea chegada da Honda na última corridas, o interesse demonstrado por se juntar novos fabricantes como a Citroën, eo papel ativo da FIA no planejamento de um técnico evolução da série. Tudo isso prova que o interesse está crescendo novamente para o WTCC e carros de turismo em geral. 
Também era bom que a luta pelo título foi para o fio, mais uma vez, que é uma espécie de marca registrada para o WTCC. Rob Huff é um campeão digno. Seria palavras de gastos inúteis para elogiar suas habilidades, porque quando um motorista ganha um campeonato do mundo, significa que ele é uma boa. Como promotor, tenho o prazer de ver alguém que começou a correr em um nacional único troféu fazer, crescendo a ponto de se tornar campeão do mundo. É algo gratificante para a categoria. "
HUFF

 

 

PRF RACING EM BOM PLANO

 

PRF RACING TEAM ENTROU BEM EM 2013

PRF Racing_Team_-_Africa_Race_05_500x332

Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro já tomaram o pulso à prova

A equipa de Leiria entrou em 2013 com o pé direito. Mais outra etapa bastante positiva coloca o
PRF Racing Team com excelentes perspectivas para o Sonangol África Eco Race. No primeiro
dia do ano Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro levaram a Nissan Navara Off Road ao 5º lugar
da classificação geral, a menos de dois minutos do pódio. Um dia tranquilo!

“Foi uma etapa marcada pela presença constante de muita pedra na pista. Para não estragar
material e evitar problemas mecânicos, pensámos sempre em gerir o nosso andamento. As
coisas voltaram a correr bem, acabando por ter um dia tranquilo e sem problemas. Correu todo
como estava previsto. Para a etapa de amanhã vamos adoptar um comportamento idêntico, antes
da chegada a Daklha para um merecido dia de descanso”, afirmou Paulo Rui Ferreira.

E se tudo se passou com bastante tranquilidade e naturalidade na condução, também a
navegação se mostrou bastante acessível.

“Foi tudo fácil e correu tudo certinho. Tivemos apenas de ter alguma atenção devido à existência
de muitas pistas paralelas. Neste momento vou preparar com muito cuidado a etapa de amanhã”,
afirmou, tranquilamente, Jorge Monteiro.

De Gwirat Larjam até Daklha vão ser quase setecentos quilómetros. A especial começa bem
perto do local da partida, para se efectuarem 332 km em competição. Depois, será uma longa
ligação de 353 km até que a caravana alcance o controlo de chegada para depois gozar um
merecido dia de descanso.

Encaixados entre os camiões de Shibalov e de Elisabete Jacinto, Paulo Rui Ferreira e Jorge
Monteiro estão no 6º lugar entre os automóveis e na 7ª posição da classificação geral conjunta.
Um resultado fabuloso para a equipa de Leiria, que já conseguiu tomar o pulso à prova.

 

RENAULT NÃO TEM PROJECTO PARA O WTCC

RENAULL NÃO TEM PROJECTO PARA O WTCC

 

A marca francesa, veio já a publico informar que não tem planos a nível oficial para participar na edição do WTCC do próximo ano.Tal não se irá verificar, pois no plano desportivo a amrca do losango está envolvida em diversas frentes, a começar pela Fórmula 1, com os motores que fornece a diferentes equipas, assim como a World Series by Renault, mas a verdade é que também não foi descartada renault fluence_Super_TC2000_Series_23122012_500x332a hipótese da marca poder correr através duma equipa privada, como aconteceu com a Chevroelt que teve tudo entrege nas maãos da RML.

 

YOKOHAMA CONFIRMA PRIZE MONEY

YOKOHAMA CONFIRMA prize money de € 480,000O prêmio em dinheiro de € 480.000 reservados para os concorrentes do Troféu Yokohama foi confirmado para a próxima temporada, mais uma vez.

No entanto, após uma reunião entre representantes da equipe e do promotor do campeonato, o dinheiro do prêmio será concedido em uma base corrida a corrida, em vez de evento por evento, como em anos anteriores. 
Yokohama - que enfrenta seu oitavo ano como único WTCC de fornecedor de pneus - vai premiar 20.000 € em cada uma das corridas de 24, o que significa mais de 480.000 € a temporada. 
Este prêmio em dinheiro será dividido entre os seis melhores pilotos classificados, de acordo com a seguinte escala: 

  • para o primeiro piloto: 6.000 €
  • para o segundo piloto: 5.000 €
  • para o terceiro piloto: 4.000 €
  • para o quarto piloto: 2.500 €
  • para o motorista quinta: € 1.500
  • para o condutor sexta: € 1.000 

O sistema de pontos permanece inalterada, com 10 pontos atribuídos ao vencedor e 8, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 para os pilotos classificados entre as posições de segundo e oitavo. O dobro de pontos serão atribuídos nas duas últimas corridas em Macau. 
Uma ponto adicional é concedido a melhor piloto da categoria na qualificação e para a criação de volta mais rápida da categoria nas corridas.
ZWT

 

CRÓNICA DA VIAGEM DE SANDE E CASTRO PELO MUNDO

Damão
Na quarta feira de manhã ligou-me o homem da companhia de navegação a dizer que o desalfandegamento da moto demoraria mais dois ou três dias de maneira que decidi apanhar um comboio e ir até Damão,  cerca de 170 Km a Norte de Mumbai (Bombaim).
Os transportes públicos aqui são uma desgraça. As coisas vão andando mas o desastre parece eminente.
Temos a sensação que desde que os ingleses se foram embora nada evoluiu. Muitos dos táxis que circulam em Mumbai, por exemplo, são daqueles Fiat 1100 que eram aqui fabricados. A maioria anda na praça há mais de quarenta anos de maneira que estão num estado lastimoso. O contador, não sei porque razão, está colocado do lado esquerdo de fora do táxi  pelo que o homem tem que fazer ginástica para ligar aquilo de cada vez que entra um cliente novo. A maioria destes táxis tem tablier, painéis de porta, bancos e tejadilho, tudo forrado num pano manhoso com um padrão de flores castanhas, certamente para disfarçar a sujidade. O chão não tem tapetes e muitas das vezes os podres já abriram buracos por onde se vê o alcatrão. O motor vai funcionando mas a suspensão não existe. O mais pequeno buraco transforma-se numa cratera lunar. Ficamos com a sensação que aquilo se vai desfazer em pedaços.
Os comboios não são melhores. Comprei um bilhete de 1ª classe e quando vi a carruagem não acreditei que fosse aquela de maneira que fui até à primeira da linha, uma viagem de mais de 200 metros, para me certificar que não havia nada melhor e lá tive que voltar para trás para não entrar em nenhuma com os bancos em chapa e dois andares de gente encafuada com grades nas janelas.
As classes mais baixas enchem até transbordar e em todas as carruagens as portas nunca são fechadas com pessoas a entrarem e saírem em movimento e muitas a viajarem penduradas do lado de fora.
O rio Ganga divide Damão em duas partes, com as fortalezas existentes de ambas as margens a serem a única memória portuguesa do local. Do lado direito a mais antiga e pequena. A entrada ainda tem as inscrições em português mas, como tudo na India, está muito mal tratada. Quando cheguei, um casal indiano que me pediu para lhes tirar uma fotografia perguntou-me a nacionalidade e quando lhes respondi o homem disse: “Ah, então este forte é seu”. E de facto ainda nos sentimos ali um pouco em casa.
No pátio miúdos jogavam “criquet” num campo improvisado o que é muito pouco português mas um pequeno cemitério acolhe, com algumas campas recentes, pessoas que certamente ainda se consideram portuguesas e querem ali ser enterradas, pois quase todas tinham nomes portugueses.
A muralha da margem esquerda do rio é do sec XVIII e encerra o que seria a cidade de Damão na época, incluindo o Palácio do governador, agora ocupado pelo governador indiano e a igreja do Bom Jesus. A caixa das esmolas já tem um toque indiano ao mostrar uma inscrição, em inglês, a dizer coloque aqui dinheiro que receberá 20, 40 ou 60 vezes mais.
Numa das entradas da muralha uma pequena casa com uma laje a informar que ali viveu o poeta Bocaje.
Na sexta feira voltei a Mumbai no comboio da amanhã pois havia a possibilidade de se conseguir o desalfandegamento das motos, a minha, a do polaco maluco e a dos três suecos, todas transportadas no mesmo contentor.
Os táxis na província ainda são mais antigos que nas grandes cidades. Aqui são quase todos Ambassador, um carro também feito na India nos anos 50 e que era uma cópia de um carro inglês, creio que de um Hillman ou Austin. São destes carros altos e redondos, típicos da época. O que apanhei para percorrer os 12 Km que me separavam da estação dos comboios pensei, sinceramente, que não passaria do fundo da rua do Hotel. Por fora estava todo amolgado, não tinha maçaneta na porta por onde entrei, faltavam-lhe os farolins traseiros e a tampa da mala tinha as dobradiças substituídas por umas de um portão de ferro. A andar ouviam-se umas pancadas preocupantes, de apoios de tudo quanto há, desde motor a suspensões, passando por caixa de velocidades e diferencial a trabalharem sem qualquer vestígio de borracha. Pancadas secas que faziam temer o pior. A direção tinha uma folga que fazia o desgraçado do homem rodar o leme de um lado para o outro à volta completa de cada vez. O problema agravava-se porque ao curvar, o eixo traseiro demorava a acompanhar o movimento da carroçaria. Enfim, assustador. O que os salva é que não há outra hipótese senão circularem muito devagar com aquela espécie de veículos. Mesmo assim cheguei a tempo de apanhar o comboio.
Quando cheguei ao porto os suecos já estavam doentes de aturar o polaco mas mantinham a típica calma escandinava.
A alfandega do porto de Mumbai é um pesadelo de burocracia, com dezenas de empregados a arrastarem-se para colocarem carimbos e assinaturas num amontoado de papéis e, como era sexta feira, é evidente que o processo teve que ficar adiado para segunda.
Para voltar para Mumbai apanhámos, já com ar cabisbaixo, um autocarro regional, daqueles que se vêm nos filmes a cair de podre e carregado de povo. Tínhamos percorrido pouco mais de 10 Km quando um barulho ensurdecedor de uma peça da suspensão a bater na cava da roda fez o condutor parar para observar os estragos. Como já era de noite não conseguiu ver nada e voltou a arrancar até que, poucos quilómetros depois, “Pum”, ouviu-se um estrondo, o autocarro apinhado descaiu para o lado direito e o homem encostou-o à berma com a suspensão partida e um assobiar de pressão de travões a perder-se na atmosfera.
Saiu a multidão lá de dentro e, sem saber o que fazer, o homem disse qualquer coisa e todos voltamos a entrar rapidamente no autocarro nós os quatro a limitarmo-nos a seguir os movimentos do povo, acreditando serem os mais sensatos. Passados cinco minutos, com a aproximação de outro autocarro, voltou a sair uma carrada deles que fez sinal ao condutor para abrandar e para lá saltaram uns quinze ou vinte, não sei bem como. Com o autocarro mais vazio e sem que o condutor soubesse o que fazer, decidiu-se por colocar o animal a trabalhar e lá fomos nós a arrastar o monstro durante 20 Km até à vila mais próxima. Lá chegados eram dez da noite e decidi procurar um Hotel por ali onde fiquei, despedindo-me dos suecos.

