RETROMOVIL MADRID

 

RETROMÓVIL MADRID VAI HOMENAGEAR O CARROÇADOR PEDRO SERRA

• A feira de Madrid, que terá lugar no IFEMA de 15 a 17 de Dezembro, vai dedicar-lhe um espaço onde se poderá contemplar uma dezena das suas criações.

Pedro Serra, o desenhador e carroçador espanhol mais conhecido do período pós-guerra, morreu em 17 de Fevereiro deste ano. Por isso, Eventos del Motor quis dedicar-lhe uma merecida homenagem póstuma, que ocorrerá durante o próximo Salão Retromóvil Madrid, que se realizará no centro de exposições do IFEMA entre 15 e 17 de Dezembro.

A homenagem consistirá numa variada exposição com muitas das suas obras mais famosas. Pedro Serra (1926-2017) criou nos seus "Talleres Pullman" Barcelona carroçarias de todos os tipos. No princípio, dedicou-se a transformar e dar nova vida a veículos de pré-guerra, mas ao longo do tempo ele chegou a trabalhar com chassis de marcas mais famosas como Pegaso, Bentley, Ferrari ou Aston Martin.

No seu tempo de maior esplendor (1955-1965), chegou a fabricar pequenas séries de alguns modelos, como os microcarros Clúa ou os Seat 1400 Cabrio, que foram distribuídos pela rede oficial de vendas da marca.

 

Ele trabalhou também com diferentes materiais, sendo pioneiro em Espanha no uso de fibra de vidro, por exemplo, com o Dodge Boulevard dos anos 70, de que também se produziram algumas unidades de uma pequena série. E tudo isso, é claro, sem esquecer as várias realizações em veículos populares espanhóis, como o Renault 4/4 da FASA, o Citroën Dyane 6 produzido em Vigo ou o mítico Seat 600, do qual fez cinco versões totalmente diferentes

Uma seleção de veículos

A exposição da Retromóvil Madrid terá uma seleção de cerca de uma dezena de unidades representativas do trabalho do mestre de Barcelona. A mostra incluirá duas unidades muito diferentes do Seat 1400 B Cabriolet, ambas expostas ao público pela primeira vez após muitos anos em absoluto esquecimento.

Pode-se ver ainda um exclusivo microcarro Clúa, uma das três únicas unidades sobreviventes, das quais apenas duas estão prontas a andar. O Morgan que Serra carroçou no final dos anos 50 é uma peça original que quase não foi vista em eventos desde a sua restauração há cerca de cinco anos e os visitantes da Retromóvil terão a oportunidade de vê-lo de perto.

O Museu de Salamanca também colabora com esta exposição, com o empréstimo do Rolls-Royce Silver Wraith carroçado por Serra em 1959 e ainda o Pegaso Spyder Serra Protótipo de 1953, duas obras muito significativas da versatilidade do carroçador catalão.

E além de todos estes, podem ser vistos outros veiculos, alguns deles pouco conhecidos do catálogo de Serra. Será, sem dúvida, uma oportunidade única de apreciar ao vivo a mestria de Pedro Serra, o carroçador Espanhol de excelência do período pós-guerra.a158 Copya159 Copy