RECORDAR É VIVER

RECORDAR É VIVER

 

SEGUNDO JOÃO CARLOS COSTA

 

COMENTADOR EUROSPORT

 

 Um amigo do Facebook, Francisco Carrega, fez-me chegar este documento. Um artigo publicado no jornal “Reconquista”, de Castelo Branco, a 28 de Maio de 1967. Como ele escreveu na mensagem adjacente à foto, “numa cidade do interior profundo do país nessa época, demonstra bem o misticismo da prova em questão”. E acrescento eu: mostra bem a incerteza das transmissões televisivas de então. Vivemos tempos de privilégio quando temos a hipótese de ver (quase) tudo.