 

BENNANI RECEBE PRÉMIO EM RABAT

Bennani RECEBE PRÊMIO EM RABATIndiscutivelmente o melhor piloto de corridas de Marrocos, Mehdi Bennani foi premiado com um troféu especial oferecido pelo governador da região de Rabat, representada pelo Sr. Bennader, em reconhecimento dos seus brilhantes resultados alcançados no WTCC.

Bennani, que foi classificada décimo no campeonato de 2012 pilotos, alegando dois pódios resultados em Budapeste, em uma BMW Racing Proteam 320 carro TC, também foi nomeado embaixador da campanha de segurança rodoviária promovido pela National Marrocos Comité para a Prevenção de Acidentes de Trânsito ( CNPAC). 
campanha, denominada "Entre a vida ea morte ... 5 km / h" visa educar os usuários da estrada para reduzir a velocidade por 5 km / h, adaptando-a às condições de tráfego. A figura de 5 kmh é apenas uma desculpa para conscientizar as pessoas sobre os benefícios que as moderar a velocidade. 
Mehdi Bennani entrega esta mensagem através de uma série de spots veiculados em Marrocos canais nacionais e regionais de televisão e estações de rádio.
benani

 

CLÁSSICOS ATE´1992 PODERÃO ALINHAR

CLÁSSICOS ATÉ 1992 PODERÃO ALINHAR

 

Tal como informamos em Setembro passado, quando da prova do Nacional disputada em Braga, os Clássicos em 2013, irão ter mais uma categoria, que recebeu a designação de Taça Nacional de Clássicos Pós-Históricos,e está aberto à participação de carros com ficha de homologação emitida pela FIA ate finais de Dezembro de 1985, e os PH 92, que comprendem todos os carros com ficha emitida até o ultimo dia de Dezembro de 1992.

 

Com este novo regulamento, pode-se ver de novo nas pistas em Portugal, máquinas como os Ford Sierra Cosworth RS 500, os BMW 635, e os M3 entre outros.

 

De referir que este campeonato será composto por cinco provas, com  jornadas duplas em cada fim-de-semana, com passagem pelo circuito da Boavista.Esta nova categoria de clássicos está aberta a pilotos maiores de 16 anos, e com isso já aqui informamos que Carlos Rodrigues irá ter em pista um dos seus Ford Sierra RS 500 entregue ao seu filho Ginho Rodrigues, que tem lutado sempre pela vitória na Feup 2, ao volante do Fiat Punto.Por outro lado, também Luis Barros podera vir a participar com o Ford Sierra Cosworth,Traffic RS500_500x332que no passado foi conduzido por Ni Amorim.

 

NOVIDADES PARA A FÓRMULA 1

NOVIDAEES PARA A FÓRMULA 1

 

A menos de três meses do inicio de mais um Campeonato do Mundo de Fórmula 1, a entidade federativa fez algumas alterações em termos de regulamentos, na qual a principal novidade passa pelas asas dianteiras que terão de ser mais rigidas em comparação com aquelas que foram usadas nas duas ultimas épocas.Mas as alterações não se ficam por aqui, pois os dirigentes da FIA entenderam que os monolugares têm de ser reforçados para o caso de surgirem capotamentos.Por outro lado, o peso dos pneus Pirelli aumentam um pouco o peso total do carro, e o já famoso DRS deixa de poder ser activado em certas partes das pistas no decorrer dos treinos livres e treinos de qualificação.Assim o DRS poderá ser apenas utilizado no decF1Singapura2012-11 500x332orrer das provas.

 

IBERIAN GENTLEMEN DRIVERS

IBERIAN GENTLEMANS DRIVER COM CALENDÁRIO DEFINIDO

 

O Iberian Gentlemens Driver, já tem o calendário definido para 2013, e está assim definido :

 

8 - 9 Junho - Jarama - Espanha

 

22 - 23 Junho - Circuito Boavista

 

6 - 8 Setembro - Rampa do Caramulo

 

12 - 13 Outubro - Jerez de la Frontera - Espanha

 

Em Novembro terá lugar a ultima prova do Campeonato que será no autódromo do Estoril, em data a definir.De realçar que todas as provas que fazem parte do calendário estão integradas em festivais de clássicos.igd 000_500x332

 

 

CRÓNICA DA VIAGEM DE SANDE E CASTRO PELO MUNDO

Kashi
Com o atraso no desalfandegamento da moto fiquei obrigado a passar o fim de semana nos arredores de Mumbai.
Decidi então ir até uma praia de que me tinham falado, 150 Km a Sul de Mubai. Comecei por apanhar um barco no “Gate of India”, o principal cais para estas pequenas travessias, e 45 minutos depois estava em Alipur.
O destino era Kashid mas, sem encontrar autocarro, acabei por aceitar a proposta de um condutor de uns triciclos um pouco maiores que os da cidade que levam um ou dois passageiros ao lado do condutor e seis a oito nos dois bancos traseiros. Aquilo é pouco mais comprido que um “smart” mas transporta até dez pessoas fora o condutor. Combinei com o homem que viajaria sozinho no banco da frente e lá fomos aos saltos a carregar e descarregar pessoal, tipo autocarro, durante mais de duas horas. 6 euros, incluindo a massagem.
Cheguei a Kashid ao fim da tarde, ainda a tempo de dar uma espreitadela à praia que ficava a dois minutos da estalagem e onde, como de costume, alguns indianos ainda tomavam banho vestidos, uma cena que já tinha visto em Mumbai.
No dia seguinte fiquei meia hora dentro daquelas águas mornas e dei um passeio a cavalo pela praia. Conheci uns rapazes simpáticos que ali passavam o fim de semana e, durante o almoço no restaurante da praia, quando souberam que eu iria ficar nesse dia a Vashi, perto do porto de desembarque da moto, convidaram-me a ficar a dormir em casa deles pois viviam aí.
Da parte da tarde, enquanto eles partiam nas suas motos indianas eu apanhei boleia de um simpático casal a caminho de uma visita a um forte numa ilha perto mas, depois de uma espera de mais de uma hora por um barco, acabámos por desistir e deixaram-me na paragem de autocarro, de regresso a Vashi.
Com o autocarro “à pinha” e sem lugar sentado pedi para sair em Alibar e voltei ao barco de Mumbai, onde jantei, para depois apanhar um comboio em Victoria Station para Vashi. Cheguei a casa destes novos amigos pelas onze da noite.
Segunda feira foi mais um dia passado na alfandega mas, depois de muita papelada e carimbo, lá conseguimos retirar as motos do contentor ao final do dia. Tinha ficado noite e resolvi voltar a ficar com o pessoal de Vashi que organizaram uma passagem de ano caseira.
No caminho até lá de moto, já de noite, tive a primeira experiencia do que é circular na India com bicicletas e motos em sentido contrário, “rickshaws” a saírem não se sabe bem de onde, vacas no meio da estrada, lombas que não estão assinaladas, apanhamos de tudo um pouco. Até um elefante, em passo de tartaruga, encontrei a circular numa via rápida, à noite e …. sem luzes. O que seria estoirar-me de moto contra um mostro daqueles? Com a atrapalhação até podia dar-lhe para se sentar em cima de mim.

 

GALERIA DE IMAGENS DOS FEUP NO ESTORIL

GALERIA DE IMAGENS DOS FEUP NO ESTORIL

 

Eis o derradeiro grupo de imagens dos Feup na sua última passagem pelo autódromo do Estoril, fotos da autoria dodesafiounico1 500x332desafiounico2 500x332desafiounico4 500x332desdafiounico3 500x332309394 328133037275011_413962614_n_500x332313903 328132737275041_489780420_n_500x332314217 289281541160161_1956011961_n_500x332315729 379861832102131_1661595353_n_500x332375708 328132367275078_162451590_n_500x332375725 328132680608380_29450245_n_500x332376215 328135590608089_1967677052_n_500x332380815 379861648768816_718634779_n_500x332395985 328132567275058_1305140607_n_500x332399298 379861722102142_1243103308_n_500x332402904 328134003941581_76062843_n_500x332403039 379861342102180_1927987234_n_500x332425080 328133090608339_171983815_n_500x332429465 379861612102153_1904586986_n_500x332432235 379861468768834_1208928889_n_500x332480046 379861312102183_1525332727_n_500x332480058 379861508768830_1318866312_n_500x332480712 328132530608395_104148090_n_500x332480960 379861615435486_1489282047_n_500x332483325 328134163941565_1350872661_n_500x332483325 328134163941565_1350872661_n_500x332483386 328136090608039_432850160_n_500x332483552 395126287229098_1733910510_n_500x332524158 328132620608386_948921900_n_500x332529428 328135543941427_922552736_n_500x332 nosso amigo e colaborador Nuno Organista.

 

FRotos de Nuno Organista - www.velocidadeonline.com

 

BRADINI TEAM ENCERROU PORTAS

BRANDINI TEAM ENCERROU PORTAS

 

A Brandini Racing fechou portas no passado mes de Dezembro na cidade do Porto, pondo assim termo á preparação de carros de competiçãobrandini 500x332.Com esta situação, acabou por originar o nascimento dum novo preparador a RP Motorsport, que já aqui tinhamos anunciado.A Brandini Racint teve a seu cargo a prepasração do BMW 2.8 de Domingos Sousa Coutinho, o Lotus de Alexandre Guimarães, o BMW 323 de Carlos Barbosa, e o próprio Datsun 1200 de Tiago Brandão, um dos responsáveis pela Brandini Racing.

