WTCC 2017

 

  1. Após  a maior pausa de Verão que há memória num Mundial FIA - quem será capaz de a explicar? - o WTCC regressa amanhã ao Eurosport 1, para a transmissão em directo da qualificação e do MAC3 a partir das 08h15. As corridas serão no Domingo, a de abertura às 07h15, no Eurosport 2, e a principal, no Eurosport 1, às 9h15.
    Uma sétima jornada do WTCC onde iremos sentir, todos, a ausência de Tiago Monteiro, recordado pelos companheiros de equipa no equipamento. Gabriele Tarquini regressa ao Honda Civic TC1 que não guia desde 2015 e ao campeonato onde não está desde o final da temporada anterior. O italiano, que vêm de uma vitória com o Hyundai i30-N no TCR Inter, na prova realizada na outra pista da província de Zhejiang, tudo fará para roubar pontos à concorrência, ainda que não a Norbert Michelisz.
    O campeonato está totalmente em aberto, com os 7 primeiros separados por 65 pontos (um fim-de-semana vale 60). Até Tarquini, que se estreia, ainda pode ser campeão - Tiago soma 200 pontos e há 240 em jogo. É que, esta viagem pela Ásia representa 40 por cento da temporada 2017 (4 jornadas / 8 corridas).
    Tudo isto numa pista nova, Dingbo, que se estreia em absoluto este fim-de-semana. Está situada 200 km a sul de Xangai, perto da cidade que lhe dá nome, um porto bem movimentado com uma metrópole de 7 milhões de habitantes!
    O traçado tem um pouco mais de 4 km (21 curvas). A Volvo tem aqui a prova onde joga em casa, pois o proprietário da marca sueca - a Geely Auto - foi quem erigiu o circuito, com um custo total de 112 milhões de Euros. Tem homologação Grau 2 para carros e também pode receber corridas de motos. A obra foi feita entre Dezembro de 2015 a Setembro de 2017. É a quarta pista a receber uma prova do WTCC em território chinês, depois do Circuito da Guia, Xangai e o Goldenport Park, em Pequim.