 

FAMILIA FERREIRA DA SILVA EM PESO NA MONTANHA

FAMILIA FERREIRA DA SILVA EM PESO NO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

A familia de Manuel Ferreira da Silva vai marcar presença em "peso " no Campeonato Nacional de Montanha.Por aquilo que apuramos, Manuel Ferreira da Silva irá repartir o volante do Mitsubiushi Evo IX, preparado pela Peres Competições, coim o seu filho Miguelferreira da_silva_2 em algumas provas.Por outro lado, a sua filha irá marcar presença em todo o Campeonato, ao volante dum Toyota Corola T Sport, com que aliás, fez de carro zero no 3º rali do Cam.

 

FERNANDO BECEDAS EM DUAS FRENTES EM 2013

FERNANDO BECEDAS EM DUAS FRENTES EM 2013

 

Depois de ter estado ausente das pistas portugueses em 2012, com apenas uma presença nas 6 Horas de Braga, o piloto espanhol Fernando Becedes, irá esta ´epoca marcar presença em duas frentes distintas.Assim o seu Datsun 1200, irá voltar às pistas portuguesas como nos confirmou " é verdade irei fazer algumas corridas, não o Campeonato todo". Mas a grande novidade é que Fernando Becedas poderá participar nos GT" tenho um Lotus de troféu, com que fiz algumas provas em diferentes pistas europeias, é um Elise, mas ainda não investiguei se este carro poderá participar na categoria de GT 4.Por outro lado, tenho de ir buscar o carro à Bélgica, e encontrar um parceiro para podermos participar.Se tiver apoios, ébecedas 500x332FOX 8870_500x332 bem provável que possa disputar o campeonato todo ", disse-nos.

 

FERREIRA E MONTEIRO NA 4ª POSIÇÃO

 

EXCELENTE ETAPA PARA A EQUIPA PORTUGUESA DE LEIRIA

 

4º LUGAR PARA PAULO RUI FERREIRA E JORGE MONTEIRO ENTRE OS AUTOMÓVEIS

PRF Racing_Team_-_Africa_Race_03_500x332PRF Racing_Team_-_Africa_Race_04_500x332

Apesar de ter sido um dia muito duro e desgastante, o PRF Racing Team obteve um excelente
resultado ao longo dos 432 km de hoje, percorridos entre Tagounite e Oued Draa. Paulo
Rui Ferreira e Jorge Monteiro alcançaram um excelente 4º lugar entre os automóveis e o
5º na classificação conjunta, tendo sido batidos pelo camião do russo Shibalov por escassos
minutos. Ficando mesmo à beira do pódio entre os automóveis, a Nissan Navara Off Road dos
portugueses apenas foi batida por Schlesser que voltou a ganhar a etapa, e pelos Toyota de
Pelichet e Loomans.

Com este fantástico resultado, a dupla de Leiria sobe ao 5º lugar entre os automóveis e à 7ª
posição da classificação geral conjunta. Pode afirmar-se que foi um dia em cheio!

“Correu tudo muito bem, apesar de ter sido um dia muito duro e demasiado longo. Depois de
termos ultrapassado as dunas e areias do Erg Chegaga, surgiram os maus pisos com valas,
buracos e muita pedra solta. O pó foi outro dos grandes problemas do dia, mas lá conseguimos
ultrapassar mais este desafio com um resultado que considero positivo.
Vamos fazer a passagem de ano no acampamento com toda a caravana, preparando já a etapa
de amanhã que também se prevê bastante desgastante. Eu, o Jorge e a Nissan Navara, estamos
em perfeitas condições para fazer frente a mais uma etapa”, afirmou, entusiasmado, Paulo Rui
Ferreira.

Apesar do mau piso ter marcado a etapa de hoje, a navegação não causou problemas à
formação de Leiria. Jorge Monteiro já está a preparar a etapa de amanhã.

“Até agora a navegação tem sido uma boa surpresa. O road book tem batido sempre certo, e
estou a entender-me bem, sem ter qualquer tipo de percalços. Já estou a preparar a próxima
etapa, que espero continue a correr tão bem como até aqui”, disse Jorge Monteiro.

Depois de uma passagem de ano no acampamento, na companhia de um céu que se espera
estrelado, a caravana irá percorrer no primeiro dia de 2013 mais 451 km, dos quais 343
disputados ao cronómetro. Entre Oued Draa e Gwirad Larjam esperam-se mais surpresas no
traçado, confiando que sejam positivas para Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro e para toda a
estrutura do PRF Racing Team.

 

GAGO EM TEMPO DE BALANÇO

 

Diogo Gago faz balanço de época de sonho

Diogo Gago e Jorge Carvalho foram uma das duplas em maior destaque nos ralis nacionais,
conquistando títulos e mostrando sempre um andamento espectacular em qualquer tipo de
condições.

Falando sobre a temporada 2012, Diogo Gago começou por dizer que “o balanço desta
temporada é bastante positivo, pois tivemos um ano pleno de evolução em todos os
aspectos, tendo conquistado vitórias importantes num campeonato muito competitivo e
com uma concorrência de muito bom nível. A vitória no Desafio Modelstand com um pleno
de vitórias foi fantástico, assim como o título da Categoria 1, que nos consagrou como
os melhores duas rodas motrizes do Campeonato Open de Ralis e ainda Vice-Campeões
absolutos no Campeonato Júnior. Dificilmente poderia ser melhor”.

No momento em está a chegar ao final o ano civil, o jovem algarvio não esqueceu as traves
mestras de uma temporada recheada de vitórias.
“Como não poderia deixar de ser, não podia passar esta altura do ano sem agradecer o
excelente contributo do meu navegador Jorge Carvalho, da nossa equipa técnica que nos
deu um carro sempre em condições de poder vencer e claro, o meu pai, grande mentor deste
projecto e todos os patrocinadores que nos permitiram estar á partida das várias provas com
as melhores condições possíveis para atingirmos os nossos objectivos”.

No que diz respeito ao seu projecto desportivo para a próxima temporada, o jovem piloto
que foi apoiado pela Eni, Chaveca e Janeira, Axa Seguros, Hankook e Pedro Pinto Automovéis
diz que “quanto á temporada 2013, ainda é cedo para avançarmos algo, mas para já o que
posso dizer é que estamos a trabalhar para continuar a evoluir”.gago 500x332

 

MAN DE JACINTO

 

MAN TGS de Elisabete Jacinto já cumpriu as verificações e
arranca amanhã para a corrida

8 Camiões competem por lugar no pódio
Piloto averbou o 2º lugar na categoria destinada aos camiões, em 2011


O MAN TGS de Elisabete Jacinto cumpriu hoje as verificações técnicas e administrativas da 5ª edição do
Africa Eco Race 2013, em Almeria, Espanha e aguarda a partida para Nador, no Norte de Marrocos, onde
tem lugar a primeira etapa desta grande maratona africana que começa já amanhã.

O Team Oleoban/MAN Portugal que terminou de forma brilhante a passada edição do Africa Eco Race, tendo
conquistado o 2º lugar entre os camiões e a 4ª posição da classificação geral conjunta auto/camião e que
alcançou o terceiro lugar no Rali de Marrocos, em Outubro, vai debater-se com equipas de peso.

Aos comandos do seu potente MAN TGS de série, Elisabete Jacinto está apostada em lutar pela vitória
na mais importante prova africana de todo-o-terreno, na qual vai competir com verdadeiros camiões de
corrida. São oito os que este ano entram na disputa por um lugar no pódio.

O MAN TGS, com desempenho irrepreensível em pista, terá pela frente como mais direto adversário, o
checo Tomas Tomecek, muito temido nas areias da Mauritânia, e vencedor das duas últimas edições desta
grande maratona africana de todo-o-terreno. Para fazer frente às dunas o Team Oleoban/MAN Portugal
conta com a robustez e fiabilidade do seu TGS. A dificultar a vida está também a equipa russa Kamaz e o
húngaro Miklos Kovacs, vencedor em 2010, que regressa aos comandos de um Scania.

No total são 11 etapas, 13 dias, 5796 quilómetros distribuídos entre Marrocos, Mauritânia e Senegal. O fim
do rali é a 9 de Janeiro de 2013 e será mais uma vez feito em Dakar, onde ocorrerá a já habitual especial nas
margens do mítico Lago Rosa.MAN TGS_de_Elisabete_Jacinto_500x332Team Oleoban_MAN_Portugal_500x332

 

UM MILHÃO DE KM NUMA FORD FOCUS

 

Ford Focus SW de 2001 Ultrapassa 1.000.000 de
Quilómetros

Focus 1.8TDi SW de 2001 ultrapassa a fasquia de um milhão de quilómetros
tendo sempre tido o mesmo condutor ao volante

Este veículo, sempre assistido na marca, nunca apresentou qualquer problema
extraordinário, comprovando a excelente fiabilidade do modelo

Ford12 FocusKm001_500x332 Uma marca não muito comum nos dias de
hoje. Uma versão carrinha do Ford Focus com o motor 1.8TDCi, matriculado em Março de
2001, alcançou recentemente um milhão de quilómetros.

Este veículo, sempre conduzido pela mesma pessoa e que ao longo destes 11 anos já
percorreu mais de um milhão de quilómetros, encontra-se em excelente estado quer
mecânico, quer visual.

"Este é o meu veículo do dia-a-dia e que nuca me deixou ficar na estrada. Procuro, por
isso, mantê-lo em perfeito estado de funcionamento para que possa continuar a usufruir dos
seus serviços,”, afirmou João Paulo Reis, o seu proprietário actual. “Este foi o meu carro de
serviço durante muitos anos e quando saí da empresa fiquei com ele,” acrescentou.

O Ford Focus, actualmente com mais de um milhão de quilómetros, esteve recentemente
no nosso concessionário CAM Porto, em Perafita, onde efectuou uma revisão de rotina,
tendo a Ford Lusitana feito questão de estar presente para felicitar e premiar o cliente pela
sua fidelização com a oferta dos seguintes serviços:




“É sempre com uma enorme satisfação que registamos a fiabilidade dos nossos modelos
e, ao mesmo tempo, a fidelização dos clientes à marca,” disse Pedro Paula Pinto, director
de Pós-Venda da Ford Lusitana. “Na Ford trabalhamos todos os dias no sentido de
melhorar os nossos produtos e processos, para que possamos garantir um elevado nível de
satisfação dos nossos clientes, quer na venda do veículo novo, quer na sua assistência em
pós-venda.”

Manutenção programada de 1milhão de quilómetros
Polimento de faróis
Forro do volante
Lavagem com aspiração da viatura

###

Sobre a Ford Motor Company
A Ford Motor Company, empresa líder da indústria automóvel global, com sede em Dearborn,
Michigan (EUA), produz e distribui automóveis em seis continentes. Com aproximadamente 172.000
empregados e 65 fábricas em todo o mundo, as marcas automóveis da empresa incluem Ford e
Lincoln. A companhia presta serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para mais
informações sobre os produtos Ford, por favor consulte http://corporate.ford.com.

 

DAKAR 2013

 

Dakar 2013: Com carro campeão, dupla brasileira se prepara para seu maior desafio

Com o Mitsubishi Pajero MPR, vencedor da prova em 2007, Marcos Baumgart e Kleber Cincea partem para sua estreia no Dakar

O maior rali do planeta está prestes a começar. O Dakar 2013, que tem seu início no dia 5 de janeiro, parte da cidade de Lima, capital do Peru, para uma aventura de 14 dias de competição que passa pela Argentina e termina no Chile, na cidade de Santiago (no dia 19), percorrendo 8.574 quilômetros (4.155 cronometrados). Entre os 156 carros inscritos na prova, uma dupla brasileira fará sua estreia neste que é o maior desafio sobre rodas em todo o mundo.

Com larga experiência no off road nacional, o piloto Marcos Baumgart e o navegador Kleber Cincea, ambos de 35 anos, disputarão a prova a bordo do Mitsubishi Pajero MPR, que foi campeão da disputa em 2007. 

A dupla é veterana de Rally dos Sertões: Marcos foi campeão da categoria Protótipos T1 em 2006, enquanto Kleber é duas vezes vice-campeão da mesma categoria. Juntos, venceram o evento de abertura da edição 2012, o Super Prime, e terminaram em terceiro lugar na T1 e em sexto na geral entre os carros.

Entretanto, ambos admitem que o Dakar é uma prova completamente diferente. "É distinto de tudo que já corremos, mas estamos bem preparados e a ideia é tirar o máximo de proveito dos lugares onde o piso for mais parecido com o que já corremos, como o Sertões, por exemplo", disse.

O navegador destacou todo o rito de preparação para a prova. "Será o nosso primeiro Dakar, e uma estreia é sempre rodeada de expectativas. A estratégia e a navegação são muito diferentes do que estamos acostumados no Brasil, e por isso trabalhamos muito neste segundo semestre para este novo mundo que vamos encarar", destacou.

Um carro novo, uma navegação diferente e uma prova da qual nunca participaram exigiram bastante trabalho da dupla. "Testamos o carro na França em novembro e também andamos nas dunas do Marrocos em trechos que receberam etapas do Campeonato Mundial de Rally Cross Country naquele país. Então, tivemos que nos reciclar: saber ‘atacar’ as dunas, lidar com a aparelhagem de navegação, saber o limite do carro... Passamos até por um ‘intensivão’ muito proveitoso sobre como trabalhar todo o potencial do carro, fazer manutenção rápida, enfim, foi uma grande preparação", detalhou Kleber, que é engenheiro mecânico.

Marcos destacou as qualidades do carro. "É muito bom e, principalmente, confiável. Além disso, ele ainda é muito atual. Era isso o que procurávamos para a estreia. O motor de seis cilindros tem um bom torque e é um carro já no seu pico de desenvolvimento. É fácil de guiar e um pouco diferente do que estávamos acostumados, mas a adaptação foi bem tranquila", apontou o piloto.

Expectativas - "O primeiro objetivo, que sobressai a qualquer outro, é terminar a prova. Geralmente, só 30% dos que largam chegam até o final do Dakar, então esta é uma prova extremamente difícil para competidores e máquinas. Superando isso, vamos buscar ser a melhor dupla estreante entre os carros", afirmou Kleber Cincea.

Já o piloto quer evitar os tradicionais problemas em uma prova tão longa como o Dakar. "O principal é evitar os perrengues. E se acontecerem, é necessário resolver o mais rápido possível os problemas, pois quem perde tempo perde também a competitividade na corrida. Competir no Dakar é um sonho que tenho desde os oito anos de idade, e não quero desperdiçar esta chance por nada. A ideia principal é terminar a prova, mas quero muito chegar entre os dez melhores", diz.

A equipe Brasil de Rally conta com uma boa retaguarda para se concentrar apenas na prova. "O time tem uma estrutura fantástica, com profissionais vindos da França, veículos de resgate rápido e gente muito competente. Temos ferramentas para ir muito bem. O resto fica por nossa conta, em ter bom físico e concentração para fazer um excelente Dakar", disse o navegador.


Confira o roteiro do Dakar 2013: 
1ª Etapa
05 de janeiro, sábado

Lima - Pisco (Peru)
Deslocamento: 250km
Especial: 13km

2ª Etapa
06 de janeiro, domingo

Etapa 2: Pisco - Pisco (Peru)
Deslocamento: 85km
Especial: 242km

3ª Etapa
07 de janeiro, segunda-feira

Etapa 3: Pisco - Nazca (Peru)
Deslocamento: 100km
Especial: 243km

4ª Etapa
08 de janeiro, terça-feira

Etapa 4: Nazca - Arequipa (Peru)
Deslocamento: 429km
Especial: 289km

5ª Etapa
09 de janeiro, quarta-feira

Etapa 5: Arequipa - Arica (Peru - Chile)
Deslocamento: 275km
Especial: 136km

6ª Etapa
10 de janeiro, quinta-feira

Etapa 6: Arica - Calama (Chile)
Deslocamento: 313km
Especial: 454km

7ª Etapa
11 de janeiro, sexta-feira

Etapa 7: Calama - Salta (Chile - Argentina)
Deslocamento: 586km
Especial: 220km

8ª Etapa
12 de janeiro, sábado

Etapa 8: Salta - San Miguel de Tucumán (Argentina)
Deslocamento: 247km
Especial: 491km

Descanso
13 de janeiro, domingo - Sem competição neste dia

9ª Etapa
14 de janeiro, segunda-feira

Etapa 9: San Miguel de Tucumán - Córdoba (Argentina)
Deslocamento: 259km
Especial: 593km

10ª Etapa
15 de janeiro, terça-feira

Etapa 10: Córdoba - La Rioja (Argentina)
Deslocamento: 279km
Especial: 357km

11ª Etapa
16 de janeiro, quarta-feira

Etapa 11: La Rioja - Fiambalá (Argentina)
Deslocamento: 262km
Especial: 221km

12ª Etapa
17 de janeiro, quinta-feira

Etapa 12: Fiambalá - Copiapó (Argentina - Chile)
Deslocamento: 396km
Especial: 319km

13ª Etapa
18 de janeiro, sexta-feira

Etapa 13: Copiapó - La Serena (Chile)
Deslocamento: 294km
Especial: 441km

14ª e Última Etapa
19 de janeiro, sábado

Etapa 14: La Serena - Santiago (Chile)
Deslocamento: 502km
Especial: 128km

Premiação
20 de janeiro, domingo

Em frente ao Palácio de La Moneda, em Santiago.

PERFIL DA EQUIPE BRASIL DE RALLY

PILOTO: Marcos Baumgart
03/06/1977, em São Paulo (SP)
1,77m / 80 kg
Marcos disputa o Sertões desde 1999. Em 2006, foi campeão da Protótipos T1 e terceiro na geral. Neste ano, ao lado de Kleber Cincea, foi sexto na geral e terceiro na T1.
"Disputar o Dakar é a realização de um sonho que alimento desde os oito anos de idade. Tenho me preparado para isso desde 1999, quando comecei a participar de ralis. Desde então disputei o Rally dos Sertões nos últimos 13 anos, vários campeonatos menores e, mais recentemente, na Mitsubishi Cup. Como é o meu primeiro Dakar, terminar já será uma vitória. Entretanto, minha maior ambição este ano é finalizar entre os dez primeiros"

NAVEGADOR: Kleber Cincea
03/02/1977, em São Paulo (SP)
1,81m / 80 kg
Kleber foi três vezes vice-campeão na categoria Protótipos no Rally dos Sertões e é o atual vice-campeão brasileiro de Rally Cross Country. Foi sexto colocado no geral entre os carros no Sertões deste ano e terceiro na Protótipos T1.
"Essa prova é de fato um desafio que representa para mim a realização de um objetivo e um sonho que vai também completar a minha carreira como navegador. Eu estava aguardando esta oportunidade, e agora me sinto preparado. É a nossa vez. Disputei vários ralis no Brasil desde 1994. Durante o ano, fomos para o Marrocos, para a França e para o Nordesde do Brasil para treinar e testar"

CARRO: Mitsubishi Pajero MPR13
Motor: 4 litros, 6 cilindros em V, movido a gasolina
Potência: 265 cavalos
Câmbio: Sequencial de 6 marchas
Peso: 1.825 kg
Tanque: 500 litros
Engenheiro responsável: Thierry Viardot (FRA)

 

FEIRA DO BRINQUEDO

ANO NOVO / FEIRA DO BRINQUEDO ANTIGO E DE COLECÇÃO / HOTEL TUELA / PORTO

 

 

 

 

 

NÃO SE ESQUEÇAM DA FEIRA DO BRINQUEDO ANTIGO A REALIZAR NO HOTEL TUELA, COM

5 EDIÇÕES, NO PRÓXIMO ANO.

 

EM ANEXO, O CARTAZ DA 1ª DO ANO, EM 19 DE JANEIRO E O CALENDÁRIO ANUAL.


FEIRA do BRINQUEDO

ANO 2013

19 de Janeiro
23 de Março
22 de Junho
21 de Setembro
30 de Novembro

HOTEL TUELA (Porto)
Informações: Rui Baltar
Telem. 963038737
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar TUELA 500x332

 

AFRICA RACE

 

Schlesser e TURCHI na liderança

AFRICA1 500x332

A segunda etapa para as motos e os primeiros para os carros e camiões levou os participantes da Raça Sonangol Africa Eco de Boudnib para Tagounite, não muito longe Mahmid, passando as famosas dunas de Merzouga. A especial de 409 km, que permitiu piloto italiano Stefano TURCHI para tirar sua liderança no classment geral e Louis Jean SCHLESSER para assumir o controle.

Sábado à noite, o briefing foi realizada em torno de uma fogueira enorme, uma boa idéia quando a temperatura cai a zero grau. René Metge anunciou um estágio variada especiais que requerem um alto nível de habilidades de condução, especialmente no Erg de Merzouga, mas também exigem habilidades de navegação. Como sempre, o diretor de prova sabia o que ele estava falando sobre o palco e correspondeu às expectativas.


Em duas rodas, após o primeiro curto especial para levá-los para o balanço das coisas que não tinham permitido qualquer pessoa para tirar uma diferença significativa, o segundo dia prometia ser mais seletivo. O italiano Stefano TURCHI, campeão mundial de rali todo o terreno no catagory 450, mas desta vez envolvido em uma KTM 690, venceu a etapa depois de dar seus rivais uma aula de equitação e de navegação. Ele voltou para o acampamento de 20 minutos à frente de seu concorrente mais próximo Martin FONTYN. O piloto belga estava em chamas e se ele não tivesse sofrido uma vela quebrada durante o estágio que o fez soltar 30 minutos, FONTYN teria ganho como ele havia ultrapassado TURCHI quando ele quebrou.

Atrás, uma lacuna imersa entre os dois líderes eo resto do bando como Alfredo Procaccini terminou 43 minutos depois deles. MARTENS holandês Guillaume foi de 47 minutos atrás eo primeiro francês Christophe CONREAU, terminou'' 47'52 5 depois. A maior decepção do dia foi de Norbert DUBOIS que perdeu quase uma hora. Mesmo que a corrida está apenas começando, o caminho para Dakar é longo eo parisiense terá que puxar as meias para cima. Mesmo que ele está mentindo em geral 5 ele já 1h16 'de TURCHI. Havia um lugar bem merecido quarto de Patrick ARNOULT, a HONDA só contra uma horda de KTM na classe 450. Foi um dia difícil para os pilotos quad incluindo Emma CLAIR que caiu no início do dano Especial e sofreu para suas costelas. O diretor da NPO foi levado ao hospital e, finalmente, ser levado de volta para a França para tratamento. Seu adversário Stefano Dalla Valle também teve um dia duro de sofrer um prejuízo técnico.

Pelo menos podemos dizer que a classe carro estava animado hoje. Mais uma vez, prejudicada pelo fato de que ele foi o primeiro a pegar a estrada, Jean Louis Schlesser ainda era o único piloto a não cometer erros. Excepcional em Merzouga, a diferença foi, porém, cortado por graças PELICHET Jérôme para Schlesser ficar preso na areia. 4 vezes ganhador da corrida, SCHLESSER era capaz de voltar para o final da etapa. Ele finalmente ganhou uma vantagem de 5 minutos sobre o TOYOTA pegar o buggy e SONANGOL cruzou a linha de chegada em primeiro lugar.

Um excelente resultado que nos lembra o talento excepcional do condutor, mas também devemos lembrar que seus rivais também são muito fortes este ano ... Há belga Joost Van Cauwenberge, que terminou em terceiro lugar atrás de 18 minutos e que foi seguido de muito perto por Miroslav Zapletal em seu Hummer. Uma palavra final para Loomans Jacky que tiveram um dia difícil, ficar preso na areia e sofrer um furo. Ele terminou 29 minutos atrás do líder.


Na classe de caminhão, a briga foi entre esses monstros do deserto. Ao tomar o tempo em 6 zero, ao volante do seu KAMAZ, o russo Anton SHIBALOV parecia forte. Enquanto isso, Elisabete Jacinto, marcou o melhor tempo do dia 7, terminando apenas 10 acta atrás do russo. Em terceiro lugar encontramos os húngaros KOVACS Niklos com sua SCANIA que estava 30 minutos atrás eo Tatra de Tomas Tomecek quase uma hora.


Segunda-feira 31 de dezembro terá um especial muito cansativo de 432 km que vai levar os participantes da Raça Sonangol Africa Eco Icht para, em seguida, para o acampamento em Oued Draa depois de uma ligação de 92 km. Não é certo que todo mundo vai estar lá a tempo para a festa de Ano Novo!

 

TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS

 TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS PÓS HISTORICOS - CIRCUITOS

 

 

 

Como já deve ser do vosso conhecimento em 2013 para além do Campeonato de Portugal de Clássicos / Campeonato de Portugal de Clássicos 1300 , vai surguir uma nova competição para carros "Classicos" denominada TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS PÓS HISTORICOS (CIRCUITOS).

 

A denominada "Taça Nacional de Clássicos Pós-Históricos" contará com os PH85 para viaturas com ficha de homologação emitida pela FIA até 31/12/1985 e os PH90 com a mesma ficha a ser emitida pela FIA até 31/12/1990. 
O formato será similar aos clássicos com duas corridas por fim de semana e um calendário de cinco provas que inclui a presença no Circuito da Boavista em Junho. 
Esta competição estará ainda aberta a maiores de 16 anos, mas estes com viaturas limitadas a 1600cc. A licença desportiva a utilizar nesta competição será a licença "Nacional", podendo excepcionalmente participar, nas provas que o regulamento o preveja, pilotos com licença "Regional". A licença "Regional" não permite a participação no Circuito da Boavista.

Pode-se inscrever 1 ou 2 pilotos por carro, juntamos mais informação.

 

https://www.facebook.com/pages/ANPAC-Ta%C3%A7a-Nacional-de-Cl%C3%A1ssicos-P%C3%B3s-Historicos/416606785074909

 

 

Qualquer duvida é favor contactare-nos para :  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank" style="color:rgb(17, 85, 204)"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  

 

 

REGULAMENTO

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Regulamento%20da%20Taca%20Nacional%20de%20Classicos%20Pos%20Historicos%20%20(CIRCUITOS)%202013.pdf

 

ANEXO REGULAMENTO

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Anexo%201%20ao%20Regulamento%20da%20Taca%20Nacional%20de%20Classicos%20Pos%20Historicos%20(Circuitos)%20(TNCPHC)%202013.pdf

 

ANEXO J

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Anexo%20J%201985.pdf

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Anexo%20J%201990.pdf

 

BOLETIM DE INSCRIÇÃO

http://www.fpak.pt/REG-2013/CLASSICOS/Boletim%20de%20Inscricao%20TNCPHC%202013.pdf

 

 

KARTODROMO DE VIANA COM NOVIDADES

 ESTACIONAMENTO 2013

 

Informamos todos os clientes dos novos preços para o Estacionamento dos seus Karts no Kartódromo de Viana, bem como do pack anual de alugueres de pista:

 

             Pack Aluguer de Pista: 333,33€/ano + IVA - Ao adquirir esta pack, o cliente pode usufruir da pista grande do Kartódromo de Viana, todos os dias do ano, sem nenhum custo,

                                  durante os dias e horários de funcionamento, excepto nos dias em que a pista esteja alugada em exclusividade.

Pack Estacionamento + Aluguer de Pista: 500,00€/ano + IVA - O cliente pode usufruir da pista do Kartódromo de Viana, todos os dias do ano, sem nenhum custo, durante os 
                       dias e horários de funcionamento, excepto nos dias em que a pista esteja alugada em exclusividade, bem como ter o seu kart parqueado nas nossas instalações.

Pack Estacionamento + Aluguer de Pista + BOX: 700,00€/ano/piloto (para 3 pilotos por box) + IVA

                               - Ao adquirir esta pack, o cliente pode usufruir da pista grande do Kartódromo de Viana, todos os dias do ano, sem nenhum custo,

                                  durante os dias e horários de funcionamento, excepto nos dias em que a pista esteja alugada em exclusividade, bem como ter o seu kart parqueado nas nossas instalações,

                                  e usufruir de uma box sempre que vier rodar no Kartódromo de Viana, excepto em provas oficiais (campeonato nacional, troféu Rotax….)

 

 

PROMOÇÃO ESPECIAL, PARA QUEM EFECTIVAR

   O PAGAMENTO ATÉ 27 DE JANEIRO DE 2013:

                              APROVEITA JÁ!!!

PREÇOS COM ESTE DESCONTO:

  - PACK ALUGUER DE PISTA: 200€ + IVA

  - PACK ESTACIONAMENTO: 300€ + IVA

  - PACK BOX (POR PILOTO):   420€ + IVA

 

Quem pretender pode efectuar a transferência bancária para a seguinte conta (envie-nos um mail com o comprovativo e com os seus dados – nome, contacto e respectivo kart):

 

Nome: Muitadrenalina, Lda

Banco: Banco Popular  

Nº Conta: 0141-060-002386-81

NIB: 0046 0141 00600238681 26

IBAN: PT50 0046 0141 00600238681 26

SWIFT/BIC: CRBNPTPL

 

 

 

3 M PPS

 

3M™ PPS™ Sistema de comparação de cores

LOGO3 500x332MLOGO 500x332
As condições de luz dentro de uma oficina automóvel
raramente são as ideais e como não é possível controlar as
estações e o tempo, a 3M lança um sistema de comparação de
cores para extinguir o erro de cor.
Qualquer que seja o local onde o veículo se encontre na oficina,
o 3M™ PPS™ Sistema de comparação de cores, providencia luz
idêntica à luz do dia. Uma ferramenta valiosa para verificar e
aprovar a qualidade em cada face do processo de reparação.
Ideal para selecionar a cor correta e a variação, para verificar a
tonalidade com as chapas de cores e verificar a cobertura.
O sistema de comparação de cores 3M oferece vários benefícios:
- Elimina a necessidade mover o veículo para o exterior para verificar a cor;
- Reduz a possibilidade de refazer o trabalho relacionado com a má combinação de cores e à falta de
cobertura;
- Reduz os atrasos no processo de reparação e torna mais rápido o processo de pintura;
- Reduz os custos de material e de trabalho.
O equipamento 3M é portátil e recarregável, contém duas intensidades de luz, standard para cores
de média variação e metalizados e uma luz alta para cores escuras e luminosidade extremamente
fraca.
Acerca da 3M
A 3M capta a força das novas ideias e transforma-as em milhares de produtos inventivos. A 3M é
uma empresa de inovação com 30.000 milhões de dólares em vendas, e que emprega 84.000
colaboradores em todo o mundo e tem operações em mais de 65 países. Para mais informação
consulte o website www.3m.pt ou siga a empresa no Twitter.

 

VIDEOS DE ELISABETE JACINTO

Vídeos: Elisabete Jacinto no Sonangol Africa Eco Race 2013

 

JACINTO1 500x332

 

Estão já disponíveis na Internet os clips da participação da piloto Elisabete Jacinto no Sonangol Africa Eco Race 2013.

 

Amanhã cumpre-se o dia de descanso e Elisabete Jacinto mantém a vice-liderança do rali.

 

Veja as imagens no Youtube:

 

 

 

 

 

BOAS NOTICIAS NAS ESTRADAS

Primeiro dia do ano sem mortos nas estradas controladas pela GNR

De acordo com os dados provisórios disponíveis na página eletrónica da Guarda Nacional Republicana, entre as 00:00 e as 24:00 de 01 de janeiro, foram registados 132 desastres, -- menos cinco do que no mesmo dia de 2012 --, dos quais resultaram menos três feridos graves do que em igual período do ano passado e nenhuma vítima mortal.

No primeiro dia de 2013 foram registados mais 31 feridos ligeiros do que a 01 de janeiro de 2012, quando foram reportados 36 feridos leves, sete feridos graves e dois mortos.

@ Agência Lusa

 

BALANÇO DE ANO NOVO NAS ESTRADAS

Último dia do ano sem mortos nas estradas controladas pela GNR

De acordo com os dados provisórios disponíveis na página eletrónica da Guarda Nacional Republicana, entre as 00:00 e as 24:00 de 31 de dezembro, foram registados 226 acidentes que não provocaram vítimas mortais, mas sete feridos graves e 64 feridos ligeiros.

O número de feridos graves subiu em três face a 2011 enquanto que os feridos ligeiros diminuíram em seis para 64.

@ Agência Lusa

 

JACINTO VENCE ETAPA

Elisabete Jacinto ganha quarta etapa

 

Para quarta-feira está marcada a quinta e última etapa da Africa Eco Race 2013, percorrida inteiramente em Marrocos, num total de 332 quilómetros.

Elisabete Jacinto ganha quarta etapa

A piloto Team Oleoban/MAN Portugal venceu hoje a quarta e penúltima etapa dos camiões do Africa Eco Race, reforçando o segundo lugar na categoria.

Elisabete Jacinto conseguiu reduzir para 16 minutos a diferença para os líderes dos camiões, os russos da Kamaz, que hoje terminaram no segundo posto, perdendo 11.51 minutos para Elisabete Jacinto.

«Estamos todos muito felizes com o resultado de hoje. Arrancámos bem e mantivemos um bom ritmo. Sem dúvida que ficámos muito encorajados por termos conseguido passar os russos», referiu a piloto, citada pela sua assessoria de imprensa.

 

Fonte : Sapo Desporto

 

CIRCUITO VILA REAL PODE IR MESMO PARA A FRENTE

CIRCUITO VILA REAL PODE IR MESMO PARA A FRENTE

 

Pelos vistos o circuito de Vila Real poderá ir mesmo para a frente em 2013.Em conversa com António Pureza, um dos responsáveis do Clube Automovel de Vila Real, que nos disse " por parte da câmara há todo o interesse em que as corridas voltem a Vila Real, caso  haja apoio, cá estaremos para por o circuito de pé, mas sem o apoio da edilidade é muito dificil, pois há muitos custos com a montagem de toda a segurança, por isso vamos ter de esperar um pouco mais para ver o que vai ficar resolvila 500x332vido, há possibilidades disto ir para a frente, mas tem de ser tudo colocado "preto no branco", por parte da edilidade".

 

CALENDÁRIO DO NACIONAL DE MONTANHA DIVULGADO

CALENDÁRIO DO NACIONAL DE MONTANHA

 

A FPAK já divulgou o calendário de provas que vão fazer poarte do Campeonato de Montanha, que está assim atribuido :

 

 

27 - 28 Abril - rampa da Penha - DEmoporto - Guimarães

 

10 - 11 Maio Rampa da Falperra - Clube Automóvel Minho - Braga

 

1 -2 JUnho - Rampa Cami - CAMI - a designar

 

15 - 16  Junho - Rampa Bragança - Nordeste Automóvel Clube - Bragança

 

27 - 28 Julho - Rampa Capital do Móvel - Cami - Paços de Ferreira

 

7 - 8 Setembro - Rampa do Caramulo - Targa Clube - caramulo

 

28 - 29 Setembro - Rmart 500x332ampa Demoporto - Demoporto - Guimarães

 

19 - 20 Outubro - Rampa Vila NOva de Cerveira - Cami - Vila Nova Cerveira

 

A grande novidade deste calendário é a extinção da rampa Sto Emiliano disputada em Espanha, assim como mais uma rampa organizada pelo Cami, em local a designar.Deixamos aqui uma sugestão no sentido de organizarem a mesma em Murça, que é uma excelente rampa,que merece figurar no Campeonato.

 

 

DUPLA PORTUGUESA NO TOP TEN

 

Sonangol África Eco Race 2013

 

PRF Racing_Team_-_Africa_Race_02_500x332

PAULO RUI FERREIRA E JORGE MONTEIRO NO TOP TEN

Equipa de Leiria passou pelo 6º lugar, mas terminou em 8º

Uma boa prestação para o PRF Racing Team no primeiro dia de competição do Sonangol África
Eco Race. Com muito entusiasmo, a dupla de Leiria imprimiu um bom ritmo à Nissan Navara Off
Road, chegando mesmo a registar um 6º lugar da classificação geral à passagem por CP3. No
entanto, num mar de dificuldades, nem tudo foram rosas.

“Encontrámos um pouco de tudo ao longo dos mais de 400 km desta etapa. Pisos sempre muito
diferentes, com constantes mudanças de ritmo, que nos obrigaram naturalmente a ter algum
cuidado. Tudo estava a correr bastante bem, mas a cerca de oitenta quilómetros do final da
especial, partiu-se um apoio do amortecedor da frente direito da Nissan Navara. A partir daí,
optámos por um andamento mais moderado para não correr riscos. É claro que um sexto lugar
seria melhor que um oitavo, mas estamos ainda no princípio da prova, e há que pensar no dia de
amanhã. Em relação à navegação não encontrámos grandes dificuldades”, afirmou com otimismo
Paulo Rui Ferreira.

Jean Louis Schlesser foi o mais rápido nesta etapa, seguido por Pelichet a quase cinco minutos
de distância. O PRF Racing Team encontra-se na 8ª posição, mas apenas a três minutos do
7º lugar e a menos de dez minutos do 6º posto. Um resultado que se pode considerar bastante
positivo para a equipa de Leiria.

Para amanhã, uma pista dura e desgastante com 433 km de especial e cerca de cem quilómetros
de ligação, com alguma areia, mas poucas dunas. Entre Tagounite e Oued Draa, a navegação vai
ser importante, com Jorge Monteiro a mostrar-se bastante atento para que o PRF Racing Team
possa voltar a brilhar no Sonangol África Eco Race de 2013.

 

TROFÉU INVERNO - CAM

 

CAM Kart Challenge 2013 – TROFÉU DE INVERNO

 

Trofeu Inverno_Karting_1

Com a realização da 1ª prova de 3 do Trofeu de Inverno Integrada no CAM Kart Challenge 2013 foi dado o 1º passo
para aquele que quer ser um dos principais trofeus de apoio às Provas do Campeonato de Portugal de Karting 2013.

De uma forma económica, simplificada os pilotos presentes tiveram registos de tempos extraordinários ao nível dos
recordes da pista KIB para as respectivas categorias.

Na categoria Iniciação o piloto de Barcelos David figueiredo em Birel/Honda, apesar dos seus tenros 6 anos,
apresentou-se com uma conhecimento e maturidade nas corridas de muito bom nível, resultando que tenha vencido
o seu adversário Manuel Vieira nas 3 corridas que compunham a prova.

Na categoria Cadete, muito concorrida, assistimos a uma disputa pelas posições cimeiras nas 3 corridas. O estreante
na categoria Afonso Ferreira em Birel/Iame levou de vencidas as duas mangas de qualificação, para na corrida
final ficar em 2º atrás do brilhante vencedor André Quaresma da TonyKart Portugal. De registar que neste evento
estrearam-se em provas oficiais desta categoria os pilotos José Sousa. Luis Alves e Afonso Ferreira que transitaram
da categoria Iniciação.

Na categoria Juvenil o piloto Tomás Apolónia em TonyKart/Iame, não deixando os seus créditos em mãos alheias
levou de vencidas as 3 corridas sobre o estreante nesta categoria Gabriel Caçoilo.

Já na categoria X30 Júnior, bem concorrida e muito disputada teve o sabor da vitória da corrida final do piloto Andry
Pits da TonyKart Portugal, tendo o piloto Manuel Facão da mesma equipa vencido as duas corridas de qualificação.

Na categoria X30 Tomás Caeiro da TonyKart Portugal sai invicto deste evento, vencendo as duas manches de
apuramento e a final. De perto e sempre atentos a uma oportunidade que viesse a surgir, estiveram o piloto António
Falcão da Tonykart Portugal que se classificou em 2º lugar nas duas mangas de qualificação e o piloto Luciano
Carvalho que secundou o piloto Tomás Caeiro na corrida final.

Na categoria X30 Shifter as corridas de qualificação foram divididas pelos pilotos Fábio Mota e Tiago Teixeira, tendo
este ultimo vencido a corrida final.

A próxima prova do Troféu de Inverno realizar-se-á no KIB – Kartodromo Internacional de Braga no próximo dia 27
de Janeiro de 2013

Classificações da Prova em http://www.camminho.com/camsite/pt/provas.html

Classificações da Trofeu de Inverno em http://www.camminho.com/camsite/images/stories/karting2013/
CAM_KART_Challenge_2013_-_Gesto_Geral.pdf

 

PORTAGENS PARA 2013

 

Actualização de portagens para 2013

 

Tarifas de portagem actualizadas em 2,03%

 

A Brisa – Auto-estradas de Portugal informa que, a partir de 1 de Janeiro de 2013, entrará em vigor o novo tarifário de portagem nas auto-estradas que integram o grupo: Brisa Concessão Rodoviária, Brisal, Auto-estradas do Douro Litoral e Auto-estradas do Atlântico.

 

Neste sentido, e de acordo com os mecanismos de actualização de taxas previstos nos respectivos contratos de concessão, as tarifas de portagem irão registar, em 2013, uma actualização de 2,03%, valor que tem como referência, conforme legalmente previsto, a taxa de inflação homóloga – sem habitação – de Outubro.

 

Nos termos da legislação em vigor, a actualização das taxas de portagem reflecte-se em valores múltiplos de cinco cêntimos. Este método de actualização traduz o mecanismo de arredondamento das taxas de portagem para o múltiplo de cinco cêntimos mais próximo, o que implica, em termos práticos, actualizações não homogéneas.

 

Existem, por isso, casos de taxas de portagem que apresentam uma variação inferior à média ou mesmo nula, sendo que, noutros casos, as taxas de portagem apresentam uma variação superior à média, por não terem sido objecto de actualização em anos anteriores.

 

Mais informações sobre taxas de portagem na área de clientes em www.brisa.pt.

 

 

NOVADRIVER EM TEMPO DE BALANÇO

 

Bom dia // Hello,

 

O mês de Dezembro foi recheado de boas memórias e noticías sobre a excelente época desportiva de 2012 do TEAM NOVADRIVER. Abaixo seguem os links para visualizaçao destas publicações que posteriormente foram tornadas visiveis na página oficial da equipa no FACEBOOK! // This December month was full of great news and memories about TEAM NOVADRIVER´s 2012 Season. Bellow we show the links about this publications  that were after published on TEAM´s official FACEBOOK page!

 

 

Premiação Audi Sport onde a equipa foi reconhecida pelos sucessos desportivos de 2012 // Audi Sport Finale 2012 where TEAM NOVADRIVER was recognized by 2012 results :

http://www.facebook.com/photo.php?fbid=488349954548659&set=a.106369432746715.3787.104475076269484&type=1&theater(Photo 1 );

http://www.facebook.com/photo.php?fbid=514739425227551&set=a.103563376345160.7072.100000744932836&type=1&theater (Photo 2)

 

Exposição da equipa no principal stand Audi na cidade de Lisboa // TEAM NOVADRIVER exposition on Audi Portugal main Stand at Lisbon city :

http://www.facebook.com/media/set/?set=a.489572564426398.128969.104475076269484&type=1

 

Reportagem Autosport sobre a época da equipa // TEAM NOVADRIVER´s Season Report on Portuguese Autosport Magazine :

http://www.facebook.com/media/set/?set=a.491757250874596.129375.104475076269484&type=3

 

Reportagem SPORTTV sobre os principais feitos desportivos 2012 da equipa // Season Report on Portuguese SPORT TV Channel about TEAM NOVADRIVER 2012 History :

http://www.facebook.com/photo.php?v=518348404866653&set=vb.104475076269484&type=3&theater (Video part 1);

http://www.facebook.com/photo.php?v=518351318199695&set=vb.104475076269484&type=3&theater (Video part 2)

 

 

Obrigado a todos pelo apoio e desejamos um 2013 cheio de sucesso! // Thank you all for the support and once again we wish a successful 2013 for everyone!NOP 500x332

 

ANDRÉ PINTO REVELA PLANOS PARA 2013

ANDRÉ PINTO REVELA PLANOS PARA 2013

 

O ano de 2012, foi segundo André Pinto " foi a minha época de aprendizagem, fiz as provas dos Clássicos com o meu Datsun 1200, e depois acabei por fazer umas provas do Feup 2 - Desafio Único, com o Fiat Punto ".Para 2013, a aposta resume-se a estas duas categorias, como nos confirmou " é um facto, no tocante ao Nacional de Clássicos irei fazer as provas do Campeonato e da Taça, com o Datsun 1200, mas em grupo 5.O carro está a acabar de ser preprado.Para isso tive de comprar outro Datsun 1200, e acabei por ficar com o carro que foi do João Rebelo Martins, com que aliás alinhei na ultima prova do campeonato que teve lugar no autodromo do Estoril.Este carro está agora a ser preparado, e a receber nova decoração.Em relação ao Fiat Punto tenho dois chassis, para o que der  e vier, irei em 2013 continuar a participar na Feup 2, mantendo o mesmo parceiro, que assim irá partilhar o volante".O mais curioso de tudo isto, é que André Pinto é um piloto de muito valor, e isso porque?Muito fácil de explicar, pois o piloto de Lousada teve há uns anos atrás uma infelicidade ao perder uma das pernas, mas não foi este handicap que o impediu de correr , como nos explicou " haja boa vontade e tocar a vida para a frente.É lógico que tenho isto, mas nenhm dos meus carros de competição sofreu alterações, tanto o Datsun 1200, como o Fiat Punto têm lá os três pedaios, embraiagem, travão e acelarador, mas eu com o meu pé faço tudo, sem problemas de maior, e garanto desde já que não me atrapalho em nada.Posso quanto muito perder um pouco de tempo à saida das curvas, mas nada preocupante".Outro aspecto curioso é que André Pinto, para ter acesso à licença desportiva emitida pela FPAK; é sujeito a testes rigorosos no Instituto do Desporto, na qual com vista a obtenção da licença para 2013, já está concluido como nos descreveu" é verdade já fiz os testes todos, e estou aprovado, agora vou levar os resultados dos exames junto da FPAK; para se emitir a minha licença desportiva para assim continuar a correr".

 

Mas André Pinto, para 2013 está um pouco mais ambiciosos " é verdade, vou para a pista com outro intuito, de poder lutar pelas melhores posições, pois quero recordar que 2012, foi para aprender a conhecer as pistas, e os carros, isso já foi feito, por isso agora há que me aplicar a fundo e lutar pelas melhores posições", disse-nos.

 

Um dos handicaps com que André Pinto de poderá debater, é que em caso de acidente, possa ter difiiculdades em poder sair pelos seus próprios meios do carro, o que logo retorquiu" eu nos exames no instituto do desporto, sou obrigado a fazer essse tipo de exercicio, e sempre o ultrapassei sem nehum problema".

 

Em suma um exemplo a ser seguido por todos, de seu nome André Pinto, originário de Lousada e contablista de profissão.Por ultimo a paixão de André Pinto pelos carros, é de tal ordem, que tem segundo as suas palavaras dois carros na sua garagem " um BMW serie 7 automático, e um Dodge americano(agora com matricula portuguesa), com um motor de 5 litros a gasolina....é a m540300 467007666669892_1641162738_n_500x332545110 104760016327023_288774619_n_500x332577421 190408334428857_1298130680_n_500x332inha perdição sempre gostei deste tipo de carros, e recentemente concretizei este sonho".

 

GALERIA DE IMAGENS DA ENTREGA PRÉMIOS SLOT

GALERIA DE IMAGENS DA ENTREGA DE PRÉMIOS DE SLOT

 

Eis o derradeiro grupo de imagens da entrega de prémios referentes às cateZSLOT1 500x332ZSLOT2 500x332ZSLOT3 500x332ZSLOT4 500x332ZSLOT5 500x332ZSLOT6 500x332ZSLOT7 500x332ZSLOT8 500x332ZSLOT9 500x332ZSLOT10 500x332ZSLOT11 500x332ZSLOT12 500x332ZSLOT13 500x332ZSLOT14 500x332gorias LMP e TRoféu Porsche 997 em slot, organizados sob a égide do Slot Clube de Matosinhos.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

ANDRÉ COUTO CONTINUA A CORRER NO ORIENTE

ANDRÉ COUTO CONTINUA A CORRER NO ORIENTE

 

O piloto originário da cidade do Porto, André Couto, vai em 2013 continua a correr no Oriente.Assim Couto tem estado envolvido em multiplas sessões de testes para a Yokohama, que irá equiparandre 500x332 a categoria de Super GT no Japão.Estes testes tiveram llugar na pista de Sepang na Malásia.Embora nada ainda tivesse sido oficializado, tudo indica que André Couto se poderá manter na mesma equipa, que se recorde, fez um final de época brilhante.

 

F3 SUD AMERICA ALVO DE RENOVAÇÃO

F 3 SUD AMERICA ALVO DE RENOVAÇÃO

 

Foi num passado não muito longiquo, um dos principais "tranpolins" para os pilotos originários da América do Sul, puderem ter acesso à Fórmula 1 e Indy, mas a verdade é que esta categoria de monolugares entrou num certo marasmo, o que levou a entidade organizadora a fazer uma renovação completa, de forma a poder relançar de novo esta categoria.Assim a categoria pretende juntar o máximo de pilotos com idade inferior a dezoito anos, a correr no Brasil, e assim o campeonato em 2013, terá oito jornadas duplas, disputadas nas principais pistas brasileiras, e esta prova de monolugares será prova de suporte ao Campeonato Brasileiro de Marcas.Em termos técnicos, para não haver aumento dos custos, o chassis Dallara continuarF3-2 Roberto-Castro_500x332ão a ser utilizados.

 

GALERIA DE IMAGENS DAS BOXES

GALERIA DE IMAGENS DAS BOXES DAS 6 HORAS DE BRAGA

 

Eis algumas imagens nas boxes nas 6 horas de Braga.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comXBOX1 500x332XBOX2 500x332XBOX3 500x332XBOX4 500x332XBOX5 500x332XBOX6 500x332XBOX7 500x332XBOX9 500x332

 

GALERIA DE IMAGENS DO PÓDIO - TROFÉU INVERNO EM KART

GALERIA DE IMAGENS DO TROFÉU INVERNO EM KART - CAM

 

Eis o grupo de imagens da cerimónia do pódio da prova de kart do Troféu Inverno organizado sob a égide do Clube Automóvel do Minho.Gostaria de chamar a atenção dos nosso leitoresXK1 500x332XK28 500x332XK27 500x332XK26 500x332XK25 500x332XK24 500x332XK23 500x332XK22 500x332XK21 500x332XK20 500x332XK19 500x332XK18 500x332XK17 500x332XK16 500x332XK15 500x332XK14 500x332XK13 500x332XK12 500x332XK10 500x332XK9 500x332XK8 500x332XK7 500x332XK6 500x332XK5 500x332XK4 500x332XK3 500x332XK2 500x332 para observarem a forma como os participantes festejaram os troféus alcançados.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

VENDE-SE NORMA M 20F

VENDE-SE NORMA M 20 F

 

Vende-se Norma M 20 F pronto para competir, totalmente revisto, com três jogos de rodas, diversos rappoorts de caixa de velocidade, transmissões e mais material supelente.

 

Para mais informações por favor contactarnorma 500x332 91 4215912

 

GALERIA DE IMAGENS DAS 6 HORAS DE BRAGA

GALERIA DE IMAGENS DAS 6 HORAS  DE BRAGA

 

Mais um grupo de imagens das 6 Horas de Braga, onde a vitóriaXB1 500x332XB2 500x332XB4 500x332XB5 500x332XB6 500x332XB7 500x332XB8 500x332XB9 500x332XB10 500x332XB11 500x332XB12 500x332XB43 500x332XB42 500x332XB41 500x332XB40 500x332XB39 500x332XB38 500x332XB37 500x332XB36 500x332XB35 500x332XB34 500x332XB33 500x332XB32 500x332XB31 500x332XB30 500x332XB29 500x332XB28 500x332XB27 500x332XB26 500x332XB25 500x332XB24 500x332XB23 500x332XB22 500x332XB21 500x332XB20 500x332XB19 500x332XB18 500x332XB13 500x332XB14 500x332XB15 500x332XB16 500x332 foi pertença da "equipa da casa".

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

VITIMA DA CRISE

RALID E BARCELOS FOI ANULADO

 

A crise começa a fazer mazelas no desportorali barcelos_2011_500x332 automóvel, e para 2013, o Rali de Barcelos organizado sob a égide do Clube Automóvel do Minho, não se vai realizar, isso motivado por falta de apoios por parte da edilidade local.Não será demais recordar, que este rali, usufruia de um elevado numero de espectadores.Uma baixa de vulto no Open de Ralis.

 

182 NOVOS AUTOCARROS IVECO EM TURIM

 

182 novos autocarros Iveco Irisbus para a cidade de Turim

 

caracteriza-se, pela sua
plataforma rebaixada e pela ampla bagageira lateral, tornando-o especialmente
adaptado a transporte de longa distância. O veículo está disponível em três

diferentes comprimentos, de 10,7, 12 e 12,8 metros, contando com motores
Cursor 8 e Tector 6 da FPT Industrial, oferecendo uma capacidade máxima para
59 passageiros.
O Citelis, autocarro de reduzido impacto ambiental e baixos consumos
energéticos, adota o motor Cursor 8 Diesel de 380 cv da FPT Industrial. A gama
Citelis está disponível em três comprimentos de carroçaria – de 10,5, 12 e 18
metros – com alimentação a metano, Diesel ou numa variante híbrida. Os motores
Cursor 8, homologados como EEV, estão disponíveis na gama Diesel com
potências entre os 245 e os 380 cv, na gama CNG dos 245 aos 330 cv e na gama
híbrida com 300 cv. O autocarro está dotado de uma plataforma rebaixada a todo
o comprimento do veículo, qualquer que seja a sua configuração ou número de
portas.
Com este importante fornecimento, a Iveco confirma a sua liderança no setor do
transporte coletivo, com a sua gama de soluções adequadas aos contextos
urbanos e interurbanos.
Iveco
A IVECO, empresa do Gruppo Fiat Industrial, desenha, fabrica e comercializa uma vasta
gama de veículos comerciais ligeiros, médios e pesados, camiões de todo-o-terreno,
autocarros urbanos, interurbanos e de longo curso, assim como veículos especiais para
variadas aplicações, como o combate a incêndios, missões fora-de-estrada, defesa e
proteção civil.
Empregando cerca de 25.000 pessoas, a IVECO produz em 11 países com recurso a
tecnologia de excelência. Para além da Europa, a companhia opera na China, Rússia,
Austrália e América Latina. Cerca de 5.000 pontos de vendas e serviço em mais de 160
países garantem apoio técnico a qualquer veículo IVECO que esteja a operar, em qualquer
ponto do mundo.IvecoIrisbusGTT Press_10_1_500x332


Teve lugar recentemente na Piazza Vittorio, em Turim (Itália) a cerimónia de
entrega dos primeiros quatro autocarros das gamas Citelis e Crossway da Iveco à
empresa GTT, Gruppo Torinese Trasporti. Presentes no evento, entre outros,
estiveram os Vereadores do Pelouro dos Transportes da Região de Piemonte,
Barbara Bonino, e da cidade de Turim, Claudio Lubatti, bem como o VicePresidente de Marketing e Vendas da Iveco, Enzo Gioachin e o Administrador
Delegado da GTT, Roberto Barbieri.
Esta entrega faz parte de um fornecimento de mais de 180 autocarros à GTT,
empresa líder no setor da mobilidade, transportando cerca de 200 milhões de
passageiros por ano, fornecendo serviços de transporte público urbano,
suburbano e interurbano. O contrato prevê a entrega de 86 Crossway, da gama
urbana e interurbana, de 12 e de 10,7 metros, incluindo 19 Low-Entry suburbanos
de 12 metros e 96 Citelis Diesel de 12 metros. Os novos veículos irão contribuir
para a renovação do parque circulante da empresa de transporte da cidade, num
processo iniciado no ano passado.
Os modelos Crossway, nas versões Low Entry Suburban de 12 metros e Intercity
Normal Floor de 12 e 10,7 metros, contam com motores Cursor 8 da FPT
Industrial, EEV (Enhanced Environmentally Friendly Vehicles), com potências
entre 330 e 380 cv. O travão motor surge integrado com o retardador auxiliar
Intarder, contando, também, com sistemas de segurança como o EBS (Electronic
Braking System) e ESP (Electronic Stability Program).
As variantes Low Entry contam com acesso rebaixado, uma solução que a Iveco
desenvolveu especialmente para uso interurbano. O veículo surge bem colocado
no que diz respeito às necessidades de transporte suburbano, setor que requer
uma excelente combinação em termos de acessibilidade e máxima capacidade de
lugares sentados. O Crossway Low Entry é, na verdade, um veículo de fácil
acessibilidade graças a uma solução com duas portas (1200 mm) na frente e ao
centro, incluindo um piso completamente plano e rebaixado, e dois lugares para
acomodar cadeiras de rodas.
Por seu turno, o Crossway Intercity Normal Floor caracteriza-se,
 

ATENÇÃO CONDUTORES

Operação Ano Novo da GNR já registou 315 acidentes e dois mortos em dois dias

Entre o dia 28 e as 00:00 de hoje, os 315 acidentes ocorridos, menos 34 do que em igual período do ano passado, causaram não só dois mortos, mais dois do que em 2011, mas também sete feridos graves, o mesmo do que em 2011, e 61 leves, menos 32 do que no ano passado.

Só no dia 29 foram registados 152 acidentes, menos 19 do que em 2011, que causaram um morto, mais um do que no ano passado, um ferido grave e 35 feridos leves, menos três e menos 16, respetivamente, do que em 2011.

@ Agência Lusa

 

GALERIA DE IMAGENS DA RAMPA DE PENHA 1

GALERIA DE IMAGENS DA RAMPA DA PENHA 1

 

Eis um grupo de imagens da autoria de Francisca Raposo, na sua estreia em provas do Campeonato Nacional de Montanha, a fotografar.

 

 

Fotos de Francisca Raposo - www.velocidadeonline.comZPE40 500x332ZPE39 500x332ZPE37 500x332ZPE36 500x332ZPE35 500x332ZPE34 500x332ZPE33 500x332ZPE32 500x332ZPE31 500x332ZPE30 500x332ZPE29 500x332ZPE1 500x332ZPE2 500x332ZPE3 500x332ZPE4 500x332ZPE5 500x332ZPE6 500x332ZPE7 500x332ZPE8 500x332ZPE10 500x332ZPE11 500x332ZPE12 500x332ZPE13 500x332ZPE15 500x332ZPE16 500x332ZPE17 500x332ZPE18 500x332ZPE19 500x332ZPE20 500x332ZPE21 500x332ZPE22 500x332ZPE23 500x332ZPE24 500x332ZPE25 500x332ZPE26 500x332ZPE27 500x332ZPE28 500x332

 

PREÇOS NÃO AUMENTAN NAS SCUTS

Estradas de Portugal garante que 73% das portagens para ligeiros mantêm preços em 2013

Fonte da empresa explicou à agência Lusa que "por força da aplicação da regra do arredondamento para o múltiplo de cinco cêntimos mais próximo", em 73% dos pórticos da rede das antigas SCUT e subconcessionada da EP "não irá haverá qualquer aumento no valor da taxa de portagem" para ligeiros.

Ainda para os veículos de classe 1, em 26% dos pontos de cobrança o aumento será cinco cêntimos, enquanto que apenas um pórtico terá um acréscimo dez cêntimos no próximo ano, acrescentou a fonte.

@ Agência Lusa

 

JOÃO CALADO LUIS COMPRA NORMA DE CARBONO

JOAO CALADO LUIS COMPRA NORMA DE CARBONO

 

O piloto de Albufeira, João Calado Luis adquiriu recentemente em França um Norma M 20 FC, todo feito em fibra de carbono, com vista ao novo Campeonato de Sport Protótipos, a ter lugar já em Março do próximo ano.O carro já se encontra em Portugal, nas instalações da Araujos Competição, e João CNorma-M20FC-11-800x532 1_500x332alado Luis irá partilhar o volante deste novo Norma com Gonçalo Araujo.

 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt